Você está na página 1de 29

ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA ANDRÉ ANTONIO MAGGI

APRENDIZAGEM CONECTADA
ATIVIDADES ESCOLARES
CONTEÚDO ADAPTADO

FILOSOFIA / SOCIOLOGIA - SETEMBRO


Códigos das Habilidades Objeto do conhecimento
Identificar, analisar e comparar diferentes fontes e narrativas expressas
em diversas linguagens, com vistas à compreensão de ideias filosóficas
EM13CHS101  e de processos e eventos históricos, geográficos, políticos, econômicos,
sociais, ambientais e culturais.

Utilizar as linguagens cartográfica, gráfica e iconográfica, diferentes


gêneros textuais e tecnologias digitais de informação e comunicação de
EM13CHS106 forma crítica, significativa, reflexiva e ética nas diversas práticas
sociais, incluindo as escolares, para se comunicar, acessar e difundir
informações, produzir conhecimentos, resolver problemas e exercer
protagonismo e autoria na vida pessoal e coletiva.

NOME DA ESCOLA: E.E.E.B. André Antônio Maggi


NOME DA PROFESSORA: Ivonete Maria Antonio
NOME DO ESTUDANTE: Kauã Julho Romão

INTRODUÇÃO À
FILOSOFIA/SOCIOLOGIA
ESTUDE JUNTO COM A SUA FAMÍLIA
O MENINO PLATÃO

Rosângela Trajano

O menino Platão nasceu em Atenas na Grécia.


Filho de uma família rica estudou leitura e
escrita, música, poesia e ginástica. Era um
menino lindo! Por seu amor ao esporte recebeu
esse esse nome de “Platão” que em grego
significa “ombros largos” já que gostava de
nadar. Seu nome verdadeiro era Arístocles.
Esse menino foi aluno de Sócrates e dizia que
o mais bonito não é o mundo que vemos com
os nossos sentidos, mas o mundo espiritual, o
mundo da alma, esse sim é o mundo das ideias,
ou seja, o mundo da sabedoria. Tudo está
guardado na alma, para Platão.
O menino Platão dedicava-se à Política antes
de conhecer o filósofo Sócrates, e com ele
passou a discutir sobre os problemas e
conhecimentos do mundo, valores e virtudes humanas. Platão escreveu uma obra intitulada
“A República” que fala como deve ser governada uma cidade e de como o seu povo deve ser
educado.
Como Sócrates não deixou nada escrito, Platão passou a colocá-lo como personagem em
seus diálogos que escreveu ao longo dos anos e neles Sócrates sempre aparece questionando
os jovens da época.
Platão também ficou conhecido por escrever os mitos buscando explicar as coisas de maneira
metafórica e mais fácil aos seus alunos. Um dos seus mitos mais importantes é o da Caverna
onde homens estão presos numa caverna e um deles foge e ver a luz do sol ganhando assim a
sabedoria, quando volta para dizer aos seus amigos prisioneiros da caverna que há um
mundo real fora dela e que não existem somente as sombras é morto pelos companheiros.
Um mito que nos passa a ideia de ignorância e conhecimento.
Mas, depois que Sócrates foi condenado à morte, Platão desiludiu-se da política e tornou-se
um filósofo. Ainda teve que fugir da Grécia devido a sua amizade com Sócrates e ficou anos
distante dela.
Ao voltar para Grécia, Platão fundou uma academia onde lecionava filosofia e geometria.
Teve um aluno especial chamado Aristóteles do qual depois falaremos. Platão morreu com
87 anos.

Exercícios para o bom pensar.


1 – Quem foi Platão?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
2 – Por que Platão é considerado um filósofo?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
3 – Como era o pensamento de Platão?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
4 – Por que o pensamento de Platão é importante até hoje para o mundo?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
5 – Qual o mito mais importante de Platão e o que ele nos ensina?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
Desenhe o mito da Caverna de Platão.
O MENINO E A ACULTURAÇÃO

