Você está na página 1de 37

energia

Físico-Química, 9.º Ano


Ficha de Avaliação

1. Classifica como verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmações seguintes.

F - A. A energia cinética é uma forma de energia que se relaciona com a posição do corpo.

V - B. A energia cinética é uma forma de energia que se relaciona com a velocidade do corpo.

V - C. A massa de um corpo influencia a sua energia cinética.

F - D. A energia cinética de um corpo só depende da sua massa.


2. Completa a tabela seguinte de forma a obteres definições corretas.

Proposta de solução:Energia geotérmica — (Fonte de energia primária, renovável, proveniente do calor


libertado pelo interior da Terra) — Energia cinética
Energia hídrica — Fonte de energia primária, renovável, proveniente da transformação da energia potencial
gravítica da água, retida no topo das comportas, em energia cinética, durante a queda.
(Energia petrolífera) — Fonte de energia primária, não renovável, proveniente da energia contida nas
ligações entre os átomos que constituem os hidrocarbonetos dos combustíveis fósseis.
Energia da biomassa — Fonte de energia primária, renovável, proveniente da decomposição da matéria
orgânica.
3. Observa a figura e completa as frases de modo a obteres afirmações verdadeiras.

Chave

· tem maior velocidade.

·Y

· está a maior altura.

·Z

A. Entre os veículos X e Y, o que tem maior energia cinética é Y , porque tem maior velocidade..
B. Entre os veículos X e Z, o que tem maior energia potencial gravítica é Z , porque está a maior altura..
4. Completa as frases seguintes de modo a obteres afirmações verdadeiras.

Chave

· nulo

· trabalho

·W=Fxd

· resistente

· potente

· trabalho

· forças

A. Chama-se trabalho à energia transferida entre sistemas devido à atuação de forças.


B. As forças que atuam num corpo no mesmo sentido e na mesma direção que o seu movimento transferem
energia para esse corpo e realizam um trabalho potente.
C. As forças que atuam num corpo na mesma direção mas com sentido contrário ao seu movimento
promovem a transferência de energia desse corpo para o exterior e realizam um trabalho resistente.
D. O trabalho representa-se pela letra W e pode calcular-se pela expressão: W = F x d.
E. Quando não há deslocamento, o trabalho realizado pelas forças é nulo.

5. Seleciona a opção que completa corretamente a frase que se segue.

Quando a bola é lançada verticalmente para cima, pode dizer-se que, no ponto mais alto da sua trajetória…

___ - A. … a velocidade da bola é máxima e a aceleração da bola é vertical e para baixo.

___ - B. … a velocidade da bola é máxima e a aceleração da bola é vertical e para cima.

___ - C. … a velocidade da bola é mínima e a aceleração da bola é nula.

X - D. … a velocidade da bola é nula e a aceleração da bola é vertical e para baixo.

___ - E. … a velocidade da bola é mínima e a aceleração da bola é vertical e para cima.


6. Um corpo é deslocado por ação de uma força de direção e sentido constante e módulo variável, conforme
o gráfico ao lado. Seleciona a opção correta.

O trabalho realizado pela força para deslocar o corpo da posição 10 m à posição 20 m é de:

___ - A. 350 J

___ - B. 20 J

X - C. 200 J

___ - D. 100 J

7. Das frases seguintes, assinala a que traduz uma afirmação verdadeira.

___ - A. Um corpo em movimento possui energia, mas, quando está parado, não.

___ - B. O carvão é energia.

___ - C. Só os combustíveis possuem energia.

X - D. Qualquer corpo possui energia.


8. A força exercida num objeto, o deslocamento do ponto de aplicação de uma força, a energia e o trabalho
são grandezas físicas. Das grandezas físicas seguintes, assinala as que são grandezas vetoriais.

___ - A. A força e o trabalho.

___ - B. O deslocamento, a energia e o trabalho.

___ - C. O deslocamento e o trabalho.

X - D. A força e o deslocamento.

9. Assinala a opção que completa corretamente cada uma das afirmações seguintes, relativas a um corpo
que é lançado verticalmente para cima.

1) A energia cinética do corpo na subida…

___ - A. … mantém-se.

___ - B. … aumenta.

X - C. … diminui.

