Você está na página 1de 6

1

COLÉGIO D.FILIPA
Teste de Avaliação de Ciências Naturais
8º Ano – Turma A
(2013/2014)
Nome: ____________________________________________ Nº: _____ Data:

Lê todas as questões com muita atenção e responde de forma completa.

1. Atribui o componente abiótico correcto a cada uma das afirmações que se seguem.

a) As andorinhas voam para os países mais quentes no fim do Verão.


b) Quando o tempo está muito seco, os caracóis fecham-se nas suas conchas.
c) No Inverno, os répteis e os anfíbios entram num estado de dormência (hibernação).
d) A raposa do ártico apresenta uma pelagem castanha no Verão e branca no Inverno, o que lhe
permite uma melhor camuflagem.
e) Quando está calor, os cães permanecem com a língua fora da boca para se refrescarem.
f) No Outono certas plantas perdem as folhas.
g) Existem organismos que vivem apenas em água salgada.
h) Alguns mamíferos migram em busca de água.
i) Existem peixes cegos porque vivem nos fundos oceânicos.

2. Das afirmações que se seguem, indica as falsas:

a) Certos animais mudam a cor do pelo consoante a estação do ano.


b) Os mamíferos apresentam grandes variações de temperatura corporal.
c) Um ser vivo xerófilo (cacto) necessita de viver em meios muito húmidos.
d) A estivação é um processo de dormência que acontece nas estações frias.

2.1. Corrige as afirmações falsas (SEM UTILIZAR A NEGATIVA).

3. Os abetos são árvores que sobrevivem em zonas que


estão a maior parte do ano cobertas de neve.

3.1. Indica as duas adaptações que esta planta possui


para conseguir sobreviver neste tipo de clima. Justifica

4. As imagens A e B representam adaptações morfológicas de duas espécies.

V.A Profª. Andreia Mendonça


2

4.1. Indica as adaptações feitas pela raposa do ártico e pelo urso polar.
4.2. Relaciona essas adaptações com o meio onde vivem, justificando.

5. Observa o seguinte gráfico que traduz a relação entre a temperatura e as actividades vitais de
d
u
a
s
e
s
p
é
c
i
e
s
d
e seres vivos, e responde às questões que se seguem:

Ac
ti
vi cão
da
de lagartixa
do
a
ni
m
al
V.A Profª. Andreia Mendonça
x x x
0 25 30 35 40 45 50 55 60 Temperatura (ºC)
3

x
0 5 10 17 20 25 30 33 35 40 45 55

5.1. Qual o factor abiótico em estudo?


5.2. Indica os animais em estudo.
5.3. Indica a temperatura óptima da lagartixa e do cão.
5.4. Indica os limites de tolerância de temperatura da lagartixa e do cão.
5.5. Indica os limites inferiores e superiores de stress fisiológico da lagartixa e do cão.
5.6. Qual destes animais tem maior tolerância em relação às diferenças de temperatura?
Justifica com cálculos.

6. Relaciona os animais da coluna I com os grupos da coluna II.

Coluna I Coluna II

A. Cão
B. Sapo
Xerófilos
C. Cacto
D. Lagarto do deserto
Higrófilos
E. Homem
F. Algas Mesófilos
G. Cavalo-marinho
Hidrófilos
H. Pato
I. Crocodilo
J. Carvalho

V.A Profª. Andreia Mendonça


4

7. Faz a legenda do perfil do solo, colocando os termos correctos:

8. O quadro seguinte representa os valores da taxa


respiratória (número de inspirações e
A
expirações por minuto), da taxa cardíaca
(número de batimentos do coração por minuto)
e a temperatura do corpo em B roedores no Inverno
e no Verão.
C

E
Inverno Verão

V.A Profª. Andreia Mendonça


5

Temperatura média do corpo 30 ºC 5 ºC

Taxa respiratória (inspirações/expirações) 30 /min 1 a 5 /min

Taxa cardíaca (batimentos cardíacos) 80 /min 4 /min

8.1. O que acontece à temperatura do corpo do roedor quando passa do Inverno para o Verão?
8.2. Em qual das estações do ano a taxa respiratória do roedor é maior?
8.3. Tendo em conta o quadro, explica o que acontece ao roedor na mudança de estação, do
Inverno para o Verão.

9. As interacções entre os seres vivos, designadas por factores bióticos, podem ser relações intra-
específicas ou relações interespecíficas. Faz a correspondência entre as duas colunas que se
seguem:

Coluna 1 Coluna 2

I- Uma aranha fêmea que se alimenta do macho.


A- Relação intra-específica.
II- Um grupo de leoas caçam em conjunto.

III- Um pássaro faz um ninho numa árvore.

IV- Uma rã que apanha uma mosca.


B- Relação interespecífica.
V- Uma orquídea utiliza uma árvore como suporte.

VI- Dois coelhos que lutam pela fêmea.

10. Classifica, cada uma das frases abaixo indicadas, utilizando as letras da seguinte chave:
A- Mutualismo B- Comensalismo C- Parasitismo
D- Canibalismo E- Predação F- Competição

a) A chita caça e alimenta-se das zebras.


b) Alguns insectos alimentam-se de animais da mesma espécie.
c) Os porcos possuem no seu intestino ténias que se alimentam do alimento que o porco
ingere.
d) As anémonas proporcionam refúgio seguro a algumas espécies de peixes sem serem
afectadas.

V.A Profª. Andreia Mendonça


6

e) Os leões vivem em família reforçando as hipóteses de sucesso da espécie.


f) Na associação obrigatória dentro de uma colónia de bactérias, cada uma pode ter uma
função específica.
g) Hienas e abutres possuem presas comuns.
h) Os gorilas vivem em grupo de modo a protegerem as crias.

+ Benefício – Prejuízo 0 Neutro

11. Completa a tabela, colocando o tipo de relação e utilizando as letras da seguinte chave:

Exemplo Classificação da Espécie A Espécie B


relação

Existem árvores que dependem dos esquilos para


espalharem as sementes que ficam agarradas ao pêlo. Os
esquilos alimentam-se do fruto da árvore.

Durante a época de acasalamento, apenas os leões mais


fortes conseguem acasalar.

Os abutres aproveitam-se dos restos das presas deixadas


pelos leões.

Os falcões caçam e alimentam-se de roedores.

A melga alimenta-se do sangue dos mamíferos.

Os elefantes vivem em famílias com uma organização


específica.

A fêmea da viúva negra alimenta-se do macho depois do


acasalamento.
Chave:

V.A Profª. Andreia Mendonça