Você está na página 1de 26
PB DE HISTÓRIA (manhã) 1/3 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 1º BIMESTRE/2010 / /

PB DE HISTÓRIA (manhã)

1/3
1/3

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

1º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

I - Orientações:

Preencha o cabeçalho de todas as páginas de sua prova.

Verifique se o número de questões e a paginação estão corretos.

II - Atenção:

O aluno não poderá estar portando, durante a prova,

aparelho celular, bip ou outros objetos eletrônicos.

Esses deverão estar guardados, desligados, dentro das mochilas ou bolsas.

Se o espaço físico permitir, todo o material escolar deverá ser colocado perto do quadro-negro. Caso isso não seja possível, será colocado embaixo da carteira.

A prova deve ser feita com caneta esferográfica azul

ou preta.

Não será aceito rasura nas questões objetivas.

A quadrícula do canto inferior direito é para uso do

professor e, no interior dela, serão colocados os pontos relativos aos acertos da página.

Não utilize qualquer corretivo e máquina de calcular.

Não peça material emprestado durante a prova.

Ao escrever, observe se sua letra está legível.

Faça a prova com calma, pensando bem antes de responder às questões. Boa Prova!

1. Sabendo que a Revolução Industrial trouxe

consigo um fardo de alterações na vida social, que foram imprescindíveis para o surgimento de problemas na sociedade da época, a seguir

escreva (F) para as colocações falsas ou (V) para as verdadeiras, dentro dos parênteses à

esquerda:

(14)

as verdadeiras, dentro dos parênteses à esquerda: (14) Máquina de fiar, que acelerou a fabricação de

Máquina de fiar, que acelerou a fabricação de tecidos no início da Revolução Industrial.

( ) Com a Revolução Industrial na Inglaterra a

sociedade foi impactada com um desenvol- vimento manufatureiro nunca antes visto, questão que contribuiu muito para a geração de riqueza e

a diminuição do número de pobres.

( ) Através da Revolução e da complexa relação de

trabalho, um número maior de pessoas tiveram oportunidade de trabalho na fábrica, assim como

o reconhecimento de seus direitos como cidadão empregado.

(

) Crescimento acelerado da acumulação de riqueza; crescimento abrupto e desorganizado das cidades; migração campo-cidade e uma série de outros problemas, a exemplo do aumento gradativo de doenças na população que se urbanizava.

(

) A revolução industrial, marcou um período importante na história da humanidade, tanto na dimensão social, como política e econômica.

(

) Com a Revolução a situação entre patrão e empregado fico mais complexa, o nível de exploração do primeiro em relação ao segundo, também aumentou progressivamente.

(

) Um dos fatos importantes estimulados pela Revolução Industrial, que aconteceu na Alemanha, antes mesmo de acontecer na Inglaterra, foi a consolidação do capitalismo e o aceleramento da globalização.

(

) Sem sombra de dúvida a Revolução Industrial trouxe consigo uma perversa competição entre classes, que ainda se mostra presente na sociedade.

2. A Revolução Industrial trouxe muitas possibilidades para melhorar as condições de

vida das pessoas, porém mais de 100 anos depois, as condições de vida de 3/4 da população mundial é muito ruim. Em sua opinião, por que os benefícios da Revolução Industrial não são

para todos?

(8)

da Revolução Industrial não são para todos? (8) Interior de uma fábrica durante a Revolução Industrial

Interior de uma fábrica durante a Revolução Industrial na Inglaterra do séc. XVIII.

não são para todos? (8) Interior de uma fábrica durante a Revolução Industrial na Inglaterra do

PB DE HISTÓRIA - 8º Ano - Manhã / E - Ensino Fundamental - 1º Bimestre / 2010

ALUNO(A):

3. Baseando-se na leitura dos textos (A e B) e nos

seus estudos sobre os temas abordados dê o que se pede:

