Você está na página 1de 45

DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

PEQUENOS FRUTOS
PRAGAS EMERGENTES

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


AULA MAGNA
INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU
VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015

MADALENA NEVES
DIVISÃO DE APOIO À AGRICULTURA E PESCAS
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

PRAGAS:
- AFÍDEOS
- ÁCAROS
- TRIPES
- MOSCA BRANCA
- COCHONILHAS
- LEPIDÓPTEROS
- OUTRAS POTENCIAIS PRAGAS
- BROCAS
- CURCULIONÍDEOS
- PERCEVEJOS
- TREEHOPPER BUFALO - HEMÍPTERO

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS - DROSÓFILA DA ASA MANCHADA


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

AFÍDEOS:
Morangueiro

• Aphis gossypii Glover


• Aphis ruborum Börner
• Pentatrichopus fragaefolii (T.D.A. Cockerell)
Aphis gossypii Glover
Fonte : http://aglifesciences.tamu.edu/ • Rhodobium porosum (Sanderson)

Framboesa
• Amphorophora rubi (Kaltenbach).

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

AFÍDEOS

Fonte : Divulgação AGRO 556, nº5, 2007


CARACTERIZAÇÃO DO TIPO DE INSETO:
• Tamanho – 1 a 5 mm
• Corpo mole
• Ápteros e alados
• Armadura bucal – picadora-sugadora

ÓRGÃOS ATACADOS:
• Folhas
• Flores
• frutos

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
Fonte : Divulgação AGRO 556, nº5, 2007
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

Fonte : Divulgação AGRO 556, nº5, 2007


SINTOMAS E ESTRAGOS TIPO:
• Presença de colónias e/ou exúvias
• Presença de excrementos açucarados
• Presença de fumagina
• Atrofia no desenvolvimento - vegetação e frutos
• Diminuição da produção – quantidade e qualidade
• Potenciais vetores de virus
JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS
VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

ÁCAROS
Morangueiro

North Caroline State University, 2011


• Tetranychus sp.

Fonte : Hannah J. Burrack


Dept. of Entomology
Framboesa-
• Tetranychus cinnabarinus (Boisduval)
JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS
VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

AFÍDEOS
CARACTERIZAÇÃO DO TIPO DE INSETO:
• Tamanho – <<<1 mm
• Armadura bucal – picadora-sugadora
Fonte : Hannah J. Burrack
Dept. of Entomology
North Caroline State University, 2011
ÓRGÃOS ATACADOS:
• Folhas
• Flores
• frutos

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
Fonte : Divulgação AGRO 556, nº5, 2007
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

SINTOMAS E ESTRAGOS TIPO:


• Presença de adultos e ninfas
• Cloroses
• Bronzeamento
• Atrofia no desenvolvimento - morte
• Aborto floral
• Deformação de frutos
• Diminuição da produção

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO
TRIPES

Fonte : Divulgação AGRO 556, nº5, 2007


CARACTERIZAÇÃO DO TIPO DE
INSETO:
• Tamanho – 1 a 2,5 mm
• Armadura bucal – picadora-sugadora

ÓRGÃOS ATACADOS:
• Folhas
• Flores
• frutos

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

SINTOMAS E ESTRAGOS TIPO


• Manchas prateadas na superficie foliar
• Atrofia no desenvolvimento
• Aborto floral
• Deformação de frutos
• Algumas espécies são vetores de vírus

Photo from OMAFRA


In http://ipm.illinois.edu

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

HOMÓPTEROS - MOSCA BRANCA

Trialeurodes vaporariorum (Westwood) conhecida por mosca-branca-das-estufas

Fonte : Divulgação AGRO 556, nº5, 2007


JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS
VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
CARACTERIZAÇÃO DO TIPO DE INSETO:
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO
• Moscas brancas 1,5 a 2 mm
• Armadura bucal – picadora-sugadora

ÓRGÃOS ATACADOS:
• Folhas
• Flores
• Frutos

SINTOMAS E ESTRAGOS TIPO


Trialeurodes vaporariorum Westwood • Presença de colónias
Fonte : www.7.inra.fr
• Presença de melada pegajosa
• Presença de fumagina
• Atrofia no desenvolvimento - vegetação e frutos
• Diminuição da produção – quantidade e
qualidade
JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS
VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

LEPIDÓPTEROS
família Noctuidae (noctuídeos)
• Agrotis spp.
• Chrysodeixis chalcites (Esper)
• Spodoptera litorallis (Boisduval) Spodoptera litorallis (Boisduval)
Fonte : www.7.inra.fr

• Lacanobia oleracea (L.)


