Você está na página 1de 36

Todos

por
um só
Brasil.
1
Todos
por
um só
Brasil.
Documento da Fundação
Ulysses Guimarães para
contribuição ao debate e
posicionamento partidário.

2
Senhor Presidente
Baleia Rossi

O Brasil encontra-se dividido, fraturado, não mais princípio democrático. Portanto, é um texto
se reconhecendo em valores e princípios comuns. que oferece ao País uma proposta preliminar,
Se a Europa do pós-guerra conseguiu um grande construída por brasileiros que pensam o Brasil.
desenvolvimento material, político, educacional e Sendo assim, a composição ora apresentada
cultural, é porque soube estruturar-se em torno da não é ponto de chegada, e sim de partida, tendo
ideia do Estado de Bem-estar material, respeitando sido fundamentada, estruturada e elaborada
o direito de propriedade, a livre iniciativa, as com base científica e sem dogmas, por meio
liberdades, a justiça social e fazendo com que o de consulta a especialistas, gestores, técnicos e
Estado e o mercado funcionassem em sintonia. pesquisadores que são referência nacional em
A nossa Constituição Cidadã, para a qual a suas respectivas áreas de atuação. Objetivamos,
grande contribuição foi de nosso partido, sem assim, subsidiar a construção de uma proposta
demérito dos demais, retomou, precisamente, que seja programática, do ponto de vista
esses valores. Eis por que nós, da Fundação Ulysses político, e também pragmática, do ponto de vista
Guimarães, propomos este conjunto de ideias. O administrativo, pois é exequível e possível de ser
Brasil carece, mais do que nunca, de solidariedade, implementada gradativamente com a chegada
da contribuição de todos para todos, sem nenhum do MDB ao Palácio do Planalto.
tipo de exclusão. Urge que nos reconheçamos em Nossa história nos habilita e credibiliza, razão
princípios que sejam por todos compartilhados. pela qual submetemos ao partido este documento,
Ciente de sua missão institucional, a Fundação que é acompanhado de um Manifesto, para que
apresenta ao MDB reflexões e proposições possa ser encaminhado a todas forças vivas do
baseadas em sua trajetória política e, sobretudo, MDB, com o intuito da promoção de debates e
coerentes com as ações desempenhadas durante deliberação em nosso Congresso Nacional, que já
a gestão do partido à frente do Poder Executivo. tem data aprazada para dezembro.
O documento, dividido em três partes, apresenta Porúltimo,estetrabalhotempordestinosubsidiar
contribuições considerando a importância de um o partido para que, após discussão interna, possa,
posicionamento equilibrado e centrado, capaz de juntamente com as forças políticas democráticas,
unir a “Terceira Via para o Brasil”. construir um pensamento e uma ação que unifique a
Além disso, resgata as conquistas e a relevância construção de uma Terceira Via nas eleições de 2022.
da credibilidade institucional, que são essenciais
para a condução do País, e que sempre estiveram
presentes nos governos do MDB, quando foi Alceu Moreira
comprovada a capacidade de priorização do Presidente da Fundação Ulysses Guimarães

3
Todos por um só Brasil
Todo partido digno de seu nome deve assumir responsabilidades
diante de seu país e, particularmente, diante de uma crise de
proporções avassaladoras, como a hoje existente.

O MDB, fazendo jus à sua história, em 2016 por força de uma difícil
traz agora à discussão um conjunto de decisão do Poder Legislativo avalizada
ideias que permita não apenas pensar a pelo Supremo Tribunal Federal, o
nossa situação, como também fornecer Brasil estava em frangalhos. A queda
um conjunto de balizas que sinalizem do PIB nos dois anos anteriores era
concretamente para o mundo pós- acentuada, os juros estavam altos, a
pandemia. Temos, porém, consciência inflação fugia do controle, o desemprego
de que não há um antes e depois que aumentava. A exigência de mudanças
possam ser distintamente separados, na se fez presente, inclusive nas ruas. O
medida em que vivemos um processo, no MDB soube responder à altura. Tomou
qual entramos sem saber e do qual não prioritariamente medidas de pacificação
sabemos ainda como sair. A saída será nacional, chamando outros partidos a
um movimento, constituído de etapas, governar, ciente de que, sozinho, nada
em que inúmeras decisões serão tomadas poderia fazer. A sabedoria consistiu
em função de fatos novos, alguns por em compartilhar o Poder e administrar
enquanto imprevisíveis. Saída completa coletivamente, visando ao bem comum,
só ocorrerá com a aplicação massiva de ao bem de todos. Em um curtíssimo
novas vacinas ou novos medicamentos de espaço de tempo, o País voltou a crescer,
cura, algo com o qual não podemos contar o desemprego começou a ser reduzido,
totalmente pelo momento. a inflação foi totalmente controlada, os
Não propomos aqui um detalhamento juros caíram e os brasileiros passaram a
de medidas, mas caminhos que sinalizem vislumbrar o futuro. O seu legado foi um
para um futuro melhor. país arrumado e preparado para um
Quando o MDB assumiu o governo salto para o futuro. O partido possui uma

4
longa história, tendo exercido um papel e soube executá-la em parceria com
central na restauração da democracia no o Parlamento, o que permitiu, em um
Brasil. Foi um intransigente defensor das curto espaço de tempo, a queda abrupta
liberdades, sem as quais um povo se torna da inflação e a volta dos investimentos.
súdito e escravo. Lutou pelo fortalecimento De um país combalido e paralisado,
das instituições republicanas e tudo fez surgiu um país esperançoso e pronto
para que o País encontrasse o seu rumo. para voltar a crescer. Ou seja, sempre
Participou de coligações, governou por si que chamado, o partido mostrou a sua
mesmo, defendeu o diálogo político. capacidade de restabelecer a necessária
Com uma mescla de moderação e estabilidade para focar no que importa:
astúcia, o MDB consolidou o processo de emprego e renda. Nossa concepção, em
redemocratização com a volta do voto linhas gerais, consiste em romper a falsa
direto, livre e universal garantido por uma polarização entre uma extrema-direita
Constituição verdadeiramente Cidadã. Na populista e uma esquerda irresponsável
grave crise de credibilidade do governo em com as contas públicas. Ela consiste
2015, o partido apresentou uma proposta em abandonar a concepção política
clara ao País, a “Ponte para o Futuro”, baseada no “nós contra eles”, consciente

5
de que a experiência histórica já mostrou deste nobre trabalho de construção de
aonde isso leva: a destruição do Estado uma sociedade livre, mostrando como a
Democrático de Direito. Vejam, ao nosso política pode ser escrita com P maiúsculo;
redor, o que acontece com a experiência b) justiça social. Lá, se iniciaram as
chavista, “modelo” tanto da extrema- políticas de reparação social, criando a
-direita quanto da esquerda radicalizada; base legal de programas sociais, os quais
vejam o nosso destino se não soubermos serviram de alicerce para ações que
dizer basta! A nossa concepção consiste depois se desenvolveram;
em articular o diálogo social e político, c) cultura. Data desta época a criação
procurando fazer com que os Poderes de uma Lei de Incentivo à Cultura, algo
falem entre si. Ela consiste em enfrentar vital para uma sociedade que se pretende
a grave desigualdade social de nosso esclarecida e educada.
país, oferecendo educação de qualidade d) proteção social. Implantação de
para todos, independentemente de um amplo sistema de assistência social,
condição social, gênero, raça ou religião. visando aos pobres e desamparados.
Ela consiste em erradicar a pandemia no
País, cujo tratamento irresponsável só gera
doença, morte, fome e desemprego. “Essa visão do MDB
Em sua atuação governamental, o MDB
para explorar e
reivindicar o serviço
fez face a grandes desafios, em momentos
particulares de crise, sabendo olhar para
o futuro e enfrentando graves problemas que prestou ao Brasil
no presente. Construiu ampla base é única. (Um partido)
parlamentar de apoio, sem a qual nenhum
que ajudou com que
o País não se dividisse
presidente consegue realmente governar.
Em vez da discórdia, o valor maior foi a
concórdia. Realizou tudo isso com uma e ficasse unido,
equipe técnica qualificada, articulando e procurando atravessar
coordenando politicamente, caminhando
as crises políticas para
ter solução pacífica e
pelo centro e evitando os extremos.
O legado de José Sarney teve imenso
impacto na ordem social e institucional política.”
da nação. Ressaltemos alguns pontos:
a) a transição democrática. As instituções
- José Sarney
democráticas hoje vigentes são o fruto