Rosângela Trajano

O menino aprendeu o termo


“aculturação”. Chegou em casa e foi
contar o que ele significava para a vovó,
meio que admirado.
– Vovó, você acha que um grupo pode
dominar a cultura de outro grupo?
– Sim, meu querido. Depende da cultura
de cada um. Sobreviverá a cultura mais
forte.
– Pois é, vovó. Foi isso que aprendi hoje
na escola. Aculturação é quando uma
cultura se apropria de outra. Isso ocorre
muito nas diversas sociedades.
– Isso mesmo, Davi. Os homens quando
passam a se conhecer melhor levam
consigo a sua cultura e daí eles querem
transmitir a outros povos. Quem tem uma
cultura mais fraca, termina por perdê-la e
a mais forte sobrevive.
– Por isso que temos diversas culturas no Brasil?
– Também. O Brasil é um país de vasta extensão territorial e povos de várias etnias e raças,
cada um com a sua cultura. A cultura mais forte se sobrepõe a do mais fraco.
– Eu gosto da nossa cultura, vovó. Não vou deixar que ninguém a tire de nós.
– Isso mesmo, Davi. Temos que lutar pela nossa cultura. Assim conservamos as nossas
tradições.
O menino Davi foi brincar de esconde-esconde com os seus amiguinhos na rua, pensando em
como brincavam as crianças de uma tribo indígena que ficava perto dali e tinha outra cultura.

Exercícios para o bom pensar.

1 – O que é aculturação?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
2 – Por que ocorre a aculturação?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
3 – O que a aculturação faz com os povos?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
4 – Como preservar a nossa cultura?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
5 – Por que somos seres culturais?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___

Desenhe a aculturação conforme a leitura do texto.


O MENINO E A ALTERIDADE

Rosângela Trajano

Era uma vez um menino que


gostava de se colocar no lugar do
outro, compreendê-lo e respeitá-
lo. Disseram-lhe que a isso dava-
se um nome bonito “alteridade”.
E o menino ficou cheio de graça
com aquele nome que ele
carregava no peito com orgulho.
Onde chegava o menino dizia que
a alteridade é importante para o
bem-estar da sociedade, que
devemos sempre nos colocar no
lugar do outro seja na família, na
escola, na religião ou entre
amigos. É preciso respeitar o
pensamento do outro.
O menino gostava de dialogar com o outro, sempre atento ao que lhe diziam, era um bom
ouvinte. O respeito ao que o outro fala também é importante para a alteridade. E sempre que
podia o menino perguntava ao outro como ele estava se sentindo, principalmente aos seus
amiguinhos da escola onde as notas, às vezes, causavam tristeza.
A alteridade aproxima as pessoas umas das outras e traz uma vida melhor em sociedade.
Foto de Sumitt Kannogeaa

Exercícios para o bom pensar.

1 – O que é alteridade?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
2 – Por que a alteridade é importante?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
3 – Como devemos enxergar a alteridade?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
4 – Como o outro deve ser tratado pela gente?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
5 – Por que a alteridade ajuda nas relações em sociedade?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___

Desenhe algo que represente a alteridade.

O MENINO E O ETNOCENTRISMO

Rosângela Trajano
Era uma vez um menino que gostava de ler bastante. Um dia, ele pegou um livro e encontrou
uma nova palavra “etnocentrismo”. Ficou curioso com aquela palavra e foi perguntar ao
papai o que ela significava.
O papai buscou o dicionário e junto com o menino procuraram pela palavra. Lá estava ela no
meio da letra “E”. Etnocentrismo quer dizer aquele que considera o seu grupo étnico, nação
ou nacionalidade mais importante do que as demais.
O menino ficou espantando. E perguntou ao papai
– E tem gente que se acha mais importante do que as outras?
– Muitas pessoas, meu filho. O etnocentrismo está por todas as partes. É preciso ter cuidado
para não praticá-lo.
– Puxa, papai! Que coisa triste! Eu acho que todos somos iguais. Que ninguém é melhor do
que o outro.
– Como ocorre o etnocentrismo?
– Geralmente por pessoas de países mais desenvolvidos que os outros querem ser melhores.
Também ocorre entre grupos étnicos que querem ser melhores que outros. Assim como os
brancos contra os negros, os índios contra os brancos. Fico me perguntando como é que o
etnocentrismo machuca as pessoas todos os dias, filho. Isso é muito sério. É tanta coisa que
acontece nesse mundo, meu filho que devemos evitar. Como é que as pessoas podem ter
raiva uma das outras?
– Como podemos evitar o etnocentrismo, papai?
– Ensinando às pessoas, como você mesmo falou, que todos somos iguais.
Pois eu vou conversar com os meus amiguinhos e dizer tudo isso para eles e vou falar,
também, dessa palavra esquisita que tem aqui no meu livro de histórias.
– Olha, pai, a história termina dizendo que todas as pessoas descobriram que eram iguais e
foram felizes para sempre! Tá vendo só? Eu bem que disse isso!
O menino deu um sorriso e pulou no pescoço do pai, abraçando-o.

