Você está na página 1de 15

Título: Cadê o temor que tava aqui?

Que grandes coisas você tem enfrentando na vida?


Grandes DIFICULDADES, PROBLEMAS – CIRCUNSTÂNCIAS –, PESSOAS –
RELACIONAMENTOS –, CRISE, GUERRA, ANGÚSTIA, MEDO, DOR.
Em todas as circunstâncias em que há TEMOR, algo GRANDE está em jogo. E porque
existe algo grande assim para nós, isso nos controla. Talvez não circunstância
diretamente, mas seus efeitos, suas consequências.
Uma esposa vive altos e baixos emocionais constantes baseado na mudança
ou não do seu marido.
Um adolescente cede a todas as ofertas tolas dos amigos para ser aceito.
A possibilidade de ganhar mais dinheiro com aquela simples mentira gera uma
noite de justificativas e explicações para si mesmo de como não foi tão errado
assim.
O diagnóstico de infertilidade tem a mesma resposta de Lia para Jacó: “dá-me
filhos ou morrerei”.

Tantos outros, incontáveis exemplos de circunstâncias ou relacionamentos que


tomam contam dos nossos pensamentos, dos nossos sentimentos, do nosso humor.
Grandes, muito grandes coisas. E por isso ANGÚSTIA, FALTA DE PAZ, ANSIEDADE,
TEMOR. E aquilo que tememos no domina, se torna o nosso senhor.
Mas nosso coração foi feito por Deus para ter espaço para um único Senhor. Então
sempre que as coisas deste mundo estão grandes demais, é sinal que Deus é
pequeno para nós.
Para nos ajudar a recuperar, alinhar ou crescer no temor de Deus, vamos estudar
um texto do profeta Isaías. O Capítulo 40.
O capítulo 40 fala de boas notícias. Ele começa com uma ordem para o arauto
do Senhor consolar o povo de Deus dizendo que o Senhor virá para estar com
eles.
O que este capítulo de Isaías passa a dedicar a partir do versículo 12 é
demonstrar a grandeza deste Deus e como essa promessa “ele vem para
como um pastor ajuntar seu povo em seus braços”.
Mas ele não faz isso afirmando a grandeza da glória de Deus.
Até porque, não temos palavras.
A Magnífica Glória da Excelsa Majestade de Deus...
Ele faz isso perguntando.
Muitas vezes, nas Escrituras, Deus corrige o coração do seu povo não
afirmando algo, mas perguntando:
Moises: A mão do Senhor se encurtou?
Jonas: É justa a tua ira?
Jó: Capítulos de perguntas

Neste texto de Isaías há várias perguntas. Eu separei em 4 grupos.

Vamos pensar em 4 QUESTÕES CONSTRANGEDORAS para nós.


Constrangedora no sentido de apertar mesmo...

V 12-14
1. QUAL É O TAMANHO DO SEU DEUS?
12 Quem mediu as águas na concha da mão, ou com o palmo definiu os limites dos
céus? Quem jamais calculou o peso da terra, ou pesou os montes na balança e as
colinas nos seus pratos?
13 Quem definiu limites para o Espírito do Senhor, ou o instruiu como seu
conselheiro?
14 A quem o Senhor consultou que pudesse esclarecê-lo, e que lhe ensinasse a
julgar com justiça? Quem lhe ensinou o conhecimento ou lhe aponta o caminho da
sabedoria?
Ao apresentar o Deus que estaria em meio ao seu povo, as primeiras perguntas de
Isaías contrastam uma visão de criação caótica das mitologias em torno de Israel
com uma tranquilidade, uma serenidade. Tudo cabia na mão de Deus, Ele não
precisa de nada nem de ninguém para criar.

A primeira cena é como uma criança diante da imensidão do mar pegando uma
conchinha de água na mão: “olha, peguei o mar”.
Como um escultor medindo a palmos a obra.

