Você está na página 1de 3

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO

DEPARTAMENTO DE QUÍMICA

QUÍMICA GERAL – TURMA LF-1

PROFº JOÃO TENÓRIO

4ª LISTA DE EXERCÍCIOS

Bibliografia recomendada:

BRADY, J. E., HUMISTON, G. E. Química Geral. 1. ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 2003.

MASTERTON, W. L., SLOWINSKI, E. J., STANITSKI, C. L. Princípios de Química. 6. ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan, 1990.

1º) A gaseificação da Coca-Cola é feita do seguinte modo: o gás CO 2 é mantido sob o líquido a uma pressão de 3 atm à 25ºC. Calcule a molaridade em 1,0 L de Coca-Cola do CO 2 dissolvido , dado K H = 1,24x10 6 mmHg.

2º) Calcule a fração molar do soluto de uma solução sabendo que a pressão de vapor da mesma é 150 atm e a do solvente puro é 200 atm.

3º) A 25ºC a massa específica de uma solução a 50% ponderais de etanol em água é 0,914 g/mL. O volume parcial molar da água nesta solução é 17,4 mL.mol -1 . Calcule o volume molar do etanol.

4º) Explique, em termos moleculares, o motivo da diminuição da pressão de vapor com a adição de um soluto em um solvente puro.

5º) Explique a diferença entre uma solução ideal e uma solução não-ideal.

6º) A 20º C a massa específica de uma solução 20% ponderais de etanol em água é 968,7 Kg.m -3 . O volume parcial molar do etanol na solução é 52,2 cm 3 .mol -1 . Calcule o volume parcial da água.

7º) A 300 K, as pressões parciais de vapor do HCl (isto é, as pressões parciais do HCl no vapor) em equilíbrio com o GeCl 4 líquido são as seguintes:

X

HCl

0,005

0,012

0,019

P HCl (KPa)

32,0

76,9

121,8

a) A solução obedece a lei de Henry?

b) Sabendo que a molalidade da solução de HCl em tetracloreto de germânio é 0,10 mol.Kg -1 , estime a pressão parcial do vapor do HCl em equilíbrio com a solução.

8º) Na Europa, uma das maneiras de tirar a neve acumulada na porta da casa das pessoas é jogando sal de cozinha. Justifique esta medida em termos químicos.

9º) O sal de cozinha em água no isopor, faz com que a cerveja fique mais gelada rapidamente. Explique em termos químicos.

10º) Um motor elétrico produz 15 kJ de energia, a cada segundo, na forma de trabalho mecânico, e perde 2 kJ de calor para o ambiente. Qual a variação de energia interna do

motor?

11º) Calcule o trabalho de expansão que é feito durante a eletrólise de 50g de água, a pressão constante de a 25ºC.

12º) A equação termoquímica para a combustão nos maçaricos, é dada pela equação:

do acetileno, um combustível usado

O

O

2C 2 H 2(g) + 5O 2(g)

usado O O 2C 2 H 2 ( g ) + 5O 2 ( g )

4CO 2(g) + 2H 2 O (l) H = - 2602 kJ

etano, um outro hidrocarboneto combustível, reage da seguinte maneira:

2C 2 H 6(g) + 7O 2(g)

seguinte maneira: 2C 2 H 6 ( g ) + 7O 2 ( g ) 4CO

4CO 2(g) + 6H 2 O (l) H = - 3123 kJ

hidrogênio e o oxigênio combinam-se conforme a equação:

H 2 (g) + 1/2 O 2(g)

kJ hidrogênio e o oxigênio combinam-se conforme a equação: H 2 (g) + 1/2 O 2(g)

H 2 O (l) H = - 286 kJ

Todos os dados acima correspondem à mesma temperatura e pressão: 25ºC e 1 atm. Use as equações fornecidas para calcular a variação de entalpia da reação abaixo a 25ºC e 1 atm.

C 2 H 2(g) + 2H 2 (g)

reação abaixo a 25ºC e 1 atm. C 2 H 2(g) + 2H 2 (g) C

C 2 H 6(g)

H = ?

13º) Quando 2 mol de H 2 e 1 mol de O 2 , a 100ºC e 1 atm, reagem para produzir 2 mol de vapor d’água a 100ºC e 1 atm, um total de 484,5 kJ são liberados. Quais são:

a) H por mol de H 2 O?

b) U por mol de H 2 O?

14º) Por definição, qual será o calor de uma expansão à temperatura constante? Explique.

15º) Enuncie a segunda lei da termodinâmica.