Você está na página 1de 42

100 questões de concentração soluções

TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES.


(Ufrj) Industrialmente, a hidrólise de resíduos celulósicos, visando à obtenção de açúcares, é realizada pela
ação do ácido sulfúrico, em temperatura e pressão elevadas. Após a hidrólise, a solução apresenta
concentração de ácido sulfúrico igual a 49 g/L. Para facilitar a purificação dos açúcares, a solução deve ser
neutralizada à temperatura de 50°C. As seguintes substâncias foram disponibilizadas para a neutralização:
óxido de cálcio (cal virgem), solução aquosa de hidróxido de sódio 0,5 mol/L e solução aquosa de hidróxido de
amônio 0,5 mol/L.

1. Calcule a quantidade em mol de hidróxido de amônio necessária para a neutralização completa do ácido
sulfúrico presente em 20 litros de solução hidrolisada.

2. É desejável que, após a neutralização, a solução não tenha sofrido um aumento significativo de volume e que
não apresente concentração elevada de íons. Baseado nas curvas de solubilidade dadas a seguir, indique qual
é a substância mais adequada para ser empregada na neutralização, justificando a sua resposta. Escreva a
equação da reação correspondente.
Considere que a solubilidade dos diferentes sais na solução neutralizada seja a mesma que em água.

3. (Ita) Considere uma solução aquosa com 10,0%(m/m) de ácido sulfúrico, cuja massa específica a 20°C, é
1,07g/cm¤. Existem muitas maneiras de exprimir a concentração de ácido sulfúrico nesta solução, uma delas é
{(0,100/98)/[(0,100/98)+(0,90/18,0)]}mol de H‚SO„/mol total.
Justifique porque essa forma está certa ou errada.

4. (Ufba) Uma solução de sulfato de alumínio, de densidade igual a 1,36g/mL, é utilizado para preparar 200mL
de solução 1,0M de sulfato de alumínio.
Determine, em mL, o volume utilizado da solução original, expressando o resultado com dois algarismos
significativos.

Dados: massas atômicas


AØ = 27,0;
S = 32,1;
O = 16,0

pag.1
100 questões de concentração soluções
5. (Ueg)

FONTE: FELTRE, Ricardo. "Química orgânica". V.3. São Paulo: Moderna. p. 224

Leia a tira e os textos 1 e 2 apresentados a seguir e responda ao que se pede.

TEXTO 1
As bebidas fermentadas têm teor alcoólico menor que as destiladas: na cerveja, por exemplo, considera-se 4
GL, aproximadamente. Nas bebidas destiladas, o teor alcoólico é mais elevado; o uísque, por exemplo, é de,
aproximadamente, 45 GL.

TEXTO 2
Os álcoois também se queimam como normalmente acontece com as substâncias orgânicas, dando CO‚, CO
ou C, conforme a quantidade de oxigênio disponível.

a) Considerando os valores dos teores alcoólicos contidos no texto 1, suponha que dois amigos resolvam ir a
uma boate. Um deles tomou cerveja e o outro, uísque. Nessa situação, calcule a quantidade em volume de
cerveja que o indivíduo que ingeriu essa bebida precisaria tomar para alcançar o percentual de álcool presente
em 200 mL de uísque ingerido pelo seu amigo.
Dados: A graduação alcoólica é expressa em GL e indica a porcentagem em volume na bebida. Exemplo: no
uísque, 45 GL significa que 45 % do volume é de álcool.
b) No texto 2, observa-se que, na combustão do etanol, vários produtos podem ser obtidos. Sendo assim,
escreva a equação balanceada da reação de combustão completa desse álcool.

6. (Uepg) Evaporou-se por completo o solvente contido em um recipiente com capacidade para 1.200mL
contendo solução aquosa de NaOH 2mol/L. Determine a quantidade, em gramas, de NaOH, sabendo que
antes da evaporação o recipiente estava com sua capacidade completa.

pag.2
100 questões de concentração soluções
7. (Ufrj) A eletrólise de soluções concentradas de cloreto de sódio (salmoura) produz cloro gasoso no eletrodo
E1, gás hidrogênio e hidróxido de sódio em solução no eletrodo E2, restando uma solução diluída de NaCl cuja
concentração é de 50 g/L, que é removida da célula eletrolítica. O esquema a seguir representa uma célula
eletrolítica de membrana.

Calcule o volume de água, em litros, que deve ser removido de 1000 L da solução de NaCl a 50 g/L para que
ela atinja a concentração de 250 g/L e possa ser reaproveitada no processo.
Para efeito de cálculo, despreze a variação de densidade das soluções salinas.

8. (Ufsc) Qual a massa de Na‚SO„, em gramas, necessária para preparar 100mL de uma solução 3,50 molar?
Qual o volume de água, em mL, necessário para diluir 10mL desta solução, transformando-a em 1,75 molar?

Some as respostas por você encontradas e arredonde o resultado para o inteiro mais próximo.
Dados
Massas molares (g/mol): Na=23,0; S=32,0; O=16,0

9. (Ufv) Os sucos digestivos são ácidos devido à presença de ácido clorídrico (HCØ). A digestão de proteínas no
estômago é bem realizada entre pH 1,5 e 2,5. As enzimas que promovem a digestão deixam de funcionar entre
pH 4,0 e 5,0. Uma amostra de 20,0mL de suco gástrico foi titulada com solução de NaOH 0,010mol.L−¢, tendo
sido gastos 2,0mL do titulante.

a) Escreva a equação da reação que ocorre durante a titulação anteriormente descrita.

b) A concentração de ácido clorídrico no suco gástrico analisado é __________ mol.L−¢.

c) O pH do suco gástrico analisado é ______.

10. (Unb) Para se averiguar a quantidade de nitrogênio absorvida por certo tipo de planta, foi necessária a
preparação de uma solução aquosa de amônia (NHƒ), de concentração igual a 0,050mol/L. De acordo com
IUPAC, o volume ocupado por um mol de um gás ideal, sob condições normais de temperatura e pressão
(CNTP), é de 22,710L. Considere o gás NHƒ como sendo ideal, sob CNTP, e calcule, em litros, o volume do gás
amônia necessária para preparar 6,000L da solução. Multiplique o valor calculado por 10 e desconsidere a parte
fracionária do resultado, caso exista.

pag.3
100 questões de concentração soluções
11. (Unesp) No descarte de embalagens de produtos químicos, é importante que elas contenham o mínimo
possível de resíduos, evitando ou minimizando conseqüências indesejáveis. Sabendo que, depois de utilizadas,
em cada embalagem de 1 litro de NaOH sólido restam 4 gramas do produto, considere os seguintes
procedimentos:

embalagem I: uma única lavagem, com 1 L de água.


embalagem II: duas lavagens, com 0,5 L de água em cada vez.

Dados: massas molares: Na=23g/mol, O=16g/mol e H=1g/mol.

a) Qual a concentração de NaOH, em mol/L, na solução resultante da lavagem da embalagem I?


b) Considerando que, após cada lavagem, restam 0,005 L de solução no frasco, determine a concentração de
NaOH, em mol/L, na solução resultante da segunda lavagem da embalagem II e responda: qual dos dois
procedimentos de lavagem foi mais eficiente?

12. (Unicamp) Computadores, televisores, transformadores elétricos, tintas e muitas outras utilidades que
facilitam a comunicação, já empregaram os PCBs (compostos bifenílicos policlorados). Infelizmente, a alta
estabilidade dos PCBs, aliada às suas características prejudiciais, os colocou dentre os mais indesejáveis
agentes poluentes. Esses compostos continuam, ainda, presentes no ar, na água dos rios e mares, bem como
em animais aquáticos e terrestres. O gráfico a seguir mostra a sua degradabilidade, em tecidos humanos.

a) Imagine que uma pessoa, pesando 70 kg, ingere 100 kg/ano de um alimento contaminado com 0,3 ppm (mg
kg−¢) de PCBs, e que o nível letal de PCBs para o ser humano seja 1300 ppm. Será possível que este nível de
PCBs seja alcançado, ao longo de sua vida, considerando a alimentação como única forma de ingestão de
PCBs? Responda sim ou não e justifique.
b) Após realizar exames de laboratório, uma moça de vinte e cinco anos descobriu que estava contaminada por
14 ppm de PCBs, o que poderia comprometer seriamente o feto em caso de gravidez. Deixando imediatamente
de ingerir alimentos contaminados com PCBs, ela poderia engravidar ao longo de sua vida, sem nenhum risco
para o feto? Responda sim ou não e justifique, sabendo que o limite seguro é de aproximadamente 0,2 ppm.

pag.4
100 questões de concentração soluções
13. (Unifesp) Um dos possíveis meios de se remover CO‚ gasoso da atmosfera, diminuindo assim sua
contribuição para o "efeito estufa", envolve a fixação do gás por organismos microscópicos presentes em rios,
lagos e, principalmente, oceanos. Dados publicados em 2003 na revista Química Nova na Escola indicam que o
reservatório da hidrelétrica de Promissão, SP, absorve 704 toneladas de CO‚ por dia.
a) Calcule a quantidade de CO‚, expressa em mol/dia, absorvida pelo reservatório. (Dado: massa molar de CO‚
= 44 g/mol.)
b) Suponha que parte do CO‚ permaneceu dissolvida na água do reservatório, na forma CO‚(aq). Empregando
equações químicas, discuta qualitativamente o efeito que o CO‚ dissolvido terá sobre as características
químicas da água do reservatório.

