Você está na página 1de 46

Instituto Superior de Transportes e

Comunicações

DTIC (Departamento de Tecnologia da


Informação e Comunicação)

Redes de Radio-Comunicações

Eng. Nelson Mandava


Sistemas de Radio - Comunicações

FRASE DO DIA
PLANEJE ATÉ O FIM

 O desfecho é tudo. Planeje até o fim, considerando todas as possíveis


conseqüências, obstáculos e reveses que possam anular o seu esforço e deixar
que os outros fiquem com os louros. Planejando tudo até o fim, você não será
apanhado de surpresa e saberá quando parar. Guie gentilmente a sorte e ajude a
determinar o futuro pensando com antecedência.

Eng. Nelson Mandava


PLMR (Public Land Mobile Radio) – Rede
de radiotelefonia publica celular.

Eng. Nelson Mandava


PMR/PAMR PLMN
Constituídas por uma estacão
rádio - base multicanal com
potencia e altura da antena e
receptores satelitais suficientes
para garantir a cobertura
LIMITAÇÕES

Eng. Nelson Mandava


PLMN
1.- Dividir a zona de cobertura em
pequenas zonas, chamadas
células, de tamanho variável em
função do tráfego

2.- Reutilizar frequências em


células separadas por uma
distancia suficiente para que a
interferência co-canal seja
tolerável

Eng. Nelson Mandava


Redes móveis públicas
Primeira Geração
Principais características da 1G:
• Analógicos
• Basicamente serviço de voz
• Baixa capacidade
• Cobertura limitada: local ou regional
• Sistemas: E-TACS, AMPS, NMT, C-net
• As interfaces são proprietárias

Eng. Nelson Mandava


Redes móveis públicas
Segunda Geração
As principais características são:
• Digital
• Comutação de circuitos
• Voz e dados básicos
Fax
SMS
Circuit switched data (9.6 kbs)
• Cobertura regional com roaming (itinerância)
trans-national
• Sistemas: GSM (EU), D-AMPS (=IS-136, USA), PDC
(Japón), IS-95 (cdmaOne USA),
• interfaces abertas (Open Interfaces)

Eng. Nelson Mandava


Redes móveis públicas
Terceira Geração
As principais características são
• Digital
• Packet and circuit switched
• Dados avançados / Multimédia
• Aceso de alta velocidade
• Cobertura Global
• Sistemas: UMTS (WCDMA, TD/CDMA), CDMA 2000,…

Eng. Nelson Mandava


Redes móveis públicas
Telefonia móvel automática (TMA)  Conexão a rede pública.

• Sistemas: NMT, AMPS, TACS, GSM, IS-136, IS-95, WCDMA (UMTS),


CDMA2000...

• Cobertura: desde uma zona a mn continente

• Características similares ao serviço telefónico fixo em


quanto a:
Fiabilidade - Disponibilidade
Qualidade (fidelidade)

• Sistemas digitais:
Multiplexação - TDMA, CDMA.
Banda larga e estreita

Eng. Nelson Mandava


Redes móveis públicas
Telefonia móvel automática (TMA)  Conexão a rede pública.
• Outros Serviços como
Transmissão de Dados: GPRS, UMTS
Mensagens unidireccional (SMS)
Rádio busca - localização (Exe: GALILEO+UMTS)

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

Arquitectura general

Interfaz
radio Estacao Controlador de
Base bases Resto da rede

Rede de acesso radio Núcleo de rede

Rede fixa

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

Os sistemas de Telefonia Móvel Automática (TMA) ou


PLMN (Public Land Mobile Network) são autenticas
redes de telefonia
Com as suas centrais de comutação próprias ( MSC - Mobile Switching Centers), ou
MTSO (Mobile Telephone Switching Office)
Persegue-se:
• Qualidade telefónica similar ou
superior.
• Comutação automática
• Grande capacidade de abonados
• Capacidade de expansão
• Custo razoável
• Eficiência em espectro

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

Uma célula
Mobile Terminal (MT) = Mobile Units (MU) =
Mobile Systems (MS)
˜ Mobile Hosts (MH) ˜ Mobile Equipment (ME).
MS
BS MSC: Mobile Switching Centers = MTSO:
Mobile Telephone Switching Office
Componentes
rádio BS (Base Station)

MTSO (Mobile
Telephone
Switching Office)

MSC

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

Uma célula Forma circular frente a formas triangular,


quadrangular, hexagonal

MS Cada radiocanal entre a BS e o


BS MT divide-se em:
• Enlace Descendente = down-
Componentes
rádio
link, DL  BS a MT
• Enlace Ascendente = up-link, UL
= MT a BS
MTSO (Mobile
Telephone
Switching Office)

MSC

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

O sistema é um conjunto de células

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

O problema central na interface


rádio dos sistemas TMA é
conseguir
Uma cobertura
alargada e uma Grande
capacidade de tráfego
Com

Número limitado
de frequências
Como?

