Você está na página 1de 7

Cronologias

Cronologia das telecomunicações


em Portugal
Júlia Saldanha

1910 1913
Inauguração da rede telefónica da Covilhã Estabelecimento da rede telefónica de Setúbal e
Abertura da Escola de Telefonistas da Anglo- ligação Lisboa-Setúbal por parte do Estado
Portuguese Telephone (APT) em Lisboa Estabelecimento da ligação telefónica Lisboa-Porto
A primeira estação radiotelegráfica portuguesa é pela Administração-geral dos Correios e Telégrafos
ativada na Casa da Balança Aprovação do regulamento para instalação e
Primeira greve dos trabalhadores da APT exploração de linhas telegráficas e telefónicas das
colónias
1911
Criação da Administração-geral dos Correios e 1914
Telégrafos (AGCT) com autonomia administrativa e
financeira Estabelecimento do primeiro posto radiotelegráfico
no Continente, no Palácio da Pena, Sintra, pela
O Estado monta a rede telefónica da Figueira da Foz
Administração-geral dos Correios e Telégrafos
e estabelece a ligação Coimbra-Figueira da Foz
Greve das telefonistas da APT no Porto Ativação da rede telefónica do Estado em Lourenço
Marques com 235 assinantes
A Inspeção do Serviço Telegráfico Militar estabelece
uma Companhia de TSF
1915
1912 Inauguração da Estação Norte da APT em Lisboa,
Inauguração da rede telefónica do Funchal na Rua Andrade Corvo, em edifício próprio,
Greve da APT no Porto capacitada para 10 000 assinantes
Greve dos boletineiros da Administração-geral dos Estabelecimento das linhas telefónicas Porto-Braga
Correios e Telégrafos e Coimbra-Figueira da Foz
Regulamento do serviço radiotelegráfico a bordo Regulamento do serviço telegráfico e telefónico do
dos navios mercantes Estado da Índia

Ao lado: Cartaz APT de João Botelho, 1933 (arquivo iconográfico da FPC).

33
Cronologias

1916 1925
Inauguração do posto radiotelegráfico de Monsanto Constituição da Companhia Portuguesa Rádio
Estabelecimento do regulamento do Serviço Marconi
Telegráfico Nacional das colónias portuguesas Inauguração da Central Telefónica da Trindade pela
APT, em edifício próprio
1917
Primeira greve telégrafo-postal 1926
Integração de um corpo de telegrafistas da Inauguração do serviço radiotelegráfico insular e
Administração-geral dos Correios e Telégrafos no internacional
Corpo Expedicionário Português (CEP) que rumam
para o campo de batalha em França 1928
Primeira ligação telefónica internacional,
1918 Lisboa-Madrid
Montagem da rede telefónica do Estado em
Santarém 1930
Organização dos Correios e Telégrafos e Telefones Inauguração da primeira central telefónica
de Timor automática da Anglo-Portuguese Telephone (APT)
Organização dos Serviços Postais, Telegráficos, em Lisboa, estabelecendo o serviço telefónico
Telefónicos e de Fiscalização das Indústrias Elétricas automático

1919 1931
Greve dos telegrafistas do Porto Primeira instalação telefónica interurbana em alta
frequência
Constituição da Repartição Superior dos Correios e
Telégrafos do Estado da Índia O serviço semafórico transita da Administração-
-geral dos Correios e Telégrafos para o Ministério
O Exército estabelece uma rede radiotelegráfica
da Marinha
abrangendo todo o País
Reorganização da Administração-geral dos Correios
e Telégrafos 1932
Estabelecimento das redes telefónicas da Guarda e
Vila Real pelo Estado
1920
Inauguração das comunicações telefónicas com o
Regulamento do ensino profissional da
Brasil
Administração-geral dos Correios e Telégrafos
Surgimento das cabines telefónicas, de tipo inglês,
Greve da APT no Porto
designadas então quiosques
Greve dos trabalhadores da Administração-geral dos
Correios e Telégrafos
1933
Montagem da primeira central de troncas na estação
1921 da Trindade pela APT
Reorganização dos correios e telégrafos das colónias
portuguesas
1934
Automatização da rede telefónica da zona Norte de
1922 Lisboa
Contrato entre o governo português e a Marconi’s
Wireless conferindo-lhe o exclusivo da instalação
e exploração de estações radiotelegráficas no 1935
Continente, Açores, Madeira, Cabo Verde, Angola, Inauguração da Emissora Nacional
Moçambique e S. Tomé e Príncipe Ratificação portuguesa dos Estatutos da União
Internacional da Radiodifusão
1924
Ativação das redes telefónicas da Curia, Luso, 1936
Mealhada, Olhão e Palmela por parte da Início das emissões regulares da Rádio Renascença,
Administração-geral dos Correios e Telégrafos estação de radiodifusão católica

