Você está na página 1de 4

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO

EM SOCIOLOGIA

SEMINÁRIO DE ESTUDOS AVANÇADOS (SEA)


SOCIOLOGIA DA RELIGIÃO

PROGRAMA DA DISCIPLINA

PROFESSORA: NINA ROSAS (ROSASNINA@GMAIL.COM)


HORÁRIO: SEGUNDA-FEIRA, DE 14:00-18:00 H.
CARGA HORÁRIA: 60 HORAS / CRÉDITOS: 04
1º SEMESTRE DE 2017

Objetivo: O curso visa apresentar os autores e as discussões mais elementares da sociologia


da religião, possibilitando que o aluno, ao final da disciplina, esteja familiarizado tanto com os
principais temas e teorias usadas na área, quanto com seu “estado da arte”. O estudo se divide
em três partes. A primeira é destinada a explorar rapidamente os primórdios da sociologia da
religião a partir dos autores clássicos. A segunda visa percorrer transversalmente o eixo
condutor do campo, a saber, a discussão em torno da secularização e do lugar da religião na
modernidade, enfatizando o modo como este debate se atualiza hoje. Por último, volta-se a
atenção para as dinâmicas particulares das religiões no Brasil e o modo como os pesquisadores
têm compreendido este cenário face às transformações globais.

Didática do curso: É requisito obrigatório que o aluno leia a bibliografia programada para
cada aula antes do dia do encontro. As aulas serão realizadas em formato de seminário, em
relação ao qual espera-se ativa participação dos alunos, tanto na exposição dos textos quanto
na proposição de questões a eles referentes.

Formas de avaliação:
* Presença em sala de aula e participação – 15 pontos

1
O total de pontos será obtido se o aluno tiver frequência e interação em, no mínimo, 75% das
aulas, conforme consta no regimento do PPGS como requisito para a aprovação.

* Apresentação de seminário – 50 pontos (25 cada)


Para se obter o total de pontos, deve-se apresentar dois seminários. A apresentação precisa
observar o seguinte: 1) O seminário deve ser preparado como uma aula/palestra. Na exposição,
espera-se que o aluno explore os pontos principais do texto escolhido, mas a partir de uma
perspectiva crítica; 2) O conteúdo da fala deve ter caráter eminentemente sociológico; 3) O
aluno também será avaliado pelo material de apoio que preparar (resumo, esquema de
apresentação, ppt etc.), mas não é necessário que o distribua à turma.

* Trabalho final – 35 pontos


O trabalho final deve ser uma versão inicial (resumo expandido) de um artigo científico. O
aluno tem liberdade para escolher qualquer tema que se circunscreva na sociologia da religião.
De preferência, o assunto deve ter relação com sua tese/dissertação. O texto deve cumprir o
requisito de consistência e rigor na abordagem, evidenciando que, quando finalizado, oferecerá
uma contribuição sociológica original. Deve apresentar objetivo norteado por uma pergunta de
pesquisa clara, menção dos dados a serem explorados a partir de metodologia quantitativa ou
qualitativa, sumarização do diálogo com a literatura mais recente sobre o fenômeno escolhido,
e uma breve síntese da interpretação que será feita. Deve ter entre 1.500-2.500 palavras,
incluindo referências bibliográficas, e estar formatado de acordo com as regras da ABNT ou
do periódico ao qual se pretende enviar o texto (neste último caso é preciso mencionar a revista
da qual se trata).

Programa (com bibliografia):

Aula 1 – Apresentação
- Apresentação da professora e dos alunos;
- Exposição geral sobre a linha de pesquisa Sociologia da Religião e da Cultura e do SEA
proposto;
- Detalhamento do programa da disciplina, das formas de avaliação e da bibliografia.

Aula 2 – A sociologia da religião nos clássicos 1: Introdução e Marx


- MACHADO, Maria das Dores Campos. História das ciências sociais da religião. In:
PASSOS, J. D. e USARSKI, F. (Ed.). Compêndio da ciência da religião. São Paulo:
Paulinas/Paulus, 2013, p.205-216.

2
- HERVIEU-LÉGER, Daniéle. WILLAIME, Jean-Paul. Sociologia e religião:
abordagens clássicas. São Paulo: Ideias & Letras, 2009, p.9-42.

Aula 3 – A sociologia da religião nos clássicos 2: Durkheim


- DURKHEIM, Émile. As formas elementares da vida religiosa: o sistema totêmico na
Austrália. São Paulo: Martins Fontes, 1996, p.5-27 (Introdução).
- DURKHEIM, Émile. As formas elementares da vida religiosa: o sistema totêmico na
Austrália. São Paulo: Martins Fontes, 1996, p.457-498 (Conclusão).
- HERVIEU-LÉGER, Daniéle. WILLAIME, Jean-Paul. Sociologia e religião:
abordagens clássicas. São Paulo: Ideias & Letras, 2009, p.163-213.

Aula 4 – A sociologia da religião nos clássicos 3: Weber


- WEBER, Max. A ética protestante e o espírito do capitalismo. São Paulo: Martin Claret,
2004. 230p. Páginas: 23-66 (Introdução, e capítulos 1 e 2).
- WEBER, Max. Ensaios de sociologia. Rio de Janeiro: LTC, 2002, 5ª edição. 326p.
Páginas: 226-249 (Capítulo Rejeições religiosas do mundo e suas direções).
- HERVIEU-LÉGER, Daniéle. WILLAIME, Jean-Paul. Sociologia e religião:
abordagens clássicas. São Paulo: Ideias & Letras, 2009, p.71-124.

