Você está na página 1de 41

o

1. ano
ATIVIDADES PARA

TURMAS
MISTAS
OUTono - SETEMBRO 1.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Ouve a leitura do texto.

Outono
Vou ter de deixar o ninho.
Ele vem devagarinho…

Traz menos luz do dia,


espalha as folhas secas nos pés,
com uma melodia.

Vai-se embora o calor,


mas enche-se tudo de cor.

Os raios vêm pincelados


mostrar vermelho e dourado.
E na cozinha há cheiros açucarados
e com dióspiros fico todo lambuzado.

Começa a ficar mais frio.


E a luz tem outro brilho!

O outono chega assim:


sem pressas e sem demoras.
E nas tuas folhas vais escrever,
agora, uma nova história.
As autoras

2. Rodeia, nas primeiras duas linhas do texto, as letras conforme o seguinte


código de cores.
i – azul u – verde a – laranja e – amarelo o – roxo
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

3. Pinta apenas os elementos referidos no texto.

1
4. Assinala com  a imagem que representa a estação do ano referida no
texto.

5. No final do texto, diz-se que se está a começar uma «nova história»,


porque no outono começa um novo ano escolar. Desenha o que pensas
que vai acontecer na tua nova história.

6. Observa a sequência de imagens. Ordena de 1 a 3 os acontecimentos.


Imagina uma história e conta-a aos teus colegas.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

2
OUTono - SETEMBRO 1.o ano
Matemática

Recorda pequenas partes do poema «Outono» e responde às questões.


1. «Vai-se embora o calor, mas enche-se tudo de cor.» Observa as figuras
representadas e pinta, da mesma cor, as folhas com a mesma forma.

2. «Os raios vêm pincelados mostrar vermelho e dourado.» Completa os


grafismos dos raios de sol, usando amarelo e vermelho alternadamente.
Pinta a imagem ao teu gosto.

3. «espalha as folhas secas nos pés» Associa cada conjunto de folhas à


quantidade correta.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

3
OUTono - SETEMBRO 1.o ano
Estudo do meio

O Outono começa assim: sem pressas e sem demoras.


1. Pinta de acordo com as instruções.
• Pinta as folhas da árvore • Pinta o teu fruto
com cores de outono. do outono preferido.

2. Traça o caminho de cada animal para o seu alimento.

Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Expressões físico-motora e plástica


• Faz um percurso ao ar livre, alternando marcha e corrida. Observa a Natureza e
descreve o que vês. Desenha na areia ou em terra molhada.
• Recolhe elementos naturais para uma composição plástica com colagem de
diferentes materiais.

4
dia da alimentação - outubro 1.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Observa a capa do livro.


1.1 Assinala com  o que pensas que possa ser
o tema da história.
A poluição A alimentação
A amizade A guerra

2. Ouve a leitura do texto.

A família Bisnau vivia só para almoçar. E


lanchar. E cear. E comer a todas as horas do dia.
Não usavam talheres! Metiam as mãos,
quer dizer, metiam as patas pelo tacho dentro
e enchiam a boca de tudo o que conseguiam
apanhar. Mastigavam a correr e deixavam-se
engasgar.
Comiam até se fartarem, quer a comida estivesse muito quente ou
muito fria e, num instante a panela ficava completamente vazia.
– Venha mais! Venha Mais! – Gritavam eles numa berraria enorme.
José Fanha, O dia em que a barriga rebentou,
3.a edição, Edições Gailivro, 2010 (excerto adaptado, com supressões)

3. Assinala com  a imagem da família referida no texto.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

4. Rodeia a imagem que corresponde ao que a família mais gostava de fazer.

1
5. Faz corresponder as imagens cujos nomes iniciam com o mesmo som.