14. (Unesp) Apesar dos efeitos tóxicos do íon Ba£®, sais de bário são ingeridos por pacientes para servirem
como material de contraste em radiografias de estômago. A dose letal para seres humanos é de 25mg de íons
Ba£®, por quilograma de massa corporal.
Supondo que todos os íons Ba£®, solubilizados em uma solução aquosa saturada do sal pouco solúvel BaSO„,
sejam absorvidos pelo paciente, pergunta-se:
a) um paciente de 60kg corre risco de vida se ingerir 200ml da referida solução saturada? Justifique a resposta,
mostrando os cálculos efetuados.
b) que volume da referida solução corresponderia à dose letal para um paciente de 40kg?

Massa molar do bário = 137g/mol.


Constante do produto de solubilidade do BaSO„, Kps=1x10−¢¡

15. (Unesp) O vinagre comercial contém ácido acético (ácido etanóico). Na titulação de 5,0mØ de vinagre
comercial com densidade 1,01g.mØ−¢, gastou-se 8,4mØ de uma solução 0,40M de hidróxido de sódio (Massas
atômicas: C=12; H=1; O=16; Na=23).
a) Desenhar esquematicamente a montagem do material de vidro essencial para fazer a titulação ácido-base.
Dar o nome de cada componente do sistema.
b) Escrever a equação da reação que ocorreu. Calcular a percentagem do ácido acético no vinagre.

16. (Ufpe) A solubilidade do oxalato de cálcio a 20°C é de 33,0 g por 100 g de água. Qual a massa, em gramas,
de CaC‚O„ depositada no fundo do recipiente quando 100 g de CaC‚O„(s) são adicionados em 200 g de água a
20°C?

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO


(Cesgranrio)
A contaminação ambiental tem sido uma fonte de problemas e doenças em diversas comunidades. Um relatório
aponta a contaminação de pelo menos 150 pessoas em Paulínia, São Paulo.
Dezoito delas apresentaram tumores no fígado e na tireóide. Todas teriam sido contaminadas por substâncias
usadas na fabricação de pesticidas. Dr. Anthony Wong, pediatra e diretor do Centro de Assistência de
Toxicologia, do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, afirma que a intenção não é criar pânico
na população, mas é necessário ter muita cautela, porque há substâncias, como o benzeno, clorobenzeno e
metil-etilcetona (butanona), perigosas para mulheres grávidas, crianças e idosos, que são os mais vulneráveis.
Além disso, vapores tóxicos do clorobenzeno afetam o rim e o fígado. Fez, ainda, um outro alerta: as pessoas
não sentem o cheiro porque a sua concentração na fase gasosa é pequena. Ambientalistas lutam para que o
índice ideal de exposição ao benzeno seja 0,1ppm.

pag.5
100 questões de concentração soluções
17. A concentração de uma solução em ppm pode ser expressa na forma de miligramas de soluto em 1 litro de
solução.
Numa atmosfera, para se chegar ao nível de concentração ideal de exposição ao benzeno, desejado pelos
ambientalistas, a quantidade máxima desse composto cancerígeno, em gramas, que pode estar presente em
um ambiente de 10.000L é igual a:
a) 0,10
b) 0,81
c) 1,0
d) 1,67
e) 10

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO


(Ufrs) SE NECESSÁRIO, ADOTE g = 10 m/s£.

18. O soro fisiológico é uma solução aquosa que contém 0,9 % em massa de NaCØ. Para preparar 200 mL
dessa solução, a quantidade necessária de NaCØ é de aproximadamente
a) 0,45 g.
b) 1,8 g.
c) 0,09 mol.
d) 0,18 mol.
e) 10,6 g.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO


(Uel) Um medicamento polivitamínico e polimineral traz a seguinte informação técnica em sua bula: "Este
medicamento consiste na associação do acetato de tocoferol (vitamina E), ácido ascórbico (vitamina C) e os
oligoelementos zinco, selênio, cobre e magnésio. Estas substâncias encontram-se numa formulação adequada
para atuar sobre os radicais livres. O efeito antioxidante do medicamento fortalece o sistema imunológico e
combate o processo de envelhecimento."

19. Cada comprimido desse medicamento possui 600 mg de ácido ascórbico. Um indivíduo dissolveu um
comprimido em 200 mL de água. Considerando que, após a dissolução do comprimido, não ocorreu mudança
de volume e que o ácido ascórbico foi totalmente dissolvido neste volume de água, assinale a alternativa que
indica, corretamente, a concentração do ácido ascórbico nessa solução.

Dado:
Fórmula molecular do ácido ascórbico = C†HˆO†
Massas Molares (g/mol):
C = 12,0; O = 16,0; H = 1,01

a) 10,0 mmol/L.
b) 13,0 mmol/L.
c) 15,0 mmol/L.
d) 17,0 mmol/L.
e) 21,0 mmol/L.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO


(Uel) A(s) questão(ões) adiante está(ão) relacionada(s) com a crença de que o açúcar (sacarose) adicionado ao

pag.6
100 questões de concentração soluções
tanque de um automóvel pode danificar o seu motor. Tal crença pressupõe que o açúcar seja dissolvido na
gasolina e que a mistura resultante seja conduzida até o motor.

20. Para testar na prática a solubilidade da sacarose na gasolina, foi realizado um experimento a determinada
temperatura, no qual sacarose marcada com C¢¥ (um emissor de partículas ’) foi adicionada a gasolina, e a
mistura agitada até o sistema atingir o equilíbrio entre a fase sólida e a líquida. Recolhida uma amostra da fase
líquida, a concentração de sacarose dissolvida foi determinada por processos radioativos, encontrando-se o
valor de 1,50mg por litro.

Com base nessas informações, é INCORRETO afirmar:


a) O C¢¥ é um isótopo radioativo do C¢£ estável.
b) Ao emitir uma partícula ’, o C¢¥ transforma-se num átomo de número atômico mais elevado, de número de
massa igual a 14.
c) O isótopo 14 do carbono tem propriedades químicas semelhantes às do isótopo 12, podendo substituir
átomos deste último na estrutura da molécula de sacarose.
d) Quando a mistura atinge o equilíbrio, a fase líquida é constituída de uma solução saturada de sacarose em
gasolina.
e) A concentração máxima de sacarose na solução é de aproximadamente 4,4×10−¤ mol L−¢.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO


(Cesgranrio) Após coleta recente de sangue, por centrifugação na presença de um anticoagulante, pode-se
separar o plasma, que se apresenta como fluido, contento cerca de 7% de proteínas, sendo as mais
importantes a albumina, as globulinas e o fibrinogênio.
Há, ainda, presença de eletrólitos que contribuem para a manutenção da pressão osmótica e do equilíbrio
ácido-base dos fluidos corporais. Os eletrólitos majoritários dos fluidos corporais são os seguintes: Na®, K®,
Ca®£, Mg®£, HCOƒ−, CØ−, HPO„−£ e SO„−£.
A concentração dos eletrólitos no plasma é determinada experimentalmente, podendo ser expressa em
mg/100mL de plasma.

pag.7
100 questões de concentração soluções
21. Se, numa análise de sangue, constata-se a presença de 345mg de sódio em 100mL de plasma, está correto
afirmar que essa concentração, expressa em mol/L, será igual a:
a) 0,30
b) 0,25
c) 0,20
d) 0,15
e) 0,10

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO


(Ufsm) A(s) questão(ões) a seguir refere(m)-se a uma visita de Gabi e Tomás ao supermercado, com o objetivo
de cumprir uma tarefa escolar. Convidamos você a esclarecer as dúvidas de Gabi e Tomás sobre a Química no
supermercado.
Tomás portava um gravador e Gabi, uma planilha com as principais equações químicas e algumas fórmulas
estruturais.

