Você está na página 1de 13

POR QUE
ESCOLHER Instituição de ensino superior
O IPOG? presente em todos os estados
do Brasil e Distrito Federal.

Professores altamente
qualificados e com comprovada
experiência de mercado.

97,14% de satisfação nas


avaliações dos alunos.

Cursos reconhecidos
pelo MEC.

Chancela própria.

MÉTODO IPOG

O Método IPOG é
um conjunto de
procedimentos e
referências
pedagógicas que
têm como objetivo
aprimorar
continuamente a
experiência de
aprendizagem dos
alunos e está
estruturado em
três dimensões.
APRESENTAÇÃO
DO CURSO

Com o aumento da demanda da população e do setor produtivo por energia,


especialmente em suas formas renováveis, identificou-se uma alto nível de
empregabilidade neste setor, principalmente para profissionais com capacidade
de gestão e conhecimentos especializados e atualizados.

Segundo especialistas, a demanda atual no Brasil é de aproximadamente 80 mil


Engenheiros por ano, enquanto que as Instituições de Ensino Superior do país
formam, em média, 40 mil profissionais por ano. Neste contexto, é somado
também o fato das demandas específicas de cada habilitação e das exigências de
se ter uma pós-graduação na área. Estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa
Econômica Aplicada (IPEA), em 2011, constatou que o número de Engenheiros
será 3,6 vezes maior em 2020. Em consequência deste aumento, haverá uma
demanda ainda maior por cursos de especialização. Com base neste cenário, o
IPOG oferece um curso na área de Engenharia Elétrica que orbita no segmento
de projetos, execução e controle.

Estruturado nos eixos Gestão, Projetos Elétricos, Proteção Elétrica e Energias


Alternativas e Sustentabilidade, este MBA oferece conteúdos voltados para a
atualização profissional sobre as normas do setor e as novas fontes de energia
limpa; e para a diferenciação de Engenheiros e Técnicos Elétricos no mercado de
trabalho.

OBJETIVOS

• Promover excelente capacitação para interessados nas áreas de Gestão,


Projetos Elétricos, Proteção Elétrica e Energias Alternativas e Sustentabilidade.

• Oferecer curso com embasamento técnico-científico sólido, necessário à


capacitação de profissionais de alto nível.

• Promover reciclagem do profissional atuante na área.

• Formar e capacitar novos especialistas em Gestão, capazes de trabalhar em


equipe e liderar projetos.

• Desenvolver competências na área de Gestão Estratégica, Gestão de Projetos e


no Desenvolvimento do Potencial Humano.

• Oferecer ferramentas que permitam o desenvolvimento de projetos, sua


execução e controle

• Oferecer estratégias e alternativas de energia renovável e sustentável.


DIFERENCIAIS
DO CURSO

• Curso inédito no mercado.

• Primeiro MBA do país a ofertar um módulo de Proteção e Automação Elétrica.

• Direcionamento do Engenheiro Eletricista para atuação em posições gerenciais.

• Ideal para reposicionamento profissional no mercado de Engenharia.

• Professores Mestres ou Doutores atuantes no mercado.

• Aplicabilidade imediata dos conteúdos abordados.

FORMAÇÃO
CURRICULAR

1) Fundamentos da Gestão Estratégica em Projetos Elétricos


2) Viabilidade Econômica de Projetos
3) Prática de Gestão de Projetos de Engenharia Elétrica:
Cronograma, Orçamento e Otimização
4) Diagnóstico e Estratégias para Recuperação de Sistemas Elétricos
5) Desenvolvimento Integral do Potencial Humano
6) Manutenções Preditivas, Corretivas e Emergenciais
em Linhas Energizadas e Desenergizadas
7) Projeto e Execução de Subestações de Alta Tensão
8) Aterramento de Sistemas Elétricos e Sistemas de
Proteção de Descargas Atmosféricas (SPDA)
9) Proteção e Automação de Sistemas Elétricos
10) Qualidade da Energia Elétrica
11) Climatização: Projetos e Execução
12) Redes, Internet e Aplicações em Engenharia Elétrica
13) Motores e Geradores
14) Projeto e Execução de Instalações Industriais
15) Engenharia de Iluminação
16) Estratégias de Tarifação Horária
17) Fontes Alternativas e Renováveis de Energia Elétrica:
Auditorias, Gestão e Diagnósticos Energéticos
18) Energia Solar, Energia Eólica e Cogeração
PARA QUEM É
ESTE CURSO?

