Você está na página 1de 68

Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Poderes Administrativos
Matéria: Direito Administrativo
Professor: Jonatas Albino do Nascimento
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

CONSIDERAÇÕES INICIAIS

Olá, Pessoal!
Como estão os estudos? Achamos a aula de hoje bem interessante e
“leve”, já que trata dos poderes e deveres administrativos.
Seguindo a nossa linha de passar bizus de estudo.... Vamos falar da
solução de questões. Todos sabemos o quão importante é a solução de
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

questões e por isso te perguntamos: Você realmente extrai todo o


conhecimento disponível de cada questão que você resolve?
Uma coisa é fazer uma questão na prova e em simulados e outra
totalmente diferente é durante o período de estudo.
Quando você está fazendo uma questão na prova o seu foco é “matar” a
questão. Naquelas questões em que é necessário julgar vários itens, se você
verificar que um determinado item é falso e apenas umas das opções de
resposta atende, você marca a questão e passa para a próxima. Isso
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

obviamente tem um certo risco associado e por isso caso tenha tempo, você
irá voltar nessa questão para avaliar os demais itens e confirmar sua resposta.
Já numa situação de estudo, o seu foco é extrair todo o conhecimento
que aquela questão pode te passar. Então você tem que saber exatamente
porque aquele item é o correto e também porque as demais respostas estão
erradas. E, obviamente, é muito importante que você anote o que você errou
para garantir que não irá cometer o mesmo erro. Como a parte da solução das
questões está geralmente numa parte do material e o conteúdo em outra
parte, você deve ir ao ponto da matéria em que aquilo foi falado e sublinhar,
fazer esquema, o que for necessário para aprender!
Tenha em mente que você tem que dominar o seu processo de ensino-
aprendizagem. Ninguém saberá mais do que você sobre seu rendimento
durante o estudo, com suas qualidades e defeitos. Portanto, neste momento
no âmbito da resolução de questões, critique a forma como você as encara e
procure melhorar o máximo possível. Lembre-se que uma qualidade ou defeito
a mais não fará diferença durante aquela tarde ou noite de estudo, mas
durante todo o período de estudo até o fim da jornada!

Professor Jonatas Albino do Nascimento 2 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

PODERES ADMINISTRATIVOS

Sumário
1 – Poderes e Deveres Administrativos ......................................................................... 4
1.1 – Noções Introdutórias ......................................................................................................... 4
2 – Poderes Administrativos ......................................................................................... 4
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

2.1 – Poder Vinculado ................................................................................................................ 4


2.2 – Poder Discricionário .......................................................................................................... 5
2.3 – Poder Hierárquico ............................................................................................................. 5
2.4 - Poder Disciplinar ................................................................................................................ 7
2.5 - Poder Regulamentar e Poder Normativo ........................................................................... 7
2.6- Poder de Polícia – Noções Gerais........................................................................................ 8
4 – Abuso de Poder....................................................................................................... 8
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

5 – Questões Comentadas ...........................................................................................10


5.1 – CESPE ................................................................................................................................... 10
5.2 - ESAF ...................................................................................................................................... 32
6 – Lista de exercícios ..................................................................................................47
6.1 - CESPE .................................................................................................................................... 47
6.2 - ESAF ...................................................................................................................................... 56

Professor Jonatas Albino do Nascimento 3 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

1 – Poderes e Deveres Administrativos

1.1 – Noções Introdutórias

Meios de alcançar o
Instrumentais interesse público
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

irrenunciabilidade
Poderes
Requisitos
Administrativos
obrigatoriedade de
exercício

Prerrogativas de direito público


Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Administração
Pública

Poderes Deveres

Prerrogativas Obrigações

2 – Poderes Administrativos

2.1 – Poder Vinculado

O Poder Vinculado é o poder pelo qual nasce para a Adminstração


Pública o dever de agir. A margem de valoração do agente público é mínima
ou inexistente e por isso a Administração deve executar o ato vinculado.
Ato vinculado é o ato que possui requisitos previstos em lei que, uma
vez atingidos, deve ocorrer a prática do ato determinado.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 4 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

2.2 – Poder Discricionário

Representa o poder que tem a Administração Pública de executar os


chamados atos discricionários, que correspondem aos atos cujos
elementos formadores do mérito administrativo estão sujeitos a certo
grau de valoração.

Previsão
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

de direito legal
abstrata
Motivo
Ocorrência
Mérito de fato da situação
Administrativo prevista

Efeitos jurídicos
Objeto
imediatos
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

2.3 – Poder Hierárquico

ÓRGÃOS INDEPENDENTES

ÓRGÃOS AUTÔNOMOS

ÓRGÃO SUPERIORES

ÓRGÃOS SUBALTERNOS

Além da questão estrutural, tal poder permite a organização das


funções dos agentes públicos, definindo quais são os superiores
hierárquicos/ chefes de cada unidade e setor. A implicação disso é que o
superior pode emitir ordens aos seus subordinados e fiscalizar suas
atuações.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 5 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Poder
Hierárquico

Organiza Define quem


atribuições manda em quem
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Órgãos Agentes
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Salvo quando
de um Poder
previsto na
Político para outro CF/88
Atribuições que
NÃO podem ser Atribuições
delegadas exclusivas

Atos de natureza
política

Não podem ser delegados na


esfera federal

Decisão de Matéria de
Atos de caráter
recurso competência
normativo
administrativo exclusiva

Professor Jonatas Albino do Nascimento 6 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

2.4 - Poder Disciplinar

Entende-se por poder disciplinar a capacidade que detém a


Administração de verificar infrações e aplicar penalidades aos agentes e
demais pessoas (físicas e jurídicas) que possuam algum vínculo com ela.

Poder Disciplinar
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Atua sobre
aqueles que têm
vínculo com o
Poder Público

Avalia Aplica
infrações Penalidades
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Funcional Poder Hierárquico


Vínculo com a
Administração
Pública
Supremacia do
Contratual
Interesse Público

2.5 - Poder Regulamentar e Poder Normativo

Poder Chefe do Conceito


Regulamento executivo restrito

Poder Demais Conceito


Normativo autoridades Amplo

Professor Jonatas Albino do Nascimento 7 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Regulamentos

Executivos Autônomos Autorizados


Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

2.6- Poder de Polícia – Noções Gerais

CTN:
“Art. 78. Considera-se poder de polícia atividade da administração
pública que, limitando ou disciplinando direito, interesse ou
liberdade, regula a prática de ato ou abstenção de fato, em razão
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

de interesse público concernente à segurança, à higiene, à ordem,


aos costumes, à disciplina da produção e do mercado, ao exercício de
atividades econômicas dependentes de concessão ou autorização do
Poder Público, à tranqüilidade pública ou ao respeito à propriedade e
aos direitos individuais ou coletivos. ”

Conceito Amplo Conceito Estrito

Atos dos Poderes Executivo e Apenas Atos do Poder


Legislativo Executivo

Poder de polícia Originário •Exercido pela Administração Pública Direta

• Exercido pelas entidades de direito púbico


Poder de polícia Derivado
da Administração Pública Indireta

4 – Abuso de Poder

O abuso de poder pode ocorrer tanto por condutas comissivas quanto


omissivas e pode assumir duas formas:

Professor Jonatas Albino do Nascimento 8 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

 Excesso de poder: Se o agente público extrapolar os limites de sua


competência, estará atuando com excesso de poder; e
 Desvio de poder: Também chamado de desvio de finalidade, ocorre
quando o agente público atua buscando fim diverso do previsto para
o ato ou contrário ao interesse público.
Enquanto o excesso de poder está associado ao vício no elemento
competência, o desvio de poder está ligado o vício no elemento
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

finalidade.

Abuso de Poder

Excesso de poder Desvio de finalidade


Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Vício do elemento competência Vício do elemento finalidade

Terminada a parte teórica, vamos aos exercícios!

Professor Jonatas Albino do Nascimento 9 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

5 – Questões Comentadas

5.1 – CESPE
1. (CESPE / Técnico Administrativo / TRE-GO / 2015)
Julgue o item que se segue, referentes aos poderes da administração pública.
Poder disciplinar é aquele que permite à administração pública disciplinar, de
forma concreta, a aplicação de leis gerais e abstratas.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Comentários.
Afirmativa incorreta. O examinador na verdade descreveu o poder normativo.
Poder disciplinar é a capacidade da Administração Pública de aplicar punições
disciplinares a seus agentes.
Gabarito 1. Errado.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

2. (CESPE / Técnico Judiciário / TRE-MG / 2009)


Considerando que há verdadeira relação de coordenação e de subordinação
entre os órgãos integrantes da administração pública, não constitui
decorrência do poder hierárquico
a) a possibilidade de dar ordens aos subordinados.
b) o controle da atividade de órgãos inferiores para exame quanto à legalidade
de atos e ao cumprimento de obrigações.
c) a possibilidade de avocação de atribuições não-exclusivas do órgão
subordinado.
d) a delegação de atribuições não-privativas.
e) a limitação ao exercício de direitos individuais em benefício do interesse
público.
Comentários.
A alternativa incorreta é a letra E. A limitação do exercício e fruição de direitos
individuais em prol da sociedade é feita por meio do exercício do poder de
polícia.
As demais alternativas fazem alusão ao poder hierárquico, citado pelo
examinador no enunciado da questão. O poder hierárquico permite à
Administração Pública distribuir atribuições e responsabilidades para seus
órgãos e servidores, o que está em plena consonância com as possibilidades
trazidas nas alternativas A, C e D. Ademais, como decorrência desse conceito
reproduzido, teremos o conteúdo trazido na letra B. É mera decorrência lógica.
O exame da legalidade e cumprimento das obrigações será a verificação da
obediência à distribuição de responsabilidades anteriormente citadas.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 10 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Gabarito 2. E.

3. (CESPE/Técnico Judiciário - Área Administrativa/TER-MG/2009)


Considerando que há verdadeira relação de coordenação e de subordinação
entre os órgãos integrantes da administração pública, não constitui
decorrência do poder hierárquico
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

a) a possibilidade de dar ordens aos subordinados.


b) o controle da atividade de órgãos inferiores para exame quanto à legalidade
de atos e ao cumprimento de obrigações.
c) a possibilidade de avocação de atribuições não-exclusivas do órgão
subordinado.
d) a delegação de atribuições não-privativas.
e) a limitação ao exercício de direitos individuais em benefício do interesse
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

público.
Comentários.
A alternativa incorreta é a letra E. A limitação do exercício e fruição de direitos
individuais em prol da sociedade é feita por meio do exercício do poder de
polícia.
As demais alternativas fazem alusão ao poder hierárquico, citado pelo
examinador no enunciado da questão. O poder hierárquico permite à
Administração Pública distribuir atribuições e responsabilidades para seus
órgãos e servidores, o que está em plena consonância com as possibilidades
trazidas nas alternativas A, C e D. Ademais, como decorrência desse conceito
reproduzido, teremos o conteúdo trazido na letra B. É mera decorrência lógica.
O exame da legalidade e cumprimento das obrigações será a verificação da
obediência à distribuição de responsabilidades anteriormente citadas.
Gabarito 3. E.

4. (CESPE/Técnico Judiciário - Área Judiciária/TJ-CE/2014)


Assinale a opção correta no que se refere aos poderes e deveres dos
administradores públicos.
a) Caracteriza-se desvio de finalidade quando o agente atua além dos limites
de sua competência, buscando alcançar fins diversos daqueles que a lei
permite.
b) Há excesso de poder quando o agente, mesmo que agindo dentro de sua
competência, exerce atividades que a lei não lhe conferiu.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 11 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

c) Em caso de omissão do administrador, o administrado pode exigir, por via


administrativa ou judicial, a prática do ato imposto pela lei.
d) No exercício do poder hierárquico, os agentes superiores têm competência,
em relação aos agentes subordinados, para comandar, fiscalizar atividades,
revisar atos, delegar, avocar atribuições e ainda aplicar sanções.
e) O poder de agir da administração refere-se à sua faculdade para a prática
de determinado ato de interesse público.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Comentários.
A alternativa correta é a letra C. O prejuízo a direito de terceiro pode decorrer
de ato administrativo ou da omissão da administração, que poderá ser
corrigida por via administrativa ou judicial.
A alternativa A é incorreta. O examinador descreveu na verdade o conceito de
excesso de poder. Desvio de finalidade é quando o agente procura atingir fim
diverso do que a lei determina que deva atingir.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

A questão B está incorreta. O examinador usa uma frase conflitante, pois se o


examinador exerce atividades que a lei não conferiu está atuando fora de sua
competência, o que é excesso de poder. O erro da alternativa é a descrição
incorreta do conceito.
A alternativa D está incorreta. O conceito de poder hierárquico foi maculado
apenas quando o examinador incluiu a possibilidade de aplicar sanções, o que
tornou a questão incorreta.
A alternativa E está incorreta. Não há faculdade para atuar em prol do
interesse público, há dever. Mais detalhadamente há o poder-dever de agir. O
fato de haver atos discricionários não afasta esse conceito. O ato
discricionário, analisados conveniência e oportunidade, estará obedecendo ao
interesse público sendo editado ou não.
Gabarito 4. C.

5. (CESPE/Analista Judiciário - Judiciária/TJ-DFT/2015)


Julgue o próximo item, em relação ao poder de polícia, à desapropriação e aos
serviços públicos.
O STF entende ser constitucional a atribuição, pelo município, do exercício do
poder de polícia de trânsito a guardas municipais, inclusive no que se refere à
imposição de sanções administrativas legalmente previstas.
Comentários.
Afirmativa correta. Trata-se de jurisprudência da Suprema Corte em que foi
definida a legalidade da situação acima descrita (Recurso Extraordinário n°
658.570).