Reutilização de frequências
Distancia de reutilização que permita
controlar a interferência co-canal

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

Todo sistema celular FDMA baseia-se em:


- Ter J - tipos de célula
- Cada tipo de célula tem atribuída uma faixa de
frequências diferentes
• O conjunto de J células diferentes agrupa-se: grupo
(Cluster)

Eng. Nelson Mandava


PLMR: definições básicas

1.- Planificação celular


objectivo
Fazer um uso eficiente do espectro rádio eléctrico atribuído
à rede

O qual não foi atingido nas redes de


radiotelefonia convencional (privadas)

idea inicial
Dividir todo o território ao qual se deseja prestar
serviço em células de pequena área

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular

Cada célula está dotada pelo menos duma estação base fixa (EB)
e dum determinado número de utilizadores móveis.

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular

A Forma natural real duma célula é a duma ameba

Esta forma não serve para projectar e


BS dimensionar a rede celular, se poderia pensar
● num sistema de circunferências.

Circular

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular

A Forma natural real duma célula é a duma ameba

Esta forma não serve para projectar e


BS dimensionar a rede celular, se poderia pensar
● num sistema de circunferências.
Zona de sobreposição entre células vizinhas

A forma circular não é adequada para


um dimensionamento, pela excessiva
área com sobreposições.

Mais duma estação base chegam


simultaneamente ao cliente

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular

A Forma natural real duma célula é a duma ameba

Esta forma não serve para projectar e


BS dimensionar a rede celular, se poderia pensar
● num sistema de circunferências.

Células com polígonos regulares. Não existe


sobreposição

Triângulos

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular

A Forma natural real duma célula é a duma ameba

Esta forma não serve para projectar e


BS dimensionar a rede celular, se poderia pensar
● num sistema de circunferências.

Células com polígonos regulares. Não existe


sobreposição

Quadrados

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular

A Forma natural real duma célula é a duma ameba

Esta forma não serve para projectar e


BS dimensionar a rede celular, se poderia pensar
● num sistema de circunferências.

Células com polígonos regulares. Não existe


sobreposição

Hexágonos

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular

A forma ideal de desenho é a hexagonal

Estação base

Eng. Nelson Mandava


PLMR: definições básicas

1.- Planificação celular

Portanto um conjunto de células podem cobrir um grande


territorio sem sobreposição

1.- O re-uso de frequência;


2. – A divisão celular;
3. - A transferência de
chamada.

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular

O conjunto de J células diferentes agrupa-se: grupo


(Cluster)

A zona de cobertura de este


cluster denomina-se “footprint” -
Pegada

O cluster repete-se sistematicamente (Pavimentado) para


conseguir o mapa de cobertura desejado.

Repetem-se as frequências: reutilização de frequências


Eng. Nelson Mandava
PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular


O conjunto de J células diferentes agrupa-se: grupo
(Cluster)
Estrutura com J = 7;
Padrão de reutilização =7

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular

Parâmetros relevantes de geometria celular

D = distancia de reutilização entre células que utilizam as


mesmas frequências
R = Rádio da Célula
J = Padrão de reutilização (O tamanho do cacho (cluster)).

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular Parâmetros relevantes de


geometria celular

Células co-canal: as que utilizam a mesma frequência. Estão


separadas a distancia de reutilização, D.
Agrupamento ou cluster: conjunto de células que utilizam canais
diferentes. O número de células por agrupamento é tamanho da
agrupamento, N.
Eng. Nelson Mandava
PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular Parâmetros relevantes de


geometria celular

Relação de protecção, Rp: mínima C/I necessária.


Depende do sistema (modulação, codificação, qualidade
objectivo, …).