Engenheiros Eletricistas e Tecnólogos da área elétrica.

MATRIZ CURRICULAR
E EMENTAS

FUNDAMENTOS DA GESTÃO ESTRATÉGICA EM PROJETOS ELÉTRICOS


Estratégia, raciocínio, conceito, funções, formulação, análise, formação e estudo
de modelos de estratégia. Introdução à cenários. Sensibilização quanto ao
ambiente interno e externo das organizações e a sua conexão com o Setor
Elétrico. Conceitos de gestão e suas funções. Diagnóstico Organizacional. Gestão
Estratégica. Estudo de casos com aplicação no Setor Elétrico.

VIABILIDADE ECONÔMICA DE PROJETOS


O Projeto de Investimento na Empresa, Planejamento, Elaboração e Análise, O
Projeto no Contexto Estratégico da Empresa, Cenários, Estratégia e a Decisão de
Investir, Análise de Projetos de Investimento, Estimativas de Fluxo de Caixa,
Método do Valor Presente Líquido, Método da Taxa Interna de Retorno, Método
do Índice de Lucratividade, Método de Pay-back, Critérios de Seleção de Projetos,
Seleção de Projetos Mutuamente Excludentes, Seleção de Projetos com e sem
Restrição de Capital, Análise de Sensibilidade, Projeção de Resultados,
Orçamento do Projeto, Análise de Resultados, Análise de Resultados.

PRÁTICA DE GESTÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA ELÉTRICA:


CRONOGRAMA, ORÇAMENTO E OTIMIZAÇÃO
Conceitos básicos de Gestão de Projetos; fases do desenvolvimento de um
projeto; configuração do ambiente de trabalho; tipos e características de
calendários; elaboração dos calendários do projeto. Estrutura Analítica do Projeto
(EAP/WBS); definição das atividades; eventos repetitivos; definição da duração de
atividades; vínculos entre atividades; caminho crítico. Banco de Dados de
Recursos; Tipos de recursos: humanos e materiais; alocação de recursos às
atividades do projeto; estimativa de orçamento e cronograma. Gestão da
Execução do Projeto com simulação de alterações. Estudo de caso prático na
Gestão de um Projeto em Engenharia Elétrica.

DIAGNÓSTICO E ESTRATÉGIAS PARA


RECUPERAÇÃO DE SISTEMAS ELÉTRICOS
Diagnóstico de Sistemas Elétricos. Avaliação e construção de estratégias para
recuperação de instalações elétricas prediais. Métodos de Recuperação de
Sistemas Elétricos.

DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DO POTENCIAL HUMANO


Fatores que conduzem ao Desenvolvimento Integral do Potencial Humano;
Desafios do desenvolvimento humano ao longo das 8 etapas do ciclo da vida;
Sobre as diferenças entre o caminho do murchamento e o caminho do
florescimento dos potenciais humanos; A diferença entre caráter e personalidade;
As virtudes e as forças de caráter; - Introdução à Visão Integral; As Linhas de
Desenvolvimento ou Inteligências Múltiplas; Os Níveis de Desenvolvimento
humano; A Dinâmica da Espiral - os 8 níveis de desenvolvimento de valores ou
memes; Análise e devolutivas de instrumentos de autoconhecimento; Estados de
Consciência; quadrantes: matriz integral do desenvolvimento integral humano; A
dialética do desenvolvimento: diferenciação e integração. A matriz da Plenitude;
Nossa capacidade de transformação pessoal (CTP).