Professor Jonatas Albino do Nascimento 12 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Gabarito 5. Certo.

6. (CESPE / Agente da Polícia / Polícia Federal / 2014)


Acerca dos poderes administrativos e da responsabilidade civil do Estado,
julgue item que se segue.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

A aplicação de sanção administrativa contra concessionária de serviço público


decorre do exercício do poder disciplinar.
Comentários.
Afirmativa correta. O Poder Disciplinar da administração respalda a aplicação
de sanção mesmo àqueles que a ela estejam temporariamente vinculados.
Gabarito 6. Certo.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

7. (CESPE / Analista de Administração Pública / 2014)


Considere que, durante uma fiscalização, fiscais do DF tenham encontrado
alimentos com prazo de validade expirado na geladeira de um restaurante.
Diante da ocorrência, lavraram auto de infração, aplicaram multa e
apreenderam esses alimentos. Com base na situação hipotética apresentada,
julgue o item subsecutivo.
Diante do risco à saúde da população, as mercadorias com prazo de validade
expirado poderão ser imediatamente apreendidas, mesmo antes da abertura
de processo administrativo e sem prévio contraditório do proprietário do
estabelecimento.
Comentários.
Afirmativa correta. Temos uma hipótese de atuação da Administração Pública
por meio do Poder de Polícia. Ainda, no caso considerado, teremos o
contraditório diferido. Ainda, o risco à coletividade seria considerável caso
fosse aberto processo administrativo para possível posterior apreensão.
Gabarito 7. Certo.

8. (CESPE / Analista Judiciário / TRE-BA / 2010)


Com relação ao processo administrativo e aos poderes conferidos
à administração pública, julgue os itens que se seguem.
O poder de polícia, considerado como a atividade do Estado limitadora do
exercício dos direitos individuais em benefício do interesse público, é atribuído
com exclusividade ao Poder Executivo.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 13 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Comentários.
Afirmativa incorreta. O poder de polícia é exercido pelos Poderes Legislativo e
Executivo. O Legislativo edita as leis que respaldarão a ação do Executivo, por
isso o poder de polícia “nasce” nele.
Gabarito 8. Errado.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

9. (CESPE / Conhecimentos Básicos - Cargos 1, 18, 19, 37 e 38 /


TCE-PA / 2016).
A respeito dos agentes públicos e dos poderes da administração pública,
julgue o item que se segue.
Quando um servidor detentor de cargo de chefia assina expediente em
concordância com o conteúdo de ato elaborado por servidor subordinado, está
caracterizada uma expressão do poder hierárquico.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Comentários.
Afirmativa correta. A revisão de atos dos subordinados pode ser considerada
expressão do poder hierárquico.
Gabarito 9. Certo.

10. (CESPE / Auditor de Controle Externo – Procuradoria / TCE-PA /


2016)
O Congresso Nacional aprovou uma reforma administrativa proposta pelo
presidente da República que reduziu o número de ministérios. Nesse contexto,
o Ministério do Trabalho e Emprego e o Ministério da Previdência Social foram
fundidos, tornando-se Ministério do Trabalho e Previdência Social. A partir
dessa situação hipotética, julgue o item a seguir.
A referida reforma administrativa poderia ter se materializado com a edição de
decreto autônomo, em decorrência do poder regulamentar do presidente da
República.
Comentários.
Afirmativa incorreta. O presidente não pode extinguir órgãos públicos
mediante decreto.
CF/88. Art. 84. Compete privativamente ao Presidente da República:
VI – dispor, mediante decreto, sobre:
a) organização e funcionamento da administração federal, quando não implicar
aumento de despesa nem criação ou extinção de órgãos públicos;
Gabarito 10. Errado.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 14 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

11. (CESPE / Analista Técnico – Administrativo / DPU / 2016)


Acerca da organização administrativa da União, da organização e da
responsabilidade civil do Estado, bem como do exercício do poder de polícia
administrativa, julgue o item que se segue.
A edição de ato normativo constitui exemplo do exercício do poder de polícia
pela administração pública.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Comentários.
Afirmativa correta. Segundo a doutrina, o poder de polícia pode ser avaliado
sob os conceitos amplo e estrito. No conceito amplo, estariam englobados
tanto os atos do Poder Executivo quanto as leis expedidas pelo Poder
Legislativo, que acabam definindo o sistema que deve ser obedecido pelos
cidadãos.
Já no conceito estrito, apenas os atos do Poder Executivo que impliquem
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

limitações aos particulares em prol da coletividade fariam parte do poder de


polícia. Notem que tanto os atos de efeitos concretos quanto os atos
normativos expedidos pelo Poder Executivo estão contidos nesse conceito.
Gabarito 11. Certo.

12. (CESPE / Técnico em Assuntos Educacionais / 2016)


No que se refere aos poderes da administração pública e aos serviços públicos,
julgue o item subsecutivo.
O poder de polícia, decorrente da supremacia geral do interesse público,
permite que a administração pública condicione ou restrinja o exercício de
atividades, o uso e gozo de bens e direitos pelos particulares, em nome do
interesse público.
Comentários.
Afirmativa correta. O poder de polícia é a capacidade que detém o Estado de
restringir direitos e garantias individuais em benefício da coletividade, com
base no princípio da supremacia do interesse público.
Em regra, o poder de polícia tem caráter discricionário. Porém há situações em
que se torna vinculado, se a norma que o trata assim definir.
Gabarito 12. Certo.

13. (CESPE / Técnico em Assuntos Educacionais / 2016)


No que se refere aos poderes da administração pública e aos serviços públicos,
julgue o item subsecutivo.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 15 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Configura-se desvio de poder ou de finalidade quando o agente atua fora dos


limites de suas atribuições, ou seja, no caso de realizar ato administrativo não
incluído no âmbito de sua competência.
Comentários.
Afirmativa incorreta. Trata-se na verdade de desvio de competência, espécie
do gênero abuso de poder. O desvio de finalidade ocorre quando o agente tem
competência para o ato, mas o faz tem como finalidade diversa da prevista em
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

lei.
Gabarito 13. Errado.

14. (CESPE / Auditor de Controle Externo / TCE-PA / 2016)


Acerca dos servidores públicos, dos poderes da administração pública e do
regime jurídico-administrativo, julgue o item que se segue.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Situação hipotética: O proprietário de determinado restaurante recebeu


notificação na qual constava a determinação de que a obra que havia sido
irregularmente realizada na calçada do referido estabelecimento, para a
colocação de mesas, teria de ser demolida.
Assertiva: Nesse caso, decorrendo o prazo sem cumprimento da ordem, a
administração poderá promover a demolição sob o manto da
autoexecutoriedade dos atos administrativos e do poder de polícia.
Comentários.
Afirmativa correta. A questão cita corretamente a autoexecutoriedade, que
permite à Administração Pública executar seus atos de forma independente da
apreciação do Poder Judiciário. Obviamente, esses atos devem estar
acobertados pela lei.
Gabarito 14. Certo.

15. (CESPE/Advogado da União/AGU/2015)


Foi editada portaria ministerial que regulamentou, com fundamento direto no
princípio constitucional da eficiência, a concessão de gratificação de
desempenho aos servidores de determinado ministério.
Com referência a essa situação hipotética e ao poder regulamentar, julgue o
próximo item.
As portarias são qualificadas como atos de regulamentação de segundo grau.
Comentários.
Afirmativa correta. As portarias são qualificadas como atos de regulamentação
de segundo grau.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 16 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Os atos de primeiro grau são regulamentos e decreto. Os de segundo grau são


portarias, instruções normativas, orientações normativas e resoluções.
Gabarito 15. Certo.

16. (CESPE / Técnico Administrativo / ANS / 2013)


A respeito dos poderes administrativos, julgue os itens seguintes.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

O ato de aplicação de penalidade deverá ser sempre motivado.


Comentários.
Afirmativa correta. Não só as aplicações de penalidades, como todos os atos
da Administração Pública.
Gabarito 16. Certo.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

17. (CESPE / Agente Administrativo / TCE-RO / 2013)


A respeito de atos administrativos e dos poderes administrativos, julgue os
próximos itens.
O poder discricionário é um poder absoluto e intocável, concretizando-se no
momento em que o ato é praticado pela administração.
Comentários.
Afirmativa incorreta. Todos os atos do administrador estão sujeitos à lei e por
ela limitados. O poder discricionário, em que pese existência de juízo de
conveniência e oportunidade por parte do administrador, está sujeito aos
limites da lei, não sendo absoluto ou intocável.
Gabarito 17. Errado.

18. (CESPE / Agente Administrativo / Polícia Federal / 2014)


Julgue os itens que se seguem, relativos aos atos administrativos e poderes da
administração.
O poder para a instauração de processo administrativo disciplinar e aplicação
da respectiva penalidade decorre do poder de polícia da administração.
Comentários.
Afirmativa incorreta. O que na questão encontra-se descrito é o poder
disciplinar da Administração Pública. Poder de polícia se manifesta com a
capacidade da administração de limitar ou regular o exercício de determinados
direitos em prol da sociedade.
Gabarito 18. Errado.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 17 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

19. (CESPE/SUFRAMA/Geral/2014)
Julgue o item que se segue, relativo aos agentes públicos, aos poderes
administrativos e à responsabilidade civil do Estado.
O poder discricionário confere ao administrador, em determinadas situações, a
prerrogativa de valorar determinada conduta em um juízo de conveniência e
oportunidade que se limita até a prática do ato, tendo em vista a
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

impossibilidade de revogá-lo após a produção de seus efeitos por ofensa ao


princípio da legalidade e do direito adquirido de terceiros de boa-fé.
Comentários.
A assertiva peca ao dizer que o ato discricionário deixa de ser revogável após
a prática do ato. Os atos discricionários podem sempre ser revogados.
Gabarito 19. Errado.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

20. (CESPE - Ag Adm - SUFRAMA/2014)


A legislação concede à administração poderes extraordinários, necessários
para que o Estado alcance os seus fins. Em relação aos poderes da
administração pública, julgue o item seguinte.
O poder hierárquico confere aos agentes superiores o poder para avocar e
delegar competências.
Comentários.
Perfeito o item. É do poder hierárquico que surge a competência dos
superiores para delegar e avocar competências.
Gabarito 20. Certo.

21. (CESPE - TJ TRE GO - Administrativa/2015)


Julgue o item que se segue, referente aos poderes da administração pública.
O poder hierárquico é aquele que confere à administração pública a
capacidade de aplicar penalidades.
Comentários.
O poder hierárquico disciplinar é aquele que confere à administração
pública a capacidade de aplicar penalidades.
Gabarito 21. Certo.

22. (CESPE - Ag Adm - SUFRAMA/2014)

Professor Jonatas Albino do Nascimento 18 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

A legislação concede à administração poderes extraordinários, necessários


para que o Estado alcance os seus fins. Em relação aos poderes da
administração pública, julgue o item seguinte.
Poder regulamentar é o poder que a administração possui de editar leis,
medidas provisórias, decretos e demais atos normativos para disciplinar a
atividade dos particulares.
Comentários.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Como vimos, o poder regulamentar é a capacidade do chefe do executivo de


editar atos normativos. O conceito apontado pela questão é muito mais amplo,
colocando inclusive atos primários como as medidas provisóarias.
Gabarito 22. Errado.

23. (CESPE - Ag Adm (SUFRAMA) /2014)


A legislação concede à administração poderes extraordinários, necessários
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

para que o Estado alcance os seus fins. Em relação aos poderes da


administração pública, julgue o item seguinte.
Em decorrência do poder de polícia, a administração pode condicionar ou
restringir os direitos de terceiros, em prol do interesse da coletividade.
Comentários.
Perfeita a assertiva. Como vimos a ideia do poder de polícia é exatamente o
predomínio do interesse público sobre o interesse privado. Com base nesse
conceito é legítimo condicionar e restringir direitos de terceiros em prol da
coletividade.
Gabarito 23. Certo.

24. (CESPE/2013/MC/Todos os Cargos)


A respeito dos princípios básicos da administração e dos poderes da
administração, julgue o item subsequente.
O exercício da discricionariedade tanto pode concretizar-se no momento em
que o ato é praticado, quanto posteriormente, no momento em que a
administração revoga sua decisão.
Comentários:
O poder discricionário representa o poder que tem a Administração Pública de
executar os chamados atos discricionários, que correspondem aos atos cujos
elementos formadores do mérito administrativo (motivo e objeto) estão
sujeitos a certo grau de valoração.
Assim, o exercício dessa discricionariedade pode concretizar-se na prática do
ato (ao se graduar a aplicação de uma multa dentro de limites estabelecidos -

Professor Jonatas Albino do Nascimento 19 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

R$1.000,00 a R$5.000,00) ou posteriormente quando a administração revoga


ato administrativo válido e legítimo, mas que por algum motivo deixou de ser
oportuno ou conveniente.
Estudaremos na nossa próxima aula o ato administrativo e uma das suas
formas de extinção: a revogação, que consiste em retirar (revogar) ato
administrativo válido e legítimo, mas que por algum
motivo deixou de ser oportuno ou conveniente.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

É consequência do poder discricionário.


Gabarito 24. Certo.

25. (CESPE/2013/TRT-17ª Região (ES)/Analista Judiciário – Área


Administrativa)
No que se refere aos poderes da administração, julgue os itens a seguir.
O poder discricionário diz respeito à liberdade de atuação que possui a
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

administração pública, podendo valorar a oportunidade e a conveniência da


prática de ato administrativo, desde que sejam respeitados os limites legais.
Comentários:
O Poder Discricionário representa o poder que tem a Administração Pública de
executar os chamados atos discricionários, que correspondem aos atos cujos
elementos formadores do mérito administrativo (motivo e objeto) estão
sujeitos a certo grau de valoração. A questão define de maneira correta o
citado poder.
Gabarito 25. Certo.

