Você está na página 1de 33

CENTRO UNIVERSITÁRIO

CLARETIANO
CURSO DE LICENCIATURA EM
BIOLOGIA

DISCIPLINA DE BIOLOGIA CELULAR


Profa. Dra. Maria Isabel da Silva

APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA
APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA

I. Biomoléculas Retículo endoplasmático


Apresentação do curso Complexo de Golgi
Síntese Protéica
Visão geral das células.
Modificações de proteínas
Propriedades da água e Lisossomos
carboidratos
Mitocôndrio e cloroplastos
Lipídios
Proteínas III. Componentes nucleares
Ácidos nucléicos Estrutura e composição nuclear
II. Organelas celulares Replicação do DNA
Ciclo celular
Biomembranas
Introdução à biologia molecular
Tipos de transportes através
da membrana celular
APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA
• Aulas teóricas: Atenção para o número de
faltas (14 no máximo)!!! Chamada no inicio
e no fim da aula!
• Aulas Práticas de Laboratório:
imprescindível o uso de jaleco!!!
• Avaliações: a) Continuada – 10 pontos,
sendo prova valendo 5 pontos e trabalhos e
exercícios realizados em sala ou no
laboratório valendo 5 pontos;
• b) Avaliação final: 1 prova valendo 10
pontos.
• c) Avaliação semestral integrada (ASI)
• Composição da média final: AC+AF +ASI
2
APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA
• BIBLIOGRAFIA BÁSICA SUGERIDA
1. JUNQUEIRA, Luiz Carlos Uchôa (1920-). Biologia celular e
molecular 8ª. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2005.
2. LODISH, Harvey. (Org.) et al; SANTIAGO-SANTOS, Ana Leonor
Chies. (Trad.) et al. Biologia celular e molecular. 5ª. Porto
Alegre: Artmed, 2005.
3. ALBERTS, Bruce et al; VEIGA, Ana Beatriz Gorini da. (Trad.) et
al. Biologia molecular da célula. 4ª. Porto Alegre: Artmed,
2004. 1463 p. Acompanha CD.
4. JUNQUEIRA, L. C.. Biologia celular e molecular. 7ª. Rio de
Janeiro: Guanabara Koogan, 1991/2000.
5. ALBERTS, Bruce et al; Diogenes Santiago Santos. [Trad.].
Fundamentos de biologia celular: uma introducao a
biologia molecular da celula. Porto Alegre: Artmed, 1999/2002.
APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA

• BIBLIOGRAFIA BÁSICA SUGERIDA


• MAILLET, Marc; SILVA, Dunia Marinho. (Trad.). Biologia
celular. 8ª. São Paulo: Santos, 2003.
• COOPER, Geoffrey M.. A celula: uma abordagem
molecular.2ª.. Porto Alegre: Artmed, 2002. 712 p.
Acompanha CD em ingles.
• LODISH, Harvey. (Org.) et al; NASCIMENTO, Fernando
Gomes do. [Trad.]. Biologia celular e molecular. 4ª. Rio
de Janeiro: Revinter, 2002. 1084 p. Acompanha CD.
A célula é a menor unidade
estrutural básica do ser vivo. A
palavra célula foi usada pela
primeira vez em 1667 pelo
inglês Robert Hooke. Com um
microscópio muito simples, ele
observou pedacinhos de cortiça
(tecido vegetal morto). Hooke
percebeu que a cortiça era
formada por numerosos
compartimentos vazios. A
esses compartimentos ele deu
o nome de célula, palavra
diminutiva do latim cella que
significa cavidade.
Com o passar do tempo, as técnicas de observação
microscópicas avançaram em função de novas técnicas e
aparelhos mais possantes. A técnica de utilização de corantes,
por exemplo, permitiu a identificação do núcleo celular e dos
cromossomos, suportes materiais do gene (unidade genética
que determina as características de um indivíduo).

Microscópio óptico Microscópio eletrônico


• Nos seres unicelulares,
a célula é o próprio
organismo.
• Esta célula única é
capaz de desenvolver
todas as atividades
relacionadas à
sobrevivência do
organismo e reproduzir-
se.
• Os protozoários e as
bactérias são exemplos
de seres unicelulares.
• Animais, plantas e certos fungos
são seres pluricelulares.
• O corpo humano é formado por
cerca de 75 trilhões de células.
• Entre elas existe uma nítida
divisão de trabalho. Por exemplo:
• as células epiteliais têm a função
de revestir o corpo; as células
ósseas relacionam-se com a
sustentação do corpo; as células
musculares estão associadas com
os movimentos do corpo; os
glóbulos vermelhos do sangue
transportam gás oxigênio.
• CÉLULAS EUCARIOTAS: todas as células
que contém núcleo organizado e separado do
citoplasma por membrana.
Ex. células de animais superiores, células
vegetais.
• CÉLULAS PROCARIOTAS:todas as
que não possuem núcleo organizado e
separado do citoplasma por um sistema
de membranas.
• Ex.: bactérias
Células procariontes Células eucariontes

Envoltório nuclear Ausente Presente

DNA Desnudo Combinado com proteínas

Cromossomas Únicos Múltiplos

Nucléolos Ausentes Presentes

Divisão Fusão binária Mitose e meiose

Ribossomas 70S* (50S + 30S) 80S (60S + 40S)

Endomembranas Ausentes Presentes

Mitocôndrias Ausentes Presentes

Cloroplastos Ausentes Presentes em células


vegetais
Parede celular Não celulósica Celulósica em células
vegetais
Exocitose e endocitose Ausentes Presentes

Citoesqueleto Ausente Presente

Quadro retirado do livro: DE ROBERTIS - HIB - Bases da Biologia Celular e Molecular, 3ª edição.
As células têm formas variadas. Elas podem ser:
cilíndricas, estreladas, fusiformes, discóides,
esféricas ou alongadas.
A forma que a célula apresenta geralmente varia
conforme a função que ela exerce.
Ergastoplasma
Carioteca
Cromatina
Complexo de Nucléolo
Golgi Mitocondria

Centríolo Ribossomo
Menbrana Plasmática Lisossomo
A função básica da membrana plasmática é regular a
passagem e a troca de substâncias entre a célula e o
meio em que ela se encontra.
Também é função da membrana plasmática a proteção
da célula.
Atua como transportador de substâncias.
Há duas formas: O R.E. liso, onde há a
produção de lipídios, e o R.E. rugoso, onde
se encontram aderidos a sua superfície
externa os ribossomos, sendo local de
produção de proteínas, as quais serão
transportadas internamente para o
Complexo de Golgi.
Organela formada por duas membranas lipoprotéicas.
Dentro delas se realiza o processo de extração de
energia dos alimentos: Respiração celular.
A respiração celular consiste na extração da
energia química contida nas moléculas alimentares
absorvidas pelas células. Um dos “combustíveis”
mais comuns que as células utilizam na obtenção de
energia são as moléculas de glicose. Após a queima
da glicose, com a participação do gás oxigênio, a
célula obtém energia e produz gás carbônico e água
como resíduos.

A equação abaixo resume o processo da respiração


celular:

Glicose + Gás Oxigênio --------> Gás Carbônico + água + Energia


Estrutura que apresenta enzimas digestivas capazes de
digerir um grande número de produtos orgânicos. Realiza a
digestão intracelular. É importante nos glóbulos brancos e
de modo geral para a célula já que digere as partes desta
(autofagia) que serão substituídas por outras mais novas, o
que ocorre com frequência em nossas células.
São bolsas membranosas e achatadas, que podem armazenar e
transformar substâncias que chegam via retículo
endoplasmático; podem também eliminar substâncias
produzidas pela célula, mas que irão atuar fora dela (enzimas
por exemplo). Produzem ainda os lisossomos.
São estruturas cilíndricas, geralmente encontradas
aos pares. Os pares participam da divisão celular,
“orientando”o deslocamento dos cromossomos para as
células que estão sendo formadas.
O núcleo geralmente tem forma esférica. Na maioria
dos casos, ele fica no centro da célula. A sua função é
comandar todas as atividades da célula, através das
instruções fornecidas pelos genes.
O núcleo possui:

Membrana nuclear ou carioteca: uma membrana que o


separa do citoplasma;
Suco nuclear ou citoplasma: um líquido que o preenche
completamente;
Nucléolos: são corpúsculos arredondados;
Cromossomos: são responsáveis pela transmissão dos
caracteres hereditários.
São aglomerados de moléculas de RNA
ribossômico, ou seja, RNA que entrará
na composição dos ribossomos.
Parede Celulósica Nucléolo
Memb. Plasmátia
Cromatina
Cloroplasto
Cariteoca
Vacúolo
Poro

Ribossomo
Complexo
Ergastoplasma
de Golgi Mitocôndria
Organela que é a sede da fotossíntese, pois contém moléculas de
clorofila que capturam a luz solar e produzem moléculas como
glicose que poderá ser utilizada pelas mitocôndrias para a geração
de energia.
Constituída por celulose e também por glicoproteínas
(açúcar + proteína); juntas essas duas membranas
formam uma estrutura muito resistente.
Estrutura derivada do retículo endoplasmático que
pode conter líquidos e pigmentos, além de diversas
outras substâncias.
Exercícios de fixação

1. Cite 5 diferenças entre procariotos e eucariotos.


2. Quais são as vantagens de um organismo ser
eucariótico em vez de ser procariótico?
3. Desenhe uma célula animal e identifique o nome
de cada uma das partes.
4. Desenhe uma célula vegetal e identifique o nome
de cada uma das partes.
5. De acordo com o texto podemos ter 2 tipos de
associações simbióticas entre as células.Explique-
as.
6. Quais são as organelas produtoras de energia?
7. Quais são as organelas que contém DNA? Por
que?Leia o texto sugerido e elabore sua sugestão.