6
No governo Temer, os ganhos foram g) a responsabilidade fiscal, mediante
impressionantes para um curto espaço a introdução da Lei do Teto dos Gastos,
de tempo. Nunca se fez tanto em tão com o intuito de impedir o descontrole
pouco tempo. dos gastos públicos, os quais terminam
Vejamos, brevemente, algumas por prejudicar os mais pobres e
medidas: desfavorecidos;
a) a superação da recessão de 8,6% h) a manutenção e o fortalecimento
acumulada nos últimos 11 trimestres; de programas sociais como o Bolsa
o País, já no primeiro ano, foi para um Família, com melhor controle de sua
crescimento superior a 1%, em uma administração;
reversão enorme de expectativas; i) o relançamento do Minha Casa
b) a inflação aproximava-se de 10%, Minha Vida, bem-sucedida iniciativa do
tendo sido reduzida, em 2017, a 2,95%, governo anterior;
trazendo segurança e benefício social no j)oPPI,umousadoplanodemodelagem
controle da moeda; das relações público-privadas, focado
c) a redução dos juros básicos próximos em questões regulatórias e em aumento
de 15%, tendo então caído a 6,5%; de investimentos, tendo se traduzido por
d) a reforma trabalhista que, assegu- várias concessões. Ressalte-se a sua
rando os direitos dos trabalhadores, transparência, não tendo se submetido
modernizou toda uma legislação, que já ao peso das corporações públicas e
estava vencida pelo tempo. O Brasil pôde privadas;
olhar para frente; k) preservação ambiental, com a
e) a profissionalização da gestão das criação da maior reserva marinha do
empresas estatais, com destaque para mundo, além da quadruplicação da
a Petrobras que, em crise, tendo sido Chapada dos Veadeiros;
apropriada partidariamente, conseguiu l) diplomacia. Política externa
reverter a sua situação e se colocar como multilateral, tendo como preocupação
exemplo de gestão pública; central a defesa dos interesses nacionais.
f) a reforma do ensino médio, Recuperou a credibilidade do País.
avançando no conhecimento e na ciência,
começando a superar a ideologização
que havia tomado conta do setor;

7
A pergunta, inevitável, seria:
como tanto se conseguiu? Talvez
uma resposta simples seja: com
ideias, programas, competência “É preciso derrubar
e amplo espírito de conciliação
os rótulos pelo bem
nacional. Ainda antes de Michel
Temer assumir o poder, a Fundação
do povo. Para o povo,
Ulysses Guimarães elaborou um são os resultados
importante documento, Ponte para que importam,
o Futuro, que fazia um diagnóstico
independentemente
de ideologia. Toda a
da situação e apontava rumos para
o governo, com ideias, criatividade
e, sobretudo, coragem para mudar. atividade política deve
Pessoas competentes, partidárias ou gerar paz, está na
não, foram escolhidas para cargos-
Constituição. No plano
-chave. A luta do “nós contra eles”
foi substituída pelo “todos juntos”
interno e no externo,
pela reconstrução nacional. O Poder o diálogo é possível e
Executivo trabalhou com o Poder fundamental.”
Legislativo, viabilizando a aprovação
de reformas necessárias para a - Michel Temer
modernização do Brasil. Imperaram
o diálogo e o espírito de pacificação.

8
Uma
Terceira Via
para o Brasil
O MDB aposta na democracia,
na liberdade e na igualdade
de oportunidades. Não se
deixa levar por arroubos
autoritários ou medidas
populistas que tanto
dano causam ao País e,
em particular, aos mais
desfavorecidos.
Este posicionamento traz três princípios
fundamentais:
• a democracia, com absoluto com-
promisso com as liberdades e a
defesa da Constituição, correta-
mente dita Cidadã;
• uma noção de desenvolvimento
voltada para todos, sem exclusões e
baseada na participação de todos; a
igualdade de oportunidaes é aqui o
nosso norte;
• um governo funcional, fundado na
competência, na execução e no
manejo honesto e criterioso dos
recursos públicos que são, de fato, dos
cidadãos e empresas, daqueles que
pagam impostos e contribuições.

9
Princípio 1 - Princípio 3 -
Democracia Governo Funcional
O MDB propõe vigilância permanente Um governo que funciona é aquele
na manutenção dos princípios demo- que se orienta pela compreensão
cráticos e constitucionais, não transigindo das prioridades dos brasileiros, tendo
com qualquer forma de autoritarismo. consistência técnica e dedicação ao País.
As ações políticas e de governo de- A responsabilidade fiscal é aqui um valor
vem estar baseadas na pluralidade, maior, sem o qual os mais prejudicados
defendendo a igualdade de direitos e são os mais necessitados. Controlar a
o acesso a serviços e políticas públicas inflação significa controlar a moeda,
para todos os brasileiros. que é um bem coletivo. Isso se traduz
A Constituição e as leis situam-se acima pela necessidade de uma gestão que
dos governantes e dos representantes dê agilidade e funcionalidade à máquina
políticos, devendo esses prestar a aquelas estatal, evitando desperdícios e valorizando
obediência e respeito. os impostos e contribuições pagos.

Princípio 2 -
Desenvolvimento
para Todos
O nosso compromisso é com um
desenvolvimento econômico que seja
socialmente inclusivo, capaz de incorporar
os brasileiros ao mercado de trabalho, à
educação e ao bem-estar material. Trata-
-se de elevar o padrão social de todos,
reconhecendo a dignidade humana de
cada um.
Apostamos em um ambiente jurídico e
empresarial que fortaleça a livre iniciativa,
oferecendo a todos a oportunidade de
trabalhar, de conseguir emprego e de
criar empresas próprias. Favoreçamos o
empreendedorismo dos brasileiros!

10
Grandes Linhas

O Brasil exige que pensemos grande, sivamente para uma educação mais
consoante não somente com nosso moderna e de qualidade.
tamanho continental, mas, sobretudo, • Os pobres foram os mais prejudicados.
com nossas aspirações nacionais. Um país O Brasil não pode conviver com tal
que não se pensa é um país incapaz de grau de injustiça social e disparidade
vislumbrar o futuro. Eis por que o MDB se de oportunidades.
lançou nesta iniciativa de apresentar ideias • O País não pode permanecer refém
que nos permitam sair dos impasses atuais. de uma burocracia atrelada ao
• Sem igualdade de oportunidades, controle de meios, sem se preocupar
nenhum país pode crescer com justiça com a finalidade social que deveria
social. É não somente uma efetiva presidir as suas ações. Trata-se de
igualdade de todos perante a lei, criar uma gestão pública para o século
mas, também, de uma educação de 21 – compliance (integridade), mérito,
qualidade, de condições sociais e de tecnologia e moderna gestão de
amplo acesso de todos aos modernos pessoas.
meios de comunicação. • Amar e respeitar a Amazônia e
• O Brasil patina na educação. A pan- desenvolvê-la de forma consciente
demia mostrou uma educação públi- e sustentável – uma política am-
ca de baixa qualidade, com escolas biental que nos propicie orgulho,
sem condições materiais de oferecer a autoestima e reconhecimento. Ag-
seus estudantes internet e computa- ricultura e meio ambiente devem tra-
dores, que poderiam contribuir deci- balhar de mãos juntas.

11
• Renda básica que erradique a pobreza Convergências
e dê a cada brasileiro o direito pleno de
cidadania, autoestima e emancipação. Na busca de ideias, a Fundação
Logo, um programa atento à emanci- Ulysses Guimarães e o MDB consultaram
pação dos mais necessitados mediante vários especialistas, de diferentes
uma política pública de criação e inte- concepções e horizontes partidários,
gração ao mercado do trabalho. O tra- sem nenhum tipo de preconceito, tendo
balho enobrece, o desemprego avilta como único norte encontrar caminhos
as pessoas. para o Brasil. Preocupamo-nos com as
• Equilíbrio entre a promoção da convergências, com aquilo que nos une, e
igualdade social e a disciplina fiscal, pois não com o que nos desune.
as primeiras vítimas do desequilíbrio Ao longo do ciclo de debates “O Brasil
fiscal são precisamente os mais precisa pensar o Brasil”, foram constatados
necessitados, os mais carentes. Urge diagnósticos convergentes, relacionados
uma reforma tributária que olhe para às demandas sociais contemporâneas e
o contribuinte, simplifique o sistema aos caminhos que precisam ser percorridos
de impostos e estimule o trabalho e o para que os problemas apontados possam
empreendimento e assegure o equilíbrio ser mitigados ou sanados a curto, médio e
federativo. longo prazo. Há a premissa inicial de que a
• Marcos regulatórios sólidos, segurança pandemia gerada pelo novo Coronavírus
institucional, jurídica e política que mudou drasticamente o planejamento
transmitam aos investidores confiança e a forma de atuação de governos,
no futuro, que viabilizem vultosos corporações e indivíduos do mundo inteiro
investimentos em infraestrutura, ao longo do ano de 2020.
particularmente em ferrovias, Não superaremos a grave crise
aeroportos, rodovias, transporte econômica se não enfrentarmos a
de cabotagem, área energética, pandemia e seus efeitos com ciência,
conectividade em 5G, saneamento decisão e previsibilidade. Recuperando
básico, entre outras pautas de a confiança, o crescimento e o emprego
infraestrutura. voltarão. Se a pandemia não for
• Valorização e defesa da democracia devidamente enfrentada, com vacinas,
representativa e de suas instituições. distanciamento social, máscaras e
• Uma cadeia nacional da saúde álcool em gel, a economia continuará
enquanto defesa dos cidadãos e da fraquejando e as pessoas serão cada vez
soberania nacional. mais abandonadas a si mesmas.

