P. 1
ACN

ACN

|Views: 876|Likes:
Publicado porrilmont2709

More info:

Published by: rilmont2709 on Oct 11, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/11/2010

pdf

text

original

LITERATURA 1.

ANO

1- (VUNESP-SP) “Ó tu, que tens de humano o gesto e o peito (Se de humano é matar uma donzela, Fraca e sem força, só por ter sujeito O coração a quem soube vencê-la). A estas criancinhas tem respeito, Pois o não tens à morte escura dela; Mova-te a piedade sua e minha, Pois te não move a culpa que não tinha.” A estância acima transcrita pertence a Os Lusíadas de Luís de Camões, e faz parte de um dos mais conhecidos “episódios” daquela obra. Indique-o nas alternativas abaixo assinaladas: a) Episódio da Ilha dos Amores. b) Episódio do Gigante Adamastor. c) Episódio de Inês de Castro. d) Episódio dos Doze da Inglaterra. e) Episódio da Batalha de Ajubarrota. 2 - (MACKENZIE-SP) “Os bons vi sempre passar No mundo graves tormentos E, para mais me espantar Os maus vi sempre nadar Em mar de contentamentos. Cuidando de alcançar assim O bem tão mal ordenado, Fui mal. Mas fui castigado. Assim que só pra mim Anda o mundo concertado”. O texto acima: a) É parte de um autor de Gil Vicente; b) É um soneto camoniano; c) É composto de redondilhos, que se encaixam na obra lírica de Camões; d) Pode ser encaixado em Os Lusíadas, devido à sua estrutura das estrofes; e) É uma cantiga de um amigo. 3- (MACKENZIE-SP) Sobre o poema Os Lusíadas, é incorreto afirmar que: a) Quando a ação do poema começa, as naus portuguesas estão navegando em pleno Oceano Índico, portanto no meio da viagem. b) Na Invocação, o poeta se dirige às Tágides, ninfas do rio Tejo. c) Na Ilha dos Amores, após o banquete, Tétis conduz o capitão ao ponto mais alto da ilha, onde lhe desvenda a “máquina do mundo”. d) Tem como núcleo narrativo a viagem de Vasco da gama, a fim de estabelecer contato marítimo com as Índias. e) É composto em sonetos decassílabos, mantendo em 1.102 estrofes o mesmo esquema de rimas.

4 - (VUNESP-SP) Apontam-se a seguir algumas características atribuídas pela crítica à epopéia de Luís Vaz de Camões, Os Lusíadas. Uma dessas características está incorreta. Tratase de: a) Concepção da história nacional como uma seqüência de proezas de heróis aristocráticos e militares. b) Apologia dos poderes humanos, realçando o orgulho humanista de autodeterminação e do avanço no domínio sobre a natureza. c) Efabulação mitológica. d) Contraposição da experiência e da observação direta à ciência livresca da Antigüidade. e) Eliminação do erotismo, existente em parte da lírica, em favor de uma ênfase mais objetiva na narração dos feitos lusitanos. 6- (FUVEST-SP) Camões escreveu obra épica ou lírica? Justifique sua resposta, exemplificando com obras do autor. 7 - (FUVEST-SP) “Não mais, Musa, não mais, que a Lira tenho Destemperada e a voz enrouquecida, E não do canto, mas de ver que venho Cantar a gente surda e endurecida. O favor com que mais se acende o engenho Não no dá a pátria, não, que está metida No gosto da cobiça e na rudeza De uma austera, apagada e vil tristeza.” Os versos acima pertencem a que parte de Os Lusíadas? a) Proposição b) Dedicatória c) Epílogo d) Invocação e) Narração 8- (FUVEST-SP) – Na Lírica de Camões, a) O verso usado para a composição dos sonetos é o redondilho maior. b) Encontram-se sonetos, odes, sátiras e autos. c) Cantar a pátria é o centro das preocupações. d) Encontra-se uma fonte de inspiração de muitos poetas brasileiros do século XX. e) A mulher é vista em seus aspectos físicos, despojada de espiritualidade.