2) A energia potencial do corpo na subida…

___ - A. … mantém-se.

X - B. … aumenta.

___ - C. … diminui.

3) A velocidade do corpo na subida…

___ - A. … mantém-se.

___ - B. … aumenta.

X - C. … diminui.
4) A energia mecânica (Em = Ec + Ep) do corpo na subida…

X - A. … mantém-se.

___ - B. … aumenta.

___ - C. … diminui.

10. Seleciona a opção correta.

1) Três carrinhos de brincar X, Y e Z deslocam-se sobre uma superfície horizontal, sem atrito, à mesma
velocidade, estando as suas energias cinéticas (Ec) relacionadas como se segue: Ec (X) > Ec (Y) > Ec (Z). A
opção que relaciona as massas (m) dos carrinhos é...

___ - A. m (x) = m (y) = m (z)

X - B. m (x) > m (y) > m (z)

___ - C. m (x) < m (y) < m (z)

___ - D. m (y) > m (x) > m (z)

2) Dois carrinhos de brincar A e B possuem a mesma energia, deslocando-se, sem atrito, numa superfície
horizontal. Se a velocidade de A for o dobro da velocidade de B, a relação entre as respetivas massas (m) é
dada pela expressão...

___ - A. m (A) = 2 m (B)

___ - B. m (A) = 4 m (B)

___ - C. m (B) = 2 m (A)

X - D. m (B) = 4 m (A)
3) Dois carrinhos de brincar A e B com a mesma massa deslocam-se, sem atrito, numa superfície horizontal.
Se a velocidade de A for o dobro da velocidade de B, a relação entre as respetivas energias cinéticas (Ec) é
dada pela expressão...

___ - A. Ec (A) = 2 Ec (B)

X - B. Ec (A) = 4 Ec (B)

___ - C. Ec (B) = 2 Ec (A)

___ - D. Ec (B) = 4 Ec (A)

4) Dois carrinhos de brincar X e Z possuem a mesma velocidade, deslocando-se, sem atrito, numa superfície
horizontal. Se a massa de X for metade da massa de Y, a relação entre as respetivas energias cinéticas (Ec) é
dada pela expressão...

___ - A. Ec (X) = 2 Ec (Y)

___ - B. Ec (X) = 4 Ec (Y)

X - C. Ec (Y) = 2 Ec (X)

___ - D. Ec (Y) = 4 Ec (X)

5) Um carro com a massa de 1200 Kg desloca-se, numa superfície horizontal sem atrito, à velocidade de 20
m/s. A energia cinética do carro é...

A. 1,2 x 104 J
B. 2,4 x 104 J
C. 2,4 x 105 J
D. 4,8 x 105 J

Proposta de solução:Opção C.
6) Considera dois livros com a mesma massa. O livro A está em repouso numa prateleira de uma estante a
1,5 m de altura e o livro B está igualmente em repouso numa prateleira da mesma estante mas a 0,5 m de
altura do solo. A relação entre a energia potencial gravítica (Epg) dos livros é dada pela expressão...

___ - A. Epg (A) = Epg (B)

___ - B. Epg (A) = 2 Epg (B)

___ - C. Epg (B) = 3 Epg (A)

X - D. Epg (A) = 3 Epg (B)

7) Considera dois livros em repouso situados numa mesma prateleira de uma estante. A massa do livro A é o
dobro da massa do livro B. A relação entre a energia potencial gravítica (Epg) dos livros é dada pela
expressão...

___ - A. Epg (A) = Epg (B)

X - B. Epg (A) = 2 Epg (B)

___ - C. Epg (B) = 3 Epg (A)

___ - D. Epg (A) = 3 Epg (B)

8) Uma bola de futebol, com uma massa de 420 g, está em cima do telhado de uma garagem a uma altura de
3 m. Considerando o valor médio de g = 9,8 m/s2, a energia potencial gravítica do sistema bola/Terra será...

X - A. 12,35 J

___ - B. 128,57 J

___ - C. 1372 J

___ - D. 12348 J
9) Considera um vaso de flores que cai verticalmente da varanda de um prédio até ao solo. A opção que
traduz a transformação de energia que ocorre durante a queda é:

___ - A. A energia cinética transforma-se em energia potencial gravítica.

___ - B. A energia potencial química transforma-se em energia cinética.

X - C. A energia potencial gravítica transforma-se em energia cinética.