TEXTO A

)O (

sucessivamente por Napoleão e o constitucionalismo

espanhol, oportunidade para a classe dirigente latino- americana, constituída por crioulos dessem impulso

e sustentassem o movimento, e a guerra pela

independência como um meio de preservar e reforçar o seu status, diminuindo o risco de ser perdido, mas sem procurar uma mudança, a menos que a estrutura social americana (permanencia de castas ou escravos, etc), nem uma diminuição no seu âmbito administrativo. A chamada “Pátria” foi a característica essencial do movimento e, finalmente,

prevaleceu em todas as partes da América relativamente a outros movimentos de

independência, como o fracasso de Tupac Amaru II

e seus aliados no Peru foi também acompanhado por uma verdadeira revolução social. ( )

(Internet/adaptação)

vácuo do governo na Espanha causado

Vocabulário:

Vácuo – não ocupado; não preenchido Constitucionalismo – sistema dos que pretendem seguir uma constituição.

1) Observe o trecho:

a oportunidade para a classe dirigente

latino-americana, constituída por crioulos dessem

impulso e sustentassem o movimento, e a guerra pela independência como um meio de preservar e reforçar o seu status, diminuindo o risco de ser perdido, mas sem procurar uma mudança ”

Qual o objetivo maior da classe crioula ao liderar

todo o processo de independência?

abriu “

(8)

2) Em sua opinião a luta dos colonos foi em vão? Ou seja; a sua luta teve conseqüências

importantes?

(8)

TURMA:

2/3
2/3

3) Retire do texto a palavra que resume a maior preocupação dos revolucionários na organização do movimento nacionalista (em seu aspecto

cívico).

(8)

TEXTO B “O processo de colonização da América inglesa inicia-se bem mais tarde do que da América

espanhola e portuguesa, mais de um século depois.

A Inglaterra com suas questões internas colabora

para que esse processo de colonização se atrase.

O conflito religioso assumia aspectos nitidamente

políticos, é um período conturbado na Inglaterra no final do século XVI e inicio do século XVII. Tudo isso colabora para o retardamento em relação ao espaço colonial. Em 1603, dá-se o inicio das tentativas de colonização, as colônias relativamente autônomas, se localizavam na costa leste, que mais tarde será conhecido como Estados Unidos da América, inicialmente vai dar origem às chamadas Treze Colônias”.

Além dos fatores internos que influíram no

processo de independência das colônias inglesas

1)

da América, indique um fator externo para a eclosão

do movimento.

(8)

Por que algumas colônias apresentavam

uma certa autonomia em relação a metrópole

inglesa?

(8)

2)

do movimento. (8) Por que algumas colônias apresentavam uma certa autonomia em relação a metrópole inglesa?

PB DE HISTÓRIA - 8º Ano - Manhã / E - Ensino Fundamental - 1º Bimestre / 2010

ALUNO(A):

TURMA:

3/3
3/3

4. (PUC-MG/Adaptação)

São princípios fundamentais do liberalismo econômico no século XVIII,

Retire do texto acima, um aspecto sobre a Conjuração Mineira, que caracterize ser este um

movimento de elite e não um movimento de caráter

 

EXCETO:

(6)

popular.

(

) combate ao mercantilismo.

(

) defesa da propriedade coletiva.

(

) liberdade de contrato.

(

) livre concorrência .

(

) divisão internacional do trabalho.

5.

Analise as afirmações abaixo sobre o Iluminismo

 

e assinale a única alternativa incorreta.

(10)

(

) Muitas das idéias propostas pelos filósofos iluministas são, hoje,elementos essenciais da identidade da sociedade ocidental.

7.

(

) O pensamento iluminista caracterizou-se pela ênfase conferida à razão, entendida como inerente à condição humana.

( ) O pensamento iluminista caracterizou-se pela ênfase conferida à razão, entendida como inerente à condição

(

) Diversos pensadores iluministas conferiram uma importância central à educação enquanto instrumento promotor da civilização.