• Helicoverpa sp.

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

CARACTERIZAÇÃO DO TIPO DE
INSETO:
• Armadura bucal – trituradora (larvas)

ÓRGÃOS ATACADOS:
• Folhas
• Flores
• Frutos

SINTOMAS E ESTRAGOS TIPO


• Presença de posturas e larvas
• Folhas, flores e frutos roídos
• Desvalorização da produção.
Fonte : Divulgação AGRO 556, nº5, 2007

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

OUTRAS POTENCIAIS PRAGAS:


• brocas
• Curculionídeos – gorgulhos
• percevejos
• cerasi bubalus /stictocephala bisonia – bufalo de água

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

BROCAS

North Caroline State University, 2011


Fonte : Hannah J. Burrack
Dept. of Entomology

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

BROCAS

Fonte : Hannah J. Burrack


Dept. of Entomology
North Caroline State University, 2011

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

BROCAS

North Caroline State University, 2011


Fonte : Hannah J. Burrack
Dept. of Entomology

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
Anthonomus rubi Herbst
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

GORGULHOS

Anthonomus rubi Herbst


Fonte : www.7.inra.fr
JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS
VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

PERCEVEJOS

Fonte : Hannah J. Burrack


JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS Dept. of Entomology
VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015 North Caroline State University, 2011
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

PERCEVEJOS

Fonte : Hannah J. Burrack


Dept. of Entomology
North Caroline State University, 2011

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

Hemíptero – treehopper bufalo

Stictocephala bisonia
Fonte : wikimédia
In www.wikimedia.org.

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

DROSÓFILA DA ASA MANCHADA


Drosophila suzukii (Matsumura)

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

• 2 A 3,5 MM DE COMPRIMENTO
• 5 A 6,5 MM DE ENVERGADURA
• OLHOS VERMELHOS
• CORPO AMARELO/ACASTANHADO
• BANDAS NEGRAS HORIZONTAIS NÃO SEGMENTADAS NO ABDÓMEN

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

• IMPORTÂNCIA DA PRAGA

DAMAGE

D. SUZUKII IS ONE OF THE VERY FEW DROSOPHILA SPECIES WHICH ARE ABLE TO FEED ON HEALTHY RIPENING FRUIT
WHILE THEY ARE STILL ATTACHED TO THE PLANT. EPPO - Datasheet

ECONOMICS

WHILE IT IS DIFFICULT TO ESTIMATE ECONOMIC DAMAGE DUE TO SIGNIFICANT GAPS IN SCIENTIFIC


KNOWLEDGE ABOUT D. SUZUKII’S BIOLOGY AND CONTROL, YIELD LOSS ESTIMATES FROM 2009
OBSERVATIONS RANGE FROM NEGLIGIBLE TO 80 PERCENT.
Drosophila suzukii (Diptera: Drosophilidae): Invasive Pest of Ripening
Soft Fruit Expanding Its Geographic Range and Damage Potential
Douglas B. Walsh1, Mark P. Bolda2, Rachael E. Goodhue3, Amy J. Dreves4,
Jana Lee5, Denny J. Bruck5, Vaughn M. Walton6,
Sally D. O’Neal1, and Frank G. Zalom7

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

ALGUNS ASPETOS DA BIOLOGIA DO INSETO:

• Tempo de vida do adulto: 10 a 30 dias


• Hibernam na fase de adulto ** (hospedeiros alternativos/restos de cultura)
• Zero de atividade: 10ºC
• Ótimo de atividade: 25º C
• 7 a 15 gerações/ano
• Posturas em fruta madura/amadurecimento
• 1-3 posturas por fruto
• 300-400 posturas por fêmea (até 600 posturas)
• Temperaturas > 30ºC – esterilização dos machos

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO IMPORTÂNCIA DA PRAGA

• DROSÓFILA DA ASA MANCHADA UMA AMEAÇA?


 ESPÉCIE POLÍFAGA
 ELEVADA ADAPTABILIDADE A CONDIÇÕES CLIMÁTICAS
 ÉPOCA DE ATAQUE DAS FRUTEIRAS
 CICLO DE VIDA CURTO – ELEVADO Nº DE GERAÇÕES
 ESPECIFICIDADES DA POSTURA – OVIPOSITOR DA FÊMEA
Fonte: Horticultural Science Department
 DESENVOLVIMENTO NO INTERIOR DO FRUTO University of Florida

North Caroline State University, 2011


 RISCO DE RESISTÊNCIA A INSETICIDAS ELEVADO

Dept. of entemology
Hannah J. Burrack
JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS
VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