26. (CESPE/2013/ANS/Técnico Administrativo)


A respeito dos poderes administrativos, julgue os itens seguintes.
O ato discricionário implica liberdade de atuação administrativa, contudo
sempre nos limites previstos em lei.
Comentários:
O Poder Discricionário realmente concede certa liberdade na atuação em
relação aos elementos formadores do mérito administrativo (motivo e objeto),
que estarão sujeitos a certo grau de valoração. Porém, essa liberdade deve
sempre observar os limites da lei.
Gabarito 26. Certo.

27. (CESPE/2013/TJ-RR/Administrador)

Professor Jonatas Albino do Nascimento 20 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Define-se poder discricionário como o poder que o direito concede à


administração para a prática de atos administrativos com liberdade na escolha
de sua conveniência, oportunidade e conteúdo, estando a administração, no
exercício desse poder, imune à apreciação do Poder Judiciário.
Comentários:
O poder discricionário representa o poder que tem a Administração Pública de
executar os chamados atos discricionários, que correspondem aos atos cujos
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

elementos formadores do mérito administrativo (motivo e objeto) estão


sujeitos a certo grau de valoração. Há sim liberdade na escolha da
conveniência, oportunidade e conteúdo do ato.
O erro da questão é afirmar que a administração no exercício do Poder
Discricionário está imune à apreciação do Poder Judiciário. Segundo questão
do CESPE:
(CESPE/2013/TRT-17ª Região (ES)/Analista Judiciário – Área Administrativa)
O poder discricionário diz respeito à liberdade de atuação que possui a
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

administração pública, podendo valorar a oportunidade e a conveniência da


prática de ato administrativo, desde que sejam respeitados os limites legais.
Gabarito: Certo
Os limites legais devem ser respeitados. O Judiciário não pode apreciar o
mérito do ato válido e legítimo conforme a lei (não pode revogá-lo). Mas no
caso de um ato que não respeite os limites legais (ou seja ilegal), pode sim o
Judiciário apreciar o ato e decidir pela sua anulação.
Gabarito 27. Errado.

28. (CESPE/2011/TCU/ AFCE – Auditoria de Obras Públicas)


A razoabilidade funciona como limitador do poder discricionário do
administrador.
Comentários:
O princípio da razoabilidade determina que todo o setor público deve atuar de
forma coerente, racional, tendo uma conduta adequada à situação em
questão.
Desta forma, ele funciona como limitador do poder discricionário, já que este
diz respeito à liberdade de atuação que possui a administração pública,
podendo valorar a oportunidade e a conveniência da prática de ato
administrativo, desde que sejam respeitados os limites legais.
Gabarito 28. Certo.

29. (CESPE/2010/TRT – 21ª Região (RN) / Analista Judiciário –


Área Judiciária)

Professor Jonatas Albino do Nascimento 21 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Segundo a doutrina, o poder de polícia tanto pode ser discricionário quanto


vinculado.
Comentários:
O poder de polícia é a capacidade que detém o Estado de restringir direitos e
garantias individuais em benefício da coletividade, com base no princípio da
supremacia do interesse público.
Em regra, o poder de polícia tem caráter discricionário. Porém há situações em
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

que se torna vinculado, se a norma que o trata assim definir.


Gabarito 29. Certo.

30. (CESPE/2010/TRT – 21ª Região (RN) / Analista Judiciário –


Área Judiciária)
Pelo poder hierárquico, são possíveis a apuração de faltas funcionais e a
aplicação de punições ao agente infrator.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Comentários:
O poder hierárquico está associado à
própria organização da Administração Pública. Por esse poder, é possível
definir a estrutura hierárquica, estabelecendo os órgãos da cúpula e todos os
demais que lhes são subordinados, bem como a hierarquia entre si.
Além da questão estrutural, tal poder permite a organização
das funções dos agentes públicos, definindo quais são os superiores
hierárquicos/chefes de cada unidade e setor. A implicação disso é que o
superior pode mandar nos seus subordinados e fiscalizar sua atuação.

Percebe-se que a palavra associada ao poder hierárquico é organização. Já a


disciplina dos agentes e pessoas vinculadas à Administração fica a cargo
do poder disciplinar, que é a capacidade que detém a Administração Pública
de verificar infrações e aplicar penalidades aos agentes e demais
pessoas (físicas e jurídicas) que possuam algum vínculo com ela, como
afirma a questão.
Gabarito 30. Errado.

31. (CESPE/2013/ANP/Todos os cargos)


Poder regulamentar tem por finalidade complementar as leis no intuito de
possibilitar sua execução. A finalidade do poder discricionário é propiciar a
prática de atos administrativos insuscetíveis de controle do Poder Judiciário.
Comentários:

Professor Jonatas Albino do Nascimento 22 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

O poder Regulamentar é o poder que detém


o chefe do executivo para editar atos administrativos normativos. Tais
atos precisam ter caráter geral e abstrato.
Mas e se esses regulamentos forem publicados por outras
autoridades, que não os chefes do executivo? Isso é possível? Segundo a
doutrina majoritária é possível, mas aí estaríamos diante
do poder normativo.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

A primeira parte da questão está correta, conforme os ensinamentos acima. O


erro está em afirmar que os atos praticados em função do poder discricionário
são insuscetíveis de controle do Poder Judiciário. Isso já foi afirmado em outra
questão do CESPE:
(CESPE/2013/TRT-17ª Região (ES)/Analista Judiciário – Área Administrativa)
O poder discricionário diz respeito à liberdade de atuação que possui a
administração pública, podendo valorar a oportunidade e a conveniência da
prática de ato administrativo, desde que sejam respeitados os limites legais.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Gabarito: Certo
Os limites legais devem ser respeitados. O Judiciário não pode apreciar o
mérito do ato válido e legítimo conforme a lei (não pode revogá-lo). Mas no
caso de um ato que não respeite os limites legais (ou seja ilegal), pode sim o
Judiciário apreciar o ato e decidir pela sua anulação.
Gabarito 31. Errado.

32. (CESPE/2015/MPU/Técnico do MPU – Segurança Institucional e


Transporte)
O servidor responsável pela segurança da portaria de um órgão público
desentendeu-se com a autoridade superior desse órgão. Para se vingar do
servidor, a autoridade determinou que, a partir daquele dia, ele anotasse os
dados completos de todas as pessoas que entrassem e saíssem do imóvel.
Com referência a essa situação hipotética, julgue o item que se segue.
O ato da autoridade superior foi praticado no exercício de seu poder
disciplinar.
Comentários:
O poder hierárquico está associado à própria organização da
Administração Pública. Por esse poder, é possível definir a estrutura
hierárquica, estabelecendo os órgãos da cúpula e todos os demais que lhes
são subordinados, bem como a hierarquia entre si. Além da questão
estrutural, tal poder permite a organização das funções dos agentes públicos,
definindo quais são os superiores hierárquicos/chefes de cada unidade e setor.
A implicação disso é que o superior pode mandar nos seus subordinados e
fiscalizar sua atuação.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 23 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Já o poder disciplinar está associado à capacidade que detém a


Administração Pública de verificar infrações e aplicar penalidades aos agentes
e demais pessoas (físicas e jurídicas) que possuam algum vínculo com ela.
De acordo com a questão, a autoridade superior ordenou que o subordinado
anotasse todos os dados das pessoas que entrassem/saíssem do imóvel. A
ordem, ainda que tenha sido exarada com desvio de finalidade, deve ser
executada pelo subordinado. Isso decorre do poder hierárquico e não do
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

disciplinar, já que não houve infração na conduta do subordinado ou aplicação


de penalidade pela autoridade superior (de acordo com a questão).
Gabarito 32. Errado.

33. (CESPE/2015/TER-GO/Técnico Judiciário – Área Administrativa)


Julgue o item que se segue, referentes aos poderes da administração pública.
O poder hierárquico é aquele que confere à administração pública a
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

capacidade de aplicar penalidades.


Comentários:

Já o poder hierárquico está associado à:

Professor Jonatas Albino do Nascimento 24 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Para a redação da questão ficar correta devemos trocar a palavra hierárquico


Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

por disciplinar: O poder disciplinar é aquele que confere à administração


pública a capacidade de aplicar penalidades.
Gabarito 33. Errado.

34. (CESPE/2015/FUB/Auditor)
Acerca dos poderes administrativos, julgue o item que se segue.
O âmbito de incidência do poder disciplinar da administração pública está
restrito aos servidores públicos.
Comentários:
Entende-se por poder disciplinar a capacidade que detém a Administração
Pública de verificar infrações e aplicar penalidades aos agentes e demais
pessoas (físicas e jurídicas) que possuam algum vínculo com ela.
Assim, os concessionários de serviços públicos, por exemplo, estão no âmbito
de incidência do poder disciplinar, já que possuem vínculo com
a Administração Pública.
Gabarito 34. Errado.

35. (CESPE/2015/DPU/Defensor Público Federal de Segunda


Categoria)
Julgue o item a seguir, que tratam da hierarquia e dos poderes da
administração pública.
A hierarquia é uma característica encontrada exclusivamente no exercício da
função administrativa, que inexiste, portanto, nas funções legislativa e
jurisdicional típicas.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 25 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Comentários:
O poder hierárquico se faz presente em todos os Poderes (Executivo,
Legislativo e Judiciário) de todas as esferas (Federal, Estadual, Distrital e
Municipal), uma vez sempre há uma estrutura administrativa presente para a
execução dos objetivos de cada órgão/entidade.
É importante se atentar ao fato de que no Poder Executivo a hierárquica se
faz presente em sua função típica (administrativa) enquanto que nos Poderes
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Legislativo e Judiciário o poder hierárquico se faz presente em funções


atípicas (função administrativa, já que as típicas são a legislativa e
jurisdicional).
Gabarito 35. Certo.

36. (CESPE/2014/DPU/Polícia Federal/Agente de Polícia Federal)


Acerca dos poderes administrativos e da responsabilidade civil do Estado,
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

julgue item que se segue.


A aplicação de sanção administrativa contra concessionária de serviço público
decorre do exercício do poder disciplinar.
Comentários:
Entende-se por poder disciplinar a capacidade que detém a Administração
Pública de verificar infrações e aplicar penalidades aos agentes e demais
pessoas (físicas e jurídicas) que possuam algum vínculo com ela, como as
concessionárias de serviços público.
Gabarito 36. Certo.

37. (CESPE/2014/ANTAQ/Conhecimentos Básicos – Cargos 1 a 4)


Em relação aos atos administrativos, aos agentes públicos, aos poderes
administrativos e à responsabilidade do Estado, julgue o item que se segue.
O ato de delegação de competência, revogável a qualquer tempo pela
autoridade delegante, decorre do poder administrativo hierárquico.
Comentários:
O poder hierárquico está associado à própria organização da Administração
Pública. Por esse poder é possível definir a estrutura hierárquica,
estabelecendo os órgãos da cúpula e todos os demais que lhes são
subordinados, bem como a hierarquia entre si.
Além da questão estrutural, tal poder permite a organização
das funções dos agentes públicos, definindo quais são os superiores
hierárquicos/chefes de cada unidade e setor.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 26 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

 A implicação disso é que o superior pode mandar nos seus


subordinados e fiscalizar sua atuação.
 Os superiores podem também delegar atribuições aos seus
subordinados e rever os atos por estes praticados. Entende-se por delegação
a transferência precária de atribuições que antes eram apenas da
autoridade delegante. Diz-se que tal delegação é precária porque o superior
pode retirar tal delegação a qualquer tempo.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Gabarito 37. Certo.

38. (CESPE/2014/ANTAQ/Técnico Administrativo)


Em relação aos poderes da administração pública, julgue o item abaixo.
A edição de decretos está embasada no poder regulamentar, exclusivo do
chefe do Poder Executivo.
Comentários:
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

O poder Regulamentar é o poder que detém o chefe do executivo para editar


atos administrativos normativos. Tais atos precisam ter caráter geral e
abstrato.
O gabarito provisório da questão foi certo. O gabarito final foi anulado, pois o
CESPE justificou que a palavra "exclusivo" prejudicava o julgamento objetivo
do item.
A palavra "exclusivo" prejudicou a questão, pois:
1. Decretos regulamentares, correspondem aos regulamentos de
caráter geral e abstrato que possibilitem o fiel cumprimento da lei, de acordo
com o art. 84, IV da CF/88. Apesar da CF/88 se referir apenas ao Presidente,
tal mandamento se aplica por simetria a todos os chefes do poder executivo
(governadores e prefeitos). Tal competência do chefe do executivo é
indelegável.
2. Decretos autônomos são atos privativos do chefe do executivo
previstos na CF/88 (art. 84, VI) que podem ser delegados aos Ministros de
Estado.

Gabarito 38. Anulada

39. (CESPE/2015/FUB/Auditor)
Acerca dos poderes administrativos, julgue o item que se segue.
O exercício do poder de polícia é delegável a pessoas jurídicas de direito
privado.
Comentários:

Professor Jonatas Albino do Nascimento 27 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Independentemente de o poder de polícia ser exercido pela Administração


Pública Direta ou Indireta, predomina na doutrina e na jurisprudência do
STF o entendimento que o poder de polícia só pode ser exercido por entidades
de direito público e nunca por entidades de direito privado.
Apesar do descrito acima, devemos ressaltar que o STJ já admitiu em seu
julgamento que as atividades de consentimento e fiscalização do ciclo de
polícia poderiam ser delegadas a entidade de direito privado da Administração
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Pública Indireta. Em provas de concurso recomendamos ao candidato avaliar


criteriosamente as opções de resposta e como regra adotar o entendimento
ainda vigente pela maioria da doutrina de que o poder de polícia não pode ser
delegado a entidade de direito privado.
Gabarito 39. Errado.