___ - D. A energia potencial elástica transforma-se em energia cinética.

10) Uma bola, inicialmente em repouso, cai do cimo de um prédio que se encontra a 12 m do solo. A energia
potencial gravítica da bola no cimo do prédio é de 50 J. Considera desprezável a resistência do ar.

___ - A. A energia mecânica da bola no instante em que atinge o solo é de 100 J.

___ - B. A energia cinética da bola à altura de 2,5 m é de 50 J.

___ - C. A energia potencial gravítica da bola à altura de 2,5 m é de 50 J.

X - D. A energia cinética da bola no instante em que atinge o solo é de 50 J.

11) Atirou-se uma bola ao ar na vertical e de baixo para cima. Desprezando a resistência do ar, durante a
subida verifica-se que...

X - A. a diminuição da energia cinética é igual ao aumento da energia potencial gravítica.

___ - B. o aumento da energia cinética é igual à diminuição da energia potencial gravítica.

___ - C. a energia mecânica aumenta.

___ - D. a energia mecânica diminui.

12) Uma criança vai divertir-se num parque infantil e adora andar no escorrega. Ao descer o escorrega, ...

___ - A. a energia potencial gravítica do sistema criança/Terra aumenta.

X - B. a energia potencial gravítica do sistema criança/Terra diminui.

___ - C. a energia potencial gravítica do sistema criança/Terra permanece constante.

___ - D. a energia potencial química da criança diminui.


13) Uma grua eleva até 15 m do solo, na vertical, um fardo de 500 N de peso. O trabalho realizado pelo peso
do fardo é de...

___ - A. + 7500 J

X - B. ─ 7500 J

___ - C. + 5000 J

___ - D. ─ 5000 J

14) Uma grua eleva até 15 m do solo, na vertical e com velocidade constante, um fardo de 500 N de peso. A
variação de energia potencial gravítica do fardo é de

X - A. + 7500 J

___ - B. ─ 7500 J

___ - C. + 5000 J

___ - D. ─ 5000 J

15) Uma grua eleva até 15 m do solo, na vertical e com movimento retilíneo e uniforme, um fardo de 500 N
de peso. O trabalho realizado pela grua é de

X - A. + 7500 J

___ - B. ─ 7500 J

___ - C. + 5000 J

___ - D. ─ 5000 J

16) Quando uma pessoa levanta uma criança de 100 N a uma altura de 1,50 m, realiza o trabalho de...

___ - A. 1,5 J

___ - B. 15 J

X - C. 150 J

___ - D. 0 J

11. Seleciona a opção incorreta.


1) Considera um circuito elétrico muito simples constituído por uma pilha seca e uma lâmpada.

___ - A. Na pilha, a energia potencial química transforma-se em energia elétrica.

___ - B. A pilha funciona como fonte de energia, e a lâmpada é o recetor de energia.

X - C. Na lâmpada, a energia potencial química transforma-se em energia elétrica.

___ - D. Neste exemplo ocorre uma transferência de energia da pilha para a lâmpada.

2) Uma esfera, inicialmente em repouso, cai do cimo de uma torre que se encontra a 5 m do solo. A energia
mecânica da esfera no cimo da torre é de 100 J. Considera desprezável a resistência do ar.

___ - A. A energia cinética da esfera no instante em que atinge o solo é de 100 J.

___ - B. A energia cinética da esfera à altura de 2,5 m é de 50 J.

___ - C. A energia potencial gravítica da esfera à altura de 2,5 m é de 50 J.

X - . A energia mecânica da esfera no instante em que atinge o solo é de 200 J.

12. Observa as figuras.


A. Para cada situação, identifica uma fonte de energia, uma manifestação de energia e a forma fundamental
de energia que lhes está associada.