34
Cronologias

1937 Montagem do primeiro cabo telefónico subterrâneo


Plano de renovação das redes telegráfica, telefónica interurbano Lisboa-Vila Franca de Xira e dos
e edifícios da Administração-geral dos Correios e primeiros cabos regionais subterrâneos
Telégrafos
Reorganização da AGCT, acrescentando Telefones à 1948
sua designação Estabelecimento do serviço do telex em Portugal
Primeira ligação radiotelefónica, Lisboa-Londres
Inauguração dos circuitos Lisboa-Londres, Lisboa- 1949
Berlim e Lisboa-Paris; a capital portuguesa fica apta Automatização dos serviços telefónicos nas Caldas
a estabelecer radiocomunicações com toda a Europa da Rainha
Inauguração da central telefónica automática da
Estrela, Lisboa, pela APT
1950
Criação do Grupo de Estudos de Comutação
1938 Automática (GECA)
Inauguração da estação de Alcobaça, o primeiro APT instala o telefone 1 milhão
edifício construído sob o plano de renovação

1951
1939
Implantação de um cabo hertziano para as
Proibição da utilização de aparelhos ou instalação de comunicações entre S. Miguel-Sta. Maria
radiocomunicações por parte de particulares
Ligação Lisboa-Nova Iorque por teleimpressor
Criação e organização do Serviço de
1940 Telecomunicações Militares
Aprovação do regulamento telegráfico, telefónico,
geral e adicional das radiocomunicações
1952
Início da automatização telefónica rural
1941
Automatização das redes telefónicas de Évora e
Estabelecimento do Serviço Postal Imperial com Castelo Branco
taxa única para todo o espaço territorial português
Assinatura do convénio Via Portucale concedendo
à Marconi o exclusivo do serviço telegráfico com as 1953
colónias portuguesas Inauguração da Central Telegráfica e Telefónica de
Lisboa, no edifício da Praça D. Luís
1942
Início da automatização da rede telefónica da 1954
AGCTT (CTT) em Coimbra Início do serviço telefónico interurbano com
comunicação de assinante a assinante
1945 Estabelecimento da rede telex internacional
Montagem dos primeiros teleimpressores Criação da Comissão Mista Nacional de
Telecomunicações
Entra em funcionamento a primeira instalação de
transmissão telegráfica em frequências vocais
Regulamentação do serviço de radiocomunicações 1956
de destinos múltiplos, RDM Entram em serviço as primeiras estações telefónicas
Inauguração do serviço radiotelefónico entre Ponta automáticas projetadas pelos CTT, Grupo de
Delgada, Angra do Heroísmo e Horta Estudos de Comutação Automática, GECA, e de
fabrico nacional (ATU52 e ATU54)
Celebração do contrato de fornecimento do cabo
1946 coaxial que passará a ligar Lisboa e Porto com
Inauguração da nova central automática do Campo a Standard Eléctrica Portuguesa e a Standard
Pequeno, Lisboa, pela APT Telephones and Cables
Criação do Ministério das Comunicações
1957
1947 Primeiras emissões regulares da Radiotelevisão
Fundação das Obras Sociais dos CTT Portuguesa (RTP)

