Você está na página 1de 3

JOSÉ ROBERTO TAVARES DE MATOS

RELATÓRIO DE ATIVIDADES COMPLEMENTARES


Atividades culturais – Filme “O Lobo de Wall Street”

Relatório de Atividades
Complementares presentando
à Universidade Paulista -
UNIP, como parte dos
requisitos para conclusão do
curso de Graduação em
Administração.

São Carlos - SP
2018
1. Resumo
O presente relatório discorre acerca do filme, de acervo próprio, “O Lobo de
Wall Street”, que conta a história real de Jordan Belfort, um ambicioso
corretor da bolsa de valores que cria um verdadeiro império, enriquecendo
de forma rápida, porém ilegal. Jordan dirige uma firma, a Stratton Oakmont,
que pratica fraudes de seguro e corrupção em Wall Street na década de 1990.
Ele e seus amigos mergulham em um mundo de excessos, mas seus
métodos ilícitos acabam por despertar a atenção da polícia, culminando com
suas prisões.
2. Reflexão Crítica
No filme “O Lobo de Wall Street” é retratada a história real de Jordan Belfort,
um corretor de ações que, ainda muito jovem, já ganhava milhões de dólares
por ano através de fraude, corrupção e lavagem de dinheiro. Depois de
trabalhar em uma corretora de Wall Street, Jordan perde o emprego quando
acontece o Black Monday, e a crise do mercado de valores. Ele dá a volta
por cima ao conhecer uma pequena corretora que lida com ações de
segunda linha. No pequeno escritório, ele chama a atenção por conseguir
vender ações duvidosas a clientes como se estas fossem ouro. Surge então
a ideia de criar uma corretora que funcione exatamente dessa forma:
convencer clientes a comprar ações de baixo valor, mas que, em
compensação, trazem maior retorno. Belfort começa a formar sua equipe ao
lado de outros amigos de passado duvidoso, criando a corretora Stratton
Oakmont. Destaque-se o poder de persuasão do protagonista, pois, ainda
que não entendesse muito do mercado, o seu poder da oratória o ajudava a
utilizar uma técnica de vendas muito agressiva e efetiva. Com a mesma
capacidade de conversar e vender, ele foi capaz de motivar sua equipe.
Durante todo o filme é possível ver em Jordan a extrema habilidade de
motivar indivíduos, fazer com que acreditassem em suas ideias e
trabalhassem para concretizá-las. Poderia ser um filme de superação e
persistência, não fosse pelo fato de Jordan Belfort utilizar-se de todo seu
talento para fins ilícitos. Os excessos e ostentações do grupo acabam por
despertar a atenção das autoridades, que acabam por descobrir o esquema
de fraudes milionárias da empresa. A empresa é fechada e Jordan acusado
de lavagem de dinheiro e fraude de valores mobiliários recebendo uma pena
de quatro anos de prisão. O filme deixa mensagem da importância de ser
ambicioso e ter sonhos, no entanto, é necessário saber qual é o limite entre
a ética do negócio, os valores pessoais, a moral e a ambição.

3. Conclusão
A temática do filme é pertinente ao apresentar o ambiente das grandes
corporações e questões éticas e morais que envolvem o mundo dos
negócios. Percebe-se a relação com o curso de Administração em diversos
pontos, como a abordagem do empreendedorismo e a abertura de novos
negócios, tema das disciplinas “Economia e Negócios”, “Empreendedorismo
e Plano de Negócios” e “Tópicos de Atuação Profissional”. Outro ponto
marcante tratado, relacionado à Administração, é o papel da liderança,
motivação, clima e cultura organizacional, tratados nas disciplinas “Liderança
- atributos e atribuições”, “Gestão de Pessoas”, “Administração Estratégica”,
e “Comportamento Humano nas Organizações”. Pode-se citar ainda a
questão da ética nos negócios, abordada nas disciplinas “Responsabilidade
Social” e “Administração da Relação com o Cliente”.
4. Ficha Técnica
Nome: O Lobo de Wall Street
Título Original: The Wolf of Wall Street
Dirigido por: Martin Scorsese
Gênero: Biografia/Comédia/Policial
Ano: 2013
Duração: 180 min
Atores: Leonardo DiCaprio, Jonah Hill, Margot Robbie