Exercícios para o bom pensar.

1 – O que você acha do etnocentrismo?


__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
2 – Por que o etnocentrismo não é bom?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
3 – O que o etnocentrismo pode causar nos indivíduos?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
4 – Por que algumas pessoas se acham superiores que as outras?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
5 – O que nos torna humildes diante do Universo?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___

Desenhe o que você acha sobre o etnocentrismo.


O MENINO INCOMPREENDIDO

Rosângela Trajano

Era uma vez um menino


incompreendido pelos familiares.
Queria muito fazer escolhas, sair
para brincar com os amigos no
campinho de futebol, opinar sobre
os problemas da sociedade, mas
ninguém o ouvia. Diziam que ele
fazia muito barulho sem nem abrir a
boca. O menino ficava quieto no
seu canto a brincar com o gato,
porém sempre que ouvia alguém
fazer uma pergunta tinha resposta
para essa pessoa, só que nunca era
ouvido. As pessoas grandes têm mania de achar que as crianças não sabem de nada quando,
na verdade, são elas que não sabem. O menino ficava tristonho, às vezes, e saía para o
jardim. Ser incompreendido em casa era uma coisa desagradável para aquele menino
inteligente e com ideias nos pés e na cabeça. Quando começava a conversar não queria parar
mais, falava de tudo, pois lia muito. Contudo, diziam que ele incomodava com as suas
conversas chatas e o menino se calava. Até o dia em que silenciou-se de uma vez por todas.
Mesmo em silêncio o menino era incompreendido pelos adultos que pensavam estar ele
doente. Sim, parecia doente, mas era de raiva. Não poder falar ou perguntar era uma coisa
que o menino não gostava.

A incompreensão dos adultos o


machucava. Os seus pais nunca o
deixavam fazer as coisas que gostava e
também nunca permitiam que ele fosse
dormir sem tomar banho. Diziam que
eram as normas da casa, mas o menino
questionava as coisas como elas eram e
queria saber o motivo de algumas delas
serem tão esquisitas para ele. Ninguém
o compreendia. Algumas vezes ficou de
castigo com as suas perguntas, noutras
perdeu o brinquedo favorito. As
crianças incompreendidas sofrem bastante diante dos seus pais e familiares, porque ninguém
as ouve e guardam angústias na alma, lá dentro delas, naquele lugar onde ficam guardadas as
tristezas e saudades.

Exercícios para o bom pensar.

1 – O que é a incompreensão?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
2 – Por que é ruim ser incompreendido?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
3 – O que podemos fazer para sermos compreendidos pelos adultos?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
4 – Por que é importante ser compreendido pelos adultos?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
5 – O que acontece quando os adultos não nos compreendem?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___

Desenhe um menino sendo incompreendido pelos seus pais.


A HUMANIDADE ESTÁ ESQUECENDO O AMOR AO PRÓXIMO

Rosângela Trajano

Ontem a minha sobrinha que


trabalha num hospital desceu do
ônibus e saiu caminhando pelas
ruas com a sua bolsa e algumas
coisinhas que sempre traz para
vender às pessoas, tipo: tapioca,
cuscuz e cocada. Uma mulher
muito meiga e carinhosa. Está
sempre pronta para ajudar o
próximo. Enfermeira cuidadosa e
humilde. Dessas pessoas que a
gente encontra uma vez na vida.
De repente, ela tropeçou numa
pedra no meio da rua e caiu.
Coitada! Machucou o joelho
esquerdo, feriu as mãos e as suas
coisas se espalharam pelo chão. Buscou levantar-se por duas vezes e não conseguiu com a
dor da queda. Havia muitas pessoas na rua, mas ninguém fez nada para ajudá-la. Ficaram
olhando o seu desespero para levantar-se. Algumas pessoas ainda ousaram fotografar e
outras filmaram a cena da queda. Muito envergonhada, triste e com dores ela ficou em pé e
recolheu as suas coisas do chão. Caminhar parecia impossível, pois sentia muitas dores no
joelho. Mas, sem ajuda buscou equilíbrio e forças dentro de si para chegar até o seu local de
trabalho e pedir ajuda. As pessoas que viram o acontecimento nada fizeram por ela.
Esqueceram do amor ao próximo e do sentimento de caridade. Parece até que nunca
precisarão umas das outras. O gesto de fotografar a cena é um dos mais cruéis e absurdos
que tenho visto para com vítimas de algum acidente ou homicídio. Há muitos vídeos e
fotografias sobre pessoas mortas ou feridas espalhadas na Internet. Não há mais respeito pela
vida humana. Para onde está indo a humanidade?

