Você está na página 1de 9

18/09/2018 Destaques do livro de Jó

Testemunhas de Jeová
Publicações > Revistas > A Sentinela (Edição de Estudo)  |  15 de Março de 2006

Destaques do livro de Jó
A Palavra de Jeová É Viva

Destaques do livro de Jó

O PATRIARCA Jó vivia na terra de Uz, que ficava na península Arábica.


Naquela época, um grande número de israelitas morava no Egito.
Embora não fosse israelita, Jó era um adorador de Jeová Deus. A seu
respeito a Bíblia diz: “Não há ninguém igual a ele na terra, homem
inculpe e reto, temendo a Deus e desviando-se do mal.” (Jó 1:8) Esse
tempo deve ter sido o período entre as vidas de dois notáveis servos de
Jeová — José, filho de Jacó, e o profeta Moisés.

Moisés, que segundo se acredita escreveu o livro de Jó, provavelmente


ouviu falar desse servo de Deus quando passou 40 anos em Midiã,
perto da terra de Uz. Talvez também tenha ficado sabendo dos
acontecimentos relacionados aos últimos anos de Jó quando os
israelitas estavam perto de Uz, quase no fim da jornada de 40 anos no
deserto.* O que aconteceu com Jó foi tão belamente apresentado em
forma escrita que o relato é considerado uma obra-prima literária. Mais
do que isso, porém, ele responde a perguntas tais como: Por que
pessoas boas sofrem? Por que Jeová permite a maldade? Humanos
imperfeitos podem manter a integridade a Deus? Como parte da
inspirada Palavra de Deus, a mensagem do livro de Jó é viva e exerce
poder até nos nossos dias. — Hebreus 4:12.

‘PEREÇA O DIA EM QUE NASCI’

https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20060315/Destaques-do-livro-de-J%C3%B3/ 1/9
18/09/2018 Destaques do livro de Jó

(Jó 1:1-3:26)

Certo dia, Satanás compareceu perante Deus e questionou a


integridade de Jó. Jeová aceitou o desafio e permitiu que Satanás
causasse a Jó uma calamidade após outra. Mas Jó recusou-se a
‘amaldiçoar a Deus’. — Jó 2:9.

Os três companheiros de Jó apareceram para ‘se compadecer dele’. (Jó


2:11) Eles se sentaram com Jó e não falaram uma única palavra até que
ele quebrou o silêncio dizendo: “Pereça o dia em que vim a nascer.” (Jó
3:3) Ele preferia ser “como crianças que não viram a luz”, ou que nascem
mortas. — Jó 3:11, 16.

Perguntas bíblicas respondidas:

1:4 — Será que os filhos de Jó celebravam aniversários? Não. As


palavras para “dia” e para “aniversário” no idioma original são
diferentes, cada uma tendo seu próprio significado. (Gênesis 40:20) Em
Jó 1:4, a palavra “dia” é usada para indicar um intervalo de tempo desde
o nascer do sol até o pôr-do-sol. Os sete filhos de Jó aparentemente
faziam todo ano uma reunião em família que durava sete dias. Cada dia
a reunião era realizada na casa de um filho diferente, que seria o
anfitrião do banquete “no seu próprio dia”.

1:6; 2:1 — Quem tinha permissão de comparecer perante Jeová?


Entre os que tomavam sua posição perante Jeová, estavam o Filho
unigênito de Deus, a Palavra; os anjos fiéis e os desobedientes ‘filhos de
Deus’ angélicos, inclusive Satanás, o Diabo. (João 1:1, 18) Satanás e seus
demônios só foram expulsos do céu pouco depois do estabelecimento
do Reino de Deus em 1914. (Revelação [Apocalipse] 12:1-12) Por
permitir que eles comparecessem diante de Sua pessoa, Jeová
apresentou perante todas as criaturas espirituais o desafio de Satanás
e as questões levantadas.

https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20060315/Destaques-do-livro-de-J%C3%B3/ 2/9
18/09/2018 Destaques do livro de Jó

1:7; 2:2 — Será que Jeová falou diretamente com Satanás? A Bíblia
não fornece muitos detalhes sobre como Jeová se comunica com as
criaturas espirituais. No entanto, o profeta Micaías teve uma visão na
qual ele viu um anjo se comunicando com Jeová diretamente. (1 Reis
22:14, 19-23) Parece, então, que Jeová falou com Satanás sem
intermediário.

1:21 — De que maneira Jó poderia voltar ao ‘ventre de sua mãe’?


Visto que Jeová Deus formou o homem “do pó do solo”, a expressão
“mãe” é usada aqui figurativamente para se referir à terra. — Gênesis
2:7.

2:9 — Qual pode ter sido o estado mental da esposa de Jó quando ela
disse a ele que amaldiçoasse a Deus e morresse? A esposa de Jó
sofreu as mesmas perdas que seu marido. Ela deve ter ficado muito
aflita ao ver seu marido, antes saudável, sofrer de uma doença
repugnante. Havia perdido seus filhos amados. Talvez tenha ficado tão
perturbada com o que estava acontecendo que não conseguia refletir
no que era, de fato, importante — a relação que eles tinham com Deus.