LITERATURA 2. ANO
01. (FGV) Sobre o romance Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, é correto afirmar que: a) Marca o início do Romantismo na literatura brasileira. b) O nascimento do filho do protagonista com Virgília redime a tristeza de Brás Cubas.

c) O contato de Brás Cubas com a filosofia do Humanismo é-lhe facultado pelo amigo Quincas Borba. d) Marcela era realmente apaixonada por Brás Cubas. e) As personagens femininas do romance têm a ingenuidade das heroínas românticas. 02. (USF-SP) Pode-se entender o Naturalismo como uma particularização do Realismo que: a) Volta-se para a natureza a fim de analisar-lhe os processos cíclicos de renovação. b) Pretende expressar com naturalidade a vida simples dos homens rústicos nas comunidades primitivas. c) Defende a arte pela arte, isto é, desvinculada de compromissos com a realidade social. d) Analisa as perversões sexuais, condenando-as em nome da moral religiosa. e) Estabelece um nexo de causa e efeito entre alguns fatores sociológicos e biológicos e a conduta dos personagens. 03. (FUND. EDUC. MACHADO SOBRINHO) – Considere as afirmações abaixo sobre a reação anti-romântica no Brasil: I- O Positivismo, o Determinismo, o Darwinismo são idéias científico-filosóficas que fundamentam o pensamento da época. II- A prosa realista foi marcada pelo destaque do elemento psicológico no registro do tipo brasileiro do fim do Império. III- Nos romances escritos após 1880, Machado acentua a crítica à sociedade da época, assumindo uma fina ironia quando focaliza questões como o casamento, adultério, a exploração do homem pelo próprio homem. Quais estão corretas? a) Apenas I. b) Apenas III. c) Apenas I e III. d) Apenas II e III. e) Corretas I, II e III. 04. (UBC) – Sobre o Naturalismo, é correto afirmar que: a) Estabelece relações entre fatores biológicos e sociológicos e a conduta das personagens. b) Defende a natureza e a vida pastoril. c) Analisa o homem sob o ponto de vista psicológico. d) Descreve a natureza como refúgio do poeta. e) ndr 05. (UFV) – Com relação à prosa de ficção realista-naturalista, não se pode afirmar que: a) O romance naturalista aplicou métodos científicos na transfiguração artística real.

b) A prosa realista, com vistas ao entretenimento do leitor, retratou enfaticamente o casamento com suas “verdades” afetivas e morais. c) Os escritores realistas e naturalistas optaram por uma concepção da realidade “tal como é e não como deve ser”. d) O mundo humano, na ficção naturalista, apresentou-se submetido ao mesmo determinismo que o resto da natureza. e) Em oposição à visão romântica de mundo, o narrador realista foi mais impessoal na descrição da realidade. 06. (UFAC-2007) Podemos afirmar que na Escola Realista: I – O Realismo e o Naturalismo são introduzidos em 1881 com as obras Memórias Póstumas de Brás Cubas e O Mulato. II – No Realismo há predomínio da vida concreta e exterior sobre a vida interior e abstrata. III – O melhor da produção realista está na poesia. a) São corretas as afirmações II e III. b) Apenas a afirmação II é correta. c) As três afirmações são corretas. d) São corretas as afirmações I e II. e) São corretas as afirmações I e III. 07. (UFPel-6/2007) Lê o trecho a seguir de uma das obras indicadas para este vestibular. “Eram cinco horas da manhã e o cortiço acordava, abrindo, não os olhos, mas a sua infinidade de portas e janelas alinhadas. Um acordar alegre e farto de quem dormiu de uma assentada, sete horas de chumbo. [...] O rumor crescia, condensando-se; o zunzum de todos os dias acentuava-se; já se não destacavam vozes dispersas, mas um só ruído compacto que enchia todo o cortiço. Começavam a fazer compras na venda; ensarilhavam-se discussões e rezingas; ouviamse gargalhadas e pragas; já se não falava, gritava-se. Sentia-se naquela fermentação sangüínea, naquela gula viçosa de plantas rasteiras que mergulham os pés vigorosos na lama preta e nutriente da vida, o prazer animal de existir, a triunfante satisfação de respirar sobre a terra.” Assinala a alternativa que NÃO corresponda a uma coerente leitura da obra representada pelo fragmento acima. a) No texto, o narrador enfatiza a força do coletivo. Todo o cortiço é apresentado como um personagem que, aos poucos, acorda tal qual uma colméia humana. b) O texto apresenta um dinamismo descritivo, ao enfatizar os elementos visuais, olfativos e auditivos.