Mas antes que você se apresse em responder estas perguntas, elas não são feitas a
Deus, mas aos homens. Quem de nós faria tal coisas. E todas estas perguntas são
respondidas com a mesma retumbante palavra: NINGUÉM.
Porque estas perguntas nos fazem dizer: ninguém é como tu, Senhor.
As comparações aqui não são para você colocar um tamanho em Deus. São para te
dizer: nem tenta.
Mas quem bom! Que bom que o Deus verdadeiro é alguém que não cabe
inteiramente em meu entendimento. Ele é além de tudo o que eu posso
sonhar ou imaginar.
Qualquer comparação é esdrúxula, mas vamos lá.
É como se eu entrasse em um carro que anda a velocidade da luz com a
expectativa de chegar mais rápido no trabalho e depois de 3s me dar
conta que ele já deu 30 voltas na Terra.
Ser além da minha mente não significa que Ele é incognoscível. Isso nos
levaria a sermos agnósticos: “Existe um Deus, mas Ele é tão além que não é
possível saber nada dele, então, na prática é melhor viver como se Ele não
existisse.”
Não! Podemos saber muito sobre Ele. Não sei o quanto Ele é Santo, mas sei
que é Santo. Não consigo imaginar a sua Pureza, mas sei que Ele é Puro.
Uma consequência de afirmarmos que a resposta é NINGUÉM significa dizer que
DEUS é INDEPENDENTE. Ele não precisa de nada nem de ninguém.
Quando você entende que Deus é INDEPENDENTE, você percebe que Ele é a
causa primária de tudo. Ele não precisou ser causado por algo, Ele É. E tudo o
que existe, existe porque Ele É. Energia, Sabedoria, Justiça, Verdade: são
expressões eternas do poder e caráter de Deus.
Existe JUSTIÇA não porque um código de moral existe aparte de Deus e
isso definiu para Ele o que era bem o mal. Não. Existe justiça porque Ele
é Justo.
E por isso Isaias diz: quem poderia ensiná-lo em caminhos justos?
Ele é eternamente ONISCIENTE. Possui todo o conhecimento. Não
porque absorveu informações externas a Ele. Não. Ele é independente.
Ele é SÁBIO: não só tem o poder e o conhecimento, mas sabe o que
fazer com tudo isso.
Ele faz o que quer, quando quer e como quer. Não há quem possa dar
sugestão ou perguntar: “o que você está fazendo?”.
Esse Deus não só fez o universo, Ele continua envolvido em planejar a história
do universo e, por consequência, a minha história de vida.

O MISTÉRIO É O DEUS INDEPENDENTE NOS CHAMAR PARA SER PARCEIROS


NA SUA HISTÓRIA. Se aceitarmos esta independência e soberania Dele, não
questionando.

Uma pergunta constrangedora para quem faz circunstâncias / pessoas serem


grandes e Deus pequeno:
QUAL O TAMANHO DO SEU DEUS?
Os versículos que se seguem, Is 15-24, vão fazer a segunda pergunta
constragendora:

2. COM QUE PODEMOS COMPARÁ-LO?


2.1 O PODER HUMANO?
15 Na verdade as nações são como a gota que sobra do balde; para ele são como o
pó que resta na balança; para ele as ilhas não passam de um grão de areia.
16 Nem as florestas do Líbano seriam suficientes para o fogo do altar, nem os
animais de lá bastariam para o holocausto.
17 Diante dele todas as nações são como nada; para ele são sem valor e menos que
nada.

A comparação com as nações é para apontar para todo o poderio que a força
humana seria capaz de juntar. De fato, grandes exércitos são temíveis. Estamos
acompanhando uma abertura na Coreia do Norte, não porque o ditador resolveu
mudar de opinião. Foi porque uma potência militar, os EUA estavam infestando os
arredores com armas de guerra. E outra superpotência militar, a China, não estava
gostando disso.
Se voltar uns tempos na época da guerra fria, fazia a conta de quantas vezes daria
para destruir todo o planeta Terra com a quantidade de mísseis apontados uns para
os outros.
A história das nações na humanidade é contada pelo poder militar destas nações.
Ainda um reflexo de Babel, talvez, vamos nos juntar para fazer grande o nosso
nome.
DENTRE A GRANDEZA DO PODER HUMANO, PODEM ESTAR DIVERSAS CAUSAS
DOS NOSSOS TEMORES. COISAS GRANDES DEMAIS PARA NÓS.
Você não controla a força da democracia. A eleição é incontrolável.
Você não controla as forças econômicas do aumento do seu plano de saúde.
Você não controla a corrupção dos outros que pode acabar com o teu negócio
É curioso, no Salmo 2, mostrar a reação de Deus a tal poder humano: Deus ri.
2 Os reis da terra tomam posição e os governantes conspiram unidos contra o
Senhor e contra o seu ungido, e dizem:
3 "Façamos em pedaços as suas correntes, lancemos de nós as suas algemas! "
4 Do seu trono nos céus o Senhor põe-se a rir e caçoa deles.

