Você está na página 1de 4

CAPÍTULO 6

1. Conceitue ciclo biogeoquímico e enumere as suas principais características.

R: Ciclo de interação entre seres vivos, meio ambiente e elementos químicos.


Características:
1. Um depósito geológico (atmosfera ou litosfera);
2. Inclusão de seres vivos (vegetais, animais e microrganismos);
3. Câmbios químicos (transformação);
4. Movimento do elemento químico desde o meio físico até os organismos e seu
retorno a este.

2. Como o homem interfere nos ciclos biogeoquímicos?

R: O homem interfere no ar, na água e no solo, contribuindo intensa e diretamente na


alteração das propriedades físico-químicas do meio, com a extração mineral e cultivo do
solo, liberação descontrolada de gases na atmosfera e despejo de resíduos e dejetos no
solo e leitos, assim atuando como um agente acíclico e de desequilíbrio.

3. A concentração de CO2 atmosférico é mais baixa ao meio dia e mais alta à noite.
Usando o ciclo do carbono, explique como isto é possível.

R: Os vegetais principalmente as algas marinhas e de água doce absorvem o CO2 para o


fenômeno da fotossíntese. Ao final do fenômeno o CO2 é devolvido ao meio ambiente
como produto final, e assim reiniciará o ciclo. A fotossíntese é um fenômeno que depende
da energia luminosa para ocorrer, então a concentração de CO2 atmosférico é mais baixa
ao meio dia na presença de energia solar, e mais alta à noite quando as plantas eliminam
o CO2 para o meio ambiente novamente.

4. Como a queima de combustíveis fósseis pode influenciar o ciclo do carbono?

R: Algumas vezes, o ciclo do carbono é interrompido e o retorno do mesmo para a


atmosfera pode levar milhões de anos. Alguns compostos de carbono que não foram
atacados pelos decompositores e permanecem armazenados no subsolo sob a forma de
carvão fóssil e petróleo, ou nas rochas formadas por conchas e esqueletos de animais. A
queima de combustíveis fósseis devolve o carbono ao ciclo na forma de CO, CO2 e
diversos hidrocarbonetos. Reações posteriores levam o CO a CO2 e os hidrocarbonetos a
CO2 e H2O.

5. As águas de profundidade são ricas em nutrientes. O ‘Projeto Cabo Frio’, no Rio de


Janeiro, tem como um de seus objetivos bombear água de profundidade para a superfície.
Com base nos ciclos biogeoquímicos, explique de que modo isso poderia ser benéfico
para a população de pescadores da região.

R: Com o bombeamento das águas de profundidade mais ricas em nutrientes parta a


superfície, estas estariam contribuindo com enriquecimento das águas da superfície
assim aumentando a criação da vida aquática e por consequência a pesca e alimentação
das famílias dos pescadores.
6. A água que se usa dia a dia pode eventualmente ir para o oceano. Descreva o caminho
dessa água dentro do seu ciclo, enumerando suas etapas.

R: Com o aquecimento através da energia de calor as águas dos rios, lagos e oceanos
evaporam, e vapor em contato com a camada mais fria da atmosfera transforma a água
novamente em seu estado líquido em forma de gotículas que se concentrando formando
as nuvens, com o acúmulo de água nas nuvens as gotas aumentam e se precipitam
formando a chuva, a água da chuva chega ao solo e parte desta água desce ao lençol
freático seguindo o ciclo novamente através das nascentes aos leitos dos rios em
sequencia aos mares, neste processo a água também e consumida pelas plantas
absorvidas por suas raízes, consumida pelos animais e seres humanos que por sua vez
liberam a água novamente através da respiração, transpiração e excreção.

7. Explique como a cobertura vegetal pode influenciar no ciclo da água.

R: A cobertura vegetal e de extrema importância para o ciclo da água, agindo desde o


abastecimento do lençol freático até a quantidade de água que retorna para atmosfera, a
vegetação é a primeira a receber a precipitação das chuvas acumulando parte desta em
sua folhagem que retornara a atmosfera através do processo de evapotranspiração. A
vegetação também reduz o processo de erosão causado pela ação da água no solo
sustentando os leitos dos rios e nascentes.

CAPÍTULO 7

1. Que são biomas? Como se dividem os biomas da Terra?

R: Biomas são grupos distintos de animais e plantas que formam comunidades clímax e
na biosfera se dividem em dois tipos os aquáticos e terrestres.

2. Quais as principais características dos biomas talássicos?

R: Suas principais características são: tamanho (aproximadamente 70% da superfície),


salinidade (aproximadamente 35 gramas/litro), marés, correntes, temperatura (-2oC a
32oC), nutrientes minerais, profundidade e luminosidade.

3. Explique porque a zona eufótica das águas é a que detém a maior produtividade. O
mesmo para águas eutróficas.

R: A zona Eufótica tem sua grande produtividade em função da grande luminosidade que
a proporciona uma grande quantidade de energia. Já a zona Eutrófica e provida de
grande quantidade de nutrientes e minerais o que a torna altamente produtiva.

4. Classifique os organismos aquáticos quanto a sua distribuição nas águas.

R: Plânctons - Organismos flutuantes, que se deixam transportar pelas correntes.


Dividem-se em: fitoplâncton (algas unicelulares) e zooplâncton (pequenos animais).
Néctons - Organismos que vivem em plena água, que são capazes de se deslocar
ativamente contra as correntes (peixes, tartarugas).
Bêntons - Organismos que vivem fixos no fundo, sobre outros organismos ou dentro
(vermes).

5. Cite pelo menos três diferenças básicas entre um ecossistema de floresta e um


deserto.

R: Florestas: apresentam vegetação diversificada e contínua de arvores; Grande


Umidade; Fauna bastante variada.
Deserto: Vegetação composta de Ombrófitas e Xerófitas; Baixa umidade; Fauna restrita e
poucas espécies que conseguiram se adaptar ao clima de desertos muito frios e muito
quentes.

6. Enumere os principais biomas terrestres.

R: Tundra, taiga, floresta temperada, floresta tropical, campos e desertos.

7. Desenhe o mapa do Brasil e localize os principais biomas brasileiros.


8. Explique como a queimada pode atuar como fator ecológico contribuindo para a
conservação dos cerrados.

R: Devido à adaptação de quase todas as plantas, após a queimada surge uma nova
floragem e as novas folhas atraem herbívoros de regiões de vegetação mais seca o que
garante o seu desenvolvimento.

9. Para cada um dos biomas brasileiros, identifique três atividades humanas que
contribuem para a sua degradação.

R: Cerrado: Expansão urbana desordenada; implantação de projetos agropecuários;


garimpo de ouro e pedras preciosas.
Caatinga: Exploração de água subterrânea; formação de pastagens; exploração de
lenha como combustível.
Pantanal: Grandes criações de gado; perca predatória; garimpo; caça predatória.
Floresta Atlântica: Expansão urbana desordenada; atividade industrial, mineração de
granito, calcário e areia.
Mata de Araucária: Bioma praticamente extinto e substituído por plantações de
Eucalipto e Pinus que são de corte mais rápido.
Campos ou Pampas: Atividade pecuária; plantio de soja e trigo; queimadas.
Mangues e Restinga: Extração de areia; construção de vias costeiras; extração de
lenha para produção de carvão.
Floresta Amazônica: Desmatamento para exploração de madeira, exploração mineral;
caça e pesca predatória.