Você está na página 1de 3

PROVA DE FÍSICA

01.(IME – 1965) Qual o peso (em N) da massa de 100kg, - C - de aço, compacta.


medida no interior de um elevador que sobe com aceleração Se nenhuma desliza, qual a ordem de chegada na base do
igual a um quinto da aceleração da gravidade? plano?
OBS.: Para este e demais itens desta prova considere a
aceleração da gravidade como constante. SOLUÇÃO
g = 10 m/s2. Como todas tem o mesmo raio, cairá mais depressa a de
menor momento de inércia. Sendo assim a ordem será: A, B,
SOLUÇÃO C.
g 6
P = ma = m (g + ) = mg
5 5
05.(IME – 1965) Um pêndulo simples tem quatro vezes o
60 comprimento de outro.
P = 100 x
5 Se o período do mais curto é um segundo, qual a freqüência
P = 1200 N do outro (em hz)?

SOLUÇÃO
02.(IME – 1965) Um carrinho, partindo do repouso, desce do
T1 1 1 1
alto de um elevador e atinge um nível 20m abaixo com a     T2 = 2
velocidade de 18 m/s. Qual a energia dissipada por unidade de T2 2 T2 4 1
massa? 1 1
f=   f = 0,5 hz.
T2 2
SOLUÇÃO
E 1 2
 gh  v
m 2 06.(IME – 1965) Vários blocos estão na periferia de um disco
E 1 de 0,15m de raio, que gira com velocidade crescente. Se as
 10  20   18 2
m 2 massas dos blocos e seus coeficientes de atrito estático com o
E disco são os do quadro a seguir, qual o que deslocará
 200  162  38 j/kg primeiro?
m
BLOCO A B C D E F
MASSA (10-3 kg) 5 10 15 20 25 30
03.(IME – 1965) Dois corpos, com massas diferentes tem a COEF. ATR. 0,20 0,05 0,06 0,50 0,04 0,33
mesma energia cinética. Qual a relação entre suas quantidades
de movimento? SOLUÇÃO
mv 2
SOLUÇÃO No início do deslizamento:  mgμ  v2 = µgr
r
1 1 Como g e r são constantes, para menor v menor µ.
m 1 v 1 2  m 2 v 22
2 2 Logo, o bloco que deslocará primeiro será o bloco E.
m1 v1 v 2