12
Às vésperas de mais um período eleitoral, lidade, harmonia entre os Poderes e forte
e em meio a um contexto de profundas convergência com o parlamento, havia
transformações, avanços tecnológicos, devolvidocredibilidadeànação,entregando
novas dinâmicas sociais e expansão da as reformas exigidas para se alcançar o
desigualdade social, está posto o desafio a equilíbrio fiscal das contas públicas. Em
todososatorespolíticos:oqueprecisaserfeito? sua gestão, a confiança e a segurança
Nossa proposta reside em apontar caminhos, propiciaram uma forte retomada dos
em sinalizar rumos que serão perseguidos investimentos nacionais e internacionais.
por aqueles verdadeiramente interessados
pelo nosso país. O Brasil está carente de
É imperioso destacar
ideias e de prospectos para sua realização.
Neste contexto, defendemos políticas
que o desenvolvimento
públicas modernas e arrojadas, novasformas da nação deve alcançar
de geração de emprego e renda, além de a todos os seus filhos, e,
pesados investimentos na infraestrutura e na hoje, a maior angústia
formação, qualificação e aprimoramento da
de milhões de brasileiros
nossa mão de obra, para que os brasileiros
estejam alinhados às tendências e demandas
é a fome.
do mercado de trabalho do século 21. Um dado alarmante que ilustra essa
O mapa de navegação para o desen- triste realidade é o de que, em fevereiro

volvimento do Brasil exige vultosos de 2021, aproximadamente 70% dos

investimentos em infraestrutura. Com 18 milhões de moradores de favela no


Brasil não tiveram dinheiro para comprar
a incapacidade do Poder Público de
comida. Ademais, nos últimos anos,
concretizá-los, impera a necessidade
vimos indicadores ligados diretamente à
de capital privado, que só será
qualidade de vida da população piorarem,
viabilizado após a consolidação de
como a alta de preços, o desemprego
um ambiente adequado de negócios:
em patamar elevado e a fuga de
segurança institucional, jurídica e
investimento para outros países. Uma
política; além de marcos regulatórios
nação verdadeiramente de todos deve
sólidos, que transmitam aos investidores
garantir uma distribuição transparente,
confiança no futuro, para a realização
democrática, criteriosa e justa dos
de aplicações de retorno a longo prazo. recursos para todos os brasileiros.
A gestão do MDB, pautada pela centra- Nossa história, neste momento

13
decisivo, exige de nós a posição de o baixo nível digital da educação
“guardiões do bom senso” para que, pública brasileira. Aulas on-line são
de forma equilibrada e progressiva, majoritariamente utilizadas por escolas
possamos dar continuidade às reformas privadas que atendem a uma população
existentes ou às que foram interrompidas, de alta extração social, capazes de pagar
pois, como já ensinava o saudoso por estes serviços. Logo, os que estão no
Ulysses Guimarães durante a Assembleia andar de baixo da pirâmide social sentem
Constituinte: “A nação deve mudar. A ainda mais fortemente a desigualdade,
nação vai mudar. ” Enquanto partido não podendo ter acesso a um mundo
de centro, nosso compromisso primeiro digital que se impõe. Trata-se de lhes dar
é com reformas que saibam preservar passagem para esse “novo” mundo, algo
o que merece ser preservado e, com
que veio para ficar. É imperioso elevar
coragem, mudar o que deve ser mudado.
a capacitação educacional do povo
mediante uma educação de qualidade,

Desenvolvimento utilizando os novos meios tecnológicos

para todos e digitais. Tudo isso, evidentemente,


valorizando os professores, treinando-os
Garantir a igualdade de oportunidades e aumentando os seus salários, tendo o
para todos os brasileiros deve ser a principal mérito e os resultados enquanto princípios.
obstinação de um governo, por meio Em decorrência, nas disputas que se
de políticas sólidas de Estado, baseadas aproximam, o País poderia vislumbrar um
em evidências e indicadores, visando à futuro de pessoas formadas pela ciência
redução das desigualdades e promovendo e tecnologia, capazes de fazerem parte
a mobilidade social. Mais do que um de um mundo competitivo, digital e de
consenso, há uma unanimidade: a Educação inovação. A repercussão social, industrial
é o caminho para a construção de uma e comercial seria aqui enorme. O Brasil
sociedade mais justa e digna, e deve se mudaria de patamar social e educacional.
tornar uma prioridade nacional! A Educação O Grande Avanço com a Educação
é o melhor investimento que um país pode é uma prioridade do MDB para o Brasil.
fazer a longo prazo, exigindo de todos um Frisemos que não há como pensar em
esforço de atualização, modernização e de igualdade de oportunidades sem elevar
qualificação de professores e alunos. a qualidade da educação e ampliar
As condições do necessário distan- o seu acesso. Avançar na Reforma
ciamento social mostraram não apenas Educacional a partir da sala de aula
a carência alimentar de crianças e pressupõe renovação de metodologias,
jovens mais necessitados, mas também utilização das mais modernas e eficientes

14
ferramentas educacionais, em particular contexto da federação, sem que, no
as digitais, alcançando todas as crianças, entanto, os recursos redistribuídos pela
jovens e adolescentes, sobretudo os mais União satisfaçam as suas necessidades.
carentes. Isso implica, inclusive, fornecer Atualizar a divisão do bolo tributário é
computadores para os que não têm também uma das urgências do nosso
condições de comprá-los e dotando as país. Fortalecer os municípios significa
escolas de internet de qualidade. Eis o nosso garantir melhor educação e mais atenção
maior compromisso, a nossa prioridade! O à saúde básica, porque é efetivamente
valor da educação é incomensurável. na sua esfera que recaem as maiores
Um desenvolvimento para todos responsabilidades.
igualmente requer o redesenho da estrutura Do ponto de vista político, nosso
federativa, com uma ‘nova’ distribuição de sistema eleitoral deve ser reformado,
recursos públicos, tanto na receita, graças atento às melhores condições de exercício
a uma ampla discussão sobre uma reforma da democracia. Eis por que defendemos
tributária que facilite a vida de pessoas e eleições com menor custo, algo que
empresas; quanto também na despesa, pode ser atingido por intermédio do voto
que deve ser liderada pelos municípios distrital e do voto proporcional por lista,
sempre que possível, dentro dos princípios com o substancial ganho de aproximar o
do municipalismo, reduzindo assim o eleitor de seus representantes políticos.
caminho dos recursos públicos, facilitando Trata-se de empoderar o cidadão
a fiscalização e promovendo a integração enquanto eleitor. O aperfeiçoamento real
interna nacional. da democracia brasileira só poderá vir
através de uma qualificação do diálogo
Urge uma Reforma institucional, o que se traduzirá por um
Tributária que pense verdadeiro diálogo entre o Executivo,
no contribuinte e no o Legislativo e o Judiciário, com pesos e

consumidor, base contrapesos, dando maior transparência


à estrutura institucional do País. Ou seja,
mesma da cidadania. pensamos ser necessário devolver a
Por sua vez, a simplificação do sistema dignidade à política e não fortalecer o seu
tributário aumentará a produtividade das aviltamento atual. Política e moralidade
empresasemelhoraráavidadequemproduz não são termos que se excluam entre si.
e trabalha no Brasil, atraindo investimentos Isso significa, de modo mais geral, a
e melhorando a condição social de todos. construção de um projeto que apresente
Assinale-se que os municípios têm uma visão de futuro contextualizada com a
sobrecarga de responsabilidades no sociedade moderna, as novas tendências

15
e demandas sociais, respeitando o passado mesmo tempo, debilitam o Estado
e a história política do País, e que também como executor de políticas públicas
responda de forma efetiva aos atuais fundamentais. O ex-presidente Temer
desafios da sociedade contemporânea. sinalizou positivamente com a Lei do Teto
O desenvolvimento para todos exige, de Constitucional de Gastos, que se traduziu
maneira inegociável, a defesa dos princípios por uma confiança dos investidores em
constitucionais e os Poderes constituídos, nosso país. O resultado foi o de que o Brasil
assim como de suas instituições; afinal, a voltou a crescer. Entrementes, novas
qualidade da nossa democracia impacta necessidades surgiram neste período,
diretamente nas questões econômicas e como as oriundas da pandemia, exigindo
sociais, mais do que qualquer outra reforma. do Estado uma maior intervenção
mediante o auxílio emergencial conferido
a mais de 60 milhões de pessoas que
Desenvolvimento ficaram desprotegidas. O Estado foi
econômico novamente exigido em sua missão social,
para além do despreparo do governo
O sucesso econômico de uma nação atual e de seus erros de concepção e de
deriva da ação ou da omissão de seus improvisação. Isso propiciou, inclusive,
governos. Não se trata de análise, mas uma certa manutenção do poder de
de um fato que se sobrepõe a questões consumo dos setores de baixa renda,
ideológicas. Logo, compete ao Estado, e bem como garantiu a sobrevivência de
não à iniciativa privada, a formulação das milhares de empresas no Brasil.
políticas públicas necessárias para o País.
Políticas públicas baseadas em regras
claras, estáveis, que propiciem um efetivo
É obrigação nossa
ambiente de investimento. Se, em lugar repensarmos o papel
desta estabilidade, tivermos a insegurança e social do Estado,
o arbítrio de interferências governamentais, garantindo ao mesmo
os investimentos serão substancialmente
reduzidos, resultando o desemprego, a
tempo a confiança
inflação e a queda de renda da população. daqueles que
A segurança jurídica e a institucional são empreendem.
condições igualmente importantes de uma
economia saudável e pujante. Sua função é tanto mais necessária
Por sua vez, os custos da ineficiência por vivermos em um país com graves
e do desperdício sobrecarregam e, ao desigualdades sociais. Obrigação essa