(

) A filosofia iluminista proclamou a liberdade como direito incontestável de todo ser humano.

(

) O Iluminismo constituiu-se importante

instrumento político das monarquias absolutas.

Reunião dos Cavaleiros da Luz discutindo o fim da opressão colonial.

6.

“O capítulo “Conspiração” é uma descrição

(8)

quase em tom de romance, não fossem os vários e precisos dados apresentados pelo autor, da preparação da tentativa de revolução. Descrição física, detalhamento de horário, composição do cenário, números das dívidas. Tudo é descrito. E é nesse momento que aparece com força a tese do autor de que Inconfidência foi movida única e exclusivamente por motivos pessoais, por homens que viam na proposta de um Estado independente a única solução para seus problemas bem menos nobres que uma preocupação ideológica de fundo nacionalista. O nacionalismo era sim exaltado, mas como veículo natural para uma revolução que buscava a independência. E o povo também era convocado por razões não menos óbvias, como coloca o autor: “A conspiração dos mineiros era, basicamente, um movimento de oligarcas e no interesse das oligarquias, sendo o nome do povo invocado apenas como justificativa”

(p.119/Devassa da Devassa -k.Maxwell).

A legenda da imagem acima nos remete ao movimento anticolonialista de 1798 denominado: (7)

(

) Conjuração Baiana( ou Conjuração dos Alfaiates).

(

) Conjuração Mineira

(

) Inconfidência Mineira

(

) Movimento Nativista

8.

Dos fatores abaixo, qual não contribuiu para a

independência das colônias espanholas da

América?

(7)

(

) A expansão do Império Napoleônico na Espanha.

(

) A rivalidade entre “criollos” e “chapettones”.

(

) O exemplo fornecido pela independências das treze colônias inglesas que deram origem aos Estados Unidos.

(

) A ajuda prestada pela Inglaterra à Espanha, na repressão aos revolucionários.

(

) A rigidez do Pacto Colonial.

) A ajuda prestada pela Inglaterra à Espanha, na repressão aos revolucionários. ( ) A rigidez
PB DE HISTÓRIA (manhã - gabarito) 1/1 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 1º BIMESTRE/2010 /

PB DE HISTÓRIA (manhã - gabarito)

1/1
1/1

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

1º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

1.

3.

(F)

Com a Revolução Industrial na Inglaterra a

Texto A

sociedade foi impactada com um desenvolvimento manufatureiro nunca antes visto, questão que contribuiu muito para a geração de riqueza e a diminuição do número de pobres. (F) Através da Revolução e da complexização da

1) O objetivo da classe crioula era a tomada do poder político, mas sem grandes mudanças, ou seja; não deixar que o povo assumisse as rédeas do poder. Pretendia que as elites, já que delas faziam parte, continuassem na liderança. obs. O próprio texto dá a resposta.

relação de trabalho, um número maior de pessoas tiveram oportunidade de trabalho na fábrica, assim como o reconhecimento de seus direitos como cidadão empregado.

(V)

Crescimento acelerado da acumulação de riqueza; crescimento abrupto e desorganizado das cidades; migração campo-cidade e uma série de outros problemas, a exemplo do aumento gradativo de doenças na população que se urbanizava.

(V)

A revolução industrial, marcou um período importante na história da humanidade, tanto na dimensão social, como política econômica.

(V)

Com a Revolução a situação entre patrão e empregado fico mais complexa, o nível de exploração do primeiro em relação ao segundo, também aumentou progressivamente.

(F)

Um dos fatos importantes estimulados pela Revolução Industrial, que aconteceu na Alemanha, antes mesmo de acontecer na Inglaterra, foi a consolidação do capitalismo e o aceleramento da globalização.

(V)

Sem sombra de dúvida a Revolução Industrial trouxe consigo uma perversa competição entre classes, que ainda se mostra presente na sociedade.

2.

