Você está na página 1de 11

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ

CENTRO DE TECNOLOGIA
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA HIDRÁULICA E AMBIENTAL
MECÂNICA DOS FLUIDOS – TD0923 – TURMA 01

TRABALHO 5

1) Desprezando as perdas de carga no trecho (1)-(2), determinar:


a) as velocidades nas seções (1) e (2), em m/s. Adote duas casas decimais; (valor: 1/3);
b) o módulo da componente horizontal da força aplicada pelo fluido, em N Adote duas casas decimais;
(valor: 1/3);
c) o módulo da componente vertical da força aplicada pelo fluido, em N Adote duas casas decimais;
(valor: 1/3).

Considere os seguintes dados:


i. Pressão na seção (1), em kPa: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno
multiplicado por 8;
ii. Vazão volumétrica no trecho, em L/s Número de caracteres do nome, incluindo os espaços, dividido por
4;
iii. Ângulo , em graus: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno multiplicado por 2;
iv. Na seção 2 o fluido descarrega na atmosfera;
v. Peso específico do fluido, em N/m3: 10000,00;
vi. Aceleração da gravidade, g = 10,00 m/s2;
vii. O escoamento é permanente e incompressível.
2) Na instalação esquematizada na figura, (T) é uma turbina e o fluido que escoa é água. A vazão
volumétrica é Q. Determinar:
a) as velocidades nas seções (1) e (2), em m/s. Adote duas casas decimais; (valor: 1/3);
b) o módulo da componente horizontal da força aplicada pelo fluido, em kN. Adote duas casas decimais;
(valor: 1/3);
c) o módulo da componente vertical da força aplicada pelo fluido, em kN. Adote duas casas decimais;
(valor: 1/3).

Considere os seguintes dados:


i. Vazão volumétrica, em L/s Número de caracteres do nome, incluindo os espaços, multiplicado por 12;
ii. Pressão na seção (1), em kPa: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno
multiplicado por 8;
iii. Pressão na seção (2), em kPa: -20 kPa;
iv. Peso específico da água, em N/m3: 10000,00;
v. Aceleração da gravidade, g = 10,00 m/s2;
vi. Despreze as perdas de cargas;
vii. O escoamento é permanente e incompressível.
3) No trecho (1)-(2) da tubulação, que está num plano horizontal, escoa água em regime permanente.
Considerando que não há perda de carga de (1) a (2) e que a vazão volumétrica é Q. Determinar:
a) As velocidades nas seções (1) e (2), em m/s. Adote duas casas decimais; (valor: 1/4);
b) o módulo da componente horizontal da força aplicada pelo fluido, em kN. Adote duas casas decimais;
(valor: 1/4);
c) o módulo da componente vertical da força aplicada pelo fluido, em kN. Adote duas casas decimais;
(valor: 1/4);
d) A força resultante aplicada pelo fluido, em kN. Adote duas casas decimais; (valor: 1/4)

Considere as seguintes observações:


i. Pressão na seção (1), em kPa: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno
multiplicado por 8;
ii. Vazão volumétrica no trecho, em L/s Número de caracteres do nome, incluindo os espaços, dividido por
1,5;
iii. Ângulo , em graus: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno dividido por 1,5;
iv. Ângulo , em graus: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno multiplicado por 2;
v. Peso específico da água, em N/m3: 10000,00;
vi. Aceleração da gravidade, g = 10,00 m/s2;
vii. Na seção 2 o fluido descarrega na atmosfera;
viii. O escoamento é permanente e incompressível.
4) Dado o sistema da figura, sabendo que a seção do jato tem uma área Aj e que a área do pistão é
20 cm2, determine:
a) A pressão no pistão, em kPa. Adote duas casas decimais; (valor: 1/3)
b) A força exercida no pistão, em N. Adote duas casas decimais; (valor: 1/3)
c) A vazão volumétrica no bocal, em L/s. Adote duas casas decimais; (valor: 1/3)