MANUTENÇÕES PREDITIVAS, CORRETIVAS E EMERGENCIAIS


EM LINHAS ENERGIZADAS E DESENERGIZADAS
Visão geral de manutenção. Planejamento e Controle da manutenção.
Manutenção em instalações Desenergizadas: planejamento, segurança do
trabalho, procedimentos. Manutenção e ensaios em equipamentos:
transformadores, disjuntores, seccionadoras, TPs, TCs, relés, etc. Manutenção
em sistemas com geração própria e UPSs (No-Breaks). Manutenção em
instalações energizadas: planejamento, segurança do trabalho, ações para
minimização de riscos, inspeções, termografia, medições de energia, análise de
dados de medição e análise de eventos/ oscilografias.

PROJETO E EXECUÇÃO DE SUBESTAÇÕES DE ALTA TENSÃO


Discussão e análise de projetos de subestações de alta tensão (acima de 69 kV).
Assuntos abordados: Procedimentos de rede e procedimentos de distribuição,
topologia do sistema elétrico de uma subestação de alta tensão,
dimensionamento dos principais equipamentos (chave seccionadora, disjuntor,
TC, TP, para-raios). Noções de coordenação de isolamento e transitórios
eletromagnéticos aplicados ao projeto de uma subestação.

ATERRAMENTO DE SISTEMAS ELÉTRICOS E SISTEMAS DE


PROTEÇÃO DE DESCARGAS ATMOSFÉRICAS (SPDA)
Função e filosofia de aterramento elétrico; tipos, configurações e características
de aterramento; Medição de resistividade e estratificação do solo; Projeto e
dimensionamento de sistemas de aterramento. Análise de risco para projetos de
Sistema de Proteção Contra Descarga Atmosférica (SPDA); Projeto e
dimensionamento de SPDA.

PROTEÇÃO E AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS ELÉTRICOS


Filosofia da proteção dos sistemas elétricos; Dispositivos de proteção; Funções
de proteção e suas aplicações; Equipamentos e suas proteções; Seletividade e
coordenograma de proteção elétrica; Automação elétrica com a IEC-61850.

QUALIDADE DA ENERGIA ELÉTRICA


Apresentação e discussão de soluções para os principais distúrbios de qualidade
de energia, como distorções harmônicas, Sag, Swell, surtos, ruídos, flutuações,
flicker, notching, transientes, desequilíbrios, fator de potência, fator k e referências
normativas.

CLIMATIZAÇÃO: PROJETOS E EXECUÇÃO


Princípios de termodinâmica e transferência de calor e massa. Elementos de
conforto. Componentes de sistemas frigoríficos. Fatores climáticos. Materiais de
Engenharia. Engenharia de Projeto. Estudo de casos.
REDES, INTERNET E APLICAÇÕES EM ENGENHARIA ELÉTRICA
Projetos de redes (LAN, MAN´s e WAN´s), endereçamento TCP/IP e suas
aplicações na engenharia elétrica: smart grid, monitoração remota de linhas de
transmissão, subestações, medição remota de energia (telemedição). Sistemas
de segurança, automação residencial, CFTV IP (e gravação na nuvem), etc.

MOTORES E GERADORES
Fundamentos de circuitos magnéticos. Funcionamento e operação de motores de
indução trifásicos, motores e geradores síncronos trifásicos, geradores e motores
de corrente contínua. Aplicações.

PROJETO E EXECUÇÃO DE INSTALAÇÕES INDUSTRIAIS


Discussão e análise de projetos de instalações elétricas de média e baixa tensão.
Conceitos para a elaboração de projetos de instalações elétricas de baixa tensão
alimentadas em média tensão pela concessionária de energia: levantamento de
carga, tarifação, arranjo de subestações e dimensionamento de equipamentos
elétricos (transformadores, painéis elétricos, banco de capacitores, cabos de força
etc.). Análise de diagramas unifilares e diagramas funcionais de painéis elétricos.