Proposta de solução:A. Fonte: sol; Manifestação: energia solar/energia térmica; Forma fundamental:
energia cinética.
B. Fonte: rádio; Manifestação: energia sonora; Forma fundamental: energia cinética.
C. Fonte: A menina; Manifestação: energia muscular; Forma fundamental: energia potencial química.
D. Fonte: alimentos; Manifestação: energia química; Forma fundamental: energia potencial química.
E. Fonte: carvão; Manifestação: energia térmica; Forma fundamental: energia potencial química.
F. Fonte: combustível; Manifestação: movimento; Forma fundamental: energia potencial química.
B. Escolhe três das situações anteriores e identifica transformações e transferências de energia.

Proposta de solução:A. Transferência de energia do ar para a pele das crianças. Transformação de energia
térmica em energia potencial química nas células da pele das crianças, induzindo a síntese de melanina (o
bronzeado).
B. Transferência de energia do menino para a boia e para a água. Transformação de energia potencial
gravítica em energia cinética.
C. Transferência de energia do carvão para os alimentos. Transformação de energia potencial química em
energia térmica, luminosa e potencial química.
D. Transferência de energia do rádio para o ar. Transformação de energia elétrica em energia cinética das
partículas do ar.
E. Transferência de energia dos alimentos para o senhor. Por exemplo, transformação de energia potencial
química em energia térmica (para manter o pai a 37 °C) ou em energia cinética para lhe permitir fazer
movimentos.
F. Transferência de energia do combustível para o carro. Transformação de energia potencial química em
energia cinética (movimento).

13. Observa as figuras seguintes e identifica a fonte de energia em cada uma das situações, A, B e C.

Proposta de solução:A — Gás butano. B — Água quente. C — Mão do atleta.


14. Observa as manifestações de energia representadas em cada uma das figuras seguintes e relaciona-as
com uma das formas fundamentais de energia: cinética ou potencial.

Proposta de solução:A — Energia cinética. B — Energia cinética. C — Energia cinética. D — Energia potencial
química. E — Energia cinética.

15. Observa as figuras seguintes e responde às questões.


A. Refere o alpinista que tem maior energia potencial.

Proposta de solução:Considerando que têm todos a mesma massa, o alpinista que está mais alto é o que
tem maior energia potencial.

B. Identifica o carro de F1 que tem maior energia cinética.

Proposta de solução:Considerando que têm todos a mesma massa, o carro de F1 que tem maior energia
cinética é o que circular a maior velocidade.

16. Dá exemplos de algumas manifestações de energia utilizadas no dia a dia sob as formas de energia
cinética e potencial.

Proposta de solução:Energia cinética é a forma de energia que possuem os corpos em movimento, como,
por exemplo, a energia cinética de um automóvel em andamento ou do movimento de um baloiço de um
parque infantil.
Energia potencial é a energia que os corpos possuem pronta a ser convertida em energia cinética, como, por
exemplo, a energia potencial de um martelo levantado ou a energia potencial de um arco esticado de um
atirador.

17. Indica o tipo de energia que possui um livro que está em repouso, colocado numa prateleira de uma
estante, a determinada altura do solo.

Proposta de solução:Energia potencial gravítica.


18. Indica o tipo de energia que possui um rapaz que se desloca numa pista de gelo retilínea e horizontal.

Proposta de solução:Energia cinética macroscópica.

19. Dois corpos com a mesma massa possuem energia potencial gravítica diferente. A energia potencial
gravítica do sistema corpo Z/Terra é 20 J e a energia potencial gravítica do sistema corpo W/Terra é 120 J.
Estabelece a relação entre as alturas a que os corpos se encontram.

Proposta de solução:hw = 6 hz ou hz = 1/6 hw.

20. Comenta a frase seguinte.

Muitas vezes uma forma de energia e a sua fonte têm designações muito semelhantes, o que pode conduzir
a erros sobre estes dois conceitos.

Proposta de solução:Fonte de energia e forma de energia são conceitos distintos, mas a existência de
denominações semelhantes pode levar a que ambos os conceitos se confundam. A fonte de energia é algo
que fornece energia, serve para o provimento de energia e pode manifestar-se sob diversas formas. Por
exemplo, é comum falar-se na energia elétrica como uma forma de energia, mas a energia elétrica é uma
fonte secundária de energia (é produzida a partir de fontes primárias) que se pode manifestar de diversas
formas.