Lições para nós:

1:8-11; 2:3-5. Como vimos no caso de Jó, além das ações e do modo de
falar apropriados, a integridade requer que sirvamos a Jeová com a
motivação correta.

1:21, 22. Por permanecermos leais a Jeová tanto sob circunstâncias


favoráveis como desfavoráveis, podemos provar que Satanás é
mentiroso. — Provérbios 27:11.

2:9, 10. Assim como Jó, devemos nos manter firmes na fé mesmo
quando nossos familiares não valorizam os objetivos espirituais que
temos ou nos pressionam para transigirmos ou abandonarmos nossa
fé.
https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20060315/Destaques-do-livro-de-J%C3%B3/ 3/9
18/09/2018 Destaques do livro de Jó

2:13. Os companheiros de Jó não tinham nada de consolador a dizer


sobre Deus e suas promessas porque lhes faltava espiritualidade.

“NÃO REMOVEREI DE MIM A MINHA INTEGRIDADE!”

(Jó 4:1-31:40)

Basicamente, a conversa dos três companheiros de Jó deu a entender


que ele tinha feito algo muito ruim para receber um castigo tão severo
de Deus. Elifaz foi o primeiro a falar. Depois foi a vez de Bildade, que
usou uma linguagem mais cortante, seguido por Zofar, que falou de
modo ainda mais sarcástico.

Jó não aceitou o falso raciocínio de seus visitantes. Não entendendo por


que Deus permitia seu sofrimento, ele se preocupou demasiadamente
em justificar-se. Mesmo assim Jó amava a Deus, e exclamou: “Até eu
expirar não removerei de mim a minha integridade!” — Jó 27:5.

Perguntas bíblicas respondidas:

7:1; 14:14 — Qual o significado da expressão “trabalho compulsório”


ou “serviço compulsório”? A aflição de Jó era tão grande que ele
comparou a vida a trabalho compulsório, difícil e árduo. (Jó 10:17, nota)
Da mesma forma, visto que o tempo que alguém permanece no Seol
— desde a morte até a ressurreição — é um período que tem de ser
cumprido, Jó comparou esse tempo a serviço compulsório.

7:9, 10; 10:21; 16:22 — Será que essas declarações indicam que Jó não
acreditava na ressurreição? Esses comentários se referem ao futuro
imediato de Jó. Então, o que ele queria dizer? Uma possibilidade é que,
se ele morresse, nenhum de seus contemporâneos o veria mais. Do
ponto de vista deles, ele não voltaria para casa nem receberia
reconhecimento adicional até o tempo designado de Deus. As palavras
de Jó também podem significar que ninguém pode sair do Seol por si

https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20060315/Destaques-do-livro-de-J%C3%B3/ 4/9
18/09/2018 Destaques do livro de Jó

mesmo. Uma evidência clara de que Jó tinha esperança numa


ressurreição futura encontra-se em Jó 14:13-15.

10:10 — Como foi que Jeová ‘despejou Jó como leite e o coalhou como
queijo’? Essa é uma descrição poética de como Jó foi formado no ventre
de sua mãe.

19:20 — O que Jó queria dizer com a expressão “eu escapo com a pele
dos meus dentes”? Ao dizer que ele escapou com a pele de algo que
pelo visto não tem pele, Jó talvez estivesse dizendo que ele escapou
quase sem nada.

Lições para nós:

4:7, 8; 8:5, 6; 11:13-15. Não devemos imaginar precipitadamente que


uma pessoa que sofre esteja colhendo o que semeou e não tenha a
aprovação de Deus.

4:18, 19; 22:2, 3. Nossos conselhos devem basear-se na Palavra de Deus


e não em opinião pessoal. — 2 Timóteo 3:16.

10:1. A amargura havia cegado Jó a ponto de ele desconsiderar outras


possíveis razões de seu sofrimento. Não devemos ficar amargurados ao
sofrermos, principalmente porque temos um entendimento claro das
questões envolvidas.

14:7, 13-15; 19:25; 33:24. Durante qualquer prova com a qual Satanás
talvez nos aflija, a esperança da ressurreição pode nos amparar.

16:5; 19:2. Nossas palavras devem encorajar e fortalecer outros, não


irritá-los. — Provérbios 18:21.

22:5-7. O conselho dado com base em acusações falsas que carecem de


evidência sólida não tem valor e é prejudicial.

https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20060315/Destaques-do-livro-de-J%C3%B3/ 5/9
18/09/2018 Destaques do livro de Jó

27:2; 30:20, 21. Manter a integridade não exige perfeição. Jó criticou


Deus injustamente.

27:5. Apenas Jó poderia remover sua integridade, porque ela depende


do amor que a pessoa tem por Deus. Devemos, portanto, desenvolver
um forte amor por Jeová.

28:1-28. O homem sabe onde os tesouros da Terra se encontram. Ao


passo que os procura, sua engenhosidade o leva aos caminhos
subterrâneos que nenhuma ave de rapina de vista aguda consegue ver.
A sabedoria de Deus, porém, resulta do temor a Jeová.