ENGENHARIA DE ILUMINAÇÃO
Fundamentos e conceitos da iluminação artificial. Componentes de um sistema de
iluminação. Projetos de iluminação interna: residencial, comercial e industrial. A
iluminação das cidades. A iluminação da arquitetura e monumentos. A iluminação
da paisagem e a poluição luminosa. Estudos de caso. Ferramentas
computacionais para desenvolvimento de projetos luminotécnicos.

ESTRATÉGIAS DE TARIFAÇÃO HORÁRIA


Composição do sistema elétrico de potência. Planejamento da operação e o
despacho econômico de energia. Introdução às tarifas de energia elétrica no
Brasil. Modalidades Tarifárias. Estratégias Tarifárias. Escolha da Modalidade
Tarifária e Enquadramento Tarifário. Bandeiras Tarifárias. Pré-pagamento.
Processos de Alteração de Tarifas. Curva de carga.

FONTES ALTERNATIVAS E RENOVÁVEIS DE ENERGIA ELÉTRICA:


AUDITORIAS, GESTÃO E DIAGNÓSTICOS ENERGÉTICOS
Fontes de Energia; Potencial e Recursos no Brasil. Perdas, Conservação de
Energia e Meio Ambiente. Política Energética e Planejamento Energético
Brasileiro. Fontes Renováveis. Fontes Alternativas. Contratos do SEB e
Contratação de Demanda. Ambientes de Comercialização de Energia Elétrica.
Auditorias Energéticas. Análise de Alternativas. Gestão da Energia. Diagnósticos
Energéticos. Avaliação e Melhoria da Estrutura de Consumo. Migração de
Consumidores. Aplicação de Soluções e Estudo de casos.

ENERGIA SOLAR, ENERGIA EÓLICA E COGERAÇÃO


Geração Distribuída: conceito, impactos e aplicações. Formas de inserção de
projetos no mercado nacional, viabilidade da geração distribuída. Energia solar:
termosolar e solar fotovoltaica. Geração fotovoltaica: tipos de células solares e
suas propriedades; eficiência; usinas e equipamentos auxiliares; custos; projetos
e aplicações. Energia eólica: conceito e mapas eólicos; tipos de turbinas;
potencial eólico; custos; projetos e aplicações. Sistemas de geração termelétrica
de eletricidade: turbinas a gás; motores alternativos; e sistemas híbridos.
Propriedades; custos e aplicações. Cogeração: conceituação; energia térmica e
energia elétrica; eficiência dos sistemas de cogeração; combustíveis; custos e
aplicações. Conceito de Trigeração.
*As ementas poderão ser ajustadas conforme demandas de mercado, novas legislações, novos cenários e contextos.

COORDENAÇÃO

ALAN NASCIMENTO
Mestre em Energia pela UFABC (2012).
Engenheiro eletricista (1992). Pós-graduado em
Administração de Marketing (1995). Professor
no IPOG desde 2010 em diversos cursos e
disciplinas, sempre voltadas às áreas de
Arquitetura e Engenharia Elétrica. Sólida
formação técnica com treinamentos na Bélgica
e Portugal. Atua há mais de 20 anos no
mercado de Iluminação, tendo desenvolvido diversas atividades nas áreas
Comercial, Projetos, Assistência Técnica, Produção e Desenvolvimento de
Equipamentos. Atualmente é Gerente Comercial e Consultor Técnico na área de
LEDs de empresa especializada na distribuição e desenvolvimento de soluções
eficientes para a Indústria de Iluminação.

CORPO
DOCENTE

ALEXANDRE A. OTATTI NOGUEIRA


Doutor pela USP na área de Sociedade, Economia e Estado. Mestre em Sistemas
Eletrônicos pela Escola Politécnica da USP. MBA em Business Administration
pelo Centro de Educação Continuada da Escola de Engenharia Mauá. Engenheiro
Eletricista pela Escola de Engenharia Mauá. Especialização em Gestão de
Pessoas e Liderança de Equipes pela Faculdade Getúlio Vargas. Relevante
experiência profissional, com mais de 20 anos de atuação nas áreas de
Engenharia de Manufatura, Estratégia & Business Case Modelling,
Gerenciamento de Projetos, Planejamento de Investimentos, Preparação da
Produção e Gerenciamento da Produção no Brasil, Estados Unidos e Alemanha.