21. Define energia cinética, apresentando a sua fórmula.

Proposta de solução:A energia cinética é uma forma fundamental de energia relacionada com o estado de
movimento de um corpo. É uma grandeza escalar que depende da massa e do módulo da velocidade do
corpo em estudo. Sempre que um corpo está em repouso, a sua energia cinética é zero. A expressão para o
seu cálculo é Ec = 1/2 m v2.
22. Em cada uma das situações seguintes, seleciona a opção em que o valor da energia cinética é maior e
identifica o fator em causa.

Situação I
A. Carro a subir uma estrada a 40 km/h
B. Carro a subir uma estrada a 55 km/h

Situação II
A. Carro a subir uma estrada a 40 km/h
B. Moto a subir uma estrada a 40 km/h

Proposta de solução:Situação I — B. Carro a subir uma estrada a 55 km, porque é o automóvel com maior
velocidade.
Situação II — A. Carro a subir uma estrada a 40 km/h, porque o carro tem maior massa.

23. Nos países nórdicos, devido à abundância de neve, os desportos de inverno, como o esqui e os saltos de
esqui, são praticados por muitas pessoas. A pista de saltos Holmenkollen, em Oslo, capital da Noruega, é a
mais antiga do Mundo.

A rampa de saltos tem 64 metros de comprimento e está a 417 metros acima do nível do mar.
A. Determina a energia potencial gravítica e cinética para:

a) uma esquiadora de salto, de massa 45 kg, que se encontra parada no topo da pista de Holmenkollen;
b) a mesma atleta que inicia o seu salto à velocidade de 95 km/h, quando atinge o fim da rampa, a uma
altitude de 432 m;
c) um esquiador de salto, parado, no topo da pista, com 67 kg de massa;
d) o mesmo esquiador, parado, após aterragem, a uma altitude de 416,5 m.

Proposta de solução:a) Ec = 1/2 mv2 ⇒Ec = 0 J


Ep = m x g x h ⇒Ep = 45 x 9,8 x (417 + 64) ⇒Ep = 2,12 x 105 J
c) Ec = 1/2 mv2 ⇒Ec = 0 J
Ep = m g h ⇔Ep = 67 x 9,8 x (417 + 64) ⇔Ep = 3,16 x 105 J
d) Ec = 1/2 mv2 ⇒Ec = 0 J
Ep = m g h ⇒Ep = 67 x 9,8 x 416,5 ⇔Ep = 2,73 x 105 J

B. Justifica a diferença dos valores de energia potencial encontrados entre as situações a) e c) e entre as
situações c) e d).

Proposta de solução:Os valores de energia potencial obtidos nas questões a) e c) diferem devido à diferença
de massa entre os esquiadores. Quanto maior é a massa de um corpo, maior é a sua energia potencial.
Nas questões c) e d), os valores diferem devido à diferença de altitude. Quanto maior é a altura a que um
corpo se encontra, maior é a sua energia potencial.
24. Para iniciar uma jogada, uma tenista começa por lançar a bola na vertical, como mostra a imagem.

Considera desprezável a resistência do ar e g = 9,8 m/s2.


Sabendo que a bola tem 57 g de massa, é lançada com uma velocidade inicial de 6 m/s e atinge uma altura
máxima de 3,75 m em relação ao solo, calcula:
a) a energia cinética no momento do lançamento;
b) a energia potencial na altura máxima;
c) a energia cinética na altura máxima;
d) a altura a que se encontrava a mão da tenista no momento do lançamento da bola.

25. A transferência de energia entre sistemas pode ocorrer sob a forma de trabalho, calor e radiação. Diz-se
que uma força realiza trabalho sempre que a sua ação promove o movimento.
A. Observa as imagens e completa a tabela identificando as situações em que a transferência de energia
entre sistemas ocorre através da atuação de forças (trabalho) ou sob a forma de calor.

Proposta de solução:Formas de transferência de energia: calor; trabalho; trabalho; calor.

B. Sabendo que W = F x d, calcula o trabalho realizado por uma força de 50 N que é aplicada num móvel, na
direção do deslocamento, deslocando-o 5 m.

