Você está na página 1de 117

www.romulopassos.com.

br
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Sumário pág
Professor Rômulo Passos
1. SUS na Constituição Federal ......................................................................................................... 4
2. Lei nº 8.080/90 ............................................................................................................................. 6
3. Lei nº 8.142/90 ............................................................................................................................. 13
4. Decreto nº 7.508/2011 ................................................................................................................. 14
5. Política Nacional de Humanização (PNH) ..................................................................................... 16
6. Vigilância Epidemiológica e Notificação Compulsória .................................................................. 19
7. Rede de Atenção às Urgências ...................................................................................................... 23
Professora Polyanne Aparecida
8. Administração de Medicamentos ................................................................................................. 30
9. Cálculo de Medicação ................................................................................................................... 32
Professora Tila Viana
10. Acesso Intraósseo e Sinais Vitais ................................................................................................ 36
11. Exame Físico ............................................................................................................................... 42
12. Oxigenioterapia .......................................................................................................................... 47
13. Sondagem Gastrintestinal .......................................................................................................... 49
14. Sondagem Vesical ....................................................................................................................... 50
15. Feridas......................................................................................................................................... 53
16. Nutrição Enteral (NE) e a Nutrição Parenteral (NP) .................................................................... 56
Professora Rebeca Rocha
17. Infecção Relacionada à Assistência à Saúde ............................................................................... 59
18. Medidas de Precaução ................................................................................................................ 61
19. Cateter Periférico ........................................................................................................................ 63
20. CME Esterilização ........................................................................................................................ 65
21. Esterilização ................................................................................................................................ 68
22. CME RDC Nº 15 ........................................................................................................................ 71
23. Biossegurança.............................................................................................................................. 75
24. Resíduos Sólidos em Saúde......................................................................................................... 77
Professora Joandra Marques
25. UTI .............................................................................................................................................. 82
26. Pressão Intracraniana (PIC) ......................................................................................................... 84
27. Pressão Venosa Central (PVC) ..................................................................................................... 87

www.romulopassos.com.br 2
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

28. Pressão Arterial Invasiva (PAI) ..................................................................................................... 89


29. Drogas Vasoativas ....................................................................................................................... 90
Professor Jonh Morais
30. Gasometria .................................................................................................................................. 94
Professora Joandra Marques
31. Ventilação Mecânica.................................................................................................................... 100
32. Traqueostomia............................................................................................................................. 104
33. Sepse............................................................................................................................................ 104
34. UTI Coronariana........................................................................................................................... 107
35. UTI................................................................................................................................................ 108
Professora Priscilla Souza
36. Transplante de Órgãos ................................................................................................................ 111

www.romulopassos.com.br 3
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

SUS na Constituição Federal


Professor Rômulo Passos
(Editora BP/2020) Sobre a Seguridade Social, julgue o item subsequente:
1. De acordo com a CF/88, art. 194, a seguridade social é formada de um conjunto integrado de ações
de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade e organizada pela iniciativa privada.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Sobre as disposições constitucionais da saúde, julgue os itens subsequentes:
2. De acordo com o art. 196, a saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas
sociais, estruturais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao
acesso universal e integral às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.
( ) Certo ( ) Errado
3. São de relevância pública as ações e serviços de saúde, cabendo ao Poder Público dispor, nos termos
da lei, sobre sua regulamentação, fiscalização e controle, devendo sua execução ser feita diretamente
ou através de terceiros e, não, por pessoa física ou jurídica de direito privado.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Em relação às diretrizes do SUS dispostas no art. 198 da CF/88, julgue os itens
subsequentes:
4. As ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada, transversal e hierarquizada e
constituem um sistema único
( ) Certo ( ) Errado
5. São diretrizes do SUS: descentralização, com direção única em cada esfera de governo; atendimento
integral, com prioridade para as atividades preventivas, sem prejuízo dos serviços assistenciais;
participação da comunidade e preservação da integridade física e moral.
( ) Certo ( ) Errado
6. O SUS será financiado, nos termos do art. 195, com recursos do orçamento da seguridade social, da
União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, além de outras fontes.
( ) Certo ( ) Errado
7. Os gestores estaduais e locais do SUS poderão admitir agentes comunitários de saúde e agentes de
combate às endemias por meio de processo seletivo privado, de acordo com a natureza e complexidade
de suas atribuições e requisitos específicos para sua atuação.
( ) Certo ( ) Errado
8. Leis estaduais e municipais disporão sobre o regime jurídico, o piso salarial profissional nacional, as
diretrizes para os Planos de Carreira e a regulamentação das atividades de agente comunitário de saúde
e agente de combate às endemias, competindo à União, nos termos da lei, prestar assistência financeira
complementar aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios, para o cumprimento do referido piso
salarial.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 4
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

9. (AOCP Adaptada) De acordo com o que estabelece a Constituição Federal, a União aplicará,
anualmente, em ações e serviços públicos de saúde, no mínimo 20% (vinte por cento) sobre o valor
arrecadado com os impostos federais no ano anterior ao respectivo exercício.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Julgue os itens subsequentes com base nas disposições do art. 199 da CF/88:
10. A assistência à saúde é livre à iniciativa privada, que poderão participar de forma complementar do
SUS, segundo diretrizes deste, mediante contrato de direito privado ou convênio, tendo preferência as
entidades filantrópicas e as sem fins lucrativos.
( ) Certo ( ) Errado
11. É vedada a destinação de recursos públicos para auxílios ou subvenções às instituições privadas sem
fins lucrativos.
( ) Certo ( ) Errado
12. É vedada a participação direta ou indireta de empresas ou capitais estrangeiros na assistência à
saúde no País, salvo nos casos previstos em lei.
( ) Certo ( ) Errado
13. A lei disporá sobre as condições e os requisitos que facilitem a remoção de órgãos, tecidos e
substâncias humanas para fins de transplante, pesquisa e tratamento, bem como a coleta,
processamento e transfusão de sangue e seus derivados, sendo permitida a comercialização de
hemoderivados.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Julgue os itens subsequentes em relação às competências do SUS dispostas no art.
200 da CF/88:
14. São competências do SUS: controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse
para a saúde e produzir diretamente medicamentos, equipamentos, imunobiológicos, hemoderivados e
outros insumos.
( ) Certo ( ) Errado
15. São competências do SUS: executar as ações de vigilância sanitária e epidemiológica, bem como as
de saúde do trabalhador; coordenar a formação de recursos humanos na área de saúde; participar da
formulação da política e da execução das ações de saneamento básico.
( ) Certo ( ) Errado
16. São competências do SUS: incrementar, em qualquer área de atuação, o desenvolvimento científico
e tecnológico e a inovação.
( ) Certo ( ) Errado
17. São competências do SUS: fiscalizar e inspecionar alimentos, compreendido o controle de seu teor
nutricional, bem como bebidas e águas para consumo humano e animal; controlar e fiscalizar a
produção, o transporte, a guarda e a utilização de substâncias e de produtos psicoativos, tóxicos e
radioativos; colaborar na proteção do meio ambiente, nele compreendido o da saúde.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 5
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Lei nº 8.080/90
Professor Rômulo Passos
(Editora BP/2020) Julgue os itens subsequentes em relação às disposições da Lei nº 8.080/90:
1. Esta lei dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde no SUS, a
organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências.
( ) Certo ( ) Errado
2. Esta lei regula, em todo o território nacional, as ações e serviços de saúde, executados isolada ou
conjuntamente, em caráter permanente ou eventual, por pessoas naturais ou jurídicas de direito
Público.
( ) Certo ( ) Errado
3. A saúde é um direito fundamental do ser humano, devendo o Estado prover as condições
indispensáveis ao seu pleno exercício. O dever do Estado de garantir a saúde consiste na formulação e
execução de políticas econômicas e sociais que visem à redução de riscos de doenças e de outros
agravos e no estabelecimento de condições que assegurem acesso universal e igualitário às ações e aos
serviços para a sua promoção, proteção e recuperação. O dever do Estado não exclui o das pessoas, da
família, das empresas e da sociedade.
( ) Certo ( ) Errado
4. Os níveis de saúde expressam a organização social e econômica do País, tendo a saúde os seguintes
determinantes e condicionantes: a alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o
trabalho, a renda, a educação, a atividade física, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços
essenciais.
( ) Certo ( ) Errado
5. O conjunto de ações e serviços de saúde, prestados por órgãos e instituições públicas e privadas
federais, estaduais e municipais, da Administração direta e indireta e das fundações mantidas pelo
Poder Público, constitui o SUS.
( ) Certo ( ) Errado
6. Estão incluídas no disposto neste artigo as instituições públicas federais, estaduais e municipais de
controle de qualidade, pesquisa e produção de insumos, medicamentos, exceto de sangue e
hemoderivados, e de equipamentos para saúde.
( ) Certo ( ) Errado
7. A iniciativa privada poderá participar do SUS, em caráter complementar e suplementar.
( ) Certo ( ) Errado
8. São objetivos do SUS: promoção da assistência terapêutica integral, inclusive farmacêutica; a
formulação de política de saúde destinada a promover, nos campos econômico e social, a observância
do disposto no § 1º do art. 2º desta lei; e a assistência às pessoas por intermédio de ações de promoção,
proteção e recuperação da saúde, com a realização integrada das ações assistenciais e das atividades
preventivas.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 6
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

9. Estão incluídas ainda no campo de atuação do SUS: a formulação da política de medicamentos,


equipamentos, imunobiológicos e outros insumos de interesse para a saúde e a participação na sua
produção; a formulação e execução da política de sangue e seus derivados.
( ) Certo ( ) Errado
(IMPARH Adaptada) Sobre a vigilância em saúde, julgue os itens a seguir:
10. A vigilância sanitária é um conjunto de ações que visam eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde
e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, da produção e circulação de bens
e da prestação de serviços de interesse da saúde.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Julgue os itens subsequentes em relação às disposições da Lei nº 8.080/90:
11. A saúde do trabalhador se destina apenas a promover as ações de vigilância epidemiológica e
vigilância sanitária aos trabalhadores, e à recuperação e da saúde dos trabalhadores.
( ) Certo ( ) Errado
12. Entende-se por vigilância epidemiológica um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento,
a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes de saúde
individual ou coletiva, com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de cura e controle das
doenças ou agravos.
( ) Certo ( ) Errado
(IMPARH Adaptada) No que se refere ao campo de atuação do SUS na saúde do trabalhador,
presentes na Lei nº 8.080:
13. (IMPARH Adaptada) A saúde do trabalhador abrange, entre outras, a participação, no âmbito de
competência do SUS, em estudos, pesquisas, avaliação e controle dos riscos e agravos potenciais à
saúde existentes no processo de trabalho.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Em relação à abrangência da saúde do trabalhador, jugue os itens a seguir:
14. Assistência ao trabalhador vítima de acidentes de trabalho ou portador de doença profissional e do
trabalho.
( ) Certo ( ) Errado
15. Participação, no âmbito de competência do SUS, da normatização, fiscalização e controle das
condições de produção, extração, armazenamento, transporte, distribuição e manuseio de substâncias,
de produtos, de máquinas e de equipamentos que apresentam riscos à saúde do trabalhador.
( ) Certo ( ) Errado
16. Avaliação do impacto que as tecnologias provocam à saúde.
( ) Certo ( ) Errado
17. Informação ao trabalhador e à sua respectiva entidade social e às empresas sobre os riscos de
acidentes de trabalho, doença profissional e do trabalho, bem como os resultados de fiscalizações,
avaliações ambientais e exames de saúde, de admissão, periódicos e de demissão, respeitados os
preceitos da ética profissional. ( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 7
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

18. Execução da normatização, fiscalização e controle dos serviços de saúde do trabalhador nas
instituições e empresas públicas e privadas.
( ) Certo ( ) Errado
19. Elaboração periódica da listagem oficial de doenças originadas no processo de trabalho, tendo na
sua elaboração a colaboração das entidades sindicais.
( ) Certo ( ) Errado
20. A garantia ao sindicato dos empregadores de requerer ao órgão competente a interdição de
máquina, de setor de serviço ou de todo ambiente de trabalho, quando houver exposição a risco
iminente para a vida ou saúde dos trabalhadores.
( ) Certo ( ) Errado
21. (IMPARH Adaptada) O Princípio do SUS, que respalda e garante o acesso de qualquer indivíduo
aos serviços públicos de saúde, é:
a) universalidade.
b) participação da comunidade.
c) regionalização.
d) equidade.
(IMPARH Adaptada) Sobre o SUS, julgue o item a seguir:
22. Tem como um de seus princípios a igualdade da assistência à saúde, sem preconceitos ou privilégios
de qualquer espécie.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Em relação aos princípios do SUS dispostos no art. 7º da Lei nº 8.080/1990, julgue os
itens a seguir:
23. Universalidade de acesso aos serviços de saúde em todos os níveis de prevenção.
( ) Certo ( ) Errado
24. Integralidade de assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços
preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de
complexidade do sistema.
( ) Certo ( ) Errado
25. Preservação da autonomia das pessoas na defesa de sua integridade física e psicológica.
( ) Certo ( ) Errado
26. Igualdade da assistência à saúde, sem preconceitos ou priorização de qualquer espécie.
( ) Certo ( ) Errado
27. Direito à informação, às pessoas assistidas, sobre a sua saúde.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 8
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

28. Divulgação de informações quanto ao potencial dos serviços de saúde e a sua organização pela
gestão.
( ) Certo ( ) Errado
29. Utilização da epidemiologia para o estabelecimento de prioridades, a alocação de recursos e a
orientação assistencial.
( ) Certo ( ) Errado
30. Participação da comunidade.
( ) Certo ( ) Errado
31. Descentralização político-administrativa, com direção única em cada esfera de governo: a) ênfase na
regionalização e hierarquização dos serviços para os municípios; b) descentralização da rede de serviços
de saúde.
( ) Certo ( ) Errado
32. Integração em nível setorial das ações de saúde, meio ambiente e saneamento básico.
( ) Certo ( ) Errado
33. Conjugação dos recursos financeiros, logísticos, materiais e humanos da União, dos Estados, do
Distrito Federal e dos Municípios na prestação de serviços de assistência à saúde da população.
( ) Certo ( ) Errado
34. Capacidade de resolução dos serviços em todos os níveis de assistência.
( ) Certo ( ) Errado
35. Organização dos serviços públicos de modo a evitar duplicidade de meios para fins similares.
( ) Certo ( ) Errado
36. Organização de atendimento público específico e especializado para mulheres e vítimas de violência
doméstica em geral, que garanta apenas atendimento, acompanhamento psicológico e cirurgias
plásticas reparadoras, em conformidade com a Lei nº 12.845, de 1º de agosto de 2013.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Em relação aos dispositivos da Lei nº 8.080/1990, julgue os itens a seguir:
37. As ações e serviços de saúde, executados pelo SUS, seja diretamente ou mediante participação
complementar da iniciativa privada, serão organizados de forma regionalizada e hierarquizada em níveis
de complexidade horizontais.
( ) Certo ( ) Errado
38. Os municípios e estados poderão constituir consórcios para desenvolver em conjunto as ações e os
serviços de saúde que lhes correspondam. Aplica-se aos consórcios administrativos intermunicipais o
princípio da direção múltipla, e os respectivos atos constitutivos disporão sobre sua observância.
( ) Certo ( ) Errado
39. No nível municipal, o SUS, poderá organizar-se em distritos de forma a integrar e articular recursos,
técnicas e práticas voltadas para a cobertura amparada das ações de saúde.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 9
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

40. Serão criadas comissões intersetoriais de âmbito nacional, vinculadas ao Conselho Nacional de
Saúde, integradas pelos Ministérios e órgãos competentes e por entidades representativas da sociedade
civil. As comissões intersetoriais terão a finalidade de articular políticas e programas de interesse para a
saúde, cuja execução envolva áreas compreendidas no âmbito do SUS.
( ) Certo ( ) Errado
41. A articulação das políticas e programas, a cargo das comissões intersetoriais, abrangerá, em especial,
as seguintes atividades: alimentação e nutrição; saneamento e meio ambiente; vigilância epidemiológica
e farmacoepidemiologia; recursos humanos; ciência e tecnologia; e saúde do trabalhador.
( ) Certo ( ) Errado
42. Deverão ser criadas Comissões Permanentes de integração entre os serviços de saúde e as
instituições de ensino profissional e superior. Cada uma dessas comissões terá por finalidade propor
prioridades, métodos e estratégias para a formação e educação continuada dos recursos humanos do
SUS, na esfera correspondente, assim como em relação à pesquisa e à cooperação técnica entre essas
instituições.
( ) Certo ( ) Errado
43. As Comissões Intergestores Bipartite e Tripartite são reconhecidas como foros de negociação e
pactuação entre gestores, quanto aos aspectos operacionais do SUS.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Sobre as Entidades Representativas do SUS, julgue os itens a seguir:
44. O CONASS, representa as Secretarias Estaduais de Saúde dos 26 estados e do Distrito Federal.
( ) Certo ( ) Errado
45. O CONASEMS representa as Secretarias Municipais de Saúde, no âmbito de cada estado.
( ) Certo ( ) Errado
46. O COSEMS representa todas as Secretarias Municipais de Saúde do Brasil.
( ) Certo ( ) Errado
47. A atuação das Comissões Intergestores Bipartite e Tripartite terá por objetivo: decidir sobre os
aspectos operacionais, financeiros e administrativos da gestão compartilhada do SUS, em conformidade
com a definição da política consubstanciada em planos de saúde, aprovados pelos conselhos de saúde;
definir diretrizes, de âmbito nacional, regional e intermunicipal, a respeito da organização das redes de
ações e serviços de saúde, principalmente no tocante à sua governança institucional e à integração das
ações e serviços dos entes federados; e fixar diretrizes sobre as regiões de saúde, distrito sanitário,
integração de territórios, referência e contrarreferência e demais aspectos vinculados à integração das
ações e serviços de saúde entre os entes federados.
( ) Certo ( ) Errado
48. O CONASS e o CONASEMS receberão recursos do orçamento geral dos estados e da União por meio
do Fundo Nacional de Saúde, para auxiliar no custeio de suas despesas institucionais, podendo ainda
celebrar convênios com a União.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 10
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

49. (IMPARH Adaptada) Conforme a Lei nº 8080/1990, é de competência da direção municipal do


Sistema Único de Saúde (SUS). Marque V para Verdadeiro e F para Falso:
( ) participar do planejamento, da programação e da organização da rede regionalizada e hierarquizada
do SUS, em articulação com sua direção estadual.
( ) participar da execução, do controle e da avaliação das ações referentes as condições e aos
ambientes de trabalho.
( ) formar consórcios administrativos intermunicipais.
a) V, F, V. b) V, V, V. c) V, F, F. d) F, V, F.
(Editora BP/2020) Sobre o financiamento, planejamento e orçamento do SUS, julgue o item a seguir:
50. O SUS será financiado, nos termos do art. 195, com recursos do orçamento da seguridade social, da
União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, além de outras fontes.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Sobre o planejamento e o orçamento no SUS, julgue o item a seguir:
51. O processo de planejamento e orçamento do SUS é ascendente, do nível local até o federal, com
participação dos órgãos deliberativos desse sistema.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Sobre o Planos de Saúde, julgue o item a seguir:
52. Os planos de saúde serão a base das atividades e programações de cada nível de direção do SUS, e
seu financiamento será previsto na respectiva proposta orçamentária.
( ) Certo ( ) Errado
(IMPARH Adaptada) Sobre o financiamento do SUS previsto na Lei nº 8.080, julgue o item a seguir:
53. É vedada a transferência de recursos para o financiamento de ações não previstas nos planos de
saúde, exceto em situações emergenciais ou de calamidade pública, na área de saúde.
( ) Certo ( ) Errado
(IMPARH Adaptada) Sobre o Sistema Único de Saúde (SUS), julgue o item subsequente:
54. É vedada a participação complementar da iniciativa privada na oferta de serviços no âmbito do SUS.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) De acordo com a Lei nº 14.021 de 7 de julho de 2020, que incluiu novos dispositivos
na Lei nº 8.080/1990, julgue os itens a seguir:
55. A União instituirá mecanismo de financiamento específico para os Estados, o Distrito Federal e os
Municípios, sempre que houver necessidade de atenção secundária e terciária fora dos territórios
indígenas.
( ) Certo ( ) Errado
56. Em situações emergenciais e de calamidade pública, a União deverá assegurar aporte adicional de
recursos não previstos nos planos de saúde dos Distritos Sanitários Especiais Indígenas (Dseis) ao
Subsistema de Atenção à Saúde Indígena.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 11
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

57. Em situações emergenciais e de calamidade pública deverá ser garantida a inclusão dos povos
indígenas nos planos emergenciais para atendimento dos pacientes graves das Secretarias Municipais e
Estaduais de Saúde, explicitados os fluxos e as referências para o atendimento em tempo oportuno.
( ) Certo ( ) Errado
58. A rede do SUS deverá obrigatoriamente fazer o registro e a notificação da declaração de raça ou cor,
garantindo a identificação de todos os indígenas atendidos nos sistemas públicos de saúde.
( ) Certo ( ) Errado
59. A União deverá integrar os sistemas de informação da rede do SUS com os dados do Subsistema de
Atenção à Saúde Indígena.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) De acordo com Lei nº 8.080/1990, julgue os itens a seguir:
60. Na modalidade de assistência de atendimento e internação domiciliares incluem-se somente os
procedimentos médicos, de enfermagem, fisioterapêuticos, psicológicos e de assistência social, entre
outros necessários ao cuidado integral dos pacientes em seu domicílio.
( ) Certo ( ) Errado
61. O atendimento e a internação domiciliares serão realizados por equipes multidisciplinares que
atuarão nos níveis da medicina preventiva, terapêutica e reabilitadora. O atendimento e a internação
domiciliares só poderão ser realizados por concordância médica, com expressa indicação do paciente e
de sua família.
( ) Certo ( ) Errado
62. A assistência terapêutica integral no SUS consiste em: dispensação de medicamentos e produtos de
interesse para a saúde, cuja prescrição esteja em conformidade com as diretrizes terapêuticas definidas
em protocolo clínico para a doença ou o agravo à saúde a ser tratado, bem como na oferta de
procedimentos terapêuticos, em regime assistencial, ambulatorial e hospitalar, constantes de tabelas
elaboradas pelos gestores estaduais e federais do SUS, realizados no território nacional por serviço
próprio, conveniado ou contratado.
( ) Certo ( ) Errado
63. Os medicamentos ou produtos para saúde (órteses, próteses, bolsas coletoras e equipamentos
médicos) são aqueles avaliados quanto à sua eficácia, insegurança, efetividade e custo-efetividade para
as diferentes fases evolutivas da doença ou do agravo à saúde de que trata o protocolo.
( ) Certo ( ) Errado
64. A incorporação, a exclusão ou a alteração pelo SUS de novos medicamentos, produtos e
procedimentos, bem como a constituição ou a alteração de protocolo clínico ou de diretriz terapêutica,
são atribuições do Ministério da Saúde, assessorado pela Comissão Nacional de Incorporação de
Tecnologias no SUS.
( ) Certo ( ) Errado
65. A CONITEC, cuja composição e regimento são definidos em regulamento, contará com a participação
de 1 representante indicado pela CIT e de 1 representante, especialista na área, indicado pelo Conselho
Federal de Medicina.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 12
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

66. Na prestação de serviços privados de assistência à saúde, serão observados os princípios éticos e as
normas expedidas pelo órgão de direção do SUS quanto às condições para seu funcionamento.
( ) Certo ( ) Errado
67. Quando as suas disponibilidades forem insuficientes para garantir a cobertura assistencial à
população de uma determinada área, o SUS poderá recorrer aos serviços ofertados pela iniciativa
privada filantrópica.
( ) Certo ( ) Errado
68. A participação complementar dos serviços privados será formalizada mediante contrato ou
convênio, observadas, a respeito, as normas de direito público, com preferência para as entidades
filantrópicas e as sem fins lucrativos.
( ) Certo ( ) Errado

Lei nº 8.142/90
Professor Rômulo Passos
1. (IMPARH Adaptada) Em relação ao princípio doutrinário assegurado pela Lei nº 8.142/90, a
representação dos usuários nos Conselhos de Saúde e Conferências será paritária em relação ao
conjunto dos demais segmentos.
( ) Certo ( ) Errado
2. (IMPARH Adaptada) O Controle Social é uma Diretriz e um Princípio do SUS, utilizada como
mecanismo de participação da comunidade nas ações de saúde em todas as esferas de governo. Essa
participação ocorre de forma institucionalizada por meio de:
a) dos Conselhos de Saúde.
b) das Secretarias de Saúde dos Estados e Municípios.
c) dos líderes comunitários municipais e estaduais.
d) dos Conselhos de Saúde e da Conferência de Saúde.
3. (Editora BP/2020) A Conferência de Saúde reunir-se-á, a cada dois anos, com a representação dos
vários segmentos sociais, para avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da
política de saúde nos níveis correspondentes, convocada pelo Poder Legislativo ou,
extraordinariamente, por esta ou pelo Conselho de Saúde.
( ) Certo ( ) Errado
4. (Editora BP/2020) Para receberem os recursos transferidos pela União, os municípios, os estados e o
Distrito Federal deverão contar com: Fundo de saúde; Plano de saúde; Conselho de saúde, com
composição paritária; Contrapartida de recursos para a saúde no respectivo orçamento; Relatórios de
gestão que possibilitem controlar os recursos repassados; Comissão de elaboração do plano de carreira,
cargos e salários, para cuja implementação há um prazo previsto de dois anos.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 13
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Decreto nº 7.508/2011
Professor Rômulo Passos
(Editora BP) De acordo com o Decreto nº 7.508/2011, julgue os itens subsequentes:
1. São Portas de Entrada para as ações e os serviços de saúde do SUS: a atenção primária; a atenção de
urgência e emergência; a atenção psicossocial; e os serviços especiais de acesso aberto.
( ) Certo ( ) Errado
2. Contrato Organizativo da Ação Pública da Saúde é um acordo de colaboração firmado entre entes
federativos com a finalidade de organizar e integrar as ações e serviços de saúde na rede regionalizada e
hierarquizada, com definição de responsabilidades, indicadores e metas de saúde, critérios de avaliação
de desempenho, recursos financeiros que serão disponibilizados, forma de controle e fiscalização de sua
execução e demais elementos necessários à implementação integrada das ações e serviços de saúde.
( ) Certo ( ) Errado
3. O Mapa da Saúde é a descrição geográfica da distribuição de recursos humanos e de ações e serviços
de saúde ofertados pelo SUS, mas não pela iniciativa privada, considerando-se a capacidade instalada
existente, os investimentos e o desempenho aferido a partir dos indicadores de saúde do sistema.
( ) Certo ( ) Errado
4. A Rede de Atenção à Saúde é o conjunto de ações e serviços de saúde articulados em níveis de
complexidade crescente, com a finalidade de garantir a universalidade, equidade e a regionalização.
( ) Certo ( ) Errado
5. Os serviços de atenção hospitalar e os ambulatoriais especializados, entre outros de maior
complexidade e densidade tecnológica, serão referenciados apenas pela atenção básica.
( ) Certo ( ) Errado
6. O acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde será ordenado pela atenção primária
e deve ser fundado no critério cronológico, observadas as especificidades previstas para pessoas com
proteção especial, conforme legislação vigente.
( ) Certo ( ) Errado
7. O processo de planejamento da saúde será ascendente e integrado, do nível local até o federal,
ouvidos os respectivos Conselhos de Saúde, compatibilizando-se as necessidades das políticas de saúde
com a disponibilidade de recursos financeiros. O planejamento da saúde é obrigatório para os entes
públicos e para a iniciativa privada.
( ) Certo ( ) Errado
8. O Conselho Nacional de Saúde estabelecerá as diretrizes a serem observadas na elaboração dos
planos de saúde, de acordo com as características epidemiológicas e da organização de serviços nos
entes federativos e nas Regiões de Saúde.
( ) Certo ( ) Errado
9. No planejamento devem ser considerados os serviços e as ações prestados pela iniciativa privada, de
forma complementar ou não ao SUS, os quais deverão compor os Mapas da Saúde municipal, regional,
estadual e nacional.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 14
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

10. A Relação Nacional de Ações e Serviços de Saúde (RENASES) compreende todas as ações e serviços
que o SUS oferece ao usuário para atendimento da universalidade da assistência à saúde.
( ) Certo ( ) Errado
11. A Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (RENAME) compreende a seleção e a padronização
de medicamentos indicados para atendimento de doenças ou de agravos no âmbito do SUS. Essa
relação será acompanhada do Formulário Terapêutico Integral (FTI) que subsidiará a prescrição, a
dispensação e o uso dos seus medicamentos.
( ) Certo ( ) Errado
12. A cada ano, o Ministério da Saúde consolidará e publicará as atualizações da RENAME, do respectivo
FTN e dos Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas, bem como a RENASES.
( ) Certo ( ) Errado
13. O Estado, o Distrito Federal e o Município poderão adotar relações específicas e complementares de
medicamentos, em consonância com a RENAME, respeitadas as responsabilidades dos entes pelo
financiamento de medicamentos, de acordo com o pactuado nas Comissões Intergestores.
( ) Certo ( ) Errado
14. O acordo de colaboração entre os entes federativos para a organização da rede interfederativa de
atenção à saúde será firmado por meio de Contrato Organizativo da Ação Pública da Saúde.
( ) Certo ( ) Errado
15. O objeto do COAP é a organização e a integração das ações e dos serviços de saúde, sob a
responsabilidade dos entes federativos em uma Região de Saúde, com a finalidade de garantir a
hierarquização da assistência aos usuários.
( ) Certo ( ) Errado
16. A humanização do atendimento do usuário será fator determinante para o estabelecimento das
metas de saúde previstas no Contrato Organizativo de Ação Pública de Saúde.
( ) Certo ( ) Errado
17. As normas de elaboração e fluxos do Contrato Organizativo de Ação Pública de Saúde serão
pactuados pelo CIB, cabendo à Secretaria de Saúde Estadual coordenar a sua implementação.
( ) Certo ( ) Errado
18. Os Sistemas Municipais, Estaduais e Nacional de Auditoria e Avaliação do SUS, por meio de serviço
especializado, fará o controle e a fiscalização do Contrato Organizativo de Ação Pública da Saúde.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 15
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Política Nacional de Humanização (PNH)


Professor Rômulo Passos
(Editora BP) Julgue os itens subsequentes em relação à PNH.
1. Das políticas públicas em saúde do Brasil, uma em particular atua em três frentes: propõe mudanças
na organização dos serviços, institui a formação dos recursos humanos e garante o protagonismo dos
usuários dos serviços de saúde. Essa é a Política Nacional de Humanização.
( ) Certo ( ) Errado
2. A PNH estimula a comunicação entre gestores, trabalhadores e usuários, para construírem processos
coletivos de enfrentamento de relações de poder, trabalho e afeto que, em muitas circunstâncias,
resultam em atitudes e práticas desumanizadoras, que inibem a autonomia e a corresponsabilidade dos
profissionais da área de saúde em seu trabalho e dos usuários no cuidado de si.
( ) Certo ( ) Errado
3. (IMPARH Adaptada) Em relação aos princípios que regem a PNH, assinale a alternativa INCORRETA:
a) Transversalidade;
b) Indissociabilidade entre atenção e gestão.
c) Protagonismo, corresponsabilidade e autonomia dos sujeitos e dos coletivos.
d) Hierarquização, equidade e solidariedade na luta a favor da humanização.
4. (VUNESP Adaptada) Marque a alternativa correta em relação as diretrizes da PNH:
a) Transversalidade, Indissociabilidade entre atenção e gestão, Protagonismo, corresponsabilidade e
autonomia dos sujeitos e dos coletivos.
b) Hierarquização, equidade e solidariedade na luta a favor da humanização.
c) Gestão participativa, Ambiência, Clínica ampliada e descentralizada, Valorização e defesa dos usuário.
d) Acolhimento, gestão participativa e cogestão, ambiência, clínica ampliada e compartilhada,
valorização do trabalhador, e defesa dos direitos dos usuários.
(Editora BP/2020) Julgue os itens subsequentes em relação à PNH.
5. O paciente, ao procurar um serviço de saúde, é recebido por um profissional de Enfermagem que
responde às suas demandas por meio de uma escuta qualificada. Nessa situação, o profissional está
desenvolvendo ações de acolhimento.
( ) Certo ( ) Errado
6. O acolhimento assegura que todos sejam atendidos com prioridade a partir da avaliação de
vulnerabilidade, de gravidade e de risco.
( ) Certo ( ) Errado
(IMPARH Adaptada) São diretrizes gerais para implementação da Política Nacional de Humanização:
7. Ampliar o diálogo entre os profissionais, entre profissionais e população, entre profissionais e
administração, promovendo a gestão participativa.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 16
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

8. Adequar os serviços a técnicas hospitalares promovendo ambiente acolhedor aos profissionais e


viabilizar sempre a participação unida dos gestores nas unidades de saúde.
( ) Certo ( ) Errado
9. Sensibilizar as equipes de saúde ao problema da violência intrafamiliar (criança, mulher e idoso) e a
questão dos preconceitos (sexual, racial, religioso e outros) na hora da recepção e dos
encaminhamentos.
( ) Certo ( ) Errado
10. Implementar, estimular e fortalecer grupos de trabalho de humanização com plano de trabalho
definido.
( ) Certo ( ) Errado
11. (Editora BP/2020)

matricial; projeto terapêutico singular e projeto de saúde coletiva; projetos de construção coletiva
(cogeridos) da ambiência; colegiados de gestão; contratos de gestão; programas de qualidade de vida e
saúde para os trabalhadores da saúde; grupo de Trabalho de Humanização.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP) Julgue os itens de acordo com as marcas e prioridades da PNH que deverão ser alcançadas.
12. Reduzir as filas e o tempo de espera, ampliar o acesso e proporcionar um atendimento acolhedor e
resolutivo baseado em critérios de risco.
( ) Certo ( ) Errado
13. Todo usuário do SUS saberá quem são os profissionais que cuidam de sua saúde, e os serviços de
saúde se responsabilizarão por sua referência territorial.
( ) Certo ( ) Errado
14. As unidades de saúde garantirão, quando conveniente, as informações ao usuário, o
acompanhamento de pessoas de sua rede social (de livre escolha) e os direitos do código dos usuários
do SUS.
( ) Certo ( ) Errado
15. As unidades de saúde garantirão gestão participativa apenas aos usuários assim como educação
permanente e continuada aos trabalhadores e gestores.
( ) Certo ( ) Errado
(IMPARH Adaptada) Julgue os itens subsequentes de acordo com as vantagens da classificação de
risco.
16. Amplia o tempo para o atendimento médico, fazendo com que o paciente seja visto de acordo com a
sua gravidade.
( ) Certo ( ) Errado
17. Determina a área de atendimento primário, devendo o paciente ser encaminhado diretamente às
especialidades conforme protocolo.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 17
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

