Você está na página 1de 39

NOVO MAREA

CÂMBIO AUTOMÁTICO - AISIN

1
NOVO MAREA-

CÂMBIO AUTOMÁTICO - AISIN

O NOVO MAREA E MAREA WEEKEND 2.4 20 VÁLVULAS NA VERSÃO HLX TEM COMO
ITEM OPCIONAL DE FABRICA CÃMBIO AUTOMÁTICO. ESTE CÃMBIO É CONTROLADO
ELETRONICAMENTE E PREVE A SELEÇÃO DE 3 MODOS DE CONDUÇÃO DO
VEÍCULO.DESTA FORMA, A FIAT COLOCA A DISPOSIÇÃO DE SEUS CLIENTES, AS
MELHORES RESPOSTAS EM TERMOS DE CONFORTO AO DIRIGIR,
CONSUMO,DESEMPENHO, ESPORTIVIDADE E SEGURANÇA.

2
NOVO MAREA -

INTERRUPTOR DE SELEÇÃO
( SPORT ) ( NORMAL )

INTERRUPTOR DE
LIBERAÇÃO DA ALAVANCA
INTERRUPTOR DE SELEÇÃO
( ICE )

3
NOVO MAREA-

INTERRUPTOR DE SELEÇÃO
INTERRUPOTR DE
SPORT E NOMAL
SELEÇÃO DO MODO

4
NOVO MAREA
-

DISPLAY DE INDICAÇÃO DA SELEÇÃO DE MARCHAS E MODO DE UTILIZAÇÃO

MARCHA
SELECIONADA MODO DE
UTILIZAÇÃO

5
NOVO MAREA
-

INDICADOR DE SELEÇÃO DE
MARCHAS NO CONSOLE

PARK

NEUTRO
DRYVE
3 MARCHA
2 MARCHA
1 MARCHA

6
NOVO MAREA
-

CENTRAL DO CAMBIO AUTOMÁTICO ESTA LOCALIZADA NA


COLUNA “A” LADO DIREITO

CENTRAL DO
CÂMBIO
AUTOMÁTICO

7
NOVO MAREA -

Central de sugurança esta localizada na travessa abaixo


do banco do passageiro.

Central de segurança e buzzer

8
NOVO MAREA -

USO DO CAMBIO AUTOMÁTICO:

Vamos conhecer primeiramente quais são os componentes deste sistema de


transmissão automática:

•Cambio automático de 5 velocidades, sendo 4 à frente e uma marcha a ré;


•Alavanca seletora de marchas;
•Cabo de comando das marchas;
•Radiador de arrefecimento do circuito hidráulico;
•Indicador de marcha selecionada no quadro de instrumentos;
•Espia de avaria de temperatura do óleo / avaria no circuito;
•Central eletrônica do cambio automático
•Buzzer de advertência, incorporado à Central de segurança.

9
NOVO MAREA
-

CONHECENDO OS COMPONENTES DO C . A . E

CÂMBIO AISIN - 5 VELOCIDADES

10
NOVO MAREA
-

CONHECENDO OS COMPONENTES DO C . A . E

ALAVANCA SELETORA DE MAR CHAS

11
NOVO MAREA
-

CONHECENDO OS COMPONENTES DO C . A . E

CABO DE SELEÇÃO DE MARCHAS

CABO DE SELEÇÃO

12
NOVO MAREA
-

CONHECENDO OS COMPONENTES DO C . A . E

RADIADOR DE ÓLEO DO CÂMBIO

SAIDA ENTRADA
RADIADOR

13
NOVO MAREA
-

CONHECENDO OS COMPONENTES DO C . A . E

ELÉTROVENTILADOR DO RADIADOR

ELÉTROVENTILADOR

LOCALIZADO DE BAIXO DO
PARALAMA LADO ESQUERDO

14
NOVO MAREA -

USO DO CAMBIO AUTOMÁTICO:

O sistema de seleção de marchas nos permite posicionar a alavanca de seleção


nas seguintes posições:

