Você está na página 1de 5

Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF

USO DE AMPERÍMETROS E VOLTÍMETROS NO


ESTUDO DE ELEMENTOS LINEARES E NÃO-
LINEARES

BRUNO DE JESUS DIAS CASTRO


ENACK VICTOR FRANÇA COSTA
GABRIEL SANTIAGO SILVA MARIANO
LUÍSA MOREIRA DE CARVALHO
RAFAEL AMORIM DO PINHO

Data de realização da prática: 13/12/2017

Profa. Raquel Aline Pessoa

JUAZEIRO- BAHIA-BRASIL
DEZEMBRO DE 2017

1
1. OBJETIVO
Estudar o funcionamento de um resistor quando submetido a diferentes correntes e tensões,
verificando a aplicabilidade da equação ‘V=Ri’, conhecida como primeira Lei de Ohm, bem como
analisar elementos lineares e não-lineares. E também, verificar o principio de funcionamento de
amperímetros e voltímetros.

2. MATERIAIS E MÉTODOS
Os materiais utilizados na realização do experimento foram:
- LEDs;
- Dois resistores;
- Uma fonte DC variável;
- Placa de prototipação;
- Multímetros;
- Fios, conectores e componentes auxiliares.
Primeiramente, foram pegos dois resistores de resistência conhecida, um de 300 Ω e outro de
470Ω.
Na segunda parte, foi montado um circuito com o primeiro resistor e depois com o segundo
resistor na placa de Protoboard, como mostrado na figura 1:

Fig. 1– Esquema de ligação do circuito com resistor.


Onde V é o voltímetro, A o amperímetro e o resistor de resistência conhecida. Em seguida, houve a
coleta de dados. Depois repetiu o processo para o segundo resistor.
Na terceira parte, foi montado um circuito com um LED e um resistor de 1000 Ω, como mostrado na
figura 2:

Fig. 2 – Esquema de ligação do circuito com resistor e LED.

3. RESULTADOS E DISCUSSÕES

Na 1° parte do experimento:
Para o primeiro e o segundo resistor os dados estão na tabela 1:

2
Tabela 1: Resultados da 1° parte do experimento

Resistor n°1 Resistor n°2


Resistência 330Ω Resistência 470Ω
Nominal (Ω) Nominal (Ω)
Tolerância ± 5% Tolerância ± 5%
Nominal (%) Nominal (%)
Resistência (Ω) Resistência (Ω)
Medida 1 326Ω Medida 1 470Ω
Medida 2 326Ω Medida 2 470Ω
Medida 3 327Ω Medida 3 469Ω
Média 326,33Ω Média 469,66Ω
σa 0,272 σa 0,272
σb 0,001 σb 0,001
σc 0,272 σc 0,272
Resultado 326,33Ω ± 0,272 Resultado 469,66Ω ± 0,272

Na 2° parte do experimento:
Com o circuito montado com o primeiro resistor e com o segundo resistor obtivemos os
seguintes dados mostrados na tabela 2:
Tabela 2: Resultados da 2° parte do experimento
Resistor 1
Imedido
Tensão Tensão σ Icalcu (mA) I (mA) σa σb σc Resultado de
sugerida medida b lado Medida Medida Medid (mA) (mA (mA) I
(V) (V) ( (mA) 1 2 a3 )
V
)
4,0 3,96 0,01 12,12 12,29 12,28 12,27 12,28 0,00471 0,01 0,01105 ± 12,28
6,0 5,98 0,01 18,18 18,61 18,60 18,59 18,6 0,00471 0,01 0,01105 ± 18,60
8,0 8,01 0,01 24,24 25,1 25,2 25,0 25,1 0,0471 0,1 0,001105 ±25,1
10,0 10,06 0,01 30,30 31,7 31,6 31,6 31,63 0,0272 0,1 0,1036 ±31,63
12,0 12,02 0,01 36,40 38,1 38,0 38,1 38,06 0,0272 0,1 0,1036 ±38,06
Resistor 2
Imedido (mA)
Tensão Tensão σ Icalcu Medida Medida Medid I σa σb σc Resultado de
sugerida medida b lado 1 2 a3 (mA (mA) (mA (mA) I
(V) (V) ( (mA) ) )
V
)
4,0 4,02 0,01 8,51 8,70 8,71 8,69 8,7 0,00471 0,01 0,01105 ±8,7
6,0 5,99 0,01 12,7 12,96 12,95 12,94 12,95 0,00471 0,01 0,01105 ±12,95
8,0 7,99 0,01 17,0 17,3 17,2 17,3 17,26 0,0272 0,1 0,1036 ±17,26
10,0 9,99 0,01 21,3 21,7 21,8 21,7 21,73 0,0272 0,1 0,1036 ±21,73
12,0 12,02 0,01 25,5 26,40 26,3 26,3 26,33 0,0272 0,1 0,1036 ±26,33

Podemos observar nos dois gráficos seguintes o comportamento linear que comprova a
primeira Lei de Ohm. Isso que dizer que os dois resistores são resistores ôhmicos, isso ocorre porque
a corrente (i) que os percorrem é diretamente proporcional à tensão (V).

3
Gráfico 1: Ajuste linear para o resistor de 330Ω

12 R1
Ajuste linear

10

Tensão( V)
8

Equation y = a + b*x
6 Adj. R-Square 0,99984
Value Standard Error
Tens‫م‬o Intercept 0,1538 0,05325
Tens‫م‬o Slope 312,73177 1,99104

0,010 0,015 0,020 0,025 0,030 0,035 0,040

Corrente ( A)

Gráfico 2: Ajuste linear para o resistor de 470Ω

12 R2
Ajuste linear

10
Tensão( V)

6
Equation y = a + b*x
Adj. R-Square 0,99982
Value Standard Error
Tens‫م‬o Intercept 0,10435 0,05695
Tens‫م‬o Slope 454,04465 3,08258
4

0,008 0,010 0,012 0,014 0,016 0,018 0,020 0,022 0,024 0,026 0,028

Corrente ( A)

Na 3° parte:
Nesta etapa, o circuito montado com o LED e o resistor de 1000Ω, apresentado no gráfico 3,
observamos que não há uma reta como nos dois últimos. Isso se deve ao LED que é um resistor não
ôhmico, podemos observar que a corrente elétrica (i) não varia proporcionalmente com a tensão (V),
logo o gráfico não é uma reta.
Além disso, no experimento ao trocar a polaridade do LED observou-se que ele não
ascendeu. Isso ocorre devido a uma característica dos diodos que permitem a passagem de corrente
apenas em um sentido, por isso, o LED não ascende.

4
Gráfico 3: Ajuste linear para circuito com LED e resistor de 1000Ω

2,0 Tensão

1,8

1,6
Tensão (V)

1,4

1,2

1,0

0,8

0 5 10 15 20

Corrente (mA)

4. REFERÊNCIAS

EaD. Disponível em: https://ensinoadistancia.pro.br/EaD/Eletromagnetismo/LeiOhm.html. Acesso


em: 28 de dez 2017.

Halliday; Resnick. Fundamentos de física vol. 3, Eletromagnetismo. 6ed.,LTC, RJ cap.28.