Você está na página 1de 5

Relações entre fonemas e grafias?

FONÉTICA
Em sentido mais elementar, a Fonética é o estudo dos sons ou dos fonemas, entendendo-se
por fonemas os sons emitidos pela voz humana, os quais caracterizam a oposição entre os
vocábulos. Por exemplo, em ‘pato’ e ‘bato’ é o som inicial das consoantes p- e b- que opõe
entre si as duas palavras. Tal som recebe a denominação de Fonema. Pelo visto, pode-se dizer
que cada letra do nosso alfabeto representa um fonema, mas fica a advertência de que num
estudo mais profundo a teoria mostra outra realidade, que não convém inserir nas noções
elementares de que estamos tratando. A Letra é a representação gráfica, isto é, uma
representação escrita de um determinado som.

CLASSIFICAÇÃO DOS FONEMAS

LETRAS
FONEMAS
EXEMPLOS

A
à (AM, AN) - A
ANTA DO CAMPO - ÁRVORE

B

BOI BRAVO - BALEIA

C
SÊ - KÊ
CERVO – COBRA

D

DROMEDÁRIO - DINOSSAURO

E
Ê – EM, EN - E
ELEFANTE – ENTE – ÉGUA

F

FOCA - FLAMINGO

G
JÊ - GUÊ
GIRAFA – GATO

H
Ø
HIPOPÓTAMO - HOMEM

I
IM - I
ÍNDIO - IGREJA

J

JIBÓIA - JACARÉ
L
LÊ - U
LEÃO - SOL

M
MÊ – (~)
MACACO – CAMBUÍ

N
NÊ – (~)
NATUREZA – PONTE

O
Õ (OM, ON) – O – Ô
ONÇA – AVÓ – AVÔ

P

PORCO - PATO

Q

QUERO-QUERO - QUEIJO

R
RRÊ – RÊ
RATO BURRO – ARARA

S
SÊ – ZÊ – Ø
SAPO – CASA – NASCER

T

TATU - TUBARÃO

U
U – UM, UN
URUBU – ATUM

V

VACA - VEADO

X
XÊ – ZÊ – SÊ – Ø - KSÊ
XARÉU – EXEMPLO – MÁXIMO – EXCETO - TÁXI

Z

ZEBRA - ZORRO

Tradicionalmente, costuma-se classificar os fonemas em vogais, semivogais e consoantes,


com algumas divergências entre os autores.

VOGAIS = a e i o u

As vogais são sons musicais produzidos pela vibração das cordas vocais. São chamados
fonemas silábicos, pois constituem o fonema central de toda sílaba.

AS VOGAIS SÃO CLASSIFICADAS CONFORME:

FUNÇÃO DAS CAVIDADES BUCAL E NASAL

Orais = a, e, i, o, u

Nasais = ã, ê, î, õ, û.

ZONA DE ARTICULAÇÃO

Média = a

Anteriores = e, i

Posteriores = o, u

TIMBRE

Abertas = á, é, ó

Fechadas = ê, ô

Reduzidas = fale, hino.

INTENSIDADE

Tônicas = saci, óvulo, peru

Átonas = moço, uva, vida.

SEMIVOGAIS = I U

Só há duas semivogais: I e U, quando se incorporam à vogal numa mesma sílaba da palavra,


formando-se um ditongo ou tritongo. Por exemplo: cai-ça-ra, te-sou-ro, Pa-ra-guai.

CARACTERÍSTICAS DAS SEMIVOGAIS:

Ficam sempre ao lado de outra vogal na mesma sílaba da palavra.

São átonas.

CONSOANTES

As consoantes são fonemas que soam com alguma vogal. Portanto, são fonemas assilábicos,
isto é, sozinhos não formam sílaba.

BCDFGHJLMNPQRSTVXZ

ENCONTROS VOCÁLICOS

À seqüência de duas ou três vogais em uma palavra, damos o nome de encontro vocálico. Por
exemplo, cooperativa.

TRÊS SÃO OS ENCONTROS VOCÁLICOS:

DITONGO

É a reunião de uma vogal junto a uma semivogal, ou a reunião de uma semivogal junto a uma
vogal em uma só sílaba. Por exemplo, rei-na-do.

OS DITONGOS CLASSIFICAM-SE EM:

CRESCENTES = a semivogal antecede a vogal. EX: quadro.

DECRESCENTES = a vogal antecede a semivogal. EX: rei.

OBSERVAÇÕES:

Sendo aberta a vogal do ditongo, diz-se que ele é oral aberto. Ex: céu.

Sendo fechada, diz-se que é oral fechado. Ex: ouro.

Sendo nasal, diz-se que é nasal. Ex: pão.

Após a vogal, as letras E e O, que se reduzem, respectivamente, a I e U, têm valor de


semivogal. Ex: mãe; anão.

TRITONGO

É o encontro, na mesma sílaba, de uma vogal tônica ladeada de duas semivogais. Ex: sa-guão;
U-ru-guai.

Pelos exemplos dados, conclui-se que os tritongos podem ser nasais ou orais.

HIATO

É o encontro de duas vogais que se pronunciam separadamente, em duas diferentes emissões


de voz. Por exemplo, mi-ú-do, bo-a-to, hi-a-to.

O hiato forma um encontro vocálico disjunto, isto é, na separação da palavra em sílabas, cada
vogal fica em uma sílaba diferente.

SÍLABA

Dá-se o nome de sílaba ao fonema ou grupo de fonemas pronunciados numa só emissão de


voz. Quanto ao número de sílabas, o vocábulo classifica-se em:

Monossílabo = possui uma só sílaba. (fé, sol)

Dissílabo = possui duas sílabas. (casa, pombo)

Trissílabo = possui três sílabas. (cidade, atleta)

Polissílabo = possui mais de três sílabas. (escolaridade, reservatório).

TONICIDADE

Nas palavras com mais de uma sílaba, sempre existe uma sílaba que se pronuncia com mais
força do que as outras: é a sílaba tônica. Por exemplo, em lá-gri-ma, a sílaba tônica é lá; em
ca-der-no, der; em A-ma-pá, pá.

Considerando-se a posição da sílaba tônica, classificam-se as palavras em:

Oxítonas = quando a tônica é a última sílaba. (sabor, dominó)

Paroxítonas = quando a tônica é a penúltima. (quadro, mártir)

Proparoxítonas = quando a tônica é a antepenúltima. (úmido, cálice).


OBS: A maioria das palavras de nossa língua é paroxítona.