22. Na seção de "material de limpeza", eles encontraram um frasco de detergente cujo rótulo informava que
esse produto continha 0,34% (m/V) de amônia, proveniente de uma solução concentrada de hidróxido de
amônio. Acidentalmente, Tomás e Gabi derramaram 1L do detergente no chão, exalando um forte cheiro de
amônia. Sabendo que o odor é amenizado pela diluição da amônia (NHƒ) em água, a uma concentração de
0,01g%, qual o volume de água que deve ser adicionado ao detergente derramado, para obter 0,01g% (m/V) de
NHƒ?
a) 34 L
b) 33 L
c) 3,4 L
d) 3,3 L
e) 2,4 L

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO


(Enem) O botulismo, intoxicação alimentar que pode levar à morte, é causado por toxinas produzidas por certas
bactérias, cuja reprodução ocorre nas seguintes condições: é inibida por pH inferior a 4,5 (meio ácido),
temperaturas próximas a 100°C, concentrações de sal superiores a 10% e presença de nitritos e nitratos como
aditivos.

23. Levando-se em conta os fatores que favorecem a reprodução das bactérias responsáveis pelo botulismo,
conclui-se que as toxinas que o causam têm maior chance de ser encontradas
a) em conservas com concentração de 2g de sal em 100 g de água.
b) nas lingüiças fabricadas com nitrito e nitrato de sódio.
c) nos alimentos logo após terem sido fervidos.
d) no suco de limão, cujo pH varia de 2,5 a 3,6.
e) no charque (carne salgada e seca ao sol).

pag.8
100 questões de concentração soluções
24. (Ufpr) No Brasil, a sacarose é obtida da cana de açúcar, da qual é inicialmente extraída a garapa. Na
garapa (pH entre 4,8 e 5,2) encontramos cerca de 15 g de sacarose dissolvidos em 100 mL, além de
quantidades menores de glicose e frutose. Na presença de ácidos diluídos ou de enzimas, a sacarose pode se
hidrolisar, produzindo glicose e frutose. A reação é denominada "inversão da sacarose", e o produto obtido,
"açúcar invertido".

Com relação às informações dadas, é correto afirmar:

(01) A reação de inversão da sacarose é representada pela equação C‚H‚‚O + H‚O ë C†H‚O† + C†H‚O†
(02) Durante a reação de hidrólise, e levando em conta os valores de ‘ fornecidos acima, o sistema passa de
dextrógiro para levógiro; decorre daí a denominação "inversão da sacarose".
(04) A concentração de íons H®(aq) na garapa é menor que 1x10−ª mol L−¢.
(08) O "açúcar invertido" é uma mistura, em proporções de 1:1, de glicose e frutose.
(16) A glicose é um enantiômero da frutose.
(32) 400 mL de garapa contêm cerca de 60 g de sacarose dissolvida.

Soma ( )

pag.9
100 questões de concentração soluções
25. (Uerj) Uma das condições necessárias para o perfeito funcionamento do organismo humano é a
manutenção da adequada faixa de concentração de íons nos líquidos orgânicos, como o plasma sangüíneo e o
líquido intracelular.
Os gráficos a seguir mostram as concentrações, em miliequivalentes por litro, de alguns cátions e ânions em
diversas soluções.

As faixas de concentrações iônicas mais compatíveis com as do plasma sangüíneo e as do líquido intracelular
estão representadas, respectivamente, nos seguintes gráficos:
a) I e II
b) II e IV
c) III e I
d) IV e III

pag.10
100 questões de concentração soluções
26. (Unirio) Uma das formas de monitoramento da água de caldeiras de indústrias, responsável pelo
fornecimento de energia, é a medição do teor de íons cloreto (CØ). Um método de análise de cloreto é a adição
à água de caldeira de uma solução de nitrato de prata (AgNOƒ), segundo a equação:

CØ−(aq) + AgNOƒ(aq) ë AgCØ(s) + NOƒ−(aq)

A análise de 10,0ml de água de caldeira, contendo CØ−, com solução aquosa de AgNOƒ, formou um precipitado
de 0,287g de AgCØ. A concentração molar de CØ− presente na amostra de água de caldeira é igual a:
(CØ=35,5; Ag=108)
a) 2
b) 0,2
c) 0,02
d) 0,002
e) 0,0002

27. (Cesgranrio) Assinale a alternativa que indica a molaridade de uma solução de H‚SO„ 0,5N:
a) 0,25 M
b) 0,5 M
c) 1 M
d) 2 M
e) 3 M

28. (Faap) Uma das maneiras de recuperar um soluto não volátil de uma solução aquosa, consiste no
aquecimento da solução com o objetivo de evaporar mais rapidamente a água nela contida. Numa indústria um
recipiente contém 500 litros de uma solução aquosa de NaCØ de concentração 25,0g/L. O volume dessa
solução, expresso em litros, que deve sofrer aquecimento para propiciar a obtenção de 500g de NaCØ(s), é:
a) 50,0
b) 25,0
c) 20,0
d) 200
e) 500

29. (Ita) Considere uma solução aquosa com 10,0%(m/m) de ácido sulfúrico, cuja massa específica a 20°C, é
1,07g/cm¤. Existem muitas maneiras de exprimir a concentração de ácido sulfúrico nesta solução. Em relação a
essas diferentes maneiras de expressar a concentração do ácido, qual das alternativas a seguir está ERRADA?
a) (0,100.1,07.10¤)g de H‚SO„ / litro de solução.
b) [(0,100.1,07.10¤) / 98] molar em H‚SO„.
c) [(0,100.1,07.10¤) / (0,90.98)] molal em H‚SO„
d) [(2.0,100.1,07.10¤) / 98] normal em H‚SO„.
e) {(0,100/98) / [(0,100/98) + (0,90/18,0)]} mol de H‚SO„/mol total.

pag.11
100 questões de concentração soluções
30. (Mackenzie) A concentração em g/L, da solução obtida ao se dissolverem 4g de cloreto de sódio em 50cm¤
de água é:
a) 200 g/L
b) 20 g/L
c) 0,08 g/L
d) 12,5 g/L
e) 80 g/L

31. (Uel) Uma solução aquosa de hidróxido de sódio tem densidade igual a 1,25g/mL e 40% em massa de
soluto. A massa, em gramas, de 100 mililitros de solução é
a) 4,00
b) 40,0
c) 125
d) 250
e) 375

32. (Unifesp) BaSO„, administrado a pacientes para servir como material de contraste em radiografias do
estômago, foi obtido fazendo-se a reação de solução de ácido sulfúrico com um dos seguintes reagentes:

1) 0,2mol de BaO
2) 0,4mol de BaCOƒ
3) 200mL de solução de BaCØ‚ 3M

Supondo que em todos os casos foram utilizados 100mL de H‚SO„ 4M, e que a reação ocorreu totalmente, qual
das relações entre as massas obtidas de BaSO„ é válida?
a) m < m‚ < mƒ.
b) m = m‚ < mƒ.
c) m < m‚ = mƒ.
d) m = m‚ = mƒ.
e) m > m‚ > mƒ.

33. (Unitau) Para matar baratas, precisamos fazer uma solução aquosa a 30% de ácido bórico (d=1,30g/cm¤),
com concentração molar de (Dados: H=1, B=10,8, O=16)
a) 6,5 M.
b) 6,0 M.
c) 5,5 M.
d) 5,0 M.
e) 4,5 M.

34. (Cesgranrio) A análise da amostra de um determinado vinagre indicou uma concentração de 6,0g de ácido
acético em 100ml de solução. A molaridade desse vinagre é de:
a) 0,1 M
b) 0,5 M
c) 1,0 M
d) 3,0 M
e) 6,0 M

pag.12
100 questões de concentração soluções
35. (Cesgranrio) Em laboratório, um aluno misturou 10 mL de uma solução de HCØ 2N com 20 mL de uma
solução X N do mesmo ácido em um balão volumétrico de 50 mL de capacidade. Em seguida, completou o
volume do balão volumétrico com água destilada. Na total neutralização de 10 mL da solução final obtida, foram
consumidos ml de solução de NaOH 2N. Assim, o valor de X é:
a) 1,0 N
b) 1,5 N
c) 2,0 N
d) 2,5 N
e) 3,0 N

36. (Enem) Para testar o uso do algicida sulfato de cobre em tanques para criação de camarões, estudou-se,
em aquário, a resistência desses organismos a diferentes concentrações de íons cobre (representados por
Cu£®). Os gráficos relacionam a mortandade de camarões com a concentração de Cu£® e com o tempo de
exposição a esses íons.