6. Completa o nome dos alimentos com as vogais em falta.

q§u v v ß b l c n ®

7. Ajuda os Bisnaus a melhorarem a sua alimentação. Pinta os alimentos que


devem comprar.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

8. Desenha, no teu caderno, o retrato da família Bisnau depois da dieta.

2
dia da alimentação - outubro 1.o ano
Matemática

Recorda pequenas partes do texto «O dia em que a barriga rebentou» e


responde às questões.
1. «A família Bisnau vivia só para almoçar. E lanchar. E cear. E comer a todas
as horas do dia…». Liga cada conjunto de alimentos ao número que lhe
corresponde.
1

2. Desenha ou risca, de modo a obteres o número de alimentos indicados em


cada linha.
6

3. Liga cada bolo a um pássaro


da família Bisnau e assinala
com X no local correto.

Sim Não
Há um bolo para cada pássaro.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Há mais pássaros que bolos.

Faltam dois bolos para que todos os pássaros comam um bolo.

Falta um bolo para que todos os pássaros comam um bolo.

3
dia da alimentação - outubro 1.o ano
Estudo do meio

Não devemos fazer como a família Bisnau. É necessário ter cuidados com
a alimentação.
1. Rodeia os alimentos que escolherias para um almoço saudável.

2. Classifica as afirmações como verdadeiras (V) ou falsas (F), assinalando


com .
V F
A nossa alimentação deve ser variada.
Os alimentos que comemos crus não devem ser lavados.
Devemos fazer apenas duas refeições durante o dia.
Devemos comer apenas o que nos apetece.
Devemos evitar comer doces.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Expressão plástica
• Recorta de revistas e de jornais imagens de diferentes alimentos.
• Desenha, com os teus colegas, a Roda dos Alimentos e cola as imagens nos grupos
a que pertencem.

4
Magusto - novembro 1.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Ouve a leitura do texto.

Maria Castanha
O céu estava cinzento e quase nunca aparecia o sol, mas enquanto
não chovia os meninos iam brincar para o jardim. E mesmo sem haver
sol, os meninos sentiam os pés quentinhos e ficavam com as bochechas
encarnadas de tanto correr e saltar.
Uma vez apareceu no jardim uma menina diferente: não tinha
bochechas encarnadas, mas uma carinha redonda, castanha, com dois
grandes olhos escuros e brilhantes.
– Como te chamas? –
perguntaram-lhe.
– Maria. Às vezes
chamam-me Maria
Castanha.
– Que engraçado,
Maria Castanha!
Queres brincar?
– Quero.
Foram brincar ao
jogo do apanhar.
A Maria Castanha
corria mais do que todos.
Maria Isabel Mendonça Soares, Contos no jardim,
1.a edição, Verbo, 1977 (excerto adaptado, com supressões)

2. Quando aconteceu esta história? Rodeia a imagem correta.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

primavera verão outono inverno


1
3. Ouve as frases e assinala com  as que são verdadeiras, de acordo com o
texto.
Estava um dia lindo de sol.
Um dia apareceu no jardim uma menina diferente.
Foram jogar ao jogo das escondidinhas.
A Maria Castanha corria mais do que todos.

4. Rodeia as vogais das palavras, de acordo com o código.

jogo castanha Código:


a – azul
bochechas dois @e – verde
Maria diferente i – cor de laranja
o – amarelo
apareceu escuros † – roxo
5. Completa as legendas com os ditongos do quadro ao lado.

i§u
a§i
@é§u

c p ca
6. Liga as imagens cujo nome tem o mesmo ditongo.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

7. Desenha o jardim do texto no caderno.

2
Magusto - novembro 1.o ano
Matemática

Recorda pequenas partes do texto «Maria Castanha» e responde às questões.


1. «O céu estava cinzento e quase nunca aparecia o sol…» Representa em
cada conjunto o número de nuvens necessário tendo em atenção as
etiquetas.

4 3 5

2. Ordena os números das etiquetas por ordem crescente.

< <

3. Completa o gráfico de pontos pintando um por


cada vogal encontrada na seguinte frase.

Q¶§ue @e§ng§raçado, M£a§r§ia C‰a§s§ta§n§ha!