Aula 5 – O debate da secularização 1


- BERGER, Peter. O dossel sagrado: elementos para uma teoria sociológica da religião.
São Paulo: Paulinas, 1985, p.117-180.

Aula 6 – O debate da secularização 2


- PIERUCCI, A. F. Reencantamento e dessecularização: a propósito do autoengano em
sociologia da religião. Novos Estudos Cebrap, n. 49, 1997, p. 99-117.
- PIERUCCI, Antônio Flávio. “Secularização em Max Weber: da contemporânea
serventia de voltarmos a acessar aquele velho sentido”. Revista Brasileira de Ciências
Sociais, vol.13, n.37, 1998.
- BERGER, Peter. A dessecularização do mundo: uma visão global. Religião e
Sociedade, v.21, n.1, 2001, p.9-23.
- MARIZ, Cecília. Secularização e dessecularização: comentários a um texto de Peter
Berger. Religião e Sociedade, v.21, n.1, 2001, p.24-39.

Aula 7 – O debate da secularização 3


- CASANOVA, J. Public Religions in the Modern World. Chicago: The University of
Chicago Press, 1994, p.1-39.
- MARIANO, Ricardo. Expansão e ativismo político de grupos evangélicos
conservadores: secularização e pluralismo em debate. Civitas, v.16, n.4, 2016, p.710-
728.

Aula 8 – O debate da secularização 4


- ASAD, Talal. Formations of the Secular: Christianity, Islam, Modernity. Stanford:
Stanford University Press, 2003, p.1-17; 181-201.
- TAYLOR, CHARLES. Uma era secular. São Leopoldo: Unisinos, 2010.
- ZEPEDA, J. D. J. L. Secularização ou ressacralização? O debate sociológico
contemporâneo sobre a teoria da secularização. Revista Brasileira de Ciências Sociais,
v.25, n.73, 2010, p.129-141.

Aula 9 – Novas direções em sociologia da religião? 1

3
- HERVIEU-LÉGER, Daniéle. O peregrino e o convertido: a religião em movimento.
Petrópolis: Vozes, 2008, p.15-106.

Aula 10 – Novas direções em sociologia da religião? 2


- HERVIEU-LÉGER, Daniéle. O peregrino e o convertido: a religião em movimento.
Petrópolis: Vozes, 2008, p.107-238.

Aula 11 – Novas direções em sociologia da religião? 3


- SMITH, Christian et al. “Roundtable on the Sociology of Religion: Twenty-Three
Theses on the Status of Religion in American Sociology – A Mellon Working-Group
Reflection. Journal of the American Academy of Religion, p.1-36, 2013.
- EDGELL, Penny. A Cultural Sociology of Religion: New Directions. Annual Review
of Sociology, vol.38, 2012, p.247-265.
- SMILDE, David; MAY, Matthew. Causality, Normativity, and Diversity in 40 Years
of U.S. Sociology of Religion: Contributions to Paradigmatic Reflection. Sociology of
Religion, v.76, n.4, 2015, p.369-388.

Aula 12 – Sociologia da religião no Brasil: um panorama


- TEIXEIRA, Faustino; MENEZES, Renata. Religiões em movimento: o censo de 2010.
Petrópolis: Vozes, 2013, p.11-61; p.89-109.

Aula 13 – Sociologia da religião no Brasil: tendências


- TEIXEIRA, Faustino; MENEZES, Renata. Religiões em movimento: o censo de 2010.
Petrópolis: Vozes, 2013, p.161-174; 175-201; 329-346.

Aula 14 – Sociologia da religião no Brasil: espaço público e laicidade


- GIUMBELLI, Emerson. A presença do religioso no espaço público: modalidades no
Brasil. Religião & Sociedade, v.28, n.2, 2008, p.80-101.
- MARIANO, Ricardo; ORO, Ari Pedro. Introdução ao dossiê Religião, política, espaço
público e laicidade no Brasil. Cultura y Religión, v.7, n.2, 2013, p.4-12.
- MONTERO, Paula. Religião, laicidade e secularismo: um debate contemporâneo à luz
do caso brasileiro. Cultura y Religión, v.7, n.2, 2013, p.13-31.

Aula 15 – Sociologia da sociologia da religião no Brasil


- MONTERO, Paula. Religiões e dilemas da sociedade brasileira. In: MICELI, S. (Ed.).
O que ler na ciência social brasileira (1970-1995). São Paulo, Brasília:
Sumaré/ANPOCS/CAPES, 1999. p.327-367.
- PIERUCCI, Antônio Flávio. Sociologia da religião - área impuramente acadêmica. In:
MICELI, S. (Ed.). O que ler na ciência social brasileira (1970-1995). São Paulo,
Brasília: Sumaré/ANPOCS/CAPES, v.II. Sociologia, 1999. p.237-286.
- PIERUCCI, Antônio Flávio.; MARIANO, Ricardo. Sociologia da religião, uma
sociologia da mudança. In: MARTINS, C. B. e MARTINS, H. H. T. D. S. (Ed.).
Sociologia. São Paulo: ANPOCS, 2010. p.279-301.
- FREITAS, R. S. D.; RIBEIRO, L. Balanço e perspectivas da sociologia no Brasil: uma
abordagem comparativa. Revista Brasileira de Sociologia, v. 1, n. 1, p. 69-113, 2013.