c) Através da descrição do despertar do cortiço, o narrador apresenta os elementos introspectivos dos personagens, procurando criar correspondências entre o mundo físico e o metafísico. d) O discurso naturalista do autor enfatiza nos personagens o aspecto animalesco, “rasteiro” do ser humano, mas também a sua vitalidade e energia naturais, oriundas do prazer de existir. e) Observa-se, no discurso do narrador, a constante utilização de metáforas, dentre outros recursos, para enriquecer a apresentação de elementos descritivos que comprovem a sua tese determinista. 8 - (FCC) Assinale a alternativa onde estão indicados os textos que analisam corretamente alguns aspectos do romance realista. I – As personagens independem do julgamento do narrador, reagindo cada uma de acordo com sua própria vontade e temperamento. II – A linguagem é poeticamente elaborada nos diálogos, mas procura alcançar um tom coloquial, com traços de oralidade, nas partes narrativas e descritivas. III – Observa-se o predomínio da razão e da observação sobre o sentimento e a imaginação. a) I, II, III b) I e II c) II e III d) I e III e) II LITERATURA 3. ANO 01. (FGV) Os temas fundamentais do Romantismo criam um mundo maravilhoso e ideal. Assinale a característica que NÃO marca essa peculiaridade: a) Subjetividade. b) Sentimentalismo. c) Evasão no tempo e no espaço. d) Evasão pela morte. e) Análise dos fenômenos da sociedade brasileira. 02. (FGV) Em relação ao Romantismo brasileiro,todas as características a seguir são verdadeiras, EXCETO: a) expressão do nacionalismo através da descrição de costumes e regiões do Brasil; b) análise crítica e científica dos fenômenos da sociedade brasileira; c) desenvolvimento do teatro nacional; d) expressão poética de temas confessionais, indianistas e humanistas; e) caracterização do romance como forma de entretenimento e moralização. 03 (UFV-MG) Assinale a alternativa falsa. a) O Romantismo, como estilo, não é modelado pela individualidade do autor; a forma predomina sempre sobre o conteúdo.

b) O Romantismo é um movimento de expressão universal, inspirado nos modelos medievais e unificado pela prevalência de características comuns a todos os escritores da época. c) O Romantismo, como Estilo de Época, consistiu, basicamente num fenômeno estéticoliterário, desenvolvido em oposição ao intelectualismo e à tradição racionalista e clássica do século XVIII. d) O Romantismo, ou melhor, o espírito romântico, pode ser sintetizado numa única qualidade: a imaginação. Pode-se creditar à imaginação a capacidade extraordinária dos românticos de criarem mundos imaginários. e) O Romantismo caracterizou-se por um complexo de características como o subjetivismo, o ilogismo, o senso de mistério, o exagero, o culto da natureza e o escapismo. 04 (UFJF-MG) Em relação ao Romantismo brasileiro, todas as afirmações são verdadeiras, exceto: a) expressões do nacionalismo através da descrição de costumes e regiões do brasil. b) análise crítica e científica dos fenômenos da sociedade brasileira. c) desenvolvimento do teatro nacional. d) expressão poética de temas confessionais, indianistas e humanistas. e) caracterização do romance como forma de entretenimento e moralização. 05. (USP) O índio em alguns romances de José de Alencar, como Iracema e Ubirajara, é: a) retratado com objetividade, numa perspectiva rigorosa e científica; b) idealizado sob o pano de funda da natureza, do qual é o herói épico; c) pretexto episódico para descrição da natureza; d) visto com o desprezo do branco preconceituoso, que o considera inferior; e) representado como um primitivo feroz e de maus instintos. 06. (USF-SP) Pode-se entender o Naturalismo como uma particularização do Realismo que: a) Volta-se para a natureza a fim de analisar-lhe os processos cíclicos de renovação. b) Pretende expressar com naturalidade a vida simples dos homens rústicos nas comunidades primitivas. c) Defende a arte pela arte, isto é, desvinculada de compromissos com a realidade social. d) Analisa as perversões sexuais, condenando-as em nome da moral religiosa. e) Estabelece um nexo de causa e efeito entre alguns fatores sociológicos e biológicos e a conduta dos personagens.