40. (CESPE/2015/MPU/Analista do MPU – Conhecimentos Básicos)


Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Com relação ao controle da administração e ao poder de polícia administrativa,


julgue o item seguinte.
O poder de polícia administrativa, que incide sobre as atividades, os bens e os
próprios indivíduos, tem caráter eminentemente repressivo.
Comentários:

De acordo com o nosso esquema, verificamos que o poder de polícia


administrativa é predominantemente preventivo.
Gabarito 40. Errado.

41. (CESPE/2015/MPOG/Técnico de Nível Superior – Cargo 22)

Professor Jonatas Albino do Nascimento 28 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Considerando os poderes regulamentar, disciplinar e hierárquico da


administração pública, julgue o seguinte item.
A administração, quando aplica sanção administrativa a uma pessoa que
descumpre as normas de vigilância sanitária, atua no exercício do poder
disciplinar, que se baseia na ideia de supremacia geral e se dirige a todos os
administrados de forma indistinta.
Comentários:
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Entende-se por poder disciplinar a capacidade que detém a Administração


Pública de verificar infrações e aplicar penalidades aos agentes e demais
pessoas (físicas e jurídicas) que possuam algum vínculo com ela.
Já o poder de polícia é aplicado sobre os particulares que não
tem vínculo com a Administração Pública.
Gabarito 41. Errado.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

42. (CESPE/2015/DPU/Defensor Público Federal de Segunda


Categoria)
Julgue o item a seguir, que tratam da hierarquia e dos poderes da
administração pública.

A multa, como sanção resultante do exercício do poder de polícia


administrativa, não possui a característica da autoexecutoriedade.
Comentários:
O poder de polícia possui 3 atributos: discricionariedade, autoexecutoriedade e
coercibilidade.
A Autoexecutoriedade corresponde à capacidade de a autoridade
administrativa decidir e praticar os atos de
polícia sem necessidade de intervenção do Judiciário. Obviamente, nem todos
os atos de polícia têm esse atributo presente. Na verdade,
são duas as situações em que verificamos tal atributo:

 Quando expressamente previstos em lei.


 Mesmo não estando previstos em lei, se a situação
configurar urgência e requerer a imediata execução do ato.
Alguns autores desdobram esse atributo em dois (esse é o entendimento
do CESPE), sendo:
 Exigibilidade: capacidade da Administração Pública de tomar
decisões executórias. Aqui estariam os meios indiretos de coação das
medidas.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 29 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

 Executoriedade: poder da Administração Pública de


efetivamente executar suas decisões, podendo inclusive fazer uso de força
física, quando necessário. A executoriedade representaria os meios diretos de
coação.
O ponto chave para acertar a questão é que, em relação às multas, há duas
situações:

1. A aplicação de uma multa: reflete o atributo da exigibilidade.


Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

2. A cobrança da multa não tem a força da executoriedade, já que é


necessária a utilização dos meios para isso (inclusão em dívida ativa e ação de
execução, havendo a necessidade de participação do Poder Judiciário).
Gabarito 42. Certo.

43. (CESPE/2012/PRF/Agente Administrativo)


Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

É o atributo da autoexecutoriedade o que permite à administração pública


aplicar multas de trânsito ao condutor de um veículo particular.
Comentários:
Segundo os comentários da questão anterior, em relação às multas o
posicionamento do CESPE de dividir o atributo da autoexecutoriedade em
exigibilidade e executoriedade é seguinte:

1. A aplicação de uma multa: reflete o atributo da exigibilidade (meios


indiretos).
2. A cobrança da multa não tem a força da executoriedade, já que é
necessária a utilização dos meios para isso (inclusão em dívida ativa e ação de
execução, havendo a necessidade de participação do Poder Judiciário).
Assim: É o atributo da autoexecutoriedade exigibilidade o que permite à
administração pública aplicar multas de trânsito ao condutor de um veículo
particular.
Gabarito 43. Errado.

44. (CESPE/2013/TRT – 10ª Região (DF e TO)/Analista Judiciário –


Área Administrativa)
Julgue os itens a seguir, referentes a atos administrativos.
Em razão da característica da autoexecutoriedade, a cobrança de multa
aplicada pela administração não necessita da intervenção do Poder Judiciário,
mesmo no caso do seu não pagamento.
Comentários:

Professor Jonatas Albino do Nascimento 30 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Conforme comentários anteriores, a cobrança da multa não tem a força da


executoriedade, já que é necessária a utilização dos meios para isso
(inclusão em dívida ativa e ação de execução, havendo a necessidade de
participação do Poder Judiciário).
Gabarito 44. Errado.

45. (CESPE/2013/MS/Analista Administrativo)


Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Com relação aos atos administrativos, julgue os próximos itens.


O fechamento de casas noturnas é um exemplo do atributo da
autoexecutoriedade em matéria de polícia administrativa.

Comentários:
Alguns autores desdobram o atributo da autoexecutoriedade em dois
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

(esse é o entendimento do CESPE), sendo:


 Exigibilidade: capacidade da Administração Pública de tomar
decisões executórias. Aqui estariam os meios indiretos de coação das
medidas.
 Executoriedade: poder da Administração Pública de
efetivamente executar suas decisões, podendo inclusive fazer uso de força
física, quando necessário. A executoriedade representaria os meios diretos de
coação.

O fechamento de casas noturnas demonstra o atributo da executoriedade.


Gabarito 45. Certo.

46. (CESPE/2013/MS/Analista Administrativo)


Em relação aos poderes administrativos, julgue os itens subsequentes.
A autoexecutoriedade é atributo do poder de polícia e consiste em dizer que a
administração pública pode promover a sua execução por si mesma, sem
necessidade de remetê-la previamente ao Poder Judiciário.
Comentários:
Correto, conforme comentários anteriores.
Gabarito 46. Certo.

47. (CESPE/2013/MS/Analista Administrativo)

Professor Jonatas Albino do Nascimento 31 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Julgue o item seguinte, referente a agentes públicos e poder de


polícia.
A autoexecutoriedade de certos atos de poder de polícia é limitada, não sendo
possível que a administração, por exemplo, condicione a liberação de veículo
retido por transporte irregular de passageiros ao pagamento de multa
anteriormente imposta.
Comentários:
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Segundo o CESPE, a cobrança de multa aplicada pela administração necessita


da intervenção do Poder Judiciário, mesmo no caso do seu não pagamento.
Dessa forma, não pode a Administração cobrar o pagamento da multa por
outros meios que não sejam com a intervenção do Judiciário.
Gabarito 47. Certo.

48. (CESPE/2015/TRE-GO/Técnico Judiciário – Área Administrativa)


Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Julgue o item que se segue, referentes aos poderes da administração pública.


O excesso de poder, espécie de abuso de poder, ocorre quando o agente
público ultrapassa os limites impostos a suas atribuições.
Comentários:
O abuso de poder ocorrer tanto por condutas comissivas quanto omissivas e
pode assumir duas formas:
 Excesso de poder: Se o agente público extrapolar os limites de sua
competência, estará atuando com excesso de poder.
 Desvio de poder: Também chamado de desvio de finalidade, ocorre
quando o agente público atua buscando fim diverso do previsto ou
contrário ao interesse público.
Enquanto o excesso de poder está associado ao vício no elemento
competência, o desvio de poder está ligado o vício no elemento
finalidade.
Gabarito 48. Certo.

5.2 - ESAF
49. (ESAF - Ag Exec - SUSEP/2006)
O poder de que dispõe a autoridade administrativa, para distribuir e escalonar
funções de seu órgão público, estabelecendo uma relação de subordinação,
com os servidores sob sua chefia, chama-se poder
a) de polícia.
b) disciplinar.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 32 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

c) discricionário.
d) hierárquico.
e) regulamentar.
Comentários.
Como vimos o poder que está associado a capacidade da APU de escalonar as
funções dos órgãos e agentes públicos é o poder hierárquico.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Gabarito 49. D.

50. (ESAF - AFRE CE/2007)


A aplicação da penalidade de advertência a servidor público infrator, por sua
chefia imediata, é ato administrativo que expressa a manifestação do poder
a) hierárquico.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

b) regulamentar.
c) de polícia.
d) disciplinar.
e) vinculado.
Comentários.
A aplicação de penalidades pelo superior hierárquico é decorrente do poder
disciplinar. É importante não confundir com o poder hierárquico, que
possibilita que o superior exerça a liderança sobre seus subordinados.
Gabarito 50. D.

51. (ESAF - ATA MF/2009)


Não se pode enumerar como poder da Administração:
a) poder normativo.
b) poder de polícia.
c) poder hierárquico.
d) poder independente.
e) poder disciplinar.
Comentário.
Como vimos são todos os poderes descritos na questão são poderemos da
APU, exceto o poder independente que não consta como poder da APU.
Gabarito 51. D.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 33 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

52. (ESAF - TSIET/Estradas/2013)


O dever do agente público que decorre diretamente do princípio da
indisponibilidade do interesse público, sendo inerente à função daquele que
administra a coisa pública, denomina-se:
a) Dever de eficiência.
b) Dever de probidade.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

c) Dever de prestar contas.


d) Poder dever de agir.
e) Poder dever de fiscalizar.
Comentários.
O princípio da indisponibilidade do interesse público gera para aqueles que de
forma direta ou indireta lidem com bens ou valores públicos a obrigação de
prestar contas.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Gabarito 52. C.

53. (ESAF - Adv IRB/Jurídica/2006)


Considerando que o poder de polícia pode incidir em duas áreas de atuação
estatal, a administrativa e a judiciária, relacione cada área de atuação com a
respectiva característica e aponte a ordem correta.
(1) Polícia Administrativa
(2) Polícia Judiciária
( ) Atua sobre bens, direitos ou atividades.
( ) Pune infratores da lei penal.
( ) É privativa de corporações especializadas.
( ) Atua preventiva ou repressivamente na área do ilícito administrativo.
( ) Sua atuação incide apenas sobre as pessoas.
a) 1/2/2/1/2
b) 2/1/2/1/2
c) 2/2/2/1/1
d) 1/2/1/1/2
e) 1/2/2/2/1
Comentários.
Vejamos os comentários por item.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 34 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

I. Atua sobre bens, direitos ou atividades – polícia administrativa. Como


estudamos a polícia administrativa atua sobre bens, direitos e atividades
enquanto a polícia judiciária atua sobre as pessoas. 1.
II. Pune infratores da lei penal – polícia judiciária. A polícia judiciária (Polícia
Civil, Federal, Militar e Rodoviária) atua na repressão dos crimes e
contravenções penais. 2.
III. É privativa de corporações especializadas – polícia judiciária. A atuação da
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

polícia administrativa é ampla e é exercida por aqueles que têm competência


sobre a matéria. Já a polícia judiciária é restrita a certas corporações como as
polícias federal e militar. 2.
IV. Atua preventiva ou repressivamente na área do ilícito administrativo.
Polícia administrativa – ilício administrativo? Obviamente quem atua é a polícia
administrativa. Falamos que a polícia administrativa atua predominantemente
de forma preventiva, mas também realiza atividades de repressão. Notem que
aqui já sabemos que o gabarito é letra A. Vamos continuar. 1.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

V. Sua atuação incide apenas sobre as pessoas – polícia judiciária. Já


abordado nessa questão. Quem atua sobre as pessoas é a polícia judiciária. 2
Gabarito 53. A.

54. (ESAF - Proc DF/2007)


Quanto aos Poderes da Administração Pública, Desvio e Abuso de Poder
examine os itens a seguir:
I. Corolário do poder-dever de agir é a situação de ilegitimidade de que se
reveste a inércia do administrador, na medida em que lhe incumbe conduta
comissiva, podendo a omissão configurar- se como ilegal;
II. A conduta abusiva dos administradores pode decorrer da situação em que
há excesso de poder, que é a forma de abuso própria da atuação do agente
fora dos limites de sua competência administrativa;
III. Os regulamentos administrativos ou de organização contêm normas sobre
a organização administrativa ou sobre as relações entre os particulares que
estejam em situação de submissão especial ao Estado, decorrente de um título
jurídico especial;
IV. Pelo poder vinculado, compete ao superior estar permanentemente atento
aos atos praticados pelos subordinados, a fim de corrigi-los sempre que se
desviem da legalidade;
V. A discricionariedade existe, ilimitadamente, nos procedimentos previstos
para apuração da falta, uma vez que os Estatutos funcionais não estabelecem
regras rígidas como as que se impõem na esfera criminal.
A quantidade de itens corretos é igual a:

Professor Jonatas Albino do Nascimento 35 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

a) 3
b) 2
c) 1
d) 4
e) 5
Comentários.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Vamos ver cada item.


I. Verdadeiro. Baseado no dever de agir se o agente público se omite pode se
configurar ilegalidade e a responsabilização do agente.
II. Verdadeiro. Como vimos o abuso de poder pode se configurar através do
excesso de poder e do desvio de finalidade. No primeiro caso o vício está
associado ao elemento competência e no segundo o vício está associado ao
elemento finalidade.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

III. Verdadeiro. Os regulamentos normatizam matérias de interesse da APU e


das relações entre os particulares e a APU.
IV. Falso. Pelo poder vinculado hierárquico, compete ao superior estar
permanentemente atento aos atos praticados pelos subordinados, a fim de
corrigi-los sempre que se desviem da legalidade;
V. Falso. Apesar do poder disciplinar ser predominantemente discricionário não
cabe dizer tal discricionariedade é ilimitada, uma vez que a própria legislação
prevê casos que deixam muito pouca margem de valoração ao superior
hierárquico.
Gabarito 54. A.