Qualquer resposta que encerre a idéia de que,

as condições de vida dessa população não apresentou importantes melhoras,principalmente nos países mais pobres, principalmente pela questão das lutas de classe. O trabalhador continuou a

vender sua força de trabalho com salários que não lhe garantem uma vida de prosperidade.

Obs. O(a) aluno(a) mais atencioso(a), poderá inclusive copiar a última colocação da questão anterior, que é verdadeira e dá sentido à resposta desta questão.

2) Esses movimentos deixaram raízes favorecendo todo o processo de independência. O resultado desses movimentos foi a concretização da libertação nacional, mais tarde (século XIX). Por isso foi muito importante sim, a luta dos colonos.

3) A palavra é Pátria

Texto B 1) As Idéias liberais do Ilumisnismo; O exemplo dos Estados Unidos da América, que ficou independente da Inglaterra (embora ainda longe de se tornar uma potência mundial, como aconteceria um século mais tarde), bem como o exemplo da França, cuja revolução proclamou a igualdade de todas as pessoas e seus direitos fundamentais,

2) Porque a política inglesa em relação às suas colônias, principalmente do norte e centro, não era rígida o suficiente para o controle das regiões.

4)

(X) defesa da propriedade coletiva.

5) (X) O Iluminismo constituiu-se importante instrumento político das monarquias absolutas.

6) “A conspiração dos mineiros era, basicamente, um movimento de oligarcas e no interesse das oligarquias, sendo o nome do povo invocado apenas como justificativa”

7)

Alfaiates).

(X) Conjuração Baiana (ou Conjuração dos

8)

na repressão aos revolucionários.

(X) A ajuda prestada pela Inglaterra à Espanha,

Baiana (ou Conjuração dos 8) na repressão aos revolucionários. (X) A ajuda prestada pela Inglaterra à
PB DE HISTÓRIA (tarde) 1/3 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 1º BIMESTRE/2010 / /

PB DE HISTÓRIA (tarde)

1/3
1/3

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

1º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

I - Orientações:

Preencha o cabeçalho de todas as páginas de sua

prova.

Verifique se o número de questões e a paginação estão corretos.

II - Atenção:

O aluno não poderá estar portando, durante a prova,

aparelho celular, bip ou outros objetos eletrônicos.

Esses deverão estar guardados, desligados, dentro das mochilas ou bolsas.

Se o espaço físico permitir, todo o material escolar deverá ser colocado perto do quadro-negro. Caso isso não seja possível, será colocado embaixo da carteira.

A prova deve ser feita com caneta esferográfica azul ou preta.

Não será aceito rasura nas questões objetivas.

A quadrícula do canto inferior direito é para uso do

professor e, no interior dela, serão colocados os pontos relativos aos acertos da página.

Não utilize qualquer corretivo e máquina de calcular.

Não peça material emprestado durante a prova.

Ao escrever, observe se sua letra está legível.

Faça a prova com calma, pensando bem antes de responder às questões. Boa Prova!

A Revolução Industrial aconteceu na Inglaterra

por diversos motivos. Entre os citados a seguir, escreva (F) para os motivos falsos ou (V) para os verdadeiros, nos parênteses à esquerda: (14)

1.

para os verdadeiros, nos parênteses à esquerda: (14) 1. Locomotiva a vapor ( ) A Revolução

Locomotiva a vapor

(

) A Revolução Industrial inglesa trouxe consigo um fardo de alterações na vida social, que foram imprescindíveis para o surgimento de problemas na sociedade da época.

(

) A Inglaterra foi pioneira porque os EUA não

tinham interesse imediato na Revolução Industrial, pois se tivesse ela teria ocorrido nos Estados Unidos, tendo em vista que este país é

o mais rico do mundo.

(

) Vários fatores podem ser considerado como influenciadores entre estes as riquezas que a Inglaterra conseguiu acumular com a exploração mercantilista.

(

) Ao longo dos séculos XVI, XVII e XVIII, houve o acúmulo de capitais em mãos da burguesia inglesa que possuía o anseio pela revolução.A aspiração desse segmento social contribuiu muito.

