Você está na página 1de 11

História dos

Povos Indígenas e
Afrodescendentes

Aula 9

Karen Bortoloti
Fernando Balieiro
Desdobramentos posteriores à
promulgação da Constituição

• A Constituinte de 1988 e a pressão dos


movimentos negro e indígena;

• Mudanças legislativas;

• Influências externas, acordos internacionais.

2
Abdias do Nascimento

3
Marcha Nacional Zumbi dos Palmares
(1995)

• Ícone da resistência negra. 300 anos de sua morte;


• Fernando Henrique Cardoso, presidente da
República reconhece a existência do preconceito
racial no país;
• Entrega de proposta de ação ao então presidente:
Programa de Superação do Racismo e da
Desigualdade Racial.
• Grupo de Trabalho Interministerial para Valorização
da População Negra (GTI).

4
Mudanças sociais e políticas

• Seminário Multiculturalismo e Racismo: o


papel da “ação afirmativa” nos Estados
Democráticos Contemporâneos (1996);

• Divulgação do Plano Nacional dos Direitos


Humanos (1996);

• Valorização da cultura e história afro-


brasileira (politização das diferenças).
5
Mudanças sociais e políticas

• Conferência das Nações Unidas sobre o


Ambiente e o Desenvolvimento (ECO-92);
• Convenção 169 da Organização Internacional
do Trabalho (OIT), que dispõe sobre povos
indígenas e tribais (1989);
• Crescimento exponencial das organizações não
governamentais em defesa dos direitos
indígenas;
• LDB (1996) - educação escolar bilíngue e
intercultural.
6
A Conferência de Durban (2001)
África do Sul

• III Conferência Mundial contra o Racismo, a


Discriminação Racial, a Xenofobia e Formas
Correlatas de Intolerância, promovida pela
Organização das Nações Unidas (ONU);

• Plano de Ação de Durban;

• Profissionalização de militantes ligados ao


movimento negro, então participantes de
organismos governamentais.
7
Nova agenda política consolidada

• Movimentos sociais, conferências


internacionais e transformações político-
institucionais;

• Reconhecimento das diferenças étnico-


raciais (em oposição a políticas
integracionistas);

• Combate à discriminação e desigualdades


raciais.
8
Bibliografia

• GOMES, Nilma.  Movimento negro e educação: ressignificando e


politizando a raça. Educação & Sociedade (Impresso), v. 33, p.
727-744, 2012.
• GRUPIONI, Luis Donisete Benzi. Olhar longe, porque o futuro é
longe - cultura, escola e professores indígenas no Brasil. Tese
defendida no Programa de Pós-graduação de Antropologia Social
na Universidade de São Paulo, 2009.
• OLIVEIRA, João Pacheco de; FREIRE, Carlos Augusto da
Rocha.A presença indígena no Brasil. Brasília, MEC/Secad,
2006.
• SILVÉRIO, Valter Roberto ; TRINIDAD, Cristina Teodoro . Há algo
novo a se dizer sobre as relações raciais no Brasil
contemporâneo?. Educação & Sociedade (Impresso), v. 33, p.
891-914, 2012.

9
História dos
Povos Indígenas e
Afrodescendentes

Atividade 9

Karen Bortoloti
Fernando Balieiro
Sobre as políticas que se referem aos povos
indígenas e aos afro-brasileiros na década de 1990,
é incorreto dizer que:

a)tem-se um período de demarcação de terras


indígenas também propulsionado pela ECO-92.
b)institui-se, com alteração da LDB, a educação
escolar bilíngue e intercultural nas escolas
indígenas.
c)tem-se o princípio da implementação das cotas no
Ensino Superior.
d)o Presidente da República reconhece a existência
do racismo no país.
11