ESTRATÉGIAS DE CONTROLO:

• LUTA CULTURAL
• LUTA FISICA

• LUTA BIOLÓGICA

• LUTA BIOTÉCNICA
• LUTA QUÍMICA

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

• LUTA CULTURAL

 MANTER O REGIME HÍDRICO

 EFETUAR COLHEITAS FREQUENTES

 EVITAR A SOBREMATURAÇÃO DOS FRUTOS

 NÃO DEIXAR FRUTOS NO SOLO OU POR COLHER

 ELIMINAR FRUTOS ATACADOS (ENSACAR, SOLARIZAR, ESMAGAMENTO COM SOLARIZAÇÃO)

 ELIMINAR HOSPEDEIROS ESPONTÂNEOS DAS PROXIMIDADES

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

• LUTA FISICA

 COLOCAÇÃO DE REDE (<1 mm)

 Época de colocação da rede


(estado fenológico & monitorização )

 Arejamento

 polinização

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO • LUTA BIOLÓGICA

 Himenópteros parasitóides

Fonte: Phytoma nº 660 – Janvier 2013

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
• LUTA BIOLÓGICA
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

 Himenópteros parasitóides

Fonte: Phytoma nº 660 – Janvier 2013

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

• LUTA BIOTÉCNICA
 CONFUSÃO SEXUAL:
● Fatores que influenciam a atração: sinergismo entre feromona de
agregação, odores a fruta, vibração das asas, contacto visual

 LUTA AUTOCIDA:
● Largadas de machos esterilizados – temperaturas > 30º C ou por radiação

 CAPTURAS EM MASSA:
● cor dos recipientes
● Superfície de contacto
● Iscos

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

DROSOPHILA SUZUKII - Capturas em diferentes iscos (% ) - 2014-2015 (janeiro)

CAPTURAS EM MASSA: Vinho + fermento (4)

● Iscos vinho + água + açúcar (3)

● Vinagre
vinho (2)

● Vinagre de cidra
xarope de groselha + açúcar

● Fermento de padeiro vinagre

● Frutas xarope de groselha + açúcar + vinho tinto

● Vinho tinto vinagre + vinho tinto

● Água + açúcar xarope de groselha + fermento

àgua + fermento+açúcar

0 10 20 30 40 50 60 70

% de capturas 5 % de capturas 4 % de capturas 3 % de capturas 2 % de capturas 1

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

• LUTA QUÍMICA
• Não há produtos homologados para esta finalidade.

• COTHN - Autorização extraordinária– DELEGATE WG - por 120 dias – 2

aplicações com intervalo de 28 dias – JÁ EXPIRADA.

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

• LUTA QUÍMICA – OUTROS PAÍSES

• Frequentemente não há produtos homologados para esta finalidade.


• Autorizações extraordinárias – inseticidas da família química das spinosidas
– p.e. spinosade e spinetorame

• Homologações para inseticidas da família das spinosidas e piretróides.

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

COMO PROCEDER ENTRETANTO????


1. MONITORIZAÇÃO DA PRAGA (armadilhas alimentares, Raspberry fruit sampling with salt solution (PHOTO CREDIT: CARLOS GARCIA, MSUE)

cromotrópicas, observação direta de frutos e/ou por


imersão em solução salina ou açucarada.

É MUITO
IMPORTANTE A
DETEÇÃO
PRECOCE DA
PRAGA NA
CULTURA/PARCELA

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

A PRAGA ESTÁ PRESENTE…..


COMO FAZER ENTÃO????
2. QUE ESTRATÉGIAS DE CONTROLO IMPLEMENTAR PARA
LIMITAR O SEU DESENVOLVIMENTO:

I. LUTA CULTURAL

II. LUTA BIOTÉCNICA – capturas em massa

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

“A EXISTÊNCIA DE MÚLTIPLAS LACUNAS DE


CONHECIMENTO SOBRE A PRAGA, FAZEM
CRER QUE APENAS UMA ABORDAGEM
NUMA ÓTICA INTEGRADA E
MULTIDISCIPLINAR PODEM CONDUZIR AO
ENTENDIMENTO DA PRAGA E,
CONSEQUENTEMENTE, AO SEU CONTROLO.”

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015
DIREÇÃO REGIONAL DE AGRICULTURA E PESCAS DO CENTRO

JORNADA DOS PEQUENOS FRUTOS


AULA MAGNA
INSTITUTO POLITÉCNICO DE VISEU MADALENA NEVES
VISEU, 23 DE MARÇO DE 2015 DIVISÃO DE APOIO À AGRICULTURA E PESCAS

Interesses relacionados