16
que inclui igualmente que ele não continue substanciais de produtividade. O País deve
a ser refém das corporações e estamentos inserir-se neste novo contexto, abrindo a
que capturam para si a maior parte da sua economia e propiciando às empresas
renda nacional. O Estado não pode ser o uma maior atuação internacional.
dos privilegiados, mas o dos carentes e Devemos apostar em nosso grande
deserdados. diferencial como: possuímos 12% da
Políticas de tal tipo requerem projetos água doce do mundo, temos a maior
sólidos de parceria público-privada, tais floresta tropical e a maior biodiversidade
como foram pensadas, planejadas e planetária e mais de 45% da energia
executadas pelo governo do MDB. Seu que consumimos é derivada de recursos
objetivo consiste em suprir as necessidades naturais. Podemos ter papel relevante
de investimentos, algo que o Estado não no mercado de carbono, algo hoje
consegue fazer, e fornecer serviços de muito demandado pelos países mais
qualidade à população através de marcos desenvolvidos e por suas empresas.
regulatórios transparentes e juridicamente A conservação do meio ambiente
perfeitos, com sólida segurança para todo pode ser um grande ativo nosso. Isso
aquele que empreende. Sem segurança, implica valorizar e respeitar os recursos
não há investimentos de longo prazo. naturais, fazendo deles um instrumento
Áreas particularmente propícias para tais de sustentabilidade econômica e de
investimentos são as obras e melhorias qualidade de vida, gerando confiança
em ferrovias, aeroportos, rodovias, internacional. É necessário ter a clara visão
transporte de cabotagem, área energética, de que a floresta em pé é importantíssima
conectividade em 5G, saneamento básico, para todo o ecossistema, e que dela
entre outras pautas de infraestrutura. depende a abundância hídrica no País,
Isso demanda igualmente a elaboração fonte da riqueza maior do Brasil, que é o
de projetos arrojados e transparentes, de agronegócio. Na Região Amazônica, em
ampla discussão nacional. Nesse debate, particular, novas formas de atividade
a reserva de águas deve ser priorizada e econômica devem ser incentivadas,
tratada como a mais nova commodity de voltadas para a preservação ambiental.
relevância mundial, podendo o Brasil ser Nesta perspectiva, a matriz energética do
um novo player mundial neste setor. País deve ser aprimorada e diversificada,
Não se pode ignorar que há no mundo primando por escolhas de menor impacto
um novo ciclo de desenvolvimento ambiental, com fortalecimento econômico
econômico, marcado por um grande e modicidade tarifária.
encadeamento das cadeias globais que Por conseguinte, nossas alternativas
se retroalimentam, exigindo ganhos econômicas precisam ser diversificadas,

17
pautadas por evidências científicas, informais, desempregados e desalenta-
inovação e pesquisa aplicada. Instituições dos que somente será reduzido por políti-
científicas independentes, dados confiáveis cas públicas que, gerem uma profunda
e transparentes são condições mesmas inserção social.
de políticas públicas modernas, onde Mais uma vez, retornamos à questão da
não haja nenhum tipo de interferência importância da Educação. A dinâmica do
política. A ciência e a tecnologia não se mercado de trabalho está intimamente
coadunam com a política e a ideologia, ligada ao desenvolvimento e à qualidade
que devem ficar fora de seu âmbito. O educacional. O compromisso com um
setor agrícola e o industrial podem ser grande avanço nessa área precisa
fortemente beneficiados por tal aporte de ser uma das grandes lutas do MDB.
conhecimento e de técnica, conferindo Modernização, investimento, gestão
sustentabilidade a todo este processo. conectada com a qualidade e indicadores
Educação básica de qualidade, assim como de resultados escolares são elementos
escolas técnicas de ensino médio, são que poderão revolucionar a educação
alicerces da nova economia, que requer no Brasil. Igualdade de oportunidades é,
grau elevado de conhecimento e manejo sobretudo, educação de qualidade para
de tecnologia digital, sem os quais nenhum todos.
desenvolvimento econômico é hoje Pesquisas apontam que cada ano
possível. Ou o país se coloca na vanguarda de estudo impacta em 15,6% a mais no
ou ficará atrasado e refém dos que sabem salário médio das pessoas. Contudo,
apostar na ciência, na tecnologia, em antes da pandemia, o Brasil chegou à
suma, no conhecimento. terceira década do século 21 amargando
péssimos indicadores educacionais. O
cenário é ainda mais constrangedorquando
Desenvolvimento apresentamos resultados inferiores aos de
social países com economias mais frágeis do que
a brasileira, o que é recorrente.
As novas dinâmicas sociais do sécu- No Índice de Desenvolvimento da Edu-
lo 21, marcadas por constantes trans- cação Básica, por exemplo, ingressamos
formações, alteraram completamente o ano de 2020 com média de nota 5,7
o modo das pessoas de viver, conviv- nos anos iniciais e de 4,6 nos anos finais
er, produzir e consumir. O mercado de do ensino fundamental. No ensino médio
trabalho apresenta novas exigências de da educação pública, a média não ultra-
competências e habilidades. Entrementes, passa o índice de 3,9. São retratos da falta
cresce no Brasil o contingente formado por de proficiência em disciplinas básicas para

18
o desenvolvimento da cidadania e para qualidade e o melhor acesso possíveis.
o acesso a bens culturais e materiais por É dessa forma que se viabiliza realmente
meio da ascensão social. um impacto positivo na sociedade por
meio da Educação, capaz de libertá-los

Fazer do conhecimento da exclusão e da invisibilidade a que foram


submetidos durante décadas.
uma prioridade nacional
Já os programas de investimentos de
é fundamental para infraestrutura nas escolas de todo o País
o desenvolvimento devem ser alicerçados em conectividade,

econômico e social. com equipamentos tecnológicos, lousas


digitais e instalação de laboratórios de
Ressaltemos aqui o
ciências e robótica voltados a metodolo-
termo conhecimento, gias ativas de aprendizagem. Nesse con-
porque a Educação texto, o acesso à internet de qualidade

precisa ser de qualidade, torna-se elemento intrínseco à garantia


dos direitos fundamentais dos cidadãos,
capaz de melhorar
de forma universalizada. Constrói-se,
efetivamente a vida dessa modo, uma política pública com a
do cidadão, e deve vir capacidade de, a longo prazo, tornar os

acompanhada de acesso cidadãos independentes da necessidade


de recebimento de benefícios mensais
pleno aos meios digitais.
continuados.
Programas de transferência de renda,
Para isso, é essencial que as ações como o Bolsa Família, de grande sucesso,
tomadas na busca pela igualdade de são mecanismos necessários, mas de
oportunidades não sejam consideradas efeito paliativo. Precisamos de políticas
como um gasto público, mas como um públicas sociais, que permitam que seus
importante investimento. Em suma, para beneficiários tenham a capacidade de
que possamos nos desenvolver, o Estado atingir a autonomia financeira, através da
precisa dar atenção, em primeiro lugar, aos condição de conquistarvagas de emprego
que mais necessitam. no novo mercado de trabalho, oferecido
Para ilustrar o que isso representa, através de uma inclusão produtiva.
deve-se afirmar que não basta garantir A concessão de benefícios sociais em
aos cidadãos com maior vulnerabilidade forma de renda direta aos vulneráveis
social apenas acesso à internet e aos meios deve ser ofertada por meio de um
digitais.Aelesdevemseroferecidasamelhor programa unificado. Deveria ter como

19
contrapartida vinculada à permanência O trabalho
das crianças na escola, com metas de longo
e o desenvolvimento
prazo e com canais de comunicação diretos,
por intermédio de ferramentas digitais
social
ou de agentes sociais, que mantenham O Brasil vive, hoje, o aumento do pior
dados e diagnósticos atualizados, com a indicador social, que é a fome. É inadmissível
finalidade de pautar os serviços sociais e o a banalização do aprofundamento de
atendimento prioritário e tempestivo. uma crise humanitária dessa magnitude.
Devemos garantir que ninguém no Brasil O artigo 6º da Constituição Federal
tenha de sobreviver com menos de 1/12 garante a alimentação como direito social,
da renda média per capita no País. Todavia, o que significa que esse deve ser uma
essa garantia deve estar atrelada ao acesso verdadeira obstinação do Estado, inclusive,
ao conhecimento, à Educação, à formação, se necessário, com a universalização do
à inclusão digital, capazes de reduzir a acesso a itens da cesta básica.
desigualdade social em uma dinâmica de O atual modelo de atendimento por
longo prazo, criando um círculo virtuoso que meio do Bolsa Família empurra as pessoas
movimente toda a economia. para a informalidade, já que, muitas
O sistema de cotas visa a garantir vezes, precisam optar por um emprego
que, em um futuro imediato, rompa-se o formal sem garantia de continuidade
circuito fechado da desigualdade e haja ou pelo direito de serem beneficiárias
oportunidades justas para todos. de um programa social. Os programas
As ações desenvolvimentistas e devem ser progressivos, possibilitando o
inclusivas necessitam conectar desen- recebimento concomitante, reduzindo-o
volvimento social e econômico com gradualmente, assim que o trabalhador
políticas transversais, com cadastramento consolide sua posição no mercado.
de beneficiários que não deve ser realizado De igual forma, deve haver políticas de
apenas por declaração, mas também com subsídios ao salário dos trabalhadores,
visitas domiciliares de agentes sociais, que reduzindo a volatilidade e promovendo
podem, inclusive, ampliar o benefício aos a autonomia e o protagonismo dos
que mais precisam. cidadãos. Os benefícios sociais, como o
É a política social promovendo o abono salarial, o seguro-desemprego, o
desenvolvimento das localidades e FGTS e o Salário Família, que protegem
transformando a realidade econômica o trabalhador contra flutuações no
local. mercado de trabalho, deveriam de

20
alguma forma estar vinculados às ações esportivas, culturais e educativas,
de desenvolvimento social. O Estado sobretudo voltadas para as populações
precisa agir de maneira transversal e não em situação de maior vulnerabilidade
segmentada, pois o século 21 nos impõe social e econômica, já que os índices de
uma nova realidade, na qual os benefícios violência estão ligados aos patamares
sociais, trabalho, previdência e seguridade de desigualdade social, sobretudo nos
social precisam estar contextualizados com grandes centros urbanos. Contudo,
as novas dinâmicas das relações laborais e não se pode partir do pressuposto
socioeconômicas. de que todos os criminosos possam
ser ressocializados, pois há alguns,
Prevenção e incorrigíveis, que, soltos, só voltarão

combate à violência a cometer as mesmas barbaridades.


Socializam-se os ressocializáveis, man-
Historicamente, o Brasil apresenta uma têm-se presos os que têm propensão à
das mais altas taxas de homicídios inter- crueldade e à brutalidade.
nacionais, além de indicadores elevados Não convém tampouco desatentar
em ou-tros crimes violentos. Uma das para que a igualdade perante a lei seja
maiores dificuldades no que tange às políti- válida para todos: pobres e ricos, brancos,
cas públicas de enfrentamento dessa ma- mestiços, indígenas e negros, homens
zela tem sido a mera tentativa de conter e mulheres, todos os gêneros, jovens e
suas consequências, em vez de secar-lhe velhos. E não como atualmente ocorre
a fonte. Entretanto, a violência só diminuirá em que os mais abastados, capazes
de forma significativa com pesados inves- de pagar caros advogados, sempre se
timentos em educação. Evidentemente, a safarão da prisão, enquanto pessoas
valorização dos profissionais de segurança pobres serão relegadas à cadeia, inclusive
pública e o policiamento ostensivo mere- sem julgamento. Não é admissível que
cem atenção do Estado, mas compõem tal grau de desigualdade social se faça
apenas uma parte de um amplo conjunto presente em uma sociedade que, em sua
de políticas integradas de segurança ci- Constituição, preza a igualdade e a justiça.
dadã. A legislação penal deve ser aprimorada e
Devem ser consideradas também, aperfeiçoada à luz de tais considerações.
e de modo prioritário, a prevenção e É fundamental igualmente a integração
a ressocialização enquanto formas de entre os Poderes, com definições claras
promover a redução da violência. Isso pode acerca das atribuições de cada ente, e a
ser concretizado por meio de atividades priorização da recuperação dos espaços

21
nosgrandescentrosurbanos,comopasseios depende da correta aplicação dos
públicos e transporte coletivo, no intuito de recursos públicos e de foco no resultado,
gerar uma sensação de pertencimento à o que pode ser alcançado com ações
sociedade com relação ao lugar em que como o aprimoramento da comunicação
vivem e aos espaços compartilhados pela entre Setor Público e a sociedade e a
coletividade. Nesse sentido, é fundamental proximidade da Gestão com as demandas
que sejam adotadas medidas destinadas do cidadão, reduzindo a burocracia e
à capacitação continuada de educadores agilizando o atendimento. A transparência
responsáveis por projetos desenvolvidos deve ser o seu norte.
com crianças e adolescentes, além da É necessária a introdução de
adoção de metodologias integradas e mecanismos modernos de gestão de
contextualizadas com os problemas de pessoas, com a finalidade de avaliar
cada região. e aprimorar a produtividade do setor
público e seus órgãos. É urgente a
criação de um banco de boas práticas
Modernização da para que as experiências bem-sucedidas
gestão pública na gestão pública brasileira possam ser
replicadas e servir de base a gestores de
Um dos pontos que precisa avançar diferentes esferas, em um processo de
com maior urgência no Brasil é o da benchmarking.
modernização da Gestão Pública, que
possui uma organização estrutural O Brasil carece de
pesada e com práticas oriundas do século uma ampla reforma
passado, as quais, frequentemente, não
na gestão pública, que
se refletem na execução de serviços de
qualidade. Os programas que precisam estabeleça critérios
ser implementados nas diversas áreas do de avaliação de
Setor Público dependem de uma correta desempenho justos
execução para gerar impacto positivo na
e que incentivem o
vida de quem mais necessita.
Por isso, é preciso adotar procedimentos aumento da eficiência
que aumentem a eficiência e a eficácia da e a modernização dos
gestão, gerando estímulo aos servidores e serviços oferecidos para
valorizando as boas práticas. A qualidade
a população.
e o mérito devem ser o seu eixo básico.
A melhoria da qualidade de vida no País

22
A sociedade atual é marcada pelo feed-
back constante dos usuários de serviços Pandemia e
privados, e o mesmo sistema pode ser democracia
transposto e adequado para o setor pú-
blico, graças à implementação da práti- Embora guerras, catástrofes e
ca de avaliação permanente dos serviços epidemias tendam a ser esquecidas a
públicos por parte dos cidadãos. Em cer- médio e longo prazo, em um esforço
to sentido, pode-se dizer que a sociedade psicológico de volta a uma “normalidade”
brasileira modernizou-se, enquanto o Es- anterior perdida, a dureza e a
tado anda a passos lentos. Outras ações profundidade do ocorrido reconfiguram as
fundamentais são a desburocratização dos relações humanas, os respectivos papéis
serviços públicos e a utilização de softwares do Estado e da sociedade, assim como
mais modernos de gestão e acompanha- o significado das fronteiras nacionais
mento de processos e projetos. No interior do em um mundo globalizado. Questões
País, ampliar o acesso à internet é uma neces- relativas à própria condição humana
sidade maior em órgãos públicos, que devem ganham relevância neste contexto, como
estar conectados para entregarem melhores as do medo da morte e da doença, além
resultados. das mais propriamente politicas como
Um Estado avançado, conforme as- as da democracia e do autoritarismo, do
sinalado, deve realizar parcerias públi- nacionalismo e do mundo globalizado, do
co-privadas para oferecer serviços de equilíbrio fiscal e da intervenção estatal,
qualidade aos cidadãos, aprimorar a trans- da cadeia produtiva nacional de saúde e
parênciadasfinançaspúblicas,apresentan- da política externa.
do dados como arrecadação e gastos pú- A finitude da condição humana,
blicos de modo mais didático e acessível aos enquanto questão, surge abruptamente
cidadãos. Trata-se de um direito dos bra- com a irrupção do Coronavírus, atingin-
sileiros. Essa é uma maneira de ampliar a do o corpo mesmo das pessoas e
participação direta da população. confrontando-as à ameaça da morte
Além disso, mecanismos de compli- súbita, imprevista. Elas são extraídas
ance, modernização e qualidade da gestão do seu cotidiano, passam a viver uma
pública são uma exigência deste século. reclusão forçada e são levadas, queiram
Não podemos manter no Estado brasilei- ou não, à introspecção. Algumas se voltam
ro padrões antiquados, principalmente no à solidariedade, ao fortalecimento da
que se refere à gestão de pessoas, mérito família, outras se sentem desorientadas
e controle social. ou, mesmo, abandonadas. Entre elas,

23
surgem diferentes demandas, como a A democracia
ajuda familiar, o apoio dos amigos, até as
mais propriamente “políticas”, decorrentes
representativa,
de pedidos de uma maior intervenção note-se, caracteriza-se
estatal. O medo da morte pode também se pelo respeito às leis, à
traduzir por demandas e medidas de maior Constituição, sendo o
autoridade. Não convém, porém, confundir
autoridade e autoritarismo.
processo eleitoral um
Tentações autoritárias já vêm se de seus pilares. Isso
gestando há muito no Brasil e no não significa, porém,
mundo, ganhando maior atualidade que um eleito, qualquer
neste fenômeno inaudito da pandemia.
Governantes astutos podem se aproveitar
que tenha sido o seu
dela para reforçar soluções autoritárias. apoio, possa subverter
Partidos de oposição, no outro extremo, o ordenamento
podem igualmente dela se beneficiar para constitucional, que se
outras soluções autoritárias, embora se
apresentem com roupagens democráticas.
situa para além de cada
A democracia aparentemente guarda o Poder constituído ou de
seu valor, quando, na verdade, está sendo cada eleito.
subvertida. O alvo perseguido tanto pela
extrema-direita quanto por determinadas Os eleitos são representantes do povo,
correntes da esquerda é o mesmo: a não podendo, sob nenhuma circunstân-
democracia representativa. cia, encarná-lo. Discursos dos que se
dizem identificar com o povo são aqueles
que abrem caminho para soluções au-
toritárias. Têm eles a delegação popular
por um tempo determinado, devendo se-
guir à risca o que a Constituição determi-
na, ela sim o Poder maior.
O MDB vê com extrema preocupação
esse cenário, comprometido, como
sempre esteve, com os valores da
liberdade e da igualdade social e de
oportunidades. Nunca advogou por
soluções autoritárias, jamais arredando

24
de sua intransigente defesa da democracia. “capitalismo’ e a “direita internacional”;
A democracia, por assim dizer, faz parte do c) um desprezo pelas instituições
seu DNA. A figura de Ulysses Guimarães democráticas, como se essas fossem
permanece o seu maior símbolo, pessoa meros instrumentos de conquista do
ímpar na transição do regime ditatorial Poder que, uma vez realizada, seriam
para o democrático. Desde então, foi fiador o trampolim para a destruição destas
de todo esse processo, seja diretamente mesmas instituições. Ambos advogam
através de presidentes emedebistas, seja por uma suposta força abstrata do “povo”,
apoiando presidentes de outros partidos, conceito manipulado com propósitos
ciente de que a democracia é uma flor frágil, próprios, como se a Constituição fosse um
que, se não for irrigada e cultivada, pode obstáculo para os seus objetivos;
morrer. Em todas estas décadas, jamais o d) um mesmo menosprezo pela impren-
partido faltou em sua missão republicana sa e por meios de comunicação indepen-
na defesa das instituições. dentes, centrais para a democracia, me-
Os extremos representam um perigo diante, em um caso, uso intensivo de fake
real para a democracia, perigo esse que news através de milícias digitais e robôs,
está cada vez mais presente. Extrema- em outro, mediante tentativas de con-
-direita e setores da esquerda defendem, trole;
claramente, ideias antidemocráticas, entre e) o plano de manter a sociedade em
as quais gostaríamos de ressaltar algumas, constante confronto, como se devesse
importantes no presente cenário: sempre estar polarizada, evitando
a) a concepção da política baseada na qualquer tentativa de uma solução de
distinção amigo/inimigo, como se o centro e, principalmente, de estabilidade
adversário devesse ser um outro a ser das instituições;
aniquilado. Todo crítico e adversário é f) chama especialmente atenção, no caso
considerado enquanto “inimigo”, para particular da extrema-direita hoje, uma
alguns os “políticos”, o “sistema”, a desconsideração pela ciência, como se o
“extrema imprensa”; para outros, “os conhecimento devesse ser abandonado
conservadores”, os “reacionários”, “os em proveito de opiniões arbitrárias e
representantes do “capital”; infundadas.
b) uma teoria conspiratória do mun-
do, como se os atores políticos fossem Diante deste quadro, o MDB defende as
marionetes de forças ocultas que tudo seguintes ideias:
manipulam. Para alguns, “os comunis- a) a política democrática não é o lugar
tas”, a “China”, a “esquerda internacio- de oposições excludentes entre amigos
nal”; para outros, o “imperialismo”, o e inimigos, mas o palco de diálogo e

25
parcerias. Adversários, por mais que f) defesa intransigente do conhecimento
apresentem divergências, compartilham científico, base segura não apenas da luta
princípios comuns, como os da defesa da contra o Coronavírus, mas por ser um pilar
democracia representativa, da liberdade e civilizatório, aquilo que a humanidade até
da igualdade; hoje produziu de melhor. Acrescente-se,
b) a política é o lugar de confronto entre ainda, que não há ciência se não houver
atores responsáveis por suas ações, uma ilimitada liberdade de pensamento, que
não atribuindo essa “responsabilidade” permita verificar hipóteses e possibilite um
a um suposto complô internacional. Os amplo confronto de teorias. Não é o lugar da
problemas sociais, econômicos e políticos ignorância, nem de soluções mágicas.
são gestados e podem ser solucionados
nos marcos mesmos da nação e na
observação do que ocorre no mundo, em Intervenção
nome da defesa da soberania nacional; estatal
c) o profundo respeito pelas instituições
republicanas, cuja preservação é um Há uma demanda crescente por mais
princípio inabalável. O partido não se Estado, seja para prestar ajuda aos mais
curva nem nunca se curvou a “atalhos” necessitados, seja para apoiar empresas
que procurem, pelo voto, substituições à mediante redução tributária ou subsídios,
Constituição por eleições plebiscitárias; seja ainda sob a forma de amparo
d) instituições estáveis são uma condição coletivo. As pessoas tendem a pedir mais
mesma da democracia, devendo ser proteção. Estamos observando que é
conservadas e não usurpadas, como exigido do Estado que seja, cada vez
se tivessem de estar submetidas a mais, não apenas um provedor coletivo,
questionamentos incessantes, abalando os mas um cuidador-geral. Funcionaria ele
seus fundamentos. Princípios democráticos à maneira de uma “economia de guerra”,
são inquestionáveis, sendo os pilares de tomando decisões que dizem respeito
nossa própria Constituição, elaborada e ao bem-estar geral, tendo ou não
aprovada com o apoio incondicional do competência para tal. Em todo caso, ele é
MDB; colocado nesta posição por famílias e pela
e) profundo respeito pela irrestrita liberdade sociedade em geral.
de pensamento, de circulação de ideias, O exemplo mais evidente é o do apro-
contra a censura, seja via uso de verbas visionamento de equipamentos hospita-
públicas, seja via proibição expressa, seja lares, utensílios médicos e de produção e
ainda pelo uso de fake news que, como distribuição de vacinas, para não falar de
praga, se propagam pelas redes sociais; alimentos para os que não possuem re-

26
cursos suficientes para adquiri-los. O parti- problemas graves de saúde, assim como
do compartilha destas preocupações, pois econômicos e sociais. Cabe ao Estado
sempre fez parte do seu ideário a defesa fazer o diagnóstico do que é necessário
dos mais carentes, sobretudo em um país e agir de acordo com estas orientações.
como o Brasil, imerso em graves desigual- Evidentemente, o gasto rompe com o
dades sociais. equilíbrio fiscal, porém esse rompimento
No entanto, maior defesa da igualda- deve ser visto com bons olhos, sendo uma
de social não significa abandono da maneira de enfrentar um bem maior, o da
disciplina fiscal, quando mais não seja pelo saúde e suas decorrências. Contudo, há
fato de que suas primeiras vítimas são uma questão importante aqui presente, a
precisamente os mais necessitados, os mais da distinção entre um gasto emergencial
carentes, enquanto os mais favorecidos e a responsabilidade fiscal. Ou seja,
são os estamentos estatais e as grandes gastos emergenciais, passageiros, devem
corporações públicas e privadas. ser encarados pelo que são, a saber,
provisórios e válidos somente para um
Não há sociedade período determinado de tempo. Se

desenvolvida que não se o emergencial se torna duradouro, a


responsabilidade fiscal é abandonada e
apoie na disciplina fiscal, o País ruma para uma crise ainda mais
condição mesma do severa no futuro. Seriam os privilegiados
crescimento econômico de sempre que colheriam os seus frutos

e do desenvolvimento e não a imensa maioria da população


brasileira. Por exemplo, o Estado está
social, com mais renda e falido e surgem demandas de aumento de
salários para todos. salários do funcionalismo, nas esferas do
Executivo, do Legislativo e do Judiciário,
Não podemos tudo deixar nem a cargo em níveis federal, estadual e municipal,
do Estado, nem do mercado. Ambos têm como se tudo estivesse “normal”. Eis um
virtudes e defeitos que devem ser bem dos riscos.
dosados e, principalmente, equilibrados
em proveito de toda a coletividade. Torna-
-se fundamental abandonar os extremos, A cadeia produtiva
pois posições parciais têm consequências da saúde
que são prejudiciais a todos.
A pandemia exige gastos públicos Entre as medidas que poderiam
emergenciais, capazes de fazer frente a ser consideradas prioritárias em

27
investimentos, e de amplo retorno social, ele se viu completamente desguarneci-
são as capazes de enfrentar os graves do, dado o tamanho da crise. A carên-
problemas de saneamento básico no cia de leitos de tratamento intensivo, a
mundo rural e urbano. Esgotos a céu falta de ventiladores respiratórios e eq-
aberto são uma triste realidade. A uipamentos correlatos, a ausência fla-
pandemia veio, ainda mais, a ressaltar grante de instrumentos de testagem,
as imensas dificuldades vividas pela laboratórios de exame destes testes,
população de baixa renda. Nem condições além do financiamento claramente insu-
de comprarem máscaras e álcool em ficiente de centros de pesquisa, públicos
gel têm, enquanto convivem com o ou privados, nas áreas de pesquisa de
mau cheiro e várias formas de doenças, vacinas e medicamentos. A capacidade
que potencializam a disseminação do científica e industrial do País exibiu todas
Coronavírus. Investimentos nesta área, suas carências, apesar do trabalho meri-
em parceria com a iniciativa privada, sob tório feito por médico(a)s, enfermeiro(a)s,
condições regulatórias que favoreçam a agentes de saúde e limpeza, hospitais
atuação empresarial, são tanto de retorno públicos e privados, empresas e doações
econômico quanto social. Poderíamos particulares importantes.
mesmo dizer que a dignidade destas
pessoas seria resgatada. O Brasil melhor Urge que o Brasil
se capacitaria para o enfrentamento de
construa uma cadeia
futuras epidemias. Ressalte-se, ainda,
que o enfrentamento destas questões produtiva nacional
possui um enorme impacto industrial, na área de saúde,
disseminando-se por todo o País, em zonas afirmando a sua própria
urbanas e rurais.
independência.
O grande desafio do Brasil tornou-se,
ago-ra, a formação de uma enorme cadeia
produtiva da saúde enquanto estratégia O MDB, fiel à sua história e a seus

de defesa nacional. Um dos grandes en- princípios, pensa ser tarefa do Estado

sinamentos da pandemia reside no fato contribuir financeira e regulatoriamente

de que o Brasil não pode ficar dependen- para que ela se constitua, em parceria

te ou refém de outros países, pois o que com o setor privado, de modo que a ins-

está em pauta é a vida de seus cidadãos. tância estatal aja em sintonia e parce-

Embora o País tenha um sistema de saúde ria com o mercado. Não se apregoa aqui

público bem constituído, apesar de seus nenhuma política supostamente, “desen-

problemas de eficiência e produtividade, volvimentista”, que tantos danos causou

28
ao País, mas a defesa da soberania nacio- para isto via CNPq, FINEP e CAPES, que
nal, voltada para o bem-estar e a saúde requereria somente um redirecionamento
dos brasileiros. Constata-se, isto sim, uma e um aumento substancial de verbas,
questão maior, a de o País poder controlar além das ações das agências estaduais
uma cadeia produtiva da maior relevância de fomento. Contamos também com
para a saúde nacional, um bem maior que hospitais, institutos públicos de pesquisa
deve ser defendido e preservado de todas e universidades públicas e privadas que
as maneiras. A nação afirma-se maior do poderiam ser incentivadas a aderir a
que a globalização. um projeto nacional deste tipo. O papel
Note-se que a construção de tal cadeia central cabe aqui ao Estado.
produtiva no Brasil será uma tendência a O País possui um importante parque
ser seguida, com maior ou menor força, industrial na área de produção de
em outros países, na medida em que tal diag- medicamentos, porém substancialmente
nóstico se fizer igualmente por outros Estados, voltado para a produção de genéricos
o que será muito provavelmente o caso. e similares, não contando com um
Quem não enveredar por esse caminho, relevante setor na área de pesquisa.
será um Estado-saúde dependente, em que Seria crucial que as indústrias investissem
a morte súbita dos cidadãos estará ainda mais mais em pesquisa, associando-se
à espreita. Até agora, ninguém consideraria aos institutos existentes ou criando
ventiladores mecânicos, camas de hospitais, laboratórios próprios voltados para esse
máscaras e outros equipamentos e utensílios tipo de pesquisa de ponta. O desafio
médicos e hospitalares como essenciais. apresentado pelo Coronavírus é somente
Bastaria ir ao mercado e comprá-los, um entre outros que certamente virão,
uma boa parte deles sendo importada. exigindo capacidade de inovação e
Doravante, com a carência destes materiais, criação. Um marco jurídico sólido deveria
o que aparecia como secundário tornou-se ser construído de modo que as empresas
principal e, mesmo, vital, vindo a ser uma se sintam seguras em seus investimentos
questão de vida e morte. E vacinas são o e em suas parcerias com os institutos
bem maior a ser perseguido! de pesquisa e universidades. Da mesma
É imperioso que o Brasil invista ainda maneira, a indústria hospitalar nacional deve
mais em ciência e tecnologia. A área ser incentivada, de modo que os hospitais
da saúde deveria ser, neste contexto, do País tenham condições de atender ade-
prioritária por intermédio do financiamento quadamente pessoas vítimas de doenças e
de pesquisas em vacinas e medicamentos. epidemias, sem que fiquem desguarnecidos
O País deve contar apenas consigo como agora ocorreu. Parcerias público-
mesmo. Já temos um marco institucional privadas são aqui essenciais.

29
O País mostrou, defasadas, de modo que não operem
no prejuízo, aumentando, assim, o seu
na crise, ter um bom atendimento. Ou, ainda, todo o sistema
sistema hospitalar hospitalar poderia ser incentivado a
privado, público e fazer pesquisa, sempre e quando,

filantrópico. O primeiro evidentemente, o único critério de


alocação de verbas seja o mérito e não
expôs a sua alta uma politicagem qualquer.
capacitação médica Um bom termômetro dos países
e técnica, inclusive que emergirão com mais força e,

científica; o segundo sobretudo, potencialidade reside nos


que apresentarem maiores avanços na
trabalhou com afinco produção de vacinas e remédios contra o
no limite de suas Coronavírus. Demonstrarão capacidade
possibilidades, expondo científica e tecnológica, ativo central no

a sua qualificação, mundo atual. Serão esses países que mais


poderão ajudar os demais com produtos
e o terceiro foi, qualificados e de valores acessíveis,
proporcionalmente, aumentando, assim, a sua capacidade
pouco requisitado. de inserção internacional. Será um
instrumento importante nas relações
A crise mostra a necessidade de se externas, atingindo todas as nações e
repensar uma maior interação entre bilhões de pessoas. Destacam-se aqui:
esses três componentes do sistema EUA, China, Alemanha, França, Rússia,
hospitalar, incrementando a sua sinergia Israel e Reino Unido. O Brasil deveria entrar
e produtividade. Por exemplo, as Santas nesta lista de países por sua capacitação
Casas de Misericórdia poderiam ter um e potência criativa. O futuro entrelaça-se
aumento de receitas por intermédio de um com o presente e esse exige decisões a
reajuste das tarifas do SUS, atualmente serem tomadas em períodos críticos.

30
Agricultura levantar bandeiras ambientalistas. A
nossa legislação ambiental, reservando
e pecuária
mais de 80% das propriedades à
conservação ambiental na Amazônia,
Um dos setores econômicos de ponta
mediante o instrumento da reserva legal,
do País é o do agronegócio, mostrando
é simplesmente omitida. É uma das mais
competência empresarial, científica e
progressistas legislações do mundo, não
tecnológica. A agricultura tornou-se um
imitada pela Europa e pelos Estados
setor avançado da economia nacional,
Unidos, cujas OGNs e governos são
preservando o meio ambiente.
fortemente críticos em relação a nós.
Já começamos a observar o fortalec-
Estamos nos
imento do protecionismo contra o Brasil,
encaminhando para apoiado por produtores e empresas lo-
ser o primeiro produtor cais, que não hesitam a utilizar as ban-

internacional de deiras ambientalistas, passando a exigir

alimentos, nossa posição ainda mais medidas “protecionistas” e,


agora, certificados sanitários e de saúde,
já estando entre as estilo pandemia. São restrições a pes-
primeiras. soas, empresas e trabalhadores, às quais
se acrescentam as referentes aos animais
Os avanços foram indiscutíveis. Pensa- e aos produtos agrícolas e pecuários. Es-
-se sempre em safras maiores que se tamos, na verdade, presenciando a volta
traduzem na realidade dos fatos. Há do nacionalismo sob uma roupagem am-
enormes ganhos de produtividade em uma bientalista, de saúde e sanitária em geral.
mesma área cultivada. Do ponto de vista O Brasil deverá ficar atento a essa nova
internacional, o País deverá incrementar dimensão da questão. Isso significa a
sua inteligência internacional, assim como adoção de medidas que fortaleçam nos-
suas relações diplomáticas sem viés sas formas próprias de defesa, em ante-
ideológico, sobretudo porque vários países cipação ao que está por vir.
serão tentados por uma volta a uma política Torna-se, portanto, urgente que os
de autoabastecimento, como se fosse vital maiores problemas da agricultura e da
para o país, apesar de custos enormes, a pecuária sejam enfrentados e esses dizem
fim de proteger uma agricultura e pecuária respeito ao que, em linguagem rural, se
fortemente subsidiadas. O Brasil terá, denomina de “fora da fronteiras”. Dentro,
ainda mais, de lutar contra o protecionismo os produtores, os empreendedores e as
de outros países, que não hesitarão em empresas já deram provas de poderem

31
enfrentá-los sozinhos. O mesmo não vale mediante maior investimento público em
para o que está a cargo do setor público, ciência e tecnologia, de forte impacto na
cujas carências são manifestas. Os custos produtividade agrícola e pecuária. Trata-
externos à produção propriamente -se, de um lado, de uma maior alocação
dita afetam a capacidade brasileira de de recursos e, de outro lado, de uma
exportação e encarecem os produtos definição de prioridades, de modo
domesticamente. Há um problema de que essas sejam definidas em uma
produtividade que se situa na logística, em cooperação entre o setor público e o
muitos sentidos, ainda precária do País. privado. Isso porque não basta que
É quase um milagre que o Brasil tenha pesquisadores definam individualmente
conseguido uma posição de destaque no as suas prioridades de pesquisa sem
comércio mundial nestas condições. levarem em conta as necessidades e as
carências do mundo rural. Deve-se evitar
Entre os principais gargalos do setor, um descasamento, como tem acontecido,
ressaltem-se: entre a pesquisa e a tecnologia aplicada
a) ferrovias: investimentos públicos e nos empreendimentos agrícolas e
privados para aumentar a capacidade pecuários. Assinale-se, igualmente, a
da malha ferroviária, assim como a importância da assistência técnica
recuperação de trechos ociosos; para agricultores familiares, pequenos
b) rodovias: investimentos públicos e e médios, tarefa que tem sido melhor
privados nas rotas de escoamento, bem realizada por intermédio do sistema
como a manutenção do princípio de livre Senar/CNA, em contato direto com as
mercado no Transporte Rodoviário de necessidades do setor. Trata-se, mesmo,
Cargas; em alguns casos, da criação de uma
c) hidrovias: investimentos contínuos em classe média rural, que teria um enorme
dragagem, derrocamento e sinalização impacto social, sobretudo em regiões
para manutenção adequada dos canais de carentes. Ao aumentarmos a nossa
navegação; capacitação científica e tecnológica, o
d) agilidade no processo de licitação País terá melhores condições de enfrentar
de terminais públicos (arrendamentos) os problemas que se avizinham. Observe-
e privados (autorizações). Note-se que se que uma maior produtividade do
estas questões de logística são altamente agronegócio, em decorrência da ciência e
mobilizadoras do ponto de vista industrial e tecnologia, se traduz por um maquinário
de criação de empregos. moderno e de utilização coletiva, de
“Dentro da porteira”, pode ainda o grande impacto industrial e nas áreas do
Estado dar uma importante contribuição comércio e serviços.

32
Ressalte-se ainda preços internacionais, com repercussões
domésticas. Os seus fluxos comerciais
a importância da estão apresentando forte impulso.
agricultura familiar, fonte Ora, sendo o Brasil um dos maiores
de renda e emprego, players internacionais neste setor, as

em boa parte do País, pressões se farão inevitavelmente sentir,


potencializadas mesmo pelo descaso
sobretudo nas regiões governamental federal na área da saúde
Sul e Sudeste. Baseada e por declarações despropositadas na
na propriedade privada área ambiental, particularmente sensível

e voltada para o em questões comerciais. Isso exigirá, o


que não tem sido o caso, muita clareza
mercado, ela permite que na definição dos objetivos estratégicos
pequenos agricultores do País, sobretudo com vistas às nossas
garantam a sua alianças no campo internacional.

sobrevivência e ofertem
Nação e
produtos excedentes. globalização
Tanto ela deve ser fortalecida por pro-
gramas específicos, à maneira dos já exis- A pandemia se mostra global, a
tentes, quanto deve ser igualmente apoia- reação a ela se mostrou nacional.
da em sua integração ao agronegócio no Mundo globalizado é o da pandemia,
“Sistema integrado de produção”, ope- desconhecendo fronteiras, raças, gênero,
rante principalmente nas indústrias do faixa etária e renda, enquanto as suas
tabaco, suínos e aves. As cooperativas, políticas de combate se concentram
outra forma bem-sucedida de produção nas fronteiras dos Estados nacionais.
agrícola, empreendendo com seu próprio Até aqui, a globalização se apresentava
Sistema S, mostram a sua vitalidade, como o presente e o futuro, os Estados
contribuindo para o aumento da pro- nacionais cada vez mais sendo relegados
dução nacional ao integrar pequenos e ao passado. Ora, não há política pública
médios agricultores em unidades maiores coordenada de combate à pandemia em
de gestão, produção e comércio. escala supranacional, poucos ou nenhum
A pandemia terminou potencializando país ajudando-se uns aos outros. Vimos
o comércio mundial de alimentos, produtos de saúde e hospitalares serem
com grandes países, como a China, desviados de um país para outro. Os
aumentando a sua demanda, elevando os Estados menos preparados e com menor

33
presença internacional são desfavorecidos, capaz de exportar equipamentos, vacinas
aumentando a desigualdade social em e utensílios médico-hospitalares para
escala global. O máximo que se tem muitos países. Logo, o foco geopolítico
em nível internacional de cooperação também está mudando mais rapidamente
são as recomendações da Organização na cena internacional. O Brasil deve
Mundial da Saúde (OMS). No futuro, seguir atentamente esse processo que se
muito provavelmente, veremos no mundo desenvolve em escala mundial.
pós-pandemia um fortalecimento dos Neste sentido, os EUA poderão sair
Estados nacionais e um enfraquecimento diplomaticamente fragilizados no período
da globalização. Não se deve, porém, pós-pandemia. Isso porque esse país voltou-
confundir a reafirmação da nação com a -se para seus próprios problemas internos
volta a nenhum nacionalismo retrógrado de enfrentamento da epidemia, deixando de
ou xenófobo, como os que vigoraram na olhar para os outros países. Comportamento
Europa na primeira metade do século 20. completamente inadequado para uma
No nível geopolítico, cada Estado atua superpotência mundial.
segundo os seus interesses e conveniências, Destaque-se, inclusive, que:
sem nenhuma noção de solidariedade. a) teve de recorrer à China para
Pior, a procura por equipamentos suplementos hospitalares e insumos,
hospitalares, remédios, utensílios de enviando, inclusive, 23 enormes aviões de
saúde e, principalmente, vacinas tornou- cargo para este país, passando para trás
-se uma guerra de todos contra todos. outros países, entre eles o Brasil, que teve
Regras de convivência e contratos foram suas compras de saúde prejudicadas;
e são desrespeitados. Os países mais b) os EUA tiveram de recorrer a seu
desenvolvidos, inclusive, empregaram os grande rival internacional para se
seus Serviços de Inteligência e Espionagem abastecerem internamente em itens de
para a obtenção de equipamentos, saúde essenciais para a sua população.
insumos e utensílios, se necessário for, Mostraram que não controlam sua cadeia
enganando e ludibriando os outros. Não produtiva nacional em produtos que são,
há aliados, tão só concorrentes em buscas hoje, considerados como essenciais.
desenfreadas de alcance dos seus próprios c) eis um ensinamento crucial para o
objetivos. Os EUA concentraram-se em si mundo pós-pandemia, devendo ser
mesmos, agindo da maneira anteriormente levado em consideração tanto do ponto
descrita, não exercendo o seu papel de de vista das relações internacionais
potência mundial. Não há espaço vazio quanto do planejamento interno.
nas relações internacionais. A China está,
agora, ocupando esse espaço, tendo sido A “normalidade”
anterior não voltará.
34
Nota final

Exaustividade, nem detalhamento, fo-


ram nossas preocupações. Tão só, um
poderoso comprometimento com o País
neste momento particularmente difícil de
nossa história. Somos um partido inquieto,
atuante e, principalmente, voltado para a
dignidade da política. Política essa que se
faz com a oferta de ideias, em um espírito de
tolerância e abertura, produto atualmente
raro em nosso cenário nacional. Nosso
único objetivo, para além da discussão de
nosso sofrido país, consiste em provocar o
debate para que os cidadãos e os partidos
brasileiros possam vislumbrar um esforço
conjunto. Só ele poderá mostrar o caminho
a ser trilhado.

35
36