4. Nas escolas, o magusto é realizado no recreio.


A E I O U
Completa a ilustração representando os elementos
indicados abaixo. No fim, pinta-a a teu gosto.
• uma fogueira à direita da professora;
• 6 triângulos na parede do recreio.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

3
Magusto - novembro 1.o ano
Estudo do meio

«enquanto não chovia, os meninos iam brincar para o jardim»


1. Pinta os teus jogos preferidos ou aqueles que gostarias de experimentar.

1 2

3 4

2. Assinala com a parte do corpo usada nos seguintes jogos representados:

cabeça cabeça
3 tronco 4 tronco
membro membro

EXPRESSÃO FÍSICO-MOTORA • jogos tradicionais


jogo do lenço
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Como jogar: A turma é dividida em duas equipas e estas atribuem a cada elemento
um número, que permanece em segredo. Define-se um espaço e, no centro deste,
um elemento que não pertence às equipas segura um lenço com o braço esticado.
Quando este anuncia um número, o elemento de cada equipa com esse número
corre para o lenço e tenta alcançá-lo primeiro e fugir para junto da sua equipa sem
ser tocado pelo adversário.

4
Natal - dezembro 1.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Ouve a leitura do texto.

Ninguém dá prendas ao Pai Natal


Estava o Pai Natal a remendar o cobertor
das suas renas quando se ouviu uma voz
melodiosa a chamar:
– Pai Natal! Pai Nataaal!
O Pai Natal abriu a porta e deu com uma
bela menina, muito mal vestida, e com um
par de sapatinhos de cristal na mão, que lhe
disse:
– Pai Natal, trago-te estes sapatinhos do
mais fino cristal. Aceita esta prenda, que te
dou eu, a Gata Borralheira.
– Querida menina, não sei se posso aceitar
a tua prenda. Tenho um calo no dedo grande
do pé. Mas deixa-me cá experimentar.
Ana Saldanha, Ninguém dá prendas ao Pai Natal,
2.a edição, Campo das Letras, 2002 (excerto com supressões)

2. Lê as palavras sublinhadas do texto. Copia-as.

2.1 Legenda as imagens.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

1
3. Pinta as personagens da história.

4. O que é que a Gata Borralheira deu ao Pai Natal? Rodeia.

5. Pinta um por cada sílaba da palavra que a imagem representa.

dado moeda leite apito

5.1 Liga cada imagem à palavra correspondente.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

6. Escreve uma frase para cada palavra.


mão
dedo

2
Natal - DEZEMBRO 1.o ano
MATEMÁTICA

Recorda pequenas partes do texto «Ninguém dá prendas ao Pai Natal» e


responde às questões.
1. «Estava o Pai Natal a remendar o cobertor das suas renas quando se
ouviu uma voz melodiosa a chamar…» Pinta os remendos do cobertor,
seguindo o código de cores indicado, conforme a sua forma.

Código de cores
vermelho: triângulo
azul: quadrado
amarelo: círculo
verde: retângulo

2. Usa a tua régua e traça os segmentos de reta [AB], [BC] e [CD].

A B C D

3. Escreve o cardinal de cada conjunto e completa as afirmações com A ou B.


A B
A pertence ao conjunto .

A não pertence
ao conjunto .

A não pertence
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

ao conjunto .

4. Completa.
7+ =9 8–3= 9– =8 +0=6

3
Natal - DEZEMBRO 1.o ano
Estudo do meio

O Natal é a festa da família!


1. Completa o quadro com os dados da tua família.

Parentesco Nome próprio Apelido Sexo Idade

2. Representa a tua família.

EXPRESSÃO plástica
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Modela um presépio utilizando plasticina.


Observa um exemplo na imagem ao lado.

Foto de Ana Rute Cavaco, blogue Por aqui e por ali, dezembro 2010

4
inverno - janeiro 1.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Ouve a leitura do texto.