(

) A reserva de matérias-primas como carvão e ferro, que a Inglaterra possuía, não se constitui como fator decisivo para a revolução ter acontecido, e sim o fato deste país ter muitas máquinas movidas à eletricidade.

(

) Além de uma série de fatores importantes,a Inglaterra possuía mão de obra abundante e qualificada.

(

) O pioneirismo inglês se deve a vários fatores, como o acúmulo de capitais e grandes reservas de carvão. Com seu poderio naval, abre mercados na África, Índia e nas Américas para exportar produtos industrializados e importar matérias-primas.

2. Faça um breve comentário sobre as

condições de trabalho no início da Revolução

(10)

Industrial.

de trabalho no início da Revolução (10) Industrial. Interior de uma fábrica durante a Revolução Industrial

Interior de uma fábrica durante a Revolução Industrial na Inglaterra do séc. XVIII

da Revolução (10) Industrial. Interior de uma fábrica durante a Revolução Industrial na Inglaterra do séc.

PB DE HISTÓRIA - 8º Ano - Tarde / E - Ensino Fundamental - 1º Bimestre / 2010

ALUNO(A):

3. Baseando-se nos textos abaixo e nos estudos

sobre os temas abordados, dê o que se pede:

TEXTO A “O processo de colonização da América inglesa inicia-se bem mais tarde do que da América espanhola e portuguesa, mais de um século depois. A Inglaterra com suas questões internas colabora para que esse processo de colonização se atrase. O conflito religioso assumia aspectos nitidamente políticos, é um período conturbado na Inglaterra no final do século XVI e inicio do século XVII. Tudo isso colabora para o retardamento em relação ao espaço colonial. Em 1603, dá-se o inicio das tentativas de colonização, as colônias relativamente autônomas, que se localizavam na costa leste, que mais tarde será conhecido como Estados Unidos da América, inicialmente vai dar origem às chamadas Treze Colônias”.

1) Cite pelo menos uma questão interna da Inglaterra que tenha contribuído para o atraso no processo de colonização inglesa. (8)

2) Por que as colônias inglesas já possuíam certa

autonomia, quando a metrópole inglesa passou a se

interessar por elas?

(8)

3)

colônias inglesas.

Escreva uma causa da independência das

(8)

TURMA:

2/3
2/3

TEXTO B

vácuo do governo na Espanha causado

sucessivamente por Napoleão e o constitucionalismo espanhol, abriu a oportunidade para a classe dirigente latino-americana, constituída por crioulos dessem impulso e sustentassem o movimento, e a guerra pela independência como um meio de

preservar e reforçar o seu status, diminuindo o risco de ser perdido, mas sem procurar uma mudança, a menos que a estrutura social americana (permanencia de castas ou escravos, etc), nem uma diminuição no seu âmbito administrativo. A chamada “Pátria” foi a característica essencial do movimento e, finalmente, prevaleceu em todas as partes da América relativamente a outros movimentos de independência, como o fracasso de Tupac Amaru II e seus aliados no Peru foi também acompanhado

(Internet -

por uma verdadeira revolução social. ( adaptação)

)O (

)

Vocabulário:

Vácuo – não ocupado; não preenchido Constitucionalismo – sistema dos que pretendem seguir uma constituição.

1) Relacione a situação da metrópole espanhola com o processo anticolonialista na América. (8)

2) Em sua opinião a luta dos colonos foi em vão?

Ou seja; essa luta teve consequências importantes?

(8)

Explique.

(8) 2) Em sua opinião a luta dos colonos foi em vão? Ou seja; essa luta

PB DE HISTÓRIA - 8º Ano - Tarde / E - Ensino Fundamental - 1º Bimestre / 2010

ALUNO(A):

4. (FUVEST-Adaptação)

A alternativa que apresenta informação correta sobre o processo de independência da América

Espanhola é:

(7)

(

) O conjunto das lideranças independentistas defendia a instauração do regime monárquico constitucional.