35
Cronologias

APT instala o telefone 2 milhões 1970


Instalação na Central Telefónica da Praça D. Luís da Constituição da Timesharing S.A., Sociedade
aparelhagem de comutação telefónica por sistema Portuguesa de Computadores em tempo dividido,
de bateria central posteriormente designada, PT Contact
Estabelecimento de um circuito fechado para
1958 comunicações radiotelegráficas navais no espaço
Os CTT montam o telefone 1 milhão ultramarino português
Inauguração do serviço telefónico automático na Criação da Arma de Transmissões no Exército
Madeira
1971
1960 A Marconi assina o acordo Intelsat (International
Inauguração do cabo coaxial de ligação telefónica Telecomunications Satellite Organization)
Lisboa-Porto
Instalação do feixe hertziano Barreiro-Trindade
Automatização das redes telefónicas entre Aveiro e
Porto
Entrada em funcionamento de todas as redes locais 1972
da Rede Telefónica Nacional Nacionalização total do capital da CPRM
O Centro de Estudos de Telecomunicações, CET,
1961 é a nova designação do GECA, do universo CTT,
instalado em Aveiro
Automatização integral das redes de telex e
telegráficas nacionais Instalação de um comutador de telex eletrónico pela
CPRM
1962
Inauguração em Coimbra da primeira estação 1973
telefónica interurbana automática Inauguração da Central Telex Automática de Lisboa
A Universidade de Aveiro disponibiliza o primeiro
1964 curso de bacharelato de Telecomunicações, nas
Assinatura do acordo de criação da Intelsat, instalações dos CET
Organização Internacional de Telecomunicações Criação do serviço de telecópia
Promulgação do diploma orgânico dos Serviços de
1965 Correios e Telecomunicações do Ultramar
Portugal torna-se membro da Intelsat
1974
1966 CTT e TLP estabelecem uma administração
Nacionalização de 51% do capital da CPRM conjunta
Concessão do Estado à CPRM do monopólio da Estabelecimento do serviço telefónico automático
exploração de comunicações via satélite com Espanha, França, Mónaco e República Federal
Alemã
1967 Montagem das estações terrenas de comunicações
Resgate da concessão da APT pelo Estado e por satélite em Lisboa, Luanda e Lourenço Marques
constituição da empresa pública Telefones de Lisboa
e Porto (TLP) 1975
A Universidade Nova de Lisboa cria a primeira
1969 licenciatura em Engenharia Informática
Transformação dos CTT na Empresa Pública
Correios e Telecomunicações de Portugal
1976
Inauguração da estação de cabos submarinos da
Automatização do serviço telefónico internacional
Marconi, em Sesimbra
com os Países Baixos, Bélgica, Suíça, Liechtenstein e
Montagem na ponte sobre o Tejo de um cabo Inglaterra
de ligação com a margem sul, para reforço das
comunicações telefónicas
Inauguração do SAT1, cabo submarino que liga 1977
Portugal e a África do Sul Início do serviço de telex no arquipélago dos Açores

36
Cronologias

1978 1988
Instalação dos primeiros modems de tecnologia e Entra em vigor o Regulamento de Instalações
fabrico nacionais pela Centrel Telefónicas de Assinantes, RITA
Início da exploração comercial da videoconferência
1979 Entrada em funcionamento de seis estações de
Criação do Conselho Nacional de Telecomunicações serviço móvel terrestre, servindo as áreas de Lisboa
e Porto
1980 Inauguração do serviço de Videotex
Relatório preliminar sobre sistemas de comutação Aprovação pela Assembleia da República da Lei de
digital do CET Bases de Estabelecimento, Gestão e Exploração das
Infra-estruturas e Serviços de Telecomunicações
1981 Entrada em funcionamento do primeiro cabo
submarino intercontinental em fibra ótica, ligando a
Aprovação do diploma legal que prevê a criação do Europa aos USA, sistema TAT-8
ICP – Instituto das Comunicações de Portugal

1989
1982
Transformação dos TLP em sociedade anónima
Inauguração do serviço telefónico automático
europeu e intercontinental nos Açores e Madeira Criação do Telebip, serviço de telemensagem
Entra em funcionamento o serviço de chamadas
1983 pagas pelo destinatário, número verde
Introdução da fibra ótica na rede de transmissão Criação da Directel – Listas Telefónicas
Internacionais, Lda., com participações dos CTT,
Criação da rede de comutação de pacotes da TLP e CPRM
Telepac
Inauguração das primeiras cabinas públicas
Credifone, no Algarve e na Madeira 1990
Introdução do sistema Multibanco, pela SIBS Criação da Associação Internacional das
Comunicações de Expressão Portuguesa (AICEP)
A Marconi inaugura, em Lisboa, a primeira central
telefónica digital para ligações internacionais Inauguração do serviço público de videoconferência
Inauguração do edifício Picoas onde se concentra
65% das ligações telefónicas nacionais 1991
Constituição dos primeiros operadores de
1984 comunicações móveis TMN e Telecel
Lançamento do Inforjovem promovido pela
Secretaria de Estado das Comunicações em parceria 1992
com os CTT, TLP e CPRM, um projeto para a
Realização da primeira chamada GMS em Portugal
difusão das novas tecnologias da informação
pela TMN, no Dia Mundial das Telecomunicações
Criação da Sociedade Gestora de Participações
1985 Sociais do setor empresarial do Estado, denominada
Conclusão da automatização da rede telefónica Comunicações Nacionais, S.A.
nacional Criação da empresa de telecomunicações Telecom-
Criação do consórcio Transdata entre os CTT e TLP Portugal, S.A.
Contrato entre a Siemens e a Centrel para o fabrico Alteração do regime de fixação de preços dos
de centrais digitais telefónicas serviços de comunicações prestados em regime de
Portugal subscreve o Tratado Eutelsat, Organização exclusividade, passando a ser negociados entre a
Europeia de Satélites de Telecomunicações Direção-geral da Concorrência e Preços, o ICP e os
Entrada em funcionamento da rede de caixas operadores
Multibanco Liberalização do mercado português de telefonia
móvel
1987 Lançamento da rede digital GSM, Global System for
Instalação na central de Carnide, Lisboa, do Mobile Telecommunicatios, pela TMN
primeiro equipamento de comutação digital, pelos Criação da primeira estação privada de televisão,
TLP SIC, Sociedade Independente de Comunicação