Exercícios para o bom pensar.

1 – Por que não ajudamos mais as pessoas?


__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
2 – Por que não somos mais caridosos?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
3 – Por que é importante amar ao próximo?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
4 – Por que as pessoas preferem fotografar uma pessoa ferida do que ajudá-la?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
5 – Para onde está indo a humanidade?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
6 – O que podemos esperar da humanidade nos próximos anos?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
7 – Você costuma ajudar as pessoas? Como?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
8 – Você já precisou de ajuda longe de casa? Alguém ajudou?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
9 – Ainda é possível acreditar no amor ao próximo?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
10 – Como você se sente diante da humanidade contemporânea?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
Escreva um texto com, no mínimo, 06 linhas sobre o que você acha do amor e respeito ao
próximo.
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
______

SONHOS VESTIDOS DE NUVENS

Rosângela Trajano.

Ao meu sol, com todo o meu amor.

Visto as nuvens com meus sonhos


Dor dividida em diferentes
tamanhos
Sou pedra que a solidão esculpiu
Minh’alma covarde num pranto caiu
Se os sonhos viajam com as nuvens
Quando a chuva vier
Cairão em pingos na terra
Sonhos, talvez, enferrujados
Doei às nuvens meu baú de alegrias
Porque as lindas noites, hoje, são dias
Naveguei no oceano do meu ser
Encontrei navios naufragados e você
Amanhã, à tardinha, virá um temporal
Levará o pranto pendurado no varal
Sou mito entre fragmentos de uma esperança
Resta-me apenas a marca de uma aliança.

Exercícios para o bom pensar.

1 – O que são sonhos enferrujados?


__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
2 – Por que enferrujamos os nossos sonhos?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
3 – Por que nos enferrujamos?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__
4 – Como tirar a ferrugem dos nossos sonhos?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
5 – Em qual sentimento mora a ferrugem?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
Disserte sobre a ferrugem dos seus sonhos.
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
________

MORADOR DE RUA

Rosângela Trajano.O morador de rua


Não tinha pão
Sentia fome
Tremia a mão.

O morador de rua
Não tinha cobertor
Sem roupas para
vestir
Sentia na alma dor.

O morador de rua
Sozinho conversava
Não tinha amor
A chuva o aguava.

Exercício para o bom pensar.

1 – Por que há pessoas morando nas ruas?


__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__
2 – Por que as pessoas que vivem nas ruas precisam de amor, também?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
3 – Por que as pessoas que moram nas ruas se sentem sozinhas?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
4 – Por que é difícil morar nas ruas?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
5 – O que acontece com a gente quando ajudamos um morador de rua? Por quê?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___

Desenhe você ajudando um morador de rua.


OS PRINCÍPIOS ÉTICOS

Rosângela Trajano.

Os princípios éticos
São condutas morais
Valores que adquirimos
E não esquecemos jamais.

A ética é construída
Pelos costumes e tradições
De uma sociedade que vive
Seja nas crenças ou religiões.

Cada sociedade possui


Seus códigos de ética
Que todos devem seguir
Dos pedintes à poética.

Exercícios para o bom pensar.

1 – O que são os princípios éticos?


__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
2 – Como adquirimos os princípios éticos?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
3 – Por que os princípios éticos são importantes?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
4 – O que são os códigos de ética de uma sociedade? Cite um exemplo.
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
5 – Por que os valores morais estão dentro da ética?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___

Desenhe você usando os princípios éticos.

OS PRINCÍPIOS MORAIS

Rosângela Trajano

Os princípios morais
São regidos pela sociedade
Valores universais
Que têm em toda cidade.