(

) As elites crioulas lideraram os movimentos de independência nas colônias, objetivando liberdade de comércio e poder político.

(

) Os índios, negros ,chapetones e mestiços apoiaram os crioulos, formando uma frente contra o colonialismo espanhol.

(

)

A monarquia espanhola reagiu rapidamente às lutas de independência, enviando tropas numerosas e bem armadas a todas as colônias rebeladas.

5.

(FUVEST-Adaptação)

“Um comerciante está acostumado a empregar o seu dinheiro principalmente em projetos lucrativos, ao passo que um simples cavalheiro rural costuma empregar o seu em despesas. Um frequentemente vê seu dinheiro afastar-se e voltar às suas mãos com lucro; o outro, quando se separa do dinheiro, raramente espera vê-lo de novo. Esses hábitos diferentes afetam naturalmente os seus temperamentos e disposições em toda espécie de atividade. O comerciante é, em geral, um empreendedor audacioso; o cavalheiro rural, um tímido em seus empreendimentos ”

(Adam Smith, A Riqueza das Nações, Livro III, capítulo 4)

Neste pequeno trecho, Adam Smith: (7)

(

) mostra as vantagens do capitalismo comercial em face da estagnação medieval.

(

) critica a preocupação dos comerciantes com seus lucros e dos cavalheiros com a ostentação de riquezas.

(

) contrapõe lucro à renda, pois geram racionalidades e modos de vida distintos.

(

) expõe as causas da estagnação da agricultura no final do século XVIII.

6.

(UFMG) Assinale a alternativa que apresenta um

princípio filosófico do Século das Luzes.

(7)

TURMA:

3/3
3/3

7. “O capítulo “Conspiração” é uma descrição quase

em tom de romance, não fossem os vários e precisos dados apresentados pelo autor, da preparação de tentativa de revolução. Descrição física, detalhamento de horário, composição do cenário, números das dívidas. Tudo é descrito. E é nesse momento que aparece com força a tese do autor de que a Inconfidência foi movida única e exclusivamente por motivos pessoais, por homens que viam na proposta de um Estado independente a única solução para seus problemas bem menos nobres que uma preocupação ideológica de fundo nacionalista. O nacionalismo era sim exaltado, mas como veículo natural para uma revolução que buscava a independência. E o povo também era convocado por razões não menos óbvias como coloca o autor: A conspiração dos mineiros era, basicamente, um movimento de oligarcas e no interesse das oligarquias, sendo o nome do povo invocado apenas como justificativa”

(p.119/ Devassa da Devassa -K. Maxwell).

Retire do texto acima, o momento sobre a Conjuração Mineira, que mais caracteriza ser este um movimento de elite e não um movimento de

caráter popular.

(8)

8. Em 1992, completaram-

se 200 anos de morte de

Tiradentes. Preso e enfor-

cado, ele afirmou que “(

fato de ser alferes influiu para transformar-se em conspi- rador, levado a tanto que fui apenas pelas injustiças que sofri preterido sempre nas promoções e que tinha direito. Uni as minhas amarguras às do povo que eram maiores, e foi assim que a ideia de libertação tomou conta de mim.”

foi assim que a ideia de libertação tomou conta de mim.” ) o (Internet/Autos da Devassa)

) o

(Internet/Autos da Devassa)

(

) Crença na razão como fonte para a crítica social

A “ideia de libertação”, presente no movimento

e política

da Inconfidência Mineira, refere-se:

(7)

(

) Defesa do ideal monárquico para a garantia da

(

) Ao término do recrutamento militar obrigatório.

unidade política

(

) Ao fim do domínio dos grandes proprietários rurais.

(

) Ideia do direito divino dos reis para legitimar o

(

) À liquidação dos preconceitos raciais no Brasil.

absolutismo

(

) À decretação do fim da escravidão no Brasil.