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network
Parâmetros relevantes de
1.- Planificação celular
geometria celular
Área de un rombo de lado D:

Área dum hexágono de rádio R:

Relação entre estas áreas:

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network

1.- Planificação celular Parâmetros relevantes de


Números rômbicos
geometria celular

= 600

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network
Parâmetros relevantes de geometria celular
Números rômbicos IMPORTANTE: só são possíveis para
células hexagonais, alguns números
de células por cacho/cluster, J.

Aqueles que cumprem com

 inteiros

J = 1 e 2  não tem sentido,


não há reutilização

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network
Parâmetros relevantes de geometria celular
v • Eixos a 60º
(i,j)
• Passo da rede: d

r
• Rádio celular: R
(2,1) Área da agrupamento:
3
60º u Sagrup  NScélula  Nd2
2
3· 3R 2 3 2
Scélula   d
d 2 2
R
3 2
Srombo  D
2
Sagrup = Srombo
2 2
r (i, j )  d i  j  i·j D 2  Nd 2
d  3R
Eng. Nelson Mandava
PLMR- Public Land Mobile Network
Parâmetros relevantes de geometria celular
Geometria de cachos – agrupamento - clusters

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network
Parâmetros relevantes de geometria celular
Geometria de cachos – agrupamento - clusters

J=N=7

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network
Parâmetros relevantes de geometria celular
Geometria de cachos – agrupamento - clusters
J=N=4

Eng. Nelson Mandava


PLMR- Public Land Mobile Network
Parâmetros relevantes de geometria celular
Celula co-canal: Reutilização de frequências
Para calcular onde existe
uma célula com igual faixa
de frequências:

• Movimentar-se i células
ao longo de qualquer
cadeia de hexágonos.
• Girar 60º no sentido anti-
horario e se movimentar j-
células.

N=19: i=3, j=2;


Eng. Nelson Mandava
PLMR- Public Land Mobile Network
Parâmetros relevantes de geometria celular
Celula co-canal: Reutilização de frequências
Hexágonos de igual radio:
um agrupamento está
rodeada de outros 6:
• Existem 6 células co-
canais
• Onde reutilizam-se as
frequências

N=19: i=3, j=2;


Eng. Nelson Mandava
PLMR: definições básicas

2.- Re-uso de frequências

A relação entre a distancia de reuso (D) e o rádio das células de


forma hexagonais (R) é função do número de células nos blocos e
vem dada por:

D
 3N
R
Exemplo: sistema com bloco de 7 células e rádios de 3.2 Km, a
distancia de reuso entre as células co-canais será de 14.72 Km

Eng. Nelson Mandava


PLMR: definições básicas

2.- Re-uso de frequências

Uma operadora de PLMR dispõe duma largura de banda para


dar cobertura a uma zona:
-C - canais;
- A zona é dividida em Q- agrupamentos;
- Cada agrupamento faz uso de C- canais;
- Cada agrupamento é dividido em J- Células;
- Cada célula tem atribuídos N = C/ J canais disponíveis

As vezes que repetem-se as N frequências no mapa de


cobertura é o número de agrupamentos Q = o índice de
reutilização.
O número de canais totais é Q . J . N;
Deve-se reservar 1 canal para o controlo em cada célula, pelo
que Q . J . (N-1)

Eng. Nelson Mandava


PLMR: definições básicas

3.- Transferência de chamadas (Handoff / Handover)

Comutação automática duma chamada


em curso, a outra célula:
- Mediante medidas de nível e
qualidade determina-se a
necessidade de realizar um
traslado;
- Algoritmos para o controlo de
traslados;
- Margem para evitar efeitos “Ping-
Pong” na borda duma célula;
- Informa-se a central de comutação
de telefonia móvel;
- Atribui-se nova estacão base e
novo canal de tráfego

Eng. Nelson Mandava


PLMR: definições básicas

3.- Transferência de chamadas (Handoff / Handover)

Também pode-se realizar intra-


celula;
- O controlo do traslado pode ser:
• Centralizado (central de
comutação ou ERB);
• Distribuído (ajudado ou
decidido no terminal móvel)

Roaming  Traslado a outra central distinta:


- Do mesmo operador;
- Diferente operador;
- Outro pais (Internacional)

Eng. Nelson Mandava


“Pouco conhecimento faz com que
as pessoas se sintam orgulhosas.
Muito conhecimento, que se sintam
humildes. É assim que as espigas
sem grãos erguem
desdenhosamente a cabeça para o
Céu, enquanto que as cheias as
baixam para a terra.”

Eng. Nelson Mandava


Obrigada pela Atenção
Dispensada

Eng. Nelson Mandava