18. Abrange todos os pacientes que procuram atendimento de saúde, em especial em locais em que a
demanda é excessiva.
( ) Certo ( ) Errado
19. Reorganiza o processo de trabalho do serviço de saúde de forma a atender os pacientes graves para
que a assistência prestada seja de acordo com a ordem de chegada.
( ) Certo ( ) Errado
(IMPARH Adaptada) A PNH recomenda alguns parâmetros para o acompanhamento da implantação
de seus pressupostos em unidades de urgência e emergência, nos prontos-socorros, nos prontos-
atendimentos, na assistência pré-hospitalar. Acerca desses parâmetros, julgue o item a seguir:
20. Definir os protocolos clínicos, garantindo a eliminação de intervenções desnecessárias e respeitando
a individualidade do sujeito.
( ) Certo ( ) Errado
(IMPARH Adaptada) Em resumo, quais os pré-requisitos necessários à implantação da central de
acolhimento e classificação de risco. Desse modo, julgue os itens subsequentes.
21. Qualificação das Equipes de Acolhimento e Classificação de Risco (recepção, enfermagem,
orientadores de fluxo, segurança).
( ) Certo ( ) Errado
22. Estabelecimento de fluxos, protocolos de atendimento e classificação de risco.
( ) Certo ( ) Errado

Vigilância Epidemiológica e Notificação Compulsória Professor


Rômulo Passos
(Editora BP/2020) De acordo com a Resolução do CNS nº 588/2018, que aprovou a Política Nacional de
Vigilância em Saúde (PNVS), julgue os itens subsequentes.
1. Entende-se por Vigilância Epidemiológica o processo contínuo e sistemático de coleta, consolidação,
análise de dados e disseminação de informações sobre eventos relacionados à saúde, visando o
planejamento e a implementação de medidas de saúde pública, incluindo a regulação, intervenção e
atuação em condicionantes e determinantes da saúde, para a proteção e promoção da saúde da
população, prevenção e controle de riscos, agravos e doenças.
( ) Certo ( ) Errado
2. A PNVS incide sobre todos os níveis e formas de atenção à saúde, abrangendo todos os serviços de
saúde públicos e alguns setores privados, além de estabelecimentos relacionados à produção e
circulação de bens de consumo e tecnologias que, direta ou indiretamente, se relacionem com a saúde.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 18
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

3. A PNVS compreende a articulação dos saberes, processos e práticas relacionados à vigilância


epidemiológica, vigilância em saúde ambiental, vigilância em saúde do trabalhador e vigilância sanitária
e alinha-se com o conjunto de políticas de saúde no âmbito do SUS, considerando a transversalidade das
ações de vigilância em saúde sobre a determinação do processo saúde e doença.
( ) Certo ( ) Errado
4. A análise de situação de saúde e as ações laboratoriais são atividades horizontais e essenciais no
processo de trabalho da Vigilância em Saúde.
( ) Certo ( ) Errado
5. (IMPARH Adaptada) A realização do trabalho de campo, a partir de casos notificados (clinicamente
declarados ou suspeitos) e seus contatos, que tem como principais objetivos: identificar fonte de
infecção, modo de transmissão; identificar grupos expostos a maior risco e fatores de risco, além de
confirmar diagnóstico, refere-se a:
a) Monitoramento entomológico.
b) Inquérito Epidemiológico.
c) Investigação epidemiológica.
d) Soroepidemiologia.
(Editora BP) Julgue os itens subsequentes.
6. Investigação epidemiológica é um estudo seccional, geralmente realizado em amostras da população;
realizado quando as informações existentes são inadequadas ou insuficientes, em virtude de diversos
fatores.
( ) Certo ( ) Errado
7. Inquérito epidemiológico é um método de trabalho para esclarecer a ocorrência de doenças,
emergências de saúde pública, surtos e epidemias, casos isolados ou relacionados entre si.
( ) Certo ( ) Errado
8. Levantamento epidemiológico é um estudo realizado com base nos dados existentes nos registros de
serviços de saúde/outras instituições; não é um estudo amostral e destina-se a coletar dados para
complementar informações já existentes
( ) Certo ( ) Errado
9. Sobre os fatores para a realização do inquérito epidemiológico, julgue o item a seguir. São fatores
para realização do inquérito epidemiológico a notificação imprópria ou deficiente; a mudança no
comportamento epidemiológico de determinada doença; a dificuldade de avaliar as coberturas vacinais
ou a eficácia das vacinas; a necessidade de avaliar a eficácia das medidas de controle de um programa; e
a descoberta de agravos inusitados.
( ) Certo ( ) Errado
10. (IMPARH Adaptada) A investigação epidemiológica é um trabalho de campo de extrema
importância para a saúde pública. Sobre o assunto, julgue os itens subsequentes. A gravidade do evento
é um fator que condiciona a urgência no curso da investigação epidemiológica e na implementação de
medidas de controle.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 19
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

11. (IMPARH Adaptada) A investigação epidemiológica deve ser realizada somente mediante a
confirmação do caso.
( ) Certo ( ) Errado
12. (IMPARH Adaptada) As ações de controle devem ser instituídas após a realização da investigação.
( ) Certo ( ) Errado
(IMPARH Adaptada) Julgue o item a seguir a respeito das características de uma epidemia e de um
surto, respectivamente.
13. Elevação do número de casos de uma doença ou agravo, em um determinado lugar e período de
tempo, caracterizando de forma clara, um excesso em relação à frequência esperada e; aparecimento
de casos que se restringem a uma área geográfica pequena e bem delimitada ou a uma população
institucionalizada.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Julgue os itens a seguir.
14. Pandemia é a ocorrência epidêmica caracterizada por larga distribuição espacial que atinge várias
nações. É uma série de epidemias localizadas em diferentes regiões que ocorrem em vários países ao
mesmo tempo.
( ) Certo ( ) Errado
15. O Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), criado em 1993, é alimentado,
principalmente, pela notificação e investigação de casos de doenças e agravos que constam da lista
nacional de doenças de notificação compulsória, mas é facultado a estados e municípios incluir outros
problemas de saúde importantes em sua região.
( ) Certo ( ) Errado
(IMPARH Adaptada) Sobre a vigilância epidemiológica de surtos e agravos.
16. A notificação compulsória deve ser realizada, prioritariamente, por profissional médico.
( ) Certo ( ) Errado
17. (IMPARH Adaptada) Dada a natureza específica de cada doença ou agravo à saúde, a notificação
deve seguir um processo dinâmico, variável em função das mudanças no perfil epidemiológico e da
disponibilidade de novos conhecimentos científicos e tecnológicos.
( ) Certo ( ) Errado
(Editora BP/2020) Em relação à notificação compulsória, julgue os itens a seguir:
18. Epizootia é uma doença ou a morte de animal ou de grupo de animais que possa apresentar riscos à
saúde pública.
( ) Certo ( ) Errado
19. Evento de saúde pública (ESP) é uma situação que pode constituir potencial ameaça à saúde pública,
como a ocorrência de surto ou epidemia, doença ou agravo de causa conhecida, alteração no padrão
clínico epidemiológico das doenças desconhecidas, considerando o potencial de disseminação, a
magnitude, a gravidade, a severidade, a transcendência e a vulnerabilidade, bem como epizootias ou
agravos decorrentes de desastres ou acidentes. ( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 20
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

20. A notificação compulsória é comunicação facultativa à autoridade de saúde, realizada pelos médicos,
profissionais de saúde ou responsáveis pelos estabelecimentos de saúde, públicos ou privados, sobre a
ocorrência de suspeita ou confirmação de doença, agravo ou evento de saúde pública, descritos no
anexo, podendo ser imediata ou semanal.
( ) Certo ( ) Errado
21. A notificação compulsória imediata (NCI) deve ser realizada em até 12 horas, a partir do
conhecimento da ocorrência de doença, agravo ou evento de saúde pública, pelo meio de comunicação
mais rápido disponível.
( ) Certo ( ) Errado
22. A notificação compulsória semanal (NCS) deve ser realizada em até 8 dias, a partir do conhecimento
da ocorrência de doença ou agravo.
( ) Certo ( ) Errado
23. A notificação compulsória negativa é a comunicação semanal realizada pelo responsável pelo
estabelecimento de saúde à autoridade de saúde, informando que na semana epidemiológica não foi
identificado nenhuma doença, agravo ou evento de saúde pública constante da Lista de Notificação
Compulsória.
( ) Certo ( ) Errado
24. A vigilância sentinela é o modelo de vigilância realizada a partir de estabelecimento de saúde
estratégico para a vigilância de morbidade, mortalidade ou agentes etiológicos de interesse para a
saúde pública, com participação obrigatória, segundo norma técnica específica estabelecida pela
Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS/MS).
( ) Certo ( ) Errado
25. A notificação compulsória será realizada diante da confirmação de doença ou agravo, de acordo com
o estabelecido no anexo, observando-se, também, as normas técnicas estabelecidas pela SVS/MS.
( ) Certo ( ) Errado
26. A comunicação de doença, agravo ou evento de saúde pública de notificação compulsória à
autoridade de saúde competente também será realizada pelos responsáveis por estabelecimentos
públicos ou privados educacionais, de cuidado coletivo, além de serviços de hemoterapia, unidades
laboratoriais e instituições de pesquisa.
( ) Certo ( ) Errado
27. A notificação de doença, agravo ou evento de saúde pública de notificação compulsória pode ser
realizada à autoridade de saúde por qualquer cidadão que deles tenha conhecimento.
( ) Certo ( ) Errado
28. A notificação compulsória semanal será feita à Secretaria de Saúde do Município do local de
domicilio do paciente com suspeita ou confirmação de doença ou agravo de notificação compulsória. No
Distrito Federal, a notificação será feita à Secretaria de Saúde do Distrito Federal.
( ) Certo ( ) Errado
29. A notificação compulsória, independente da forma como realizada, também será registrada em
sistema de informação em saúde e seguirá o fluxo de compartilhamento entre as esferas de gestão do
SUS estabelecido pela SVS/MS. ( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 21
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

30. Os parâmetros para inclusão de doenças e agravos na lista de notificação compulsória devem
obedecer aos critérios a seguir: potencial de disseminação; magnitude; transnucência; vulnerabilidade;
compromissos internacionais e ocorrência de emergências de saúde pública, epidemias e surtos.
( ) Certo ( ) Errado
31. A vulnerabilidade expressa-se principalmente por: severidade (aumento taxas de letalidade, de
hospitalização e de sequelas); relevância social - valor imputado pela sociedade à ocorrência da doença,
e que se manifesta pela sensação de medo, de repulsa ou de indignação; e relevância econômica.
( ) Certo ( ) Errado
32. São de Notificação Compulsória Imediata para a SMS e SES: Acidente de trabalho: grave, fatal e em
crianças e adolescentes; Acidente por animal peçonhento; Acidente por animal potencialmente
transmissor da raiva; Leptospirose; Tétano: a) Acidental b) Neonatal; Violência sexual e tentativa de
suicídio.
( ) Certo ( ) Errado
33. São de Notificação Compulsória Imediata apenas para a SMS: Coqueluche; Difteria; Doença de

meningites; Doença aguda pelo vírus Zika em gestante; Febre Tifoide; Varicela - caso grave internado ou
óbito.
( ) Certo ( ) Errado

Rede de Atenção às Urgências


Professor Rômulo Passos
(Editora BP/2020) Constituem-se diretrizes da Rede de Atenção às Urgências:
1. Ampliação do acesso e acolhimento aos casos agudos e crônicos demandados aos serviços de saúde
em todos os pontos de atenção, contemplando a classificação de risco e intervenção adequada e
necessária aos diferentes agravos.
( ) Certo ( ) Errado
2. Garantia da universalidade, equidade e integralidade no atendimento às urgências clínicas, cirúrgicas,
gineco-obstétricas, psiquiátricas, pediátricas e às relacionadas a causas externas (traumatismos,
violências e acidentes), além dos casos relacionados à saúde do trabalhador.
( ) Certo ( ) Errado
3. (Editora BP/Centralização do atendimento às urgências com articulação das diversas redes de
atenção e acesso regulado aos serviços de saúde.
( ) Certo ( ) Errado
4. Humanização da atenção garantindo efetivação de um modelo centrado no usuário e baseado nas
suas necessidades de saúde.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 22
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

5. Garantia de implantação de modelo de atenção de caráter multiprofissional, compartilhado por


trabalho em equipe, instituído por meio de práticas clinicas cuidadoras e baseado na gestão de linhas de
cuidado.
( ) Certo ( ) Errado
6. Articulação e integração dos diversos serviços e equipamentos de saúde, constituindo redes de saúde
com conectividade entre os diferentes pontos de atenção.
( ) Certo ( ) Errado
7. Atuação local, definição e organização das regiões de saúde e das redes de atenção a partir do
número de habitantes, das necessidades de saúde destas populações, seus riscos e vulnerabilidades
específicas.
( ) Certo ( ) Errado
8. Atuação profissional e gestora visando o aprimoramento da qualidade da atenção por meio do
desenvolvimento de ações coordenadas, contínuas e que busquem a integralidade e longitudinalidade
do cuidado em saúde.
( ) Certo ( ) Errado
9. Monitoramento e avaliação da qualidade dos serviços através de indicadores de desempenho que
investiguem a efetividade e a resolutividade da atenção.
( ) Certo ( ) Errado
10. Articulação interfederativa entre os diversos gestores desenvolvendo atuação solidária, responsável
e compartilhada.
( ) Certo ( ) Errado
11. Participação e controle social dos usuários sobre os serviços.
( ) Certo ( ) Errado
12. Fomento, coordenação e execução de projetos estratégicos de atendimento às necessidades
coletivas em saúde, de caráter urgente e transitório, decorrentes de situações de perigo iminente, de
calamidades públicas e de acidentes com múltiplas vítimas, a partir da construção de mapas de risco
regionais e locais e da adoção de protocolos de prevenção, atenção e mitigação dos eventos.
( ) Certo ( ) Errado
13. Regulação articulada entre todos os componentes da Rede de Atenção às Urgências com garantia da
equidade e integralidade do cuidado.
( ) Certo ( ) Errado
14. Qualificação da assistência por meio da educação permanente das equipes de saúde do SUS na
Atenção às Urgências, em acordo com os princípios da integralidade, humanização, eficiência e eficácia.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 23
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

15. (Editora BP/2020) A Rede de Atenção às Urgências é constituída pelos seguintes componentes:
( ) Promoção, Prevenção e Vigilância à Saúde;
( ) Central de transplantes;
( ) Atenção Básica em Saúde;
( ) Centro de Atenção Psicossocial
( ) Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) e suas Centrais de Regulação Médica das
Urgências;
( ) Sala de Estabilização;
( ) Força Nacional de Saúde do SUS;
( ) Saúde indígena
( ) Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h) e o conjunto de serviços de urgência 24 horas;
( ) Hospitalar; e
( ) Atenção Domiciliar.
(Editora BP/2020) A respeito dos componentes da Rede de Atenção às Urgências, julgue os itens a
seguir:
16. O Componente Promoção, Prevenção e Vigilância à Saúde tem por objetivo, dentre outras ações,
estimular ações de saúde e educação permanente voltadas para a vigilância e prevenção das violências
e acidentes, das lesões e mortes no trânsito e das doenças crônicas transmissíveis e não transmissíveis.
( ) Certo ( ) Errado
17. O Componente Atenção Básica em Saúde tem por objetivo a ampliação do acesso, fortalecimento do
vínculo e responsabilização e o primeiro cuidado às urgências e emergências até a
transferência/encaminhamento a outros pontos de atenção.
( ) Certo ( ) Errado
18. (EBSERH/CESPE/2018) O Componente SAMU 192 e suas Centrais de Regulação têm como objetivo
chegar precocemente à vítima após ter ocorrido um agravo à sua saúde (de natureza clínica, cirúrgica,
traumática, obstétrica, pediátricas, psiquiátricas, entre outras) de menor gravidade ou que possa levar a
sofrimento, sequelas ou mesmo à morte, sendo necessário, garantir atendimento e/ou transporte
adequado para um serviço de saúde devidamente hierarquizado e integrado ao SUS.
( ) Certo ( ) Errado
19. (EBSERH/CESPE/2018) O Componente Sala de Estabilização deverá ser ambiente para estabilização
de pacientes críticos e/ou graves, com condições de garantir a assistência 24 horas, vinculado a um
equipamento de saúde, articulado e conectado aos outros níveis de atenção, para posterior
encaminhamento à rede de atenção a saúde pela central de regulação das urgências.
( ) Certo ( ) Errado
20. (UNIFESP/UNIFESP/2016) O Componente Força Nacional de Saúde do SUS objetiva aglutinar
esforços para garantir a integralidade na assistência em situações de risco ou emergenciais para toda a
população, pautando-se pela equidade na atenção, considerando-se seus riscos.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 24
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

21. (UERJ/CEPUERJ/2019) A Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 h) é o estabelecimento de saúde


de alta complexidade entre as Unidades Básicas de Saúde/Saúde da Família e a Rede Hospitalar,
devendo com estas compor uma rede organizada de atenção às urgências
( ) Certo ( ) Errado
22. (Prefeitura de Aracruz - ES/IDABE/2019) As UPAs e o conjunto de Serviços de Urgência 24 Horas não
hospitalares devem prestar os primeiros atendimentos aos pacientes acometidos por quadros agudos
ou agudizados de natureza clínica e prestar primeiro atendimento aos casos de natureza cirúrgica ou de
trauma, estabilizando os pacientes e realizando a investigação diagnóstica inicial, definindo, em todos os
casos, a necessidade ou não, de encaminhamento a serviços hospitalares de maior complexidade.
( ) Certo ( ) Errado
23. (UFMG/UFMG/2018) O Componente Hospitalar será constituído pelas Portas Hospitalares de
Urgência, pelas enfermarias de retaguarda, pelos leitos de cuidados intensivos, pelos serviços de
diagnóstico por imagem e de laboratório, pelas linhas de cuidados prioritárias e pela assistência
farmacêutica.
( ) Certo ( ) Errado
24. (EBSERH/CESPE/2018) O Componente Atenção Domiciliar é compreendido como o conjunto de
ações integradas e articuladas de promoção à saúde, prevenção e tratamento de doenças e reabilitação,
que ocorrem no domicílio, constituindo-se nova modalidade de atenção à saúde que acontece no
território e reorganiza o processo de trabalho das equipes, que realizam o cuidado domiciliar na atenção
primária, ambulatorial e hospitalar.
( ) Certo ( ) Errado
25. (UFSC/FEPESE/2018) São componentes da Rede de Atenção às urgências e emergências que se
interligam e integram o cuidado: Atenção Primária à Saúde; Serviço de Atendimento Móvel de Urgência
(SAMU 192) e suas Centrais de Regulação Médica das Urgências; Sala de Estabilização; Força Nacional de
Saúde do SUS; Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24h) e o conjunto de serviços de urgência 24
horas; Hospitalar; e Atenção Domiciliar.
( ) Certo ( ) Errado
26. (EBSERH/IBFC/2016) São componentes e interfaces da Rede de Atenção às Urgências e
Emergências:
( ) Promoção e prevenção.
( ) Atenção primária: Unidades Básicas de Saúde.
( ) SAMU 192.
( ) Enfermarias de retaguarda e unidades de cuidados intensivos.
a) F,F,V,F. b) F,F,V,V. c) V,F,F,F. d) V,V,V,V.
(Prefeitura de Natal RN/COMPERVE/2018) Tendo por base as Rede de Atenção às Urgências, analise
as afirmativas abaixo.
27. O acolhimento com classificação do risco, a qualidade e a resolutividade na atenção constituem a
base do processo e dos fluxos assistenciais de toda a Rede de Atenção às Urgências e devem ser
requisitos de todos os pontos de atenção.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 25
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

28. A Rede de Atenção às Urgências priorizará as linhas de cuidados cardiovascular e neonatal.


( ) Certo ( ) Errado
29. (UEPA/FADESP/2020) A classificação de risco e a regulação do acesso aos serviços de saúde. São
diretrizes para a implantação da Rede de Atenção às Urgências e Emergências.
( ) Certo ( ) Errado
30. (Prefeitura de Juiz de Fora MG/AOCP/2018) São diretrizes da Rede de Atenção às Urgências e
emergências:
( ) Classificação de risco.
( ) Participação e controle social.
( ) Regulação do acesso aos serviços de saúde.
( ) Ampliação do acesso, com acolhimento, aos casos agudos e em todos os pontos de atenção.
( ) Organização do processo de trabalho por intermédio de equipes multidisciplinares.
a) V V V V V.
b) V F V V V.
c) V F F V V.
d) V F V V F.
31. (CIAS-MG/2016) As portas de entrada hospitalares de urgência serão consideradas qualificadas ao
se adequarem aos seguintes critérios, EXCETO:
a) Independência da porta de entrada hospitalar de urgência e da Central Regional de Regulação de
Urgência. Ambas poderão coordenar os fluxos coerentes e efetivos de referência e contrarreferência.
b) Implantação de processo de acolhimento com classificação de risco, em ambiente específico,
identificando o paciente segundo o grau de sofrimento ou de agravos à saúde e de risco de morte,
priorizando-se aqueles que necessitem de tratamento imediato.
c) Articulação com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), as unidades de pronto
atendimento (UPA) e com outros serviços da rede de atenção à saúde, construindo fluxos coerentes e
efetivos de referência e contrarreferência.
d) Garantia de retaguarda às urgências atendidas pelos outros pontos de atenção de menor
complexidade que compõem a Rede de Atenção às Urgências e Emergências em sua região, mediante o
fornecimento de procedimentos diagnósticos, leitos clínicos, leitos de terapia intensiva e cirurgias,
conforme previsto no Plano de Ação Regional.
(EBSERH/IBFC/2017) Sobre a Política Nacional de Atenção às Urgências, julgue os itens a seguir.
32. A organização da Rede de Atenção às Urgências tem a finalidade de articular e integrar todos os
equipamentos de saúde, objetivando ampliar e qualificar o acesso humanizado e integral aos usuários
em situação de urgência e emergência nos serviços de saúde, de forma ágil e oportuna.
( ) Certo ( ) Errado
33. A Rede de Atenção às Urgências deve ser implementada, imediatamente em todo território
nacional, independente dos critérios epidemiológicos e de densidade populacional.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 26
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

34. O acolhimento com classificação do risco, a qualidade e a resolutividade na atenção constituem a


base do processo e dos fluxos assistenciais de toda Rede de Atenção às Urgências e devem ser requisitos
de todos os pontos de atenção.
( ) Certo ( ) Errado
35. A Rede de Atenção às Urgências priorizará as linhas de cuidados cardiovascular, cerebrovascular e
traumatológica.
( ) Certo ( ) Errado
36. (CS-UFG/2018/UFG) A Rede de Atenção às Urgências define o Plano de Ação Regional e o Plano de
Ação Municipal que serão orientadores para a execução das fases de implementação da Rede de
Urgência e Emergência, assim como para o monitoramento e a avaliação da implementação da Rede
pelo Grupo Condutor Estadual e pelo Ministério da Saúde.
( ) Certo ( ) Errado
37. (UEPA/FADESP/2020) Dentre as estratégias prioritárias na Rede de Atenção à Urgência e
Emergência destacam-se a qualificação das portas hospitalares de urgência e emergência e da
emergência, estratégicas para a RUE, e da atenção ao paciente crítico ou grave por meio da qualificação
das unidades de terapia intensiva.
( ) Certo ( ) Errado
38. (Prefeitura de Portalegre RN/CPCON/2017) A regulação pré-hospitalar de urgências e
emergências/Samu 192 afirma que a solicitação para o atendimento poderá ser feita pelo usuário ou
por um serviço de saúde no qual o paciente já tenha recebido o primeiro atendimento necessário à
estabilização do quadro de urgência apresentado, mas que necessita ser conduzido a outro serviço de
maior complexidade para a continuidade do tratamento.
( ) Certo ( ) Errado
39. (EBSERH/IDECAN/2014) Considerando a Política Nacional de Atenção às Urgências, as maiores
causas de morte no Brasil, considerando todas as faixas etárias, são, respectivamente, as doenças
cardiovasculares, as neoplasias e as causas externas, como os acidentes de trânsito e a violência.
( ) Certo ( ) Errado
40. (FUNRIO/AL-RR/2018) A Atenção Básica em Saúde tem por objetivo a ampliação do acesso,
fortalecimento do vínculo, eximindo-se da responsabilização pelo primeiro cuidado às urgências e
emergências.
( ) Certo ( ) Errado
41. (EBSERH/IBFC/2017) A Sala de Estabilização, referida na Política Nacional de Atenção às Urgências,
deverá ser ambiente para estabilização de pacientes críticos e/ou graves, com condições de garantir a
assistência 24 horas, vinculado a um equipamento de saúde, articulado e conectado aos outros níveis de
atenção, para posterior encaminhamento à rede de atenção à saúde pela central de regulação das
urgências.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 27
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

www.romulopassos.com.br 28
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Administração de Medicamentos
Professora Polyanne Aparecida
1. (Prefeitura de Fraiburgo - SC/FEPESE/2019) Assinale a alternativa correta acerca das vias de
administração de medicamentos.
a) Diante da necessidade de se realizar aplicação de medicação intramuscular em idoso, o músculo de
primeira escolha deverá ser a região do vasto lateral da coxa.
b) Dentre as vias de administração possíveis, a endovenosa é umas das mais indicadas em situações de
urgência uma vez que permite a administração de grandes volumes, além de tolerar uso de soluções
hipo e hipertônicas.
c) Dentre as opções de aplicação intramuscular em crianças, sobretudo abaixo de 10 anos, a região do
deltoide é a melhor opção, considerando o tamanho do músculo e o fácil acesso.
d) A via intradérmica é indicada para aplicação de insulina e pode comportar volumes de até 2 ml, além
de soluções cristalinas e isotônicas.
e) A hipodermóclise consiste na administração de grande quantidade de fluidos diretamente no
músculo, de forma contínua e intermitente.
2. (Prefeitura de Abatiá-PR/FAUEL/2020) A inserção de um cateter venoso periférico sobre agulha na
rede venosa de um paciente é o procedimento mais realizado pelos profissionais de enfermagem.
Embora pareça um procedimento simples, é preciso lembrar que o cateter rompe nossa barreira de
proteção natural (a pele) e invade a rede venosa do paciente. Sendo assim, há várias medidas de
prevenção de complicações que devemos seguir ao realizar está técnica. Assinale a alternativa
INCORRETA:
a) O uso de luvas não substitui a necessidade de higiene das mãos. No cuidado específico com catéteres
intravasculares, a higiene das mãos deverá ser realizada antes e após tocar o sítio de inserção do
cateter, bem como antes e após a inserção, remoção, manipulação ou troca de curativo.
b) É contra indicado o uso de catéteres periféricos para infusão contínua de produtos vesicantes, para
nutrição parenteral com mais de 10% de dextrose ou outros aditivos que resultem em osmolaridade
final acima de 900 mOsm/L
c) Em adultos, as veias de escolha para canulação periférica são as das superfícies dorsal e ventral dos
antebraços. As veias de membros inferiores podem ser utilizadas como segunda opção caso o paciente
não tenha veias visíveis e palpáveis no antebraço.
d) Fitas adesivas não estéreis (esparadrapo comum e fitas do tipo microporosa não estéreis) não devem
ser utilizadas para estabilização ou coberturas de catéteres. Rolos de fitas adesivas não estéreis podem
ser facilmente contaminados com microrganismos patogênicos.
3. (Rede SARAH/2016) O paciente está com um cateter intravascular periférico, inserido há 72 horas,
para infusão de soro com eletrólitos. No início do plantão, o técnico de enfermagem avalia o sítio de
inserção do cateter e observa hiperemia, edema e dor local; além disso, não há refluxo de sangue.
Diante desses sinais e sintomas, qual é o cuidado de enfermagem que deve ser realizado?
a) Observar aumento do edema. b) Trocar o curativo de estabilização do cateter.
c) Aplicar calor local. d) Retirar o cateter intravascular.

www.romulopassos.com.br 29
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

4. (Prefeitura de Suzano-SP/VUNESP/2019) A.G., 12 meses de idade, com peso normal para a idade, vai
receber a vacina contra sarampo, caxumba e rubéola por via subcutânea. Para a aplicação, a técnica de
enfermagem seleciona a agulha 13 mm x 4,5 mm que deverá ser inserida a um ângulo, em relação à
pele, de:
a) 15°. b) 30°. c) 45°. d) 75°. e) 90°.
(EBSERH/CESPE/2018) Acerca dos cuidados na administração de medicamentos, julgue itens.
5. O preparo do medicamento deve ser realizado apenas quando houver certeza quanto ao
medicamento prescrito, à dose e à via de administração.
( ) Certo ( ) Errado
6. É dispensável esclarecer ao paciente o medicamento que lhe será administrado.
( ) Certo ( ) Errado
7. A absorção de determinados medicamentos é mais rápida pela via subcutânea que pela via
intramuscular.
( ) Certo ( ) Errado
8. (Residência/UERJ/2020) Ao administrar uma medicação injetável prescrita, o enfermeiro posicionou
a mão não dominante logo abaixo do local, puxou a pele aproximadamente a 2,5cm lateralmente com o
lado ulnar da mão e manteve a posição até a administração total da medicação. A técnica utilizada por
esse enfermeiro foi a:
a) intradérmica. b) subcutânea a 45°. c) subcutânea a 90°. d) intramuscular Z-track.
9. (Residência/UERJ/2020) Um paciente submetido à punção venosa que apresenta dor no local de
acesso, eritema, formação de estrias e cordão venoso palpável, segundo a escala de flexibilidade da
Infusion Nurses Society, tem grau:
a) 4. b) 3. c) 2. d) 1.
10. (Residência/HEMORIO/2020) abreviatura que, quando usada em uma prescrição, pode ocasionar
erro de medicação e levar à administração de dose maior do que a prescrita é:
a) U. b) ml. c) mg. d) mcg.
11. (Marinha/2019) A infusão de fluidos no tecido subcutâneo para correção de desequilíbrio
hidroeletrolítico recomendada para idosos e pacientes sob cuidados paliativos, refere-se à:
a) Venóclise. b) Hipodermóclise. c) Hidratação oral. d) Infusão Intratecal. e) Infusão intradérmica.
12. (Prefeitura de Araguaína - TO/IDIB/2020) A via subcutânea vem surgindo cada vez mais como opção
de infusão de medicamentos, com a hipodermóclise. Sobre o tema, assinale a alternativa correta.
a) O acesso poderá ser puncionado em áreas edemaciadas, com hematoma e estado avançado de
caquexia por hipotrofia do subcutâneo.
b) Algumas indicações são, em casos de paciente com alterações gastrintestinais, fístula
traqueobrônquica, coma e debilidade extrema.
c) Podem ser infundidas soluções aquosas irritantes, pois a vascularização do tecido subcutâneo é
similar à do tecido muscular.
d) Nos casos de alguns fármacos, como a morfina, a biodisponibilidade após a administração por via
subcutânea é menor que na via oral.

www.romulopassos.com.br 30
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Cálculo de Medicação
Professora Polyanne Aparecida
1. (Exército/2020) No caso de uma prescrição médica de soro glicosado a 5%, 500 ml, para ser infundido
em 8h, qual o quantitativo de microgotas por minuto?
a) 45. b) 65. c) 40. d) 42. e) 62.
2. (HUAC-UFCG/EBSERH/AOCP/2017) Foi prescrito a um paciente 500 ml de Soro Glicosado 5% para
correr em 2 horas e 30 minutos. Nesse caso, o número de gotas por minuto deve ser de,
aproximadamente:
a) 11 gotas/min. b) 22 gotas/min. c) 44 gotas/min. d) 56 gotas/min. e) 67 gotas/min.
3. (Prefeitura de Suzano-SP/VUNESP/2019) Paciente de 2 anos de idade, pesando 12 quilos, chega ao
serviço de saúde com quadro de desidratação e recebe prescrição de soro fisiológico 20 ml/kg de peso,
para correr em 30 minutos. Assinale a alternativa que apresenta a quantidade de soro a ser infundida e
o gotejamento por minuto que deverá ser programado.
a) 120 ml e 80 gotas/min. b) 150 ml e 100 gotas/min. c) 200 ml e 134 gotas/min.
d) 240 ml e 160 gotas/min. e) 250 ml e 180 gotas/min.
4. (Residência/IAUPE/2020) No posto de enfermagem, existem ampolas de glicose 50% com 20 mL.
Quanto de glicose deve ser acrescentado para transformar 250 mL de soro glicosado 5% em soro
glicosado 10%?
a) 20 ml de glicose. b) 25 ml de glicose. c) 40 ml de glicose. d) 50 ml de glicose. e) 10 ml de glicose.
5. (Residência/UNIRIO/2020) A transformação de soluções é uma atividade do enfermeiro e de grande
responsabilidade quando se trata de manipulação de soluções parenterais. Para uma criança, em
unidade de terapia intensiva pediátrica, foi prescrito pelo médico: Soro glicosado 10% - 500 ml.
Sabendo-se que no setor tem disponível: soro glicosado 5% (500ml) e ampolas de 10 ml de glicose 50%,
calcule que volumes (ml), respectivamente de glicose a 10% e glicose a 5%, o enfermeiro utilizará para
preparar a prescrição médica.
a) 100 ml e 400 ml. b) 10 ml e 490 ml. c) 55,5 ml e 444,5 ml. d) 220 ml e 230 ml. e) 250 ml de cada.
6. (HCU-UFU/EBSERH/VUNESP/2020) A.C.,18 anos, sexo feminino, está internada com diagnóstico de
cetoacidose diabética. Para a reversão da acidose, entre outros tratamentos, o médico prescreveu:

