Você está na página 1de 29

Universidade Federal do Vale do São Francisco

Colegiado de Engenharia Elétrica


Sistemas Elétricos I

ANÁLISES DE FALTAS ASSIMÉTRICAS

Juazeiro - BA – 2014
ANÁLISES DE FALTAS ASSIMÉTRICAS
1. Considerações Iniciais

1. A maioria das faltas que ocorrem nos sistemas elétricos são assimétricas. Essas
faltas podem ser do tipo série ou do tipo shunt.

2. As faltas série são aquelas em que um ou dois condutores, de um circuito trifásico,


se abrem, desequilibrando o sistema. Assim, quando um disjuntor ou uma chave não
fecha uma ou duas das três fases, diz-se que ocorreu uma falta série. Essas faltas
causam dois tipos de problemas: as diferenças de potencial entre os dois lados do
condutor que se abriu e indesejável falta de fase na carga (que pode danificar
cargas trifásicas, como motores).

3. As faltas shunt podem ser caracterizadas pela queda de um ou dois condutores ao


solo ou mesmo pelo curto entre duas fases de um sistema elétrico. Os problemas
causados pelas faltas shunt são maiores do que aqueles oriundos das faltas série
pois, em decorrência das faltas shunt, altos valores de correntes podem surgir no
sistema. O presente assunto trata das faltas shunt.
Juazeiro - BA / 2013 2
FALTA FASE-TERRA
2. Falta Fase-Terra

Esse tipo de falta acontece em cerca de 70% dos casos de curto-circuito.

A figura abaixo ilustra o circuito equivalente de um sistema elétrico que está submetido
a uma falta fase-terra, através de uma impedância genérica ZF, onde Z0, Z1, Z2 são as
impedâncias do sistema, visto a partir do ponto de defeito e Ea, Eb, Ec são tensões
equilibradas, geradas pelo gerador equivalente

Obs.: apenas f.e.m. de sequência positiva é gerada pelos geradores normais.

Juazeiro - BA / 2013 3
Falta fase-terra (Cont).
Condições de contorno no ponto de falta:

Desprezando-se as correntes de carga:

Expressando as correntes em termos de componentes simétricos:

Juazeiro - BA / 2013 4
Falta fase-terra (Cont).

Expandindo essa equação:

Logo:

Juazeiro - BA / 2013 5
Falta fase-terra (Cont).

Expressando as Tensões em termos de componentes simétricos:

Expandindo:

Juazeiro - BA / 2013 6
Falta fase-terra (Cont).
Retomando Va = Zf . Ia: e explicitando a corrente Ia que é a corrente de
falta procurada:

Isolando “Ia”:

⇒ corrente na fase “A”

Juazeiro - BA / 2013 7
Falta fase-terra (Cont).
As correntes de componentes serão:

Esta equação representa o seguinte diagrama de sequências:

Juazeiro - BA / 2013 8
Exemplo 1 (falta fase-terra)

Exemplo numérico:
Determine a corrente subtransitória no gerador e as tensões entre as linhas para
condições subtransitórias, no momento em que ocorre uma falta entre uma linha e terra,
nos terminais do gerador, quando ele estiver funcionando em vazio, com a tensão
nominal. São dados:
• Potência do gerador: 20 MVA; tensão: 13,8 KV
• X”d = 0,25 pu, X2 = 0,35 pu; X0 = 0,10 pu
• Neutro do gerador: solidamente aterrado.

Solução:
FALTA ENTRE DUAS LINHAS
A figura abaixo ilustra esse tipo de falta, que ocorre em cerca de 15%
dos casos de curtos.

a) Condições de contorno no ponto de falta:

Juazeiro - BA / 2013 10
Falta entre duas Linhas (Cont).

b) Componentes simétricos da corrente:

Obs.: Por se tratar de um circuito que não tem retorno pelo solo, já se previa que não
haveria corrente de sequência zero.

Juazeiro - BA / 2013 11
Falta entre duas Linhas (Cont).
c) Componentes simétricos das tensões:

Ou seja:

Sendo Ia1 = -Ia2 e Iao = 0, tem-se, para a fase “A”:

Juazeiro - BA / 2013 12
Falta entre duas Linhas (Cont).
Analogamente, para as fases “B”e “C”:

Sabendo-se que:

Então:

Juazeiro - BA / 2013 13
Falta entre duas Linhas (Cont).