Proposta de solução:Sendo W = F x d ⇒W = 50 x 5 ⇔250 J


C. Um cavalo puxa uma carroça, exercendo uma força de 800 N na direção do movimento, durante um
deslocamento de 70 m. Considera que entre as rodas e o solo se estabelece uma força de atrito constante de
15 N.

1. Calcula:
a) o trabalho da força exercida pelo cavalo;
b) o trabalho da força de atrito;
c) o trabalho da força resultante.

2. Classifica o trabalho realizado pela força exercida pelo cavalo e pela força de atrito.

Proposta de solução:1.
a) Trabalho da força exercida pelo cavalo:
Wc = F x d ⇒Wc = 800 x 70 ⇔5,6 x 104 J
b) Trabalho da força de atrito:
WFa = F x d ⇒WFa = -15 x 70 ⇔WFa = -1,05 x 103 J
c) Trabalho da força resultante:
FR = F - Fa ⇒FR = 800 - 15 ⇔FR = 785 N
WFR = FR x d ⇒WFR = 785 x 70 ⇔WFR = 5,49 x 104 J

2. O trabalho realizado pela força exercida pelo cavalo é um trabalho potente. O trabalho realizado pela
força de atrito é um trabalho resistente.
26. Observa a figura e responde às questões.

A. Quem tem mais energia potencial gravítica, o pai ou a filha? Porquê?

Proposta de solução:É o pai que tem mais energia potencial gravítica, porque tem mais massa.

B. Qual dos irmãos possui mais energia potencial gravítica? Porquê?

Proposta de solução:A filha é quem tem mais energia potencial , porque está a uma altitude mais elevada.
27. Refere os fatores de que depende a energia cinética de um corpo e dá exemplos.

Proposta de solução:A energia cinética dos corpos depende da sua velocidade e da sua massa. Entre dois
automóveis de igual massa, o que circula a maior velocidade tem maior energia cinética. Entre dois
automóveis que circulam à mesma velocidade, o que tem maior massa tem mais energia cinética.

28. O Fábio adora andar de skate. Ele tem 60 kg de massa e gosta de praticar numa rampa de skate.

A. Calcula a energia potencial do Fábio quando está no topo da rampa, sabendo que esta está a 2,3 m do
solo.
B. Desprezando a resistência do ar e o atrito, determina:

a) a velocidade do Fábio quando passa na posição horizontal, junto ao solo;


b) a energia potencial nesse ponto.

29. As montanhas-russas são diversões muito apreciadas. Observa a figura.

Desprezando a resistência do ar e o atrito e sabendo que a massacarrinho+passageiros é de 120 kg, calcula:


a) a energia potencial em A (EpA);
b) a energia cinética em A (EcA);
c) a energia potencial em C (EpC);
d) a velocidade em C (vc).
30. Um esquiador com 55 kg de massa desce uma pista de esqui a partir do repouso. Qual é a sua velocidade
quando se encontra a uma altura de 5 m?

31. Uma bola é lançada verticalmente para cima. Ela sobe e depois volta a descer. Despreza-se a resistência
do ar e o atrito. Explica o que acontece com as energias cinética e potencial da bola até ela retornar ao
ponto de lançamento.

Proposta de solução:Durante a ascensão vertical de um corpo, à medida que a altura do corpo,


relativamente ao solo, aumenta, o valor da sua velocidade
diminui. Há transformação de energia cinética em energia potencial gravítica. Durante a queda de um corpo,
à medida que a altura do corpo, relativamente ao solo, diminui, o valor da sua velocidade aumenta. Há
transformação de energia potencial gravítica em energia cinética.

32. Um trabalhador empurra um caixote para o arrumar num armazém.

O trabalhador exerce uma força de 500 N, conforme se mostra na figura, e promove um deslocamento de 6
m.
A. Calcula o trabalho realizado pela força exercida pelo trabalhador.

B. Calcula o trabalho realizado pela força do peso do caixote ao longo do movimento.

Proposta de solução:O peso do caixote não realiza trabalho, uma vez que é perpendicular ao deslocamento.

C. Sabendo que entre o solo e o caixote se estabelece uma força de atrito de 20 N, calcula o trabalho da
força de atrito.

