INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA JOINVILLE, 12 DE ABRIL DE 2011. PROFESSORA: DÉBORA.

ALUNAS: JULIANA MARLUCI ENFERMAGEM 2ª FASE ATIVIDADE I - MEDICAMENTOS BROMOPRIDA (procinético) Nome comercial: BROMOPAN, BROMOPRIDA, DIGESAN, DIGESTINA, PRIDECIL. Mecanismo de ação: apresenta ação normalizadora da motricidade do estômago, do duodeno e do jejuno, reconduzindo o tônus e a peristalse aos padrões fisiológicos em todos os casos em que ocorram alterações desse sistema. Possui ação antiemética completa, atuando em nível central e periférico. DIMENIDRATO (anti-histamínico H, anticinetótico, antiemético) Nome comercial: DRAMIN. Mecanismo de ação: Inibe o estímulo vestibular. Apresenta significativas propriedades depressoras no SNC, anticolinérgicas, antihistamínicas e antieméticas. DOMPERIDONA (procinético) Nome comercial: DOMPEROL, MOTILIUM, PERIDONA. Mecanismo de ação: atua contra náuseas e vômitos, e também permite a passagem mais rápida do alimento pelo esôfago, estômago e intestino, impedindo que ocorra o refluxo. METOCLOPRAMIDA (procinético, antiemético) Nome comercial: ARISTOPRAMIDA, ENZILOM, EUCIL, METOCLOSAN, PLAMIVON, PLASIL. Mecanismo de ação: estimula a motilidade do trato gastrointestinal superior sem, contudo, estimular as secreções gástrica, biliar e pancreática. Relaxa o esfíncter pilórico e aumenta o tônus esofágico. ONDANSETRONA (antagonista da serotonina, antiemético) Nome comercial: ZOFRAN, INJECTRAX, NAUSEDRON, SETRONAX. Mecanismo de ação: controle de náuseas e vômitos induzidos por quimioterapia citotóxica e radioterapia. DIMETICONA (antifisético) Nome comercial: LUFTAL, DIMETICONA, FLATEX, FLAGASS. Mecanismo de ação: agente antiespumante que evita o acúmulo excessivo de gases no estômago e também melhora os sintomas provocados pela distensão gasosa e flatulência. GRANISETRONA (antiemético, antagonista da serotonina) Nome comercial: KYTRIL, NEOSETRON Mecanismo de ação: eficácia está relacionada ao bloqueio dos receptores 5-HT3 localizados na área postrena, no núcleo do trato solitário e nas terminações nervosas aferentes vagais no intestino, inibindo náuseas e vômitos.

tontura (hipotensão). . . . .GRUPOS DE AÇÃO MEDICAMENTOSA Antagonista de serotonina Bloqueia receptores de 5HT. Assistência de Enfermagem: rever o histórico alérgico do paciente antes de administrar o medicamento.informar ao paciente que esta droga serve para controle de curto prazo da náusea e vômito. fadiga. Anti-histamínico Bloqueia receptores H da histamina diminuindo a estimulação da zona disparadora do quimiorreceptor e o centro do vômito. boca seca. reação de hipersensibilidade.prevenir o paciente sobre os efeitos colaterais que podem tornar perigosas determinadas atividades. Procinético Estimula o trato gastrointestinal superior e o esvaziamento gástrico sem estimular a liberação de ácido gástrico. Assistência de Enfermagem: orientar o paciente a não ingerir álcool durante o tratamento com este medicamento. .administrar o medicamento 15 minutos antes de cada refeição.monitorizar a função intestinal especialmente em idosos. diarréia e tremores involuntários ou tiques de face. visão borrada. dores musculares.monitorizar pacientes idosos. Efeitos colaterais: sonolência. membros superiores e inferiores. perda da coordenação motora. alteração da coloração da urina. Efeitos colaterais: distúrbios do movimento. olho.orientar o paciente quanto a depressão grave. fadiga e sonolência. alterações do ritmo cardíaco. agitação motora. que exigem atenção/reflexo. e que deve ser utilizada conforme prescrito. tremores. mal estar. .administrar o medicamento oral a cada 8 horas durante 24 horas por 1 a 2 dias após quimioterapia ou radioterapia para evitar náusea e vômito. . boca seca. pois os efeitos da droga podem levar idosos a desidratação mais rapidamente do que levam pacientes mais jovens. a qual afeta as vias neurais envolvidas na náusea e vomito. dificuldade respiratória. torcicolo espasmódico e crise giro-ocular (movimentos involuntários rápidos dos olhos). . Efeitos colaterais: cefaléia.

Assistência de Enfermagem: .confusão mental. pois pode causar sedação grave. Assistência de Enfermagem: Antifisético Tornam os líquidos digestivos menos viscosos e menos propensos a formarem bolhas.não administrar o medicamento no paciente com distúrbio do trato respiratório inferior. . dor ou espasmo muscular. tremores. Ao evitar a formação de bolhas. reações alérgicas.aplicar o volume prescrito sob a forma de injeção muscular profunda para controlar o vômito.rever os antecedentes mórbidos do paciente. Efeitos colaterais: cefaléia. problemas musculares e incoordenação motora. Assistência de Enfermagem: obter o histórico clínico completo do paciente isso ajudará a determinar a causa subjacente da náusea e vômito. constipação intestinal. Antiemético Alivia os sintomas relacionados com o enjôo. Efeitos colaterais: pode ocorrer constipação moderada e transitória. pois a droga pode representar um risco . Esta ação pode aliviar a distensão abdominal. .orientar o paciente quanto aos efeitos colaterais e que ele deve informar ao médico quanto estiver sentindo tal reação. .notificar problemas respiratórios. formigamento de membros superiores. . . náuseas e vômitos. faz com que os gases ocupem menos volume.aconselhar o paciente a evitar a ingestão de álcool enquanto estiver fazendo uso deste medicamento.