Considere as seguintes observações:


i. Área do jato, em cm2: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno multiplicado por
15;
ii. Altura h1, em m: Número de caracteres do nome, incluindo os espaços, dividido por 15;
iii. Altura h2, em m: valor de h1 somado com 0,8;
iv. Ângulo , em graus: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno multiplicado por 2;
v. Peso específico da água, em N/m3: 10000,00;
vi. Peso específico do mercúrio, em N/m3: 136000,00;
vii. Aceleração da gravidade, g = 10,00 m/s2;
viii. A água sai do tubo na atmosfera;
ix. O sistema está em equilíbrio;
x. O escoamento é permanente e incompressível.
5) Sabendo que o sistema da figura encontra-se em equilíbrio, desprezando as perdas, determine:
a) A pressão no pistão, em kPa. Adote duas casas decimais; (valor: 1/5)
b) A força exercida no pistão, em N. Adote duas casas decimais; (valor: 1/5)
c) A área da seção (2), em cm2. Adote duas casas decimais; (valor: 1/5)
d) A velocidade na seção (2), em m/s. Adote duas casas decimais; (valor: 1/5)
e) A altura h0, em m. Adote duas casas decimais; (valor: 1/5)

Considere as seguintes observações:


i. Vazão volumétrica no trecho, em L/s Número de caracteres do nome, incluindo os espaços, dividido por
1,5;
ii. Área do pistão, em cm2: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno multiplicado
por 2,5;
iii. Altura h1, em cm: Número de caracteres do nome, incluindo os espaços, multiplicado por 2,5;
iv. Peso específico do fluido manométrico, em kN/m3: Número de caracteres do nome, incluindo os
espaços;
v. Peso específico da água, em N/m3: 10000,00;
vi. Nas seções (1) e (2) o fluido encontra-se na atmosfera;
vii. Aceleração da gravidade, g = 10,00 m/s2;
viii. O escoamento é permanente e incompressível.
6) Um bocal curvo que descarrega na atmosfera é mostrado a seguir. O bocal tem peso Gbocal e seu volume
interno é i. Sendo o fluido a água, determinar:
a) A velocidade na seção 2, em ft/s. Adote duas casas decimais; (valor: 1/3)
b) O módulo do esforço horizontal que o líquido exerce, em lbf. Adote duas casas decimais; (valor: 1/3)
c) O módulo do esforço vertical que o líquido exerce, em lbf. Adote duas casas decimais; (valor: 1/3)

Considere as seguintes observações:


i. Ângulo , em graus: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno multiplicado por 2;
ii. Volume interno do bocal, em in3: Número de caracteres do nome, incluindo os espaços, multiplicado
por 5;
iii. Diâmetro da seção (1), D1, em in: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno
dividido por 10;
iv. Pressão relativa na seção (1), em psi: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno
dividido por 2;
v. Peso do bocal, em lbf: Número de caracteres do nome, incluindo os espaços, dividido por 3;
vi. Massa específica da água, em slug/ft3: 1,94;
vii. Aceleração da gravidade, g = 32,2 ft/s2;
viii. O escoamento é permanente e incompressível.
7) A figura mostra um sistema tubular de redução. O volume interno da redução é de 0,2 m3 e sua massa é
m. Determinar:
a) O módulo do esforço horizontal que o líquido exerce, em kN. Adote duas casas decimais; (valor: 1/2)
b) O módulo do esforço vertical que o líquido exerce, em kN. Adote duas casas decimais; (valor: 1/2)

Considere as seguintes observações:


i. Pressão relativa na seção (1), em kPa: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno
multiplicado por 2;
ii. Pressão relativa na seção (2), em kPa: valor de p1 multiplicado por 0,8;
iii. Massa do redutor, em kg: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno;
iv. Massa específica da água, em kg/m3: 1000,0;
v. Aceleração da gravidade, g = 10,00 m/s2;
vi. O escoamento é permanente e incompressível.
8) Em movimento permanente, a água escoa por uma curva de 180 º como na figura. Na seção (1), a
pressão relativa é de p1 e ao ser descarregada, a água é submetida à pressão atmosférica. As
propriedades físicas são, por hipótese, uniformes nas áreas de entrada e de saída. Determinar:
a) A velocidade na seção (2), em m/s. Adote duas casas decimais; (valor: 1/2)
b) O módulo do esforço horizontal que o líquido exerce, em N. Adote duas casas decimais; (valor: 1/2)

Considere as seguintes observações:


i. Pressão relativa na seção (1), em kPa: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno
multiplicado por 3,5;
ii. Área da seção (1), A1, em mm2: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno
multiplicado por 100;
iii. Área da seção (2), A2, em mm2: 650;
iv. Velocidade na seção (1), em m/s: 3,05;
v. Massa específica da água, em kg/m3: 1000,0;
vi. Aceleração da gravidade, g = 10,00 m/s2;
vii. O escoamento é permanente e incompressível.
9) Os dados seguintes pertencem ao escoamento da água em um Tê horizontal. Desprezando as perdas de
carga, determinar:
a) A vazão na seção (3), em L/s. Adote duas casas decimais; (valor: 1/4)
b) As velocidades nas seções (1), (2) e (3), em m/s. Adote duas casas decimais; (valor: 1/4)
c) o módulo da componente horizontal da força aplicada pelo fluido, em kN. Adote duas casas decimais;
(valor: 1/4);
d) o módulo da componente vertical da força aplicada pelo fluido, em kN. Adote duas casas decimais;
(valor: 1/4);

Considere as seguintes observações:


i. Vazão na seção (1), em L/s: Número de caracteres do nome, incluindo os espaços, multiplicado por 4,5;
ii. Vazão na seção (2), em L/s: 60,0;
iii. Pressão relativa na seção (1), em kPa: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno
multiplicado por 5;
iv. Pressão relativa na seção (2), em kPa: 70% da pressão na seção (1);
v. Pressão relativa na seção (3), em kPa: 80% da pressão na seção (1);
vi. Massa específica da água, em kg/m3: 1000,0;
vii. Aceleração da gravidade, g = 10,00 m/s2;
viii. O escoamento é permanente e incompressível.
10) Água escoa pela curva dupla mostrada na figura. Determinar:
a) A velocidade na seção (3), em m/s. Adote duas casas decimais; (valor: 1/3)
b) O módulo da componente horizontal da força necessária para manter a curva no lugar, em kN. Adote
duas casas decimais; (valor: 1/3)
c) O módulo da componente vertical da força necessária para manter a curva no lugar, em kN. Adote duas
casas decimais; (valor: 1/3)

Considere as seguintes observações:


i. Velocidade na seção (1), em m/s: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno
dividido por 2;
ii. Velocidade na seção (2), em m/s: valor de V1 dividido por 3;
iii. Pressão relativa na seção (1), em kPa: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno
multiplicado por 10;
iv. Pressão relativa na seção (2), em kPa: valor de P1 multiplicado por 0,12;
v. Pressão relativa na seção (3), em kPa: valor de P1 multiplicado por 0,68;
vi. Ângulo , em graus: soma dos valores de todos os algarismos da matrícula do aluno multiplicado por 2;
vii. Diâmetros: D1 = 20 cm, D2 = 45 cm e D3 = 25 cm;
viii. Massa específica da água, em kg/m3: 1000,0;
ix. Aceleração da gravidade, g = 10,00 m/s2;
x. O escoamento é permanente e incompressível.
OBS:
a) A Planilha de Resposta deve ser entregue no SIGAA até a data marcada;
b) Não precisa entregar o Memorial de Cálculo;
c) No preenchimento da Planilha de Respostas, colocar os resultados das questões sem as
unidades, só os valores;
d) Utilizar o ponto como símbolo decimal e não a vírgula na Planilha de Respostas;