A lua de janeiro
Há muitos, muitos anos, quando
o mês de janeiro chegou à Floresta
Verde, os animais começaram a
ficar impacientes. Estavam fartos de
noites tão longas! E por mais que
o mocho Sabichão lhes explicasse
que os dias já haviam começado a
crescer, sentiam-se inconsoláveis.
– Não falta muito tempo para o Sol ficar connosco até mais tarde!
– dizia ele, com toda a ciência e sabedoria.
Quem não estava pelos ajustes era a ovelha Anafada:
– O inverno bem que podia ser um pouco mais simpático... –
comentava, muito irritada.
– Não seja injusta, Dona Ovelha! O inverno traz a água da chuva –
disse a cotovia Josefa, sem dúvida a mais otimista da floresta.
Rosário Alçada Araújo, Brincar às escondidas e outras histórias da Mãe Natureza,
2.a edição, Edições Gailivro, 2010 (excerto adaptado, com supressões)

2. Onde aconteceu esta conversa? Rodeia a imagem que indica esse local.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

2.1 Pinta-a utilizando apenas a cor que dá nome a esse lugar.

1
3. Assinala com  os animais que conversavam, de acordo com o texto.

c§ho ca c§o a ca l§ha


3.1 Completa o nome dos animais com as sílabas em falta.

4. Desenha as roupas da menina de acordo com a estação do ano em que se


passa a história.

4.1 Liga cada parte do corpo ao animal que inicia com a mesma letra/som.

5. Separa as palavras e descobre as frases. Escreve-as.

A£cotovia§vi§uor§io.

A‰§l§uaédocé§u.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

6. Escreve uma frase para cada par de palavras.

vai / cidade
põe / viola

2
inverno - janeiro 1.o ano
Matemática

1. O texto que trabalhaste em português fala sobre um dos meses do ano.


Pinta de amarelo o mês referido no texto, e de verde os dois meses que
lhe sucedem.

fevereiro junho maio janeiro julho março

2. No inverno está mais frio e temos de nos


agasalhar melhor. Pinta as camisolas, de
acordo com as indicações.
• a camisola vermelha está à direita da
verde e tem quatro estrelas;
• a camisola azul tem três estrelas e está
à esquerda da amarela.

3. Durante o inverno alguns animais como os ouriços hibernam. Observa a


sequência formada por ouriços, uns que já estão a hibernar e outros que
ainda estão acordados.

• Pinta o grupo que se repete na sequência.


• Indica quantos olhos podes contar na sequência e completa a operação.
Olhos abertos: Olhos fechados:
Total de olhos: + =
• Assinala com  a opção que representa os elementos seguintes da
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

sequência.

3
inverno - janeiro 1.o ano
Estudo do meio

No inverno, as noites são longas e chove muito.


1. Depois de um dia de chuva, os animais
da Floresta Verde repararam que vários
objetos ficaram cheios de água.
Observa-os.
1.1 Sublinha a afirmação verdadeira.
• A água não tem forma própria.
• Se mudarmos a água de um recipiente para outro,
a quantidade altera-se.

2. Liga corretamente.
A água é incolor… … porque não tem cheiro.
A água é insípida… … porque não tem cor.
A água é inodora… … porque não tem sabor.

3. Associa cada objeto ao seu comportamento num recipiente com água.

Flutua Não flutua

Expressão dramática • Sombras chinesas


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Preparação: escurecer a sala e fazer incidir a luz de um projetor numa superfície


branca.
• Realiza as sombras exemplificadas ao lado.
• Improvisa com os teus colegas diálogos
entre as personagens.
• Inventem uma história ou recriem histórias
que já conheçam. aranha cão pássaro