Os princípios morais
Todos devem seguir
A honestidade, o respeito
É a harmonia do existir.

Os princípios morais
São valores individuais
Que temos guardados
Em nossos cais.

Exercícios para o bom pensar.

1 – O que são os princípios morais?


__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
2 – Por que os princípios morais são importantes?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
3 – Como construímos os princípios morais?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
4 – O que pode acontecer numa sociedade sem princípios morais?
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
___
5 – Cite 4 princípios morais e seus conceitos.
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
__________________________________________________________________________
____

Desenhe você seguindo um princípio moral.

ESCOLHA UM FILME NA LISTA ABAIXO E ASSISTA JUNTO COM SUA


FAMÍLIA. DEPOIS DESENHE NESSE ESPAÇO, OS PERSONAGENS DA
HISTÓRIA.

Animação é coisa séria: 15 filmes infantis com


mensagens profundas
1. Zootopia - Essa Cidade é o Bicho (2016)

Temas: Racismo, violência policial, drogas, machismo, abuso de poder, cultura do medo

Este realmente é um filme especial, que tem sido chamado pela crítica de "a história mais política da
Disney". E com razão. A trama da coelha Judy, que sonha em se tornar policial numa sociedade
conservadora e preconceituosa, toca diretamente em vários problemas atuais. A animação prega a tolerância
e a coragem de buscar novas experiências.

2. Divertida Mente (2015)

Temas: Depressão, perda das memórias da infância, a importância de também ser triste

A Pixar se superou com esta história complexa passada dentro da cabeça da garotinha Riley,
com os sentimentos nos papéis principais. O filme debate temas raros em histórias infantis, como
os pesadelos e os amigos imaginários, ressaltando que todos os sentimentos são importantes
para atingir o equilíbrio emocional - mesmo a tristeza e a raiva.
3. Wall-E (2008)

Temas: destruição da Terra, obesidade, dependência da tecnologia, individualismo

Um dos filmes mais bonitos e poéticos da Pixar, Wall-E imagina a Terra repleta de lixo,


abandonada pelos próprios humanos que a destruíram. Quer uma crítica mais potente que essa?
Depois da catástrofe natural, os seres humanos gordos vivem comendo produtos gordurosos,
olhando telas o tempo inteiro... Parece familiar?

O Gigante de Ferro (1999)

Temas: Guerra Fria, solidão, famílias uniparentais, abuso de poder

Esta bela metáfora pacifista, que tem fãs incondicionais na redação do AdoroCinema, apresenta
um garotinho solitário criado apenas pela mãe. Ele descobre um verdadeiro amigo através da
figura do Gigante de Ferro, vindo de outro planeta. A mãe, preocupada, avisa as autoridades.
Passada na época da Guerra Fria, a história defende a convivência entre as diferenças.
5. O Menino e o Mundo (2015)

Temas: abandono familiar, pobreza, ditadura militar, exploração no trabalho

Dizer que este é um "filme infantil" pode ser questionável pela quantidade de temas complexos
abordados pelo diretor Alê Abreu. Quando é abandonado pelo pai, o garoto do título decide
procurar por ele na cidade grande, onde fica perdido entre os carros, usinas, favelas, tanques
militares e outras estruturas das grandes cidades. A história busca transmitir um pouco de afeto
numa sociedade individualista e marcada por desigualdades profundas.

6. ParaNorman (2012)

Temas: forças do além, bullying, homossexualidade

Este filme pode assustar as crianças pequenas pela abordagem sombria dos fantasmas e da
temática da morte. O garotinho Norman tem o poder de se comunicar com os mortos, e por isso é
maltratado pelos colegas na escola. Como de costume nas produções da Laika, defende-se a
inclusão social, com destaque para o primeiro personagem abertamente gay da história das
animações infantis - logo o tipo musculoso cobiçado pela mocinha da história.