(Adaptado de VOWLES, P.D. & CONNELL, D.W. "Experiments in environmental chemistry -


a laboratory manual". Oxford: Pergamon Press, 1980.)

Se os camarões utilizados na experiência fossem introduzidos num tanque de criação contendo 20.000L de
água tratada com sulfato de cobre, em quantidade suficiente para fornecer 50g de íons cobre, estariam vivos,
após 24 horas, cerca de
a) 1/5.
b) 1/4.
c) 1/2.
d) 2/3.
e) 3/4.

37. (Fatec) Para obter-se meio litro de uma solução aquosa de cloreto de sódio 0,9% (soro fisiológico) são
necessários x gramas do sal. O valor numérico de x é, aproximadamente,
a) 0,45
b) 0,9
c) 4,5
d) 9,0
e) 45

pag.13
100 questões de concentração soluções
38. (Fatec) Quando se dissolve um comprimido efervescente contendo 1 g de vitamina C em um copo de água,
obtêm-se cerca de 200 mL de uma solução aquosa na qual a concentração em mol L−¢ de vitamina C é igual a
(Dado: massa molar da vitamina C = 1,8 × 10£ g mol−¢)
a) 2,8 × 10−£.
b) 5,0 × 10−£.
c) 1,8 × 10−£.
d) 2,0 × 10−¢.
e) 5,0 × 10−¢.

39. (Fei) A massa de Na‚COƒ.10 H‚O necessária para preparar 5 L de solução aquosa de Na‚COƒ 0,10molar é
igual a:
Dados: massas atômicas (uma):Na=23; C=12; O=16; H=1
a) 53 g
b) 106 g
c) 143 g
d) 286 g
e) 500 g

40. (Fei) A concentração molar (mol/L) de uma solução aquosa preparada por adição de 5,3g de Na‚COƒ
(massa molar 106g/mol) em água até completar 100 mL de solução é:
a) 0,05
b) 0,2
c) 0,5
d) 1
e) 2

pag.14
100 questões de concentração soluções
41. (Fuvest) Considere duas latas do mesmo refrigerante, uma na versão "diet" e outra na versão comum.
Ambas contêm o mesmo volume de líquido (300mL) e têm a mesma massa quando vazias. A composição do
refrigerante é a mesma em ambas, exceto por uma diferença: a versão comum contém certa quantidade de
açúcar, enquanto a versão "diet" não contêm açúcar (apenas massa desprezível de um adoçante artificial).
Pesando-se duas latas fechadas do refrigerante, foram obtidos os seguintes resultados:

Por esses dados, pode-se concluir que a concentração, em g/L, de açúcar no refrigerante comum é de,
aproximadamente,
a) 0,020
b) 0,050
c) 1,1
d) 20
e) 50

42. (Ita) Em um copo de 500ml são misturados 100ml de ácido clorídrico 1,00 molar em 100ml de hidróxido de
sódio 0,50 molar. A solução resultante do copo é:
a) 1,0×10−¨ molar em OH−
b) 1,0×10−¨ molar em H®
c) 0,05 molar em H®
d) 0,25 molar em H®
e) 0,50 molar em H®

43. (Ita) Um litro de uma solução aquosa contém 0,30mol de íons Na®, 0,28mol de íons CØ−, 0,10mol de íons
SO„£− e x mols de íons Fe¤®. A concentração de íons Fe¤® (em mol/L) presentes nesta solução é
a) 0,03
b) 0,06
c) 0,08
d) 0,18
e) 0,26

pag.15
100 questões de concentração soluções
44. (Mackenzie) A massa dos quatro principais sais que se encontram dissolvidos em 1 litro de água do mar é
igual a 30 g. Num aquário marinho, contendo 2.10§ cm¤ dessa água, a quantidade de sais nela dissolvidos é:

a) 6,0 . 10¢ kg
b) 6,0 . 10¥ kg
c) 1,8 . 10£ kg
d) 2,4 . 10© kg
e) 8,0 . 10§ kg

45. (Puccamp) Para produzir 1,0 tonelada de açúcar refinado (sacarose) da beterraba, são necessárias 8,0
toneladas de beterrabas açucareiras que, para o plantio, requerem uma área de 1,8×10¤m£. Sendo assim, o
preparo de 100 litros de solução aquosa 1mol/L do açúcar, requer uma área de plantio próxima de

Dado:
Massa molar da sacarose = 3,4×10£ g/mol

a) 10 m£
b) 20 m£
c) 40 m£
d) 50 m£
e) 60 m£

46. (Pucmg) De acordo com o laboratório, citrovita - o suco de laranja Danone - apresenta em 200 mL do suco,
em média, 80 mg de vitamina C, cuja massa molar é igual a 176 g/mol. No suco de laranja, a concentração de
vitamina C, em mol/L, equivale em média a, aproximadamente:
a) 2,2 x 10−§
b) 4,5 x 10−¥
c) 2,3 x 10−¤
d) 4,5 x 10−¢
e) 2,2 x 10−¢

47. (Pucmg) As soluções químicas são amplamente utilizadas tanto em nosso cotidiano como em laboratórios.
Uma delas, solução aquosa de sulfato de cobre, CuSO„, a 5% p/v, é utilizada no controle fitossanitário das
plantas atacadas por determinados fungos. A massa necessária de sulfato de cobre, em gramas, para
prepararmos 5 litros dessa solução, a 5% p/v, é:
a) 2,5
b) 2,5 × 10¢
c) 2,5 × 10£
d) 2,5 × 10¤

pag.16
100 questões de concentração soluções
48. (Pucmg) A concentração de ácido acético (CHƒCOOH) no vinagre é, em média, 6% p/v. Assim sendo, a
concentração em mol/L desse ácido, no vinagre, é aproximadamente de:
a) 1,0
b) 0,1
c) 2,0
d) 0,2

49. (Pucmg) O rótulo de um produto usado como detergente apresenta, entre outras, a seguinte informação:
"Cada 200 mL de detergente contém 10 mL de solução amoniacal (NHƒ(aq)) a 28 % V/V."
A concentração de amônia (NHƒ) no detergente, em porcentagem, volume por volume, é:
a) 1,4 %
b) 2,8 %
c) 4,6 %
d) 10,0 %

50. (Pucpr) A dissolução de 4,9g de NaCN(s) em água, suficiente para preparar 250mL, resultará em uma
solução com concentração e caráter igual a:

Dados: M(C) = 12,00 g/mol


M(N) = 14,00 g/mol
M(Na) = 23,00 g/mol

a) 0,2 mol/L - ácido


b) 0,2 mol/L - básico
c) 0,4 mol/L - ácido
d) 0,4 mol/L - básico
e) 0,4 mol/L - neutro

51. (Pucrs) Um técnico necessita preparar uma solução aquosa de hipoclorito de sódio, NaCØO, 0,5M, para o
branqueamento de um tecido de algodão. No laboratório foram encontrados apenas 10g do soluto, portanto o
volume, em litros, de solução obtida com a molaridade desejada é de, aproximadamente,
Dado:
Massa molar: NaCØO = 74,5 g/mol

a) 0,27.
b) 0,50.
c) 2,70.
d) 3,70
e) 5,00.

pag.17
100 questões de concentração soluções
52. (Pucrs) O fluoreto de sódio é um dos componentes dos cremes dentais, pois inibe a desmineralização dos
dentes, tornando-os menos sensíveis às cáries. Um determinado dentista recomendou a um paciente que
fizesse bochechamento diário com uma solução 0,1 % (m/v) de fluoreto de sódio. A solução sugerida apresenta
uma concentração, em mol/L, de, aproximadamente,
a) 0,012
b) 0,024
c) 0,043
d) 0,050
e) 0,100

53. (Pucrs) O Ministério da Saúde recomenda, para prevenir as cáries dentárias, 1,5 ppm (mg/L) como limite
máximo de fluoreto em água potável. Em estações de tratamento de água de pequeno porte, o fluoreto é
adicionado sob forma do sal flúor silicato de sódio (Na‚SiF†; MM = 188g/mol). Se um químico necessita fazer o
tratamento de 10000 L de água, a quantidade do sal, em gramas, que ele deverá adicionar para obter a
concentração de fluoreto indicada pela legislação será, aproximadamente, de
a) 15,0
b) 24,7
c) 90,0
d) 148,4
e) 1500,0

pag.18
100 questões de concentração soluções
54. (Ueg) Duas situações, A e B, são representadas a seguir. Analise os dados e julgue as afirmações a seguir:

I. Na situação A, a concentração molar obtida é igual a 0,8 mol.L−¢.


II. Na situação A, se duplicarmos o volume da solução, a concentração molar se reduzirá pela metade.
III. Na situação B, a solução 1 apresenta concentração igual a 5,0 g.L−¢.
IV. Na situação B, adicionando-se 100 mL de solvente à solução 1, a concentração final na solução 2 será igual
a 2,5 g.L−¢.