Deus ri porque todo este poder humano para Ele é INSIGNIFICANTE. Uma Gota; Pó;
um Grão.

Eu trouxe um grão para a gente ter noção disso.


Isso é insignificante.
Eu fico admirado que tantas pessoas pensem na sua insignificância quando
vão a um lugar grandioso. Quando sobrevoam a sua cidade. Quando veem
uma foto distante do pálido ponto azul que é o planeta Terra. Tudo isso as
leva pensar sobre a sua pequenez, mas se julgam muito importante diante de
Deus:
Sentam em um trono e julgam seus atos: Deus é isso, Deus é aquilo...
Deus ri.

No meio deste sanduíche de versículos sobre a insignificância do poder humano,


está a pergunta chave de Isaías neste trecho:
Como adorar, como se relacionar com um Deus assim? O que se pode
oferecer a um Deus assim? PENSE COMO UM ISRAELITA.
Nem transformando Serra do Mar em uma fogueira e oferecendo todos os
animais em sacrifício a Ele seria suficiente.
O MISTÉRIO É QUE ELE DEU UM SISTEMA DE SACRIFÍCIOS:
Rico – um boi
Classe Méd. A – uma ovelha
Classe Méd. B – um cabrito
Pobre – duas pombinhas
Miserável – um pouquinho de farinha com azeite

SENDO ASSIM IMENSURÁVEL, ELE VEM ATÉ A REALIDADE QUE VIVENCIAMOS E


DIZ: “TUA OFERTA É PARA SER DO TEU CORAÇÃO”
2.2 REPRESENTAREMOS ELE COM IMAGENS?
18 A quem vocês compararão Deus? Como poderão representá-lo?
19 Com uma imagem que funde o artesão, e que o ourives cobre de ouro e lhe
modela correntes de prata?
20 Ou com o ídolo do pobre que pode apenas escolher um bom pedaço de madeira
e procurar um marceneiro para fazer uma imagem que não caia?

Este texto trata a confecção de ídolos com ironia.


O versículo 19 fala do ídolo do rico. Ele é feito de um metal menos valioso: cobre.
Mas ao terminar, olhar para ele, o adorador diz: “não tem tanta glória assim”. Aí
pede para revestir com ouro. Olha para ele e pensa “é... ainda não tá muito
glorioso”. Faz uma correntes de prata para adorná-lo. E cada vez mais acessórios
tenta trazer algum brilho para aquilo que é morto.
O versículo 20 fala do ídolo do pobre. A idolatria tem o mesmo coração. Mas o
pobre, coitado... sua preocupação é pegar um bom escultor para que não deixe o
pedaço de pau bambo!
A idolatria é ridícula.
Uma LENDA judaica fala da conversão de Abraão ao Deus único.

Mas o Novo Testamento transporta para o nosso interior aquilo que recebia grande
ênfase exterior no AT.
Nosso desejos dominadores são o equivalente à idolatria dos tempos de Israel
– por isso, Paulo dizer que cobiça é idolatria.

Aqui temos mais um ponto do que pode estar sendo grande em nossa vida.
Podemos ter desejos, até legítimos, mas que estão em rota direta de tentar
depor do trono nosso Senhor, Jesus.
Pessoas podem ser grandes porque temos um desejo dominador: agradá-las.
A opinião deles passa a ser aquilo que domina meus pensamentos, atitudes e
palavras.
Por querer agradar pessoas, alguém pode se tornar escravo de todo o tipo de
beleza. Sacrificar no altar da indústria cosmética tudo o que pode.

Seja o que for, nenhum destes desejos satisfeitos vai preencher o vazio que só o
DEUS INCOMPARÁVEL vai preencher no nosso coração.

2.3 COM A GLÓRIA HUMANA?


21 Será que vocês não sabem? Nunca ouviram falar? Não lhes contaram desde a
antiguidade? Vocês não compreenderam como a terra foi fundada?
22 Ele se assenta no seu trono, acima da cúpula da terra, cujos habitantes são
pequenos como gafanhotos. Ele estende os céus como um forro, e os arma como
uma tenda para neles habitar.
23 Ele aniquila os príncipes e reduz a nada os juízes deste mundo.
24 Mal eles são plantados ou semeados, mal lançam raízes na terra, Deus sopra
sobre eles, e eles murcham; um redemoinho os leva como palha.

Mais uma vez chamando atenção ao ato da Criação. Você se lembra como foi isso?
Gosto muito da ideia que traz o Salmo 33 para o ato da criação.
8 Toda a terra tema o Senhor; tremam diante dele todos os habitantes do mundo.
9 Pois ele falou, e tudo se fez; ele ordenou, e tudo surgiu.

Ele coloca a criação não em termos de poder, mas de autoridade.


Ao nada, Deus diz: Haja Luz! E é como se não houvesse como resistir a essa ordem.
Sua autoridade é total, até ao que não existe ele ordena e então isto passa a existir.

Então o autor descreve Deus acima de tudo, assentado em seu trono de governo
irresistível.
E o ser humano? Pequenos gafanhotos.

Mas o autor foca nos melhores humanos que existem. Príncipes e juízes aqui são
para representar o melhor de nós. Aqueles que diríamos: estes podem ser boas
pessoas...
Assim, em vez de focar na ideia de humanidade, a comparação aqui poderia
ser dita que é das nossas conquistas pessoais.
Coisas grandes para nós pode sair daqui. Que conquistas futuras são grandes,
importantes o suficiente para controlar sua vida hoje?
O grande sucesso profissional em detrimento ao caráter de Deus?
Uma família que se comporte como você quer e endeuse seu árduo
trabalho, mesmo que custe perder o coração deles. Ser um pai
distante?

Que conquistas importantes você perdeu e tem certeza de que sua vida é
controlada por isso?
Ah se eu tivesse estudado mais.
Ah se eu tivesse esperado mais.
Ah se eu não tivesse casado...

Como se estas conquistas humanas pudessem te dar algo eterno... mas não.
Os melhores de nós passam como um sopro. Nossas maiores conquistas
murcham e são levadas como palha.

Em comparação: Deus permanece. Estar assentado em seu trono, mais do que


governo, estar assentado aqui aponta para a sua permanência.

Você vai colocar suas esperanças de vida, a razão de sua felicidade, o domínio
do seu coração fazendo pessoas serem grandes demais em sua vida? Elas não
vão poder te dar nada duradouro, pois elas passam.
Só Deus permanece.

Mas se as conquistas humanas são nada, como posso chamar a atenção


deste Deus? Por sua vontade ele diz que está próximo ao humilde. Que não
despreza o coração quebrantado... O DEUS INCOMPARÁVEL não está
distante.
Chegamos a terceira pergunta. Vocês vão ver que ela é muito parecida, mas com
uma outra ênfase.
3. “QUEM SE ASSEMELHA A MIM?”
25 "Com quem vocês me compararão? Quem se assemelha a mim? ", pergunta o
Santo.
26 Ergam os olhos e olhem para as alturas. Quem criou tudo isso? Aquele que põe
em marcha cada estrela do seu exército celestial, e a todas chama pelo nome. Tão
grande é o seu poder e tão imensa a sua força, que nenhuma delas deixa de
comparecer!