37
Cronologias

1993 Criação da PT Multimédia, Serviços de


Estabelecimento da prestação do serviço móvel com Telecomunicações e Multimédia, SGPS; S.A., holding
recursos partilhados do grupo PT
Constituição da PT Inovação integrando o CET de
Inauguração das emissões televisivas da TVI,
Aveiro
Televisão Independente, sendo a segunda estação
privada Colocação em bolsa da PT Multimédia
Lançamento da internet residencial, com o serviço
Clix pela Sonaecom
1994
Início da disponibilidade da internet pela Telecel
Constituição da Portugal Telecom, S.A., resultado
da fusão das empresas Telecom Portugal S.A.,
Telefones de Lisboa e Porto S.A. e Teledifusora de
2000
Portugal S.A. Conclusão da privatização da Portugal Telecom, 5.ª
fase, permanecendo o Estado com 500 ações com
Primeira emissão experimental de televisão por direitos especiais, denominadas golden share
cabo
A PT modifica o objecto social, passando a
Lançamento pela Telepac do serviço de acesso à Sociedade Gestora de Participações Sociais,
internet em modo terminal designando-se Portugal Telecom SGPS, S.A.
Criação do portal Sapo Criação da PT Sistemas de Informação
Fundação da Sonaecom, sub-holding do grupo Sonae A Sonaecom lança a Novis, na área das
para o setor das telecomunicações, media, software e comunicações fixas
sistemas de informação Os três operadores celulares nacionais, TMN,
Telecel e Optimus disponibilizam a utilização do
1995 Serviço de Mensagens Escritas, SMS, entre as suas
redes
Lançamento do Mimo (TMN), o primeiro telemóvel
pré-pago do mundo
Primeira fase de privatização da Portugal Telecom, 2001
com presença nas bolsas de Londres e Nova Iorque Telecel transita para o grupo da multinacional
Vodafone
Contrato de concessão do Serviço Público de
Telecomunicações entre o ICP e a PT Lançamento do canal temático SIC Notícias do
grupo SIC

1996 2002
Segunda fase do processo de privatização do capital
Entrada em vigor dos estatutos do ICP – Autoridade
social da PT Nacional de Comunicações (ICP-Anacom),
Abertura à concorrência de comunicações fixas de enquanto autoridade reguladora independente das
voz e das comunicações via satélite comunicações nacionais
Lançamento do serviço pré-pago da Telecel, Lançamento do Sapo ADSL (Asynchronous Digital
Vitamina T Subscriver Line)
A Optimus disponibiliza a GPRS (General Packet
1997 Radio System) e MMS (Multimedis Message Service)
em roaming
Lei da Delimitação dos Setores que permite ao
Vodafone lança o serviço de Mensagens Multimédia
Estado deter menos de 51% do capital das empresas
públicas
Terceira fase da privatização da PT 2003
Lei de Bases das Telecomunicações Criação da PT Corporate
Estabelecimento da Fundação Portugal Telecom
Regulamento do Serviço Fixo de Telefone
Vodafone lança o serviço Wifi, permitindo o acesso
à internet de banda larga sem fios
1998 3.ª geração móvel/UMTS (Universal Mobile
Lançamento da Optimus da Sonaecom, o 3.º Telecommunications System) disponibilizada pela
operador móvel no espaço português Vodafone em Lisboa e Porto

1999 2004
Quarta fase da privatização da Portugal Telecom TMN lança 3.ª geração móvel

38
Cronologias

2005 2008
Sonaecom cria o serviço Kanguru na área da Portugal Telecom lança o serviço Meo, Triple Play,
internet móvel fornecendo internet, televisão e telefone.

2006 2009
Fundação Vodafone Portugal cria o serviço Lançamento da Televisão Digital Terrestre (TDT)
Taxi Seguro em parceria com o Ministério da
Administração Interna
2010
Lançamento no mercado português do iPhone
2007 de 4.ª geração.
Criação da Zon Multimédia TV Cabo Portugal, a
operar em Triple Play, nas áreas de televisão por
cabo e satélite, acesso à internet e telefone.

39