29:12-15. Devemos prontamente demonstrar benevolência a quem


está em necessidade.

31:1, 9-28. Jó nos deixou um exemplo por evitar o flerte, o adultério, o


materialismo, a idolatria e por não tratar outros injustamente e sem
misericórdia.

“DEVERAS ME ARREPENDO EM PÓ E CINZAS”

(Jó 32:1-42:17)

Um jovem espectador chamado Eliú, que havia escutado com paciência


o debate, se expressou corajosamente. Ele corrigiu Jó e seus três
atormentadores.

Assim que Eliú terminou de falar, Jeová respondeu de um vendaval. Ele


não deu nenhuma explicação sobre o sofrimento de Jó. Mas, por fazer
uma série de perguntas, o Todo-Poderoso fez com que Jó se desse
conta de Seu grandioso poder e sabedoria. Jó admitiu que falou sem
entendimento e disse: “Faço uma retratação e deveras me arrependo
em pó e cinzas.” (Jó 42:6) Quando a provação de Jó terminou, sua
integridade foi recompensada.

https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20060315/Destaques-do-livro-de-J%C3%B3/ 6/9
18/09/2018 Destaques do livro de Jó

Perguntas bíblicas respondidas:

32:1-3 — Quando Eliú chegou? Visto que Eliú ouviu toda a conversa, ele
deve ter chegado e se sentado antes de Jó pôr fim ao silêncio de sete
dias de seus três companheiros. — Jó 3:1, 2.

34:7 — Como Jó foi igual a um homem “que ingere a caçoada como


água”? Na sua aflição, Jó achou que o escárnio de seus três visitantes
fosse direcionado para ele, embora na realidade eles estivessem
falando contra Deus. (Jó 42:7) Desse modo, ele estava ingerindo a
caçoada como alguém que bebe água com prazer.

Lições para nós:

32:8, 9. A sabedoria não vem apenas com a idade. Requer


entendimento da Palavra de Deus e a orientação de seu espírito.

34:36. A integridade é demonstrada quando, de alguma forma, somos


‘provados até o limite’.

35:2. Antes de falar, Eliú ouviu atentamente e identificou a verdadeira


questão. (Jó 10:7; 16:7; 34:5) Antes de dar conselhos, os anciãos cristãos
devem escutar com cuidado, inteirar-se dos fatos, e entender bem as
relevantes questões envolvidas. — Provérbios 18:13.

37:14; 38:1-39:30. Refletir sobre as maravilhosas obras de Jeová


— expressões de seu poder e sabedoria — faz-nos sentir humildes e nos
ajuda a ver que a vindicação da sua soberania é mais importante do que
qualquer interesse pessoal. — Mateus 6:9, 10.

40:1-4. Se nos sentirmos tentados a reclamar do Todo-Poderoso,


devemos ‘pôr a mão sobre a boca’.

40:15-41:34. Quanto poder o beemote (o hipopótamo) e o leviatã (o


crocodilo) têm! Para perseverarmos no serviço de Deus, nós também
https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20060315/Destaques-do-livro-de-J%C3%B3/ 7/9
18/09/2018 Destaques do livro de Jó

precisamos da força do Criador dessas poderosas criaturas. Ele nos


confere poder. — Filipenses 4:13.

42:1-6. Por ouvir a palavra de Deus e ser lembrado da manifestação de


seu poder, Jó foi ajudado a ‘observar a Deus’, ou entender a verdade
sobre ele. (Jó 19:26) Isso ajustou seu modo de pensar. Ao sermos
corrigidos pela Bíblia, devemos estar dispostos a reconhecer nosso erro
e fazer ajustes.

Tenha a “perseverança de Jó”

O livro de Jó mostra claramente que Deus não é responsável pelo


sofrimento humano. O responsável é Satanás. Por Deus ter permitido a
maldade na Terra, temos a oportunidade de demonstrar nossa posição
em relação às questões levantadas sobre a soberania de Jeová e a
nossa integridade.

Assim como Jó, todos os que amam a Jeová serão provados. O relato de
Jó nos assegura que podemos perseverar, e somos lembrados que
nossos problemas não durarão para sempre. “Ouvistes falar da
perseverança de Jó e vistes o resultado que Jeová deu”, diz Tiago 5:11.
Jeová recompensou Jó por ter mantido a integridade. (Jó 42:10-17) Que
maravilhosa esperança Ele nos dá — vida eterna num paraíso aqui na
Terra! Então, estejamos decididos, como Jó, a manter a integridade.
— Hebreus 11:6.

[Nota(s) de rodapé]

^ parágrafo 4 O livro de Jó abrange um período de mais de 140 anos,


entre 1657 e 1473 AEC.

[Fotos na página 16]

O que aprendemos da “perseverança de Jó”?

https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20060315/Destaques-do-livro-de-J%C3%B3/ 8/9
18/09/2018 Destaques do livro de Jó

Copyright © 2018 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania.

https://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/w20060315/Destaques-do-livro-de-J%C3%B3/ 9/9

Interesses relacionados