m 2 v 2 v1
07.(IME – 1965) Dois líquidos imiscíveis em um tubo em U
(seção constante) tem as densidades na relação de dez para
ou um: o menos denso tem a superfície livre 10cm acima da
separação dos líquidos. Qual a diferença de nível entre as
1 1 superfícies livres nos dois ramos do tubo?
m 1 v 1 2  m 2 v 22
2 2
Q1 2 Q 2 2 SOLUÇÃO
 h 2 μ1
m1 m2 
h1 μ 2
Q1 m1
 1
Q2 m2 h2 = x 10 = 1 cm
10
h1 - h2 = 10 - 1 = 9cm.
Logo, a relação entre suas quantidades de movimento é:
v2 m1 08.(IME – 1965) Esferas ôcas, de iguais diâmetros e massas,
ou densidades e calores específicos, são os indicadores abaixo,
v1 m2
qual se aprofundará mais?
ESFERA A B C D E
DENSIDADE 2,7 8,8 2,4 11,0 2,5
04.(IME – 1965) Três esferas de mesmo raio são soltas,
CALOR ESPECÍFICO 0,20 0,09 0,30 0,03 0,10
simultaneamente, do alto de um plano inclinado. As esferas
são:
SOLUÇÃO
- A - de madeira, ôca.
- B - de madeira, compacta.
A esfera que fornecer maior quantidade de calos; no caso de
igualdade de massa e temperaturas, aquela que tiver maior
calor específico. No quadro acima, temos a esfera C. 13.(IME – 1965) Uma fonte sonora ( λ = 1 m; f = 330 hz)
está a meia distância entre um observador e um obstáculo.
Qual a distância mínima do obstáculo ao observador para que
este ouça o eco?
09.(IME – 1965) A temperatura de um líquido é medida pelo
mesmo número de graus nas escalas Celsius e Fahrenheit. SOLUÇÃO
Qual seria a leitura na escala Kelvin? v = f = 330 m/s
330
SOLUÇÃO Dm = 2 = = 33m
10
9 9
F = C  32 sendo F = C temos: C = C  32
5 5
5C = 9C + 160 - 160 = 9C - 5C = 4C  14.(IME – 1965) Quantas imagens tem um objeto colocado
160 entre dois espelhos que formam ângulo de 120º?
C=  = -40
4
C = F = -40º SOLUÇÃO
0ºC = 273ºK  -40ºC = 273 - 40 = 233ºK 360
n λ
R = 233ºK α
360
n 1  2
120
10.(IME – 1965) Um retângulo de ouro com 20cm x 5cm é
aquecido de 0ºC a 1000ºC. Qual a variação da área, sabendo-
15.(IME – 1965) Qual a amplificação angular de uma lupa
se que o coeficiente de dilatação linear médio é de:
com 10 dioptrias se a distância mínima de visão distinta é
1,5 x 10-5/ºC ?
20cm ?
SOLUÇÃO
SOLUÇÃO
 = 2   = 2 x 1,5 x 105/ºC = 30 x 10-6/ºC Aα = P x δ
S = S  t S = 20 x 5 = 100 cm2 Aα = 10 x 0,20
S = 100 x 30 x 10 x 1000 = 3 cm2.
-6
Aα = 2

16.(IME – 1965) Mediu-se o lado do quadrado com um


11.(IME – 1965) Num calorímetro a 17ºC colocamos 100cm3 paquímetro (menor divisão 0,1 cm) encontrou-se 10,0 cm.
de água a 30ºC e 100cm3 de água a 15ºC. A temperatura de Qual o erro relativo percentual na área?
equilíbrio é 22ºC. Qual o equivalente em água do calorímetro?
SOLUÇÃO
SOLUÇÃO S 2 L
Calor absorvido pela água fria: 
Q1 = m1 C θ1 = 100 x 1 x (22 - 15) = 100 x 7 = 700 cal S L
S 0,1 2
  0,02
Calor perdido perla água quente: S 10
Q2 = m2 C θ2 = 100 x 1 x (22 - 30) = 100 x (-8_ = -800 cal S
 2%
S
Calor absorvido pelo calorímetro:
Qc = mc C θc = mc x 1 x (22 - 17) = 5 mc
5 mc = 100 cal
17.(IME – 1965) Ligam-se, no vácuo, duas placas paralelas
de alumínio a uma bateria de V1 volts. Após desligá-las da
Equivalente em água do calorímetro:
fonte e duplicar seu afastamento, qual a tensão V 2 entre elas?
100
Mc =  20g
5 SOLUÇÃO
A
12.(IME – 1965) Mediram-se 15 batimentos sonoros em 7 As placas formam um capacitor cuja capacitância é: C = E .
d
segundos. Se o diapasão de menor massa vibra com 384 Hz,
Aumentando-se a distância para 2d a capacitância cairá para a
qual a freqüência do outro?
metade do valor inicial, logo C1 = 2C2.
A carga no capacitor sendo Q, tem-se Q = CV
SOLUÇÃO
A - nº de batimentos Como a carga não é modificada teremos C1V1 = C2V2 
t - tempo C
V2 = 1 V1
A 1 C2
N=
t  V2 = 2V1
14
N= 2
7
F = 384 - 2 = 382 hz.
18.(IME – 1965) Dois condutores de L1 e L2 metros
deslocam-se perpendicularmente a um campo magnético de B
Weber/m2, com velocidade constante v1 e v2 m/s. Qual relação 22.(IME – 1965) Considerando a questão anterior: Pede-se:
entre as f.e.m. e1 e e2 volts, geradas nos mesmos? A pressão estática (em N/m2) exercida pelo combustível
(densidade igual a 0,5) no fundo do seu recipiente,
SOLUÇÃO imediatamente após a partida, se na superfície livre a pressão é
A força eletromotriz induzida em um condutor que se desloca de 105 N/m2.
em um campo magnético, perpendicularmente ao mesmo é
dada pela expressão SOLUÇÃO
E=Bℓv p = p0 + ρah
E1 = B L1 v1 p0 = 105 N/m2
E2 = B L2 v2 ρ = 0,5 x 103 kg/m3
E1 L v 1200
  1 1 a=g+ = 50 m/s2

