Você está na página 1de 4

DADOS PESSOAIS

Nome: Saga: Escola:

Jogador: Egrégora: Tendência:

Personalidade:

CARACTERÍSTICAS
FISICAS PSÍQUICAS ESPITIRUAIS
Físico: Inteligência: Espírito:

Força: Raciocínio: Afinidade:

Reflexos: Percepção: Intuição:

Aparência: Simpatia: Determinação:

TALENTOS
TALENTOS INATOS TALENTOS DESENVOLVIDOS TALENTOS APRENDIDOS
Exercícios Físicos: Condução: Computação:
Esquiva: Armas Brancas: Erudição:

Luta: Armas de Fogo: Tecnologia:

Atenção: Armas de Arremesso: Informática:

Submundo: Concertos Leves: Meditação:

Intimidação: Primeiros Socorros: Ocultismo:

Expressividade: Sutileza: Reinos:

Empatia: Trabalhos Manuais: Línguas:

Predistigitação: Segurança: Etiqueta:

Tenacidade: Campismo: Investigação:

PARADA DE DADOS
Presença: Perícias: Vontade:

CONSTITUIÇÃO
Física: + -
Psíquica + -
KHARMA E DHARMA
Transitório: O dharma do personagem é:
Maduro:
Dharma:

PLANOS
Mental: Etérico:
Astral: Físico:

SHIDDIS
Criação: Transformação: Controle: Projeção: Expansão: Compreensão: Polaridade:

SHAKTI
1 10

VANTAGENS E DESVANTAGENS
Nome: Pts. Nome: Pts.

EQUIPAMENTOS
Equipamentos em Geral: Armas:

HISTÓRICO E VISUAL
Histórico: Ilustração:

Pontos de Experiência:
Referências e Inspirações:
Com exceção da Criação como um todo, nada surge do nada. Nem nossos
pensamentos. Quando decidimos criar este RPG, já existiam as sementes que
permitiram que se fizesse brotar algo no terreno de nossas mentes. Estas fontes são bem
variadas e se tornaram inspirações pelos mais diversos motivos. Prestamos aqui uma
humilde homenagem a estas obras das mais diversas que ajudaram no desenvolvimento
de Maytréia. Os leitores podem ou não se utilizar delas como fonte de idéias para suas
Sagas. Seria interessante se o fizessem.

• Obras:
Algumas obras serviram de inspiração para a conceituação e ambientação.
Foram personalidades que não contribuíram com um ou dois livros, mas com quase toda
(senão toda mesmo) obra... e até mesmo com o modo com que viveram suas vidas.
Estes homens e mulheres desenvolveram trabalhos que modificam profundamente as
pessoas que entraram em contatos com eles. Agradecemos portanto as Obras das
seguintes pessoas:
Professor Henrique José de Souza e Helena Jefferson de Souza, Helena Petrovna
Blavatsky, H. Spencer Lewis, Coronel Henry Steel Olcott, Mahatma Ghandi,
Krishamurti, Platão, Huberto Rohden e outros pensadores que se debruçaram sobre duas
questões: o que é a realidade? E qual é o papel do Ser Humano?

• Livros:
Com certeza, nem todos os livros estarão aqui. Pedimos desculpas por essa falta.
Os livros daqueles que citamos na parte acima, dedicada as obras, também não; pode
parecer pretensão mas achamos desnecessária a repetição. Todos eles merecem uma
leitura profunda e de mente aberta. Muitos dos conceitos apresentados no jogo, são
apresentados neles também. São eles:
Ponto de mutação e A teia da vida (Fritjoph Capra), Inteligência emocional
(Daniel Goleman, PhD), Buda (volume da coleção “Mitos, Deuses, Mistérios” de
autoria de Alistair Shearer), A cabala mística (Dion Fortune), Além do bem e do mal,
Assim Falou Zaratrusta e O Anticristo (Nietzsche), Uma aventura entre os rosacruzes
(Franz Hartmann), Cabala (Perle Epstein), Olympos – Os deuses da Grécia (João S.
Lopes Filho e Fred M. de Carvalho), O senhor dos anéis – 3 volumes e Hobbit
(Tolkien), O espírito do mal (William Peter Blatt), Apologia de Sócrates e República
(Platão), Blavatsky (volume da coleção “Pensamento Vivo”), Shikasta – Primeiro
volume (Doris Lessing), Zanoni (Sir E. Bulwer Lytton), Ghandi (edição especial da
revista “A Índia, Perspectivas”), Adonai (Jorge E. Adoum), O Despertar dos Mágicos
(Louis Pauwels e Jacques Bergier). Além destes, os mais diversos livros que explicaram
alguns sistemas iniciáticos existentes e as mais diferentes culturas (com um certo
destaque para a cultura hindu e egípcia).

• Filmes:
Alguns dos filmes aqui citados poderão parecer destoantes do objetivo e
ambientação de Maytréia. Mas não é assim. Uma observação mais acurada poderá
permitir a descoberta do que pode ter servido de inspiração aos autores. Muitos deles
permitem o desenvolvimento de excelentes idéias para Sagas ou de inspiração para
ambientações:
Trilogia Matrix (logicamente), Cidade das sombras (também logicamente), O
advogado do diabo, Clube da luta, O show de Truman, O pescador de ilusões, Guerra
nas estrelas (toda a saga), O 13º andar, O pequeno Buda, O rapto do menino dourado,
Sete anos no Tibet, Kundun, Amor além da vida, Indiana Jones (toda a saga), O corvo
(os dois primeiros filmes), Vanilla sky, Os 12 macacos, Hércules (o desenho da
Disney).

• RPG’s:
O simples fato do RPG ser o que é e funcionar da maneira que funciona já
serviria de inspiração para as idéias e ambientações do jogo. Mas existiram e sempre
existirão influências. Algumas devido às idéias para regras, outras devido à ambientação
e conceituação... talvez uma simples frase escrita com outras pretensões. Não importa.
Acreditamos no RPG como o sistema de aprendizado do futuro e todos colaboram com
todos neste objetivo. Pedimos sinceras desculpas caso tenhamos esquecido de algum:
Vampiro – a máscara, Mago – a ascensão, Wraith – the oblivion, AD&D, D&D – 3ª
edição, Kall of Ktchulu, Star Treck, Gurps, A era do caos, Marvel Super Heroes,
Hunters – the reckoning.