Considerando-se que o enfermeiro dispõe de bomba de infusão programada em mililitros por hora
(ml/h), para administrar corretamente essa medicação a velocidade de infusão deve ser de:
a) 25 ml/h. b) 20 ml/h. c) 5 ml/h. d) 2,5 ml/h. e) 0,2 ml/h.

www.romulopassos.com.br 31
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

7. (Residência/UFS/2020) captação máxima de oxigênio é expressa em:


a) ml/min. b) l/min. c) ml/kg/min. d) kg/min. e) mm/min.
8. (UNIFESP/UNIFESP/2016) Por mais simples que pareçam, as informações a seguir são de extrema
relevância para o cálculo, a supervisão e administração de medicamentos por enfermeiros hospitalares.
Relacione a primeira coluna de acordo com sua equivalência presente na segunda coluna. Assinale a
única alternativa CORRETA:

a) I V IV III I III.
b) III IV III II III I.
c) II V IV II III I.
d) V V II IV I III.
e) II V II IV III I.
9. (Residência/UFRN/2020) Um adolescente encontra-se internado na enfermaria de pediatria com
diagnóstico de asma brônquica aguda, com a seguinte prescrição médica: aminofilina 120 mg rediluída
em 250 mL de soro fisiológico a 0,9% em 30 minutos. No setor, há disponível ampola de aminofilina a
2,4%/10 mM. Assim, o volume de aminofilina a ser diluído no soro fisiológico a 0,9% será de
a) 2,4 ml. b) 10 ml. c) 1,2 ml. d) 5 ml.
10. (Residência/COREMU/2020) Analise as quatro situações hipotéticas referentes ao preparo e
administração de 100.000 UI (Unidades Internacionais) de benzilpenicilina procaína + benzilpenicilina
potássica.
I) Utilizar frasco contendo 400.000 UI de benzilpenicilina procaína e potássica, injetar 8 ml de diluente,
aspirar 2,5 ml da solução e aplicar no paciente esse volume.
II) Após a reconstituição, armazenar o medicamento no congelador em temperatura variando de -2 a + 2
°C (menos dois a mais dois graus Celsius).
III) Averiguar com o paciente e/ou familiar, previamente à administração, história de hipersensibilidade
à penicilina.
IV) Administrar o medicamento diluído em 100 ml de soro glicosado a 5% por via intravenosa, em veia
de grosso calibre. Está correto o que consta APENAS em:
a) III. b) II e III. c) I e III. d) II, III e IV.
11. (Residência/UEPA/2020) Levomepromazina é uma substância ativa que apresenta um vasto campo
de aplicação terapêutica. Está indicado nos casos em que haja necessidade de uma ação neuroléptica,
sedativa em pacientes psicóticos e na terapia adjuvante para o alívio do delírio, agitação, inquietação,
confusão, associados com a dor em pacientes terminais. Para um determinado paciente a prescrição
médica foi de 20 mg de levomepromazina, sendo que o frasco contém levomepromazina 4%. O volume
que se deve aspirar do frasco para proceder com a administração é:

www.romulopassos.com.br 32
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

a) 0,4 ml do frasco b) 0,5 ml do frasco c) 0,2 ml do frasco


d) 0,25 ml do frasco e) 0,8 ml do frasco
12. (Residência/UEPA/2020) Uma solução de 120 ml precisa ser infundida, via endovenosa em 30
minutos. Assinale a alternativa correta quanto ao número de gotas por minuto que serão administradas
nessa prescrição.
a) 40. b) 60. c) 80. d) 90. e) 100.
13. (TRE-BA/CESPE/2017) Em uma unidade de saúde, foram prescritas 60 unidades internacionais (UI)
de insulina NPH, a serem administradas por via subcutânea, a um paciente diabético. Ao preparar a
medicação, no entanto, o profissional de enfermagem notou que não havia seringas próprias para UI,
estando disponíveis apenas seringas de 3 ml. Nesse caso, para atender à prescrição, o profissional deve
aspirar nessa seringa o volume de insulina NPH correspondente a:
a) 0,60 ml. b) 1,20 ml. c) 0,06 ml. d) 0,12 ml. e) 0,20 ml.
14. (HUAC-UFCG/EBSERH/AOCP/2017) Considerando um frasco-ampola de cefalotina sódica 1 g, se o
diluirmos em 5 ml de solvente, teremos uma solução com concentração de:
a) 200 mg por ml. b) 500 mg por ml. c) 350 mg por ml. d) 300 mg por ml. e) 150 mg por ml.
15. (Prefeitura de Valinhos - SP/VUNESP/2019) O médico prescreveu 20 UI de insulina NPH a uma
paciente que se encontra na sala de observação. Na unidade de saúde, há disponível a insulina prescrita
em frasco de 100 UI/ml, mas com seringas de 3 ml. Quanto de insulina deverá ser aspirado?
a) 0,1 ml. b) 0,2 ml. c) 0,3 ml. d) 0,4 ml. e) 0,5 ml.
16. (EBSERH/HULW-UFPB/AOCP/2014) Quantos ml de pó há em um frasco de Penicilina Cristalina
10.000.000UI?
a) 1. b) 2. c) 4. d) 8. e) 10.
17. (Prefeitura de Edéia-GO/ITAME/2020) Em uma prescrição de 3 lts/min, em cateter umedecido, das
07:00 às 18:00, serão utilizados:
a) 30 litros de oxigênio. b) 33 litros de oxigênio.
c) 2.830 litros de oxigênio. d) 1.980 litros de oxigênio.

www.romulopassos.com.br 33
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

www.romulopassos.com.br 34
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Acesso Intraósseo e Sinais Vitais


Professora Tila Viana
1. (EBSERH/CESPE/2018) O acesso vascular por via intraóssea em emergências pediátricas representa
uma via de acesso não colapsável, ou seja, que sofre pouca influência a despeito do estado
hemodinâmico que o paciente apresenta, sendo uma técnica de fácil e rápida execução. Apesar de a
indicação desse procedimento ser uma atribuição médica, o enfermeiro poderá realizar a punção
intraóssea, desde que se sinta preparado para isso e tenha realizado capacitações específicas sobre o
tema.
( ) CERTO ( ) ERRADO
2. (Residências Multiprofissional/IAUPE/2020) Os Sinais Vitais (SSVV) são medidos para estabelecer os
padrões basais, observar tendências, identificar problemas fisiológicos e monitorar a resposta do cliente
ao tratamento. Sobre SSVV, leia as afirmativas abaixo e coloque V nas Verdadeiras e F nas Falsas:
( ) Quando o enfermeiro examina um paciente e identifica uma frequência anormal enquanto faz a
palpação do pulso periférico, o próximo passo será mensurar a frequência apical e auscultar sons
cardíacos, que proporciona uma melhor avaliação da contração cardíaca.
( ) Ao avaliar pressão arterial de um paciente pela primeira vez, o enfermeiro deve medir os dois braços.
A diferença de pressão entre 5 e 10 mmHg entre os braços é aceitável; se encontrar diferença superior a
15 mmHg, pode ser indicativo de uma cardiopatia, como coarctação de aorta.
( ) A verificação da temperatura por via retal está indicada para pacientes hipotérmicos ou crianças após
convulsão febril, bem como em pacientes com lesões anais, hemorroidas ou com cirurgia retal recente.
( ) A respiração é o mecanismo que o corpo utiliza para trocar gases. A ventilação é a circulação de
gases para dentro e fora dos pulmões; a difusão é o movimento do oxigênio e do dióxido de carbono
entre os alvéolos e as hemácias, e a perfusão é a distribuição das hemácias para os capilares
pulmonares.
Assinale a alternativa que indica a sequência CORRETA.
a) F-V-V-F b) V-F-V-F c) V-V-F-V d) F-V-F-F e) V-V-V-F
3. (Residência multiprofissional/UNIRIO/2020) No evento da Regurgitação da válvula aórtica, o fluxo do
sangue reflui através da valva aórtica incompetente para o ventrículo esquerdo durante a diástole. O
tipo de pulso que o enfermeiro deve encontrar ao examinar um cliente portador de Regurgitação
Aórtica é o seguinte:
a) Pulso Bigeminado- ritmo duplo.
difícil de palpar, pois é facilmente obliterado pela pressão.
c) Pulso Cheio, Forte facilmente palpável, bate forte sob os dedos do examinador.
d) Pulso Paradoxal os batimentos apresentam amplitude mais fraca com a inspiração e mais forte com
a expiração.
- pulso com força maior do que a normal que, em seguida, entra em colapso
repentinamente.

www.romulopassos.com.br 35
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

4. (Residência multiprofissional em saúde/UFSE/2020) De acordo com a 7ª Diretriz Brasileira de


Hipertensão Arterial Sistêmica (Sociedade Brasileira de Cardiologia, 2016), a Hipertensão estágio 1
caracteriza-se pela presença de pressão arterial sistólica e diastólica nos limites, respectivamente, de:

a) 140-159 e/ou 90-95mmHg. b) 130-139 e/ou 80-89mmHg. c) 140-159 e/ou 90-99mmHg.


d) 130-139 e/ou 80-85mmHg. e) 140-155 e/ou 80-89mmHg.
5. (Residência multiprofissional em saúde do adulto e do idoso/UFAL/2020) Os sinais vitais são
indicadores das funções vitais. A temperatura, o pulso, a pressão arterial e a frequência respiratória
indicam o estado de saúde do paciente e precisam ser avaliados frequentemente. Diversos fatores
interferem nos parâmetros dos sinais vitais e precisam ser avaliados com cuidado pelo profissional de
saúde. A avaliação adequada desses parâmetros fornece dados para uma avaliação, um planejamento e
uma assistência adequada de enfermagem. Sobre os sinais vitais e sua avaliação pela equipe de
enfermagem, assinale a alterativa correta:
a) Qualquer artéria pode ser usada para avaliar o pulso, porém, a radial é de melhor acesso e maior
facilidade. Na avaliação do pulso, o enfermeiro deve observar a frequência, o ritmo, a força e a
igualdade. É considerada bradicardia, no adulto, quando o pulso apresenta uma frequência lenta, abaixo
de 80 batimentos por minutos. A taquicardia é normalmente uma frequência acima de 90 batimentos
por minutos, no adulto
b) O padrão respiratório do adulto geralmente é suave e ininterrupto, entre 12 e 10 respirações por
minuto. Na avaliação correta da respiração, é necessária a observação e palpação do movimento da
parede torácica. Quando o paciente apresenta uma frequência respiratória regular, porém
anormalmente lenta (inferior a 12 respirações por minutos), é denominada Respiração de Biot.
c) A pressão arterial reflete a inter-relação entre o débito cardíaco, resistência vascular periférica,
volume sanguíneo, viscosidade sanguínea e elasticidade das artérias. A diferença entre as pressões
sistólica e diastólica é a pressão de pulso. Numa pressão sanguínea de 120 X 80 mmHg, a pressão de
pulso é igual a 40 mmHg. Para a ausculta dos sons de Korotkoff em pacientes que apresentam uma
pressão muito fraca, é importante realizar a mensuração direta por meio da palpação da artéria braquial
d) Em pacientes com alguma contraindicação, a pressão arterial é verificada no membro inferior. O
manguito deve ser largo e longo o suficiente para a região da coxa. A artéria inguinal é a mais adequada
para o local da ausculta.
e) A temperatura corporal corresponde a diferença entre o calor produzido pelo corpo e o calor perdido
para o ambiente externo. Idade, exercício físico, nível hormonal, ritmo cardíaco, estresse e o ambiente
podem alterar a temperatura corporal. O aumento anormal da temperatura corporal é denominado
febre ou pirexia. A cavidade oral, a cavidade retal, a axila, a pele e a artéria temporal são locais que
podem ser usados para medir a temperatura

www.romulopassos.com.br 36
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

6. (Rede SARAH/2010) Em relação às variações nos padrões febris, associe a coluna da direita com a da
esquerda e, a seguir, assinale a alternativa correta.
I. Febre contínua II. Febre intermitente III. Febre reincidente IV. Febre remitente
( ) Caracteriza-se por períodos de temperatura normal, que duram dias, seguidos de elevações variáveis
da temperatura.
( ) Permanece elevada, com pouca flutuação.
( ) Frequentemente apresenta ciclos entre períodos de temperaturas normais ou subnormais e picos de
febre.
( ) Flutua vários graus, embora jamais alcance o normal entre as flutuações.
a) I, II, III, IV. b) III, I, II, IV. c) IV, I, II, III. d) III, II, I, IV.
7. (Pref. de Formiga-MG/CONSULPLAN/2020) A pirexia ou febre ocorre devido à incapacidade dos
mecanismos de perda de calor de acompanhar o ritmo de uma produção excessiva de calor, resultando
em um aumento anormal da temperatura corporal. Picos e quedas de febre sem retorno à temperatura
normal caracterizam:
a) Remitente. b) Sustentada. c) Recidivante. d) Intermitente.
8. (Pref. de Santo Antônio do Sudoeste-PR/Instituto UniFil/2020) O controle da temperatura corporal é
realizado mediante a utilização do termômetro - o mais utilizado é o de mercúrio, mas cada vez mais
torna-se frequente o uso de termômetros eletrônicos em nosso meio de trabalho. Sobre esse sinal vital,
assinale a alternativa correta.
a) A aferição axilar é considerada a mais fidedigna e é a verificação mais frequente no nosso meio.
b) A aferição axilar não é útil em casos de hipotermia.
c) A aferição retal é contraindicada em pacientes submetidos a intervenções cirúrgicas do reto e
períneo.
d) A aferição oral é contraindicada, transitoriamente, após o ato de fumar.
9. (Residência Enfermagem em Saúde da Família/UERJ/2020) A regulação térmica é um dos fatores
cruciais para a sobrevivência e estabilidade do recém-nascido. O avanço tecnológico e o melhor
conhecimento do mecanismo termorregulador do recém-nascido têm contribuído para o controle
térmico mais eficiente nessa população tão vulnerável.
A esse respeito, assinale a alternativa incorreta.
a) A hipotermia e a hipertermia trazem sérias consequências fisiológicas ao paciente neonatal, como
bradicardia, apneia, aumento do estresse respiratório, diminuição da perfusão periférica, hipoglicemia e
acidose metabólica, ocasionando até a falência cardiorrespiratória.
b) A aferição da temperatura retal não é recomendada como rotina, devido ao risco de perfuração anal
e estimulação vagal, que pode causar bradicardia.
c) Para o controle de temperatura pela pele (temperatura superficial), recomenda-se a colocação do
sensor de temperatura na região abdominal lateral direita, próximo ao fígado, por essa região
apresentar maior concentração de sangue possibilitando maior exatidão na leitura.
d) O neonato responde ao estresse de resfriamento com vasoconstrição, uma queda na temperatura da
pele poderá ser um dos principais sinais de hipertermia.

www.romulopassos.com.br 37
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

10. (Pref. Divinópolis-MG/IBFC/2018) Considerando os dados vitais, assinale a alternativa correta.


a) O valor de 15 respirações por minuto de um paciente é classificado como taquipneia.
b) A temperatura retal registra 1,0 °C a mais que a temperatura bucal.
c) A temperatura nos valores de 37,5 a 38 °C é classificada como hiperexia.
d) A frequência do pulso arterial de uma criança de 6 a 10 anos é de 120 a 160 batimentos por minuto.
11. (Prefeitura de Cuité-PB/CPCON/2019) A medição da temperatura corporal visa à obtenção de uma
média dos tecidos corporais internos. Os tecidos corporais e os processos celulares funcionam melhor
dentro de uma faixa relativamente estreita de temperatura entre 36°C e 38°C, incluindo todas as idades
(criança, adolescente, adulto e idoso). Sobre a verificação da temperatura corporal, marque a
alternativa CORRETA:
a) A via oral é uma opção de medição da temperatura de fácil acesso não requer mudança de posição,
é confortável para o paciente, além de proporcionar uma acurada leitura da temperatura de superfície.
b) A via oral é apenas indicada para uso em bebês.
c) A via oral é apenas usada em crianças pequenas.
d) Não existe aferição de temperatura por via oral.
e) As únicas vias de aferição da temperatura corporal são: via retal, axilar, membrana timpânica;
considerando que a via oral é para alimentação e medicação.
12. (IAPEN-AC/IBADE/2020) A temperatura corporal é o equilíbrio entre a produção e a perda de calor
do organismo, mediado pelo centro termoregulador. Este sinal vital pode ser verificado na região axilar,
inguinal, bucal ou retal. A temperatura axilar é a mais comumente verificada e é correto afirmar que,
segundo Oliveira (2016), o seu valor normal varia no adulto, entre:
a) 34° e 35,5° C b) 35,5° e 36,9° C c) 37° e 37,7° C d) 38° e 39° C e) 39° e 40° C
13. (Residência em enfermagem/UNIRIO/2020) Os pacientes com insuficiência ventricular esquerda
grave podem exibir uma respiração de Cheyne-Stokes, caracterizada por um padrão de respiração:
a) paradoxal.
b) normopneico.
c) rápida que se alterna com apneia.
d) superficial e lenta.
e) de amplitude e frequência respiratória elevadas
14. (Residência Multiprofissional-UFPR/COREMU/2018) Ao avaliar o paciente, a respiração dele está
anormalmente superficial por duas ou três respirações, seguida por um período irregular de apneia. O
padrão respiratório observado nesse paciente é denominado:
a) apneia.
b) respiração de Cheyne-Stokes.
c) hiperpneia.
d) respiração de Kussmaul.
e) respiração de Biot.

www.romulopassos.com.br 38
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

15. (Prefeitura de São José do Rio Preto - SP/FCC/2019) Durante a aferição da frequência respiratória
de um paciente asmático, o técnico de enfermagem observa que ao respirar o paciente faz sons que se
assemelham a assovios. Esse tipo de respiração é chamado de Respiração
a) Estertorosa. b) de Cheyne-Stokes. c) de Kussmaul.
d) Laboriosa. e) Sibilante.
16. (Pref. de Areal-RJ/GUALIMP/2020) A respiração é uma das funções essenciais à vida. É através dela
que o corpo promove permanentemente o suprimento de oxigênio necessário ao organismo, vital para
a manutenção da vida. Sobre os tipos de respiração, assinale a CORRETA.
a) Eupneia - Respiração que se processa por movimentos regulares, sem dificuldades, na frequência
média.
b) Apneia - Dificuldade na execução dos movimentos respiratórios.
c) Dispneia - É a ausência dos movimentos respiratórios. Equivale a parada respiratória.
d) Taquipneia - Diminuição na frequência média dos movimentos respiratórios.
17. (IAPEN-AC/IBADE/2020) Sinais vitais são aqueles que evidenciam o funcionamento e as alterações
da função corporal. Dentre os inúmeros sinais que são utilizados na prática diária para o auxílio do
exame clínico, destacam-se pela sua importância os seguintes: a pressão arterial, o pulso, a temperatura
corpórea e a respiração. Por serem os mesmos relacionados com a própria existência da vida, recebem
o nome de sinais vitais (HORTA, 1979). Assinale a alternativa que demonstra, segundo Potter (2018),
corretamente os valores de normalidade da frequência respiratória.
a) Crianças: o nível normal da frequência respiratória é de 70 a 170 incursões por minuto.
b) Adultos: o nível normal da frequência respiratória é de 25 a 35 incursões por minuto.
c) Crianças: o nível normal da frequência respiratória é de 14 a 20 incursões por minuto.
d) Adultos: o nível normal da frequência respiratória é de 12 a 20 incursões por minuto.
e) Adultos: o nível normal da frequência respiratória é de 55 a 60 incursões por minuto.
18. (Residência multiprofissional/UEPA/2020) Segundo Potter & Perry (2017, p.911) quatro fatores
influenciam a adequação da circulação, ventilação, perfusão e transporte dos gases respiratórios para os
tecidos. Assinale a alternativa correta quanto a estes fatores:
a) nutrição; de desenvolvimento; de estilo de vida; temperatura corporal.
b) psicológico; de desenvolvimento; alimentação; ambiental.
c) fisiológico; mutações; de estilo de vida; ambiental.
d) espiritual; psicológico; alimentação; prática de atividade física.
e) fisiológico; de desenvolvimento; de estilo de vida; ambiental.
19. (MARINHA/2019) Em quais artérias o pulso pode ser verificado?
a) Radial, Carótida e Femoral. b) Poplíteo, Diagonal e Radial. c) Cervical, Peitoral e Tibial.
d) Poplítea, Femoral e Diagonal. e) Diagonal, Tibial e Radial.

www.romulopassos.com.br 39
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

20. (UNILAB/FCPC/2019) Os sinais vitais representam um termo utilizado para referir-se à verificação de
temperatura corporal, pulso, frequência respiratória e pressão arterial. Sobre as nomenclaturas de
alterações possíveis referentes ao pulso, assinale a alternativa que representa uma nomenclatura e sua
correta definição:
a) Taquisfigmia: pulso taquicárdico e bigeminado.
b) Pulso filiforme: pulso bradicárdico e com amplitude fraca.
c) Pulso paradoxal: pulso que desaparece ou diminui durante a inspiração.
d) Pulso alternante: Pulso arrítmico, que gera ondas grandes e ondas pequenas.
e) Pulso bigeminado: pulso com batimentos em grupos de dois, intercalados com ausência de pulso por
mais de 10 segundos.
21. (UFPE/COVEST-COPSET/2019) Pulso, respiração, temperatura e pressão arterial constituem os sinais
vitais (SSVV). As alterações dos SSVV geralmente indicam mudanças na saúde. Sobre esses indicadores,
é correto afirmar:
a) Bradicardia, hipoventilação, letargia, tremores e perda de consciência são sinais e sintomas de
hipertensão arterial.
b) Valores normais para a frequência de pulso de um paciente adulto é de 70 a 110 bat/min.
c) A hipotermia é uma temperatura abaixo de 36ºC que pode ser causada por uma exposição
prolongada ao frio.
d) O déficit de pulso ocorre frequentemente em pacientes jovens do sexo masculino e não está
associado a arritmias cardíacas.
e) Para a estimativa do nível da pressão sistólica, palpar o pulso radial e inflar o manguito até seu
desaparecimento, desinflar rapidamente e aguardar de 15 a 30 segundos antes de inflar novamente;
essa é umas das etapas da mensuração da pressão arterial.
(Instituto Hospitalar de Base-IHB/DF/CESPE/2018) Acerca de procedimentos de enfermagem
relacionados aos sinais vitais, julgue os itens a seguir.
22. Com relação à frequência cardíaca, a ausência de pulso pode indicar uma oclusão arterial.
( ) CERTO ( ) ERRADO
23. (HUJB-UFCG/EBSERH/AOCP/2017) Ao verificar o pulso de um adulto de 55 anos, o técnico de
enfermagem observou que a frequência da pulsação estava aumentada, caracterizando:
a) taquisfigmia. b) pulso filiforme. c) normocardia.
d) ritmo sinusal. e) arritmia.
24. (Pref. de Areal-RJ/GUALIMP/2020) O Técnico de Enfermagem ao aferir os sinais vitais de um
paciente verificou que o mesmo encontra-se com pressão arterial 120X 80 mmHg e com respiração
acelerada. Este paciente encontra-se:
a) Com pressão arterial normal e taquipneico. b) Com pressão arterial elevada e bradipneico.
c) Com pressão arterial baixa e eupneico. d) Com pressão arterial baixa e dispneico.

www.romulopassos.com.br 40
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

25. (Residência multiprofissional/ UEPG/2020) Em relação à medição da pressão arterial, assinale o que
for correto.
01) O uso de manguito muito pequeno é uma causa de leitura alta falsa.
02) Se a medição for realizada depois que o paciente deambulou, dará uma leitura baixa falsa.
04) Quando o manguito é desinsuflado muito lentamente, causa congestão venosa no braço ou perna
podendo ocorrer uma leitura alta falsa.
08) Se o manguito estiver enrolado de forma muito frouxa, reduzindo sua largura efetiva, poderá
ocorrer uma leitura alta falsa.
a) 04 b) 13 c) 09 d) 12

Exame Físico
Professora Tila Viana
1. (Residência Enfermagem em Saúde da Família/UERJ/2020) Em uma consulta para acompanhamento
de hipertensão arterial, durante o exame físico, Angela Maria, com 59 anos de idade, sente dor na
panturrilha, quando submetida ao movimento dorsiflexão passiva do pé. A queixa tem relação com:
a) sinal de Levine b) sinal de Murphy c) sinal de Babisnk d) sinal de Homans
2. (Residência Multiprofissional/UFRN/2020) O exame físico compõe uma das etapas do planejamento
do cuidado de enfermagem por meio do qual são identificados os processos de adoecimento e avaliados
os resultados terapêuticos. Durante a ausculta pulmonar, os enfermeiros devem reconhecer os sons
respiratórios descontínuos, classificados como
a) estertores finos (crepitantes), estertores grossos (bolhosos) e de origem pleural (atrito pleural).
b) estertores sibilantes (chiado), estertores brônquicos (roncos) e de origem traqueal (estalidos).
c) estertores claudicantes (assobios), estertores murmurantes (rangidos) e de origem basal
(condensações).
d) estertores vesiculares (normofonia), estertores ressonantes (hiperfonia) e de origem tegumentar
(afonia).
3. (Residência multiprofissional em saúde/UFSE/2020) A isquemia cr tica de membro uma urg ncia
m dica, com elevado risco de perda da viabilidade do membro. Quais são os seis sinais cl ssicos de
isquemia aguda de membro?
a) dor, paralisia, parestesia, ausência de pulso, parestesia por calor e palidez.
b) dor, paralisia, parestesia, pulso filiforme, paralisia por frio e necrose.
c) dor, paralisia cronica, parestesia unilateral, pulso filiforme, paralisia por frio e palidez.
d) dor, paralisia, parestesia, ausência de pulso, parestesia por frio e palidez.
e) dor, paralisia, parestesia, ausência de pulso, paralisia por frio e palidez.

www.romulopassos.com.br 41
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

4. (Residência Multiprofissional/UFAL/2020) Com relação aos métodos propedêuticos na realização do


exame físico e aos possíveis achados encontrados durante as avaliações, assinale a alternativa correta:
a) Através da visão, olfato e tato é possível inspecionar o paciente. De maneira panorâmica e/ou
localizada, o profissional avalia e detecta possíveis alterações em todo o corpo. A inspeção permite
observar a marcha, o contato visual, a postura, dentre outros aspectos relevantes na avaliação clínica.
b) A palpação é um método propedêutico que permite obter dados através do tato e da pressão,
permitindo a identificação de modificações na textura, espessura, consistência, sensibilidade, volume e
dureza. Através do tato é possível obter impressões de partes mais superficiais do corpo, enquanto a
pressão permite obtenção de dados em regiões mais profundas, como o abdome. Durante o exame
físico, a inspeção complementa a palpação.
c) A utilização de pequenos golpes em determinadas áreas do corpo é o que baseia a percussão. A
percussão pode ser direta ou indireta. A percussão indireta é realizada diretamente com as pontas dos
dedos na região-alvo. Já a percussão direta é feita golpeando-se com um dedo a borda ungueal ou a
superfície dorsal da segunda falange do dedo médio ou indicador da outra mão, apoiada na superfície
examinada.
d) Através do instrumento denominado estetoscópio, o método propedêutico da ausculta é realizado. O
objetivo é ouvir sons não audíveis sem o uso de instrumentos, produzidos pelo corpo. Um dos principais
órgãos avaliados é o pulmão. A ausculta pulmonar deve ser realizada com o paciente preferencialmente
deitado. Na impossibilidade desta posição, o paciente de ser posicionado em pé.
e) A sequência da realização dos métodos propedêuticos é: inspeção, percussão, palpação e ausculta.
Porém, essa ordem é modificada na avaliação do abdome. No exame físico do abdome, a ordem a ser
realizada é: ausculta, inspeção, percussão e palpação. A inspeção, a percussão e a palpação podem
alterar os ruídos hidroaéreos, por isso a justificativa desta ordem.
5. (Residência em Enfermagem/UNIRIO/2020) Apendicite é um dos motivos mais comum para cirurgia
abdominal de emergência. Durante o exame físico, deve-se incluir o sinal de
a) Murphy.
b) Psoas.
c) Kernig.
d) Chvostek.
e) Kocher.
6. (HUJB-UFCG/EBSERH/AOCP/2017) Homem, 32 anos, deu entrada no PS apresentando febre de 38 °C.
Na inspeção, paciente em posição fetal, queixando-se de dor abdominal. Apresentou, ainda, sinal de
Blumberg positivo, o qual é caracterizado por:
a) suspensão da inspiração devido à dor à compressão do rebordo costal direito.
b) dor durante a rotação interna da coxa fletida.
c) dor na fossa ilíaca direita após compressão profunda do quadrante inferior esquerdo.
d) dor à descompressão mais intensa do que à compressão na fossa ilíaca direita.
e) dor a punho-percussão na região lombar.

www.romulopassos.com.br 42
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

7. (Residência Multiprofissional/UFPI/2020) Durante o exame físico a aplicação de testes é


fundamental para a avaliação clínica do cliente. No caso de serem encontrados testes positivos,
sugestivos de ocorrência de doença é necessário considerar outros achados para a confirmação do
diagnóstico. Nesse contexto relacione os sinais apresentados na coluna 1 com a sua provável indicação
na coluna 2.

A sequência correta de C, de cima para baixo, é:


a) 1 2 3 4 5. b) 5 4 2 3 1. c) 4 5 2 1 3. d) 4 5 3 2 1. e) 2 1 3 5 4.
8. (Residência Multiprofissional-UFPR/COREMU/2018) Ao realizar exame físico em um paciente, o
enfermeiro detecta positividade nos sinais de Blumberg e Rovsing, o que o leva a suspeitar de um
problema de saúde. É correto suspeitar que se trata de:
a) pneumonia. b) desidratação. c) apendicite.
d) lesão cerebral. e) trombose venosa profunda.
9. (Prefeitura de Boa Ventura-PB/CPCON/2019) No Exame Físico de um adulto, o enfermeiro detecta
presença de dor lancinante a punho-percussão da região lombar, indicando que o indivíduo apresenta
alguma alteração inflamatória nos rins. Esse sinal é também denominado de:
a) Sinal de Giobert. b) Sinal de Godet. c) Sinal de Grey-Turner.
d) Sinal de Gutierrez. e) Sinal de Giordano.
10. (Prefeitura de Damião-PB/CONTEMAX/2019) Durante o exame físico de um paciente com suspeita
de hemoperitônio, o enfermeiro identifica que há queixas do paciente de dor nos ombros durante a
inspiração. Frente a esse achado, o enfermeiro faz uma anotação da presença do sinal de:
a) Courvoisier. b) Mannkopf. c) Blumberg. d) Danforth. e) Bassler.
11. (Prefeitura de Mandaguaçu-PR/Instituto UniFil/2019) Sobre as posições utilizadas para realização
do exame físico, associe as colunas e assinale a alternativa correta.
1. Sims. 2. Fowler. 3. Trendelemburg. 4. Litotômica.
( ) A cabeceira do leito fica elevada a um ângulo de 45º a 60º e os joelhos do paciente ficam
ligeiramente elevados.
( ) Em decúbito dorsal, a cabeça e o tronco do paciente ficam em níveis mais baixos que os membros
inferiores.
( ) O paciente deve estar em decúbito lateral esquerdo com a perna direita flexionada sobre a
esquerda.
( ) O paciente é colocado em decúbito dorsal, com as coxas bem afastadas, flexionadas sobre o
abdome. Suportes do tipo joelheiras são utilizados para manter as pernas na posição de flexão.
a) 1 2 3 4. b) 2 3 1 4. c) 4 3 1 2. d) 2 1 3 4. e) 4 1 3 2.

www.romulopassos.com.br 43
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

12. (Residência Multiprofissional/UNIRIO/2020) A ausculta dos focos cardíacos permite que o


enfermeiro detecte alterações importantes para guiar os cuidados que precisam ser empregados aos
pacientes. Em relação aos achados da ausculta cardíaca, é CORRETO afirmar que
a) a bulha B2 possui um som mais alto e é causada pelo fechamento das valvas atrioventriculares.
b) a bulha B4 é denominada galope ventricular e ocorre na insuficiência cardíaca.
c) a hipofonese de B1 ocorrerá nos pacientes portadores de estenose aórtica ou pulmonar.
d) a bulha B3 é denominada galope ventricular e ocorre na insuficiência cardíaca.
e) a bulha B2 coincide com o pulso da carótida e deve ser melhor auscultada no ápice.
13. (Residência Multiprofissional/UFAL/2020) Segundo Barros (2015), o exame do sistema
cardiovascular requer a utilização da inspeção, palpação e ausculta. A medida da pressão arterial, da
frequência cardíaca, peso e diurese fornecem dados relevantes para uma avaliação adequada. Sobre o
exame físico do sistema cardiovascular realizado pelo enfermeiro, assinale a alternativa correta:
a) Pressão arterial, pulso arterial, frequência cardíaca, temperatura e respiração são informações
importantes na avaliação cardiovascular do paciente. Alterações na função respiratória como a dispneia,
pode ser resultado de alterações no funcionamento do ventrículo esquerdo, resultando em sobrecarga
da função pulmonar. Em pacientes com cardiopatias, deve-se avaliar dispneia de esforço, dispneia de
decúbito, dispneia paroxística noturna e dispneia periódica ou Cheyne-Stokes.
b) Durante a inspeção do tórax deve-se observar o precórdio com o paciente em decúbito dorsal. É
possível identificar o ictus cordis ou choque de ponta. Normalmente está localizado no segundo espaço
intercostal esquerdo, na linha hemiclavicular. Pode haver dificuldade em algumas mulheres por conta da
mama.
c) A palpação do precórdio, junto com a inspeção, pode determinar a presença de pulsações normais ou
anormais. O paciente em posição lateral direita facilita o deslocamento do coração para mais próximo
da parede torácica, intensificando os movimentos precordiais e ritmos cardíacos. Na palpação do
precórdio é possível verificar também a presença de frêmitos.
d) A ausculta cardíaca é extremamente importante para avaliar os sons cardíacos. Esta fase do exame
físico é realizada em locais do tórax nos quais são captados os ruídos das valvas, os chamados focos de
ausculta. O foco mitral, corresponde ao choque de ponta (ictus cordis) e está localizado no cruzamento
do quinto espaço intercostal esquerdo com a linha hemiclavicular. O foco tricúspide localiza-se na base
do apêndice xifoide. O foco pulmonar no segundo espaço intercostal à direita, junto ao esterno. E o foco
aórtico, no segundo espaço intercostal à esquerda, junto ao esterno.
e) Durante a ausculta é possível distinguir a bulhas cardíacas. A primeira bulha (B1) corresponde ao
fechamento das valvas mitral e tricúspide (atrioventriculares). Representa o início da sístole e só é
audível no foco mitral. A segunda bulha corresponde ao fechamento das valvas pulmonar e aórtica,
sendo mais audível no foco aórtico.
(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2018) Na avaliação do sistema cardiovascular, consideram-
se os dados oriundos da anamnese, do exame físico e de outras fontes provenientes de exames
diagnósticos. A respeito desse assunto, julgue os itens subsecutivos.
14. A ausculta da segunda bulha cardíaca, que corresponde ao fechamento das valvas pulmonar e
aórtica (semilunares), é mais bem apurada com o diafragma do estetoscópio no segundo espaço
intercostal direito paraesternal, no foco aórtico.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 44
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2018) Na avaliação do sistema cardiovascular, consideram-


se os dados oriundos da anamnese, do exame físico e de outras fontes provenientes de exames
diagnósticos. A respeito desse assunto, julgue os itens subsecutivos.
15. ulso de Corrigan, é indicativo de insuficiência
aórtica.
( ) Certo ( ) Errado
16. (HCU-UFU/EBSERH/VUNESP/2020) Considere a figura a seguir, na qual estão apresentados os focos
de ausculta cardíaca.

Ao realizar a ausculta cardíaca em um adulto, o enfermeiro ouvirá com maior nitidez os sons que
compõem a primeira bulha cardíaca (B1), posicionando o diafragma do estetoscópio sobre os pontos:
a) A e C. b) B e C. c) B e D. d) C e D. e) A e B.
17. (Rede SARAH/2010) A frequência cardíaca apical é de particular importância, em paciente com
patologia cardíaca. O pulso apical é verificado:
a) Na linha média clavicular, 2º espaço intercostal.
b) Na linha média clavicular, 5º espaço intercostal.
c) No apêndice xifoide.
d) Na linha média axilar esquerda.
18. (Rede SARAH/2011) Um paciente está em tratamento com digoxina. Antes de administrar esse
medicamento, o enfermeiro deve avaliar:
a) frequência respiratória.
b) pulso radial.
c) pressão sanguínea.
d) temperatura corporal.
e) pulso apical.

www.romulopassos.com.br 45
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Oxigenioterapia
Professora Tila Viana
1. (Secretaria Estadual de Saúde/SESACRE-AC/2019) A oximetria de pulso é utilizada para monitorar a
saturação de oxigênio (SpO2), no sangue arterial, de forma não invasiva. A esse respeito, analise as
afirmativas abaixo.
I. A movimentação do braço do paciente não interfere na estabilização do sensor.
II. Os valores normais da SpO2 são de 95 a 100%.
III. Algumas situações clínicas, como alta perfusão e alterações da hemoglobina (carboxihemoglobina e
meta-hemoglobina) e presença de elementos como iluminação ambiente, esmalte nas unhas e outros,
podem alterar a medição da SpO2.
IV. O sensor do oxímetro de pulso deve ser colocado, preferencialmente, no braço onde esteja sendo
medida a pressão arterial.
Assinale a alternativa correta.
a) Apenas a afirmativa I está correta.
b) Apenas as afirmativas III e IV estão corretas.
c) Apenas a afirmativa II está correta.
d) As afirmativas I, II, III e IV estão corretas.
2. (Rede SARAH/2012) Sobre a oxigenoterapia e aspiração de vias aéreas, indique V (verdadeiro) ou F
(falso) e, em seguida, assinale a sequência correta.
( ) A cânula nasal pode ocasionar irritação e/ou lesão da pele.
( ) A máscara de Venturi fornece a concentração de oxigênio especificada.
( ) A máscara facial oferece até 5 litros de oxigênio por minuto.
( ) Para a aspiração de vias aéreas, o dispositivo de sucção não deve ultrapassar a pressão de 300
mmHg para adultos.
( ) Cada aspiração deve durar de 10 a 15 segundos.
( ) As secreções do nariz devem ser aspiradas antes que as da boca.
a) F, F, V, F, F, V.
b) V, F, V, V, V, F.
c) F, V, F, V, F, F.
d) V, V, F, F, V, V.
(EBSERH/CESPE/2018) A respeito do estudo dos sinais vitais como fundamento básico para o
profissional de enfermagem, julgue o próximo item.
3. A temperatura, o pulso, a respiração e a pressão arterial são os sinais das funções orgânicas básicas
que refletem o equilíbrio ou o desequilíbrio resultante das interações entre os sistemas do organismo e
uma determinada doença; a dor aparece como o quinto sinal vital, tornando-se um desafio para a
assistência em enfermagem. ( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 46
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

4. (TRE-BA/CESPE/2017) Durante a oxigenoterapia em recém-nascidos, o técnico em enfermagem deve


realizar o controle e o acompanhamento cuidadoso do funcionamento do equipamento e dos
procedimentos envolvidos, pois, caso a pressão parcial de oxigênio alveolar atinja valor superior a 100
mmHg, o procedimento pode causar danos permanentes:
a) à pele. b) à retina. c) à tireoide. d) ao pâncreas. e) ao rim.
5. (Pref. de São Carlos do Ivaí-PR/Instituto UniFil/2020) Relacione o dispositivo para a oxigenoterapia
com suas características e assinale a alternativa que apresenta a sequência correta.
1. Cânula nasal.
2. Máscara de oxigênio simples.
3. Máscara de Venturi.
( ) Não deve ser utilizado no caso em que o paciente tenha qualquer forma de obstrução nasal.
( ) Este dispositivo requer altos níveis de oxigênio, para evitar a reinalação de dióxido de carbono,
sendo assim, é contraindicado o uso aos pacientes com retenção de dióxido de carbono, por piorar o
efeito. Além de permitir que o paciente inale ar ambiente.
( ) Este dispositivo consegue entregar uma quantidade maior de oxigênio de 4L/min a 12L/min, e
mesmo assim não deixa a mucosa ressecada.
a) 1 2 3. b) 3 2 1. c) 2 3 1. d) 1 3 2.
(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2017) Julgue os itens seguintes acerca da fisiologia
respiratória e do cuidado com o paciente com necessidades de oxigenação.
6. A oximetria de pulso é um método eficaz, confiável, prático e não invasivo para detectar a
percentagem de hemoglobina saturada com oxigênio em pacientes graves ou conscientes, em casos de
parada cardíaca, choque ou no acompanhamento de doentes com DPOC em uso de suplementação de
oxigênio.
( ) Certo ( ) Errado
7. (EBSERH/IBFC/2020) Os gases medicinais mais utilizados em um Estabelecimento Assistencial de
Saúde (EAS), são: Oxigênio Medicinal, Vácuo Clínico, Ar comprimido Medicinal e Óxido Nitroso. De
acordo com as características de cada gás medicinal e sua respectiva utilização, assinale a alternativa
correta.
a) O Óxido Nitroso é utilizado para procedimentos anestésicos.
b) O Óxido Nitroso é um gás medicinal utilizado para crioterapia.
c) O Óxido Nitroso é utilizado em postos de inalação.
d) O Óxido Nitroso não é um gás medicinal.
e) O Óxido Nitroso é utilizado na higienização do paciente.

www.romulopassos.com.br 47
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Sondagem Gastrintestinal
Professora Tila Viana
1. (EXÉRCITO/2020) O enfermeiro é responsável por realizar diversos procedimentos durante sua
assistência, sendo um deles o cateterismo gástrico e entérico do paciente. Assim, pacientes com
dificuldade de deglutição, mas que possuem o trato digestório em bom funcionamento poderão
alimentar-se com nutrição enteral. Para isso, é importante que o enfermeiro realize a cateterização do
paciente por via oral ou nasal e verifique o posicionamento adequado do catéter. Assinale a alternativa
que indique corretamente as formas recomendadas para verificar o posicionamento adequado do
catéter no estômago ou intestino.
a) aspiração do conteúdo gástrico ou entérico e verificação da coloração e pH; e radiografia de
abdômen.
b) injeção de ar no catéter e auscultação com estetoscópio na base do apêndice xifoide; e radiografia de
abdômen.
c) aspiração do conteúdo gástrico ou entérico e verificação da coloração e pH; e injeção de ar no catéter
e auscultação com estetoscópio na base do apêndice xifoide.
d) imersão da ponta do catéter em um copo com água para verificar formação de bolhas; e injeção de ar
no catéter e auscultação com estetoscópio na base do apêndice xifoide.
e) imersão da ponta do catéter em um copo com água para verificar formação de bolhas; e aspiração do
conteúdo gástrico ou entérico e verificação da coloração e pH.
2. (Residência Multiprofissional/IAUPE/2020) Ao avaliar um paciente recém-admitido em uma
enfermaria de Clínica Médica, a equipe de saúde identificou a necessidade de instalar sonda
nasogástrica para avaliação do conteúdo gástrico e administração de medicações. O paciente encontra-
se consciente, orientado e bastante colaborativo.
Quanto ao procedimento, em pacientes que tenham indicação, qual o objetivo de se oferecer água, ou
simplesmente deglutir durante a realização da sondagem?
a) O procedimento de deglutição abre a parte superior da via aérea até a traqueia e fecha o esôfago.
b) A deglutição evita o acúmulo de secreção na cavidade oral, porém auxilia o reflexo de vômito.
c) Engolir água fecha a epiglote abaixo da traqueia e movimenta a sonda para a laringe.
d) A deglutição da água abre a epiglote e fecha a parte superior da via aérea até a traqueia e abre o
esôfago.
e) A deglutição fecha a epiglote acima da traqueia e ajuda a mover a sonda para o esôfago, assim como
a água auxilia na redução das náuseas e sufocamento.
3. (Residência em Enfermagem Obstétrica/UERJ/2020) Para favorecer a movimentação da sonda
alimentar nasoentérica através da válvula pilórica, na primeira hora após um procedimento, o paciente
deve ser orientado a deambular ou deitar na posição de:
a) decúbito lateral esquerdo. b) decúbito lateral direito.
c) decúbito dorsal. d) Kraske.

www.romulopassos.com.br 48
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

4. (Rede SARAH/2012) Um paciente que sofreu um acidente vascular encefálico está apresentando
dificuldade para deglutição. Foi prescrita alimentação por sonda nasogástrica. Assinale a alternativa
correta, em relação aos cuidados de enfermagem.
a) Administrar a dieta com o paciente em decúbito elevado a pelo menos 30°, checar o posicionamento
da sonda antes de cada infusão, trocar o frasco da dieta a cada 24 horas (sistema fechado); a
alimentação deve estar em temperatura ambiente.
b) Administrar a dieta com o paciente em decúbito elevado a pelo menos 30°, checar o posicionamento
da sonda antes de cada infusão, trocar o frasco da dieta a cada 24 horas (sistema fechado); a
alimentação deve estar em temperatura fria, pois diminui o risco de contaminação e de diarreia.
c) Administrar a dieta com o paciente em decúbito elevado a pelo menos 60°, checar o posicionamento
da sonda antes de cada infusão, trocar o frasco da dieta a cada 12 horas (sistema fechado); a
alimentação deve estar em temperatura ambiente.
d) Administrar a dieta com o paciente em decúbito elevado a pelo menos 60°, checar o posicionamento
da sonda antes de cada infusão, trocar o frasco da dieta a cada 24 horas (sistema fechado); a
alimentação deve estar em temperatura fria, pois diminui o risco de contaminação e de diarreia.

Sondagem Vesical
Professora Tila Viana
1. (Pref. de Areal-RJ/GUALIMP/2020) É um procedimento estéril que consiste na introdução de uma
sonda no interior da bexiga, através da uretra, a fim de drenar a urina, sendo removida após atingida a
finalidade do procedimento:
a) Cateterismo vesical de alívio. b) Cateterismo vesical de demora.
c) Cistectomia. d) Cistostomia.
2. (Residências em áreas profissionais de saúde/IAUPE/2020) K.M., sexo feminino, 61 anos, diagnóstico
de Diabetes Mellitus tipo 2 há 11 anos, foi admitida em uma unidade de saúde com dor na região
suprapúbica e história de retenção urinária há 36 horas. Após avaliação prévia, a equipe de saúde
decidiu pela realização da cateterização urinária intermitente.
Sobre os cuidados de enfermagem que devem ser observados para a realização do procedimento,
analise as afirmativas a seguir:
I. Para realizar a cateterização intermitente, que tem por função promover o alívio, o desconforto da
distensão da bexiga e permitir a mensuração do volume urinário, o enfermeiro deve, para iniciar o
procedimento, realizar higiene íntima criteriosa.
II. Preparar os materiais necessários para a cateterização intermitente, tendo o cuidado de utilizar a
sonda de acordo com o sexo e tamanho da paciente. Para o caso acima, o indicado é uma sonda de
Foley calibre 12 Fr.
III. Para a cateterização intermitente com técnica limpa, o mais indicado é utilizar o coletor fechado,
para evitar risco de contaminação, conectado à sonda de Foley de duas vias.

www.romulopassos.com.br 49
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

IV. Orientar a paciente quanto ao procedimento, posicionar a paciente em posição ginecológica, realizar
higiene íntima criteriosa, introduzir a sonda uretral até a bexiga, esperando o retorno da urina por um
período entre 05 e 10 min ou enquanto houver drenagem de urina.
Somente está CORRETO o que se afirma em
a) I, II e III. b) I e II. c) II e IV. d) III e IV. e) I e IV.
3. (Prefeitura de Divinópolis - MG/IBFC/2018) A sondagem vesical consiste em procedimento invasivo,
envolvendo riscos ao paciente, que pode resultar em infecções do trato urinário e/ou sofrer trauma
uretral ou vesical. No âmbito da equipe de Enfermagem, é correto afirmar que:
a) O técnico de enfermagem pode realizar atividades prescritas pelo Enfermeiro no planejamento da
assistência, incluindo a inserção de cateter vesical, sob supervisão e orientação do Enfermeiro.
b) A inserção de cateter vesical é privativa do Enfermeiro, que deve ter rigor técnico-científico para
realizar o procedimento.
c) Não é permitida aos técnicos e auxiliares de enfermagem a inserção do cateter vesical, incluindo o
manuseio do sistema de drenagem, coleta de urina para exames e monitoração do balanço hídrico.
d) A inserção de cateter vesical deve ser realizada pelo Enfermeiro e Técnico de Enfermagem, sob
supervisão do médico.
4. (Prefeitura de Santo Antônio do Sudoeste-PR/Instituto UniFil/2020) A sondagem vesical é um
procedimento caracterizado pela introdução de uma sonda de látex ou plástico, através da uretra, para
o interior da bexiga. É um procedimento invasivo e que pode trazer riscos ao paciente, como infecção ou
traumatismo. Em relação às competências do técnico de enfermagem na sondagem vesical, assinale a
alternativa correta.
a) É permitido ao técnico de enfermagem realizar a sondagem vesical de alívio, mas a sondagem vesical
de demora é privativa ao enfermeiro.
b) Ao técnico de enfermagem cabe apenas a monitorização e registro das queixas do paciente dentre as
atividades prescritas pelo enfermeiro.
c) É um procedimento privativo ao enfermeiro, no âmbito hospitalar, que deve ser realizado sob técnica
asséptica.
d) É permitido ao técnico de enfermagem realizar o manuseio do sistema de drenagem, da coleta de
urina para exames e monitoramento do balanço hídrico, sob supervisão do enfermeiro.
5. (Secretaria Estadual de Saúde/SESACRE-AC/2019) No procedimento de sondagem uretral existem
algumas contra indicações. Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa correta.
I. Sangramento no meato uretral. II. Disúria.
III. Sangue na região escrotal. IV. Oligúria.
a) Apenas a afirmativa II está correta.
b) Apenas as afirmativas I e III estão corretas.
c) As afirmativas I, II e IV estão corretas.
d) Apenas as afirmativas II e III estão corretas.

www.romulopassos.com.br 50
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

6. (Residência em enfermagem obstétrica/UERJ/2020) O objetivo da sondagem vesical em mulheres


submetidas à cesariana (trans e pós-operatória) é monitorar:
a) níveis de ureia e creatina b) clearence de creatina
c) débito urinário d) proteinúria
7. (Rede SARAH/2012) Um paciente de 60 anos foi internado devido à sequela de acidente vascular
encefálico e está com uma sonda vesical de demora. Em relação aos cuidados de enfermagem com a
sonda vesical, indique V (verdadeiro) ou F (falso) e, em seguida, assinale a alternativa que apresenta a
sequência correta.
( ) O tamanho do cateter deve ser determinado pelo tamanho da uretra.
( ) Os cateteres plásticos são inflexíveis e, portanto, devem ser utilizados para cateterismos
intermitentes.
( ) Para preencher o balão, utilizar o volume determinado por cada fabricante e solução fisiológica.
( ) Em homens, a sonda deve ser fixada na parte interna da coxa.
( ) Os pacientes com sonda vesical de demora devem ter sua região perineal higienizada 3 vezes ao dia
e sempre após cada defecação.
a) F, F, V, V, F. b) V, V, F, F, V. c) V, V, V, F, F. d) V, F, F, V, V.
(EMAP/CESPE/2018) Julgue os itens a seguir, a respeito das técnicas fundamentais de enfermagem.
8. Na inserção de um cateter urinário de longa permanência, deve-se garantir a lubrificação do cateter
durante a inserção e inflar o balão de retenção do cateter apenas quando se certificar da adequada
posição, a fim de evitar o traumatismo nos tecidos uretrais.
( ) Certo ( ) Errado
9. (HE-UFPel/EBSERH/AOCP/2015) Conforme parecer normativo do COFEN, para atuação da Equipe de
Enfermagem em Sondagem Vesical, considerou-se que o procedimento requer a seguinte ação da
equipe de enfermagem, observadas as disposições legais da profissão sobre competências:
a) Encher o balão de retenção exclusivamente com solução salina a 0,9%.
b) Escolher cateter de maior calibre possível, que garanta a drenagem adequada.
c) Manter a bolsa coletora acima do nível de inserção do cateter.
d) Sistema cateter-tubo coletor deve ser aberto sempre que conveniente à equipe.
e) Inserção de dispositivo urinário é procedimento privativo do enfermeiro.

www.romulopassos.com.br 51
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Feridas
Professora Tila Viana
1. (MARINHA/2019) - organismos, que podem produzir

feridas referente ao conteúdo microbiano, a definição anterior descreve a ferida:


a) aguda. b) limpa. c) contaminada. d) infectada. e) potencialmente contaminada.
(EBSERH/CESPE/2018) Julgue os itens a seguir, acerca de avaliação de feridas.
2. Um roteiro sistemático de avaliação de feridas deve incluir um exame subjetivo do paciente.
( ) Certo ( ) Errado
(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2018)

sistema de classificação. Considerando o novo sistema de classificação de lesão por pressão, julgue os
itens seguintes.
3. O estágio 1 da lesão por pressão é caracterizado por pele íntegra com área localizada de eritema que
não embranquece e que pode parecer diferente em pele de cor escura, podendo as mudanças visuais
serem precedidas de alteração de sensibilidade, temperatura ou consistência (endurecimento).
( ) Certo ( ) Errado
4. (MARINHA/2018) Segundo Campos et al (2016), qual opção apresenta a descrição que corresponde
ao estadiamento da ferida tumoral que apresenta perda de integridade da pele, acometendo a
epiderme e a derme, podendo causar dor e odor, podendo ser friável, seca ou úmida, além da região
perilesional apresentar características de processo inflamatório?
a) Estádio 1N. b) Estádio 3. c) Estádio 4. d) Estádio 2. e) Estádio 1.
(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2018)

sistema de classificação. Considerando o novo sistema de classificação de lesão por pressão, julgue os
itens seguintes.
5. A lesão por pressão tissular profunda é caracterizada por perda da pele em sua espessura total e
perda tissular com exposição ou palpação direta da fáscia, do músculo, do tendão, do ligamento, da
cartilagem ou do osso, ocorrendo frequentemente epíbole (lesão com bordas enroladas), descolamento
e/ou túneis.
( ) Certo ( ) Errado
6. (MARINHA/2018) Segundo Silva et al (2008), sobre as úlceras venosas, é correto afirmar que:
a) localizam-se nos dedos, pé, calcâneo e lateral da perna.
b) são superficiais, com leito vermelho vivo, margens irregulares.
c) o edema é uma característica incomum.
d) são extremamente dolorosas e pouco exsudativas.
e) são pequenas e de evolução rápida.

www.romulopassos.com.br 52
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

7. (TRE/BA/CESPE/2017) São denominadas lesões por pressão os danos localizados na pele e/ou em
tecidos moles subjacentes, geralmente sobre uma proeminência óssea, causados por pressão intensa
e/ou prolongada, em combinação com o cisalhamento do tecido. Classifica-se como lesão de estágio 3 a
lesão por pressão caracterizada por:
a) pele intacta ou não, com presença de bolha com exsudato sanguinolento.
b) perda da pele em sua espessura total e perda tissular.
c) pele íntegra com área localizada de eritema que não embranquece.
d) perda da pele em sua espessura total, com visibilidade do tecido adiposo.
e) perda da pele em sua espessura parcial, com exposição da derme.
8. (HUAC-UFCG/EBSERH/AOCP/2017) Paciente de 63 anos, internado há 15 dias na clínica médica,
apresenta-se emagrecido e com mobilidade prejudicada. Após exame físico, o enfermeiro identifica, na
região do calcâneo direito, perda da pele em sua espessura parcial com exposição da derme e bolha
intacta preenchida com exsudato seroso. O tecido adiposo e os tecidos profundos não são visíveis. O
enfermeiro classifica essa lesão como:
a) lesão por pressão estágio 1. b) lesão por pressão estágio 2.
c) lesão por pressão estágio 3. d) lesão por pressão estágio 4.
e) lesão por pressão não classificável.
(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2018)

sistema de classificação. Considerando o novo sistema de classificação de lesão por pressão, julgue os
itens seguintes.
9. Considera-se que todas as pessoas que se encontram internadas em serviços de saúde estão em risco
no que se refere ao desenvolvimento de lesão por pressão.
( ) Certo ( ) Errado
(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2018)

sistema de classificação. Considerando o novo sistema de classificação de lesão por pressão, julgue os
itens seguintes.
10. A lesão por pressão ocorre geralmente sobre uma proeminência óssea, como resultado da pressão
intensa e/ou prolongada em combinação com o cisalhamento.
( ) Certo ( ) Errado
(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2018)

sistema de classificação. Considerando o novo sistema de classificação de lesão por pressão, julgue os
itens seguintes.
11. A escala de Braden é um dos principais instrumentos de avaliação do risco de desenvolvimento de
lesão por pressão e deve ser aplicada em pessoas com risco de desenvolvimento dessa lesão no
momento da admissão para a internação hospitalar e em intervalos regulares.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 53
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

12. (Pref. ITAPEVI/VUNESP/2019) Observe atentamente o quadro a seguir e relacione as colunas de


modo a tornar verdadeira a associação entre o tipo de material utilizado como cobertura para curativos
e sua indicação.

a) a-I; b-II; c-III. b) a-III; b-I; c-II. c) a-I; b-III; c-II.


d) a-III; b -II; c-I. e) a-II; b-I; c-III.
13. (MARINHA/2018) Segundo Campos et al (2016), qual cobertura, indicada para o debridamento
autolítico de feridas necróticas, mantém o meio úmido e estimula a produção de tecido de granulação?
a) Hidrocoloide. b) Colagenase. c) Alginato de cálcio em fibra.
d) Sulfadiazina de Prata. e) Hidrogel.
(EBSERH/CESPE/2018) Acerca do uso de curativos na enfermagem, julgue os itens a seguir.
14. As coberturas de alginatos são um tipo de curativo indicado para feridas com pouca exsudação; por
isso, o seu uso pode prolongar-se por até sete dias.
( ) Certo ( ) Errado
(EBSERH/CESPE/2018) Julgue os itens subsequentes, acerca de curativos e coberturas em feridas.
15. O hidrocoloide é contraindicado a pacientes com feridas infectadas e com grande quantidade de
exsudato.
( ) Certo ( ) Errado
16. (Prefeitura de Valinhos - SP/VUNESP/2019) R.V., 78 anos de idade, sexo feminino, encontra-se
acamada há poucas semanas e recebe a visita domiciliar do técnico de enfermagem para orientação da
família sobre cuidados com a pele e prevenção de úlceras por pressão. Frente a essa situação, é correto
afirmar que:
a) durante a hidratação da pele, as áreas de proeminências ósseas ou áreas hiperemiadas devem ser
massageadas.
b) a massagem deve ser realizada durante o banho, nas áreas com a possibilidade de haver vasos
sanguíneos danificados ou pele frágil.
c) a pele deve ser protegida da exposição à umidade excessiva através do uso de produtos de barreira,
de forma a reduzir o risco de lesão por pressão.
d) a pele deve ser limpa sempre que estiver suja, sendo recomendado o uso de água fria ou gelada para
reduzir a irritação e o ressecamento da pele.

www.romulopassos.com.br 54
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

e) os colchões de redistribuição de pressão devem ser recomendados para minimizar o contato da pele
com a umidade de transpiração e incontinência.
17. (Prefeitura de Valinhos - SP/VUNESP/2019) N.S., sexo feminino, 42 anos de idade, egressa de
internação hospitalar de 14 dias, recebe cuidados de enfermagem domiciliares pelo técnico de
enfermagem da Atenção Básica. Ela está com uma ferida limpa, resultante da retirada de um cateter
venoso central de inserção periférica de longa permanência (PICC) na veia cefálica, coberto por um
curativo de filme de poliuretano (curativo transparente). Esse curativo deverá ser trocado:
a) diariamente, após o banho.
b) quando a ferida cicatrizar completamente.
c) em até sete dias, se permanecer limpo.
d) a cada dois dias, após limpeza com soro fisiológico.
e) a cada 21 dias, se não houver sinais de infeção.
(EBSERH/CESPE/2018) Acerca do uso de curativos na enfermagem, julgue os itens a seguir.
18. Curativos favorecem a rápida epitelização, a diminuição da dor e a aceleração da destruição de
tecidos necrosados.
( ) Certo ( ) Errado
19. (MARINHA/2018) Segundo Campos et al (2016), um distúrbio comum que acontece quando a
margem e a borda da ferida dobram entre si denomina-se:
a) escara. b) fibrose. c) epibolia. d) enlace. e) esfacelos.
(EBSERH/CESPE/2018) Julgue os itens subsequentes, acerca de curativos e coberturas em feridas.
20. A terapia com pressão negativa tem como principais efeitos o aumento do tecido de granulação e a
redução da área da ferida.
( ) Certo ( ) Errado

Nutrição Enteral (NE) e a Nutrição Parenteral (NP)


Professora Tila Viana
1. (Residência em Enfermagem/UEPA/2020) Quanto aos cuidados de enfermagem na infusão de dieta
enteral, julgue os itens abaixo em Verdadeiros (V) ou Falsos (F) e assinale a alternativa correta.
( ) Deve-se manter o paciente sentado ou com travesseiros nas costas para receber a dieta.
( ) A velocidade da infusão não tem relação com o aparecimento de diarreia ou vômitos.
( ) Após administrar cada frasco da dieta, é necessário administrar pela sonda cerca de 20 ml de água
gelada para evitar acúmulo de resíduos e entupimento da sonda.
( ) O paciente precisa permanecer pelo menos 30 minutos após a infusão em posição elevada.
( ) Deve-se fracionar a dieta durante o dia, o volume em cada horário, não ultrapassando o volume de
300 ml por vez.
A sequência correta é:

www.romulopassos.com.br 55
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

a) V, F, F, V, V b) F, V, V, F, F c) V, F, F, F, V
d) V, V, F, F, V e) F, F, V, V, F
(EBSERH/CESPE/2018) A nutrição enteral (NE) e a nutrição parenteral (NP) são mecanismos utilizados
para oferecer ao paciente a quantidade adequada de nutrientes e medicamentos por meio de intubação
gastrintestinal e de infusão venosa, respectivamente. Acerca da assistência de enfermagem aos
pacientes em uso desses métodos, julgue os itens que se seguem.
2. O enfermeiro deve avaliar regularmente, por meio de aferição do volume gástrico residual, as
quantidades de alimento ou de líquido aceitas pelo paciente em uso de NE. Nenhum líquido aspirado
deve ser readministrado ao paciente, devido ao risco elevado de broncoaspiração.
( ) Certo ( ) Errado
3. Trocar a fórmula administrada por uma fórmula fresca, a cada 4 horas, e substituir o recipiente da
alimentação por sonda e o equipo a cada 24 h/72 h são medidas de controle para evitar a proliferação
de bactérias em um sistema de NE aberto.
( ) Certo ( ) Errado
4. A administração de medicamentos com apresentação líquida por NE não requer preparos adicionais;
comprimidos simples, sublinguais, de liberação programada e cápsulas devem ser esmagados e/ou seus
conteúdos devem ser liberados para a devida absorção. Após a medicação, 30 ml a 50 ml de água devem
ser administrados.
( ) Certo ( ) Errado
5. Somente os pacientes que não realizem ingestão enteral ou oral adequada de alimentos ou líquidos
por um período mínimo de 10 dias possuem indicação de receber NP.
( ) Certo ( ) Errado
6. Ante a NP, a NE é quase sempre a primeira opção: ela mantém a integridade da mucosa intestinal,
possui custo mais baixo, é mais fácil de manusear, é bem tolerada e está tipicamente associada a menos
complicações.
( ) Certo ( ) Errado
7. Formulações com concentrações de glicose superiores a 10% osmolaridade: 504,6 mOsm/L não
podem ser administradas por NP periférica: elas podem irritar a túnica íntima das pequenas veias,
causando flebite química.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 56
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

www.romulopassos.com.br 57
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Infecção Relacionada à Assistência À Saúde


Professora Rebeca Rocha
(EBSERH/CESPE/2018) Julgue os itens a seguir, referentes à infecção hospitalar.
1. Em ambiente hospitalar, o uso de solução alcoólica para a higienização das mãos (álcool em gel) pode
substituir o uso de lavatórios ou pias com água corrente, em dias de racionamento no fornecimento de
água público.
( ) Certo ( ) Errado
2. (Residência Multiprofissional/SES-SC/2019) A infecção relacionada à assistência à saúde é um dos
grandes problemas para o cuidado do paciente, e sua vigilância e prevenção deve ser prioridade no
planejamento estratégico das instituições comprometidas com o cuidado de saúde mais seguro.
Partindo da premissa de que a higienização das mãos tem grande impacto nessa ação preventiva,
analise as afirmativas abaixo.
I. A microbiota transitória, que coloniza a camada superficial da pele, sobrevive por curto período e é
passível de remoção pela higienização simples das mãos.
II. A microbiota residente, que está aderida às camadas mais profundas da pele, é mais resistente à
remoção apenas com água e sabonete.
III. A lavagem das mãos com água e sabonete líquido deve ocorrer sempre que elas estiverem
visivelmente sujas ou contaminadas por matéria orgânica (sangue ou outros fluidos corporais).
IV. Os produtos alcoólicos para a higienização das mãos devem ser utilizados rotineiramente quando
não houver sujidade visível nas mãos, respeitando a técnica e a duração de 40 a 60 segundos.
Estão corretas, apenas:
a) I e II. b) I, II e III. c) I e IV. d) III e IV.
(EBSERH/CESPE/2018) Julgue os itens a seguir, referentes à infecção hospitalar.
3. Durante a higienização das mãos, é importante que o visitante mantenha adornos como anéis e
alianças nos dedos, para garantir que tanto a pele quanto os acessórios estarão livres de contaminantes
depois do contato com a água ou com o álcool.
( ) Certo ( ) Errado
4. (Residência em Enfermagem-UERJ/CEPUERJ/2020) O procedimento de higienização simples das
mãos com água e sabão, recomendado pelo Ministério da Saúde, deverá ter duração mínima, em
segundos, de:
a) 10 a 20. b) 20 a 30. c) 30 a 40. d) 40 a 60.
5. (Residência Multiprofissional-USP/FUVEST/2019) Considerando os 10 passos para a segurança do

das mãos deve ser realizada:


a) após o contato com o paciente.
b) antes e após a realização de procedimentos assépticos.
c) antes e após contato com material biológico.

www.romulopassos.com.br 58
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

d) antes e após contato com o mobiliário e equipamentos próximos ao paciente.


e) por familiares e visitantes, após contato com o familiar internado.
6. (Residência Multiprofissional-UFPR/COREMU/2019) Um dos procedimentos mais importantes que
antecedem a atividade de vacinação é a lavagem das mãos. Sobre a lavagem das mãos, é INCORRETO
afirmar:
a) Deve ser realizada antes de qualquer atividade na sala de vacinação.
b) Deve ser realizada depois de qualquer atividade na sala de vacinação.
c) Antes de iniciar a higiene das mãos, é necessário retirar joias como anéis e pulseiras e outros adornos,
pois sob tais objetos podem se acumular microrganismos.
d) É importante manter as unhas curtas e com os cantos aparados para evitar acidentes e contaminação.
e) Em caso de falta de água ou sabão, é possível substituir a lavagem das mãos por desinfecção com
álcool 70%, desde que respeitados os mesmos passos da lavagem de mãos.
7. (Residência Multiprofissional-UFG/COREMU/2020) As infecções relacionadas à assistência à saúde
(IRAS) apresentam grande relevância para a saúde pública. São os danos decorrentes da assistência à
saúde que aumentam o tempo de internação, a morbidade e a mortalidade nos serviços de saúde. Para
combater um desses danos, recomenda-se lavar as mãos usando esponja com antisséptico degermante
(clorexidina a 2% ou polivinilpirridolonaiodo) ou por meio do uso de produto à base de álcool. Essa
recomendação deve acontecer:
a) no processo de troca do sistema de infusão sanguínea.
b) no preparo pré-operatório ou antissepsia cirúrgica das mãos.
c) no processo de troca rotineira do circuito respiratório do sistema de ventilação mecânica.
d) no manuseio do sistema fechado de coleta de urina.
(EBSERH/CESPE/2018) Julgue o item a seguir, referente à infecção hospitalar.
8. O programa de controle de infecção hospitalar compreende um conjunto de ações desenvolvidas com
o objetivo de reduzir ao máximo possível a incidência de infecções hospitalares.
( ) Certo ( ) Errado
09. (UNIRIO/CESGRANRIO/2019) As medidas de prevenção e controle das Infecções Relacionadas à
Assistência de Saúde (IRAS) são imprescindíveis para o cuidado de enfermagem. A Comissão de Controle
de Infecção Hospitalar (CCIH) embasa as ações nas unidades de saúde. De acordo com a CCIH,
a) o ambulatório é uma área de treinamento ou de educação continuada.
b) o feedback de indicadores não está incluído na metodologia de treinamento.
c) a higienização das mãos será realizada com o uso rotineiro de produto alcoólico, tendo as mãos
sujeiras visíveis ou não.
d) os serviços de saúde do país devem todos disponibilizar preparação de água oxigenada a 10% para
fricção antisséptica das mãos nos pontos de assistência e tratamento.
e) os profissionais que atuam no controle das IRAS têm que desenvolver novas estratégias educacionais,
de acordo com práticas baseadas em evidências.

www.romulopassos.com.br 59
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

10. (Residência Multiprofissional-UFJF/COPESE/2020) O Programa Nacional de Prevenção e Controle de


Infecções Relacionadas à Assistência a Saúde para o período 2016-2020 tem como objetivo geral
reduzir, em âmbito nacional, a incidência de Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde em serviços
de saúde. Assinale a alternativa que apresenta os objetivos específicos do programa:
a) Consolidar o Sistema Nacional de Vigilância Epidemiológica das Infecções Relacionadas à Assistência a
Saúde.
b) Reduzir nacionalmente a incidência das Infecções Relacionadas à Assistência a Saúde prioritárias.
c) Prevenir e controlar a disseminação da resistência microbiana em serviços de saúde.
d) Consolidar o Programa Nacional de Prevenção e Controle das Infecções relacionadas à Assistência à
Saúde.
e) Todas as alternativas acima apresentam objetivos específicos do programa.
11. (Residência Multiprofissional/FUNDEP/2019) O Programa de Controle de Infecções Hospitalares
(PCIH) é um conjunto de ações desenvolvidas deliberada e sistematicamente, com vistas à máxima
redução possível da incidência e da gravidade das infecções hospitalares. São ações do PCIH, exceto:
a) Capacitação do quadro de funcionários e profissionais da instituição, no que diz respeito à prevenção
e ao controle das infecções hospitalares.
b) Realizar investigação epidemiológica de casos e surtos, sempre que indicado, e implantar medidas
imediatas de controle.
c) Notificar, na ausência de um núcleo de epidemiologia, ao organismo de gestão do SUS, os casos
diagnosticados ou suspeitos de outras doenças sob vigilância epidemiológica (notificação compulsória),
atendidos em qualquer dos serviços ou unidades do hospital, e atuar cooperativamente com os serviços
de saúde coletiva.
d) Colaborar para o uso incoerente de antimicrobianos, germicidas e materiais médico-hospitalares.

Medidas de Precaução
Professora Rebeca Rocha
1. (EBSERH Nacional/IBFC/2020) As precauções são medidas adotadas a fim de evitar a propagação de
doenças transmissíveis, evitando assim, a transmissão de microorganismos dos pacientes infectados
para outros pacientes. Analise as afirmativas abaixo.
I. As precauções padrão devem ser aplicadas no atendimento de todos os pacientes, independente do
seu estado de saúde.
II. O profissional de saúde deve higienizar as mãos, utilizar luvas descartáveis, avental, máscara e óculos
de segurança ao realizar qualquer procedimento nos quais exista o risco potencial de contaminação com
fluidos corporais.
III. As precauções específicas devem ser adotadas quando a doença possui algum modo de transmissão
específico, por exemplo: gotículas, aerossóis e contato, além da utilização das precauções padrão.

www.romulopassos.com.br 60
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

IV. Após a CCIH identificar que um paciente é portador de uma doença em fase transmissível, este
paciente passa a receber medidas especiais para o seu atendimento, que devem ser informadas aos
profissionais de saúde, ao paciente, visitantes e familiares.
Assinale a alternativa correta.
a) Apenas as afirmativas I e IV estão corretas.
b) Apenas as afirmativas II e III estão corretas.
c) Apenas as afirmativas I, II e III estão corretas.
d) Apenas a afirmativa I está correta.
e) As afirmativas I, II, III e IV estão corretas.
(STJ/CESPE/2018) Com relação a procedimentos técnicos em enfermagem, julgue o seguinte item.
02. Recomenda-se que um sistema de precauções padrão seja adotado por todos os profissionais de
saúde envolvidos na assistência aos pacientes atendidos, em instituições de saúde, independentemente
da doença inicialmente diagnosticada.
( ) Certo ( ) Errado
03. (Residência Multiprofissional em Saúde-UFRN/COMPERVE/2020) O modo de transmissão da
doença indica a precaução de isolamento a ser estabelecida para prevenir e controlar a sua
disseminação. No caso de suspeita da meningite meningocócica e da varicela, considerando as suas
formas de transmissão, devem ser indicadas, respectivamente, as seguintes medidas de precaução de
isolamento:
a) respiratório para gotícula; e respiratório para aerossol e de contato.
b) de contato; e respiratório para gotícula.
c) respiratório para aerossol; e respiratório para gotícula e de contato.
d) de contato; e respiratório para gotícula.
(EBSERH/CESPE/2018) Com relação à prevenção de infecção hospitalar, julgue os itens a seguir.
04. Paciente portador de doença infectocontagiosa de transmissão aérea, a exemplo da tuberculose em
qualquer sítio, da varicela ou do sarampo, deve ser mantido em ambiente com ventilação especial, com
pressão positiva e filtro.
( ) Certo ( ) Errado
05. (Residência Multiprofissional em Enfermagem/CEFETBAHIA/2019) O tipo de isolamento adotado
para determinada situação de risco infeccioso é definido logo que se sabe ou suspeita da forma de
transmissão: gotículas, contato e aérea. Assim, na situação hipotética de pessoa internada com queixa
de febre, cefaleia, vômitos e rigidez de nuca, a precaução empírica recomendada previne a transmissão
por _________________________.
A alternativa que preenche, corretamente, a lacuna do trecho acima é:
a) contato, apenas. b) contato e aérea. c) gotículas, apenas.
d) contato e gotículas. e) contato direto e indireto.

www.romulopassos.com.br 61
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Cateter Periférico
Professora Rebeca Rocha
(Instituto Hospitalar de Base-IHB-DF/CESPE/2018) No que se refere a procedimentos técnicos de
enfermagem, julgue os itens subsequentes.
01. A remoção do cateter periférico é indicada quando não há medicamentos endovenosos prescritos e
se esse cateter não tiver sido utilizado nas últimas vinte e quatro horas.
( ) Certo ( ) Errado
02. (Residência Multiprofissional-UFPR/COREMU/2019) A respeito das infecções da corrente sanguínea
(ICS) associadas a cateteres centrais, considere as seguintes afirmativas:
1. No Brasil, os principais agentes etiológicos são a Klebsiella pneunomiae e o Acinebacter spp., ambos
resistentes a carbapenêmicos.
2. A infecção da corrente sanguínea está relacionada ao aumento no número de dias de internação, o
que contribui para a diminuição no número de leitos ofertados no Sistema Único de Saúde.
3. As medidas preventivas para cateteres periféricos são: higienização das mãos, seleção do cateter e
sítio de inserção.
4. Os cateteres de maior calibre causam mais flebite e menor obstrução do fluxo sanguíneo, sendo que a
cada tentativa de punção deve ser utilizado um novo cateter.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente a afirmativa 3 é verdadeira.
b) Somente as afirmativas 1 e 4 são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.
e) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras.
03. (MARINHA/2019) Nas medidas relacionadas à prevenção de infecção de cateteres periféricos NÃO é
recomendado:
a) Uso de preparação alcoólica para as mãos (60% a 80%).
b) Escolha de cateteres de menor calibre.
c) Uso da metodologia de visualização para instalação de cateteres.
d) Limitar ao máximo de 4 as tentativas para punção periférica.
e) Avaliar o sítio de inserção a cada 48 horas.
04. (Prefeitura de Fortaleza-CE/IJF/IMPARH/2016) Dentre as infecções hospitalares, a infecção de
corrente sanguínea relacionada a cateteres (ICSRC) é uma definição clínica utilizada para o diagnóstico e
tratamento de pacientes e exige a realização de exames laboratoriais específicos e análise dos sinais e
sintomas para identificar se o cateter é a fonte de infecção. Assim, o enfermeiro, como membro da
equipe de saúde, precisa identificar situações que possam causar esse desfecho. Assinale o item correto,
que se refere aos critérios utilizados para a identificação da ICSRC.

www.romulopassos.com.br 62
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

a) Presença de uma ou mais hemoculturas positivas coletadas preferencialmente de sangue periférico


em que o patógeno não está relacionado com infecções de outros locais.
b) Paciente que apresente normotermia, oligúria, hipertensão em que os sintomas e sinais de ICRSC não
estejam relacionados a infecções por outros motivos.
c) Ocorre em pacientes com acesso venoso periférico que apresentam febre e hipertensão até 72 horas
após a sua retirada.
d) Pode ser verificada após uma hemocultura (em diferentes punções com intervalo máximo de 24
horas) que apresente contaminante comum de pele.
05. (Residência em Enfermagem-UERJ/CEPUERJ/2020)
omo cuidado para a manutenção do cateter central
de inserção periférica (PICC/CCIP), preconiza-se:
a) realizar troca pré-programada dos cateteres centrais, ou seja, substituí-los em virtude do tempo de
sua permanência.
b) utilizar solução antisséptica à base de polvidine, com movimentos aplicados de forma a gerar fricção
mecânica de 5 a 15 segundos.
c) avaliar, no mínimo uma vez ao dia, o sítio de inserção dos cateteres centrais, por inspeção visual e
palpação sobre o curativo intacto.
d) avaliar a necessidade da troca da cobertura com gaze e fita adesiva estéril a cada 24 horas e trocar a
cobertura estéril transparente a cada dois dias.
(EBSERH/CESPE/2018) Julgue os próximos itens a respeito da assistência de enfermagem na prevenção
e no controle de infecção hospitalar.
06. No cuidado específico com cateteres intravasculares, a higiene das mãos é recomendada antes e
após tocar o sítio de inserção do cateter, e também antes e após a inserção, remoção, manipulação ou
troca de curativo.
( ) Certo ( ) Errado
(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2018) À luz do Manual da Agência Nacional de Vigilância
Sanitária, que versa sobre medidas de prevenção contra infecção na assistência à saúde, julgue os
próximos itens, a respeito de manuseio seguro de cateteres venosos periféricos.
07. O preparo da pele para a punção e a inserção do cateter pode ser realizado com clorexidina a 0,5%,
iodopovidona (PVPI) alcoólico a 10% ou álcool 70%.
( ) Certo ( ) Errado
(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2019) Julgue o item seguinte, tendo como referência as
diretrizes e normas nacionais para prevenção e controle das infecções hospitalares.
08. Infecções em recém-nascidos adquiridas por via transplacentária e evidenciadas após o nascimento
são consideradas hospitalares.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 63
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

CME
Professora Rebeca Rocha
(Residência Multiprofissional em Saúde/SES-DF/IADES/2020)
01. Os produtos para a saúde utilizados nos procedimentos assistenciais pelas unidades consumidoras
são encaminhados ao CME, onde são processados seguindo um fluxo unidirecional: recepção de
materiais sujos, limpeza e secagem dos materiais, esterilização, preparo e acondicionamento,
distribuição, armazenamento de materiais esterilizados.
( ) Certo ( ) Errado
(TCE-PA/CESPE/2016) Julgue os itens subsequentes, relativos ao processamento de produtos para saúde
e a centros de material e esterilização (CME).
02. Profissionais que atuem diretamente no processamento de produtos para saúde devem receber
capacitação específica e periódica em conceitos básicos de microbiologia, entre outros temas.
( ) Certo ( ) Errado
03. (Prefeitura de Fortaleza-CE/IJF/IMPARH/2016) Para a prevenção da infecção hospitalar, o
enfermeiro deve reconhecer os padrões de limpeza e desinfecção de superfícies, visando à segurança do
paciente em serviço de saúde. Assim, a área destinada à realização de curativos é considerada:
a) área crítica e a limpeza deve ser realizada três vezes por dia, com data e horário preestabelecidos,
sempre que necessário.
b) área não crítica e a limpeza deve ser realizada uma vez por dia, com data e horário preestabelecidos,
sempre que necessário.
c) área semicrítica e a limpeza deve ser realizada duas vezes por dia, com data e horário
preestabelecidos, sempre que necessário.
d) área comum uma vez por dia, com data e horário preestabelecidos.
04. (EBSERH Nacional/IBFC/2020) Segundo os Artigos semi-críticos, assinale a alternativa correta.
a) São aqueles que entram em contato com mucosa e pele não íntegra do paciente ou com mucosas
íntegras e exigem desinfecção de médio ou alto nível ou esterilização.
b) O risco potencial de transmissão de infecção é alto, porque as membranas apresentam certa
resistência à entrada de esporos.
c) Alguns deles não necessitam de desinfecção e outros de desinfecção de nível intermediário.
d) Entram em contato com pele íntegra e superfícies. Risco de transmissão de infecção baixo.
e) Todos os semi críticos possuem alto risco de causar infecção. Estes requerem esterilização para
satisfazer os objetivos a que se propõem.
(STJ/CESPE/2018) Julgue os itens a seguir, acerca de classificação e processamento de artigos utilizados
nos serviços de saúde.
05. Máscaras para inaloterapia são consideradas artigos semicríticos e não devem ser submetidas à
esterilização por imersão química no formaldeído.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 64
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

06. (HCU-UFU/EBSERH/VUNESP/2020) Considere os aspectos relacionados ao processamento de


produtos para saúde e assinale a alternativa correta.
a) O enxágue final de produtos para saúde críticos, utilizados em cirurgias de implantes ortopédicos,
oftalmológicos, cirurgias cardíacas e neurológicas, deve ser realizado com soro fisiológico 0,9%.
b) A limpeza automatizada dos produtos para saúde dispensa a inspeção visual com o auxílio de lentes
intensificadoras de imagem.
c) Para a esterilização de produtos para a saúde é permitido o uso de embalagens de papel grau
cirúrgico, kraft e lâminas de alumínio, desde que utilizadas para a proteção do fio de instrumentos
cortantes.
d) O CME que utiliza embalagem de tecido de algodão deve possuir um plano com critérios de aquisição
e substituição do arsenal de embalagem de tecido, mantendo os registros desta movimentação.
e) O uso de estufas para a esterilização é permitido apenas para o instrumental cirúrgico que deve estar
acondicionado em caixa metálica com furos.
07. (Residência Multiprofissional/UFC/2020) Os produtos para saúde podem ser classificados em
críticos, semi-críticos e não críticos. Assinale a opção que apresenta relação correta.
a) Produtos para saúde semi-crítico não entram em contato com o paciente.
b) Produtos para saúde semi-críticos penetram a pele e mucosas adjacentes.
c) Produtos para saúde não críticos entram em contato com mucosas íntegras colonizadas.
d) Produtos para saúde críticos são utilizados em procedimentos invasivos com penetração de pele e
mucosas adjacentes, tecidos subepiteliais, e sistema vascular.
08. (Residência Multiprofissional/UFC/2020) De acordo com a resolução - RDC nº 15, de 15 de março
de 2012, os Centros de Material e Esterilização CME dividem-se em CME Classe I e Classe II. A CME
Classe I realiza o processamento de produtos para a saúde não-críticos, semicríticos e críticos de
conformação não complexa, passíveis de processamento. A CME II realiza o processamento de produtos
para a saúde não-críticos, semicríticos e críticos de conformação complexa e não complexa, passíveis de
processamento. Sobre o CME Classe I, assinale a opção correta.
a) Deve possuir barreira técnica entre o setor sujo e os setores limpos.
b) Realiza processamento de produtos para saúde que possuam lúmem inferior a cinco milímetros.
c) É obrigatória a separação física da área de recepção e limpeza dos produtos para saúde das demais
áreas.
d) O responsável pelo CME desta classe deve atuar exclusivamente nesta unidade durante sua jornada
de trabalho.
(Residência Multiprofissional em Saúde/SES-DF/2020) Um paciente de 70 anos de idade, com diabetes
melittus há 10 anos, em uso de metiformina = 1.000 mg/dia e IMC = 30 kg/ , realizou a intervenção
cirúrgica de prostatectomia total, com duração de oito horas, e está em pós-operatório imediato. Ao
exame de admissão na sala de recuperação pós-anestésica (SRPA) verificaram-se: PA = 132 mmHg x 84
mmHg, FR = 24 irpm, FC = 110 bpm, = 88%, ausculta pulmonar com roncos em ambas as bases,
presença de edema em MMII.
Com base nesse caso clínico e nos conhecimentos correlatos, julgue os itens a seguir.

www.romulopassos.com.br 65
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

09. O tipo de CME mais indicado para receber os materiais utilizados nesse procedimento cirúrgico é o
CME classe I.
( ) Certo ( ) Errado
10. (Residência Multiprofissional-UFPR/COREMU/2019) A respeito das atividades desenvolvidas pela
Central de Material e Esterilização, considere as seguintes afirmativas:
1. A limpeza e a remoção de sujidade visível como sangue, fluídos orgânicos e matéria inorgânica dos
objetos cirúrgicos e superfícies dos equipamentos devem ser realizadas de maneira manual ou
mecânica, podendo ser utilizada a imersão em água com detergentes enzimáticos.
2. A cavitação produz um vácuo que suga a sujidade para o líquido circulante no interior da lavadora.
3. O glutaraldeído é um composto de aldeído disponível em soluções ácidas ou alcalinas, agindo sobre
os microrganismos por meio da alquilação dos componentes celulares que alteram a síntese proteica de
DNA e RNA.
4. A desinfecção de alto nível, processo utilizado nos produtos para a saúde, elimina os tipos de
microrganismos patogênicos, entre eles os esporos bacterianos.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente a afirmativa 4 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.
e) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras.
11. (Residência Multiprofissional-UFPR/COREMU/2019) A respeito da esterilização e desinfecção de
material e equipamentos de uso na assistência à saúde na prevenção das IRAS, é correto afirmar:
a) Os processos de limpeza, desinfecção e esterilização, desde que realizados com infraestrutura e
equipamentos específicos, podem ser realizados por qualquer membro da equipe hospitalar.
b) A esterilização dos materiais e equipamentos utilizados na assistência à saúde é realizada em duas
etapas: por processamento químico ou por calor e distribuição dos materiais.
c) As IRAS causadas pela reutilização de dispositivos ou por procedimentos inadequados de
esterilização/descontaminação são as infecções do sítio cirúrgico, as hepatites virais (B e C) e o HIV.
d) A esterilização é o processo de destruição ou remoção de microrganismos nocivos à saúde e não
inclui a destruição dos esporos bacterianos.
e) A desinfecção é o processo de destruição ou remoção de microrganismos, inclusive os esporos
bacterianos.
12. (Residência Multiprofissional em Enfermagem/CEFETBAHIA/2019) Participar de comissão
________________________ constitui uma atividade desenvolvida pelo Enfermeiro no Centro de
Material e Esterilização (CME), visando a segurança do paciente.
A alternativa que preenche, corretamente, a lacuna do trecho acima é:
a) Participar de Comissão de Gestão de Leitos. b) Participar de Comissão de Terapia Intensiva.
c) Participar de Comissão de Arquivo Hospitalar.
d) Participar de Comissão com Banco de Sangue e Hemoderivados.
e) Participar de Comissão com Serviço de Controle de Infecção Hospitalar (SCIH).

www.romulopassos.com.br 66
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Esterilização
Professora Rebeca Rocha
01. (EBSERH Nacional/IBFC/2020) A Central de Material Esterilizado (CME) é uma unidade de apoio
técnico dentro do estabelecimento de saúde destinada a receber material considerado sujo e
contaminado, descontaminá-los, prepará-los e esterilizá-los, armazenando esses artigos para futura
distribuição, contribuindo com a promoção da assistência à saúde dos indivíduos. Com as CME
funcionando eficazmente, as taxas de mortalidades e de infecções hospitalares caem e resultados
positivos ficam bastante visíveis. Assinale a alternativa correta.
a) Os testes físicos de Bowie e Dick são realizados a cada 48 horas no primeiro ciclo de esterilização em
autoclave fria, indicando a eficácia do processo de esterilização por meio da mudança de sua coloração.
b) A descontaminação consiste na remoção da sujidade visível orgânica e inorgânica mediante o
uso da água, sabão e detergente neutro ou detergente enzimático em artigos e superfícies.
c) A esterilização é o processo de destruição de todos os microrganismos em sua forma vegetativa. Um
artigo é considerado estéril quando a probabilidade de sobrevivência dos microrganismos que o
contaminavam é menor do que 1:1.000.000.
d) A limpeza é a remoção dos microrganismos visualizados macroscopicamente e consiste na remoção
mediante o uso de antissépticos e desinfetantes nas superfícies.
e) De acordo com a RDC nº 50, a CME é uma área crítica por ser um ambiente onde existem riscos
aumentados de transmissão de infecção. Responsável pelo processamento dos materiais, como
instrumental e roupas cirúrgicas e a esterilização dos mesmos.
(EBSERH/CESPE/2018) Com relação à prevenção de infecção hospitalar, julgue o item a seguir.
02. Se uma criança internada com pneumonia necessita de nebulização, o nebulizador de pequeno
volume deverá ser enxaguado com água estéril, desinfetado e secado após cada uso, mesmo que venha
a ser reutilizado pelo mesmo paciente.
( ) Certo ( ) Errado
03. (Residência Multiprofissional em Enfermagem/CEFETBAHIA/2019) Para a segurança do paciente no
contexto hospitalar é necessário assegurar o processamento adequado dos produtos para saúde, ou
-limpeza, recepção, limpeza, secagem, avaliação da
integridade e da funcionalidade, preparo, desinfecção ou esterilização, armazenamento e distribuição
p.2).
Sobre as ações realizadas para o processamento dos produtos para saúde, analise as assertivas e
identifique com V as verdadeiras e com F as falsas.
( ) Desinfecção de alto nível é o processo físico ou químico que destrói a maioria dos microrganismos de
artigos semicríticos, inclusive micobactérias e fungos, exceto um número elevado de esporos
bacterianos;
( ) Desinfecção de nível intermediário é o processo físico ou químico que destrói microrganismos
patogênicos na forma vegetativa, micobactérias, a maioria dos vírus e dos fungos, de objetos
inanimados e superfícies

www.romulopassos.com.br 67
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

( ) Esterilização consiste remoção de sujidades orgânicas e inorgânicas, redução da carga microbiana


presente nos produtos para saúde, utilizando água, detergentes, produtos e acessórios de limpeza, por
meio de ação mecânica (manual ou automatizada), atuando em superfícies internas (lúmen) e externas,
de forma a tornar o produto seguro para manuseio.
A alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo, é:
a) V, V, F. b) V, F, V. c) F, V, V. d) F, V, F. e) F, F, V.
04. (MARINHA/2019) À destruição ou inativação de microorganismo patogênico ou não, situado fora do
organismo humano, matando ou não os esporos. Esse processo é denominado:
a) degermação. b) esterilização. c) desinfeção.
d) limpeza. e) antissepsia.
05. (Residência Multiprofissional em Enfermagem/CEFETBAHIA/2019) Para garantir a Segurança dos
pacientes no contexto hospitalar, é necessário prevenir a contaminação cruzada entre o ambiente sujo e
limpo. Na ausência de barreiras físicas entre o ambiente sujo e limpo, os profissionais de saúde adotam
um conjunto de medidas comportamentais denominado:
a) Pré-limpeza.
b) Barreira técnica.
c) Rastreabilidade.
d) Qualificação da instalação.
e) Controle de qualidade de processamento.
06. (EBSERH Nacional/IBFC/2020) Sobre esterilização, analise as afirmativas abaixo e dê valores
Verdadeiro (V) ou Falso (F).
( ) No processo realizado pela autoclave existe uma pressão externa, que auxilia na destruição dos
microrganismos.
( ) A esterilização com a autoclave está indicada para todo material resistente ao calor Úmido como
tecidos (aventais, campos cirúrgicos, campos fenestrados), materiais de borracha e de metal.
( ) A esterilização pela autoclave é contra indicada para materiais termossensíveis, como cateteres e
materiais de terapia respiratória.
( ) A estufa, apesar de estar em desuso, se enquadra na esterilização por calor úmido.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.
a) F, V, F, V. b) V, V, F, F. c) F, V, V, F. d) F, F, V, V. e) V, V, V, F.
07. (Residência em Enfermagem-UERJ/CEPUERJ/2020) O monitoramento do processo de esterilização
deve ser realizado em cada carga, em pacote teste desafio, com:
a) integrador químico (classes 5 ou 6).
b) integrador físico (classes 3 ou 4).
c) indicador biológico.
d) indicador neutro.

www.romulopassos.com.br 68
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

08. (Residência em Enfermagem-UERJ/CEPUERJ/2020) As Casas de Parto possuem locais específicos


para a esterilização de materiais utilizados pelos enfermeiros obstétricos nos procedimentos. Nessas
instituições, o processo de esterilização que oferece maior segurança é realizado por equipamentos
(autoclaves) que utilizam vapor saturado seco sob pressão em cinco fases. A admissão do vapor (contato
direto do vapor com os materiais) corresponde à fase:
a) 1. b) 2. c) 3. d) 4.
9. (Residência Multiprofissional-UFPR/COREMU/2019) O processo de esterilização pode ocorrer por
três métodos distintos: por calor seco, por calor úmido e por óxido de etileno. Sobre esses três
processos, considere as seguintes afirmativas:
1. A esterilização por calor seco é considerada inadequada, pois não há como garantir parâmetros para
esse tipo de esterilização.
2. A esterilização por calor úmido tem de ser validada por meio de testes termométricos para diferentes
tipos de cargas e avaliação do perfil de temperatura entre elas.
3. O óxido de etileno é um gás incolor inflamável e explosivo, utilizado na esterilização de materiais
sensíveis ao calor e umidade.
4. O óxido de etileno é absorvido por diversos materiais e equipamentos e por isso após a esterilização é
importante o ciclo de aeração.
Assinale a alternativa correta.
a) Somente a afirmativa 4 é verdadeira. b) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras.
e) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras.
(Residência Multiprofissional-HUB/CESPE/2018) Acerca do controle dos processos de esterilização em
um centro de material e esterilização (CME), julgue os itens seguintes.
10. Todos os pacotes ou a caixa de instrumental esterilizados devem ser externamente identificados
com um indicador químico do tipo I, que deverá ser examinado após a esterilização e antes da abertura
do invólucro para uso.
( ) Certo ( ) Errado
(Residência Multiprofissional-HUB/CESPE/2018) Acerca do controle dos processos de esterilização em
um centro de material e esterilização (CME), julgue os itens seguintes.
11. É obrigatório realizar, uma vez por semana, o teste de Bowie-Dick para avaliar o desempenho do
sistema de remoção de ar da estufa, que deverá estar vazia e pré-aquecida.
( ) Certo ( ) Errado
(Residência Multiprofissional-HUB/CESPE/2018) Acerca do controle dos processos de esterilização em
um centro de material e esterilização (CME), julgue os itens seguintes.
12. O monitoramento do processo de esterilização com indicador biológico deve ser feito a cada dez
dias e em pacote-desafio.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 69
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

CME RDC Nº 15
Professora Rebeca Rocha
01. (Editora BP) Conforme disposições da RDC nº 15/2012, julgue o item a seguir:
Produtos para saúde utilizados na assistência ventilatória e inaloterapia poderão ser submetidos à
desinfecção por métodos de imersão química líquida com a utilização de saneantes a base de aldeídos
( ) Certo ( ) Errado
02. (Editora BP) Conforme disposições da RDC nº 15/2012, julgue os itens a seguir:
Produtos para saúde classificados como não-críticos devem ser submetidos, no mínimo, ao processo de
desinfecção de baixo nível.
( ) Certo ( ) Errado
03. (Editora BP) Em relação aos conhecimentos de enfermagem na Central de Material e Esterilização
(CME) e a RDC nº 15/2012, para a descarga de secadoras e termodesinfetadoras e carga e descarga de
autoclaves é obrigatória a utilização de luvas de proteção térmica impermeável.
( ) Certo ( ) Errado
04. (Editora BP) O trabalhador do CME deve utilizar EPI para sua segurança. Na sala de recepção e
limpeza, o protetor facial não pode substituir o uso de máscara e óculos
( ) Certo ( ) Errado
05. (Editora BP) Em relação a RDC nº 15/2012, deve ser realizada somente a qualificação de instalação,
para os equipamentos utilizados na limpeza automatizada e na esterilização de produtos para saúde,
com periodicidade mínima anual.
( ) Certo ( ) Errado
06. (Editora BP) Sobre os equipamentos do CME, o enfermeiro deve saber que as leitoras de indicadores
biológicos e as seladoras térmicas devem ser calibradas, somente em caso de mau funcionamento
( ) Certo ( ) Errado
07. (Editora BP) A qualificação térmica e a calibração dos instrumentos de controle e medição dos
equipamentos de esterilização a vapor e termodesinfecção e as requalificações de operação devem ser
realizadas por laboratório capacitado, com periodicidade mínima anual.
( ) Certo ( ) Errado
08. (Editora BP) Sobre os equipamentos do CME, o enfermeiro deve saber que a área de
monitoramento da esterilização de produtos para saúde deve dispor de incubadoras de indicadores
físicos-químicos.
( ) Certo ( ) Errado
09. (Editora BP) O CME Classe I deve possuir, no mínimo, barreira técnica entre o setor sujo e os setores
limpos e sala de preparo e esterilização
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 70
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

10. (Editora BP) Para o CME Classe II e na empresa processadora é obrigatória a separação física da área
de recepção e limpeza dos produtos para saúde das demais áreas.
( ) Certo ( ) Errado
11. (Editora BP) Sobre as práticas e processamentos de produtos para saúde o enfermeiro deve saber
que a área para recepção dos produtos para saúde do CME Classe II deve estar localizada dentro da sala
de recepção e limpeza.
( ) Certo ( ) Errado
12. (Editora BP) Em relação aos conhecimentos de enfermagem na Central de Material e Esterilização
(CME) e a RDC nº 15/2012, a área para recepção deve dispor de pelo menos uma bancada com
dimensões que permitam a conferência dos materiais de forma a garantir a segurança do processo.
( ) Certo ( ) Errado
13. (Editora BP) Em relação aos conhecimentos de enfermagem na Central de Material e Esterilização
(CME) e a RDC nº 15/2012, a área para recepção deve possuir recipientes para descarte de materiais
perfurocortantes e de resíduo biológico.
( ) Certo ( ) Errado
14. (Editora BP) No CME Classe II, que recebe para processamento instrumental cirúrgico e produtos
consignados, deve existir uma área exclusiva, dimensionada de acordo com o volume de trabalho
desenvolvido, para recepção, conferência e devolução destes.
( ) Certo ( ) Errado
15. (Editora BP) Considerando os processos de limpeza dos produtos para saúde, o enfermeiro deve
saber que no CME Classe II e na empresa processadora, a limpeza de produtos para saúde com
conformações complexas deve ser precedida de limpeza manual e complementada por limpeza
automatizada em lavadora ultrassônica ou outro equipamento de eficiência comprovada.
( ) Certo ( ) Errado
16. (Editora BP) De acordo com a complexidade dos produtos para saúde, para aqueles cujo lúmen
tenha diâmetro interno superior a cinco milímetros é obrigatório que a fase automatizada da limpeza
seja feita em lavadora ultrassônica com conector para canulados e que utilize tecnologia de fluxo
intermitente.
( ) Certo ( ) Errado
17. (Editora BP) Para processos de limpeza dos produtos para saúde o CME Classe II e a empresa
processadora devem utilizar pistola de água sob pressão para limpeza manual de produtos com lúmen e
ar comprimido medicinal, gás inerte ou ar filtrado, seco e isento de óleo para secagem dos produtos.
( ) Certo ( ) Errado
18. (Editora BP) Para processos de limpeza dos produtos para saúde o CME Classe I deve dispor de ar
comprimido medicinal, gás inerte ou ar filtrado, seco e isento de óleo para secagem dos produtos.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 71
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

19. (Editora BP) De acordo com a inspeção, preparo e acondicionamento dos produtos para saúde, não
é permitido o uso de embalagens de papel kraft, papel toalha, papel manilha, papel jornal e lâminas de
alumínio, assim como as embalagens tipo envelope de plástico transparente não destinadas ao uso em
equipamentos de esterilização
( ) Certo ( ) Errado
20. (Editora BP) Considerando as normas de esterilização de produtos para saúde, o uso de caixas
metálicas sem furos para esterilização de produtos para saúde é permitido em situações emergenciais.
( ) Certo ( ) Errado
21. (Editora BP) Considerando os aspectos relacionados ao processamento de produtos para saúde, o
CME que utiliza embalagem de tecido de algodão, deve possuir um plano contendo critérios de
aquisição e substituição do arsenal de embalagem de tecido mantendo os registros desta
movimentação.
( ) Certo ( ) Errado
22. (Editora BP) Em relação aos conhecimentos de enfermagem na Central de Material e Esterilização
(CME) e a RDC nº 15/2012, um dos requisitos de boas práticas para o processamento de produtos para
saúde é usar embalagens de tecido de algodão cerzidas, desde que não haja presença de perfurações.
( ) Certo ( ) Errado
23. (Editora BP) Em relação à normatização da desinfecção química no CME, o transporte de produtos
para saúde submetidos à desinfecção de alto nível no CME deve ser feito em embalagem ou recipiente
aberto para que haja oxigenação.
( ) Certo ( ) Errado
24. (Editora BP) Em relação à normatização da desinfecção química, o CME deve realizar a
monitorização dos parâmetros indicadores de efetividade dos desinfetantes para artigo semicrítico,
como concentração, pH ou outros, no mínimo 1 vez ao dia, antes do início das atividades.
( ) Certo ( ) Errado
25. (Editora BP) Em relação à normatização da desinfecção química no CME, os parâmetros, inicial e
subsequentes, dos desinfetantes para artigo semicrítico, devem ser registrados e arquivados pelo prazo
mínimo de dez anos.
( ) Certo ( ) Errado
26. (Editora BP) Em relação aos conhecimentos de enfermagem na Central de Material e Esterilização
(CME) e a RDC nº 15/2012, é proibido o uso de autoclave gravitacional de capacidade superior a 100
litros.
( ) Certo ( ) Errado
27. (Editora BP) Em relação aos conhecimentos de enfermagem na Central de Material e Esterilização
(CME) e a RDC nº 15/2012, não é permitido o uso de estufas para a esterilização de produtos para a
saúde.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 72
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

28. (Editora BP) Considerando as disposições da ANVISA acerca da esterilização de produtos para a
saúde, é obrigatório a realização de teste para avaliar o desempenho do sistema de remoção de ar
(Bowie & Dick) da autoclave assistida por bomba de vácuo, no primeiro ciclo do dia.
( ) Certo ( ) Errado
29. (Editora BP) Em relação aos conhecimentos de enfermagem na Central de Material e Esterilização
(CME) e a RDC nº 15/2012, não é permitido à alteração dos parâmetros estabelecidos na qualificação de
operação e de desempenho de qualquer ciclo dos equipamentos de esterilização.
( ) Certo ( ) Errado
30. (Editora BP) Segundo a RDC nº15, de março de 2012 e os conhecimentos sobre Central de Material
Esterilizado CME, o ciclo de esterilização a vapor para uso imediato só pode ocorrer em caso de
urgência e emergência
( ) Certo ( ) Errado
31. (Editora BP) De acordo com a Resolução - RDC Nº 15, de 15 de março de 2012, o monitoramento do
processo de esterilização deve ser realizado em cada carga em pacote teste desafio com integradores
químicos (classes 5 ou 6), segundo rotina definida pelo próprio CME ou pela empresa processadora.
( ) Certo ( ) Errado
32. (Editora BP) Conforme as normas de esterilização de produtos para saúde, o monitoramento do
processo de esterilização com indicadores físicos deve ser registrado a cada ciclo de esterilização.
( ) Certo ( ) Errado
33. (Editora BP) Segundo a RDC nº15, de março de 2012, no monitoramento do processo de
esterilização dos produtos para saúde implantáveis deve ser adicionado um indicador biológico, a cada
carga.
( ) Certo ( ) Errado
34. (Editora BP) Segundo a RDC 15/2012, que dispõe sobre requisitos de boas práticas para o
processamento de produtos para saúde, A carga só deve ser liberada para utilização após leitura
positiva do indicador biológico.
( ) Certo ( ) Errado
35. (Editora BP) O monitoramento do processo de esterilização com indicador biológico deve ser feito
semanalmente, em pacote desafio disponível comercialmente ou construído pelo CME ou pela empresa
processadora, que deve ser posicionado no ponto de maior desafio ao processo de esterilização,
definido durante os estudos térmicos na qualificação de desempenho do equipamento de esterilização.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 73
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Biossegurança
Professora Rebeca Rocha
01. (EBSERH Nacional/IBFC/2020) A biossegurança é o conjunto de medidas e procedimentos técnicos
necessários para a manipulação de agentes e materiais biológicos, capaz de prevenir, reduzir, controlar
ou eliminar riscos inerentes às atividades que possam comprometer a saúde humana, animal e vegetal,
bem como o meio ambiente. Analise as afirmativas abaixo e dê valores Verdadeiro (V) ou Falso (F).
( ) As luvas são importantes aliadas a prática de segurança, na realização de procedimentos que
exponham o profissional de saúde ao contato com material biológico, por exemplo, durante a coleta de
exames laboratoriais, realização de curativos ou higiene corporal.
( ) Orienta-se a utilização de jalecos, aventais, macacões de manga longa, durante os procedimentos
com possibilidade de contato com material biológico, inclusive em superfícies contaminadas,
principalmente em unidades hospitalares.
( ) O calçado adequado deve proteger o dorso do pé, o calcâneo, proteção das pontas dos dedos e
soldados anti derrapantes.
( ) Recomenda-se a utilização de máscaras, protetores de barba, gorros, óculos de proteção, viseiras
durante a realização de procedimentos em que haja possibilidade de respingo de sangue e outros
fluidos corpóreos, nas mucosas da boca, nariz e olhos do profissional, além de impactos de objetos ou
exposição a raios artificiais ultravioleta.
( ) Em caso de acidentes de trabalho, por exemplo, com perfúro cortantes onde há exposição a agentes
biológicos patogênicos que incluem vírus, fungos, bactérias, deve-se notificar ao profissional
responsável. O acidentado deve ser encaminhado para avaliação médica, vigilância e tratamento
adequado.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência correta de cima para baixo.
a) V ,V, V, F, F. b) V, F, V, F, V. c) F, F, F, V, V.
d) F, V, F, V, V. e) V, V, V, V, V.
02. (HCU-UFU/EBSERH/VUNESP/2020) Após a análise das situações de risco e dos acidentes de trabalho
ocorridos com materiais perfurocortantes, a Comissão Gestora Multidisciplinar, da qual participam os
enfermeiros representantes da Central de Material e Esterilização, da Comissão de Controle de Infecção
Hospitalar e da direção de enfermagem, deve estabelecer as prioridades e propor medidas de controle
para a prevenção de acidentes com materiais perfurocortantes envolvendo as seguintes ações:
I. substituir o uso de agulhas e outros perfurocortantes quando for tecnicamente possível;
II. adotar controles de engenharia no ambiente;
III. adotar o uso de material perfurocortante com dispositivo de segurança, quando existente, disponível
e tecnicamente possível;
IV. mudanças na organização e nas práticas de trabalho.
A adoção dessas medidas de controle deve obedecer à seguinte hierarquia:
a) IV, III, II, I. b) I, II, III, IV. c) IV, I, III, II. d) III, I, IV, II. e) I, III, II, IV.

www.romulopassos.com.br 74
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

(Residência Multiprofissional em Saúde/SES-DF/2020) Biossegurança é um conjunto de medidas


voltadas para ações de prevenção, minimização ou eliminação de riscos inerentes às atividades de
pesquisa, produção, ensino, desenvolvimento tecnológico e prestação de serviços, que podem
comprometer a saúde do homem, dos animais e do meio ambiente ou a qualidade dos trabalhos
desenvolvidos. A respeito desse tema, julgue os itens a seguir.
03. Em biossegurança, classificação de risco é o termo que descreve os métodos de segurança que
devem ser utilizados na manipulação de agentes de risco no local onde estão sendo manejados ou
mantidos.
( ) Certo ( ) Errado
(Residência Multiprofissional em Saúde/SES-DF/2020) Biossegurança é um conjunto de medidas
voltadas para ações de prevenção, minimização ou eliminação de riscos inerentes às atividades de
pesquisa, produção, ensino, desenvolvimento tecnológico e prestação de serviços, que podem
comprometer a saúde do homem, dos animais e do meio ambiente ou a qualidade dos trabalhos
desenvolvidos. A respeito desse tema, julgue os itens a seguir.
04. Risco físico é qualquer fator que possa interferir nas características psicofisiológicas do trabalhador,
causando desconforto ou afetando a saúde dele, como por exemplo, postura inadequada, ritmo
excessivo de trabalho, levantamento e transporte manual de peso, estresse etc.
( ) Certo ( ) Errado
(Residência Multiprofissional em Saúde/SES-DF/2020) Biossegurança é um conjunto de medidas
voltadas para ações de prevenção, minimização ou eliminação de riscos inerentes às atividades de
pesquisa, produção, ensino, desenvolvimento tecnológico e prestação de serviços, que podem
comprometer a saúde do homem, dos animais e do meio ambiente ou a qualidade dos trabalhos
desenvolvidos. A respeito desse tema, julgue os itens a seguir.
05. O enfermeiro deve ter os seguintes cuidados com máscaras do tipo N95/PFF2: não guardar em
bolsos de jalecos, não dobrar, nem amassar. Guardá-las sempre em local seco, entre folhas de papel
absorvente.
( ) Certo ( ) Errado
(EBSERH/CESPE/2018) Julgue o próximo item, referente à biossegurança em saúde.
06. Os agentes biológicos, que podem causar danos à saúde do ser humano, distribuem-se em classes de
risco, que vão da classe 1 a 4, de menor risco até a de alto risco individual.
( ) Certo ( ) Errado
(Residência Multiprofissional em Saúde/SES-DF/2020) Biossegurança é um conjunto de medidas
voltadas para ações de prevenção, minimização ou eliminação de riscos inerentes às atividades de
pesquisa, produção, ensino, desenvolvimento tecnológico e prestação de serviços, que podem
comprometer a saúde do homem, dos animais e do meio ambiente ou a qualidade dos trabalhos
desenvolvidos. A respeito desse tema, julgue os itens a seguir.
07. As substâncias ou materiais demarcados com o pictograma
apresentado devem ser manipuladas com cuidado, pois ele indica tipo
de material inflamável.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 75
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Resíduos Sólidos em Saúde


Professora Rebeca Rocha
1. (Residência Multiprofissional/SES-SC/2019) Em relação ao gerenciamento dos resíduos perfuro

enfermeiro deve saber que:


I - As agulhas descartáveis devem ser retiradas manualmente e desprezadas separadamente das
seringas, sendo proibido reencapá-las.
II - as seringas e agulhas utilizadas na coleta laboratorial de amostra de paciente com infecção fúngica
devem ser, antes do descarte, submetidas a tratamento para a obtenção de redução da carga
microbiana.
III - O armazenamento temporário, o transporte interno e o armazenamento externo destes resíduos
podem ser feitos nos mesmos recipientes utilizados para o Grupo A.
IV - Os recipientes para descarte devem ser rígidos e resistentes à punctura e, quando reaproveitados,
os mesmos deverão ser esvaziados quando atingirem 1/3 da sua capacidade.
Qual alternativa correta:
a) I.
b) II.
c) III.
d) IV.
2. (Residência Multiprofissional-UFJF/COPESE/2020) De acordo com a Resolução RDC nº 15, de 15 de
março de 2012, que dispõe sobre requisitos de boas práticas para o processamento de produtos para
saúde e dá outras providências, é CORRETO afirmar sobre o uso de equipamentos de proteção
individual:
a) É obrigatório o uso de óculos de proteção, máscara e protetor auricular na recepção.
b) A equipe de limpeza deverá usar exclusivamente óculos de proteção, luvas de procedimento,
máscara, avental impermeável e calçado fechado antiderrapante.
c) É obrigatório para a equipe de preparo e acondicionamento de material o uso de máscara, luvas,
avental impermeável e calçado fechado.
d) O uso de equipamentos de proteção individual é o mesmo independente da área/sala de atuação.
e) A equipe de desinfecção química deverá usar Óculos de Proteção, máscara, luvas de borracha de cano
longo e calçado fechado impermeável e antiderrapante.
3. (Residência Multiprofissional-UFJF/COPESE/2020) De acordo com a resolução RDC nº 15/2012 que
dispõe sobre requisitos de boas práticas para o processamento de produtos para saúde é CORRETO
afirmar:
a) É considerado barreira técnica o conjunto de medidas comportamentais dos profissionais de saúde
visando à prevenção de contaminação cruzada entre o ambiente sujo e o ambiente limpo, na ausência
de barreiras físicas.

www.romulopassos.com.br 76
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

b) Produtos para saúde considerados semi-críticos são produtos que entram em contato com pele
íntegra ou não entram em contato com o paciente.
c) Desinfecção de alto nível é o processo físico que destrói a maioria dos microrganismos de artigos
semi-críticos, inclusive um número elevado de esporos bacterianos.
d) Produtos para saúde passíveis de processamento são aqueles produtos que entram em contato com
pele íntegra ou não entram em contato com o paciente.
e) Desde o inicio o estabelecimento da resolução em 2012 agulhas podem ser reprocessadas desde que
seja realizado esterilização de alto nível.
4. (EBSERH Nacional/IBFC/2020) Os serviços de saúde produzem uma vasta quantidade de resíduos. É
fundamental que haja um plano de gestão desses resíduos para a diminuição do impacto ambiental e
melhoria na saúde da população de modo geral, além da conscientização da equipe de saúde sobre o
manejo, condicionamento e correto descarte com os dejetos. Analise as alternativas a seguir e assinale a
incorreta.
a) Os resíduos com presença de agentes biológicos que, por suas características de maior virulência ou
concentração, podem apresentar risco de infecção. O acondicionamento deve ser em saco branco
leitoso, resistente, impermeável e estar de acordo com a NBR-919115.
b) Os quimioterápicos, imunoterápicos, antimicrobianos e hormônios e demais medicamentos vencidos,
alterados, interditados ou impróprios para o consumo devem ser descartados como resíduos
infectantes, como prevê o parágrafo 1º do artigo 13º da Resolução nº 28311.
c) Resíduos comuns são todos os resíduos que não necessitam de processos diferenciados, por exemplo:
luvas, algodão, gazes, compressas, equipo de soro e outros similares, que tenham tido contato ou não
com sangue, tecidos ou fluidos orgânicos não contaminados.
d) Os perfuro-cortantes devem ser descartados em separado, num recipiente rígido, resistente à
ruptura, punctura e ao vazamento, ter tampa e estar de acordo com a norma ABNT NBR385316. As
seringas com suas agulhas devem ser desprezadas, sendo proibido o reencapamento das agulhas.
e) São considerados resíduos radioativos quaisquer materiais resultantes de atividades humanas que
contenham radionuclídeos em quantidades superiores aos limites de isenção especificados na norma
CNEN-NE-6.0219.
5. (Residência Multiprofissional-UFG/COREMU/2020) A RDC nº 222/2018 dispõe sobre os requisitos de
boas práticas de gerenciamento dos resíduos de serviços de saúde. Nela, um conjunto de
procedimentos de gestão, planejados e implementados a partir de bases científicas, técnicas,
normativas e legais, devem ter o objetivo de minimizar a geração de resíduos e proporcionar um
encaminhamento seguro, de forma eficiente, visando à proteção dos trabalhadores e à preservação da
saúde pública, dos recursos naturais e do meio ambiente. Das etapas do manejo de resíduos, a primeira
delas, e que determina as demais etapas, é:
a) a segregação. b) a identificação. c) o acondicionamento. d) o armazenamento temporário.
6. (Residência em Enfermagem-UERJ/CEPUERJ/2020)

deve estar em conformidade com as definições estabelecidas pela ANVISA e pela resolução nº
358/2005, do Conama, que dispõe sobre o tratamento e a disposição final dos resíduos dos serviços de
saúde (RSS). Assim sendo, as fases do manejo desses resíduos, respectivamente, são:

www.romulopassos.com.br 77
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

a) segregação, acondicionamento, identificação, transporte interno, readaptação, armazenamento


externo, coleta e transporte externos e disposição final.
b) segregação, acondicionamento, identificação, transporte interno, lavagem do material, tratamento,
coleta e transporte externos e disposição final.
c) acondicionamento, identificação, distribuição, armazenamento temporário, tratamento,
armazenamento externo, coleta e transporte externos e disposição final
d) segregação, acondicionamento, identificação, transporte interno, armazenamento temporário,
tratamento, armazenamento externo, coleta e transporte externos e disposição final.
(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2019) Julgue os itens a seguir, com base nas normativas
nacionais acerca do gerenciamento de resíduos nos serviços de saúde e nos centros de material e
esterilização.
7. O enfermeiro que atua temporariamente em um hospital tem a obrigação de conhecer o sistema
adotado pela instituição, quanto ao gerenciamento de resíduos.
( ) Certo ( ) Errado
(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2019) Julgue os itens a seguir, com base nas normativas
nacionais acerca do gerenciamento de resíduos nos serviços de saúde e nos centros de material e
esterilização.
8. Um hospital deve ter um plano de medidas preventivas e corretivas de controle de insetos e de
roedores, ainda que tais medidas não façam parte de seu plano de gerenciamento de resíduos de
serviços de saúde.
( ) Certo ( ) Errado
(Residência Multiprofissional/HUB/CESPE/2019) Julgue os itens a seguir, com base nas normativas
nacionais acerca do gerenciamento de resíduos nos serviços de saúde e nos centros de material e
esterilização.
9. Nos serviços de saúde que devem constituir comitê de processamento de produtos para saúde, a
legislação exige que no mínimo um representante do serviço de enfermagem componha tal comitê.
( ) Certo ( ) Errado
10. (Residência Multiprofissional-UFPR/COREMU/2019) Sobre o gerenciamento dos resíduos, é correto
afirmar:
a) Os resíduos do Grupo A1 contêm na sua formulação microrganismos vivos ou atenuados, incluindo
frascos de vacinas com prazo de validade expirado, vazios ou com sobras de vacinas, agulhas e seringas
utilizadas.
b) Resíduos do Grupo D são caracterizados por não apresentarem risco biológico, químico ou radiológico
à saúde ou ao meio ambiente, não havendo produção desses resíduos na sala de vacinação.
c) O manejo dos resíduos produzidos na sala de vacinação segue as fases de segregação,
acondicionamento, identificação, transporte interno, armazenamento temporário, tratamento,
armazenamento externo, coleta e transporte externos e disposição final, que são de responsabilidade
da equipe de limpeza da unidade de saúde.

www.romulopassos.com.br 78
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

d) Deve-se acondicionar em caixas coletoras de material perfurocortante os resíduos perfurantes com


risco de acidente (seringas e agulhas usadas), sendo que os frascos vazios de imunobiológicos podem
ser esterilizados e reaproveitados.
e) Os resíduos provenientes de campanhas e de vacinação extramuros, enquadrados na classificação do
Grupo A1, devem ser submetidos ao tratamento nos locais de geração, acondicionados em caixas
coletoras de materiais perfurocortantes.
11. (MARINHA/2019) Os frascos de vacina com prazo de validade expirado são classificados como
resíduos de saúde do grupo:
a) A1.
b) A2.
c) A3.
d) A4.
e) A5.
12. (MARINHA/2019) De acordo com a RDC nº 222/2018, os materiais perfurocortantes devem ser
descartados em recipientes identificados, rígidos, providos com tampa, resistentes à punctura, ruptura e
vazamento. A qual grupo dos resíduos de saúde os materiais perfurocortantes pertencem?
a) Grupo D. b) Grupo E. c) Grupo À. d) Grupo B. e) Grupo C.
13. (MARINHA/2019) De acordo com a RDC ANVISA Nº 306/04 e Resolução CONAMA Nº 358, os
resíduos de serviços de saúde são classificados em cinco grupos: A, B, C D e E. Assinale a opção abaixo
na qual as bolsas transfusionais com resíduo inferior a 10 ml estão incluídas.
a) Grupo A. b) Grupo B. c) Grupo C. d) Grupo D. e) Grupo E.

www.romulopassos.com.br 79
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

www.romulopassos.com.br 80
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

UTI
Profª. Joandra Marques
1. (EBSERH/HUGG-UNIRIO/2017) O capitulo III, que trata dos requisitos específicos para unidades de
terapia intensiva para adultos, da RDC 7 de 24/02/2010, relata em seu artigo 56 que, entre os recursos
materiais necessários, devem estar disponíveis, para uso exclusivo da UTI Adulto, materiais e
equipamentos de acordo com a faixa etária e o biótipo do paciente. Dessa forma, cada leito de UTI
Adulto deve possuir, no mínimo, os equipamentos e materiais abaixo descritos. Assinale a alternativa
incorreta.
a) Cama hospitalar com ajuste de posição, grades laterais e rodízios.
b) Equipamento para ressuscitação manual do tipo balão auto inflável, com reservatório e máscara
facial, sendo um por leito, com reserva operacional de um para cada dois leitos.
c) Foco auxiliar.
d) Estetoscópio e fita métrica.

reserva operacional de um para cada três leitos.


2. (Residência Multiprofissional/FUNDEP/2020) A Resolução nº 7, de 24 de fevereiro de 2010, dispõe
sobre os requisitos mínimos para funcionamento de Unidades de Terapia Intensiva e dá outras
providências. A esse respeito, analise as afirmativas a seguir.
I. A evolução do estado clínico, as intercorrências e os cuidados prestados devem ser registrados pelas
equipes médica, de enfermagem e de fisioterapia no prontuário do paciente, em cada turno, atendendo
as regulamentações dos respectivos conselhos de classe profissional e normas institucionais.
II. As assistências farmacêutica, psicológica, fonoaudiológica, social, odontológica, nutricional, de terapia
nutricional enteral e parenteral e de terapia ocupacional devem estar integradas às demais atividades
assistenciais prestadas ao paciente, sendo discutidas conjuntamente pela equipe multiprofissional.
III. Todo paciente grave deve ser transportado com o acompanhamento contínuo, no mínimo, de um
médico e de um enfermeiro, ambos com habilidade comprovada para o atendimento de urgência e
emergência.
IV. O responsável técnico e os coordenadores de enfermagem e de fisioterapia devem estimular a
adesão às práticas de higienização das mãos pelos profissionais e visitantes.
V. A equipe da UTI deve proceder ao uso racional de antimicrobianos, estabelecendo normas e rotinas
de forma interdisciplinar e em conjunto com a Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH),
Farmácia Hospitalar e Laboratório de Microbiologia.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
a) Todas as afirmativas são incorretas.
b) Todas as afirmativas são corretas.
c) Apenas as afirmativas IV e V são corretas.
d) Somente a alternativa IV é incorreta.

www.romulopassos.com.br 81
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

3. (Questão Inédita/Editora BP/2020) A Resolução - RDC nº 26, de 11 de maio de 2012, altera a


Resolução RDC nº. 07, de 24 de fevereiro de 2010, que dispõe sobre os requisitos mínimos para
funcionamento de Unidades de Terapia Intensiva e dá outras providências. De acordo com esta RDC o
dimensionamento de profissionais assistenciais de nível superior por leitos ficaram:
I. Enfermeiros assistenciais: no mínimo 01 para cada 10 leitos ou fração, em cada turno; (NR).
II. Técnicos de enfermagem: no mínimo 01 para cada 02 leitos em cada turno; (NR).
III. Enfermeiros assistenciais: no mínimo 01 para cada 5 leitos ou fração, em cada turno; (NR).
IV. Enfermeiro assistencial no mínimo 1 para cada 8 leitos por turnos.
Nesse contexto, pode-se afirmar:
a) Todas as afirmativas são incorretas.
b) Todas as afirmativas são corretas.
c) Apenas as afirmativas I e II são corretas.
d) Somente a alternativa IV é incorreta.
4. (EBSERH/HU-UFJF/AOCP/2015) Sobre a estrutura física da UTI, nos termos da resolução anvisa
n°50/202, a lavagem das mãos deve ser realizada exclusivamente no lavatório. Em relação ao assunto, é
correto afirmar que
a) deve existir um lavatório a cada 5 leitos de não isolamento.
b) deve existir um lavatório a cada 2 leitos de não isolamento.
c) deve existir um lavatório a cada 4 leitos de não isolamento.
d) deve existir um lavatório a cada 3 leitos de não isolamento.
e) não deve existir nenhum lavatório na UTI.
5. (EBSERH Nacional/AOCP/2015) Sobre a estrutura física da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), nos
termos da Resolução ANVISA nº 50/2002, é correto afirmar que
a) o posto de enfermagem deve estar instalado de forma a permitir observação visual direta ou
eletrônica dos leitos.
b) deve existir no mínimo um sanitário para ser compartilhado entre o público e os funcionários.
c) todo leito deve, obrigatoriamente, possuir um sanitário para uso do paciente.
d) é obrigatória a existência de sala de espera para acompanhantes e visitantes anexo à UTI.
e) a sala de espera deve ser exclusiva da UTI, não sendo permitido compartilhamento com outros
setores.

www.romulopassos.com.br 82
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Pressão Intracraniana (PIC)


Profª. Joandra Marques
1. (IDECAN/CBMDF/2017) A pressão intracraniana reflete a relação entre o conteúdo da caixa craniana
(cérebro, líquido cefalorraquidiano e sangue) e o volume do crânio, que pode ser considerado
constante. O reflexo de Cushing representa uma resposta vasomotora a episódios de isquemia cerebral,
resultantes da elevação aguda da pressão intracraniana (PIC). São considerados sinais de elevação
rápida da pressão intracraniana, que frequentemente ocasionam herniações cerebrais e óbito:
a) Cefaleia, taquicardia e edema de papila;
b) Taquicardia, hipotensão arterial e bradipneia;
c) Bradicardia, arritmia respiratória e hipertensão arterial;
d) Alteração da consciência, hipotensão arterial e taquipneia.
2. (IF-SP/FUNDEP/2014) O paciente com uma lesão cranioencefálica está em risco de complicações
como, por exemplo, o aumento da pressão intracraniana. Considerando os cuidados para o controle da
pressão intracraniana em pacientes com lesões cerebrais graves, assinale a alternativa INCORRETA:
a) Manter a cabeça e o pescoço do paciente em alinhamento neutro, sem flexionar o pescoço.
b) Manter a temperatura corporal do paciente elevada com relação aos parâmetros normais fisiológicos,
por meio do uso de cobertores e agasalhos.
c) Evitar estímulos dolorosos, como aspiração excessiva e procedimentos dolorosos.
d) Elevar a cabeceira do leito quando prescrito.
3. (UFS/EBSERH/AOCP/2017) No atendimento à vítima politraumatizada, pode acontecer traumatismo
cranioencefálico e é comum a ocorrência de hipertensão intracraniana. Com o objetivo de evitar o
aumento dessa pressão, o diurético que provoca elevação aguda da osmolaridade sanguínea e que
deverá ser prescrito pelo médico e administrado pela Enfermagem é:
a) indapamida; b) furosemida; c) espironolactona; d) manitol; e) hidroclorotiazida.
4. (Residência Multiprofissional em Saúde/UNIRIO/2016) A pressão intracraniana (PIC) aumentada é
uma síndrome que afeta muitos pacientes com condições neurológicas agudas, porque as condições
patológicas modificam a relação entre o volume e a pressão intracranianos. A ação de enfermagem
INADEQUADA para melhorar a perfusão do tecido cerebral em pacientes com PIC aumentada é a
seguinte:
a) A flexão extrema do quadril deve ser evitada, devido ao aumento das pressões intra-abdominal e
intratorácica.
b) A manobra de Valsalva, que deve ser estimulada para minimizar o aumento da PIC.
c) A cabeça do paciente deve ser mantida em uma posição neutra (linha média).
d) A cabeça do paciente deve ser mantida com uma elevação discreta.
e) A rotação extrema e a flexão do pescoço devem ser evitadas.

www.romulopassos.com.br 83
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

5. (Prefeitura de Gurinhém-PB/CPCON/UEPB/2020) Analise as proposições abaixo, que tratam das


alterações na pressão intracraniana (PIC).
I - Das intervenções de enfermagem na hipertensão intracraniana, além de outros cuidados, inclusive
seguir com rigor a prescrição médica e de enfermagem, controle hídrico rigoroso, acompanhamento
alimentar, controle de temperatura.
II - O controle hídrico rigoroso é um cuidado para hipertensão arterial sistêmica e não para hipertensão
intracraniana.
III - As complicações da PIC aumentada incluem, dentre outras, diabetes insípido e síndrome de secreção
de hormônio antidiurético (SIADH).
Sobre o conhecimento do enfermeiro a respeito das alterações da PIC, assinale a alternativa CORRETA.
a) I e III apenas; b) II e III apenas; c) I, II e III; d) III apenas; e) II apenas.
6. (Residências Multiprofissional em Saúde/UESPI/2020) Os distúrbios relacionados ao sistema nervoso
central e ao sistema nervoso periférico são potencialmente letais e causam deficiências neurológicas
permanentes, se não forem detectados precocemente e assistidos com critério. Em relação à
hipertensão intracraniana, assinale a alternativa CORRETA.
a) Muitas condições produzem a hipertensão intracraniana como o traumatismo cranioencefálico, os
tumores cerebrais, porém os distúrbios infecciosos, como a encefalite, não desencadeiam tal
patologia.
b) À medida que a pressão aumenta, o fluxo sanguíneo cerebral diminui e ocorre um aumento do nível
de dióxido de carbono no sangue e diminuição do pH sanguíneo. Isso acarreta edema encefálico e
aumento da pressão intracraniana.
c) Os principais sinais da hipertensão intracraniana são alteração do nível de consciência, cefaleia,
vômito, pupilas anisocóricas, mas não se observam sinais de papiledema, que é apenas característica de
alteração ocular.
d) Diante das alterações da PIC, observamos a tríade de Cushing, que é o aumento da frequência
cardíaca, diminuição da pressão arterial e a diminuição do pulso. Geralmente o paciente apresenta
respiração de Cheyne-Stokes.
e) As reações de decorticação e de descerebração ocorrem, apenas, quando a pressão intracraniana
encontra-se diminuída. A hipertermia persistente é causada pelo funcionamento alterado do
hipotálamo.
7. (Residência Multiprofissional-UFG/COREMU/2020) O aumento da pressão intracraniana (PIC) afeta
muitos pacientes com distúrbios neurológicos agudos. À medida que a PIC se eleva, mecanismos
compensatórios no cérebro funcionam para manter o fluxo sanguíneo e evitar danos teciduais, mas, em
certo ponto, a capacidade de autorregulação do cérebro torna-se ineficaz e a descompensação tem
início. Quando isso ocorre, o paciente exibe alterações significativas, uma delas sendo a tríade de
Cushing, um sinal grave que tem como características, além da irregularidade respiratória:
a) a hipotensão e a agitação.
b) a hipotensão e a taquicardia.
c) a hipertensão e a bradicardia.
d) a hipertensão e a agitação.

www.romulopassos.com.br 84
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

8. (EBSEH/CESPE/2018) No que se refere à avaliação neurológica do paciente em cuidados intensivos,


julgue os itens subsequentes.
A aspiração de secreções orotraqueais pode provocar a elevação dos valores da pressão intracraniana
( ) Certo ( ) Errado
9. (EBSEH/CESPE/2018) No que se refere à avaliação neurológica do paciente em cuidados intensivos,
julgue os itens subsequentes.
A presença de ar ou bolhas no sistema de monitoração não interfere na leitura da pressão intracraniana.
( ) Certo ( ) Errado
10. (EBSEH/CESPE/2018) No que se refere à avaliação neurológica do paciente em cuidados intensivos,
julgue os itens subsequentes.
Não existe possibilidade de colonização bacteriana quando o cateter de monitoração intracraniana está
inserido no tecido intraparenquimatoso.
( ) Certo ( ) Errado
11. (UFRN/IDECAN/2016) O cateter venoso central de inserção periférica (PICC) é um dispositivo de
acesso vascular inserido perifericamente indicado para pacientes em uso de terapia intravenosa com
drogas vasoativas, nutrição parenteral prolongada, antibioticoterapia, infusões hipertônicas, entre
outras. Tem sido utilizado em unidades neonatais com frequência cada vez maior. No caso de inserção
no membro superior, a posição ideal da ponta do cateter, se posicionado em nível central, é quando
estiver localizado:
a) Na veia axilar.
b) No terço distal da veia cava inferior.
c) No terço distal da veia cava superior.
d) No terço proximal da veia cava superior.
12. (Residências Multiprofissional em Saúde/UERJ/2020)

central de inserção periférica (PICC/CCIP), preconiza-se:


a) realizar troca pré-programada dos cateteres centrais, ou seja, substituí-los em virtude do tempo de
sua permanência.
b) utilizar solução antisséptica à base de polvidine, com movimentos aplicados de forma a gerar fricção
mecânica de 5 a 15 segundos.
c) avaliar, no mínimo uma vez ao dia, o sítio de inserção dos cateteres centrais, por inspeção visual e
palpação sobre o curativo intacto.
d) avaliar a necessidade da troca da cobertura com gaze e fita adesiva estéril a cada 24 horas e trocar a
cobertura estéril transparente a cada dois dias.

www.romulopassos.com.br 85
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Pressão Venosa Central (PVC)


Professora Joandra Marques
1. (SES-PE/AOCP/2018) A respeito da medida da pressão venosa central (PVC), é correto afirmar que
a) a PVC também é chamada de pressão do átrio esquerdo.
b) é a avaliação da função ventricular esquerda e a pressão de retorno do sangue ao lado esquerdo do
coração.
c) os valores de PVC variam de 12 a 15 mmHg para pacientes em ventilação mecânica.
d) a medida da PVC é contraindicada em situação em que ocorra alteração do volume de líquido
circulante.
e) os valores normais de PVC variam de 5 a 20 mmHg para pacientes em ventilação espontânea.
2. (SES-PE/AOCP/2018) A Pressão Venosa Central é um dado extremamente útil na avaliação das
condições cardiocirculatórias de pacientes em estado crítico, para achar o ponto de referência zero que
se mede na linha
a) torácica.
b) abdominal.
c) umbilical.
d) abaixo da região cerebral.
e) axilar média.
3. (UPA-CS/FUNDEP/2018) Considerando a técnica de mensuração da pressão venosa central (PVC),
assinale a alternativa incorreta.
a) A mensuração da PVC é realizada por meio de um cateter posicionado dentro da veia cava superior,
que pode ser conectado diretamente a uma coluna de água ou transdutores eletrônicos de pressão,
sendo o último método considerado mais preciso.
b) O zero da régua na coluna de água ou o transdutor deve ser colocado ao nível da linha axilar média do
paciente.
c) Os valores de PVC diminuídos indicam estado hipervolêmico, confirmado pelo aumento da pressão
venosa central após terapia com diuréticos.
d) A PVC deve ser interpretada em conjunto com outras variáveis clínicas, como ausculta do murmúrio
vesicular, frequência cardíaca e respiratória e débito urinário.
4. (EBSERH/CESPE/2018) Acerca de monitorização cardíaca e sistematização da assistência de
enfermagem, julgue o item subsequente.
A pressão venosa central (PVC) é uma aferição da pressão na veia cava ou no átrio esquerdo.
( ) Certo ( ) Errado
5. (Prefeitura de Pombos-PE/UPENET-IAUPE/2017) Pressão venosa central (PVC) é um dos métodos
utilizados para monitorização hemodinâmica. Sobre esse método, leia as afirmações abaixo e coloque V
para as Verdadeiras e F para as Falsas.

www.romulopassos.com.br 86
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

( ) A mensuração da PVC deve ser realizada quando houver dúvida sobre o estado volêmico, de tal
forma que a correção interfira na terapêutica do paciente.
( ) A mensuração da PVC está indicada apenas nos pacientes submetidos a cirurgias de grande porte e
sepse grave.
( ) Os riscos para o paciente, na verificação da PVC, estão relacionados ao cateter utilizado. As possíveis
complicações podem ser infecciosas ou não infecciosas, podendo ocorrer durante a inserção ou na
manutenção do dispositivo utilizado.
( ) A medida da PVC por meio da coluna de água é menos precisa que a eletrônica contínua com a
utilização de transdutores de pressão.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA.
a) V F F V b) F F V F c) V V V V d) V F F F e) V F V V
6. (HU-UFJF/EBSERH/AOCP/2015) Preencha a lacuna e assinale a alternativa correta. A mensuração da
PVC (pressão venosa central) deve ser feita com manômetro graduado em cm de água, ou através de
transdutores calibrados em escala de 0 a 40 mmHg. O ponto zero de referência é na linha
____________.
a) abdominal
b) apêndice xifoide
c) torácica
d) axilar média
e) hemiclavicular.
7. (Aeronáutica/2016) Qual a manobra que aumenta a pressão intratorácica e reduz o risco de embolia
gasosa no momento da retirada do cateter venoso central?
a) Leopold;
b) Valsalva;
c) Blumberg
d) Heimlich.
8. (FUNDEP/2014) A cateterização venosa profunda é indicada para nutrição parenteral total, medida de
pressão venosa central (PVC), administração de drogas vasoativas e terapêutica medicamentosa
prolongada. A Enfermagem atua na manutenção e no cuidado desse dispositivo. Assinale a alternativa
FALSA.
a) Cabe ao enfermeiro retirar o cateter central o mais cedo possível, com o objetivo de prevenir
infecções.
b) Cabe ao enfermeiro, no caso de mensuração da PVC, certificar-se de que a ponta distal do cateter
está no ventrículo direito.
c) Cabe ao enfermeiro fazer e avaliar o curativo de acesso venoso central.
d) Cabe ao enfermeiro observar a fixação do cateter, a perviabilidade, o sangramento e os sinais de
infecção.

www.romulopassos.com.br 87
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

9. (EBSERH-HUAP-UFF/IBFC/2016) Considerando que a pressão venosa central (PVC) é muito utilizada


na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), leia as frases abaixo e assinale a alternativa correta.
I - A PVC consiste na pressão de enchimento do lado esquerdo do coração, ou na pré-carga do ventrículo
esquerdo e reflete a pressão diastólica final do ventrículo esquerdo na ausência de lesão valvar
tricúspide.
II - A PVC deve ser mensurada nos casos de hipotensão sem resposta ao tratamento clínico, hipovolemia
e necessidade de drogas inotrópicas.
III - A PVC é um parâmetro que indica a função cardíaca esquerda na ausência de disfunção
cardiopulmonar, o tônus vascular do paciente e sua resposta ao tratamento e o estado de hidratação.
IV - A PVC é monitorizada continuamente por meio de um cateter venoso central inserido comumente
pela veia subclávia, jugular interna ou jugular externa, que desemboca na veia cava superior, sendo
conectado a um sistema transdutor de pressão.
a) As frases I e III estão corretas.
b) As frases I, II, III e IV estão corretas.
c) As frases II e IV estão corretas.
d) As frases I e IV estão corretas.
e) Apenas a frase II está correta.
10. (Prefeitura de Boa Vista-RR/STRATEGIC/2020) A pressão venosa central (PVC) é uma medida
amplamente utilizada na terapia intensiva. Entretanto, para avaliar a volemia e a função cardíaca de
pacientes graves, deverá ser associada a outros parâmetros clínicos e hemodinâmicos. Sobre as
características das ondas de PVC no monitor, é correto afirmar que a onda:
a) Y significa o enchimento do átrio esquerdo.
b) E significa o esvaziamento dos ventrículos.
c) U significa contração atrial sinusal direito.
d) V significa o enchimento do átrio direito.

Pressão Arterial Invasiva (PAI)


Professora Joandra Marques
1. (TCE-SE/FGV/2015) Com base nos cuidados gerais dispensados ao paciente com monitorização da
pressão arterial invasiva (PAI), analise as afirmativas a seguir:
I - A realização da manobra de Allen possibilita comparar a amplitude de pulso e a dominância ou
oclusão das artérias radial e ulnar.
II -
III - O esvaziamento da solução salina no interior da bolsa pressórica é importante para manter a curva
normal e direcionar a terapêutica adequada.
Está correto somente o que se afirma em:
a) I; b) II; c) III; d) I e II; e) II e III.

www.romulopassos.com.br 88
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

2. (EBSERH Nacional/AOCP/2016) Paciente, 5 anos, com história clínica de cardiopatia congênita,


apresenta apatia e fadiga, cianose periférica, comprometimento hemodinâmico, oligúria e precórdio
hipoativo, evidenciando sinais de baixo débito e choque. Sem melhora após atendimento inicial, evolui
para intubação orotraqueal (IOT), ventilação mecânica (VM), infusão de droga vasoativa (DVA) e
monitorização hemodinâmica invasiva. Referente aos cuidados de enfermagem em relação à pressão
arterial média invasiva, assinale a alternativa correta.
a) Nivelar (zero hidrostático) a pressão arterial média invasiva ao nível da linha hemiclavicular com o
paciente em decúbito lateral direito.
b) Antes de efetuar o procedimento realizar manobra de Allen, se houver sinais de má perfusão,
utilizando técnica séptica para manipulação do sistema.
c) Manter cuidados com o local de inserção do cateter, avaliando-se sinais flogísticos, sangramento,
perfusão periférica, presença de trombos ou obstrução do cateter.
d) Atentar para as indicações da pressão arterial média invasiva: embolização arterial, insuficiência
vascular, necrose, isquemia de extremidades, infecções, teste de Allen positivo e exérese de cisto
sebáceo.
e) Manter o cateter o máximo de tempo possível, sendo indicada permanência de 20 dias.

Drogas Vasoativas
Professora Joandra Marques
1. (EBSERH/HUAP-UFF/IBFC/2016) As drogas vasoativas são muito utilizadas na Unidade de Terapia
Intensiva e o Enfermeiro deve ter conhecimento adequado no preparo, administração e avaliação do
paciente. Entre as drogas vasoativas utilizadas, a (o) __________ pode causar efeitos colaterais como
tremores, ansiedade, náuseas, hemorragia cerebral, aumento do consumo de oxigênio, insuficiência
renal, isquemia de extremidades ou visceral, aumento da resistência vascular pulmonar, bradicardia
reflexa em doses elevadas, cefaleia, arritmia e necrose de pele em casos de extravasamento. Preencha a
lacuna corretamente e, a seguir, assinale a alternativa correta.
a) Dopamina b) Dobutamina c) Nitroprussiato de sódio d) Codeína e)Noradrenalina
2. (EBSERH Nacional/AOCP/2016) Paciente, 2 anos, admitido na UTI pediátrica com história de
hipertermia, irritabilidade, insuficiência respiratória, oligúria e acidose lática, caracterizando um quadro
séptico. Devido à instabilidade hemodinâmica, é iniciada a infusão de drogas vasoativas (DVA). Em
relação aos cuidados de enfermagem referentes à infusão de DVA, assinale a alternativa correta.
a) Devem ser administradas com equipo macrogotas, controlando a velocidade de infusão se necessário.
b) É necessário conhecer a ação, estabilidade e a interação medicamentosa das drogas vasoativas.
c) É necessário realizar preparo da droga após o término da infusão atual da DVA.
d) É necessário administrar drogas vasoativas preferencialmente em acesso venoso periférico.
e) É necessário administrar medicações em bólus preferencialmente na via utilizada para infusão das
drogas vasoativas.

www.romulopassos.com.br 89
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

3. (Residência Integrada Multiprofissional/UESPI/2020) Os fármacos vasopressores e inotrópicos são


agentes, frequentemente, utilizados nos pacientes críticos para otimizar a pressão arterial, o débito
cardíaco e a perfusão tecidual. Dentre os fármacos vasopressores que provocam vasoconstrição,
assinale a alternativa correta sobre o fármaco que é um nonapetídeo, produzido na hipófise que
desempenha um importante papel no metabolismo da água e do sódio. Em doses mais elevadas, produz
vasoconstrição com consequente elevação da pressão arterial, aumentando a resistência vascular
periférica e a pressão arterial.
a) Adrenalina;
b) Dobutamina;
c) Dopamina;
d) Vasopressina;
e) Nitroprussiato de sódio.
4. (Prefeitura de Candeias-BA/IBFC/2019) Em pacientes graves, é muito comum a utilização de
medicamentos que só podem ser utilizados em bomba de infusão. A respeito do medicamento
exclusivamente utilizado em bomba de infusão, assinale a alternativa correta.
a) Amiodarona;
b) Cedilanide;
c) Atropina;
d) Noradrenalina
5. (EBSERH/IBFC/2020) Drogas vasoativas são medicamentos que têm a propriedade de atuar no
endotélio vascular ou artérias, podendo causar efeitos vasculares periféricos, cardíacos ou pulmonares,
diretos ou indiretos. Dentre os vasopressores, destacam-se as catecolaminas, também denominadas de
aminas vasoativas ou simpatomiméticas. Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa incorreta.
a) Hidralazina;
b) Noradrenalina;
c) Dopamina;
d) Dobutamina;
e) Adrenalina.
6. (UNIFESP/UNIFESP/2018) Pacientes em estado de choque podem necessitar de drogas vasoativas
para restabelecer e manter os níveis de pressão arterial sistêmica dentro da normalidade. São cuidados
de enfermagem essenciais durante a administração destes fármacos:
a) Controle rigoroso da pressão arterial, frequência cardíaca e balanço hídrico.
b) Controle rigoroso da pressão arterial, frequência cardíaca e saturação de oxigênio.
c) Controle rigoroso da frequência respiratória, frequência ardíaca e balanço hídrico
d) Controle rigoroso da pressão arterial, frequênciacardíaca e glicemia capilar de jejum.
e) Controle rigoroso da pressão arterial, frequência cardíaca e gasometria arterial.

www.romulopassos.com.br 90
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

7. (Prefeitura de Jataí - GO/Quadrix /2019) Assinale a alternativa que apresenta cuidado específico
necessário da administração de drogas vasoativas.
a) observação da frequência e das características das eliminações gastrintestinais e urinárias.
b) monitorar a função respiratória, os sinais de broncoespasmo paroxístico e os sinais de toxidade.
c) avaliar o estado mental e os sinais de síndrome extrapiramidal e de síndrome neuroléptica maligna.
d) observação do aparecimento de descamação e prurido na pele após a administração do
medicamento.
e)observação rigorosa do nível de consciência, dos parâmetros hemodinâmicos e respiratórios e da
perfusão tissular periférica.
(EBSEH/CESPE/2018) Acerca da terapêutica com drogas vasoativas, julgue os itens subsecutivos.
8. O levosimendam é um inotrópico e vasodilatador da classe dos agentes sensibilizadores de cálcio,
indicado para o tratamento da insuficiência cardíaca avançada.
( ) Certo ( ) Errado
9. A infiltração com fentolamina em 5 mg a 10 mg, diluídos em 10 mL a 15 mL de solução salina, é
indicada nos casos de extravasamento de noradrenalina.
( ) Certo ( ) Errado
10. A bomba de infusão posicionada 40 cm acima do coração provê 70 mmHg ao fluido administrado e,
assim, previne o retorno venoso.
( ) Certo ( ) Errado
11. Noradrenalin
aumento da resistência vascular sistêmica e da resistência vascular pulmonar.
( ) Certo ( ) Errado
12. A noradrenalina é a droga de escolha para o tratamento inicial do choque hipovolêmico, visando à
pressão arterial média igual ou superior a 65 mmHg.
( ) Certo ( ) Errado
13. A monitoração invasiva da pressão arterial por meio da canulação da artéria radial é contraindicada
nos casos em que o retorno da perfusão da artéria ulnar, do mesmo membro, for igual ou superior a
oito segundos.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 91
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

www.romulopassos.com.br 92
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Gasometria
Professor Jonh Morais
1. (Prefeitura de Edéia - GO/ITAME/2020) O termo gasometria arterial refere-se a um tipo de exame de
sangue colhido de uma artéria e que possui por objetivo a avaliação de gases (oxigênio e gás carbônico)
distribuídos no sangue, do pH (se a informação for somente para avaliar o pH pode-se fazer gasometria
venosa) e do equilíbrio ácido-básico. Considerando a Legislação vigente acerca das atividades de
enfermagem, assinale a alternativa correta.
a) Deverá ser realizada por meio de uma punção arterial, normalmente na artéria radial, braquial ou
femoral exclusivamente pelo Enfermeiro devidamente capacitado para tal.
b) Deverá ser realizada por meio de uma punção arterial, normalmente na artéria radial, braquial ou
femoral por integrantes da equipe de enfermagem (Técnico ou Enfermeiro) devidamente capacitado
para tal.
c) Deverá ser realizada por meio de uma punção arterial, normalmente na artéria radial, braquial ou
femoral exclusivamente pelo Técnico de Enfermagem devidamente capacitado para tal.
d) Deverá ser realizada por meio de uma punção arterial, normalmente na artéria radial, braquial ou
femoral pelo Técnico ou Auxiliar de Enfermagem devidamente capacitado para tal.
2. (Fundação do ABC/COSAM-SP/GSA/2016) Um paciente em UTI apresenta a hemogasometria arterial
pH diminuída e bicarbonato ( ) normal e aumentado. Essas alterações indicam:
a) alcalose metabólica aguda por perda de ácidos corporais fixos;
b) alcalose respiratória aguda por aumento da ventilação alveolar e eliminação excessiva de e água;
c) acidose respiratória aguda por diminuição da ventilação alveolar e retenção de ;
d) acidose metabólica aguda por acúmulo de ácidos corporais fixos.
3. (HU-FURG/EBSERH/IBFC/2016) Para o paciente admitido na unidade de urgência, foi colhido sangue
para gasometria arterial. Os resultados do exame evidenciaram alto pH, baixo e dentro
dos valores normais. Esses parâmetros indicam:
a) Acidose mista;
b) Acidose metabólica;
c) Acidose respiratória;
d) Alcalose metabólica;
e) Alcalose respiratória.
4. (Marinha do Brasil/2017) Assinale a opção que apresenta o distúrbio que pode ser evidenciado ao
serem avaliados os seguintes parâmetros da gasometria arterial: baixa, pH alto e normal
ou baixo.
a) Alcalose respiratória;
b) Acidose respiratória;
c) Alcalose metabólica;
d) Acidose metabólica e respiratória;
e) Acidose metabólica.

www.romulopassos.com.br 93
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

5. (MARINHA/2018) Qual é o distúrbio clínico caracterizado por pH abaixo de 7,35 e maior que
42 mmHg?
a) Acidose metabólica aguda.
b) Alcalose metabólica crônica.
c) Acidose respiratória aguda e crônica.
d) Acidose metabólica aguda e crônica.
e) Alcalose respiratória aguda.
6. (MARINHA/2019) Na análise dos gases arteriais durante a acidose respiratória, é correto
encontrarmos os seguintes achados:
a) pH baixo, normal ou alto, alto.
b) pH alto, baixo ou normal, baixo.
c) pH alto, 2 alto, normal.
d) pH baixo, 2 baixo , baixo ou normal.
e) pH baixo, 2 alto, baixo ou normal.
7. (Residência Multiprofissional em Saúde/UFMA/2016) Paciente de 30 anos chega à emergência da
UPA em estado de coma, apenas respondendo aos estímulos dolorosos. Sua respiração é superficial e
com frequência normal. Familiares encontraram próximo a ele diversas caixas de tranquilizantes vazias.
O enfermeiro monitorizou e coletou sangue arterial para gasometria e obteve os seguintes valores: pH =
7,20; = 80 mmHg; = 23; BR = 23 mM/l; BE= - 1,2 e supôs o seguinte diagnóstico:
a) O paciente encontra-se com síndrome da angústia respiratória aguda, em acidose metabólica e
necessita imediatamente de suporte ventilatório, através de uma via aérea definitiva;
b) O paciente encontra-se em estado de melhora, pois a gasometria mostra um equilíbrio entre a perda
de e o ganho de , portanto a administração em cateter nasal de a 5 l/min. seria o suficiente
para melhorar o quadro clínico;
c) O paciente está apresentando alcalose respiratória, portanto é necessária a administração a 100% de
oxigênio de forma hiperbárica por 45 minutos;
d) O paciente provavelmente está apresentando acidose metabólica relacionada à intoxicação
medicamentosa;
e) Paciente apresentando quadro de acidose respiratória aguda, com quadro de insuficiência
respiratória aguda (hipoventilação), e a causa da depressão do centro respiratório é o excesso de
tranquilizantes.
8. (Prefeitura de Várzea Grande-MT/IBFC/2016) É muito importante, na Unidade de Terapia Intensiva
(UTI), que o enfermeiro saiba interpretar um exame de gasometria arterial, pois geralmente os
pacientes estão em ventilação mecânica. Assinale a alternativa correta.
a) Os valores normais para o pH são de 7,35 a 7,45 no sangue arterial.
b) Os valores normais para o são de 41 a 51 mmHg no sangue arterial.
c) Os valores normais para o são de 30 a 40 mmHg no sangue arterial.
d) Os valores normais de saturação de oxigênio são de 60 a 85% no sangue arterial.

www.romulopassos.com.br 94
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

9. (Residência Integrada Multiprofissional/UESPI/2020) A gasometria arterial é um exame invasivo que


mensura as concentrações de oxigênio, a ventilação e o estado acidobásico. Os níveis dos gases arteriais
também são obtidos para avaliar, EXCETO:
a) as alterações na terapia que podem afetar a oxigenação como a mudança na concentração do
oxigênio inspirado ( );
b) os níveis de pressão expiratória final positiva (PEEP);
c) a pressão das vias aéreas, ventilação e equilíbrio acidobásico;
d) avaliar o número de leucócitos e eosinófilos, assim como a mensuração da proteína C reativa;
e) geralmente, a amostra coletada para essa avaliação é feita na artéria radial, mas também pode ser
obtida na artéria braquial e na femoral.
10. (Prefeitura de Boa Vista-RR/STRATEGIC/2020) Paciente J.R., 8 anos de idade, com quadro de
insuficiência respiratória aguda, apresenta a seguinte gasometria arterial:
pH: 7,1; : 63; : 28; BE: + 2
O distúrbio acidobásico apresentado é:
a) acidose metabólica;
b) alcalose metabólica;
c) acidose respiratória;
d) alcalose respiratória.
11. (EBSERH/IBFC/2020) Em situações normais respiratórias, a adequação da ventilação alveolar e o
fluxo sanguíneo no capilar pulmonar garantem uma troca gasosa eficaz. Assinale a alternativa que
apresenta os valores normais da gasometria arterial.
a) pH 7,25 ± 7,35; 90 ± 100 mmHg; 25 ± 45 mmHg; 22 ± 26 mEq/l; BE -2 - + 2 mEq/l;
SAT 92 ± 100 %;
b) pH 7,30 ± 7,40; 70 ± 90 mmHg; 35 ± 45 mmHg; 22 ± 26 mEq/l; BE -3 - + 3 mEq/l;
SAT 92 ± 98 %;
c) pH 7,35 ± 7,45; 80 ± 100 mmHg; 35 ± 45 mmHg; 22 ± 26 mEq/l; BE -2 - + 2 mEq/l;
SAT 92 ± 100 %;
d) pH 7,35 ± 7,45; 80 ± 100 mmHg; 25 ± 35 mmHg; 20 ± 30 mEq/l; BE -2 - + 2 mEq/l;
SAT 90 ± 100 %;
e) pH 7,35 ± 7,45; 40 ± 45 mmHg; 22 ± 26 mEq/l; BE -2 - + 2 mEq/l;
SAT 95 ± 100 %.
(Residência em Área Profissional da Saúde/SES-DF/IADES/2020) Os conhecimentos dos princípios
fisiológicos e bioquímicos do equilíbrio acidobásico são absolutamente indispensáveis para a
interpretação da gasometria arterial, do intercâmbio gasoso pulmonar e dos mecanismos de
preservação das bases no sangue. Esse conhecimento permitirá a tomada de condutas mais adequadas
ao tratamento dos pacientes graves. A respeito desse assunto, julgue os itens a seguir.

www.romulopassos.com.br 95
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

12. A diferença entre o bicarbonato plasmático medido e o bicarbonato plasmático normal no sangue
(35 mEq/l) expressa o déficit de base porque se limita ao resultado da variação das bases totais sobre
um único sistema-tampão.
( ) Certo ( ) Errado
13. Na acidose metabólica, há um aumento de H+ e A-. A adição de um ácido forte ao sangue determina
o respectivo tamponamento pelo sistema bicarbonato/ácido carbônico.
( ) Certo ( ) Errado
14. A coleta de sangue arterial para análise da gasometria arterial é um procedimento exclusivamente
médico, e o papel do enfermeiro é de assegurar que não haja sangramentos posteriores à punção.
( ) Certo ( ) Errado
15. (UNIFESP/UNIFESP/2018) Paciente admitido na Unidade de Terapia Intensiva com diagnóstico de
pneumonia. A gasometria arterial coletada em ar ambiente revelou: pH 7,31; 55 mmHg; 53
mmHg; 24mEq/l; BE 0; Saturação de 88%. Qual é o distúrbio acidobásico apresentado pela
paciente?
a) Acidose respiratória com hipoxemia;
b) Acidose metabólica com oxigenação adequada;
c) Alcalose respiratória com hipoxemia;
d) Alcalose metabólica com oxigenação adequada;
e) Alcalose metabólica com hipoxemia.
16. (FSERJ/CONSULPLAN/2020) Pacientes hospitalizados, especialmente nas unidades de terapia
intensiva, são constantemente avaliados quanto ao estado ácido-base do sangue, pois, além de fornecer
dados de desvios do equilíbrio acidobásico, fornecem dados sobre a função respiratória e sobre as
condições de perfusão tecidual. Para manter o pH do sangue em níveis normais (entre 7,35 e 7,45), o
organismo lança mão de mecanismos compensatórios que podem ocorrer instantaneamente, em
minutos e em horas ou dias. O mecanismo que ocorre instantaneamente à alteração acidobásica, que
constitui a primeira linha de defesa para variações do pH é o/a:
a) Hiperventilação;
b) Sistema-tampão;
c) Componente renal;
d) Componente pulmonar.
17. (IAPEN-AC/IBADE/2020) Conforme a definição de Berlin (2012) sobre a ventilação mecânica na
síndrome da angústia respiratória aguda (SARA) ou síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA),
como se classifica SARA grave:
a) / : 201 - 300 com PEEP > 5;
b) / : > 200 com PEEP > 10;
c) / : < 100 com PEEP > 5;
d) / : 101 - 200 com PEEP < 5;
e) / : 100 com PEEP > 10.

www.romulopassos.com.br 96
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

18. (Residência Profissional em Enfermagem/UNIRIO/2020) Entre os distúrbios eletrolíticos, destaca-se


a hipercalemia pelo seu possível desencadeamento de arritmias cardíacas. A hipercalemia é causada
por:
a) hiperaldosteronismo;
b) alcalose;
c) acidose;
d) hipersecreção de insulina;
e) uso de diuréticos tiazídicos e de alça.
19. (Residência Multiprofissional/UPF/2020) Em uma unidade de tratamento intensivo, foi solicitado o
exame de gasometria arterial para avaliar o quadro clínico de um paciente, obtendo se como resultado:
PH 7,47; = 52; = 34mEql/. Esse quadro clínico é compatível com:
a) Acidose mista.
b) Acidose respiratória.
c) Alcalose respiratória.
d) Acidose metabólica.
e) Alcalose metabólica.
20. (Residência Multiprofissional-UFG/COREMU/2020) Os enfermeiros precisam compreender a
fisiologia do equilíbrio hidroeletrolítico e acidobásico para antecipar, identificar e responder aos
possíveis distúrbios. Ao atender um paciente etilista, que apresenta irritabilidade neuromuscular, sinais
de Trousseau e Chvostek positivos, vômitos, reflexos tendinosos aumentados, aumento da pressão
arterial, ondas T achatadas ou invertidas, dentre outros sinais e sintomas, o enfermeiro pode inferir que
o paciente apresenta um distúrbio hidroeletrolítico, relacionado ao:
a) aumento de magnésio.
b) déficit de magnésio.
c) aumento de potássio.
d) déficit de potássio.
21. (SES-PE/AOCP/2018) Paciente, sexo masculino, 50 anos, 3º Pós-Operatório (PO) de Revascularização
do Miocárdio, apresentou a seguinte gasometria arterial: PH = 7,55; = 40mmHg; = 100
mmHg; Sat = 99%; = 28 mEq/l; BE = +3. A qual distúrbio a gasometria arterial apresentada está
relacionada?
a) A gasometria não apresenta alterações.
b) Alcalose metabólica.
c) Alcalose respiratória.
d) Alcalose mista.
e) Acidose respiratória.

www.romulopassos.com.br 97
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

www.romulopassos.com.br 98
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Ventilação Mecânica
Professora Joandra Marques
1. (UFU-MG/2018) Associe as modalidades de ventilação mecânica às formas de ventilar o cliente. A
seguir, assinale a alternativa correta.
1. Ventilação mandatória contínua;
2. Ventilação mandatória intermitente;
3. Ventilação com suporte pressórico;
4. Ventilação com liberação de pressão nas vias aéreas.
I - Fornece uma combinação de respirações assistidas mecanicamente e respirações espontâneas.
II - Aplica uma pressão platô nas vias respiratórias durante toda a expiração desencadeada pelo cliente
para reduzir a resistência no tubo traqueal e no tubo do respirador.
III - Possibilita a respiração livre e espontânea durante todo o ciclo ventilatório e é disparada e clicada
pelo tempo.
IV - Fornece suporte ventilatório total, administrando volume corrente e a frequência respiratória pré-
definidos.
Assinale a alternativa correta:
a) 1 e IV; 2 e I; 3 e II, 4 e III;
b) 1 e III; 2 e IV; 3 e I; 4 e II;
c) 1 e II; 2 e III; 3 e IV; 4 e I;
d) 1 e I; 2 e II; 3 e III; 4 e IV.
2. (Residência Integrada Multiprofissional/UESPI/2020) A intubação endotraqueal é uma técnica que
consiste na passagem de um tubo flexível dotado de um manguito através da boca (intubação
orotraqueal) ou nariz (intubação nasotraqueal) e laringe até chegar à traqueia, com o propósito de
manter a via aérea permeável no processo de ventilação. Assinale a alternativa que não descreve os
cuidados de enfermagem com os pacientes intubados:
a) Realizar higiene bucal por três a quatro minutos, usando uma solução bucal antisséptica com
clorexidina a 0,12% com a cabeceira do leito elevada a 30°.
b) Alterar a fixação e os pontos de apoio do tubo traqueal periodicamente.
c) Identificar, no tubo, com um marcador, o número que se encontra no nível da arcada dentária, pois,
durante os movimentos de flexoextensão da cabeça, o tubo endotraqueal se desloca, podendo alojar-se
no brônquio fonte direito. Isso ocorre com maior frequência em bebês, cuja traqueia tem uma extensão
pequena (5 cm aos 12 meses, 7 cm aos 18 meses).
d) Auscultar bases e ápice pulmonares bilaterais buscando sons respiratórios; confirmar posicionamento
do tubo em raio X de tórax.
e) Verificar, alternadamente, a pressão do balonete do tubo endotraqueal. O monitoramento deve
assegurar que a pressão do oxigênio permaneça abaixo de 40 mmHg, permitindo uma margem de
segurança abaixo da pressão de perfusão capilar traqueal (25 a 45 mmHg).

www.romulopassos.com.br 99
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

3. (UFPE/COVEST-COPSET/2019) A assistência ao paciente crítico requer cuidados de toda a equipe para


evitar o risco de transmissão de infecções. Quais ações de enfermagem podem ser desenvolvidas pelo
técnico para prevenção das pneumonias associadas à ventilação mecânica?
a) Não aspirar a secreção subglótica conforme indicado, para não haver irritação da mucosa e
exacerbação do processo inflamatório.
b) Manter o paciente em decúbito dorsal, com o objetivo de não mobilizar a secreção traqueobrônquica.
c) Evitar o uso de antissépticos no momento da higiene oral, para prevenir irritação da mucosa.
d) Manter o decúbito elevado em 30 - 45°, para evitar o risco de infecção e o aparecimento de
pneumonia.
e) Manter por 7 dias, sem desinfecção ou troca, o uso dos inaladores e nebulizadores; depois desse
período, desinfectar com álcool a 70%.
4. (Residência Multiprofissional-UFJF/COPESE/2020) Pensando nas Medidas de Prevenção de Infecção
Relacionada à Assistência à Saúde, marque a alternativa CORRETA:
a) O uso da ventilação mecânica não-invasiva (VMNI) não tem demonstrado redução na incidência de
pneumonia, se comparado com a ventilação mecânica invasiva.
b) A VMNI está indicada sempre como estratégia ventilatória para evitar intubação traqueal nos
pacientes críticos.
c) O uso da VMNI tem sido escolha para evitar intubação em casos de parada cardíaca ou respiratória.
d) Várias são as vantagens do uso da VMNI, como a diminuição da necessidade da assistência
ventilatória, de sedação e do tempo de internação na UTI, apesar de dificultar a manutenção das
barreiras naturais de proteção da via aérea.
e) VMNI está indicada como parte do processo de desmame, contribuindo com o menor período de
intubação e consequentemente com a redução do tempo de Ventilação Mecânica.
(Residência em Área Profissional da Saúde/SES-DF/IADES/2020) A ventilação mecânica (VM) é um dos
principais recursos de suporte à vida utilizados em unidade de terapia intensiva. No que se refere a esse
assunto, julgue os itens a seguir.
5. Um paciente com agitação, alterações da amplitude respiratória, frequência respiratória = 40 rpm,
com = 70 mmHg, / = 100 mmHg, tem indicação de VM.
( ) Certo ( ) Errado
6. A VM tem como um dos objetivos reduzir o volume pulmonar com o intuito de evitar barotraumas e
diminuir o consumo de oxigênio sistêmico e miocárdico.
( ) Certo ( ) Errado
7. É importante a equipe de enfermagem conhecer os parâmetros da VM, uma vez que o
monitoramento das alterações, normalmente, fica ao respectivo encargo. São parâmetros: fluxo,
frequência, pressão expiratória final positiva (PEEP), entre outros.
( ) Certo ( ) Errado
8. A ventilação assistida/controlada é aquela em que o ventilador combina os ciclos espontâneos com
determinado número de ciclos mecânicos assistidos sincronizando com os esforços respiratórios do
paciente.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 100
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

9. Na modalidade ventilatória CPAP ou pressão positiva nas vias aéreas, o paciente respira
espontaneamente dentro do circuito pressurizado pelo ventilador mecânico, e uma pressão positiva,
predeterminada é mantida praticamente constante durante o ciclo respiratório.
( ) Certo ( ) Errado
(EBSEH/CESPE/2018) As infecções relacionadas à assistência à saúde representam um problema de
saúde pública com repercussão nos custos assistenciais e aumento da morbidade e da mortalidade nos
serviços de saúde. A respeito desse assunto, julgue o item seguinte.
10. A presença do tubo endotraqueal em pacientes em ventilação mecânica contribui para a ocorrência
de pneumonia.
( ) Certo ( ) Errado
11. (Residência Multiprofissional SES-SC/COREMU/2020) Observe as afirmações sobre o PAV
(Pneumonia associada a ventilação).
I - O diagnóstico de PAV inicia pela avaliação, clínica cuidadosa e voltada para os s sinais e sintomas e
exames físico.
II - Não há diagnóstico de PAV sem alterações na radiografia simples de tórax;
III - O exame radiológico de tórax encontra limitações técnicas nos pacientes sob ventilação mecânica
referentes, sobretudo, ao posicionamento do paciente.
IV - Nos pacientes com suspeita de PAV, o próximo passo seria a confirmação microbiológica do
diagnóstico. Para isso, técnicas broncoscópicas e não broncoscópicas podem ser utilizadas.
Quais estão corretas?
a) Apenas a I e II.
b) Apenas a II e III.
c) Apenas a III e IV.
d) I, II, III e IV.
12. (Residência Multiprofissional-UFPR/COPESE/2019) A notificação das pneumonias associadas à
ventilação mecânica (PAV) no Brasil tornou-se obrigatória em 2017. A vigilância das PAV tem por
objetivo aprimorar estratégias de prevenção e controle dessa infecção; sendo assim, foram elencadas
medidas preventivas para PAV. Sobre o tema, considere as seguintes afirmativas:
1. A ventilação mecânica está associada a altas taxas de pneumonia, devido ao tubo endotraqueal inibir
tanto os mecanismos de defesa do trato respiratório superior quanto a tosse efetiva, por isso é
importante manter o paciente com a cabeceira elevada entre 30 e 45°.
2. A adequação da menor dose de sedação e a avaliação do paciente rotineiramente permite a
desintubação precoce e, por consequência, uma redução na taxa de PAV.
3. Pacientes com indicação de uso de ventilação mecânica acima de 72 h deverão utilizar uma cânula
orotraqueal com sistema de aspiração de secreção subglótica contínua ou intermitente, pois essa
medida reduz o risco de PAV, o tempo de ventilação mecânica e de internação em unidade de terapia
intensiva e diminui o uso de antibióticos.
4. A higiene oral do paciente em ventilação mecânica, feita com clorexidina 0,12%, está associada à
redução da PAV.
Assinale a alternativa correta.

www.romulopassos.com.br 101
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

a) Somente a afirmativa 4 é verdadeira.


b) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras.
c) Somente as afirmativas 2 e 4 são verdadeiras.
d) Somente as afirmativas 1, 2 e 3 são verdadeiras.
e) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras.
13. (Residência Multiprofissional/UFS/2020) De acordo com a ANVISA (2017), são consideradas
medidas sem evidências ou não recomendadas para prevenção da Pneumonia Associada a Ventilação
(PAV), EXCETO:
a) Traqueostomia precoce.
b) Descontaminação digestiva seletiva.
c) Manter decúbito elevado (30-45°).
d) Profilaxia da úlcera de estresse e/ou da trombose venosa profunda (TVP).
e) Antibiótico profilático para PAV.
14. (Residência Multiprofissional-UFF/COREMU/2020) Ventilador mecânico é um aparelho de suporte
ventilatório com pressão positiva ou negativa que pode manter a ventilação e a administração de
oxigênio por períodos prolongados. Os cuidados com um paciente sob ventilação mecânica tornam-se
parte integrante dos cuidados de enfermagem em unidades de terapia intensiva e médico-cirúrgicas
gerais, entre outras. Quando o paciente na ventilação mecânica subitamente se torna confuso ou
agitado ou começa a lutar com o ventilador por alguma razão inexplicada, o Enfermeiro deve:
a) calibrar o aparelho para administrar o volume corrente necessário (10 a 15 ml/kg).
b) avaliar a hipóxia e ventilar manualmente com oxigênio a 100% por meio de uma bolsa de reanimação.
c) alterar os parâmetros ( e frequência) de acordo com os resultados da gasometria arterial.
d) ajustar a PEEP e o suporte de pressão.
15. (Residência Multiprofissional-UFF/COREMU/2020) Em muitos pacientes com DPOC, o estímulo para
a respiração se faz pela diminuição do oxigênio no sangue e não pela elevação nos níveis de dióxido de
carbono. A administração de uma concentração elevada de oxigênio remove o estímulo respiratório que
foi criado, em grande parte, pela baixa pressão de oxigênio crônica do paciente. A diminuição resultante
na ventilação alveolar pode causar um aumento progressivo na pressão arterial de dióxido de carbono
( ). Essa hipoventilação pode, em vários casos, levar à insuficiência respiratória aguda secundária à
carbonarcose, acidose e morte. O Enfermeiro pode evitar a hipoventilação induzida por oxigênio:
a) promovendo administração de oxigênio em velocidades de fluxo baixas (1 a 2 L/min) e através do
rigoroso monitoramento da frequência respiratória e da saturação de oxigênio, conforme medido pela
oximetria de pulso ( ).
b) instalando sistemas de alto fluxo, indicados para pacientes que precisam de uma quantidade de
oxigênio exata e constante. Os exemplos desses sistemas incluem os cateteres transtraqueais, máscaras
de Venturi, máscaras de aerossol, colares de traqueostomia, peças em T e tendas parciais.
c) ajustando a ventilação com pressão de suporte (VPS), modalidade de ventilação mecânica na qual a
pressão positiva predeterminada é liberada com as respirações espontâneas para diminuir o trabalho da
respiração.
d) avaliando o paciente quanto à confusão mental, inquietação progredindo para letargia, sudorese,
palidez, taquicardia, taquipneia e hipertensão.

www.romulopassos.com.br 102
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Traqueostomia
Professora Joandra Marques
1. (Residência Multiprofissional SES-SC/COREMU/2020) Com relação às vantagens da traqueostomia,
assinale a alternativa incorreta:
a) Facilitar a retirada da ventilação Mecânica invasiva.
b) Diminuir a incidência de PAV.
c) Facilitar a higiene oral.
d) Diminuir a mortalidade em todos os casos, quando realizada até 48hs após início da VMI.
2. (Residência Multiprofissional SES-SC/COREMU/2020) Qual é a principal complicação imediata da
traqueostomia?
a) Hemorragia. b) Infecção. c) Estenose. d) Traqueomalácia.

Sepse
Professora Joandra Marques

1. (Prefeitura de Apodi - RN /FUNCERN/2019) A Sepse é um conjunto de manifestações graves em todo


o organismo produzidas por uma infecção. Por vezes, a infecção pode estar localizada em apenas um
órgão, como, por exemplo, o pulmão, mas provoca em todo o organismo uma resposta com inflamação
numa tentativa de combater o agente da infecção. Para essa doença, a realização de exames como a
cultura e o antibiograma auxiliará na escolha e indicação do tratamento medicamentoso. Dentre os
-se no protocolo para Sepse.
O material biológico que deve ser colhido e analisado, nesse caso, é
a) líquor. b) sangue. c) urina. d) aspirado traqueal.

2. (TRT - 2ª REGIÃO-SP/FCC/2018) Dentre outras, as principais manifestações clínicas da sepse e o


respectivo sistema orgânico acometido são:
Sistema
I. Gastroenterológico II. Renal III. Respiratório IV. Cardiológico
Sinais e Sintomas
Gastroparesia, distensão abdominal e diarreia.
Oligúria, colestase e hiperuremia.
Taquipneia, dispneia e cianose.
Bradicardia, hipertensão, aumento da perfusão periférica.
a) II e IV. b) III e IV. c) I e III. d) I, II e III. e) II, III e IV.

www.romulopassos.com.br 103
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

3. (UNIFESP/UNIFESP/2018) A equipe de enfermagem tem papel importante na identificação precoce


de sinais e sintomas sugestivos de sepse. São eles:
a) Temperatura central > 38,3°C ou < 36°C, frequência cardíaca > 90bpm; frequência respiratória >
20rpm e leucócitostotais > 12.000/ ou < 4.000/ .
b) Temperatura central > 38,3°C ou < 36°C, frequência cardíaca < 90bpm; frequência respiratória >
20rpm e leucócitostotais > 12.000/ ou < 4.000/ .
c) Temperatura central > 38,3°C ou < 36°C, frequência cardíaca > 90bpm; frequência respiratória <
20rpm e leucócitostotais > 12.000/ ou < 4.000/ .
d) Temperatura central > 38,3°C ou < 36°C, frequência cardíaca > 90bpm; frequência respiratória >
20rpm, leucócitostotais > 12.000/ e onda T apiculada no eletrocardiograma.
e) Frequência cardíaca > 90bpm; frequência respiratória > 20rpm, leucócitos totais > 12.000/ e
glicemia > 100mg/dl.
4. (Prefeitura de São José do Rio Preto - SP/FCC/2019) Na abordagem inicial da sepse, o técnico de
enfermagem deve estar atento às manifestações clínicas de hipoperfusão, dentre elas:
a) a polaciúria.
b) a hipertensão arterial por comprometimento suprarrenal.
c) a bradipneia noturna.
d) o aumento do débito urinário.
e) o rebaixamento do nível de consciência.
5. (SAP-SP/MS CONCURSOS/2018) Quando há confirmação do quadro de sepse, deve-se entrar com os
pacotes de 3 e 6 horas, conforme necessidade e indicação ao paciente. Sendo assim, analise as
afirmativas seguintes e responda o que se pede:
I - No pacote de 3 horas, a coleta de lactato arterial deve ser imediatamente encaminhada ao
laboratório, a fim de se evitar resultado falso positivo, devendo ter resultado deste exame em 30-60
minutos.
II - No pacote de 3 horas, deve ser realizada coleta de duas hemoculturas de sítios distintos, conforme
rotina específica do hospital, e culturas de todos os outros sítios pertinentes, antes da administração do
antimicrobiano. Caso não seja possível a coleta destes exames antes da primeira dose, a administração
de antimicrobianos não deverá ser postergada.
III - No pacote de 6 horas, administra-se vasopressores para pacientes que permaneçam com pressão
arterial média (PAM) abaixo de 65 mmHg (após a infusão de volume inicial), sendo a adrenalina a droga
de primeira escolha.
IV - No pacote de 6 horas, é fundamental garantir pressão de perfusão, enquanto se continua a
reposição volêmica. Contudo, o vasopressor não pode ser iniciado em veia periférica, enquanto se
providencia o acesso venoso central.
V - No pacote de 6 horas, a hiperlactatemia residual isolada, sem outros sinais clínicos de hipoperfusão
ou má evolução, não necessariamente precisa ser tratada.
Está correto o que se afirma somente nos itens:
a) I, II e III. b) I, II e V. c) II, III e IV. d) II, IV e V e) III, IV e V.

www.romulopassos.com.br 104
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

6. (Residências Multiprofissional em Saúde COREMU/UFPA/2020) A sepse tem sido vista como um


problema de saúde mundial, afetando milhões de pessoas e sendo a causa de índices elevados de
morbidade e de mortalidade. O reconhecimento precoce dos diferentes espectros clínicos relativos à
sepse pelo enfermeiro é de vital importância, não só pelo diagnóstico, mas também para as definições
rápidas dos planos terapêuticos e das estratégias de monitoração. Logo, com a finalidade de
identificação precoce dos sinais da sepse, o enfermeiro deve conhecer as principais manifestações
clínicas desencadeadas pelo organismo. Sobre esse assunto, é correto afirmar:
a) Observa-se hipoventilação acompanhada de alcalose respiratória, confirmada pela gasometria
arterial.
b) Na avaliação do nível de consciência, o paciente se apresenta com rebaixamento do nível de
consciência sem outras alterações cognitivas.
c) As alterações renais se apresentam geralmente como oligúria (débito urinário < 0,5 ml/kg/h).
d) A permeabilidade capilar existente na sepse permite a passagem de líquido para os espaços
intersticial e alveolar, provocando diminuição da complacência pulmonar e diminuição do trabalho
respiratório.
e) Percebe-se a presença de acidose metabólica detectada por parâmetros gasométricos indicando uma
condição de depressão miocárdica, mas com adequada perfusão tissular.
(Residência Multiprofissional/UNB/CESPE/2019) Um paciente de 78 anos de idade deu entrada na
emergência do HUB-DF com quadro de febre, náusea, vômito, fezes pastosas, noctúria, poliúria e
tremores. O paciente negou dispneia, dor torácica e tosse.
Os sinais vitais apresentados foram: PAS: 151 mmHg/ PAD: 60 mmHg / FC: 102 bpm/ FR: 19 irpm / T: 39
°C / Sat : 95%. No exame físico geral, foram constatados: paciente desidratado 2+/4+, perfusão
periférica < 4 s. Os dados laboratoriais foram: UR: 61 / CR: 1,54 / lactato: 13 / Na: 133 / K: 4,4 / Mg: 2 /
Cálcio: 8,8/ Hb: 13,9/ Ht: 40,2 / Leucócitos: 16.120 com 3 % de bastões/ Plaquetas: 159.000/ PCR: 0,47/
VHS: 2/ Glicose: 145. EAS com proteínas 1,5 g/l/ Glicose > 10/ Nitrito positivo/ 38.5000 leucócitos/ Ácido
láctico: 13/sem outras alterações. Diagnóstico: infecção de trato urinário.
O paciente foi internado na unidade de internação aberta a 0 h e teve rebaixamento do nível de
consciência, com alterações de sinais vitais. Foi aberto protocolo de SEPSE, e ele foi encaminhado para a
UTI as 6 h.
Considerando o caso clínico precedente e os múltiplos aspectos a ele relacionados, julgue os itens a
seguir.
7. Houve falha de alocação do paciente, pois, de acordo com a avaliação apresentada, o paciente já
apresentava suspeita de sepse no pronto-socorro e deveria ter sido encaminhado à UTI, visto que
pacientes com disfunção orgânica grave e/ou choque devem ser alocados em leitos de terapia intensiva
assim que possível, a fim de ser garantido o suporte clínico necessário.
( ) Certo ( ) Errado
8. Para evitar um resultado falso positivo, a coleta de lactato arterial deve ser realizada o mais
rapidamente possível e, em seguida, armazenada a uma temperatura de -20 °C, para processamento e
análise posteriores.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 105
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

9. Após a identificação da suspeita de sepse, deve-se proceder à coleta de duas hemoculturas em sítios
distintos, em até duas horas, no máximo, e de culturas de todos os outros sítios pertinentes (aspirado
traqueal, líquor, urocultura), antes da administração do antimicrobiano.
( ) Certo ( ) Errado
10. É recomendada a hidrocortisona na dose de 100 mg, a cada 4 horas, para pacientes com choque
séptico refratário e pressão arterial instável, como alternativa para ressuscitação volêmica adequada.
( ) Certo ( ) Errado
11. As arritmias cardíacas raramente são eventos isolados em UTI, estando associadas a patologias como
infarto agudo do miocárdio, doença cardíaca congênita ou valvular, cardiomiopatias, doenças
pulmonares, intoxicação por drogas ou alterações eletrolíticas.
( ) Certo ( ) Errado
(EBSEH/CESPE/2018) Com referência ao choque séptico, julgue os itens que se seguem.
12. Na ocorrência de choque séptico, é indicado manter PAM igual ou superior a 65 mmHg, com
reposição volêmica de cristaloides (30 mL/kg), e, caso não se obtenha resposta, iniciar vasopressor.
( ) Certo ( ) Errado
13. Nos pacientes com disfunção miocárdica, é recomendado o uso de noradrenalina em bomba de
infusão.
( ) Certo ( ) Errado
14. Nos pacientes com disfunção miocárdica, é recomendado o uso de noradrenalina em bomba de
infusão.
( ) Certo ( ) Errado
15. No caso de choque séptico, recomenda-se manter o volume corrente de 10 mL/kg de peso corporal
em pacientes com lesão pulmonar aguda ou síndrome do desconforto respiratório agudo.
( ) Certo ( ) Errado
16. O pacote de 3 h inclui coleta de lactato sérico, duas hemoculturas e culturas de sítios pertinentes
antes da antibioticoterapia de amplo espectro de ação, além de manutenção da PAM igual ou superior a
65 mmHg, com reposição do volume (30mL/kg) em até 2 h.
( ) Certo ( ) Errado
17. Na ocorrência de choque séptico, é correto coletar o lactato de punção periférica, com uso do
garrote.
( ) Certo ( ) Errado
18. O escore qSOFA tem os seguintes componentes: rebaixamento de nível de consciência, frequência
respiratória igual ou superior a 22 irpm e pressão arterial sistólica inferior a 100 mmHg.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 106
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

UTI Coronariana
Professora Joandra Marques
1. (EMSERH/FUNCAB/2016) O balão intra-aórtico é um procedimento invasivo, realizado pelo médico,
mas que necessita de cuidados de enfermagem. Seu objetivo é de dar suporte circulatório mecânico ao
coração. Uma das complicações relacionadas a esse procedimento é:
a) trombose venosa;
b) infarto pulmonar;
c) embolia gasosa;
d) isquemia de membros inferiores;
e) pneumotórax.
(Residência em Área Profissional da Saúde/SES-DF/IADES/2020) Em relação às atribuições do
enfermeiro na unidade de terapia intensiva coronariana (UCO), julgue os itens a seguir.
2. É importante que o enfermeiro saiba ler os traçados do eletrocardiograma para conseguir detectar,
por exemplo, um infarto agudo do miocárdio com supradesnível do segmento ST.
( ) Certo ( ) Errado
3. Nos protocolos de IAM, há indicação de administração de trombolítico quando em janela de 36 horas,
independentemente do tipo de alteração no ECG.
( ) Certo ( ) Errado
4. Entre pacientes com doença coronária, incluindo infarto agudo do miocárdio, o bloqueio do ramo
esquerdo (BRE) correlaciona-se com doença mais extensa, disfunção ventricular esquerda mais grave e
taxas de sobrevida reduzidas.
( ) Certo ( ) Errado
5. Na derivação DII, a onda P do eletrocardiograma deve ser sempre positiva.
( ) Certo ( ) Errado

UTI
Professora Joandra Marques
1. (UFG/CS-UFG/2017) Na UTI, os cuidados de enfermagem com um paciente que apresenta hemorragia
digestiva alta são voltados, inicialmente, para a estabilização hemodinâmica realizada por meio da
monitorização da:
a) temperatura corporal, pressão arterial e eliminação intestinal;
b) pressão arterial, frequência cardíaca e controle do sangramento;
c) coleta de sangue, nível de consciência e controle do débito urinário;
d) temperatura corporal, frequência respiratória e movimentação dos membros.

www.romulopassos.com.br 107
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

2. (Residência Multiprofissional/UEPA/2020) Paciente com dreno de tórax conectado a um sistema de


aspiração contínua, para remoção de sangue da cavidade pleural, necessita de mudança de decúbito, o
enfermeiro deve assegurar que:
a) para realizar a mudança do decúbito o sistema de aspiração conectado ao frasco coletor do dreno
seja desligado.
b) o frasco coletor do dreno de tórax esteja abaixo do nível do tórax.
c) a água estéril usada como nível do frasco coletor deve ser removida.
d) o curativo seja por terapia de pressão negativa.
e) o dreno de tórax seja clampeado.

www.romulopassos.com.br 108
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

www.romulopassos.com.br 109
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

Transplante de Órgãos
Professora Priscilla Souza
1. (Prefeitura de Santa Bárbara-MG/FUNDEP/2018) Considerando a Resolução COFEN 292/2004, que
normatiza a atuação do enfermeiro na captação e transplante de órgãos e tecidos, assinale a alternativa
incorreta.
a) Ao enfermeiro, incumbe planejar, executar, coordenar, supervisionar e avaliar os procedimentos de
enfermagem prestados aos doadores de órgão e tecidos, por meio de procedimentos previstos em Lei.
b) Durante a entrevista com a família e o representante legal, o enfermeiro deve fornecer informações
sobre o processo de captação, que inclui: a comunicação sobre o diagnóstico do paciente e o
esclarecimento sobre a morte encefálica.
c) O enfermeiro deve documentar, registrar e arquivar o processo de doação e transplante no
prontuário do doador, bem como no do receptor.
d) O enfermeiro deve receber e coordenar as equipes de retirada de órgão, zelando pelo cumprimento
da legislação vigente.
2. (UFPE/COVEST-COPSET/2019) Sobre a atuação dos enfermeiros em transplantes, assinale a
alternativa correta.
a) O enfermeiro coordenador de transplante é responsável por promover os cuidados de enfermagem a
candidatos a receptores, a doadores de órgãos, vivos e falecidos, e a seus familiares ou cuidadores.
b) O enfermeiro clínico de transplante tem a função de gerenciar o programa de transplante e
coordenar as diversas etapas que compõem o período perioperatório.
c) A enfermagem que atua nos transplantes de órgãos deve orientar suas ações para a educação em
saúde, segurança do paciente e eficácia dos cuidados.
d) Todo o processo de doação de órgãos e tecidos é muito complexo e deve seguir sempre a legislação
vigente, e todos os protocolos disponíveis. A responsabilidade dessa assistência é da enfermagem.
e) O contato e a preparação para o potencial receptor deverá ser ágil e eficiente, a fim de prolongar o
tempo de resfriamento do órgão ou tecido e não o perder.
3. (UFAL/COPEVE-UFAL/2016) A atuação do enfermeiro no processo de doação de órgãos e tecidos é
desafiadora e, nesse contexto, ainda se depara com a falta de notificação de morte encefálica e falhas
na manutenção dos órgãos para a captação como fatores dificultadores à efetivação da doação. Dadas
as afirmativas,
I. O enfermeiro desempenha um cuidado especializado em relação à proteção, promoção e reabilitação
da saúde dos candidatos, receptores e familiares.
II. O enfermeiro aplica a sistematização da assistência de enfermagem, baseando o cuidado em
evidências e integrando a pesquisa e prática clínica.
III. O enfermeiro atua em transplante junto à comunidade na promoção e suporte em educação para a
doação de órgãos.
IV. O enfermeiro no processo de transplante restringe suas atribuições ao cuidado intra-hospitalar.
Verifica-se que está (ao) correta(s)

www.romulopassos.com.br 110
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

a) I, apenas. b) II e IV apenas. c) III e IV, apenas. d) I, II e III, apenas. e) I, II, III e IV.
4. (UNIFESP/2016) A adequada avaliação clínica e laboratorial do potencial doador de órgãos é
fundamental para um enxerto de qualidade. Como exemplos de contraindicações absolutas destacam-
se:
a) tuberculose tratada e tumores malignos.
b) tumores malignos salvo algumas exceções como carcinoma basocelular de pele e sorologia negativa
para HTLV I e II.
c) sepse ativa e não controlada e tumores primitivos do sistema nervoso central.
d) tumores primitivos do sistema nervoso central e sorologia positiva para HIV.
e) sorologia positiva para HTLV I e II e tuberculose em atividade.
5. (CISMEPAR-PR/FAUEL/2016) Atualmente, o transplante de órgãos e tecidos é alternativa terapêutica
segura e eficaz no tratamento de diversas doenças, determinando melhoria na qualidade e na
perspectiva de vida. A identificação de potenciais doadores é o primeiro passo de todo o processo de
doação e transplante, e provavelmente aquele que traz maior impacto no número final de doadores de
órgãos, uma vez que o baixo número de notificações é a principal causa da limitada taxa de doadores e
de transplantes no nosso país. A adequada avaliação clínica e laboratorial do potencial doador de órgãos
e tecidos é fundamental para a obtenção de um enxerto de qualidade, assim como seja evitada a
transmissão de enfermidades infecciosas ou neoplásicas. Assinale a alternativa em que a doença
apresentada NÃO é considerada contra-indicação absoluta para doação de órgãos. a) V, V, V, F.
a) Tumores malignos, com exceção dos carcinomas basocelulares da pele, carcinoma in situ do colo
uterino e tumores primitivos do sistema nervoso central.
b) Sorologia positiva para HIV ou para HTLV I e II
c) Sepse ativa e não controlada, tuberculose em atividade.
d) Hipertensão arterial severa, Sífilis.
6. (EBSERH/CESPE/2018) No que diz respeito a doação de órgãos e a aspectos gerais dos transplantes,
julgue o item seguinte.
Os doadores vivos podem doar medula óssea, um dos rins, parte do fígado, parte do pulmão ou parte da
medula óssea. No caso de não vivos em morte encefálica, possibilita-se a doação de coração, pulmões,
fígado, pâncreas, intestino, rins, córnea, ossos, tendões, vasos, pele e intestino.
( ) Certo ( ) Errado
7. (EBSERH/CESPE/2018) Considerando o Decreto nº 9.175/2017, que regulamenta a Lei nº 9.434/1997,
julgue o item a seguir.
A retirada de órgãos, tecidos, células e partes do corpo humano, após a morte, para fins de transplante
ou enxerto, somente poderá ser realizada com o consentimento familiar do falecido, consignado de
forma expressa em termo específico de autorização que respeite a vontade do doador em vida (doação
presumida).
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 111
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

8. (PC-MG/FUMARC/2018) Em relação aos dispositivos legais sobre a remoção de órgãos, tecidos e


partes do corpo humano para fins de transplante e tratamento, é CORRETO afirmar:
a) A retirada post mortem de tecidos, órgãos ou partes do corpo humano destinados a transplante ou
tratamento deverá ser precedida de diagnóstico de morte encefálica, constatada e registrada por dois
médicos não participantes das equipes de remoção e transplante.
b) A retirada de tecidos, órgãos e partes do corpo de pessoas falecidas para transplantes ou outra
finalidade terapêutica não dependerá apenas da autorização do cônjuge ou parente, estando também
vinculada aos sistemas de saúde pública e ao delegado de polícia.
c) No caso de morte sem assistência médica, de óbito em decorrência de causa mal definida ou de
outras situações nas quais houver indicação de verificação da causa médica da morte, a remoção de
tecidos, órgãos ou partes de cadáver para fins de transplante ou terapêutica somente poderá ser
realizada após a autorização do delegado de polícia ou do Ministério Público.
d) O cadáver de pessoa não identificada não pode se prestar a qualquer doação para transplantes,
exceto se autorizado pelo delegado de polícia, promotor ou juiz.
9. (EBSERH Nacional/AOCP/2014) O diagnóstico de morte encefálica implica na verificação de critérios
pré-estabelecidos no exame físico (prova clínica) e exames de imagem. Dentre os itens a seguir, quais
são reflexos avaliados na determinação da morte encefálica?
a) Reflexos cutâneo-plantar, Aquileu, córneo-palpebral, tendinoso de Golgi, tosse.
b) Apneia, tosse, e reflexos óculo-cefálico, córneopalpebral, fotomotor, vestíbulo-calórico.
c) Reflexos tricipital, óculo-cefálico, córneo-palpebral, vestíbulo-calórico.
d) Reflexos vestíbulo-calórico, tosse, de Aquileu, patelar, apneia, sinal de Lazarus e tosse.
e) Apneia, reflexo tendinoso de Golgi, reflexo patelar, tosse, Opistótono.
10. (EBSERH Nacional/IBFC/2020)
Medical Center. A informação foi confirmada pelo irmão Armando Liberato e pela assessoria do
apresentador. A cirurgia para retirada dos órgãos foi realizada na noite e na madrugada dos dias 23 e 24

comoveu multidões. A respeito da doação, captação e transplante de órgãos, assinale a alternativa


correta.
a) Para receber um órgão, o potencial receptor deve estar inscrito em uma lista de espera, respeitando-
se a ordem de compatibilidade e a gravidade de cada caso. A lista é única, organizada por estado ou por
região, e monitorada pelo Sistema Nacional de Transplantes (SNT) e por órgãos de controle federais.
b) O transplante de órgãos é um procedimento cirúrgico que consiste na reposição de um órgão ou
tecido de um receptor por outro órgão ou tecido normal de um doador, vivo ou morto. A doação de
órgãos é autorizada após a parada cardiorrespiratória.
c) A doação de órgãos só poderá ser realizada, no caso de paciente em morte encefálica, se o doador
houver se manifestado antes do óbito, como previsto em lei. Mesmo se os familiares autorizarem, a
doação não poderá ser realizada.
d) O tempo de isquemia é o tempo de retirada de um órgão e transplante deste em outra pessoa, os
órgãos com maior janela de tempo para captação e transplante são os rins e pode durar até 12 horas.
e) Após o transplante sugere-se consultas periódicas, com a prescrição de medicamentos
imunossupressores sendo facultativa e de forma intermitente, de acordo com o grau de rejeição do
receptor. Em casos de rejeição o paciente recebe altas doses de corticoides e deve permanecer
hospitalizado.

www.romulopassos.com.br 112
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

11. (Polícia científica PE/CESPE/2016) De acordo com aspecto clínico-neurológico, haverá morte
encefálica se?
a) Ocorrer midríase.
b) Se houver parada respiratória.
c) Todo exame de eletroencefalograma (EEG) estiver isoelétrico.
d) O coração parar de bater.
e) O tronco cerebral estiver irreversivelmente lesado.
12. (UFRPE/SUGEP-UFRPE/2019) A Resolução do CFM nº 2.173/2017, que define os critérios de morte
encefálica, estabelece como obrigatória a realização de exames complementares para demonstrar, de
forma inequívoca, a ausência de perfusão sanguínea ou de atividade elétrica ou metabólica cerebral.
Dos exames abaixo relacionados, qual o não recomendado pelo CFM?
a) Eletroencefalograma.
b) SPECT cerebral.
c) Potencial evocado auditivo e visual.
d) Doppler transcraniano.
e) Angiografia cerebral.
13. (UFT/COPESE-UFT/2019) A perda completa e irreversível das funções encefálicas, definida pela
cessação das atividades corticais e de tronco encefálico, caracteriza a morte encefálica (ME) e, portanto,
a morte da pessoa (Resol. CFM 2173/2017). O diagnóstico de ME é obrigatório e a notificação
compulsória para a Central de Notificação, Captação e distribuição de órgãos (CNCDO),
independentemente da possibilidade de doação ou não de órgãos e/ou tecidos (Lei 9.434/1997). Todas
a opções abaixo fazem parte do protocolo para o diagnóstico de morte encefálica (ME), EXCETO:
a) Definir sempre a causa da ME.
b) Afastar os fatores de confusão de diagnóstico de ME, condições que podem abolir reflexos do tronco
cerebral.
c) Realizar dois testes clínicos de ME por médicos diferentes e devidamente capacitados, separados por
intervalo de tempo adequado, conforme a faixa etária do paciente.
d) Verificar ausência de movimentos respiratórios pelo teste de apnéia.
e) Realizar exame complementar para confirmação de diagnóstico, com o Doppler cardíaco, e, se
possível, o transcraniano.
14. (FHGV/QUADRIX/2019) Em 2017, o Conselho Federal de Medicina publicou a Resolução n.º
2.173/2017, que atualizou os critérios para definição de morte encefálica, substituindo a Resolução n.º
1.480/1997, que estava em vigor até então. Acerca das orientações publicadas na Resolução n.º
2.173/2017, assinale a alternativa correta.
a) É necessário apenas um teste de apneia positivo, que consiste em PCO2 maior que 55 mmHg, sem
movimentos respiratórios ao final do teste.
b) O intervalo mínimo entre as duas avaliações clínicas passa a ser de seis horas para pessoas acima de
dois anos de idade.
c) A hipotermia não deve ser corrigida durante a instituição do protocolo de morte encefálica.

www.romulopassos.com.br 113
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

d) Se o paciente apresentar PAM menor ou igual a 65 mmHg, não são necessárias intervenções para
elevar a PAM durante o protocolo de morte encefálica.
e) A hipernatremia grave refratária ao tratamento inviabiliza a determinação da morte encefálica.
15. (EBSERH/CESPE/2018) Com relação ao transplante de córnea, julgue o item subsequente.
A córnea contém cinco camadas; no entanto, em caso de transplante, nem sempre é necessário
transplantar todas as camadas. Por isso, há dois tipos de transplante de córnea: o penetrante e o
lamelar.
( ) Certo ( ) Errado
16. (EBSERH/CESPE/2018) No que diz respeito ao transplante cardíaco, julgue o item que se segue.
Infecções bacterianas não tratadas com antibióticos contraindicam a realização de transplante cardíaco.
Contudo, pacientes com infecções sistêmicas, porém tratadas nas últimas 48 h com antibióticos, e
evidências laboratoriais indicativas de controle do processo infeccioso, podem ser submetidos ao
transplante cardíaco.
( ) Certo ( ) Errado
17. (EBSERH/CESPE/2018) Uma mulher de vinte e cinco anos de idade, hígida, não tabagista, vítima de
acidente automobilístico, com traumatismo craniencefálico grave, trauma torácico e hemotórax
bilaterais, foi submetida a drenagem bilateral de tórax, tendo apresentado melhora significativa do
quadro respiratório, mas grave piora do quadro neurológico. Nessa circunstância, foi aberto protocolo
para diagnóstico de morte encefálica (ME), que foi constatada após realização de todos os testes
necessários preconizados em lei.
Com relação a esse quadro clínico e a aspectos relacionados ao transplante de pulmão, julgue o item
subsecutivo.
Semelhante à síndrome do desconforto respiratório agudo (SDRA), a disfunção primária de enxerto é
definida pela relação PaO2/FiO2 < 300 associada a infiltrado radiológico nas primeiras 72h após o
transplante pulmonar.
( ) Certo ( ) Errado
18. (EBSERH/CESPE/2018) Com relação aos transplantes renal e de pâncreas, julgue o item a seguir.
No transplante renal, a rejeição hiperaguda, tipo mais comum de rejeição precoce e única para a qual
existe tratamento efetivo, pode ocorrer a partir do 3º dia pós-transplante, podendo acontecer a
qualquer momento no curso do pós-transplante, sendo mais comum nos três primeiros meses.
( ) Certo ( ) Errado
19. (EBSERH/CESPE/2018) No que diz respeito a doação de órgãos e a aspectos gerais dos transplantes,
julgue o item seguinte.
O tempo necessário e viável entre a retirada do órgão e o transplante é chamado de tempo de isquemia
e varia de órgão para órgão. O tempo máximo de retirada para coração, pulmão, fígado e pâncreas será
antes da parada cardíaca do paciente, sendo o tempo máximo de preservação extracorpórea de 4 h a 6
h para coração e pulmão, e de 12 h a 24 h para fígado e pâncreas.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 114
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

20. (UNIFESP/UNIFESP/2016) Dentre os órgãos e ou tecidos a serem doados, aquele que apresenta
maior tempo de preservação extracorpórea e que pode ser retirado após 6 horas da parada cardíaca é:
a) o osso.
b) a córnea.
c) o pâncreas.
d) o fígado.
e) o pulmão
21. (UERJ/CEPUERJ/2019) A manutenção inadequada dos órgãos e tecidos é um dos principais fatores
de não concretização de sua doação. Além da utilização de colírios ou lubrificantes oftalmológicos
prescritos, outro cuidado que o técnico de enfermagem pode tomar para preservar a córnea é:
a) manter gaze estéril sobre pálpebras abertas.
b) fazer irrigação ocular constante com água destilada.
c) usar gaze embebida em água destilada sobre os olhos fechados.
d) usar finas tiras de esparadrapo ou fita microporosa sobre as pálpebras fechadas.
22. (Prefeitura de Aracruz - ES/IDABE/2019) O transplante renal é uma alternativa de diálise para
muitos clientes que têm doença renal terminal refratária às outras medidas terapêuticas. Esse
procedimento pode ser necessário para se manter a vida de um cliente que sofreu perda traumática da
função renal ou tem contraindicação para a diálise. São cuidados e enfermagem depois da cirurgia de
transplante renal:
I. Observar sinais e sintomas de rejeição do órgão;
II. Se débito urinário maior que 100ml/h avisar a equipe médica, pois nesse período o ideal é
permanecer anúrico até total cicatrização;
III. Monitore cuidadosamente o débito urinário;
IV. Examinar o local do transplante para verificar sinais de eritema, hipersensibilidade e edema.
Estão corretas:
a) I, II, III e IV.
b) II, III e IV, apenas.
c) III e IV, apenas.
d) I, III e IV, apenas.
e) I e II, apenas.
23. (UFMG/UFMG/2018) O protocolo assistencial de enfermagem para pacientes de transplante de
órgãos sólidos na Unidade de Internação inclui a observação de sinais e sintomas de rejeição ou
disfunção do enxerto.
Em relação ao transplante renal, entre esses sinais e sintomas incluem-se, EXCETO
a) febrícula. b) hipertensão. c) mal-estar. d) diminuição da ureia e creatinina.

www.romulopassos.com.br 115
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

24. (EBSERH/CESPE/2018) Segundo a Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), o número


de famílias que não autorizam a doação de órgãos e tecidos de parentes com diagnóstico de morte
encefálica aumentou significativamente no Brasil, principalmente devido à falta de compreensão do
conceito de morte encefálica. Acerca da assistência à família do doador de órgãos, julgue o item que se
segue.
Quando houver suspeita de morte encefálica, a família deverá ser abordada por profissional capacitado,
com atitude empática, que realizará a entrevista objetivando o consentimento para a doação de órgãos,
tecidos, células e partes do corpo para transplante.
( ) Certo ( ) Errado

www.romulopassos.com.br 116
RETA FINAL IJF, MARINHA E RESIDÊNCIAS| 1.500 QUESTÕES|PARTE 1

www.romulopassos.com.br 117