Você está na página 1de 1

Fernando Perlatto

A Imaginação Sociológica Brasileira


A Imaginação Sociológica
Brasileira A Imaginação Sociológica
A Sociologia no Brasil e sua Vocação Pública
Brasileira
Fernando Perlatto é Mestre em “Aqui, no trabalho que o leitor tem em mãos, Fernando Perlatto, ao
A Sociologia no Brasil e sua Vocação Pública O livro A Imaginação Socio-
Sociologia pelo Instituto Uni- fazer um notável, pela abrangência do material compilado e pela lógica Brasileira reconstrói, a
versitário de Pesquisas do Rio partir de um amplo panorama,
de Janeiro (IUPERJ) e Doutor judiciosa análise crítica a que o submete, inventário da produção a história da produção intelec-
em Sociologia pelo Instituto de sociológica brasileira ao longo das sete décadas de sua existência tual da Sociologia nas univer-
Estudos Sociais e Políticos institucionalizada na universidade, demonstra a forte articulação sidades brasileiras entre 1940 e
(IESP-UERJ). Foi Professor do 2012. Dividindo esta produção
entre a imaginação sociológica presente em nossa produção e a

A Sociologia no Brasil e sua Vocação Pública


Departamento de Ciências So- em três grandes momentos –
ciais da Universidade Federal de agenda pública que, variando o tempo e suas circunstâncias, tem 1940 a 1964, 1965 a 1988 e
Juiz de Fora (UFJF) e Pesqui- norteado a nossa vida social e política. (...). Nossa imaginação 1989 a 2012 –, Fernando Per-
sador Visitante do Institute for latto detém a atenção especial-
Public Knowledge, da New sociológica, categoria central em nosso autor, bem mais do que se mente sobre determinados te-
York University (NYU). Atual- limitar à explicação do enredo da nossa circunstância como mas – a exemplo da questão ra-
mente é Professor do Departa- sociedade, esteve e está orientada 'para ampliar a reflexividade cial, da modernização, dos
mento de História e do Progra- “dilemas educacionais”, da
ma e Pós-Graduação em His- crítica e a comunicabilidade social' em torno de temas como justiça indústria cultural, do mundo do
tória da Universidade Federal e livre cidadania. Nesse sentido, como atividade reflexiva ela tem trabalho, da violência e da
de Juiz de Fora (UFJF), onde agido sobre seu entorno no exercício da sua vocação pública e a urbanização – para analisar as
coordena o Laboratório de His- relações construídas entre a
tória Política e Social (LAHPS). leitura desse belo livro rende uma justa homenagem aos que a imaginação sociológica e as
praticaram e a praticam sob essa inspiração.” transformações que ocorre-
ram na sociedade brasileira em
cada conjuntura analisada, mos-
Do “Prefácio”, de LuizWerneckVianna trando o quanto a Sociologia no
país se constituiu ancorada em
uma notável vocação pública.
ISBN 978-85-444-0283-2

9 788544 402832