55. (ESAF - AnaTA MTUR/2014)


Assinale a opção correta.
a) Não há dispositivo constitucional expresso que permita o Congresso
Nacional sustar atos normativos do Poder Executivo que exorbitem do Poder
Regulamentar.
b) Não há Poder Hierárquico no âmbito do Poder Judiciário.
c) Prescreve em dez anos a ação punitiva da Administração Pública Federal,
direta e indireta, no exercício do Poder de Polícia, objetivando apurar infração
à legislação em vigor, contados da data da prática do ato ou, no caso de
infração permanente ou continuada, do dia em que tiver cessado.
d) Há Poder Disciplinar na esfera do Ministério Público.
e) Todos os atos relacionados com o Poder de Polícia podem ser delegados a
particulares.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 36 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Comentários.
Analisemos cada item.
a) Falso. É competência do Congresso Nacional sustar os exorbitem do poder
regulamentar ou dos limites de delegação legislativa (art. 49, inc. V, CF88).
b) Falso. O poder hierárquico está presente em todo os Poderes inclusive o
Judiciário.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

c) Falso. Prescreve em dez cinco anos a ação punitiva da Administração


Pública Federal, direta e indireta, no exercício do Poder de Polícia, objetivando
apurar infração à legislação em vigor, contados da data da prática do ato ou,
no caso de infração permanente ou continuada, do dia em que tiver cessado.
d) Verdadeiro. O poder disciplinar existe também em todos os poderes e em
todas as esferas.
e) Falso. Como vimos vários atos não podem ser delegados o que torna a
assertiva incorreta
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Gabarito 55. D.

56. (ESAF - ATRFB/2009)


O poder hierárquico e o poder disciplinar, pela sua natureza, guardam entre si
alguns pontos característicos comuns, que os diferenciam do poder de polícia,
eis que
a) a discricionariedade predominante nos dois primeiros fica ausente neste
último, no qual predomina o poder vinculante.
b) entre os dois primeiros pode haver implicações onerosas de ordem
tributária, o que não pode decorrer deste último.
c) o poder regulamentar predomina nas relações entre os dois primeiros, mas
não é exercido neste último.
d) os dois primeiros se inter-relacionam, no âmbito interno da Administração,
enquanto este último alcança terceiros, fora de sua estrutura funcional.
e) não existe interdependência funcional entre os dois primeiros, a qual é
necessária neste último, quanto a quem o exerce e quem por ele é exercido.
Comentários.
Vejamos cada alternativa.
a) Falso. O poder de polícia também é predominantemente discricionário.
b) Falso. O poder de polícia atua na ordem tributária, sendo inclusive fato
gerador das taxas
c) Falso. Também há atuação do poder regulamentar no poder de polícia

Professor Jonatas Albino do Nascimento 37 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

d) Verdadeiro. O poder hierárquico define a estrutura e competência dos


órgãos e agente públicos. Por sua vez o poder disciplinar permite que aqueles
que têm vínculo com a APU sejam penalizados. Já o poder disciplinar tem
como garantir o interesse público atuando de sob o interesse particular
independente da existência de vínculo desse com a APU
e) Falso. Não há como dizer que não existe dependência entre os poderes
disciplinar e hierárquico. Como exemplo, a aplicação de uma penalidade do
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

superior sobre o subordinado só pode ocorrer porque há uma estrutura


funcional definida pelo poder hierárquico.
Gabarito 56. D.

57. (ESAF - AFC (CGU) /Auditoria e Fiscalização/Saúde/2008)


Decorrente da presença do poder hierárquico na Administração, afigura-se a
questão da competência administrativa e sua delegação. Sobre o tema é
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

correto afirmar, exceto:


a) a competência é irrenunciável e se exerce pelos órgãos administrativos a
que foi atribuída como própria, salvo os casos de delegação e avocação
legalmente admitidos.
b) um órgão administrativo e seu titular poderão, se não houver impedimento
legal, delegar parte de sua competência a outros órgãos ou titulares, ainda
que estes não lhe sejam hierarquicamente subordinados, quando for
conveniente, em razão de circunstâncias de índole técnica, social, econômica,
jurídica ou territorial.
c) a edição de ato de caráter normativo não pode ser objeto de delegação.
d) a decisão de recursos administrativos pode ser objeto de delegação.
e) o ato de delegação e sua revogação deverão ser publicados no meio oficial.
Comentários.
Todos os itens são transcrições literais da Lei nº 9.784. O item incorreto está
na letra D pois alei fala que a decisão de recursos administrativos NÃO pode
ser objeto de delegação.
Gabarito 57. D.

58. (ESAF – AFC – CGU - Correição/2006)


Em tese, na estrutura organizacional, da Administração Pública Direta Federal,
onde vigora o regime jurídico da disciplina hierarquizada, a autoridade de nível
superior pode rever os atos da que lhe seja subordinada, bem como pode
delegar-lhe competência ou avocar o exercício de suas atribuições e das que
delegou.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 38 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

a) Correta essa assertiva.


b) Incorreta essa assertiva, porque a delegação é irretratável.
c) Incorreta, porque a delegação não opera entre autoridades, com vínculo
hierárquico de subordinação.
d) Incorreta, porque não cabe avocação, para a prática de atos delegados,
nem de atribuições do subordinado.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

e) Incorreta, porque na Administração Pública não vigora o regime da


disciplina hierarquizada.
Comentários.
Perfeita a assertiva. Todo o descrito é decorrente do poder hierárquico.
Gabarito 58. A.

59. (ESAF - Ana - CVM/Arquivologia/2010)


Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

No que tange ao poder hierárquico, assinale a opção correta.


a) A atuação da autoridade administrativa que consiste em restringir ou
condicionar o uso de bens ou exercício de direitos pelos particulares, visando à
preservação do interesse público, tem como fundamento o poder hierárquico.
b) As sanções administrativas aplicadas pelo poder público, no exercício do
poder de polícia, têm fundamento no poder hierárquico.
c) Há relação de hierarquia entre a União e as entidades que integram sua
Administração Indireta.
d) Decorre do poder hierárquico a edição de atos regulamentares.
e) A avocação de competência decorre do poder hierárquico.
Comentários.
Vamos analisar cada item.
a) Incorreto, A atuação da autoridade administrativa que consiste em
restringir ou condicionar o uso de bens ou exercício de direitos pelos
particulares, visando à preservação do interesse público, tem como
fundamento o poder hierárquico de polícia.
b) incorreta. As sanções administrativas aplicadas pelo poder público, no
exercício do poder de polícia, têm fundamento no próprio poder de polícia e no
princípio da supremacia e indisponibilidade do interesse público. Não cabe
falar em poder hierárquico porque o particular não está subordinado aos
agentes públicos.
c) incorreta. Como vimos na aula de APU há relação de vinculação e não
hierarquia entre os entes políticos e as entidades da API.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 39 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

d) incorreta. Decorre do poder regulamentar/normativo a edição dos atos


regulamentares.
e) correta. Tanto a delegação quanto a avocação decorrem do poder
hierárquico.
Gabarito 59. E.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

60. (ESAF - PFN/2007)


A organização administrativa é baseada em dois pressupostos fundamentais: a
distribuição de competências e a hierarquia. Nesse diapasão, quanto ao poder
hierárquico, marque a opção incorreta.
a) Hierarquia é o escalonamento em plano vertical dos órgãos e agentes da
Administração que tem como objetivo a organização da função administrativa.
b) Do sistema hierárquico na Administração decorrem alguns efeitos
específicos, como o poder de comando, o dever de obediência, a fiscalização, o
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

poder de revisão, a delegação e a avocação.


c) Avocação é a transferência de atribuições de um órgão a outro no aparelho
administrativo, abrangendo funções genéricas e comuns da Administração.
d) Os órgãos consultivos, embora incluídos na hierarquia administrativa para
fins disciplinares, fogem à relação hierárquica.
e) Como resultado do poder hierárquico, a Administração é dotada da
prerrogativa de ordenar, coordenar, controlar e corrigir as atividades de seus
órgãos e agentes no seu âmbito interno.
Comentários.
Todos os itens estão perfeitos e foram comentados na aula, salvo a letra c,
que troca o conceito de delegação por avocação.
Gabarito 60. C.

61. (ESAF - Ag Exec - CVM/2010)


A competência para punir internamente um subordinado decorre do poder:
a) hierárquico.
b) de polícia.
c) discricionário.
d) regulamentar.
e) disciplinar.
Comentários.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 40 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Como vimos a capacidade de punir os subordinados está associada ao poder


disciplinar.
Gabarito 61. E.

62. (ESAF - Ana Tec - SUSEP/Controle e Fiscalização/2010)


A partir da Emenda Constitucional n. 32, de 2001, parte significativa dos
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

administrativistas passou a aceitar a possibilidade de edição, pelo Chefe do


Poder Executivo, de espécie de decreto autônomo. Nesse contexto, é matéria
a ser disciplinada por meio de tal modalidade de decreto:
a) criação de órgãos públicos, desde que sem aumento imediato de despesas.
b) extinção de órgãos públicos, mas apenas do Poder Executivo.
c) extinção de entidades vinculadas aos Ministérios.
d) criação de funções ou cargos públicos, desde que sem aumento imediato de
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

despesas.
e) extinção de funções ou cargos públicos, quando vagos.
Comentários.
Questão muito fácil. As matérias que podem ser tratadas por decreto
executivo são:
- organização e funcionamento da administração federal, quando não implicar
aumento de despesa nem criação ou extinção de órgãos públicos;
- Extinção de funções ou cargos públicos, quando vagos;
Gabarito 62. E.

63. (ESAF - ATEng - Pref RJ/2010)


Para fins de formalização do Poder Regulamentar que o Ordenamento Jurídico
lhe outorga, o Chefe do Poder Executivo utiliza qual instrumento?
a) Resolução
b) Instrução Normativa
c) Lei
d) Decreto
e) Circular
Comentários.
Como verificamos para a formalização do regulamento é utilizado o
instrumento do decreto.
Gabarito 63. D.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 41 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

64. (ESAF - AFT/2010)


Ao exercer o poder de polícia, o agente público percorre determinado ciclo até
a aplicação da sanção, também chamado ciclo de polícia. Identifique, entre as
opções abaixo, a fase que pode ou não estar presente na atuação da polícia
administrativa.
a) Ordem de polícia.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

b) Consentimento de polícia.
c) Sanção de polícia.
d) Fiscalização de polícia.
e) Aplicação da pena criminal.
Comentários.
Esta questão deveria ter sido anulada. São duas as fases que podem não
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

ocorrer no poder de polícia - consentimento de polícia, que só irá ocorrer


quando existir uma ordem de polícia que efetivamente exija o cumprimento de
determinada condição. Já a sanção de polícia só irá ocorrer se for verificado o
descumprimento de uma determinada ordem de polícia.
Gabarito 64. C.

65. (ESAF - Ag Exec - CVM/2010)


A coluna I contém alguns exemplos de atos administrativos praticados no
exercício do poder de polícia. A coluna II contém as fases do ciclo de polícia
que culminam na prática dos atos administrativos listados na coluna I.
Correlacione as colunas I e II e, ao final, assinale a opção que expresse a
correlação correta.

a) 3, 1, 2, 3, 1
b) 1, 2, 3, 1, 2
c) 2, 2, 3, 1, 2
d) 3, 1, 2, 1, 3
e) 2, 1, 3, 2, 1

Professor Jonatas Albino do Nascimento 42 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Comentários:
( ) autorização – condição que o poder público estabelece para funcionamento
do estabelecimento – consentimento de polícia. 3.
( ) multa – obviamente é uma sanção de polícia. 1.
( ) normas – a definição de normas corresponde ao estabelecimento de ordens
de polícia. 2.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

( ) licença – condição que o poder público estabelece para funcionamento do


estabelecimento – consentimento de polícia. 3.
( ) auto de interdição – obviamente é uma sanção de polícia. 1.
Gabarito 65. A.

66. (ESAF - Pref RJ/2010)


Em relação aos Poderes da Administração, assinale a opção incorreta.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

a) Apesar do nome que lhes é outorgado, os Poderes da Administração não


podem ser compreendidos singularmente como instrumentos de uso
facultativo e, por isso, parte da doutrina os qualifica de "deveres-poderes".
b) O Poder de Polícia possui um conceito amplo e um conceito estrito, sendo
que o sentido amplo abrange inclusive atos legislativos abstratos.
c) O Poder Hierárquico não é restrito apenas ao Poder Executivo.
d) O exercício do Poder Disciplinar é o fundamento para aplicação de sanções
a particulares, inclusive àqueles que não possuem qualquer vínculo com a
Administração.
e) Poder Regulamentar configura a atribuição conferida à Administração de
editar atos normativos secundários com a finalidade de complementar a lei,
possibilitando a sua eficácia.
Comentários.
Na alisemos cada item.
a) Correto. Os poderes são chamados também de deveres-poderes pois além
e serem ferramentas para garantir o interesse público são também deveres da
APU
b) Correto. O conceito amplo engloba os atos do Poder Legislativo, os
chamados atos legislativos abstratos.
c) Correto. Todos os Poderes dispõem de poder hierárquico
d) Incorreto. O poder disciplinar é usado para aplicar penalidades àqueles que
possuem algum vínculo com a APU.
e) Correto. Perfeita a descrição do poder regulamentar.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 43 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Gabarito 66. D.

67. (ESAF - Ag Faz - Pref RJ/2010)


Sobre o Poder de Polícia, assinale a opção correta.
a) A Administração poderá implantar preço público em razão do exercício do
Poder de Polícia.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

b) Todas as pessoas federativas (União, Estados, Distrito Federal e Municípios)


possuem, em tese, atribuição para exercer o Poder de Polícia, a ser realizado,
entretanto, nos limites das suas respectivas competências.
c) Todos os atos de Poder de Polícia autorizam a imediata execução pela
Administração, sem necessidade de autorização de outro Poder, em face do
atributo da auto-executoriedade.
d) Inexiste, no Ordenamento Jurídico Pátrio, conceito expresso de Poder de
Polícia.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

e) Não há distinção entre Polícia Administrativa e Polícia Judiciária.