ALEXANDRE METTEGANG DIENER


Graduação em Engenharia Industrial Elétrica pela UTFPR. Especialista em
Engenharia de Segurança do Trabalho pela UTFPR. Pós-graduado em
Instrumentação Elétrica pela UFPR/Prominp. Responsável técnico da AW Strom
Engenharia e Serviços nas áreas de Projetos, Manutenção Preventiva e Preditiva
de Sistemas Elétricos de Média e Alta Tensão, Comissionamento, Qualidade de
Energia e Estudos de Proteção e Arco Voltaico de Sistemas Elétricos. Engenheiro
de campo há mais de nove anos nas áreas de Sistemas Elétricos de Potência,
com ênfase em Manutenção e Proteção.

ALEXANDRE SILVA VENITO


Graduado em Engenharia Elétrica Industrial pelo Centro Federal de Educação
Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET/RJ). Mestre em Computação -
área de Concentração em Redes e Sistemas Distribuídos e Paralelos pela
UFF/RJ. Pós-graduado no MBA de Gerência de Projetos pela Fundação Instituto
de Administração da Universidade de São Paulo (FIA/USP). Pós-graduado em
Engenharia Elétrica Industrial pela Universidade Petrobras. Atua desde 2000
como Engenheiro de Projeto e Manutenção em Sistemas Eletro Eletrônicos de
Controle e Potência. Há nove anos atua como Auditor Técnico da Petrobras em
Avaliações de Fornecedores da área Elétrica e de Automação, assim como na
Gerência de Engenharia de Instalações de Superfície da Exploração e Produção
(E&P) como Engenheiro de Equipamentos Pleno.

ANDRÉ ANTONIO DORO


Engenheiro Mecânico, formado na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP).
Vivencia de 15 anos no segmento de Ar-condicionado e Refrigeração, com
passagem em multinacionais como Johnson Controls (York), Midea Carrier e
Samsung. Vivência profissional nos Estados Unidos e diversos Estados do Brasil,
desempenhando atividades de Venda técnica, com envolvimento em toda a
cadeia, desde a concepção de um projeto de ar-condicionado até a venda de
contratos de manutenção.

CLEIDIMAR GARCIA PEREIRA


Graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Brasília (UnB-DF/2000) e
mestre em Engenharia Elétrica/Telecomunicações pelo Instituto Tecnológico de
Aeronáutica (ITA-SP/2005). Experiência nas áreas de Instalações Elétricas,
Telecomunicações e Radiodifusão. Atuou como Engenheiro Eletricista,
Engenheiro de Redes de Telecomunicações, Engenheiro de Telecomunicações,
Gerente Geral de Telecomunicações e Diretor Técnico de Engenharia.
Atualmente é Professor de graduação e pós-graduação, e Empresário /
Empreendedor nas áreas de Projetos, Consultorias, Execuções e Treinamentos.

DANIEL VIEIRA
Graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Uberlândia.
Mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade de Brasília. Mestrado em
Engenharia para o Desenvolvimento Sustentável pela University of Cambridge.
Especialista em Regulação da Agência Nacional de Energia Elétrica há mais de 7
anos. Atua desde 2009 na Superintendência de Regulação dos Serviços de
Distribuição.

HENRIQUE LOPES DOS SANTOS


Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da
Universidade Federal de Minas Gerais (2010) na área de Engenharia de Potência.
Graduação em Engenharia Elétrica pela UFMG (2007). Ingressou na Petrobras
em 2010, onde atua como Engenheiro de Equipamentos. Especializou-se em
Equipamentos Elétricos Aplicados à Indústria do Petróleo e Gás Natural pela
Universidade Petrobras em 2011. Experiência de 2 anos em Docência em ensino
superior, quando ministrou a disciplina Instalações Elétricas Residenciais na
Universidade Federal de Minas Gerais (2008-2010). Atualmente trabalha com
Projetos de Instalações Elétricas Industriais, na Elaboração de Projetos Básicos,
na Fiscalização de Projetos Executivos e na Assistência a Obras na Petrobras.