•P – Posição de estacionamento, para posicionar a alavanca nesta posição basta


pressionar o botão “A“.Nesta condição o cambio é travado impedindo a
locomoção do veículo, função (Shift Lock). Para retirar a alavanca desta posição
é necessário pressionar o botão “A“ localizado no Pomo da alavanca. Ao
posicionarmos a chave em “Mar” é necessário ainda acionar o pedal de freio
para retirar a alavanca desta posição.
•R – Marcha à ré, para posicionar a alavanca nesta posição é necessário
pressionar o botão “A“ localizado no Pomo da alavanca. Ao posicionarmos a
chave em “Mar” é necessário ainda acionar o pedal de freio para possibilitar
esta seleção se a alavanca estiver em “P”. Caso a alavanca seja posicionada em
“R” o Buzzer é acionado por 12 segundos.

15
NOVO MAREA -

USO DO CAMBIO AUTOMÁTICO:

•N – Ponto Morto (Neutro), para posicionar a alavanca nesta posição basta


deslocá-la sem necessidade de pressionar nenhum botão. Nesta posição
nenhuma marcha está engatada e o cambio encontra-se destravado.
•D – Marchas à frente, para posicionar a alavanca nesta posição basta
deslocá-la sem necessidade de pressionar nenhum botão. Nesta posição o
cambio encontra-se em automático, onde a central do cambio, utiliza as
quatro relações disponíveis de acordo com a necessidade.

16
NOVO MAREA -

USO DO CAMBIO AUTOMÁTICO:

•3 – Marchas à frente excluindo a 4ª marcha, para posicionar a alavanca nesta


posição basta deslocá-la sem necessidade de pressionar nenhum botão. Nesta
posição o cambio encontra-se em automático, onde a central do cambio, utiliza
as três relações disponíveis de acordo com a necessidade.
•2 – Marchas à frente excluindo a 4ª e a 3ª marcha, para posicionar a alavanca
nesta posição basta deslocá-la sem necessidade de pressionar nenhum botão.
Nesta posição o cambio encontra-se em automático, onde a central do cambio,
utiliza as duas relações disponíveis de acordo com a necessidade.
•1 – 1ªMarcha, para posicionar a alavanca nesta posição é necessário pressionar
o botão “A“ localizado no Pomo da alavanca. Nesta posição o cambio mantém-
se apenas em 1ª marcha.

17
NOVO MAREA -

ATENÇÃO:

•A chave de ignição pode ser retirada do comutador de ignição somente


quando a alavanca de seleção se encontrar na posição “P”, função
•(Key Lock). Caso a chave seja desligada com a alavanca seletora em
•outra posição, o Buzzer será acionado por 12 segundos.
•Em caso de emergência é possível retirar a chave de ignição mesmo com
a alavanca de seleção fora da posição “P”. Para isto, aperte o dispositivo
de travamento situado próximo ao comutador de ignição e retire a chave
simultaneamente.
•A partida do motor somente pode ser efetuada com a alavanca seletora
colocada em “P” ou “N”.
•Após colocar a alavanca seletora nas posições D, R, 1, 2 ou 3 deve-se
aguardar o completo engrenamento da transmissão ( pequeno tranco )
antes de acelerar.

18
NOVO MAREA -

LOCALIZAÇÃO DO INTERRUPTOR
DE LIBERAÇÃO DA CHAVE

A BAIXO DA CHAVE
DE IGNIÇÃO

19
NOVO MAREA -

CARACTERÍSTICAS:

•O sistema de controle automático do cambio é do tipo adaptativo. Isto significa


que o gerenciamento eletrônico do cambio é capaz de analisar as condições de
marcha do veículo e depois de confrontá-los com as condições padrões
memorizadas no próprio Software, escolher o programa de funcionamento que
melhor se adapte à situação do momento.

20
NOVO MAREA -

CARACTERÍSTICAS:
Para entendermos melhor o Software gerencia três condições:
•1ª- Up Hill: Diante de uma subida, a central de controle do cambio compara a
aceleração real do veículo com àquela teórica de estrada plana, derivando,
por assim dizer, a inclinação da estrada. Em função da inclinação, seleciona-
se a condição de troca e a relação mais adequada.

•1ª- Down Hill: Quando a central verifica que o veículo acelera com a
borboleta aceleradora do motor fechada, é capaz de reduzir uma marcha para
que o veículo não acelere mais. Ao primeiro acionamento do freio efetua a

redução de uma marcha.

•1ª- Kick down: Em função da velocidade com que se aciona o pedal do


acelerador, a central reduz a marcha, propiciando o aumento de giro do motor
e o ganho do torque necessário para a aceleração. A redução só será
realizada se o limite de rotação do motor não for ultrapassado.

21
NOVO MAREA -

MODO DE CONDUÇÃO:

•O sistema nos possibilita optar por três modos de condução, o modo “NORM”,
o modo “SPORT” e o modo “ICE”. Para escolher um destes modos, basta
pressionar as teclas do console como mostrado. A tecla “SPORT” seleciona o
modo “SPORT” ou “NORM”. A tecla “ICE” seleciona apenas o modo “ICE”.

•O modo de condução “NORM” nos possibilita uma condução confortável e um


menor consumo de combustível em condições de relevos menos acidentados,
onde a troca de marchas é realizada em rotações mais baixas.

22
NOVO MAREA -

MODO DE CONDUÇÃO

•O modo de condução “SPORT” nos possibilita uma condução esportiva


quando desejamos que o veículo ofereça o máximo desempenho. Obviamente
o consumo de combustível nesta condição é maior.

•O modo de condução “ICE” nos possibilita uma condução segura em pisos


onde exista pouca aderência, como por exemplo, em cascalhos, areia, lama e
outros. Ao colocar o veículo em movimento, este inicia o trascionamento já
em segunda marcha. Outro detalhe importante é que o modo “ICE” só pode
ser selecionado com a alavanca de seleção em “D”. Após selecionado o modo
“ICE”, é possível selecionar a posição “N” e “R” ainda no modo “ICE”. Caso
outra posição seja selecionada o modo “ICE” passa diretamente para o modo
“NORM”.

23
NOVO MAREA -

RECOMENDAÇÕES PARA CORRETA SELEÇÃO:

•A posição “D” é recomendada para condições de uso normal em estradas e


percursos urbanos, que associado ao modo de condução “NORM” propicia a
máxima economia de combustível. Nesta condição a Central de controle do
cambio seleciona automaticamente as quatro relações disponíveis. Vale
lembrar que para pisos com pouca aderência pode-se associar a posição “D”,
ao modo de condução “ICE”.

•A posição “3” é recomendada para percursos mistos e/ou rampas moderadas,


no modo de condução “SPORT” ou também em condições especiais de
condução, como por exemplo, com um reboque acoplado.

24
NOVO MAREA -

RECOMENDAÇÕES PARA CORRETA SELEÇÃO:

•A posição “2” é recomendada para percursos severos como rampas


acentuadas. Pode ser utilizado tanto em modo de condução “SPORT” como
em “NORM”.

•A posição “1” é recomendada para rampas muito acentuadas onde não se


deseja a troca de marchas por razão de segurança e para não forçar o motor.
Pode ser utilizado tanto em modo de condução “SPORT” como em “NORM”.
•A posição “2” é recomendada para percursos severos como rampas
acentuadas. Pode ser utilizado tanto em modo de condução “SPORT” como
em “NORM”.

•A posição “1” é recomendada para rampas muito acentuadas onde não se


deseja a troca de marchas por razão de segurança e para não forçar o motor.
Pode ser utilizado tanto em modo de condução “SPORT” como em “NORM”.

25
NOVO MAREA -

VERIFICAÇÃO DO NÍVEL DO ÓLEO DO CAMBIO:

•Primeiramente é importante ressaltar que a verificação do nível do óleo do cambio


deve ser feita com o motor ligado, em marcha lenta e em temperatura de regime de
funcionamento. É importante lembrar que a alavanca seletora deve estar na posição
“P”, e o veículo em terreno plano. Observe a localização da vareta de verificação do
nível.

26
NOVO MAREA -

VERIFICAÇÃO DO NÍVEL DO ÓLEO DO CAMBIO:

•Verifique o nível de óleo somente com o cambio em temperatura de


funcionamento 80°C ou espere o acionamento da primeira velocidade do
eletroventilador por pelo menos duas vezes consecutivas com o motor
em marcha lenta antes de verificar o nível.

NÍVEL EM TEMPERATURA
NORMAL DE TRABALHO

NÍVEL COM ÓLEO FRIO

27
NOVO MAREA -

VERIFICAÇÃO DO NÍVEL DO ÓLEO DO CAMBIO:

•Mova devagar a alavanca de mudanças da posição “P” para “D”, e recoloque-a


na posição “P”.

•Retire a vareta de verificação de nível, limpe-a com um pano limpo e recoloque-a


em sua sede. Retire-a novamente e verifique se o nível do óleo está dentro do
limite da marca “HOT (H)”.

•Se o nível encontra-se fora da marca, dirija-se à Rede Assistencial FIAT para
completar com o flúido especificado.

28
NOVO MAREA -

ATENÇÃO:

•Caso seja necessário verificar o nível do óleo do cambio em baixa temperatura,


observe se o nível está dentro da marca “COLD (C)”. Na primeira oportunidade
refaça a verificação com o cambio na temperatura normal de funcionamento.

•Devido às características do óleo do cambio automático, o mesmo não


necessita substituição, apenas a verificação e eventual reabastecimento. Para
realizar a operação, dirija-se à Rede Assistencial FIAT.

•O óleo recomendado para esta transmissão automática é o


• “ÓLEO TEXAMATIC 4011 – TEXACO”.

29
NOVO MAREA -

REBOQUE DO VEÍCULO:

•Se o veículo necessitar ser rebocado, siga atentamente os seguintes passos:

•1°- É recomendável rebocá-lo em uma plataforma sem que as rodas do


veículo tenham contato com o solo.

•2°- Em caso de indisponibilidade, rebocar o veículo com as rodas motrizes


• (dianteiras) suspensas.

•3°- Se também esta última solução não for possíve l, Posicione a alavanca de
seleção na posição “N”. Reboque o veículo com velocidade máxima de
50Km/h por no máximo 50Km.

30
NOVO MAREA -

SENSORES E ATUADORES LIGADOS A CENTRAL


DO CAMBIO:

Vamos conhecer agora quais são as Centrais eletrônicas, os


sensores, atuadores e interruptores ligados a Central de
controle do cambio:
•Central de injeção e ignição eletrônica, ligada por intermédio de três linhas
seriais dedicadas, responsável por enviar os sinais de temperatura do motor,
posição da borboleta aceleradora, posição do pedal do acelerador;
•Quadro de instrumentos, responsável por indicar a marcha selecionada e
pela sinalização da luz de advertência;
•Tomada de diagnóstico, localizada próxima a Central do cambio;
•Comando do Buzzer, que alerta o motorista para condições de advertência;

31
NOVO MAREA -

SENSORES E ATUADORES LIGADOS A CENTRAL


DO CAMBIO

•Comando de desbloqueio para extração da chave de ignição (Key Lock);


•Switch de posições da alavanca de seleção do comando de marchas;
•Botão de seleção do modo de condução (NORM, SPORT E ICE);
•Sensor de posição da alavanca seletora;
•Switch da porta do motorista;
•Interruptor das luzes de freio;
•Sensor de temperatura do óleo do cambio;

32
NOVO MAREA
-

SENSORES E ATUADORES LIGADOS A CENTRAL


DO CAMBIO
SENSOR
SELEÇÃO
SENSOR DE ROTAÇÃO DE MARCHA
DE ENTRADA

SENSOR DE ROTAÇÃO DE SENSOR


SAIDA TEMPERATURA

SENSOR DE
VELOCIDADE

33
NOVO MAREA -

SENSORES E ATUADORES LIGADOS A CENTRAL


DO CAMBIO

•Eletroválvula de engate de marchas S1 e S2;


•Eletroválvula de controle de pressão;
•Eletroválvula da embreagem de Lock-up;
•Eletroventilador de resfriamento do óleo do cambio;
•Central de segurança com buzzer incorporado, responsável pelo
travamento da alavanca seletora na posição “P”.

34
NOVO MAREA -

LÓGICA DE FUNCIONAMENTO:

A troca de marcha automaticamente depende das seguintes variáveis:

•Posição do pedal do acelerador;


•Da velocidade do veículo;
•Da abertura da borboleta aceleradora e da rotação do motor;
•Do modo de condução selecionado (NORM, SPORT);

Para realizá-las a Central de controle do cambio comanda em duty cycle as


eletroválvulas de engate e de controle de pressão. Estas, abrindo e fechando,
permitem o óleo alcançar os freios e as embreagens necessárias a realizar as
diversas relações de transmissão e as condições de “Parking” e “Neutral”.

35
NOVO MAREA -

SINALIZAÇÃO DE ADVERTÊNCIA:
O sinal sonoro emitido pelo Buzzer é acionado por cerca de 12 segundos nas
seguintes condições:

•Porta do condutor aberta e chave em “MAR” desde que a alavanca de


seleção não esteja em “P”;
•Sempre que posicionarmos a alavanca de seleção na posição “R”;
• Sempre que desligarmos a chave de ignição com a alavanca de seleção fora
da posição “P”;

Já a luz de advertência do cambio permanecerá acesa se a temperatura do


óleo do cambio atingir os 130°C. Em condições de mau funcionamento dos
componentes eletroeletrônicos do sistema a luz de advertência deve piscar
no quadro de instrumentos.

36
NOVO MAREA -

PRECAUÇÕES EM CASO DE ANOMALIAS NO SISTEMA:

•Sempre que a luz de advertência permanecer acesa, recomenda-se para o


veículo e selecionar a posição “P” ou “N”, mantendo o motor funcionando a
uma rotação de 1500 Rpm até que a luz se apague. Nestas condições o percurso
de viagem não deve ser superior a 15 minutos. Caso contrário é necessário
parar o veículo e desligar o motor, esperando que o conjunto cambio/diferencial
se esfrie completamente.

•Caso a luz de advertência estiver piscando, deve-se desligar o motor e ligar a


chave novamente. Este procedimento permite que o sistema entre em auto
diagnóstico podendo excluir a falha, sendo memorizada pela Central do cambio.
Se após este procedimento a luz de advertência continuar piscando, deve-se

selecionar manualmente as marchas como em um cambio mecânico comum.

37
NOVO MAREA -

CUIDADOS NA UTILIZAÇÃO DO SISTEMA:

•É importante alertar o usuário do veículo para os seguintes cuidados,


lembrando que a não observância destes podem resultar em sérios danos
ao sistema de transmissão:

•Nunca selecione as posições “D” ou “R”, estando o motor em alta rotação;


•Nunca selecione as posições “N” com o veículo em movimento;
•Nunca selecione as posições “R” partindo de “D”, ou vice-versa em quanto
o veículo estiver em movimento.
•Estando o veículo parado com a alavanca posicionada em “D” Nunca pise
simultaneamente no freio e no acelerador.

38
NOVO MAREA-

UTILIZANDO O EDI PARA REALIZAR O DIAGNÓSTICO


DO SISTEMA:

COM O AUXÍLIO DO E.D.I , SERÁ POSSÍVEL REALIZAR A DIAGNOSE


DO SISTEMA ELETROELETRÔNICO NO C . A . E.
A DIAGNOSE PODERÁ SER EFETUADA , SELECIONANDO OS
SEGUNTES ÍTENS :

- LEITURA DOS PARÂMETROS.


- TESTE DE ATUADORES.
- LEITURA DE ERROS PRESENTES / INTERMITENTES.

39