Você está na página 1de 30

Paralelismo Sintático e

Semântico

OFICINA DE REDAÇÃO
PROF: JALUSA SARAH
Conceito

O paralelismo consiste na apresentação de ideias


similares, coordenadas e equivalentes, em formas
gramaticais ou semânticas idênticas.

Assim, pode-se dizer que há quebra de paralelismo


quando associamos elementos que não são
equivalentes quanto à forma ou ao conteúdo.
Paralelismo Sintático

 Segundo as regras da norma padrão, não se podem


coordenar orações que não comportem constituintes
do mesmo tipo.
Paralelismo Sintático

 A mãe pediu para a menina ir ao supermercado e


que, na volta,passasse na farmácia.

 1ª - para a menina ir ao supermercado.


 2ª - que, na volta,passasse na farmácia.

Adequação 1: A mãe pediu para a menina ir ao


supermercado e, na volta, passar na farmácia.
Adequação 2: A mãe pediu para a menina fosse ao
supermercado e, na volta, passasse na farmácia.
Veja um exemplo que fere o paralelismo:

Aspirei e gostei do ar.

Por que a oração fere o princípio


do paralelismo?
Neste caso, houve a quebra do
paralelismo, pois o verbo ASPIRAR é
transitivo direto e GOSTAR é transitivo
indireto. Os verbos com regências
diferentes têm um único complemento
atribuído aos dois, no caso, um objeto
direto.
Veja:
Aspirei o ar e gostei dele.

“Aspirei” é transitivo direto e “o ar” é objeto direto.


“Gostei” é verbo transitivo indireto e “dele” é
objeto indireto.

Dois verbos com regências diferentes e dois


complementos.
Mais um exemplo de quebra do
paralelismo:

Vi duas meninas: uma é sua irmã e a


outra está bem.

Por que houve a quebra do


paralelismo?
No exemplo apresentado,
falta o paralelismo, pois duas informações
diferentes são dadas como se fossem
do mesmo tipo.

A primeira informação é sobre


quem é uma pessoa e a outra informação
é o modo como a outra pessoa
se encontra.
Veja:

Vi duas meninas: uma é sua irmã


e a outra é sua prima.

As duas informações estão ligadas


à mesma ideia: uma menina é irmã
e a outra é prima.
Vejamos exemplos de paralelismos
organizados a partir de classes
gramaticais:
1. Entre orações com verbos no infinitivo:

Ex.: A amizade serve não só para alegrar


a vida, mas também para aliviar o estresse.

2. Entre orações com verbos no gerúndio:

Ex.: A amizade tem auxiliado não só alegrando


a vida, mas também aliviando
o estresse.
3. Entre orações com verbos conjugados:

Ex.: A amizade não só alegra a vida, mas também


alivia o estresse.

4. Entre substantivos:

Ex.: A amizade ajuda não só a alegria


da vida, mas também o alívio do estresse.
5. Entre adjetivos:

Ex.: A amizade é não só importante, mas


também essencial para a vida.

6. Concordância entre os tempos verbais:

Ex.: Se a maioria amasse, haveria menos


violência entre as pessoas.
Paralelismo formado a partir
de ideias similares:
1. Ideia de adição na comparação
entre as situações:

Ex.: O amor é importante não só entre


os pais como também entre os filhos.

2. 2. Ideia de alternância:

Ex.: O amor é algo importante,


seja no ambiente familiar, seja no trabalho.
3. Ideia de adição, acrescida à de equivalência:

Ex.: O amor é necessário tanto


para os adultos quanto para as crianças
e jovens.

4. Sequência negativa:

Ex.: Não podemos deixar de amar,


nem aos filhos, nem aos pais.
5. Referência a aspectos negativos e positivos
a um fato:

Ex.: Se, por um lado, o amor alegra


os otimistas, por outro, deixa
os pessimistas bastante tristes.
Paralelismo Semântico

 No paralelismo semântico, a coerência também deve


ser observada,pois, nos períodos,a segunda parte da
frase tem de estar não só sintática, mas também
semanticamente associada à primeira.

 Não só ele se atrasara para a consulta, mas também


sua mulher viajara para a praia.
O paralelismo semântico organiza a
sequência lógica das ideias.
Ex.: Maria Beatriz gosta de goiaba
e de maçã.

Há uma relação semântica entre


“goiaba” e “maçã”: são frutas.
Ex.: A criança gosta de goiaba e de
gibis.

Falta o paralelismo semântico,


pois não há sequência lógica.
Alguns escritores se utilizam da falta
de paralelismo para criar um efeito
de sentido.
“Marcela amou-me durante 15 meses
e 11 contos de réis”
Machado de Assis, no livro Memórias Póstumas de Brás
Cubas.

A ideia apresentada é: Marcela o amou


durante 15 meses e enquanto ele possuía
dinheiro.
Durante o Mundial de clubes, o
Corinthians enfrentará o México.

Um time não pode enfrentar um país.

A ideia é: Durante o Mundial de clubes, o


Corinthians enfrentará a seleção do México
Exercício:

Reescreva as frases a seguir, estabelecendo o


paralelismo sintático.
1. É verdade que naquela época havia menos crianças
abandonadas e os pais eram mais responsáveis.
2. Os cuidados com as crianças representam não só um
bem para a sociedade e é para que as famílias sejam
melhores.
3. Maria tanto é professora, e ainda tornou-se dançarina.
4. (Fuvest–SP) Funcionários cogitam uma nova greve e
isolar o governador.
RESPOSTAS

R. 1. É verdade que naquela época havia menos crianças


abandonadas e que os pais eram mais responsáveis.

R. 2. Os cuidados com as crianças representam um bem


não só para a sociedade como também para que as
famílias sejam melhores.

R. 3. Maria tanto é professora como dança.

R. 4. Funcionários cogitam uma nova greve e o


isolamento do governador.
Empregue o paralelismo semântico nas
frases:

1. “[...] antes cair das nuvens que de um


terceiro andar.”
2. A garota queria a mim durante duas horas
e 1 litro de combustível.
3. O São Paulo vai jogar contra Portugal,
durante o mundial.
RESPOSTAS

R.1. ... Antes desiludir-se que cair de um terceiro


andar.

R.2. A garota queria a mim durante duas horas e


enquanto houvesse combustível para colocar no
carro.
R.3. O São Paulo vai jogar contra o Benfica, durante
o mundial.