JOSÉ FRANCISCO RESENDE DA SILVA


Doutor em Engenharia Elétrica pela Escola de Engenharia de São Carlos / USP.
Graduação em Engenharia Elétrica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de
Mesquita Filho (UNESP, 1994). Mestrado em Engenharia Elétrica pela
Universidade de São Paulo (USP, 2003). MBA em Gestão Empresarial pela FGV
(2009). MBA em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas
(2011). Desde 2009 é Professor Executivo do IBE-Business Education Campinas,
conveniada da Fundação Getúlio Vargas em cursos de pós-graduação em
Administração de Empresas. 27 anos de experiência no setor de Energia. Atua
como Especialista Sênior em Pesquisa e Desenvolvimento na Diretoria de
Operações da Empresa Elektro - Eletricidade e Serviços S.A. Responsável pelo
Gerenciamento do Programa de P&D da Elektro Junto a ANEEL (Agência
Nacional de Energia Elétrica) com a Administração de dezenas de Projetos.

LANIER PETERSON CASTELO BRANCO DE SAMPAIO


Doutor em Engenharia Elétrica - área de concentração em Automação e Sistemas
de Potência pela Universidade de Brasília. Mestre em Engenharia Elétrica pela
UnB. Engenheiro de Sistemas de Potência. Profissional atuante no setor Elétrico
nas áreas de Operação e Manutenção de Usinas, Linhas de Transmissão e
Subestações desde 1994. Trabalhou com Engenharia de Campo, Operação de
Sistemas Elétricos, Engenharia Econômica, Gestão de Ativos, Regulação do
Setor Elétrico, Geração, Transmissão e Distribuição de Energia Elétrica, Projetos
de P&D, Planejamento Estratégico, Análise de sensibilidade, Eficiência produtiva,
Análise Envoltória de Dados, Economia da Experiência, Gestão Corporativa e
Gestão de Mudanças. Professor de cursos de pós-graduação. Atualmente
trabalha na Eletrobrás Furnas.

LUCIANO VENELLI COSTA


Possui graduação em Engenharia Elétrica - ênfase Eletrônica pelo Centro
Universitário da FEI (1992), graduação em Administração Geral pela Universidade
Metodista de São Paulo (2011), mestrado em Administração pela Universidade
Metodista de São Paulo (2003) e doutorado em Administração pela Universidade
de São Paulo (2011). Atualmente é professor titular do mestrado em
Administração da Universidade Metodista de São Paulo. Tem experiência na área
de Administração e Tecnologia, atuando principalmente nos seguintes temas:
gestão de pessoas, gestão de carreiras, tecnologia aplicada, gestão de projetos e
educação a distância.

MÁXIMO LUIZ POMPERMAYER


Licenciado em Matemática, pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná
(UNIOESTE, 1994). Mestre e Doutor em Planejamento de Sistemas Energéticos
pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, 1996 e 2000), onde atuou
como Pesquisador e Consultor nas áreas de Energia e Meio Ambiente. Consultor
e Técnico da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) de maio de 2000 a
junho de 2005, onde coordenou atividades e projetos nas áreas de Energia e
Meio Ambiente, entre os quais o Atlas de Energia Elétrica do Brasil e os
Programas de P&D das empresas de energia elétrica. Pesquisador visitante do
Centro Internacional de Pesquisas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento
(CIRED/CNRS, França) de setembro de 1997 a agosto de 1998. Pesquisador do
Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) e
Professor da Universidade Paulista (UNIP), de julho de 2005 a janeiro de 2007.
Superintendente de Pesquisa e Desenvolvimento e Eficiência Energética da
ANEEL e Professor da Faculdade de Tecnologia SENAC-DF a partir de fevereiro
de 2007.