Comentários.
a) Incorreto. Apenas taxas (espécie de tributo) podem ser cobradas pelo
exercício do poder de polícia.
b) Correto. Perfeito o item
c) Incorreto. Nem todos os atos de poder de polícia são dotados de auto-
executoriedade.
d) Incorreto. O Código Tributário Nacional define o poder de polícia.
e) Incorreto. São várias as diferenças como explicado anteriormente.
Gabarito 67. B.

68. (ESAF - ACF - SEFAZ CE/2007)


O Poder de Polícia é exercido em quatro fases que consistem no ciclo de
polícia, correspondendo a quatro modos de atuação.
Assinale a opção que contenha a ordem cronológica correta do ciclo de polícia.
a) Sanção/fiscalização/ordem/consentimento de polícia.
b) Ordem/consentimento/sanção/fiscalização de polícia.
c) Fiscalização/sanção/consentimento/ordem de polícia.
d) Consentimento/ordem/fiscalização/sanção de polícia.
e) Ordem/consentimento/fiscalização/sanção de polícia.
Comentários:

Professor Jonatas Albino do Nascimento 44 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Questão bastante simples e direta.


Gabarito 68. E.

69. (ESAF - PFN/2007)


Em relação ao Poder de Polícia, analise os itens a seguir e marque com (V) a
assertiva verdadeira e com (F) a falsa, assinalando ao final a opção
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

correspondente:
( ) o Poder de Polícia que o Estado exerce pode incidir em duas áreas de
atuação estatal: na administrativa e na judiciária, podendo ser apontada como
principal diferença entre ambas o caráter preventivo da polícia judiciária.
( ) a competência, a finalidade e a forma, acrescidas da proporcionalidade da
sanção e da legalidade dos meios empregados pela Administração são
atributos do Poder de Polícia.
( ) a aplicação das sanções prescreve em cinco anos a ação punitiva da
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Administração Pública Federal, direta e indireta, no exercício do Poder de


Polícia, sendo passível a interrupção e a suspensão da prescrição.
( ) quanto aos fins, o Poder de Polícia pode ser exercido para atender a
interesse público ou particular.
( ) a auto-executoriedade é a possibilidade que tem a Administração de, com
os próprios meios, por em execução as suas decisões, sem precisar recorrer
previamente ao Poder Judiciário.
a) V, V, F, F, F
b) V, F, F, V, V
c) F, F, V, F, V
d) F, V, V, F, V
e) V, F, V, V, F
Comentários.
Analisemos cada item.
( ) Falso. O Poder de Polícia que o Estado exerce pode incidir em duas áreas
de atuação estatal: na administrativa e na judiciária, podendo ser apontada
como principal diferença entre ambas o caráter repressivo preventivo da
polícia judiciária.
() Falso. Os atributos são discricionariedade, autoexecutoriedade e
coercibilidade
( ) Verdadeiro. Perfeito o item
( ) Falso. O fim é sempre o interesse público
( ) Verdadeiro. Perfeito.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 45 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Gabarito 69. C.

70. (ESAF – ACE - Grupo 1/2012)


Correlacione as colunas I e II, distinguindo as polícias administrativa e
judiciária. Ao final, assinale a opção que contenha a sequência correta para a
coluna II.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

a) 1, 1, 2, 1, 2
b) 2, 2, 1, 1, 1
c) 1, 2, 1, 2, 1
d) 2, 1, 2, 2, 1
e) 1, 2, 2, 1, 1
Comentários:
( ) voltada para pessoas – polícia judiciária. 2.
( ) voltada para atividades – polícia administrativa. 1,
( ) repressão penal – polícia judiciária. 2.
( ) liberdade de ir e vir – polícia judiciária. 2
( ) interesses gerais convivenciais – polícia administrativa. 1
Gabarito 70. D.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 46 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

6 – Lista de exercícios

6.1 - CESPE
1. (CESPE / Técnico Administrativo / TRE-GO / 2015)
Julgue o item que se segue, referentes aos poderes da administração pública.
Poder disciplinar é aquele que permite à administração pública disciplinar, de
forma concreta, a aplicação de leis gerais e abstratas.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

2. (CESPE / Técnico Judiciário / TRE-MG / 2009)


Considerando que há verdadeira relação de coordenação e de subordinação
entre os órgãos integrantes da administração pública, não constitui
decorrência do poder hierárquico
a) a possibilidade de dar ordens aos subordinados.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

b) o controle da atividade de órgãos inferiores para exame quanto à legalidade


de atos e ao cumprimento de obrigações.
c) a possibilidade de avocação de atribuições não-exclusivas do órgão
subordinado.
d) a delegação de atribuições não-privativas.
e) a limitação ao exercício de direitos individuais em benefício do interesse
público.

3. (CESPE/Técnico Judiciário - Área Administrativa/TER-MG/2009)


Considerando que há verdadeira relação de coordenação e de subordinação
entre os órgãos integrantes da administração pública, não constitui
decorrência do poder hierárquico
a) a possibilidade de dar ordens aos subordinados.
b) o controle da atividade de órgãos inferiores para exame quanto à legalidade
de atos e ao cumprimento de obrigações.
c) a possibilidade de avocação de atribuições não-exclusivas do órgão
subordinado.
d) a delegação de atribuições não-privativas.
e) a limitação ao exercício de direitos individuais em benefício do interesse
público.

4. (CESPE/Técnico Judiciário - Área Judiciária/TJ-CE/2014)

Professor Jonatas Albino do Nascimento 47 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Assinale a opção correta no que se refere aos poderes e deveres dos


administradores públicos.
a) Caracteriza-se desvio de finalidade quando o agente atua além dos limites
de sua competência, buscando alcançar fins diversos daqueles que a lei
permite.
b) Há excesso de poder quando o agente, mesmo que agindo dentro de sua
competência, exerce atividades que a lei não lhe conferiu.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

c) Em caso de omissão do administrador, o administrado pode exigir, por via


administrativa ou judicial, a prática do ato imposto pela lei.
d) No exercício do poder hierárquico, os agentes superiores têm competência,
em relação aos agentes subordinados, para comandar, fiscalizar atividades,
revisar atos, delegar, avocar atribuições e ainda aplicar sanções.
e) O poder de agir da administração refere-se à sua faculdade para a prática
de determinado ato de interesse público.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

5. (CESPE/Analista Judiciário - Judiciária/TJ-DFT/2015)


Julgue o próximo item, em relação ao poder de polícia, à desapropriação e aos
serviços públicos.
O STF entende ser constitucional a atribuição, pelo município, do exercício do
poder de polícia de trânsito a guardas municipais, inclusive no que se refere à
imposição de sanções administrativas legalmente previstas.

6. (CESPE / Agente da Polícia / Polícia Federal / 2014)


Acerca dos poderes administrativos e da responsabilidade civil do Estado,
julgue item que se segue.
A aplicação de sanção administrativa contra concessionária de serviço público
decorre do exercício do poder disciplinar.

7. (CESPE / Analista de Administração Pública / 2014)


Considere que, durante uma fiscalização, fiscais do DF tenham encontrado
alimentos com prazo de validade expirado na geladeira de um restaurante.
Diante da ocorrência, lavraram auto de infração, aplicaram multa e
apreenderam esses alimentos. Com base na situação hipotética apresentada,
julgue o item subsecutivo.
Diante do risco à saúde da população, as mercadorias com prazo de validade
expirado poderão ser imediatamente apreendidas, mesmo antes da abertura
de processo administrativo e sem prévio contraditório do proprietário do
estabelecimento.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 48 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

8. (CESPE / Analista Judiciário / TRE-BA / 2010)


Com relação ao processo administrativo e aos poderes conferidos
à administração pública, julgue os itens que se seguem.
O poder de polícia, considerado como a atividade do Estado limitadora do
exercício dos direitos individuais em benefício do interesse público, é atribuído
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

com exclusividade ao Poder Executivo.

9. (CESPE / Conhecimentos Básicos - Cargos 1, 18, 19, 37 e 38 /


TCE-PA / 2016).
A respeito dos agentes públicos e dos poderes da administração pública,
julgue o item que se segue.
Quando um servidor detentor de cargo de chefia assina expediente em
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

concordância com o conteúdo de ato elaborado por servidor subordinado, está


caracterizada uma expressão do poder hierárquico.

10. (CESPE / Auditor de Controle Externo – Procuradoria / TCE-PA /


2016)
O Congresso Nacional aprovou uma reforma administrativa proposta pelo
presidente da República que reduziu o número de ministérios. Nesse contexto,
o Ministério do Trabalho e Emprego e o Ministério da Previdência Social foram
fundidos, tornando-se Ministério do Trabalho e Previdência Social. A partir
dessa situação hipotética, julgue o item a seguir.
A referida reforma administrativa poderia ter se materializado com a edição de
decreto autônomo, em decorrência do poder regulamentar do presidente da
República.

11. (CESPE / Analista Técnico – Administrativo / DPU / 2016)


Acerca da organização administrativa da União, da organização e da
responsabilidade civil do Estado, bem como do exercício do poder de polícia
administrativa, julgue o item que se segue.
A edição de ato normativo constitui exemplo do exercício do poder de polícia
pela administração pública.

12. (CESPE / Técnico em Assuntos Educacionais / 2016)


No que se refere aos poderes da administração pública e aos serviços públicos,
julgue o item subsecutivo.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 49 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

O poder de polícia, decorrente da supremacia geral do interesse público,


permite que a administração pública condicione ou restrinja o exercício de
atividades, o uso e gozo de bens e direitos pelos particulares, em nome do
interesse público.

13. (CESPE / Técnico em Assuntos Educacionais / 2016)


No que se refere aos poderes da administração pública e aos serviços públicos,
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

julgue o item subsecutivo.


Configura-se desvio de poder ou de finalidade quando o agente atua fora dos
limites de suas atribuições, ou seja, no caso de realizar ato administrativo não
incluído no âmbito de sua competência.

14. (CESPE / Auditor de Controle Externo / TCE-PA / 2016)


Acerca dos servidores públicos, dos poderes da administração pública e do
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

regime jurídico-administrativo, julgue o item que se segue.


Situação hipotética: O proprietário de determinado restaurante recebeu
notificação na qual constava a determinação de que a obra que havia sido
irregularmente realizada na calçada do referido estabelecimento, para a
colocação de mesas, teria de ser demolida.
Assertiva: Nesse caso, decorrendo o prazo sem cumprimento da ordem, a
administração poderá promover a demolição sob o manto da
autoexecutoriedade dos atos administrativos e do poder de polícia.

15. (CESPE/Advogado da União/AGU/2015)


Foi editada portaria ministerial que regulamentou, com fundamento direto no
princípio constitucional da eficiência, a concessão de gratificação de
desempenho aos servidores de determinado ministério.
Com referência a essa situação hipotética e ao poder regulamentar, julgue o
próximo item.
As portarias são qualificadas como atos de regulamentação de segundo grau.

16. (CESPE / Técnico Administrativo / ANS / 2013)


A respeito dos poderes administrativos, julgue os itens seguintes.
O ato de aplicação de penalidade deverá ser sempre motivado.

17. (CESPE / Agente Administrativo / TCE-RO / 2013)

Professor Jonatas Albino do Nascimento 50 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

A respeito de atos administrativos e dos poderes administrativos, julgue os


próximos itens.
O poder discricionário é um poder absoluto e intocável, concretizando-se no
momento em que o ato é praticado pela administração.

18. (CESPE / Agente Administrativo / Polícia Federal / 2014)


Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Julgue os itens que se seguem, relativos aos atos administrativos e poderes da


administração.
O poder para a instauração de processo administrativo disciplinar e aplicação
da respectiva penalidade decorre do poder de polícia da administração.

19. (CESPE/SUFRAMA/Geral/2014)
Julgue o item que se segue, relativo aos agentes públicos, aos poderes
administrativos e à responsabilidade civil do Estado.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

O poder discricionário confere ao administrador, em determinadas situações, a


prerrogativa de valorar determinada conduta em um juízo de conveniência e
oportunidade que se limita até a prática do ato, tendo em vista a
impossibilidade de revogá-lo após a produção de seus efeitos por ofensa ao
princípio da legalidade e do direito adquirido de terceiros de boa-fé.

20. (CESPE - Ag Adm - SUFRAMA/2014)


A legislação concede à administração poderes extraordinários, necessários
para que o Estado alcance os seus fins. Em relação aos poderes da
administração pública, julgue o item seguinte.
O poder hierárquico confere aos agentes superiores o poder para avocar e
delegar competências.

21. (CESPE - TJ TRE GO - Administrativa/2015)


Julgue o item que se segue, referente aos poderes da administração pública.
O poder hierárquico é aquele que confere à administração pública a
capacidade de aplicar penalidades.

22. (CESPE - Ag Adm - SUFRAMA/2014)


A legislação concede à administração poderes extraordinários, necessários
para que o Estado alcance os seus fins. Em relação aos poderes da
administração pública, julgue o item seguinte.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 51 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Poder regulamentar é o poder que a administração possui de editar leis,


medidas provisórias, decretos e demais atos normativos para disciplinar a
atividade dos particulares.

23. (CESPE - Ag Adm (SUFRAMA) /2014)


A legislação concede à administração poderes extraordinários, necessários
para que o Estado alcance os seus fins. Em relação aos poderes da
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

administração pública, julgue o item seguinte.