Marque a alternativa CORRETA:


a) Apenas as afirmações I e II são verdadeiras.
b) Apenas as afirmações I e III são verdadeiras.
c) Apenas as afirmações II, III e IV são verdadeiras.
d) Apenas as afirmações II e IV são verdadeiras.
e) Todas as afirmações são verdadeiras.

55. (Uel) 50 mL de uma solução aquosa 0,10 mol/L de NaCØ tem mesma quantidade, em mols, de íons que 50
mL de uma solução aquosa 0,10 mol/L de
a) glicose.
b) amônia.
c) cloreto de hidrogênio.
d) carbonato de sódio.
e) sacarose.

56. (Uel) A solubilidade da sacarose em água a 20°C é aproximadamente 2,0kg/kg de água. Expressando-se
em porcentagem (em massa), qual é a concentração de uma solução saturada de sacarose nessa temperatura?
a) 2,0 %
b) 67 %
c) 76 %
d) 134 %
e) 200 %

pag.19
100 questões de concentração soluções
57. (Uel) Para preparar 100mL de uma solução aquosa de sal amargo (sal de Epson) de concentração
1,0×10−£mol/L basta dissolver em água até o volume de 100mL uma massa de MgSO„.7H‚O igual a
Dado:
massa molar do MgSO„.7H‚O ... 247 g/mol

a) 1,0 × 10−¤ g
b) 1,0 × 10−£ g
c) 0,0247 g
d) 0,247 g
e) 2,47 g

58. (Uerj) Para limpeza de lentes de contato, é comum a utilização de solução fisiológica de cloreto de sódio a
0,9% (massa por volume). Um frasco contendo 0,5 litro desta solução terá uma massa de NaCØ, em gramas,
igual a:
a) 1,8
b) 2,7
c) 4,5
d) 5,4

59. (Uerj) No rótulo de uma garrafa de água mineral, lê-se:

Nessa água mineral, a concentração de nitrato de sódio - NaNOƒ - em mol.L−¢, corresponde a:


a) 1,0 × 10−¥
b) 2,0 × 10−¥
c) 4,0 × 10−£
d) 8,5 × 10−£

pag.20
100 questões de concentração soluções
60. (Uerj) Algumas soluções aquosas vendidas no comércio com nomes especiais são mostradas a seguir:

Considerando que a densidade das soluções é de 1,0g/mL e que as soluções são formadas exclusivamente
pelo soluto predominante e pela água, o produto que apresenta a maior concentração em quantidade de
matéria, mol . L−¢, é:
a) soro
b) vinagre
c) água sanitária
d) água oxigenada

61. (Uerj) Um fertilizante de larga utilização é o nitrato de amônio, de fórmula NH„NOƒ.


Para uma determinada cultura, o fabricante recomenda a aplicação de 1L de solução de nitrato de amônio de
concentração 0,5 mol.L−¢ por m£ de plantação.
A figura a seguir indica as dimensões do terreno que o agricultor utilizará para o plantio.

A massa de nitrato de amônio, em quilogramas, que o agricultor deverá empregar para fertilizar sua cultura, de
acordo com a recomendação do fabricante, é igual a:
a) 120
b) 150
c) 180
d) 200

pag.21
100 questões de concentração soluções
62. (Uerj) Quatro frascos - A, B, C e D - são utilizados para a preparação de quatro soluções aquosas, cujos
solutos são, respectivamente, HBr, NaCØ, Ba(OH)‚ e Kl. Tais soluções apresentam 1 grama de soluto por litro
de solução.
Com relação a esses solutos, sabe-se que:

- a solução do frasco B possui a menor concentração em mol×L−¢;


- a solução do frasco C possui a maior concentração em mol×L−¢;
- as soluções dos frascos A e B neutralizam-se quando misturadas em volumes adequados.

Pode-se concluir que os frascos que correspondem às soluções de HBr, NaCØ, Ba(OH)‚ e Kl são,
respectivamente:
a) A, B, C, D
b) A, C, B, D
c) D, B, C, A
d) D, C, B, A

63. (Uerj) Os intervalos de tempo entre as doses dos medicamentos são calculados para garantir que a
concentração plasmática do princípio ativo seja mantida entre um valor mínimo eficaz e um valor máximo
seguro.
Para um certo medicamento, o princípio ativo apresenta massa molar de 200 g e sua concentração plasmática
reduz-se à metade a cada 8 horas.
O valor mínimo eficaz da concentração plasmática é igual a 1 × 10−¦ mol × L−¢ e seu valor máximo seguro é de
9,5 × 10−¦ mol × L−¢.
A concentração plasmática máxima atingida imediatamente após a ingestão da primeira dose é igual a 16 mg ×
L−¢.
Nessas condições, o intervalo de tempo ideal, em horas, entre a ingestão da primeira e da segunda doses é de:
a) 24
b) 12
c) 6
d) 3

pag.22
100 questões de concentração soluções
64. (Uerj) O organoclorado conhecido como DDT, mesmo não sendo mais usado como inseticida, ainda pode
ser encontrado na natureza, em conseqüência de sua grande estabilidade. Ele se acumula em seres vivos pelo
processo denominado de biomagnificação ou magnificação trófica.
Foram medidas, em partes por milhão, as concentrações desse composto obtidas em tecidos de indivíduos de
três espécies de um mesmo ecossistema, mas pertencentes a diferentes níveis tróficos, com resultados iguais a
15,0 , 1,0 e 0,01.
As concentrações de DDT nos tecidos dos indivíduos da espécie situada mais próxima da base da cadeia
alimentar e da situada mais próxima do topo dessa cadeia, em gramas de DDT por 100 gramas de tecido,
foram, respectivamente, iguais a:
a) 1,0 × 10−¤ e 1,0 × 10−¦
b) 1,5 × 10−¥ e 1,0 × 10−¥
c) 1,0 × 10−¥ e 1,5 × 10−¥
d) 1,0 × 10−§ e 1,5 × 10−¤

65. (Uerj) Para estudar os processos de diluição e mistura foram utilizados, inicialmente, três frascos contendo
diferentes líquidos.
A caracterização desses líquidos é apresentada na ilustração seguinte.

A seguir, todo o conteúdo de cada um dos frascos foi transferido para um único recipiente.
Considerando a aditividade de volumes e a ionização total dos ácidos, a mistura final apresentou uma
concentração de íons H®, em mol × L−¢, igual a:
a) 0,60
b) 0,36
c) 0,24
d) 0,12

pag.23
100 questões de concentração soluções
66. (Uerj) Para evitar a proliferação do mosquito causador da dengue, recomenda-se colocar, nos pratos das
plantas, uma pequena quantidade de água sanitária de uso doméstico. Esse produto consiste em uma solução
aquosa diluída de hipoclorito de sódio, cuja concentração adequada, para essa finalidade, é igual a 0,1 mol/L.
Para o preparo de 500 mL da solução a ser colocada nos pratos, a massa de hipoclorito de sódio necessária é,
em gramas, aproximadamente igual a:
a) 3,7
b) 4,5
c) 5,3
d) 6,1

67. (Ufc) O soro caseiro é preparado pela completa dissolução de porções de açúcar (C‚H‚‚O), e de sal de
cozinha (NaCØ), em água fervida. Esta solução é bastante eficaz no combate à desidratação crônica, em
crianças com elevado grau de desnutrição. Estabelecendo-se que a massa das porções de açúcar e sal são
0,171g e 0,585g , respectivamente, dissolvidos em 500mL de água, e considerando-se que estas massas são
desprezíveis com relação ao volume total da solução, as concentrações de C‚H‚‚O e NaCØ em mol.L−¢ nesta
solução são, respectivamente:

a) 1,0 × 10−¥ e 2,0 × 10−¤


b) 0,001 e 0,02
c) 0,005 e 0,10
d) 1,0 × 10−¦ e 2,0 × 10−¥
e) 3,42 e 11,7

68. (Ufc) Em um balão volumétrico, foram colocados 6 g de hidróxido de sódio impuro e água destilada até
completar um volume de 250 mL. Para a neutralização completa de 50 mL desta solução, foram necessários 60
mL de H‚SO„ 0,1 mol.L−¢. Sabendo que as impurezas existentes são inertes na presença de H‚SO„, o
percentual de pureza do hidróxido de sódio utilizado é igual a:
a) 10
b) 20
c) 40
d) 60
e) 80

