P. 1
PRINCIPAIS CONCEITOS - SEGURANÇA DO TRABALHO

PRINCIPAIS CONCEITOS - SEGURANÇA DO TRABALHO

|Views: 129.030|Likes:
Publicado porJairo Brasil
Aula de Segurança I do Prof. Jairo Brasil
Aula de Segurança I do Prof. Jairo Brasil

More info:

Published by: Jairo Brasil on Aug 26, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/28/2015

pdf

text

original

Material exclusivo para Cursos Técnicos

APOSTILA 2

CONCEITOS FUNDAMENTAIS FUNDAMENTAIS
SAÚDE SEGURANÇA DE SAÚDE E SEGURANÇA DO TRABALHO

PROF. JAIRO BRASIL

Reprodução autorizada pelo autor

1

Material exclusivo para Cursos Técnicos

PERIGO E RISCO PERIGO é uma energia danificadora que quando ativada pode provocar danos corporais e/ou materiais. Esta energia danificadora pode estar associada tanto à uma pessoa como a um objeto, considerados aqui os fatores do sistema de trabalho. Ao redor dos portadores de perigo pode-se representar a área perigosa.

Se a energia danificadora associada a eles for repetidamente ativada, ocorre uma colisão entre a pessoa e o objeto. O risco é gerado pela intersecção dessas duas áreas, de pessoa e objeto. Não havendo intersecção entre as áreas perigosas de pessoa e objeto, não haverá risco para a pessoa. A perturbação no sistema de trabalho ocasionada pela colisão repentina e involuntária entre os fatores do sistema - pessoa e objeto, caracteriza o ACIDENTE, que impede o alcance do objetivo de trabalho. CONCEITO INICIAL ACIDENTE Um acidente é um evento indesejável e inesperado que causa danos pessoais, materiais (danos ao patrimônio), danos financeiros e que ocorre de modo não intencional.

Reprodução autorizada pelo autor

2

Material exclusivo para Cursos Técnicos

FLUXOGRAMA ACIDENTE DE TRABALHO Conceito Legal cfe. Art. 139 Decreto 611/92 É aquele que ocorre no Exercício do Trabalho, a Serviço da Empresa, gerando Lesão Corporal ou Perturbação Funcional e que delas decorra a Morte, a Perda ou a Redução da Capacidade para o Trabalho de forma Permanente ou Temporária.

LESÃO CORPORAL Qualquer dano produzido no corpo humano, mesmo que seja leve como o corte de um dedo, ou grave, como a perda de um membro. PERTURBAÇÃO FUNCIONAL Desequilíbrio que traz prejuízo ao funcionamento de qualquer órgão ou sentido, como a perda da visão por uma pancada na cabeça, ou a perda da audição por exposição ao ruído.

Reprodução autorizada pelo autor

3

Material exclusivo para Cursos Técnicos

ACIDENTE TÍPICO É aquele que ocorre no local onde o trabalhador desenvolve suas atividades (Posto de Trabalho ou próximo dele, em atividades inerentes). ACIDENTE DE TRAJETO É aquele ocorrido fora do local e horário de trabalho, desde que na execução de ordem ou na realização de serviço sob autoridade da empresa. Ou ainda, no percurso da residência para o trabalho, ou deste para aquela, qualquer que seja o meio de locomoção e que não haja interrupção ou alteração por motivo alheio ao trabalho. DOENÇAS OCUPACIONAIS É a designação de várias doenças que causam alterações na saúde do trabalhador, provocadas por fatores relacionados com o ambiente de trabalho. Elas se dividem em doenças profissionais ou tecnopatias, que são sempre causadas pela atividade laboral, e doenças do trabalho ou mesopatias, que podem ou não ser causadas pelo trabalho. Uma doença ocupacional normalmente é adquirida quando um trabalhador é exposto acima do limite permitido por lei a agentes ambientais, sem proteção compatível com o risco envolvido. DOENÇAS PROFISSIONAIS É desencadeada pelo exercício do trabalho peculiar a determinada atividade e constante da relação elaborada pelo Ministério do Trabalho e da Previdência Social. DOENÇAS DO TRABALHO É desencadeada em função de condições especiais em que o trabalho é realizado e com ele se relacione diretamente, constante da relação elaborada pelo Ministério do Trabalho e da Previdência Social.