D. Classifica o trabalho realizado pela força exercida pelo trabalhador e o trabalho da força de atrito.

Proposta de solução:O trabalho realizado pelo trabalhador é um trabalho potente, enquanto o trabalho
realizado pela força de atrito é um trabalho resistente.

33. Observa a figura seguinte, que representa a pista de saltos de esqui de Oslo, a mais antiga do Mundo.
Esta pista foi completamente restaurada para os Jogos Olímpicos. A rampa de saltos tem 64 metros e está
417 metros acima do nível do mar. Responde às questões, considerando o atrito desprezável para o estudo
da variação da energia.
A. Determina a energia potencial gravítica e a energia cinética em cada uma das situações seguintes:

a) uma esquiadora de salto, com 49 kg de massa, encontra-se parada no topo da pista de Holmenkollen;
b) a mesma atleta inicia o seu salto à velocidade de 94 km/h, quando atinge o fim da rampa, a uma altitude
de 432 m;
c) um esquiador de salto, parado no topo da pista, com massa 72 kg;
d) o mesmo esquiador, parado após aterragem, a uma altitude de 415 m.

B. Justifica a diferença dos valores de energia potencial encontrados entre as questões a) e c) e entre as
questões c) e d).

Proposta de solução:A diferença entre as questões a) e c) está na massa dos dois esquiadores. Quanto maior
é a massa, maior é a energia potencial.
Em ambas as situações, a energia cinética é zero, porque os esquiadores estão parados (v = 0).
A diferença entre as questões c) e d) está na altitude a que o esquiador se encontra. Quanto maior é a
altitude, maior é a energia potencial.
34. Observa a figura, que representa um objeto a ser elevado. Calcula a variação da energia potencial
gravítica de um objeto com 20 kg de massa ao ser elevado a uma altura de 1,5 m. Considera g = 10 m/s2.
35. Sabendo que W = F × d, calcula o trabalho realizado por uma força de 120 N que é aplicada num móvel,
na direção do movimento, deslocando-o 82 m, como ilustra a figura.
36. Observa a figura seguinte, que representa uma matilha de cães a puxar um trenó. A matilha exerce uma
força de 1300 N, durante um deslocamento de 1250 m. Considera que entre os esquis e o solo se estabelece
uma força de atrito constante de 350 N.

Calcula:
a) o trabalho da força exercida pelos cães;
b) o trabalho da força de atrito;
c) o trabalho da força resultante.

37. Considera as situações seguintes e responde às questões.

A — Um senhor caminha levando na mão uma mala.


B — Uma menina coloca a sua mala em cima de um banco.
C — Um menino deixa cair ao chão a sua mala.
Refere a situação em que:

a) não há trabalho realizado sobre a mala (W = 0);


b) o trabalho realizado é positivo ou potente.

Proposta de solução:a) Não há trabalho realizado pelas malas nas situações A e B.


b) Na situação C, o trabalho realizado pelo peso é positivo ou potente.