69. (Ufes) Em diabéticos, a ingestão de 80g de açúcar comum (sacarose) eleva a quantidade de glicose no
sangue em 1,0g de glicose para cada litro de sangue. Considerando-se que a taxa de glicose no sangue dos
diabéticos, em condições normais, é de aproximadamente 1,4g/L, a concentração de glicose (C†H‚O†) no
sangue de uma pessoa diabética após o consumo de 100g de açúcar será de, aproximadamente,
Dado: M(C†H‚O†) = 180g/mol

a) 7,8 x 10−¤ mol/L.


b) 6,9 x 10−¤ mol/L.
c) 6,9 x 10−£ mol/L.
d) 1,5 x 10−£ mol/L.
e) 1,5 x 10−¢ mol/L

pag.24
100 questões de concentração soluções
70. (Uff) A molaridade de uma solução X de ácido nítrico é o triplo da molaridade de outra solução Y do mesmo
ácido. Ao se misturar 200,0mL da solução X com 600,0mL da solução Y, obtém-se uma solução 0,3M do ácido.
Pode-se afirmar, então, que as molaridades das soluções X e Y são, respectivamente:
a) 0,60 M e 0,20 M
b) 0,45 M e 0,15 M
c) 0,51 M e 0,17 M
d) 0,75 M e 0,25 M
e) 0,30 M e 0,10 M

71. (Uff) Grande parte da poluição observada na Baía de Guanabara é decorrente da qualidade das águas dos
diversos rios que ali desembocam.
Certo rio corta a Baixada Fluminense, onde recebe grande quantidade de resíduos industriais ricos em chumbo,
e deságua na Baía de Guanabara. Em amostra coletada na foz desse rio, à temperatura de 25°C, constatou-se
que a concentração de íon cloreto é 0,40 M. Sabe-se que, nesse caso, o produto de solubilidade do cloreto de
chumbo é 1,60×10−¦.
Assinale a opção que indica a concentração máxima de íon chumbo presente nessa amostra.

a) 1,00 × 10−¥ M
b) 2,00 × 10−¥ M
c) 4,00 × 10−¦ M
d) 1,00 × 10−¦ M
e) 1,60 × 10−¥ M

72. (Uff) O composto de fórmula molecular Na‚B„O‡.10H‚O, denominado tetraborato de sódio, é conhecido por
bórax. Se uma criança ingerir de 5 a 10 gramas desse composto apresentará vômito, diarréia, poderá entrar em
estado de choque e, até, morrer.
Tal composto é um sólido cristalino que reage com ácidos fortes de acordo com a equação:

Na‚B„O‡.10H‚O+2H®ë4HƒBOƒ+5H‚O+2Na®

Uma amostra de tetraborato de sódio, de massa 0,9550 g, reage completamente com uma solução de HCØ
0,1000 M. Pode-se afirmar que o volume de ácido clorídrico consumido nessa reação é, aproximadamente:
a) 5,00 mL
b) 9,50 mL
c) 25,00 mL
d) 50,00 mL
e) 95,00 mL

73. (Ufg) Um antiácido contém, em sua formulação, Mg(OH)‚ em uma concentração de 1,2 g mL−¢.
Considerando que a concentração de HCl no suco gástrico é de 0,16 mol L−¢, qual o volume de suco gástrico
neutralizado pela ingestão de uma colher (3 mL) desse antiácido?
a) 125 mL
b) 250 mL
c) 375 mL
d) 750 mL
e) 1000 mL

pag.25
100 questões de concentração soluções
74. (Ufla) A solubilidade de um sal é definida como a concentração molar de uma solução aquosa saturada
desse sal. A solubilidade de um sal hipotético A é 1,0 mol/L. Qual o número máximo de moléculas de A que
conseguimos dissolver em 30 mL de água?
a) 0,03
b) 1,8 x 10££
c) 2,0 x 10£¦
d) 5,0 x 10−£§
e) 6,0 x 10£¤

75. (Ufla) Soluções de sulfato de cobre pentahidratado (CuSO„.5H‚O) são utilizadas na agricultura para
combater fungos parasitas das plantas e fornecer o nutriente cobre aos vegetais por meio de pulverização. Uma
solução contendo 10 g desse sal por litro de solução (1% p/v) é utilizada com grande freqüência. A
concentração dessa solução em mol/L ou M equivale a
(Massa molar do CuSO„ . 5H‚O = 250 g/mol)
a) 0,40
b) 4,00
c) 0,04
d) 2,50
e) 1,00

76. (Ufmg) A concentração média de íons sódio no soro sangüíneo humano é cerca de 0,345g/100mL.
A alternativa que indica essa concentração, em mol/L, é
a) 780
b) 7,80
c) 3,40
d) 0,150
e) 0,0150

pag.26
100 questões de concentração soluções
77. (Ufmg) O quadro a seguir apresenta as quantidades utilizadas na preparação de três soluções aquosas de
permanganato de potássio (KMnO„).

Analise o quadro quanto às concentrações das soluções e assinale a alternativa correta.


a) A solução mais diluída é a que tem a maior massa de soluto.
b) A solução mais concentrada é a que tem o menor volume.
c) Se adicionarmos 100 mL de água à solução I, a concentração final será a mesma da solução III.
d) Se adicionarmos a solução II à solução III, a concentração final será menor que a da solução I.

78. (Ufmg) Estas informações foram adaptadas do rótulo de um repositor hidroeletrolítico para praticantes de
atividade física:

Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que, na porção indicada do repositor hidroeletrolítico,
a) a massa de íons sódio é o dobro da massa de íons cloreto.
b) a concentração de íons sódio é igual a 4×10−¤ mol/L.
c) a massa de íons cloreto é igual a 71 mg.
d) a quantidade de cloreto de sódio é igual a 4×10−¤ mol.

pag.27
100 questões de concentração soluções
79. (Ufmg) A dose letal (DL…³ ) - a quantidade de um pesticida capaz de matar 50% das cobaias que recebem
essa dose - é expressa em miligramas do pesticida por quilograma de peso da cobaia.
Este quadro apresenta os dados da solubilidade em água e da DL…³ de três pesticidas:

Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que o pesticida com maior potencial de se espalhar
no ambiente por ação das chuvas e aquele com maior toxicidade
a) são, respectivamente, o DDT e o paration.
b) é, em ambos os casos, o malation.
c) são, respectivamente, o DDT e o malation.
d) são, respectivamente, o malation e o paration.

80. (Ufpi) Dentre as atribuições da glândula tiróide, destaca-se a distribuição corpórea do iodo (I). A fim de
avaliar o desempenho dessa glândula, a medicina faz uso do isótopo artificial ¢¤¢I como substância "traçadora",
cuja meia-vida é de 8 dias. Nesse caso, após duas horas da ingestão de 10 mL de uma solução aquosa 0,002
M de iodeto de sódio (Na¢¤¢I) radioativo, é medida a intensidade da radiação na área do pescoço do paciente. A
quantidade aproximada, em miligramas, do isótopo ¢¤¢I no momento da medida (Use três algarismos
significativos nos cálculos) é:
a) 1,33
b) 2,60
c) 3,49
d) 4,42
e) 5,72

pag.28
100 questões de concentração soluções
81. (Ufpr) Considere as soluções I, II e III, descritas a seguir.

I - Solução obtida pela adição de 9,80 g de H‚SO„ (massa molar = 98,0 g) em água suficiente para completar o
volume de 500 mL.
II - 2,00 L de solução de NaOH (massa molar=40,0 g) com pH igual a 13.
III - 100 mL de solução de sulfato de sódio de concentração 0,300 mol L−¢.

Sobre as soluções I, II e III, é correto afirmar:

(01) A concentração de ácido sulfúrico na solução I é igual a 0,100 mol L−¢.


(02) A solução II contém 8,0 g de soluto.
(04) A concentração de hidróxido de sódio na solução II é igual a 1,0×10−¢¤ mol L−¢.
(08) A mistura de I e II produz uma solução neutra.
(16) A mistura de I e II é uma solução eletrolítica.
(32) A concentração de íons sódio na solução resultante da mistura de I e II é igual à da solução III.