www.estudem
E2 L2v2 30
h = 4m
p = 105 + 0,5 x 103 x 50 x 4
p = 200000 N/m2
19.(IME – 1965) Um alterador de quatro polos gera uma p = 2 x 105 N/m2.
f.e.m. em 60 hz. Qual sua velocidade em r.p.m.?

SOLUÇÃO 23.(IME – 1965) A água utilizada em uma industria é


Tendo a máquina dois pares de polos, cada rotação completa aquecida de 25ºC até 85ºC. O tempo de aquecimento é de 5
produzirá 2 ciclos. A freqüência gerada sendo de 60 hz ( 60 horas, sendo fornecidas ao líquido 2,64 kcal/seg. Admite-se
c/s) será produzida por uma velocidade angular de 30 rps. quer todo calor produzido é absorvido pela água e que sua
Como 1 rps 60 r.p.m., teremos: massa específica é constante e igual a 1000 kg/m 3.
n = 30 x 30 = 1800 rpm. Pede-se:
120f - Calcular o aumento de despesa quanto a temperatura inicial
A fórmula correspondente é n = de 20ºC e o kwh custa CR$ 20.
P
SOLUÇÃO
Calor fornecido à água nas 5 horas:
Q = 5 x 3600 s x 2,64 kcal. S-1 = 47.520 kcal
20.(IME – 1965) Qual a característica da fem induzida em

www.estudem
uma bobina, se a taxa de variação da corrente que a percorre é
Massa de água que foi aquecida:
constante?
kcal
Q = m c Q = m kg 1   (85  25)º C = 60 kcal
SOLUÇÃO kg º C
A força eletromotriz induzida em uma bobina percorrida por 47.520
di 60 m kcal = 47.520 kcal  m = = 792 kg
uma corrente variável i é dada pela expressão   θL . 60
dt Calor necessário para elevar de 5ºC a temperatura de 792 kg
di de água:
Como L é uma constante, sendo = Cte, teremos  = Cte.
dt 1kcal
Δq = 792 kg   5º C = 3960 kcal
kg º C
3960 kcal
21.(IME – 1965) Um foguete, lançado verticalmente, queima Δq = = 792 kcal/h
em 30 segundos, todo o propelente líquido contido em um 5 h
cilindro de quatro metros de altura. A velocidade máxima 792
Δq = 0,24 P t kcal/h  P = = 0,9166 KW
atingida é de 1200 m/s, com aceleração constante. 0,24  3600
OBS.: desprezam-se:
- a variação da aceleração da gravidade; Em 5 horas temos:
- a resistência do ar; Energia consumida a mais: 5h x 0,9166 kw = 4,583 kwh
- a variação da densidade do ar. Aumento de despeza: 4,583 kwh x CR$ 20/kwh = CR$ 92.

Pede-se:
A altura máxima atingida pelo foguete.

www.estudem
SOLUÇÃO
ℓ = ℓ0 + v0 - 1/2 g T2
1 1 1200
ℓ0 = at2 =   30 2 = 18000m
2 2 30
v0 = 1200 m/s
v 1200
T= 0   120S
g 10
1
ℓ = 18000 + (1200 x 120) - x 10 x 1202
2
ℓ = 90000 m.