PAULO SÉRGIO SAMPAIO


Bacharel em Matemática pelo Centro Universitário Fundação de Santo André
desde Dezembro/2001. Pós-graduado (Lato Sensu) em Gestão de Projetos pela
Fundação Carlos Alberto Vanzolini no Campus USP desde Fevereiro/2007.
Atualmente é Docente na graduação da Faculdade de Ciências Exatas e
Tecnologia da Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) e na graduação da
Faculdade de Informática e Administração Paulista (FIAP). Professor Mestre na
pós-graduação do curso MBA em Gestão de Projetos e do curso de graduação
Tecnologia em Gestão da Qualidade pelo Centro Universitário Fundação de Santo
André. Professor mestre do curso de pós-graduação MBA em Projeto, Execução
e Controle de Engenharia Elétrica do IPOG. Mestre em Comunicação Social pela
Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) desde Abril/2013. É certificado
PMP (Project Management Professional) desde Setembro/2005 e certificado PMI-
RMP (Risk Management Professional) desde Agosto/2013, ambos pelo PMI
(Project Management Institute).

THIAGO TREZZA BORGES


Graduado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Juiz de Fora
(UFJF, 2003). Mestrado em Engenharia Elétrica pela UFJF (2006). Doutorado em
Engenharia Elétrica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ, 2012).
Atualmente é Engenheiro de Equipamentos da Petrobras. Experiência na área de
Engenharia Elétrica, com ênfase em Sistemas Elétricos de Potência. Atua
principalmente, nos seguintes temas: Fluxo de Potência Ótimo, Sistemas de
Distribuição, Restabelecimento, Modelagem Orientada a Objetos e
Reconfiguração. Professor da Universidade Federal Fluminense (UFF) na
disciplina Subestações.

VILSON LUIZ COELHO


Graduação (1979), mestrado (2005) e doutorado (2010) em Engenharia Elétrica
pela Universidade Federal de Santa Catarina. Pós-doutorado pela Universidade
de São Paulo (2014). Atualmente é Professor da Faculdade SATC e Diretor
Técnico da empresa Power Engenharia. Entre 1980 e 2003 atuou na Centrais
Elétricas de Santa Catarina S.A. (CELESC) na função de Engenheiro e Gerente
de Normas e Padrões de Materiais e Equipamentos do Sistema de Distribuição.
Tem experiência na área de Engenharia Elétrica, com ênfase em Transmissão e
Distribuição da Energia Elétrica.

VICTOR LUIZ MERLIN


Graduação em Engenharia Industrial Elétrica pelo CEFET-PR. Mestre em Energia
pela Universidade Federal do ABC. Responsável técnico da Engenheiros
Associados (EA) nas áreas de Projetos, Manutenção, Comissionamento,
Qualidade de Energia e Estudos de Proteção de Sistemas Elétricos. Engenheiro
de campo há mais de 13 anos nas áreas de Sistemas Elétricos de Potência, com
ênfase em Proteção. Doutorando em Energia pela Universidade Federal do ABC
com pesquisas na área de Inteligência Artificial Aplicada a Proteção de Sistemas
de Transmissão em Corrente Contínua.
WESLEY F. USIDA
Mestre e Doutor em Engenharia Elétrica pela USP. Atualmente, trabalha como
Especialista em regulação no setor de Energia Elétrica, principalmente em
estudos relacionados ao setor de Distribuição de Energia Elétrica. Experiência
profissional em docência nos cursos de graduação e pós-graduação. Autor
de diversos artigos técnico-científicos, tendo seus trabalhos mais de 50 citações
internacionais.
* Professores titulares. Sujeitos a alterações.

DOCUMENTAÇÃO
NECESSÁRIA

• Diploma de graduação original.


• Cópia do RG e CPF / ID Profissional / CNH.

DURAÇÃO /
PERIODICIDADE

18 meses (um final de semana por mês).


• Sexta, das 18h às 23h.
• Sábado, das 8h às 19h.
• Domingo, das 8h às 13h.
ipog.edu.br
Av. Mal. Mascarenhas de Morais, 4651
Boa Viagem- PE, CEP 51150-004

81 3035.0512
81 99296.1175