4
Carnaval - fevereiro 1.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Ouve a leitura do texto.

O Carnaval dos animais


O cuco, que era o arauto do leão,
anunciou a festa de Carnaval a todos
os animais, explicando que se iriam
mascarar de homens, e acrescentando:
– Vai chamar-se «O Baile de Máscaras
dos Amigos da Mãe Natureza»!
O dia da festa foi um sucesso e houve
máscaras para todos os gostos. Os coelhos, de pá e ancinho na mão,
mascararam-se de jardineiros. Os esquilos levavam mangueiras
debaixo do braço e fizeram-se passar por bombeiros. O leão não
quis deixar de ser importante, nem por um dia, e disfarçou-se de
D. Dinis, que foi um rei que viveu em tempos e ajudou muito a
Mãe Natureza. As tartarugas, com óculos apoiados na ponta do
nariz, faziam de biólogos, e os hipopótamos levavam estetoscópios
ao pescoço, fingindo ser veterinários.
Rosário Alçada Araújo, Brincar às escondidas e outras histórias da Mãe Natureza,
2.a edição, Edições Gailivro, 2010 (excerto adaptado)

2. Lê as palavras e desenha as personagens da história.


cuco leão tartaruga

3. Assinala com  a festa referida nesta história.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Natal Carnaval Aniversário

1
4. Liga as imagens dos animais ao que usaram para se mascararem.

5. Lê as seguintes palavras. Troca a letra sublinhada por outra e transforma-as


noutras palavras.

leão c§uco
d§ia ®e§i
mão pá
6. Lê as palavras do quadro e escreve-as no local correto. Observa o exemplo.

cuco leão tartaruga Mãe dia pá

Feminino Masculino
• ™a§r§ta§r§uga •
• •
• •
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

6.1 Escolhe duas palavras e escreve uma frase com elas.

2
Carnaval - fevereiro
CARNAVAL 1.o ano
MATEMáTICA

Recorda pequenas partes do texto «O Carnaval dos animais» e responde


às questões.
1. «O dia da festa foi um sucesso e havia máscaras para todos os gostos.»
Decora a máscara ao teu gosto, tendo apenas o cuidado de pintar cada
número com a mesma cor.

9 10 10 9
8 11 11 8
12
11 + 4 13 + 2
7 10 + 2 13 6+6 7

6 6
5 5

4 0 4
1 3
3 2 1 2

2. Preenche o gráfico de pontos, pintando um por cada disfarce de


borboleta, palhaço e índio que encontras na figura.

borboletas
palhaços
índios
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

3. Indica quantas crianças estão disfarçadas, ao todo?

Ao todo, estão crianças disfarçadas.

3
Carnaval - fevereiro
CARNAVAL 1.o ano
Estudo do meio

1. Observa a imagem do Carnaval dos Animais, quando se juntaram na clareira


para ver se todos já estavam mascarados.

1.1 Completa as frases, usando as expressões do quadro.

longe à frente atrás dentro fora lado

A girafa está da clareira.


O crocodilo está do lago.
O esquilo está do lago.
O leão está mesmo do coelho e a tartaruga
está do coelho.
O crocodilo está mesmo ao do esquilo.

EXPRESSÃo plástica • Máscara de leão


Material: Prato de papel; tesoura; cola; cartolina castanha e preta; papel de seda
amarelo, laranja e castanho; tinta amarela e castanha.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

Procedimento: Pinta de amarelo a base do prato e as bordas


e de castanho o feitio da cabeça. Recorta os olhos. Rasga
tiras de papel de seda e cola nas bordas do prato, alternando
as 3 cores. Recorta o focinho em cartolina castanha e o
nariz e os bigodes em preta e cola-os no prato. Com tinta
castanha faz as pintas do focinho. Fura dos lados e coloca
um elástico.

4
primavera - março 1.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Ouve a leitura do texto.

Na primavera
Na primavera,
vou dar-te a mão.
Correr entre as gotas da chuva,
brincar com nuvens de algodão.

Na primavera, Na primavera,
vou dar-te a vida. vou cantar-te uma canção.
Pintar, com as gotas de orvalho, Fazer uma melodia,
uma aguarela florida. de mil bolas de sabão.

