Você está na página 1de 43

Centro de Estudos Superiores de Zé Doca

Biofísica Introdução à Biofísica

Profª Mestra Darleila Costa

Por que estudar biofísica?

Por que estudar biofísica?

O estudo das ciências

Atualmente se divide em várias áreas:

• Ciência animal;

• Astronomia;

• Ciência atmosférica;

• Bioquímica

• Biologia;

• Botânica;

• Química;

• Ciência da Computação;

• Matemática;

• Meteorologia;

• Física;

• Psicologia;

• Toxicologia;

• Zoologia;

• Geologia;

• Ecologia.

Ciência

Ciência • Baseia-se na busca pela verdade, fundamentada na crença de que existe uma realidade física

Baseia-se na busca pela verdade, fundamentada na crença de que existe uma realidade física absoluta;

As coisas não são apenas fruto da nossa imaginação;

A ciência é baseada na observação, de maneira pública e que

pode, em princípio, ser reproduzida por qualquer um;

Os modelos são a base para a ciência e representam algo

baseado em um conjunto de dados.

Física

Física • É a mais elementar de todas as ciências; • Explica fenômenos fundamentais da maneira

É a mais elementar de todas as ciências;

Explica fenômenos fundamentais da maneira mais simples possível;

Subdivide-se em:

Mecânica clássica;

• Termodinâmica;

• Eletricidade e Magnetismo;

Ótica; • Relatividade;

• Mecânica Quântica.

Biologia

Biologia • Estuda a massa e energia em sistemas vivos mais complexos, resultantes da união de

Estuda a massa e energia em sistemas vivos mais complexos, resultantes da união de átomos e moléculas e que gerenciam atividades complexas;

Após 1950, com a forte interação com a física houve uma revolução na compreensão de como a vida funciona e profundas melhorias em drogas farmacêuticas e procedimentos clínicos.

Tudo se deve à novos procedimentos com aplicações da física para compreensão dos processos macromoleculares.

Aplicação da física na Biologia ao longo da história

Aplicação da física na Biologia ao longo da história

Física na Biologia

A ciência não orbita suas disciplinas marcantes como a química,

biologia, e física, em órbitas separadas, e sim como um conjunto

interdisciplinar;

A Física descreve muitos fenômenos que ocorrem no interior de seres

vivos, seja por ação da gravidade, seja por impulsos nervosos (elétricos) etc.

Física na Biologia

Física na Biologia

Biofísica

Estudo da Biologia usando métodos e princípios

científicos da Física.

De que se compõem os seres vivos?

qual é a composição do Universo?

De que se compõem os seres vivos? qual é a composição do Universo?

Seres Vivos

Seres Vivos

Grandezas Fundamentais: Grandezas, Qualidades

ou Dimensões fundamentais

Matéria pelos objetos, corpos, alimentos;

Energia pelo calor, luz, som, pelo trabalho físicos;

Espaço pelas distancias, áreas e volume dos objetos;

Tempo Pela sucessão do dia e noite, pela espera dos acontecimentos e pela duração dos fenômenos físicos e químicos e da própria vida.

A Biofísica é o estudo da Matéria, Energia, Espaço e Tempo nos Sistemas Biológicos

O biólogo e as dimensões

Quantas vezes você já ouviu:

“A pressão sanguínea é 12 por 8”

“O volume celular é 80”

“A concentração da solução é 80”

A temperatura é 39”

O que está errado?

TODO PARÂMENTRO FÍSICO (E BIOLÓGICO) É DIMENSIONAL

Sistema Internacional de Unidades ( SI)

Conjunto sistematizado e padronizado de definições para unidades de medida

Sistema Internacional de Unidades ( SI) Conjunto sistematizado e padronizado de definições para unidades de medida

Grandezas Fundamentais

Grandezas Fundamentais

Prefixos

Prefixos

Unidades Derivadas

Unidades Derivadas
Unidades Derivadas

IMPORTANTE

Símbolo não é abreviatura, é sinal

convencional e invariável utilizado

para facilitar e universalizar a

escrita e a leitura de significados no caso, as unidades SI; logo,

jamais deverá ser seguido de

"ponto".

SI; logo, jamais deverá ser seguido de "ponto". • Símbolo não admite plural. Como sinal convencional

Símbolo não admite plural. Como sinal

convencional e invariável que é, utilizado

para facilitar e universalizar a escrita e a leitura de significados, nunca será seguido de "s".

é, utilizado para facilitar e universalizar a escrita e a leitura de significados, nunca será seguido

Conversão de unidades

Unidades de comprimento

i d a d e s d e c o m p r i m e

Para

passar

de

uma

unidade

para

outra

imediatamente inferior,

devemos

fazer

uma

multiplicação por 10;

 

Para

passar

de

uma

unidade

para

outra

imediatamente superior, devemos fazer uma

divisão por 10.

imediatamente superior, devemos fazer uma divisão por 10. 10 km em metros → 10 * 10

10 km em metros → 10 * 10 * 10 * 10 = 10 000 metros

7 hm em dam → 7 * 10 = 70 decâmetros

5 m em cm → 5 * 10 * 10 = 500 centímetros

Unidades de área

Unidades de área Ex : 1 m 2 = 100 dm 2 Ex : 1 m

Ex : 1 m 2 = 100 dm 2 Ex : 1 m 2 = 0,01 dam 2

Ex : 1 m 2 = 100 dm 2 Ex : 1 m 2 = 0,01

Para passar de uma unidade para outra imediatamente inferior devemos fazer uma multiplicação por 100;

Para passar de uma unidade para outra imediatamente superior, devemos fazer uma divisão

por 100.

Unidades de volume

Unidades de volume Ex : 1 m 3 = 1000 dm 3 Ex : 1 m

Ex : 1 m 3 = 1000 dm 3 Ex : 1 m 3 = 0,001 dam 3

Unidades de volume Ex : 1 m 3 = 1000 dm 3 Ex : 1 m

Litros

O litro( l ) é uma medida de volume muito comum e que corresponde a 1 dm 3 .

1 litro = 0,001 m 3

1 m 3 = 1000 litros

1 litro = 1 dm 3

1 litro = 1.000 cm 3

1 litro = 1.000.000 mm 3

Unidades de massa

Cada unidade de massa é 10 vezes maior que a unidade imediatamente inferior.

é 10 vezes maior que a unidade imediatamente inferior. Transforme 4,627 kg em dag. Para transformar

Transforme 4,627 kg em dag.

unidade imediatamente inferior. Transforme 4,627 kg em dag. Para transformar kg em dag ( duas posições

Para transformar kg em dag (duas posições à direita) devemos multiplicar por 100 (10 x 10).

4,627 x 100 = 462,7

Ou seja: 4,627 kg = 462,7 dag

Unidades de capacidade

Cada unidade de capacidade é 10 vezes maior que a unidade imediatamente inferior

é 10 vezes maior que a unidade imediatamente inferior Transformar 3,19 l para ml. Para transformar

Transformar 3,19 l para ml.

a unidade imediatamente inferior Transformar 3,19 l para ml. Para transformar l para ml (três posições

Para transformar l para ml (três posições à direita) devemos multiplicar por 1.000 (10x10x10). 3,19 x 1.000 = 3.190 m

Pratique! Tente resolver esses exercícios:

1)Transforme 7,15 kl em dl 2) Transforme 6,5 hl em l 3)Transforme 90,6 mL em L 4) Expresse em litros o valor da expressão: 0,6m 3 + 10 dal+1hl

Exercícios de transformação 1- TRANSFORME: 2 - CONVERTER EM UNIDADE DE ÁREA: • a- 8,37

Exercícios de transformação

1- TRANSFORME:

2 - CONVERTER EM UNIDADE DE ÁREA:

a- 8,37 dm² em mm²

b- 3,1416 m² em cm²

c- 2,14 m² em mm²

d- Calcule 40 m x 25 m e depois transforme em Km²

e- 125,8 m² em km²

f- 12,9 km² em m²

g- 15,3 m² em mm²

a- 2 Km em m

b- 1,5 m em mm

c- 5,8 Km em cm

d- 0,4 m em mm

e- 27 mm em cm

f- 126 mm em m

g- 12 m em Km

3- Converter em Volume:

a- 8,132 km³ em hm³

b- 180 hm³ em Km³

c- 1 m³ em mm³

d- 5 cm³ em m³

e- 78,5 m³ em Km³

f- 12 m³ em cm³

g- 139 mm³ em m

4- Converter em litros:

a- 3,5 dm³ = b- 5 m³ =

c- 2,6 dm³ =

d- 3,4 m³ = e- 28 cm³ =

f- 4,3 m³ =

g- 13 dm³ =

5- Expressem metros cúbicos o valor da expressão: 3540 dm³ + 340.000 cm³

Representação

Representação

Observação:

Observação:

Algumas grandezas

Massa (m) : medida da quantidade

de matéria de um ser vivo; sob ação da gravidade, exerce uma

força (peso corporal).

M

M

vírus = 10 -20 kg

baleia = 10 3 kg

da gravidade, exerce uma força (peso corporal). M M v í r u s = 10

Tempo

O tempo tem dois aspectos. No dia-a-dia e

para alguns fins científicos queremos saber a hora do dia para podermos ordenar

eventos em sequência.

Sua unidade no sistema internacional é o segundo.

saber a hora do dia para podermos ordenar eventos em sequência. ➢ Sua unidade no sistema

Comprimento, área e volume

Se relacionam com espaço e as dimensões do corpo; variam

largamente entre os seres vivos e se relacionam com diversos

fatores fisiológicos, como metabolismo.

Unidades:

o comprimento (L): m, a área ou superfície corporal (L²): m², o volume (L³): m³.

Relação de Massa, volume e densidade

Relação de Massa, volume e densidade

Velocidade

Velocidade

Aceleração

Aceleração

Força

Força

Trabalho

Trabalho

Pressão

Pressão

Exercícío1-Um anestésico de uso intravenoso age na dose de 2mg/kg de massa corporal,

vem em ampolas na concentração de 10mg/ml e o paciente pesa 60kg. Qual o volume de

solução analgésica a ser injetado?

Anestésico :

2 mg ---> 1 kg

Concentração nas ampolas :

10 mg ---> 1 ml

Observe que , se 2mg de anestésico equivalem à 1kg , então 10 mg equivalerão à 5 kg .

Logo , podemos formar a regra de três :

5 kg ----> 1 ml 60 kg ----> x 5x = 60 x = 60/5 x = 12 ml

Em resumo , o volume da solução anestésica para este paciente é de 12 ml