Desenvolvendo-se a expressão Vb - Vc:

Explicitando-se Eb1 - Ec1 na equação acima:

Juazeiro - BA / 2013 14
Falta entre duas Linhas (Cont).

Substituindo-se:

Sendo

Por outro lado:

Juazeiro - BA / 2013 15
Falta entre duas Linhas (Cont).
Com essas substituições:

Explicitando-se “Ia1”:

Finalmente, a corrente de falta será:

Juazeiro - BA / 2013 16
Falta entre duas Linhas (Cont).
Substituindo-se

a corrente de falta será:

Para:

Juazeiro - BA / 2013 17
Falta entre duas Linhas (Cont).
NOTAS:

1. Nas equações de “IF” nota-se a ausência de “Zo” → O circuito de


sequência zero não é utilizado nas faltas FASE-FASE.

2. Os circuitos de sequência (+) e (-) devem estar em paralelo, pois Va1=Va2:

Juazeiro - BA / 2013 18
Falta entre duas Linhas (Cont).

3. Já que, nesta falta não há ligação à terra na falta, então, por ocasião deste tipo de
curto, não haverá circulação de corrente no neutro do gerador, mesmo estando este
neutro aterrado.

4. Diagrama vetorial das correntes:

Juazeiro - BA / 2013 19
EXEMPLO 2 (falta entre duas linhas)

Exemplo :
Determine as correntes subtransitórias, quando ocorre uma falta fase-fase
nos terminais do gerador do Exemplo anterior da falta fase-terra.
Considerar o gerador em vazio e funcionando com a tensão nominal nos
seus terminais, quando da ocorrência das faltas. Despreze a resistência.
Dados (do exercício anterior):
• Potência do gerador: 20 MVA; tensão: 13,8 KV
• X”d = 0,25 pu, X2 = 0,35 pu; X0 = 0,10 pu
• Neutro do gerador: solidamente aterrado.
Solução

Juazeiro - BA / 2013 20
FALTA ENTRE DUAS LINHAS E A TERRA

Falta entre duas linhas e a terra: incidência: 10%.

a) Condições no ponto da falta:

Juazeiro - BA / 2013 21
Falta entre duas Linhas e a Terra (Cont).
b) Componentes simétricos da tensão:

Sendo Vb=Vc ⇒ Vb-Vc=0

Juazeiro - BA / 2013 22
Falta entre duas Linhas e a Terra (Cont).
Das equações gerais de componentes simétricos:

c) Componentes Simétricos das Tensões

Das primeiras equações

Juazeiro - BA / 2013 23
Falta entre duas Linhas e a Terra (Cont).

(Ib + Ic) é a corrente total para terra. Sabe-se, por outro lado, que In = 3Iao também o é.

Igualando-os:

Assim:

Igualando (V) com (VI):

Introduzindo (IV.c) na última expressão:

Juazeiro - BA / 2013 24
Falta entre duas Linhas e a Terra (Cont).
Assim:

Explicitando-se Ia0:

Tomando-se (III) e nela substituindo-se (IV.a) e (IV.b):

Explicitando-se Ia2:

Juazeiro - BA / 2013 25
Falta entre duas Linhas e a Terra (Cont).
Levando as equações (VII) e (VIII) em “Ia = Ia0 + Ia1 + Ia2 = 0”:

Introduzindo-se esta expressão em (IV.a):

Tirando “Ia1”:

Juazeiro - BA / 2013 26
Falta entre duas Linhas e a Terra (Cont).

Levando (IX) em (VIII):

Levando (IX) em (VII) e em (IV.a):

A corrente de falta, If será:

Juazeiro - BA / 2013 27
Falta entre duas Linhas e a Terra (Cont).

Interligação dos circuitos de sequência:

Juazeiro - BA / 2013 28
EXEMPLO 3 (falta entre duas linhas e a terra)

Exemplo :
Determine as correntes subtransitórias, quando ocorre uma falta fase-
fase-terra nos terminais do gerador do Exemplo anterior da falta fase-
terra. Considerar o gerador em vazio e funcionando com a tensão nominal
nos seus terminais, quando da ocorrência da falta. Despreze a
resistência. Dados (do exercício anterior):
• Potência do gerador: 20 MVA; tensão: 13,8 KV
• X”d = 0,25 pu, X2 = 0,35 pu; X0 = 0,10 pu
• Neutro do gerador: solidamente aterrado.
Solução

Juazeiro - BA / 2013 29