Reprodução autorizada pelo autor

4

Material exclusivo para Cursos Técnicos

NÃO SÃO CONSIDERADAS DOENÇAS OCUPACIONAIS • • • • A doença degenerativa; A inerente a grupo etário; A que não produza incapacidade laborativa; A doença endêmica adquirida por segurado habitante de região em que ela se desenvolva, salvo comprovação de que é resultante de exposição ou contato direto determinado pela natureza do trabalho.

DOENÇAS OCUPACIONAIS (OBSERVAÇÃO) Quando das Doenças Ocupacionais decorrer incapacidade para o trabalho, as mesmas serão consideradas ACIDENTE DE TRABALHO, e como tal, deverá ser preenchida pela empresa a CAT – Comunicação de Acidente de Trabalho, e o funcionário afastado para tratamento médico. PERÍODOS EXTRAS Nos períodos destinados a refeição ou descanso, ou por ocasião da satisfação de outras necessidades fisiológicas, no local do trabalho ou durante este, o empregado é considerado no exercício do trabalho. FATORES NEGATIVOS DO ACIDENTE DE TRABALHO • • • Aspecto Humano: Perda da Auto-estima, Depressão, Vergonha. Aspecto Social: Preconceito, Afastamento da Comunidade, Segregação. Aspecto Econômico: Queda de rendimento, Prejuízo para a Empresa, Prejuízo para a Previdência, Prejuízo para o País.

CAUSAS DOS ACIDENTES DE TRABALHO • Ato Inseguro: Desobediência a um Procedimento Seguro ou Norma de Segurança, normalmente aceito por todos. • Condição Insegura: São as condições do ambiente de trabalho que nao contribui para a segurança do trabalhador.

Reprodução autorizada pelo autor

5

Material exclusivo para Cursos Técnicos

CONDIÇÃO INSEGURA Quatro classes: Mecânica, Física, Ambiental e Metodológica. 1) Classe Mecânica: • Máquina ou Equipamento defeituoso • Sem Proteção • Inadequados 2) Classe Física: • Layout ou Arranjo Físico Inadequado 3) Classe Ambiental: • Iluminação, Ventilação 4) Classe Metodológica: • Procedimento Inadequado, Método Arriscado, Processo Perigoso MODALIDADES DE COMPORTAMENTO • • • Negligência: Deixar de Fazer o que Deveria ser Feito. Imprudência: Fazer de forma Diferente do que Deveria ser Feito. Imperícia: Falta de Conhecimento ou Experiência no que Está sendo Feito.

CLASSIFICAÇÃO DOS ACIDENTES • INCIDENTE: Ocorrência que poderia ocasionar um Acidente – Quase Acidente. ACIDENTE COM DANOS MATERIAIS: Ocorrência que causa somente danos ao patrimônio da empresa, sem ocorrência de lesão ao funcionário. ACIDENTE SEM PERDA DE TEMPO ou SEM AFASTAMENTO: Acidente cuja lesão não impede o acidentado de retornar ao trabalho no dia seguinte ao da ocorrência. ACIDENTE COM PERDA DE TEMPO ou COM AFASTAMENTO: Acidente cuja lesão impede o acidentado de retornar ao trabalho no dia seguinte ao da ocorrência.

Reprodução autorizada pelo autor

6

Material exclusivo para Cursos Técnicos

PIRÂMIDE DE BIRD

EVITE ACIDENTES!!! TODOS AGRADECEM: 1) SUA FAMÍLIA; 2) A SOCIEDADE EM GERAL; 3) TODO O PAÍS.

Reprodução autorizada pelo autor

7

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->