COLÉGIO DINÂMICO S/C LTDA.

RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR

Côcos – BA

2 Junho/2011 COLÉGIO DINÂMICO S/C LTDA. RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR EDUCAÇÃO PROFISSIONALIZANTE CURSO TÉCNICO EM ENFERMAGEM Natalino Santos da Silva Côcos – BA Junho/2011 .

Deverá ser usada uma página do relatório apenas para isso. amigos ou outros) em forma de texto ou apenas mencionando-se a pessoa a quem se dedica.3 Dedicatória O trabalho poderá ser dedicado a alguém (familiares. .

dirigida a uma pessoa.4 Agradecimentos Os agradecimentos podem ser feitos de forma sucinta e restrita ou enfática. . à instituição ou à empresa. usando uma página apenas para isso. ou mais. Deve fazer à parte.

1. Desenvolvimento 3. Objetivo Geral Objetivos Específicos Perfil Profissional e Competências 2.2. 1. Cronograma de Execução das Atividades Desenvolvidas 4. Conclusão 5. 1. Referências 6.3.1. Anexos .5 Sumário 1. Introdução 1. Histórico do Hospital 3.

trabalhando sempre com uma assistência humanizada. enfim é o que prepara o leitor para leitura. . 1. 1.1. sua finalidade e sua aplicação. Objetivo Geral  Capacitar os alunos para observar e reconhecer o atendimento aos indivíduos doentes.  Capacitar os alunos quanto a assistência de enfermagem no âmbito hospitalar.  Atender o indivíduo em seu todo.  Reconhecer o papel da equipe de saúde na recuperação do cliente.6 1. Objetivos Específicos  Entender o funcionamento de uma unidade hospitalar e seus respectivos setores. Introdução É a abertura do trabalho. prestando cuidados de higiene. conforto e tratamentos simples. através de princípios básicos e científicos. valorizando a assistência humanizada.2. não esquecendo aspectos emocionais e sociais. A introdução deverá apresentar o mínimo de 15 linhas. a qual apresenta claramente o objetivo do mesmo e da experiência. sobre a supervisão do Enfermeiro. reforçando assim a parte teórica e prática.  Identificar através dos princípios científicos os cuidados direcionados para o paciente.

10.3. 1. Perfil Profissional e Competências Os profissionais deverão gerenciar com autonomia.  Participar de prevenção e controle sistemático da infecção hospitalar. concomitantemente. de 25 de junho de 1986. raciocínio lógico. 13.  Participar de programas/ projetos de pesquisa . 11 e 13 do decreto nº 94.  Desenvolver atividades de educação e comunicação em saúde. atendendo ao §4º do art.7  Executar outras as técnicas básicas de enfermagem envolvendo curativos.406 de 8 de junho de 1987 (regulamenta a Lei nº 7. funções direcionadas para o técnico de enfermagem. e da reabilitação da saúde de indivíduo e/ou grupos sociais. programação e orientação das atividades de assistência de enfermagem. recuperação.  Participar da implementação do programa de vigilância de saúde.498. compartilhando dos objetivos da empresa e. exercendo as funções dispostas nos art.  Participar do planejamento. que dispõe sobre o exercício da enfermagem e da outras providencias). Competências do Técnico em Enfermagem:  Desempenhar ações nos níveis de promoção. excetuando-se os cuidados requeridos por pacientes graves e com risco de vida. evolução em prontuários e todas as correlacionando-as com os conhecimentos técnicos aprendidos. Resolução CEE/BA 015/01. administração de medicamentos. competência sóciocomunicativa.

limitando-se a uma página. .8 2. Histórico do Hospital Neste item. apresenta-se um breve histórico do hospital bem como o envolvimento da comunidade onde ocorreu o estágio.

Cronograma de Execução das Atividades Desenvolvidas São as atividades e os períodos respectivos de duração das mesmas. em que é exigível raciocínio lógico e clareza.9 3. Faz parte do mesmo o cronograma e o relato das atividades desenvolvidas. ou seja. Desenvolvimento O desenvolvimento é a parte mais importante do relatório. . 3.1. uma visão geral das atividades.

vantagens. ___________________________________ Fulano de tal .10 4. Deve ser datada e assinada pelo estagiário. dos conhecimentos adquiridos e das habilidades desenvolvidas. relacionados com o estágio. dificuldades encontradas e avaliação do acompanhamento do estágio assim como recomendações para melhorar o curso. algum conteúdo para elevar a qualidade do estágio e o desempenho do estagiário. Conclusão É a parte do relatório que compreende as deduções obtidas do trabalho e levantadas ao longo do Estágio de acordo com os objetivos apresentados na introdução do trabalho. Compreende também a análise do curso concluído. Cocos. Neste capítulo apresentam-se considerações. ___ de ______________ de 2011. alguma disciplina.

. Fd. S. Idelmina Lopes de. Ivone de Souza – Manual de Enfermagem em CTI – la. Ana Maria Lima de. PÁDUA. teses. Referências Bibliográficas É a relação das obras citadas no texto de documentos escritos – relatórios. Enfermagem na sala de cirurgia – 2ª. ed. Manual Técnico e Auxiliar de Enfermagem. AB. Exemplo: ABOTT – Vinisistema. ed.M. Rio de Janeiro. Interamericana CASTRO. Ed. Goiânia.11 5. 1992. Divisão Hospitalar BRQOKES. LIMA. etc. Apostila de Calor e Frio. livros.

acrescenta esclarecimento ao que é relatado. a ficha de atividades de estágio e a ficha de avaliação devidamente carimbada e assinada pelo professor/supervisor. Utilizam-se como anexos a ficha de freqüência. . Anexos É a parte essencial e extensiva ao texto.12 6.

2 e 1. Os itens 1. Deve.se usar espaço que permita perfeita leitura entre as linhas do relatório.13 Orientações Gerais O relatório deve ser digitado e encadernado com espiral e com capa transparente. como espaço 1.3 devem ser copiados na íntegra. .5.1 – 1. letra legível (times new roman ou arial) tamanho 12 para o texto e 14 para os títulos ( devem ser em negrito).

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful