Você está na página 1de 3

OAB – 2ª FASE – DIREITO DO TRABALHO

PETIÇÃO INICIAL – RECLAMAÇÃO TRABALHISTA COM TUTELA PROVISÓRIA E PEDIDOS INDENIZATÓRIOS


PROF. RENATO SABINO.

1. Tutela Provisória
A tutela provisória vem prevista no art. 294 do CPC, podendo ser tutela de urgência ou
de evidência.
Para a tutela de urgência, deve ser demonstrada a probabilidade do direito e o perigo
de dano ou risco ao resultado útil (art. 300 do CPC).
A tutela de evidência deve ser concedida nas hipóteses do art. 311 do CPC.

2. Danos materiais
Dividem-se em dano emergente e em lucro cessante.
O dano emergente é aquele que pode ser verificado de imediato quando do
ajuizamento da ação. É a perda patrimonial que já pode ser verificada. Exemplo: despesas já
realizadas pelo empregado com tratamento médico, quando há acidente de trabalho.
O lucro cessante representa aquilo que o empregado deixará de ganhar em
decorrência de um ato ilícito. É um prejuízo futuro, calculado com base na probabilidade e
na razoabilidade. Exemplo: pensão para recompor redução de renda decorrente de
incapacidade para o trabalho.

3. Dano moral
O dano moral é a lesão a direito da personalidade (artigos 11 a 21 do CC).
De acordo com o art. 223-C da CLT, são direitos da personalidade tutelados inerentes à
pessoa física: etnia, idade, nacionalidade, honra, imagem, intimidade, liberdade de ação,
autoestima, gênero, orientação sexual, saúde, lazer e integridade física.
Quanto às pessoas jurídicas, o art. 233-D da CLT protege os seguintes direitos da
personalidade: imagem, marca, nome, segredo empresarial e sigilo da correspondência.

4. Modelo

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DO TRABALHO DA ___ VARA DO TRABALHO


DE ___.

(Espaço de 5 linhas)
RECLAMANTE, estado civil ..., profissão ..., CPF n. ..., endereço eletrônico ..., residente
na Rua ..., por intermédio de seu advogado abaixo assinado (procuração anexa, com
indicação de endereço profissional, onde recebe as intimações), vem à presença de Vossa
Excelência, com fundamento no art. 840, § 1º, da CLT, propor RECLAMAÇÃO TRABALHISTA
em face de RECLAMADO, CNPJ ..., estabelecida na Rua ..., pelos fatos e fundamentos a seguir
expostos:

I – DOS FATOS
A parte reclamante trabalhou na empresa no período de ..., na função de ..., com
salário de.... Durante a prestação de serviços, aconteceram diversas violações ao contrato
de trabalho, a seguir descritas.

II – FUNDAMENTOS JURÍDICOS

Durante o vínculo, ....


Ocorre que, nos termos do art. 186 e 927 do CC, aquele que causa dano a outrem por
conduta ilícito dolosa/culposa tem o dever de indenizar.
Assim, pede:
a) indenização por dano moral, no valor de R$ ...;
b) ressarcimento das despesas comprovadas, no valor de R$ ...
c) pensão mensal vitalícia de R$ ..., atualizada anualmente.

III – PEDIDOS
Ante o exposto, pede a procedência da ação com a condenação da reclamada ao
pagamento de:
a) ... : VALOR APURADO.
b) ...: VALOR APURADO.
Requer a notificação da reclamada para comparecer à audiência inicial e, querendo,
apresentar defesa sobre os fatos arguidos, sob pena de reconhecimento de revelia e
confissão ficta.
Protesta comprovar o alegado por todos os meios de prova admitidos em direito,
especialmente pelo depoimento pessoal, prova documental, pericial e testemunhal.
Requer os benefícios da justiça gratuita, por preencher os requisitos do art. 790, §3º, da
CLT.
Dá-se à causa o valor de R$ ___.
Termos em que
Pede deferimento.
Local e data.
Advogado
OAB n. ___.

5. Exercício

Pedro Freire trabalhava para o supermercado Compra Tudo Ltda, na cidade de João Pessoa,
desde 10/03/2017, como açougueiro. Sofreu acidente de trabalho em 05/05/2018, ficando 5
meses afastado. O acidente ocorreu porque o moedor de carne não estava com a trava de
proteção e acabou moendo seu dedo junto com um pedaço de carne. Teve alta do INSS em
13/10/2018, quando parou de receber auxílio-doença acidentário, e foi dispensado sem
justa causa em 16/10/2018. Ocorre que, por ter pedido seu dedo, Roberto ficou
completamente incapacitado trabalhar. Além disso, ele ainda teve despesas de R$ 1.000,00
com tratamento médico e remédios, conforme fazem provas as notas fiscais e recibos de
pagamento em seu favor.
QUESTÃO: Como advogado(a) procurado(a) por Pedro Freire, maneje a medida processual
pertinente para a defesa de seus interesses, sabendo que Pedro precisa retornar ao trabalho
o quanto antes, pois está passando necessidade financeira.