38. Observa as figuras, lê com atenção os textos seguintes e responde às questões.

Texto A
Ladrilhos cinéticos
Uma empresa de Londres, no Reino Unido, desenvolveu um sistema de ladrilhos cinéticos que convertem a
energia cinética dos passos em energia elétrica. A ideia foi concretizada na maratona de Paris (7 de abril).
Foram gerados quase 5000 watts-hora que foram utilizados para carregar ecrãs de visualização e sinais
eletrónicos durante a maratona.
Os ladrilhos cinéticos foram também instalados nos Jogos Olímpicos de Londres de 2012.
A ideia dos ladrilhos cinéticos é especialmente indicada para locais muito frequentados e com grande
intensidade de passos, tais como estações de transportes ou escolas. Estes locais também se caracterizam
pelas necessidades de sinalização, cujos sistemas podem ser alimentados com a energia gerada a partir dos
passos.
O desenvolvimento do sistema permitirá também recuperar a energia cinética da rodagem automóvel para
gerar a energia necessária para a sinalização e/ou iluminação rodoviária! Com um princípio semelhante, a
conversão de energia cinética em energia elétrica também pode ser f eita através dos carris de ferro.
Ambiente. Wordpress, 07/07/2013 (adaptado)
Texto B
A ciência vai ao parque
Com uma mistura de entusiasmo e apreensão, os passageiros do pequeno vagão veem o alto dos trilhos a
aproximar-se lentamente. Atingido o cume, começa uma arrepiante sucessão de abismos
abruptos, curvas inesperadas e subidas de tirar o fôlego. Tudo isso acontece em cerca de dois minutos numa
montanha-russa, embora para os passageiros pareça uma eternidade. O objetivo dos projetistas,
naturalmente, é criar o trajeto mais emocionante, de modo a proporcionar o maior número possível de
sobressaltos por metro de viagem, sem o menor risco, pois nisso está todo o interesse desta diversão. A
velocidade dos carros parece muito maior do que a velocidade real, devido à proximidade com os trilhos e os
apavorantes loops não passam de bem planeadas estruturas, tudo graças ao fantástico jogo das leis da
Física. As montanhas-russas são tão científicas que muitas escolas levam os alunos aos parques de diversões
para uma verdadeira aula experimental de Física.
Super Interessante, janeiro de 1989 (adaptado)
A. Identifica um dos tipos fundamentais de energia mencionados no primeiro artigo.
B. Enumera os fatores que influenciam a energia cinética dos peões.

C. Refere se dois atletas da maratona que correram durante uma hora lado a lado, à mesma velocidade,
sobre um pavimento gerador de energia elétrica terão gerado o mesmo valor de energia. Justifica a tua
resposta.

D. Calcula o valor da energia cinética de um atleta com 75 kg de massa que corra à velocidade de 19 km/h.

E. Refere outra forma fundamental de energia importante para o funcionamento das montanhas-russas além
da identificada na primeira questão.
F. Observa a figura seguinte. Considerando que não ocorrem perdas de energia, que o carrinho da
montanha-russa tem 200 kg de massa e que segue as condições indicadas na figura, calcula os valores de
altura e/ou velocidade nos pontos A, B e C.

O ponto B é utilizado como referência, considerando-se hB = 0 m.

39. Sabes que a energia se manifesta de diferentes formas, sendo detetada pelos efeitos que produz:
movimento, luz, som, chama, variação de temperatura. Contudo, existem apenas duas formas fundamentais
de energia: a energia cinética e a energia potencial.
A. Associa as manifestações de energia da coluna I com a correspondente forma fundamental da coluna II.

I II

A - Energia contida nos alimentos 1 - Energia cinética devida ao movimento


vibratório das partículas do meio.
B - Energia sonora
2 - Energia cinética devida à ação da força
C - Energia eólica
exercida pelas partículas do ar sobre as pás,
D - Energia elétrica promotoras do seu movimento.
3 - Energia cinética relacionada com o
movimento ordenado de carga elétricas.
4 - Energia potencial química devida às
interações das partículas que os constituem.

A-4; B-1; C-2; D-3.

40. Há muitas manifestações de energia, mas existem só dois tipos fundamentais de energia. Classifica como
cinética ou potencial a energia associada às situações seguintes, estabelecendo a devida correspondência.

I II

A - Um livro em repouso numa prateleira 1 - Energia potencial


de uma estante.
2 - Energia cinética
B - Um automóvel a deslocar-se numa
estrada retilínea e horizontal.
C - A água em repouso numa albufeira de
uma barragem.
D - Um rapaz a andar de bicicleta numa
estrada retilínea e horizontal.
E - Um barco a deslocar-se no mar.
F - A gravitação da Lua em volta da Terra.

A-1; B-2; C-1; D-2; E-2; F-1.


41. A energia potencial é toda a energia armazenada num corpo. Associa as manifestações de energia
potencial da coluna II às situações indicadas na coluna I.

I II

A - Um candeeiro de petróleo aceso. 1 - Elástica


B - Um íman a atrair clipes. 2 - Elétrica
C - Um rapaz a esticar uma fisga. 3 - Gravítica
D - Uma pequena esfera eletrizada a 4 - Magnética
atrair bocadinhos de esferovite.
5 - Química
E - A bateria de um automóvel.
F - A gravitação da Lua em volta da Terra.

A-5; B-4; C-1; D-2; E-5; F-3.