Você está na página 1de 2

Questão 01 - Resolução nº 417 de 29 de setembro de 2004 – Aprova o

Código de Ética da Profissão Farmacêutica.

Art. 1º - O exercício da profissão Farmacêutica, como todo exercício


profissional, tem uma dimensão ética que é regulada por este código e pelos diplomas
legais em vigor, cuja transgressão resultará em sanções disciplinares por parte do
Conselho Regional de Farmácia, após apuração pelas suas Comissões de Ética,
independentemente das penalidades estabelecidas pelas leis do país.

Um fiscal do Conselho Regional de Farmácia, como todo Farmacêutico, deve


ter completo entendimento sobre o Código de Ética que rege sua profissão. Diante
desta realidade, posicione-se como um fiscal diante da situação abaixo relatando as
infrações éticas e disciplinares encontradas na farmácia. Escreva sobre as penas
determinadas para cada infração. Por fim, explique como se dará a apuração ética do
caso (os passos seguidos para sua tramitação no CRF).

Ao chegar na farmácia, o fiscal se identifica e pede para falar com o


farmacêutico responsável. O funcionário do estabelecimento explica ao fiscal que o
farmacêutico encontra-se de férias há 15 dias. Neste momento chega um cliente no
balcão da farmácia com uma receita de Lexapro® e outra de Dalmadorm®. O atendente
então pede licença ao fiscal para realizar a dispensação dos medicamentos. Quando o
cliente deixa a farmácia com os medicamentos o fiscal pergunta ao atendente quantas
horas o farmacêutico trabalha na farmácia, embora ele saiba que o horário informado
no CRF seja de 44 horas semanais. O atendente responde que o farmacêutico presta
assistência das 8:00 às 12:00 horas de segunda a sexta. O fiscal preenche o termo de
visita e volta para o Conselho para tomar as providências cabíveis. Então, quais
seriam elas?

QUESTÃO ENADE

Um farmacêutico registrado no Conselho Regional de Farmácia (CRF) do seu


estado como responsável técnico por uma drogaria, cumpre o seguinte horário de
trabalho, declarado no termo de compromisso junto ao CRF: de segunda-feira a sexta-
feira, das 7h30min às 11h30min e de 13h30min às 17h30min, que corresponde ao
horário de funcionamento da drogaria. Em três visitas fiscais realizadas pelo CRF, o
farmacêutico não foi encontrado no estabelecimento e não havia um substituto. Os
fiscais encontraram o armário de medicamentos de controle especial aberto; livro de
registro em dia; medicamentos com prazo de validade vencido; agulhas de aplicação
de injetáveis descartadas incorretamente; serviço de perfuração da orelha sem registro
na vigilância sanitária. Em audiência de esclarecimento à comissão de ética do CRF, o
farmacêutico informou que, na drogaria, não havia acomodações adequadas para sua
permanência contínua no local e para prestar assistência farmacêutica, e que, por
isso, apenas ia ao estabelecimento farmacêutico para preencher os registros dos
medicamentos de controle especial. Acrescentou que só recebia um salário mínimo.

Considerando o caso descrito, o Código de Ética da Profissão Farmacêutica e


a Legislação Sanitária vigente, faça o que se pede nos itens a seguir.
a) Cite três infrações cometidas pelo farmacêutico.

b) Apresente três implicações dessas infrações na sociedade e no


reconhecimento e valorização da profissão de farmacêutico pela comunidade

c) Cite uma sanção disciplinar passível de aplicação nesse caso.