Em decorrência do poder de polícia, a administração pode condicionar ou
restringir os direitos de terceiros, em prol do interesse da coletividade.

24. (CESPE/2013/MC/Todos os Cargos)


A respeito dos princípios básicos da administração e dos poderes da
administração, julgue o item subsequente.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

O exercício da discricionariedade tanto pode concretizar-se no momento em


que o ato é praticado, quanto posteriormente, no momento em que a
administração revoga sua decisão.

25. (CESPE/2013/TRT-17ª Região (ES)/Analista Judiciário – Área


Administrativa)
No que se refere aos poderes da administração, julgue os itens a seguir.
O poder discricionário diz respeito à liberdade de atuação que possui a
administração pública, podendo valorar a oportunidade e a conveniência da
prática de ato administrativo, desde que sejam respeitados os limites legais.

26. (CESPE/2013/ANS/Técnico Administrativo)


A respeito dos poderes administrativos, julgue os itens seguintes.
O ato discricionário implica liberdade de atuação administrativa, contudo
sempre nos limites previstos em lei.

27. (CESPE/2013/TJ-RR/Administrador)
Define-se poder discricionário como o poder que o direito concede à
administração para a prática de atos administrativos com liberdade na escolha
de sua conveniência, oportunidade e conteúdo, estando a administração, no
exercício desse poder, imune à apreciação do Poder Judiciário.

28. (CESPE/2011/TCU/ AFCE – Auditoria de Obras Públicas)

Professor Jonatas Albino do Nascimento 52 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

A razoabilidade funciona como limitador do poder discricionário do


administrador.

29. (CESPE/2010/TRT – 21ª Região (RN) / Analista Judiciário –


Área Judiciária)
Segundo a doutrina, o poder de polícia tanto pode ser discricionário quanto
vinculado.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

30. (CESPE/2010/TRT – 21ª Região (RN) / Analista Judiciário –


Área Judiciária)
Pelo poder hierárquico, são possíveis a apuração de faltas funcionais e a
aplicação de punições ao agente infrator.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

31. (CESPE/2013/ANP/Todos os cargos)


Poder regulamentar tem por finalidade complementar as leis no intuito de
possibilitar sua execução. A finalidade do poder discricionário é propiciar a
prática de atos administrativos insuscetíveis de controle do Poder Judiciário.

32. (CESPE/2015/MPU/Técnico do MPU – Segurança Institucional e


Transporte)
O servidor responsável pela segurança da portaria de um órgão público
desentendeu-se com a autoridade superior desse órgão. Para se vingar do
servidor, a autoridade determinou que, a partir daquele dia, ele anotasse os
dados completos de todas as pessoas que entrassem e saíssem do imóvel.
Com referência a essa situação hipotética, julgue o item que se segue.
O ato da autoridade superior foi praticado no exercício de seu poder
disciplinar.

33. (CESPE/2015/TER-GO/Técnico Judiciário – Área Administrativa)


Julgue o item que se segue, referentes aos poderes da administração pública.
O poder hierárquico é aquele que confere à administração pública a
capacidade de aplicar penalidades.

34. (CESPE/2015/FUB/Auditor)
Acerca dos poderes administrativos, julgue o item que se segue.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 53 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

O âmbito de incidência do poder disciplinar da administração pública está


restrito aos servidores públicos.

35. (CESPE/2015/DPU/Defensor Público Federal de Segunda


Categoria)
Julgue o item a seguir, que tratam da hierarquia e dos poderes da
administração pública.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

A hierarquia é uma característica encontrada exclusivamente no exercício da


função administrativa, que inexiste, portanto, nas funções legislativa e
jurisdicional típicas.

36. (CESPE/2014/DPU/Polícia Federal/Agente de Polícia Federal)


Acerca dos poderes administrativos e da responsabilidade civil do Estado,
julgue item que se segue.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

A aplicação de sanção administrativa contra concessionária de serviço público


decorre do exercício do poder disciplinar.

37. (CESPE/2014/ANTAQ/Conhecimentos Básicos – Cargos 1 a 4)


Em relação aos atos administrativos, aos agentes públicos, aos poderes
administrativos e à responsabilidade do Estado, julgue o item que se segue.
O ato de delegação de competência, revogável a qualquer tempo pela
autoridade delegante, decorre do poder administrativo hierárquico.

38. (CESPE/2014/ANTAQ/Técnico Administrativo)


Em relação aos poderes da administração pública, julgue o item abaixo.
A edição de decretos está embasada no poder regulamentar, exclusivo do
chefe do Poder Executivo.

39. (CESPE/2015/FUB/Auditor)
Acerca dos poderes administrativos, julgue o item que se segue.
O exercício do poder de polícia é delegável a pessoas jurídicas de direito
privado.

40. (CESPE/2015/MPU/Analista do MPU – Conhecimentos Básicos)


Com relação ao controle da administração e ao poder de polícia administrativa,
julgue o item seguinte.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 54 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

O poder de polícia administrativa, que incide sobre as atividades, os bens e os


próprios indivíduos, tem caráter eminentemente repressivo.

41. (CESPE/2015/MPOG/Técnico de Nível Superior – Cargo 22)


Considerando os poderes regulamentar, disciplinar e hierárquico da
administração pública, julgue o seguinte item.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

A administração, quando aplica sanção administrativa a uma pessoa que


descumpre as normas de vigilância sanitária, atua no exercício do poder
disciplinar, que se baseia na ideia de supremacia geral e se dirige a todos os
administrados de forma indistinta.

42. (CESPE/2015/DPU/Defensor Público Federal de Segunda


Categoria)
Julgue o item a seguir, que tratam da hierarquia e dos poderes da
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

administração pública.

A multa, como sanção resultante do exercício do poder de polícia


administrativa, não possui a característica da autoexecutoriedade.

43. (CESPE/2012/PRF/Agente Administrativo)


É o atributo da autoexecutoriedade o que permite à administração pública
aplicar multas de trânsito ao condutor de um veículo particular.

44. (CESPE/2013/TRT – 10ª Região (DF e TO)/Analista Judiciário –


Área Administrativa)
Julgue os itens a seguir, referentes a atos administrativos.
Em razão da característica da autoexecutoriedade, a cobrança de multa
aplicada pela administração não necessita da intervenção do Poder Judiciário,
mesmo no caso do seu não pagamento.

45. (CESPE/2013/MS/Analista Administrativo)


Com relação aos atos administrativos, julgue os próximos itens.
O fechamento de casas noturnas é um exemplo do atributo da
autoexecutoriedade em matéria de polícia administrativa.

46. (CESPE/2013/MS/Analista Administrativo)

Professor Jonatas Albino do Nascimento 55 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Em relação aos poderes administrativos, julgue os itens subsequentes.


A autoexecutoriedade é atributo do poder de polícia e consiste em dizer que a
administração pública pode promover a sua execução por si mesma, sem
necessidade de remetê-la previamente ao Poder Judiciário.

47. (CESPE/2013/MS/Analista Administrativo)


Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Julgue o item seguinte, referente a agentes públicos e poder de


polícia.
A autoexecutoriedade de certos atos de poder de polícia é limitada, não sendo
possível que a administração, por exemplo, condicione a liberação de veículo
retido por transporte irregular de passageiros ao pagamento de multa
anteriormente imposta.

48. (CESPE/2015/TRE-GO/Técnico Judiciário – Área Administrativa)


Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Julgue o item que se segue, referentes aos poderes da administração pública.


O excesso de poder, espécie de abuso de poder, ocorre quando o agente
público ultrapassa os limites impostos a suas atribuições.

6.2 - ESAF
49. (ESAF - Ag Exec - SUSEP/2006)
O poder de que dispõe a autoridade administrativa, para distribuir e escalonar
funções de seu órgão público, estabelecendo uma relação de subordinação,
com os servidores sob sua chefia, chama-se poder
a) de polícia.
b) disciplinar.
c) discricionário.
d) hierárquico.
e) regulamentar.

50. (ESAF - AFRE CE/2007)


A aplicação da penalidade de advertência a servidor público infrator, por sua
chefia imediata, é ato administrativo que expressa a manifestação do poder
a) hierárquico.
b) regulamentar.
c) de polícia.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 56 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

d) disciplinar.
e) vinculado.

51. (ESAF - ATA MF/2009)


Não se pode enumerar como poder da Administração:
a) poder normativo.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

b) poder de polícia.
c) poder hierárquico.
d) poder independente.
e) poder disciplinar.

52. (ESAF - TSIET/Estradas/2013)


Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

O dever do agente público que decorre diretamente do princípio da


indisponibilidade do interesse público, sendo inerente à função daquele que
administra a coisa pública, denomina-se:
a) Dever de eficiência.
b) Dever de probidade.
c) Dever de prestar contas.
d) Poder dever de agir.
e) Poder dever de fiscalizar.

53. (ESAF - Adv IRB/Jurídica/2006)


Considerando que o poder de polícia pode incidir em duas áreas de atuação
estatal, a administrativa e a judiciária, relacione cada área de atuação com a
respectiva característica e aponte a ordem correta.
(1) Polícia Administrativa
(2) Polícia Judiciária
( ) Atua sobre bens, direitos ou atividades.
( ) Pune infratores da lei penal.
( ) É privativa de corporações especializadas.
( ) Atua preventiva ou repressivamente na área do ilícito administrativo.
( ) Sua atuação incide apenas sobre as pessoas.
a) 1/2/2/1/2

Professor Jonatas Albino do Nascimento 57 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

b) 2/1/2/1/2
c) 2/2/2/1/1
d) 1/2/1/1/2
e) 1/2/2/2/1

54. (ESAF - Proc DF/2007)


Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Quanto aos Poderes da Administração Pública, Desvio e Abuso de Poder


examine os itens a seguir:
I. Corolário do poder-dever de agir é a situação de ilegitimidade de que se
reveste a inércia do administrador, na medida em que lhe incumbe conduta
comissiva, podendo a omissão configurar- se como ilegal;
II. A conduta abusiva dos administradores pode decorrer da situação em que
há excesso de poder, que é a forma de abuso própria da atuação do agente
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

fora dos limites de sua competência administrativa;


III. Os regulamentos administrativos ou de organização contêm normas sobre
a organização administrativa ou sobre as relações entre os particulares que
estejam em situação de submissão especial ao Estado, decorrente de um título
jurídico especial;
IV. Pelo poder vinculado, compete ao superior estar permanentemente atento
aos atos praticados pelos subordinados, a fim de corrigi-los sempre que se
desviem da legalidade;
V. A discricionariedade existe, ilimitadamente, nos procedimentos previstos
para apuração da falta, uma vez que os Estatutos funcionais não estabelecem
regras rígidas como as que se impõem na esfera criminal.
A quantidade de itens corretos é igual a:
a) 3
b) 2
c) 1
d) 4
e) 5

55. (ESAF - AnaTA MTUR/2014)


Assinale a opção correta.
a) Não há dispositivo constitucional expresso que permita o Congresso
Nacional sustar atos normativos do Poder Executivo que exorbitem do Poder
Regulamentar.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 58 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

b) Não há Poder Hierárquico no âmbito do Poder Judiciário.


c) Prescreve em dez anos a ação punitiva da Administração Pública Federal,
direta e indireta, no exercício do Poder de Polícia, objetivando apurar infração
à legislação em vigor, contados da data da prática do ato ou, no caso de
infração permanente ou continuada, do dia em que tiver cessado.
d) Há Poder Disciplinar na esfera do Ministério Público.
e) Todos os atos relacionados com o Poder de Polícia podem ser delegados a
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

particulares.

56. (ESAF - ATRFB/2009)


O poder hierárquico e o poder disciplinar, pela sua natureza, guardam entre si
alguns pontos característicos comuns, que os diferenciam do poder de polícia,
eis que
a) a discricionariedade predominante nos dois primeiros fica ausente neste
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

último, no qual predomina o poder vinculante.


b) entre os dois primeiros pode haver implicações onerosas de ordem
tributária, o que não pode decorrer deste último.
c) o poder regulamentar predomina nas relações entre os dois primeiros, mas
não é exercido neste último.
d) os dois primeiros se inter-relacionam, no âmbito interno da Administração,
enquanto este último alcança terceiros, fora de sua estrutura funcional.
e) não existe interdependência funcional entre os dois primeiros, a qual é
necessária neste último, quanto a quem o exerce e quem por ele é exercido.

57. (ESAF - AFC (CGU) /Auditoria e Fiscalização/Saúde/2008)


Decorrente da presença do poder hierárquico na Administração, afigura-se a
questão da competência administrativa e sua delegação. Sobre o tema é
correto afirmar, exceto:
a) a competência é irrenunciável e se exerce pelos órgãos administrativos a
que foi atribuída como própria, salvo os casos de delegação e avocação
legalmente admitidos.
b) um órgão administrativo e seu titular poderão, se não houver impedimento
legal, delegar parte de sua competência a outros órgãos ou titulares, ainda
que estes não lhe sejam hierarquicamente subordinados, quando for
conveniente, em razão de circunstâncias de índole técnica, social, econômica,
jurídica ou territorial.
c) a edição de ato de caráter normativo não pode ser objeto de delegação.
d) a decisão de recursos administrativos pode ser objeto de delegação.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 59 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

e) o ato de delegação e sua revogação deverão ser publicados no meio oficial.

58. (ESAF – AFC – CGU - Correição/2006)


Em tese, na estrutura organizacional, da Administração Pública Direta Federal,
onde vigora o regime jurídico da disciplina hierarquizada, a autoridade de nível
superior pode rever os atos da que lhe seja subordinada, bem como pode
delegar-lhe competência ou avocar o exercício de suas atribuições e das que
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

delegou.
a) Correta essa assertiva.
b) Incorreta essa assertiva, porque a delegação é irretratável.
c) Incorreta, porque a delegação não opera entre autoridades, com vínculo
hierárquico de subordinação.
d) Incorreta, porque não cabe avocação, para a prática de atos delegados,
nem de atribuições do subordinado.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

e) Incorreta, porque na Administração Pública não vigora o regime da


disciplina hierarquizada.