Soma ( )

82. (Ufrn) A concentração é uma característica importante das soluções e um dado necessário para seu uso no
laboratório, na indústria e no cotidiano.
Abaixo, estão desenhados recipientes com os respectivos volumes de solução e massas de hidróxido de sódio
(NaOH).

A solução cuja concentração molar é 1,0 mol/L está contida no recipiente:


a) I
b) II
c) III
d) IV

pag.29
100 questões de concentração soluções
83. (Ufrn) Ao realizar um trabalho de campo em uma região vulcânica dos Andes, um cientista coletou uma
amostra de 20 mL da água de um lago. Ele observou, após a análise, que a concentração de ácido sulfúrico
(H‚SO„) na amostra equivalia a 0,275 mol/L. No seu minilaboratório portátil, o cientista dispunha de uma
solução de hidróxido de sódio (NaOH) com concentração igual a 0,55 mol/L.
Considerando a estequiometria da reação de neutralização, o volume de solução de hidróxido utilizado pelo
cientista para neutralizar completamente o ácido presente na amostra de água do lago foi igual a
a) 25 mL
b) 20 mL
c) 15 mL
d) 10 mL

84. (Ufrn) No cumprimento de tarefa escolar de Química Experimental, Aribaldo necessita realizar o processo
de síntese de determinado sal orgânico. Para isso, precisa adicionar, ao recipiente de reação, 0,05 mols de
cátion sódio (Na®), obtidos a partir de uma solução de sulfeto de sódio (Na‚S), com concentração igual a 7,8
g/L.
Aribaldo, para acrescentar ao sistema reagente a exata quantidade de íons sódio, deverá medir, da solução de
sulfeto, um volume igual a
a) 2,5 x 10¢ mL
b) 2,5 x 10£ mL
c) 2,5 x 10¡ mL
d) 2,5 x 10¤ mL

pag.30
100 questões de concentração soluções
85. (Ufrn) Uma das potencialidades econômicas do Rio Grande do Norte é a produção de sal marinho. O cloreto
de sódio é obtido a partir da água do mar nas salinas construídas nas proximidades do litoral. De modo geral, a
água do mar percorre diversos tanques de cristalização até alcançar uma concentração determinada. Suponha
que, numa das etapas do processo, um técnico retirou 3 amostras de 500 mL de um tanque de cristalização,
realizou a evaporação com cada amostra e anotou a massa de sal resultante na tabela a seguir:

A concentração média das amostras será de


a) 48 g/L.
b) 44 g/L.
c) 42 g/L.
d) 40 g/L.

86. (Ufrs) A análise de uma amostra de um certo refrigerante revelou que a mesma apresenta uma
concentração de ácido cítrico igual a 1,05 g.L−¢. Sabendo que a massa molar do ácido cítrico é de 210 g.mol−¢,
a concentração desta substância, em mols por litro, nesta solução é de aproximadamente
a) 5 x 10−¤
b) 2 x 10−£
c) 1 x 10£
d) 2 x 10£
e) 5 x 10¤

87. (Ufrs) O formol é uma solução aquosa de metanal (HCHO) a 40%, em massa, e possui densidade de
0,92g/mL. Essa solução apresenta
a) 920g de metanal em 1 L de água.
b) 40g de metanal em 100mL de água.
c) 4g de metanal em 920g de solução.
d) 4g de metanal em 10g de solução.
e) 9,2g de metanal em 100mL de água

pag.31
100 questões de concentração soluções
88. (Ufrs) O volume, em mililitros, de uma solução de 0,5 mol/L de AgNOƒ necessário para preparar 200
mililitros de uma solução 0,1 mol/L desse sal é igual a
a) 10.
b) 20.
c) 25.
d) 40.
e) 50.

89. (Ufsc) A glicose, fórmula molecular C†H‚O†, se presente na urina, pode ter sua concentração determinada
pela medida da intensidade da cor resultante da sua reação com um reagente específico, o ácido 3,5-
dinitrossalicílico, conforme ilustrado na figura:

Imaginemos que uma amostra de urina, submetida ao tratamento acima, tenha apresentado uma intensidade de
cor igual a 0,2 na escala do gráfico. É então CORRETO afirmar que:

(01) a concentração de glicose corresponde a 7,5 g/L de urina.


(02) a amostra apresenta aproximadamente 0,028 mol de glicose por litro.
(04) observa-se, na figura, que a intensidade da cor diminui com o aumento da concentração de glicose na
amostra.
(08) a intensidade da cor da amostra não está relacionada com a concentração de glicose.
(16) uma vez que a glicose não forma soluções aquosas, sua presença na urina é impossível.

Soma ( )

90. (Ufu) O sulfato de bário é muito pouco solúvel em água (kps = 1,3 × 10−¢¡ mol£ L−£ a 25 °C). Embora os íons
bário sejam tóxicos (concentração máxima tolerada ~ 1,0 mg L−¢), este sal é muito usado como contraste em
exames radiológicos administrados via oral ou retal.
Sabendo que um paciente é alérgico ao íon bário e que a dissolução de sulfato de bário é endotérmica, a
melhor maneira de reduzir a concentração de íons bário em uma suspensão aquosa de uso oral é
a) adicionar um pouco de sulfato de sódio.
b) aquecer a suspensão e dar ao paciente.
c) adicionar mais sulfato de bário sólido.
d) filtrar os íons antes de dar ao paciente.

pag.32
100 questões de concentração soluções
91. (Unb) O rótulo de uma garrafa de água mineral indica a seguinte composição química provável, em mg/L:

Com base na tabela e considerando que, em uma análise laboratorial, foi encontrado um resíduo após a
evaporação de uma amostra da água mineral, julgue os itens a seguir.

(1) A garrafa contém uma solução cujo solvente é o óxido de hidrogênio.


(2) O resíduo mencionado poderia ter sido obtido também pelo processo de decantação.
(3) Pela composição química fornecida, conclui-se que essa água mineral é formada por 7 elementos químicos.
(4) A massa provável de resíduo obtida na evaporação de 100 mL de água será de 5,026 mg.

92. (Unesp) A massa de cloreto de crômio (III) hexaidratado, necessária para se preparar 1 litro de uma solução
que contém 20mg de Cr¤® por mililitro, é igual a:
a) 0,02 g.
b) 20 g.
c) 52 g.
d) 102,5 g.
e) 266,5 g.(Massas molares, em g/mol: Cr=52; cloreto de crômio hexaidratado=266,5).

93. (Unesp) Sabendo-se que a massa molar do lítio é 7,0g/mol, a massa de lítio contida em 250mL de uma
solução aquosa de concentração 0,160mol/L de carbonato de lítio é:
a) 0,560 g.
b) 0,400 g.
c) 0,280 g.
d) 0,160 g.
e) 0,080 g.

pag.33
100 questões de concentração soluções
94. (Unesp) Um funcionário de uma empresa de limpeza dispunha de dois produtos para o trabalho "pesado":
soluções concentradas de ácido muriático e de soda cáustica. Não conseguindo remover uma "crosta" de
sujeira usando estas soluções separadamente, ele preparou uma mistura, usando volumes iguais das mesmas.
Sabendo que ácido muriático e soda cáustica são os nomes comerciais, respectivamente, do ácido clorídrico e
do hidróxido de sódio, o funcionário terá sucesso em sua última tentativa de remover a sujeira?
a) Não, pois na mistura as concentrações de ambos os produtos foram reduzidas à metade.
b) Não, pois ácido muriático e soda cáustica não são adequados para remover sujeira.
c) Não, pois a mistura resultante é apenas uma solução de cloreto de sódio, podendo ainda conter ácido
muriático ou soda cáustica excedente.
d) Sim, pois estarão sendo utilizadas as propriedades de ambos os produtos ao mesmo tempo.
e) Sim, desde que as concentrações molares de ambos os produtos sejam idênticas.

95. (Unesp) Os frascos utilizados no acondicionamento de soluções de ácido clorídrico comercial, também
conhecido como ácido muriático, apresentam as seguintes informações em seus rótulos: solução 20% m/m
(massa percentual); densidade = 1,10 g/mL; massa molar = 36,50 g/mol. Com base nessas informações, a
concentração da solução comercial desse ácido será
a) 7 mol/L.
b) 6 mol/L
c) 5 mol/L.
d) 4 mol/L.
e) 3 mol/L.