Na primavera, Na primavera,
vou dar-te o movimento. vou dar-te uma semente.
Dançar com as andorinhas, Regar, dentro do teu peito,
ao sabor da brisa e do vento. um novo sonho, um presente!
Autoras

2. Seleciona com  os elementos que são referidos no poema.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

1
3. Associa cada ação à imagem, de acordo com o poema.

pintar

dançar

cantar

regar

4. Legenda as imagens com as palavras do quadro.

bolas de sabão aguarela gotas cegonha

5. Escreve o plural das seguintes palavras. Segue o exemplo.

gota gota§ß bola


vida novo
melodia presente

6. Ordena as palavras e forma frases.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

céu O está azul. mais

vezes. aparece mais O sol

2
primavera - março 1.o ano
Matemática

Recorda pequenas partes do poema «Na Primavera» e responde às questões.


1. «Na primavera vou dar-te a vida.» As borboletas e as abelhas enchem os
jardins de vida. Conta-as e completa os espaços.

• Pinta uma dezena de borboletas de amarelo e meia dúzia de vermelho.


• Assinala com  as expressões que correspondem à quantidade de abelhas
existente no jardim.
2 dezenas 12 + 12 10 + 10 22 - 2

2. «Na primavera vou dar-te uma semente.» Usando a semente como unidade
de medida, indica a medida de comprimento de cada vaso.
A B C
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

• Representa um vaso mais comprido do que o vaso B.

3
primavera - março 1.o ano
Estudo do meio

Na primavera tudo floresce, mas as plantas passam por outras etapas antes
e depois.
1. Une as figuras às fases da vida de uma planta.

dá flor e fruto germina cresce morre

2. Também os animais têm um ciclo de vida. Numera as imagens de 1 a 5


pela ordem em que acontecem no tempo.

3. Pinta os locais onde se pode encontrar água.

Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

EXPRESSÃO PLÁSTICA • Aguarela de primavera


• Desenha um ramo de árvore a ocupar uma folha A4 na horizontal,
como na figura. Molha uma cotonete em água e, depois, na aguarela
cor-de-rosa e vai fazendo as flores, rodando a cotonete na folha,
mas sem a deslocar. No final, faz o mesmo com a cor branca em
algumas zonas, usando o outro lado da cotonete.

4
Páscoa - abril 1.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê o texto.

A Páscoa
– Vovó! Vovó! Amanhã já não
temos aulas! Começam as férias
da Páscoa! – grita o Francisco,
correndo pela casa à frente dos
primos e abraçando a avó.
– Quando é que vamos para
Quiaios, avó? – pergunta a Bárbara.
– Temos de fazer planos para estas
férias, porque ainda são muitos dias
e queremos aproveitá-los.
– Pedimos ajuda à avó, porque assim temos a certeza de que vai
correr tudo bem! – sugere a Mafalda. – Ajudas, pois ajudas, vovó?
Maria Isabel Loureiro, A vovó ensina-te a organizar festas,
Bertrand Editora, 2005 (excerto)

2. Rodeia a imagem que melhor representa a reação do Francisco.

3. Copia do quadro as palavras que ouviste durante a leitura do texto.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

avó cão copo ajuda


Bárbara Natal férias Ana

1
4. Na imagem, pinta as personagens que participam na história.

5. Copia as vogais da palavra férias.

6. Procura, no texto, palavras com os ditongos ai e oi e sublinha-as.

6.1 Escreve-as.

7. Escreve, em letra minúscula, a letra que inicia o nome das imagens


relacionadas com a Páscoa.

8. Rodeia as imagens que começam pelo som s como na palavra sapo.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

2
Páscoa - abril 1.o ano
Matemática

Lê partes do texto «A Vovó ensina-te a organizar festas» e responde às


questões.
1. «– Vovó! Vovó! Amanhã já não temos aulas! Começam as férias da Páscoa!»
Ajuda a Bárbara a contar os ovos da imagem, agrupando-os em dezenas.

• Completa a frase.
A Bárbara tem dezenas e unidades de ovos da Páscoa.
• Quantos ovos faltam à Bárbara para chegar aos 40 ovos?

2. Só um dos ovos é para colorir, de acordo com as indicações seguintes:

• Tenho apenas quadrados e triângulos.