59. (ESAF - Ana - CVM/Arquivologia/2010)


No que tange ao poder hierárquico, assinale a opção correta.
a) A atuação da autoridade administrativa que consiste em restringir ou
condicionar o uso de bens ou exercício de direitos pelos particulares, visando à
preservação do interesse público, tem como fundamento o poder hierárquico.
b) As sanções administrativas aplicadas pelo poder público, no exercício do
poder de polícia, têm fundamento no poder hierárquico.
c) Há relação de hierarquia entre a União e as entidades que integram sua
Administração Indireta.
d) Decorre do poder hierárquico a edição de atos regulamentares.
e) A avocação de competência decorre do poder hierárquico.

60. (ESAF - PFN/2007)


A organização administrativa é baseada em dois pressupostos fundamentais: a
distribuição de competências e a hierarquia. Nesse diapasão, quanto ao poder
hierárquico, marque a opção incorreta.
a) Hierarquia é o escalonamento em plano vertical dos órgãos e agentes da
Administração que tem como objetivo a organização da função administrativa.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 60 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

b) Do sistema hierárquico na Administração decorrem alguns efeitos


específicos, como o poder de comando, o dever de obediência, a fiscalização, o
poder de revisão, a delegação e a avocação.
c) Avocação é a transferência de atribuições de um órgão a outro no aparelho
administrativo, abrangendo funções genéricas e comuns da Administração.
d) Os órgãos consultivos, embora incluídos na hierarquia administrativa para
fins disciplinares, fogem à relação hierárquica.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

e) Como resultado do poder hierárquico, a Administração é dotada da


prerrogativa de ordenar, coordenar, controlar e corrigir as atividades de seus
órgãos e agentes no seu âmbito interno.

61. (ESAF - Ag Exec - CVM/2010)


A competência para punir internamente um subordinado decorre do poder:
a) hierárquico.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

b) de polícia.
c) discricionário.
d) regulamentar.
e) disciplinar.

62. (ESAF - Ana Tec - SUSEP/Controle e Fiscalização/2010)


A partir da Emenda Constitucional n. 32, de 2001, parte significativa dos
administrativistas passou a aceitar a possibilidade de edição, pelo Chefe do
Poder Executivo, de espécie de decreto autônomo. Nesse contexto, é matéria
a ser disciplinada por meio de tal modalidade de decreto:
a) criação de órgãos públicos, desde que sem aumento imediato de despesas.
b) extinção de órgãos públicos, mas apenas do Poder Executivo.
c) extinção de entidades vinculadas aos Ministérios.
d) criação de funções ou cargos públicos, desde que sem aumento imediato de
despesas.
e) extinção de funções ou cargos públicos, quando vagos.

63. (ESAF - ATEng - Pref RJ/2010)


Para fins de formalização do Poder Regulamentar que o Ordenamento Jurídico
lhe outorga, o Chefe do Poder Executivo utiliza qual instrumento?
a) Resolução

Professor Jonatas Albino do Nascimento 61 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

b) Instrução Normativa
c) Lei
d) Decreto
e) Circular

64. (ESAF - AFT/2010)


Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Ao exercer o poder de polícia, o agente público percorre determinado ciclo até


a aplicação da sanção, também chamado ciclo de polícia. Identifique, entre as
opções abaixo, a fase que pode ou não estar presente na atuação da polícia
administrativa.
a) Ordem de polícia.
b) Consentimento de polícia.
c) Sanção de polícia.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

d) Fiscalização de polícia.
e) Aplicação da pena criminal.

65. (ESAF - Ag Exec - CVM/2010)


A coluna I contém alguns exemplos de atos administrativos praticados no
exercício do poder de polícia. A coluna II contém as fases do ciclo de polícia
que culminam na prática dos atos administrativos listados na coluna I.
Correlacione as colunas I e II e, ao final, assinale a opção que expresse a
correlação correta.

a) 3, 1, 2, 3, 1
b) 1, 2, 3, 1, 2
c) 2, 2, 3, 1, 2
d) 3, 1, 2, 1, 3
e) 2, 1, 3, 2, 1

66. (ESAF - Pref RJ/2010)

Professor Jonatas Albino do Nascimento 62 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Em relação aos Poderes da Administração, assinale a opção incorreta.


a) Apesar do nome que lhes é outorgado, os Poderes da Administração não
podem ser compreendidos singularmente como instrumentos de uso
facultativo e, por isso, parte da doutrina os qualifica de "deveres-poderes".
b) O Poder de Polícia possui um conceito amplo e um conceito estrito, sendo
que o sentido amplo abrange inclusive atos legislativos abstratos.
c) O Poder Hierárquico não é restrito apenas ao Poder Executivo.
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

d) O exercício do Poder Disciplinar é o fundamento para aplicação de sanções


a particulares, inclusive àqueles que não possuem qualquer vínculo com a
Administração.
e) Poder Regulamentar configura a atribuição conferida à Administração de
editar atos normativos secundários com a finalidade de complementar a lei,
possibilitando a sua eficácia.
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

67. (ESAF - Ag Faz - Pref RJ/2010)


Sobre o Poder de Polícia, assinale a opção correta.
a) A Administração poderá implantar preço público em razão do exercício do
Poder de Polícia.
b) Todas as pessoas federativas (União, Estados, Distrito Federal e Municípios)
possuem, em tese, atribuição para exercer o Poder de Polícia, a ser realizado,
entretanto, nos limites das suas respectivas competências.
c) Todos os atos de Poder de Polícia autorizam a imediata execução pela
Administração, sem necessidade de autorização de outro Poder, em face do
atributo da auto-executoriedade.
d) Inexiste, no Ordenamento Jurídico Pátrio, conceito expresso de Poder de
Polícia.
e) Não há distinção entre Polícia Administrativa e Polícia Judiciária.

68. (ESAF - ACF - SEFAZ CE/2007)


O Poder de Polícia é exercido em quatro fases que consistem no ciclo de
polícia, correspondendo a quatro modos de atuação.
Assinale a opção que contenha a ordem cronológica correta do ciclo de polícia.
a) Sanção/fiscalização/ordem/consentimento de polícia.
b) Ordem/consentimento/sanção/fiscalização de polícia.
c) Fiscalização/sanção/consentimento/ordem de polícia.
d) Consentimento/ordem/fiscalização/sanção de polícia.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 63 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

e) Ordem/consentimento/fiscalização/sanção de polícia.

69. (ESAF - PFN/2007)


Em relação ao Poder de Polícia, analise os itens a seguir e marque com (V) a
assertiva verdadeira e com (F) a falsa, assinalando ao final a opção
correspondente:
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

( ) o Poder de Polícia que o Estado exerce pode incidir em duas áreas de


atuação estatal: na administrativa e na judiciária, podendo ser apontada como
principal diferença entre ambas o caráter preventivo da polícia judiciária.
( ) a competência, a finalidade e a forma, acrescidas da proporcionalidade da
sanção e da legalidade dos meios empregados pela Administração são
atributos do Poder de Polícia.
( ) a aplicação das sanções prescreve em cinco anos a ação punitiva da
Administração Pública Federal, direta e indireta, no exercício do Poder de
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Polícia, sendo passível a interrupção e a suspensão da prescrição.


( ) quanto aos fins, o Poder de Polícia pode ser exercido para atender a
interesse público ou particular.
( ) a auto-executoriedade é a possibilidade que tem a Administração de, com
os próprios meios, por em execução as suas decisões, sem precisar recorrer
previamente ao Poder Judiciário.
a) V, V, F, F, F
b) V, F, F, V, V
c) F, F, V, F, V
d) F, V, V, F, V
e) V, F, V, V, F

70. (ESAF – ACE - Grupo 1/2012)


Correlacione as colunas I e II, distinguindo as polícias administrativa e
judiciária. Ao final, assinale a opção que contenha a sequência correta para a
coluna II.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 64 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

a) 1, 1, 2, 1, 2
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

b) 2, 2, 1, 1, 1
c) 1, 2, 1, 2, 1
d) 2, 1, 2, 2, 1
e) 1, 2, 2, 1, 1
Comentários:
( ) voltada para pessoas – polícia judiciária. 2.
( ) voltada para atividades – polícia administrativa. 1,
( ) repressão penal – polícia judiciária. 2.
( ) liberdade de ir e vir – polícia judiciária. 2
( ) interesses gerais convivenciais – polícia administrativa. 1

Professor Jonatas Albino do Nascimento 65 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

7– Gabarito

Gabarito 1. Errado. ................................................................................................10


Gabarito 2. E. .........................................................................................................11
Gabarito 3. E. .........................................................................................................11
Gabarito 4. C..........................................................................................................12
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Gabarito 5. Certo. ..................................................................................................13


Gabarito 6. Certo. ..................................................................................................13
Gabarito 7. Certo. ..................................................................................................13
Gabarito 8. Errado. ................................................................................................14
Gabarito 9. Certo. ..................................................................................................14
Gabarito 10. Errado. ................................................................................................14
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Gabarito 11. Certo. ..................................................................................................15


Gabarito 12. Certo. ..................................................................................................15
Gabarito 13. Errado. ................................................................................................16
Gabarito 14. Certo. ..................................................................................................16
Gabarito 15. Certo. ..................................................................................................17
Gabarito 16. Certo. ..................................................................................................17
Gabarito 17. Errado. ................................................................................................17
Gabarito 18. Errado. ................................................................................................17
Gabarito 19. Errado. ................................................................................................18
Gabarito 20. Certo. ..................................................................................................18
Gabarito 21. Certo. ..................................................................................................18
Gabarito 22. Errado. ................................................................................................19
Gabarito 23. Certo. ..................................................................................................19
Gabarito 24. Certo. ..................................................................................................20
Gabarito 25. Certo. ..................................................................................................20
Gabarito 26. Certo. ..................................................................................................20
Gabarito 27. Errado. ................................................................................................21
Gabarito 28. Certo. ..................................................................................................21
Gabarito 29. Certo. ..................................................................................................22
Gabarito 30. Errado. .............................................................................................22

Professor Jonatas Albino do Nascimento 66 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Gabarito 31. Errado. ................................................................................................23


Gabarito 32. Errado. ................................................................................................24
Gabarito 33. Errado. ................................................................................................25
Gabarito 34. Errado. ................................................................................................25
Gabarito 35. Certo. ..................................................................................................26
Gabarito 36. Certo. ..................................................................................................26
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Gabarito 37. Certo. ..................................................................................................27


Gabarito 38. Anulada ...............................................................................................27
Gabarito 39. Errado. ................................................................................................28
Gabarito 40. Errado. ................................................................................................28
Gabarito 41. Errado. ................................................................................................29
Gabarito 42. Certo. ..................................................................................................30
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

Gabarito 43. Errado. ................................................................................................30


Gabarito 44. Errado. ................................................................................................31
Gabarito 45. Certo. ..................................................................................................31
Gabarito 46. Certo. ..................................................................................................31
Gabarito 47. Certo. ..................................................................................................32
Gabarito 48. Certo. ..................................................................................................32
Gabarito 49. D. ........................................................................................................33
Gabarito 50. D. ........................................................................................................33
Gabarito 51. D. ........................................................................................................33
Gabarito 52. C..........................................................................................................34
Gabarito 53. A. ........................................................................................................35
Gabarito 54. A. ........................................................................................................36
Gabarito 55. D. ........................................................................................................37
Gabarito 56. D. ........................................................................................................38
Gabarito 57. D. ........................................................................................................38
Gabarito 58. A. ........................................................................................................39
Gabarito 59. E. .........................................................................................................40
Gabarito 60. C..........................................................................................................40
Gabarito 61. E. .........................................................................................................41
Gabarito 62. E. .........................................................................................................41

Professor Jonatas Albino do Nascimento 67 de 68


www.exponencialconcursos.com.br
Direito Administrativo - Teoria e Questões comentadas
Professor Jonatas Albino do Nascimento

Gabarito 63. D. ........................................................................................................41


Gabarito 64. C..........................................................................................................42
Gabarito 65. A. ........................................................................................................43
Gabarito 66. D. ........................................................................................................44
Gabarito 67. B. ........................................................................................................44
Gabarito 68. E. .........................................................................................................45
Direitos autorais reservados (Lei 9610/98). Proibida a reprodução, venda ou compartilhamento deste arquivo. Uso individual.

Gabarito 69. C..........................................................................................................46


Gabarito 70. D. ........................................................................................................46
Cópia registrada para Felipe Gomes (CPF: 016.535.976-58)

8– Referencial Bibliográfico

Alexandrino, M. Paulo, V. Direito Administrativo Descomplicado. 22ª ed. São


Paulo: Editora Método, 2014.
Bandeira de Melo, C. A. Curso de Direito Administrativo. 27ª ed. São Paulo:
Malheiros, 2010.
Di Pietro, M. S. Z. Direito Administrativo. 22ª ed. São Paulo: Editora Atlas,
2009.
Alexandre, Ricardo. Deus, João de. Direito Administrativo Esquematizado. São
Paulo: Editora Método, 2014.
Meirelles, Hely Lopes. Direito administrativo brasileiro. 22.ed. São Paulo, RT,
1997
BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil.
Brasília, DF, Senado, 1998.
CARVALHO, Matheus. Manual de Direito Administrativo. 4ª ed. Salvador:
JusPODIVM, 2017.

Professor Jonatas Albino do Nascimento 68 de 68


www.exponencialconcursos.com.br