7. Frozen - Uma Aventura Congelante (2013)

Temas: Autoaceitação, traição, a impossibilidade do amor à primeira vista

Um dos filmes mais feministas da Walt Disney Animation Studios, este é um dos raros projetos
que deixa a história de amor em segundo plano, preferindo investir na amizade entre as duas
irmãs órfãs. Para a surpresa do público, o mocinho revela-se o grande bandido, e o amor à
primeira vista, que dominou várias tramas da Disney, é desprezado nesta história
contemporânea. Moral da história: é melhor conhecer bem a pessoa antes de pensar em
casamento, viu?
8. Toy Story 3 (2010)

Temas: O fim da infância, separação entre amigos, traição

Quem não chorou quando Andy teve que abandonar seus brinquedos preferidos para ir à
faculdade? O filme consegue mostrar essa passagem como algo ao mesmo tempo necessário e
comovente, afinal, algumas amizades terminam com o passar do tempo... Além disso, quando os
brinquedos tentam se unir para sobreviver à creche, descobrem que não podem confiar em
qualquer um.

9. O Conto da Princesa Kaguya (2015)

Temas: luta de classes, independência feminina, o peso da tradição

Uma das melhores animações japonesas dos últimos anos traz a história de uma camponesa que
descobre ser princesa e passa a ser tratada com luxo e regalias. Mas esta garota não tem a
menor vontade de se casar e acumular riquezas. Kaguya ousa se rebelar contra um sistema
hierárquico rígido, fugindo para viver a vida que deseja.

10. Pocahontas - O Encontro de Dois Mundos (1995)


Temas: guerra, colonialismo, racismo, massacre de índios

Resgatando uma parte importante da História dos Estados Unidos, este filme narra a chegada
dos britânicos à costa leste do continente, assim como as batalhas travadas com os índios. A
versão da Disney aposta numa história de amor entre os representantes dos dois continentes,
mas a trama real que deu origem ao filme era mais amarga: Pocahontas e John Smith nunca se
apaixonaram, e ela foi obrigada a se casar com outro homem.

11. Kung Fu Panda 3 (2016)

Temas: adoção, famílias recompostas

Nem todo mundo lembra que o panda Po é criado pelo protetor pai ganso. Mas na terceira trama
da franquia, o urso conhece seu pai biológico, despertando o ciúme do pai de criação.
Contrariando a lógica conservadora, o filme defende que os dois são pais em igual medida, e que
uma família amorosa pode ter dois pais, por que não?

12. Uma História de Amor e Fúria (2012)

Temas: invasão dos portugueses, guerras, ditadura militar, escassez de água

Espécie de "Pocahontas brasileiro", o filme faz um apanhado ainda amplo da história nacional,
percorrendo 600 anos. A trama começa com a chegada dos portugueses ao Brasil, matando e
violentando diversas índias, antes de passar por outros momentos traumáticos do nosso passado.
O que une todo este panorama é a história de amor entre o protagonista e a bela Janaína.
13. Bee Movie - A História de uma Abelha (2007)

Temas: exploração industrial, sumiço das abelhas, luta de classes

É comum ver animações infantis defendendo a proteção à natureza, mas o caso de Bee Movie é
específico por usar a exploração das abelhas na fabricação do mel para refletir sobre a
exploração do trabalho no mundo atual. O olhar ácido à sociedade não é uma surpresa, já que o
criador da história é Jerry Seinfeld, da ótima série Seinfeld.

14. Mary & Max - Uma Amizade Diferente (2009)

Temas: bullying, alcoolismo, cleptomania, Síndrome de Asperger, ataques de ansiedade,


agorafobia, suicídio, depressão, pobreza

Como você pode deduzir pela lista acima, Mary & Max não é um filme muito divertido, nem muito
infantil. Até suas cores são acinzentadas e sépia, ao invés do colorido típico das imagens para
crianças. Mas o público que se aventurar nesta trama agridoce vai descobrir uma bela história de
amor entre uma garotinha rejeitada pelos colegas, por causa de uma cicatriz na testa, e um
homem idoso sofrendo de sérios distúrbios sociais.
15. Lilo & Stitch (2002)

Temas: experiências genéticas, adoção, novas noções de família

Concebido como experiência genética proibida, Stitch é condenado à exclusão, mas o animal
esperto consegue se passar por um cachorro para ser adotado. Aos poucos, ele forma uma
amizade com Lilo, integrando a família mesmo sem possuir laços de sangue com a garota e sua
irmã mais velha. O roteiro ainda critica a figura do turista americano, através do personagem
branquelo e obeso cujo sorvete sempre cai no chão.

BIBLIOGRAFIA
 https://rosangelatrajano.com.br/material-didatico-de-filosofia-para-criancas/
 http://www.adorocinema.com/noticias/filmes/noticia-120021/

BOM ESTUDO!