• Não tenho mais do que meia dezena de figuras.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

3
Páscoa - abril 1.o ano
Estudo do meio

As férias da Páscoa acontecem durante a primavera.


1. Legenda as imagens com o nome das estações do ano. Pinta-as.

2. Classifica as afirmações como verdadeiras (V) ou falsas (F), assinalando com .

Afirmações V F
As noites são mais compridas no verão.
Os dias são mais compridos no inverno.
À noite, temos aulas na escola.
De dia, jantamos com a família.
O tempo começa a aquecer na primavera.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

EXPRESSÃO DRAMÁTICA • Conversas Inventadas


O Francisco, a Bárbara e a Mafalda dialogaram sobre
as férias da Páscoa. Observa a imagem ao lado com
três meninos depois de uma caça aos ovos de Páscoa.
Imaginem que cada um de vós é um desses meninos e
improvisem um diálogo entre eles.

4
dia da família – maio 1.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê o texto.

Atchim
Era uma vez um menino.
Um menino igual a todos os
outros meninos, só que a… a… a…
atchim! (Santinho!). O menino a…
a… a… atchim! (Santinho!) espirrava tanto, mas tanto, que a mãe,
salpicada de perdiguelas (quer dizer, perdigotos mais espirradelas),
começou a chamar-lhe isso mesmo. Começou a chamar-lhe: Atchim.
E… todos passaram a chamar-lhe Atchim.
Graça Gonçalves, Tchim e o nascimento Pim!,
Âncora Editora, 2012 (excerto adaptado, com supressões)

2. Assinala com  os participantes da história.

3. Completa, de acordo com o sentido do texto.

A mãe c§ha§ma§va-l§he A‰§tc§h§i§m porq§ue o me§n§i§no


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

4. Procura, no texto, a palavra que significa uma mistura de perdigotos com


espirradelas. Copia-a.

1
5. Escreve a letra que vem depois no abecedário, conforme indicado.

e r t

6. Escreve a letra que vem antes no abecedário, conforme indicado.

i n q

7. Lê as sílabas. Ordena-as e forma palavras.

ni me no pi rro es

8. Preenche a tabela.

Singular Plural
espirradela
meninos
perdigotos

9. Escreve as palavras no lugar correto.

-rr- -r-
espirro aro
história carro
barriga era

10. Completa as frases e escreve sobre a tua família.

A‰§ß pe§s§soa§ß q§ue fa§ze§m pa§r§te da m§i§n§ha fa§m§í§l§ia são


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

.
O me§u pa§i .
A m§i§nha mãe .
2
Dia da família - Maio 1.o ano
Matemática

Recorda pequenas partes do texto «Tchim e o nascimento Pim!» e responde


às questões.
1. «Era uma vez um menino. Um menino igual a todos os outros meninos».
Observa os meninos abaixo e preenche a tabela com a quantidade correta.

Narizes Olhos Orelhas Dedos das mãos Botões


Quantidade

2. «O menino a… a… a… atchim! (Santinho!) espirrava tanto, mas tanto…»


Observa os espirros que o menino deu nos diferentes espaços da escola
durante um dia.

Locais Sala de aula Cantina Recreio


Total de espirros 34 12 28

Qual a diferença entre o número de espirros dados na cantina e o número


de espirros dados no recreio?
Há uma diferença de espirros.
• Quantos espirros o menino deu na escola nesse dia?
Nesse dia o menino deu espirros no total.

3. «E…todos passaram a chamar-lhe Atchim.» Lê as indicações e descobre


o nome de cada menino. Escreve-o no local correto.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

O Atchim não usa . O Duarte usa . O Francisco usa .

Santiago

3
Dia da família - Maio 1.o ano
Estudo do meio

Talvez o menino Atchim estivesse constipado, por isso resolveu ficar em casa.
1. Legenda a imagem com os números das diferentes divisões.

2 3 4
1

quarto sala cozinha casa de banho

2. Risca o objeto intruso em cada divisão da casa.

Divisão Objetos
quarto cama armário fogão almofada
sala banheira sofá mesa tapete
cozinha frigorífico fogão cama panelas
casa de banho banheira sofá escova de dentes bidé

3. Completa a frase com as palavras do quadro.


primavera
Na , a noite dura tempo
menos
do que o .
dia
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

EXPRESSÃO plástica • Pintura soprada


• Coloca guache de várias cores numa paleta ou em vários recipientes. Se estiverem
muito pastosos, junta umas gotas de água e mexe.
• Numa folha de papel cavalinho, coloca algumas gotas das cores que queiras utilizar.
• Depois, sopra com uma palhinha, para espalhares a tinta o mais possível pela
folha. Deixa secar.

4
verão - junho 1.o ano
Nome: Data: / /

Português

1. Lê o texto.

Era uma vez um menino


que brincava à beira-mar
com conchinhas e areia.
Tanto brincou e correu,
que por fim adormeceu
e começou a sonhar
com muitas, muitas histórias
que sempre ouvira contar
ao seu avô marinheiro.
Regina Gouveia, Era uma vez...ciência
e poesia no reino da fantasia, 2.a edição,
Campo das Letras, 2008 (excerto)

2. Assinala com  o elemento com que o menino brincava.

balde ancinho carrinhos conchinhas

3. Onde estava o menino a brincar?

4. Escreve V (verdadeiro) ou F (falso), conforme o sentido do texto.


Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

O menino adormeceu de cansaço.


O menino adormeceu na sua caminha, no quarto.
O menino sonhou que estava num barco muito grande,
com uma grande chaminé.
O avô do menino era marinheiro.

1
5. Completa, de acordo com o sentido do texto.

O me§n§i§no começou a son§ha§r ,


q§ue se§m§p§re ou§vi§ra con§ta§r .

6. Separa as sílabas das palavras.

areia brincava
pernas histórias

7. Escreve o significado oposto das seguintes palavras.

adormecer alto
começar fim

8. Completa as palavras com ch ou x.

con a a§m§i§né a§me§i a a§i§le


pe§i @e p§ró i§mo @e a§me @e§n a§me

9. E tu, já tiveste muitos sonhos? 10. Ilustra esse sonho.


Escreve um texto a contar um
desses sonhos.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

2
verão - junho 1.o ano
Matemática

Lê partes do texto «Era uma vez...ciência e poesia no reino da fantasia» e


responde às questões.

1. «Era uma vez um menino que brincava à beira-mar.» Regista na tabela


seguinte o número de vezes que cada letra aparece nesta frase. Observa
o exemplo.

Letra M R A U V Z N I O Q B C E
Quantidade 4

• Preenche o gráfico de pontos, pintando um por cada letra que


encontras na frase anterior. Observa o exemplo.

M R A U V Z N I O Q B C E

• Qual é a letra que aparece na frase em maior quantidade?


É a letra .
• Quantas vogais são utilizadas na frase?
São utilizadas vogais na frase.

2. Prolonga o fio do papagaio até à mão direita do menino e rodeia o animal


que está à sua esquerda.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

3
verão - junho 1.o ano
Estudo do meio

Chegou o verão! Estamos de férias e aproveitamos para passear e brincar.


1. De que vão precisar as crianças para se deslocarem em segurança?
Liga corretamente.

Joelheiras Cinto de segurança Cadeira Capacete

2. Risca as situações que representam perigo.

Expressões plástica e físico-motora


Jogo – Lançamento da esponja
Material: esponjas, água e giz para marcar o alvo.
Os Fantásticos • Turmas Mistas • © Gailivro

• No recreio, desenhem um alvo com 3 zonas e atribuam


3 pontuações – centro: 50; círculo intermédio: 20; círculo
exterior: 10.
• Tracem uma linha no local a partir de onde devem lançar a
esponja. Mergulhem a esponja em água e tentem acertar o
mais próximo possível do centro. Ganha quem obtiver mais
pontos em 3 tentativas.