O que mudou nessa pergunta? Agora é o próprio Deus quem faz. Aquele que é
chamado de Santo.
Em parte, a importância disso é que resolvemos nosso problema de temor
não falando sobre Deus, mas falando com Deus. Invés de dizer em meu
coração Ele é Santo, preciso dizer: “Tu és Santo!”.
A palavra SANTO tem uma importância especial aqui. Ela fala sobre Deus no
sentido de ser separado, ser diferente de toda a sua criação. Não existe nada
nela que possa ser comparado a Ele, pois ele é maior e além, ele é santo.
Seu amor e justiça estão acima de nós; são santos. Ele é Todo-poderoso; não
pode ser comparado a ninguém mais. Seu caráter é inigualável, só Ele é puro.
Santidade não é mais um dos atributos de Deus. É a sua natureza expressa em
cada atributo, dando glória e majestade. Sua sabedoria é santa. Sua beleza é
santa.
Este, o que é além de tudo, te pergunta: quem se assemelha a Ele?
A resposta certa é ninguém. Mas se a pergunta fosse: quem se
assemelha a mim em seu coração? Quem disputa o meu lugar? Quem é
grandioso para você?
Então Ele te mostra como Ele é grandioso:

São incontáveis estrelas no universo. O melhor que podemos fazer são


estimativas...
Mas Deus as chama, cada uma por seu nome. Nem temos tantas
palavras diferentes assim em todas as línguas humanas, em todos os
tempos.
A última estrela, do último canto do universo, ele a conhece. A chama
do modo único.
Nem uma falta ao seu chamado.
MAS OLHE O QUE ISSO SIGNIFICA.

Aí fica mais fácil de entender o Salmo 8:


3 Quando contemplo os teus céus, obra dos teus dedos, a lua e as estrelas que ali
firmaste,
4 pergunto: Que é o homem, para que com ele te importes? E o filho do homem,
para que com ele te preocupes?

Mas para um Deus infinito, algo ter o tamanho do universo ou o tamanho de uma
pessoa, não faz nenhuma diferença.
O que faz diferença são os corações que Ele criou para si...
Ele se importa com você porque escolheu te AMAR.
Ele te conhece pelo nome. Devido ao tamanho do seu poder, nem um
fio de cabelo seu cai sem que Ele esteja atento. Nem uma lágrima sua
escapa a Ele. Nem um medo ou temor lhe são desconhecidos.
Por isso cabe a quarta pergunta constrangedora de ISAÍAS

4. POR QUE VOCÊ RECLAMA, JACÓ? JOÃO... MÁRIO... BERENICE... ______________


27 Por que você reclama, ó Jacó, e por que se queixa, ó Israel: "O Senhor não se
interessa pela minha situação; o meu Deus não considera a minha causa"?
28 Será que você não sabe? Nunca ouviu falar? O Senhor é o Deus eterno, o Criador
de toda a terra. Ele não se cansa nem fica exausto, sua sabedoria é insondável.
29 Ele fortalece ao cansado e dá grande vigor ao que está sem forças.
30 Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem;
31 mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam bem alto
como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam.

Vou colocar em outras palavras:


“Faz algum sentido dizer para este Deus: ele não se importa, não considera a
minha causa”? Meu caminho está encoberto a Ele.
Ele não sabe do meu problema.
Ele não sabe a criação que tive.
Ele não sabe das rasteiras que tomei.

Mais do que ser um Deus grandioso, mas distante, Ele está atento e presente. Ele
fortalece a vida daqueles que esperam Nele. Isso é relacionamento com esse Deus.
E mais um atributo deste Deus? É que a fonte desta força é inesgotável! Deus é
INEXAURÍVEL.
Aqueles que esperam ganharam as forças necessárias não só para aturar, mas
superar.
Forças para deixar de ser controlado pela pressão das circunstâncias, mas
voar acima delas.
Você pode ESPERAR no Senhor.
Mas ESPERAR não diz respeito a tempo, mas atitude. É se agarrar em
Deus, confiar Nele e em suas promessas.
Se em sua vida COISAS MUITO GRANDES estão te levando ao limite, talvez seja
exatamente aí que você precisa estar para deixar de olhar para as COISAS COMO
GRANDES, e olhar para o GRANDE DEUS que te fortalece.

Mas o texto de maior TEMOR nas ESCRITURAS não é Is 40, mas Filipenses 2:

5 Cristo Jesus,
6 que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que
devia apegar-se;
7 mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos
homens.
8 E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente
até à morte, e morte de cruz!
9 Por isso Deus o exaltou à mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de
todo nome,
10 para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, no céu, na terra e debaixo da
terra,
11 e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai.