P. 1
prova SUS

prova SUS

|Views: 1.663|Likes:
Publicado porAlberto Simplício

More info:

Published by: Alberto Simplício on Mar 12, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/02/2013

pdf

text

original

Questões de concurso sobre SUS- referente aos princípios do SUS

21. Com relação às disposições da Lei Nº 8.080/1990 considere as seguintes afirmativas: I - A alimentação, a moradia, o saneamento básico, o meio ambiente, o trabalho, a renda, a educação, o transporte, o lazer e o acesso aos bens e serviços essenciais são fatores determinantes e condicionantes do estado de saúde de uma população. II - As ações previstas em lei devem ser praticadas pela iniciativa pública, ficando vetada a participação da iniciativa privada em qualquer instância. III - A saúde é um direito fundamental do ser humano, e é um dever das pessoas, da família, das empresas e da sociedade prover as condições indispensáveis ao seu pleno exercício. IV - O Estado deve garantir a saúde a partir da execução de políticas econômicas e sociais que visem a redução de riscos de doenças. Assinale a alternativa correta. a) Somente a afirmativa II é verdadeira. b) Somente a afirmativa III é verdadeira. c) Somente as afirmativas I e IV são verdadeiras. d) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras. e) Somente as afirmativas II e III são verdadeiras 22. O Sistema Único de Saúde - SUS, de acordo com a Lei Nº 8.080/1990, é constituído pelo conjunto de ações e serviço de saúde prestados por órgãos e por instituições das seguintes esferas: a) Públicas Federais e Estaduais, da Administração Direta, as fundações mantidas pela iniciativa privada, podendo o município participar em caráter complementar. b) Públicas Federais, Estaduais e Municipais, da Administração Direta e Indireta, e das fundações mantidas pelo Poder Público, podendo a iniciativa privada participar em caráter complementar. c) Públicas Estaduais e Municipais, da Administração Direta e Indireta, e das fundação mantidas pelo Poder Público, podendo a iniciativa privada participar em caráter complementar. d) Públicas Federais e Municipais, da Administração Direta e Indireta, devendo a iniciativa privada participar em caráter complementar. e) Públicas Federais, Estaduais e Municipais, da Administração Indireta, devendo as Fundações mantidas pela iniciativa privada participarem em caráter complementar. 23. O Sistema Único de Saúde não inclui, definitivamente, os seguintes órgãos: a) instituições de seguros privados de saúde; b) serviços de saúde das Forças Armadas; c) instituições privadas de saúde; d) instituições filantrópicas; e) hospitais universitários. 24 Nos termos da atual Constituição da República Federativa do Brasil, ao SUS compete, além de outras atribuições: a) controlar e fiscalizar procedimentos, produtos e substâncias de interesse para a saúde, quando solicitado pela iniciativa privada. b) executar as ações de vigilância sanitária e epidemiológica, bem como as de saúde do trabalhador. c) fiscalizar e inspecionar alimentos, bebidas, águas para o consumo humano, exceto a produção de produtos psicoativos. d) participar da formulação da política das ações de saneamento básico e delegar a execução, exclusivamente, para a iniciativa privada . 25 A vigilância sanitária consiste em um conjunto de ações: a) capazes de eliminar, diminuir e prevenir riscos à saúde e•de intervir nos problemas sanitários

Esta lei conceitua saúde do trabalhador e descreve várias intervenções a serem desenvolvidas. 29. entende-se por saúde do trabalhador um conjunto de atividades que se destina à promoção e proteção da saúde dos trabalhadores. à saúde. b) a organização de serviços.Assistência ao trabalhador vítima de acidentes de trabalho ou portador de doença profissional. considere as seguintes ações: I . Sobre o assunto. d) programadas para avaliação e controle do valor nutricional dos alimentos hortigranjeiros. avaliação• e controle de riscos e agravos potenciais à saúde presentes em situações de trabalho. A Lei Nº 8.080/1990 contém atividades que abrangem: 1) recursos humanos destinados à proteção permanente do ambiente de trabalho. Dentre estas. 3.Elaboração de normas técnicas e estabelecimento de padrões de qualidade para promoção da . derivadas de condições de vida e formuladas por um determinado ator social.3 e 4. 26 A Lei Orgânica da Saúde conceitua Vigilância Epidemiológica (VE) como: a) um conjunto de ações que proporciona o conhecimento. e) 2. c) 1 e 4.Definição das instâncias e mecanismos de controle. podemos registrar: a) controle de bens de consumo relacionados à saúde. b) destinadas à detecção de determinadas doenças que afetam as comunidades da periferia urbana. eliminação ou apenas controle de algumas doenças infecciosas e parasitárias. 2 estudos. para fim de adoção de medidas de intervenção pertinentes. b) avaliação do impacto provocado pelas tecnologias à saúde. 27 Em relação à saúde do trabalhador.Avaliação e controle dos riscos e agravos potenciais à saúde existentes no processo de trabalho. 5) participação do Sindicato dos Trabalhadores na defesa dos mesmos. nas Secretarias Estaduais. feita à autoridade sanitária por profissionais de saúde. com a finalidade de recomendar e adotar as medidas de prevenção e controle das doenças ou agravos. e) destinadas à fiscalização do meio ambiente. 4 e 5. d) controle da prestação de serviços relacionados. 3) assistência ao trabalhador vítima de acidente de trabalho. a fim de compreender o funcionamento normal do organismo e de estabelecer uma terapêutica racional. água e bebidas para consumo humano.decorrentes do meio ambiente. IV . 28. e 5. assim como visa à recuperação e reabilitação da saúde de trabalhadores.080/1990 estabelece a execução de ações de saúde do trabalhador no campo da saúde. sobretudo em regiões afetadas por grandes estiagens. os quais desenvolve uma série de ações e atividades voltadas para a erradicação. III . 3. direta ou indiretamente. a) 1. a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes da saúde individual ou coletiva. pesquisas. Segundo a Lei Nº 8.080. 4) avaliação do impacto que as tecnologias causam à saúde. c) a comunicação de ocorrências de determinadas doenças ou agravos à saúde. avaliação e fiscalização das ações e serviços de saúde. d) o estudo dos fenômenos patológicos por métodos científicos. d) 2. de 19 de setembro de 1990. e) a representação social de necessidades sanitárias. c) fiscalização e inspeção de alimentos. quando existir risco iminente de agravo à saúde. b) 1. 4 e 5. a Lei n08. c) voltadas exclusivamente à fiscalização de alimentos destinados aos centros de distribuição. II .2.

individuais e coletivos. 40. também chamada de Lei Orgânica da Saúde. c) Igualdade. d) I e II somente. em todos os níveis de complexidade é considerado como um direito de: a) universalização da assistência. O conjunto contínuo e articulado de ações e serviços. c) centralização político-administrativa. d) Centralização. 37.saúde do trabalhador. c) Controle Social. b) II e III somente. preventivos e curativos. b) Integralidade d) Igualdade. II e III somente. das pessoas assistidas.080/1990. 38. e) III e IV somente. Qual das alternativas abaixo NÃO é princípio doutrinário preconizado pelo SUS? a) Universalidade. b) universalidade do acesso ao nível primário de assistência à saúde. No âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). define princípios e diretrizes para o Sistema Único de Saúde. d) descentralização político-administrativa . d) utilização da epidemiologia para o estabelecimento de prioridades assistenciais. são pertinentes aos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos advindos das condições de trabalho as ações discriminadas em: a) I. c) I e IV somente. privilegiando as classes mais desfavorecidas. sobre sua saúde. b) Universalidade. b) hierarquização da rede de serviços de saúde. e) Direito à informação. Um dos princípios fundamentais das ações e serviços públicos de saúde e serviços privados contratados ou conveniados que integram o Sistema Único de Saúde é: a) igualdade da assistência à saúde. 39. A Lei Nº 8.080/19907 a) Integralidade. com direções múltiplas em cada esfera do governo. GABARITO 21C 22B 23A 24B 25A 26A 27E 28B 29D 37D 38C 39C 40D 41B . c) integralidade da assistência. (UFPR/SEAP/2004) Qual dos princípios abaixo não faz parte da Lei Orgânica de Saúde nº8.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->