07. (FUND. EDUC. MACHADO SOBRINHO) – Considere as afirmações abaixo sobre a reação anti-romântica no Brasil: I- O Positivismo, o Determinismo, o Darwinismo são idéias científico-filosóficas que fundamentam o pensamento da época. II- A prosa realista foi marcada pelo destaque do elemento psicológico no registro do tipo brasileiro do fim do Império. III- Nos romances escritos após 1880, Machado acentua a crítica à sociedade da época, assumindo uma fina ironia quando focaliza questões como o casamento, adultério, a exploração do homem pelo próprio homem. Quais estão corretas? a) Apenas I. b) Apenas III. c) Apenas I e III. d) Apenas II e III. e) Corretas I, II e III. 08. (UBC) – Sobre o Naturalismo, é correto afirmar que: a) Estabelece relações entre fatores biológicos e sociológicos e a conduta das personagens. b) Defende a natureza e a vida pastoril. c) Analisa o homem sob o ponto de vista psicológico. d) Descreve a natureza como refúgio do poeta. e) ndr 09. (UFAC-2007) Podemos afirmar que na Escola Realista: I – O Realismo e o Naturalismo são introduzidos em 1881 com as obras Memórias Póstumas de Brás Cubas e O Mulato. II – No Realismo há predomínio da vida concreta e exterior sobre a vida interior e abstrata. III – O melhor da produção realista está na poesia. a) São corretas as afirmações II e III. b) Apenas a afirmação II é correta. c) As três afirmações são corretas. d) São corretas as afirmações I e II. e) São corretas as afirmações I e III. 10. (UFPel-6/2007) Lê o trecho a seguir de uma das obras indicadas para este vestibular. “Eram cinco horas da manhã e o cortiço acordava, abrindo, não os olhos, mas a sua infinidade de portas e janelas alinhadas. Um acordar alegre e farto de quem dormiu de uma assentada, sete horas de chumbo. [...] O rumor crescia, condensando-se; o zunzum de todos os dias acentuava-se; já se não destacavam vozes dispersas, mas um só ruído compacto que enchia todo o cortiço.

Começavam a fazer compras na venda; ensarilhavam-se discussões e rezingas; ouviamse gargalhadas e pragas; já se não falava, gritava-se. Sentia-se naquela fermentação sangüínea, naquela gula viçosa de plantas rasteiras que mergulham os pés vigorosos na lama preta e nutriente da vida, o prazer animal de existir, a triunfante satisfação de respirar sobre a terra.” Assinala a alternativa que NÃO corresponda a uma coerente leitura da obra representada pelo fragmento acima. a) No texto, o narrador enfatiza a força do coletivo. Todo o cortiço é apresentado como um personagem que, aos poucos, acorda tal qual uma colméia humana. b) O texto apresenta um dinamismo descritivo, ao enfatizar os elementos visuais, olfativos e auditivos. c) Através da descrição do despertar do cortiço, o narrador apresenta os elementos introspectivos dos personagens, procurando criar correspondências entre o mundo físico e o metafísico. d) O discurso naturalista do autor enfatiza nos personagens o aspecto animalesco, “rasteiro” do ser humano, mas também a sua vitalidade e energia naturais, oriundas do prazer de existir. e) Observa-se, no discurso do narrador, a constante utilização de metáforas, dentre outros recursos, para enriquecer a apresentação de elementos descritivos que comprovem a sua tese

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->