96. (Unesp) Uma pastilha contendo 500 mg de ácido ascórbico (vitamina C) foi dissolvida em um copo contendo
200 mL de água. Dadas as massas molares C = 12 g×mol−¢, H = 1 g×mol−¢ e O = 16 g×mol−¢ e a fórmula
molecular da vitamina C, C†HˆO†, a concentração da solução obtida é:
a) 0,0042 mol×L−¢.
b) 0,0142 mol×L−¢.
c) 2,5 mol×L−¢.
d) 0,5 g×L−¢.
e) 5,0 g×L−¢.

97. (Unesp) A 1,0 L de uma solução 0,1 mol . L−¢ de ácido acético, adicionou-se 0,1 mol de acetato de sódio
sólido, agitando-se até a dissolução total. Com relação a esse sistema, pode-se afirmar que
a) o pH da solução resultante aumenta.
b) o pH não se altera.
c) o pH da solução resultante diminui.
d) o íon acetato é uma base de Arrhenius.
e) o ácido acético é um ácido forte.

pag.34
100 questões de concentração soluções
98. (Unifesp) Há 19 séculos, os romanos saturavam o vinho com sulfato de cálcio para clarificá-lo. Se o vinho
tiver chumbo dissolvido (tóxico ao organismo humano), o sulfato de cálcio pode reduzir o teor de chumbo, pois
forma-se o PbSO„, menos solúvel do que o CaSO„. Dados os produtos de solubilidade, a 25°C,
CaSO„=1,0×10−¥ e PbSO„=1,0×10−©, qual a concentração, em mol/L, do Pb£® que permanece no vinho saturado
com CaSO„?

a) 1,0 × 10−¢.
b) 1,0 × 10−£.
c) 1,0 × 10−¥.
d) 1,0 × 10−§.
e) 1,0 × 10−©.

99. (Unirio) Misturando-se 25,0ml de uma solução 0,50 M de KOH com 35,0ml de solução 0,30 M de KOH e
solução 10,0ml de uma solução 0,25 M de KOH, resulta uma solução cuja concentração normal ou
normalidade, admitindo-se a aditividade de volume, é, aproximadamente igual a:
a) 0,24 N.
b) 0,36 N.
c) 0,42 N.
d) 0,50 N.
e) 0,72 N.

100. (Cesgranrio) O ácido cítrico (C†HˆO‡) é um ácido tricarboxílico presente no suco das chamadas frutas
cítricas. Qual deverá ser o teor de ácido cítrico em 0,8g do suco de um limão que exige para completa
neutralização 10ml de uma solução básica - 0,1N?
a) 4 %
b) 8 %
c) 10 %
d) 12 %
e) 16 %

pag.35
100 questões de concentração soluções
GABARITO
1. Concentração (H‚SO„) = 49 g/L ; Massa Molar (H‚SO„) = 98 g; [H‚SO„] = 0,5 mol/L
Em 20 L : n (H‚SO„) = 10 mols(es)

H‚SO„ + 2 NH„OH ë (NH„)‚SO„ + 2 H‚O


Número de mols(es) de hidróxido de amônio = 20

2. O CaO(s) não altera significativamente o volume da solução neutralizada, a contrário dos demais
neutralizantes que se apresentam como soluções; o sal formado, CaSO„, é insolúvel não levando, pois, à
ocorrência de concentração elevada de íons;
CaO(s) + H‚SO„(aq) ë CaSO„(s) + H‚O

3. Correta
Xsoluto = n soluto/n solução = (0,100/98) / [(0,100/98) + (0,900/18)

4. 50,34 mL

5. a) 200 mL de uísque ----- 100 %


V (álcool) ----- 45 %
V (álcool) = 90 mL

100 mL de cerveja ----- 4 mL de álcool


V (cerveja) ----- 90 mL de álcool
V (cerveja) = 2250 mL

b) C‚H†O + 3O‚ ë 2CO‚ + 3H‚O

6. 96

7. 800 L

8. 60

9. a) HCØ + NaOH ë NaCØ + H‚O

b) 10−¤ mol.L−¢

c) pH = 3

10. 68

11. a) 0,1mol/L
b) O procedimento usado na embalagem II é mais eficiente porque a solução final apresenta menor
concentração de NaOH.

12. a) Não, pois, teremos em um ano:

pag.36
100 questões de concentração soluções
1 kg de alimento ___ 0,3 mg de PCBs
100 kg de alimento ___ x
x = 30 mg de PCBs.
1300 mg de PCBs ___ 1 kg (massa corporal)
y ___ 70 kg (massa corporal)
y = 91000 mg de PCBs.
1 ano ___ 30 mg de PCBs
z ___ 91000 mg de PCBs
z = 3033 anos, que é o tempo necessário para a pessoa atingir a dose letal.

b) Não. De acordo com o gráfico, o tempo de meia-vida é 10 anos. Logo: (para cada "---" temos uma meia vida)
14 ppm --- 7 ppm --- 3,5 ppm --- 1,75 ppm --- 0,875 ppm --- 0,4375 ppm --- 0,218 ppm
Temos 6 x 10 anos = 60 anos. Portanto, não haveria risco se o feto fosse gerado após 60 anos e como a moça
tem 25 anos, isto se torna inviável.

13. a) 1 mol de CO‚ ____ 44 g


n ____ 704 ×10§ g
n = 1,6 × 10¨ mol

b) CO‚(g) Ï CO‚(aq)
CO‚(aq) + H‚O(Ø ) Ï H‚COƒ(aq) Ï
Ï H®(aq) + HCOƒ− (aq)

Com a dissolução do dióxido de carbono na água temos também a formação de cátions H®, com isso a acidez
aumenta.

14. a) Cálculo da concentração de íons Ba£® em solução saturada de BaSO„.

BaSO„ (s) Ï Ba£® (aq) + SO„£− (aq)


x mol/L ë x mol/L x mol/L

Kps = [Ba£®] . [SO„£−]


1 . 10−¢¡ = x . x
x£ = 1 . 10−¢¡
x = 1 . 10−¦ mol/L
[Ba£®] = 1 . 10−¦ mol/L

a) A dose letal para um paciente de massa 60 kg:

1 kg - 25 mg de íons Ba£®
60 kg - x

x = 1500 mg de íons Ba£®

massa do íons Ba£® em 200 mL de solução saturada:

[Ba£®] = 1 . 10−¦ mol/L

pag.37
100 questões de concentração soluções
1 . 10−¦ mol - 1 L de solução
x - 0,200 L de solução

x = 2 . 10−§ mol de íon Ba£®

1 mol de Ba£® - 137 g


2 . 10−§ mol de Ba£® - y

y = 0,27 mg de íons Ba£®

Como esta quantidade é bem menor que a dose letal, o paciente não corre risco de vida.

b) Dose letal de íons Ba£® para um paciente de massa 40 kg:

1 kg - 25 mg de íons Ba£®
40 kg - x

x = 1000 mg de íons Ba£®

Volume de solução correspondente à dose letal:

1 mol de Ba£® - 137 g


x - 1,0 g

x = 7,3 . 10−¤ mol de Ba£®

1 . 10−¦ mol de Ba£® - 1 L de solução


7,3 . 10−¤ mol de Ba£® - y

y = 730 L de solução

15. a) Observe a figura a seguir:

b) 3,99 %

pag.38
100 questões de concentração soluções
16. 34

17. [C]

18. [B]

19. [D]

20. [E]

21. [D]

22. [B]

23. [A]

24. 01 + 02 + 08 + 32 = 43

25. [C]

26. [B]

27. [A]

28. [C]

29. [C]

30. [E]

31. [C]

32. [C]

33. [A]

34. [C]

35. [B]

36. [C]

37. [C]

38. [A]

pag.39
100 questões de concentração soluções
39. [C]

40. [C]

41. [E]

42. [D]

43. [B]

44. [A]

45. [E]

46. [C]

47. [C]

48. [A]

49. [A]

50. [D]

51. [A]

52. [B]

53. [B]

54. [B]

55. [C]

56. [B]

57. [D]

58. [C]

59. [B]

60. [D]

61. [A]

62. [B]

pag.40
100 questões de concentração soluções
63. [A]

64. [D]

65. [C]

66. [A]

67. [B]

68. [C]

69. [D]

70. [A]

71. [A]

72. [D]

73. [D]

74. [B]

75. [C]

76. [D]

77. [D]

78. [C]

79. [D]

80. [B]

81. 02 + 08 + 16 = 26

82. [A]

83. [B]

84. [B]

85. [B]

pag.41
100 questões de concentração soluções
86. [A]

87. [D]

88. [D]

89. 02

90. [A]

91. V F F V

92. [D]

93. [A]

94. [C]

95. [B]

96. [B]

97. [A]

98. [D]

99. [B]

100. [B]

pag.42