(

) Ideia de indivisibilidade do Estado em poderes independentes.

(

) À emancipação do Brasil em relação ao domínio português.

indivisibilidade do Estado em poderes independentes. ( ) À emancipação do Brasil em relação ao domínio
PB DE HISTÓRIA (tarde - gabarito) 1/1 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 1º BIMESTRE/2010 /

PB DE HISTÓRIA (tarde - gabarito)

1/1
1/1

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

1º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

1.

2) A política inglesa em relação às suas colônias,

3) A mudança na política colonizadora inglesa; A

(V)

A Revolução Industrial inglesa trouxe consigo um

principalmente do norte e centro, não era rígida o

fardo de alterações na vida social, que foram imprescindíveis para o surgimento de problemas na sociedade da época.

suficiente para o controle das regiões.

(F)

A Inglaterra foi pioneira porque os EUA não tinham interesse imediato na Revolução

Vários fatores podem ser considerado como

Guerra dos Sete anos; a cobrança de mais impostos sobre as colônias

(V)

Industrial, pois se tivesse ela teria ocorrido nos Estados Unidos, tendo em vista que este país é o mais rico do mundo.

influenciadores entre estes as riquezas que a Inglaterra conseguiu acumular com a exploração mercantilista.

Texto B 1) A Espanha encontrava-se dominada pelo Império Napoleônico e assim enfraquecia sua dominação sobre as colônias.

(V)

Ao longo dos séculos XVI, XVII e XVIII, houve o acúmulo de capitais em mãos da burguesia inglesa que possuía o anseio pela revolução.A aspiração desse segmento social contribuiu muito.

2) Foi muito importante sim, a luta dos colonos. Esses movimentos deixaram raízes favorecendo todo o processo de independência. O resultado desses movimentos foi a concretização da libertação nacional, mais tarde (século XIX).

(F)

A reserva de matérias-primas como carvão e

4.

(X) As elites crioulas lideraram os movimentos

ferro, que a Inglaterra possuía, não se constitui como fator decisivo para a revolução ter acontecido, e sim o fato deste país ter muitas

de independência nas colônias, objetivando liberdade de comércio e poder político

máquinas movidas à eletricidade.

5.

(X) contrapõe lucro à renda, pois geram

(F)

Além de uma série de fatores importantes,a Inglaterra possuía mão de obra abundante e

racionalidades e modos de vida distintos.

qualificada.

6.

(X) Crença na razão como fonte para a crítica

(V)

O pioneirismo inglês se deve a vários fatores,

social e política

como o acúmulo de capitais e grandes reservas de carvão. Com seu poderio naval, abre

7.

“A conspiração dos mineiros era, basicamente,

mercados na África, Índia e nas Américas para exportar produtos industrializados e importar matérias-primas.

um movimento de oligarcas e no interesse das oligarquias, sendo o nome do povo invocado apenas como justificativa”

2.

Resposta Pessoal / obs. A partir da idéia de que,

8.

(X) À emancipação do Brasil em relação ao

os operários possuíam péssimas condições de trabalho e nenhum direito trabalhista. Mulheres e crianças eram muito exploradas e recebiam os menores salários.

domínio português.

3.

Texto A

1) A principal resposta encontra-se no próprio texto:

O conflito religioso assumia aspectos

nitidamente políticos, é um período conturbado na Inglaterra no final do século XVI e inicio do século XVII

aspectos nitidamente políticos, é um período conturbado na Inglaterra no final do século XVI e inicio
PB DE HISTÓRIA (manhã) 1/2 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 2º BIMESTRE/2010 / /

PB DE HISTÓRIA (manhã)

1/2
1/2

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

2º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

I - Orientações:

Preencha o cabeçalho de todas as páginas de sua prova.

Verifique se o número de questões e a paginação estão corretos.

II - Atenção:

O aluno não poderá estar portando, durante a prova,

aparelho celular, bip ou outros objetos eletrônicos. Esses deverão estar guardados, desligados, dentro das mochilas ou bolsas.

Se o espaço físico permitir, todo o material escolar

deverá ser colocado perto do quadro-negro. Caso isso não seja possível, será colocado embaixo da carteira.

A prova deve ser feita com caneta esferográfica azul ou preta.

Não será aceito rasura nas questões objetivas.

A quadrícula do canto inferior direito é para uso do

professor e, no interior dela, serão colocados os pontos relativos aos acertos da página.

Não utilize qualquer corretivo e máquina de calcular.

Não peça material emprestado durante a prova.

Ao escrever, observe se sua letra está legível.

Faça a prova com calma, pensando bem antes de responder às questões. Boa Prova!

1. O Congresso de Viena, concluído em 1815, após

a derrota de Napoleão Bonaparte, baseou-se em dois princípios políticos fundamentais.

Assinale a opção que apresenta corretamente

(8)

esses princípios:

a opção que apresenta corretamente (8) esses princípios: Nobres e reis “brincam” com Napoleão após sua

Nobres e reis “brincam” com Napoleão após sua derrota

(

) Liberalismo e equilíbrio europeu.

(

) Democracia e industrialismo.

(

) Socialismo e controle estatal.

(

) Legitimidade e equilíbrio de poder.

(

) Conservadorismo e tradicionalismo .

2. É uma ideologia que se sobrepôs a várias outras

e resultou na reunião de várias comunidades distintas

e existentes em um determinado território. Sua difusão provocou a imposição de uma única língua, cultura e tradição a essas diferentes comunidades. Foi utilizado para isso desde a literatura até o poder de fogo dos exércitos. Essa ideologia tornou-se então a principal justificativa para a existência de um Estado independente.

O conceito acima se refere ao: (8)

(

) Comunismo

(

) Socialismo

(

) Anarquismo

(

) Nacionalismo

3.

Até hoje se sonha com uma sociedade perfeita,

justa e harmoniosa – utópica. No século XIX, o

Romantismo produziu muitas utopias, que influenciaram duas correntes ideológicas diferentes:

o socialismo e o nacionalismo. A partir de 1848, tais idéias passaram para o campo concreto das lutas sociais na Europa.

Cite a denominação dada aos movimentos que exemplificam essa nova onde revolucionária e popular da Europa, no período citado. (8)

4. No início do século XIX, François-Charles

Fourier, Robert Owen e outros propuseram reformas, para atenuar os males causados pelo fortalecimento da ordem burguesa sobre os operários e para distribuir melhor a riqueza. Como esperassem medidas humanitárias dos governos burgueses, Karl

(8)

Marx chamou-os de:

(

) social-democratas

(

) socialistas utópicos

(

) sindicalistas radicais

(

) anarquistas românticos.

) social-democratas ( ) socialistas utópicos ( ) sindicalistas radicais ( ) anarquistas românticos.

PB DE HISTÓRIA - 8º Ano / E - Manhã - Ensino Fundamental - 2º Bimestre / 2010

ALUNO(A):

5. (VUNESP/Modificada)

a) Assinale a alternativa incorreta sobre o Mundo

Contemporâneo:

(8)

(

) A queda de Napoleão (1815) acarretou a reação absolutista na Europa, corporificada no Congresso de Viena.

(

) A Santa Aliança foi um pacto conservador de oposição aos movimentos liberais.

(

) A Unificação Italiana, liderada pelo Reino da Prússia, foi prontamente reconhecida pela Igreja Católica.

(

) A imposição de José Bonaparte como rei da Espanha provocou uma insurreição que repercutiu na América.

b)

Faça a devida correção da opção assinalada

nas linhas abaixo:

(10)

6. No século XIX, vários Estados da Europa Ocidental

passaram

transformações políticas e sociais relacionadas com o ideal liberal.

(10)

de

por

um

intenso

processo

Caracterize o liberalismo.

7. A unificação da Alemanha (1870 - 1871) foi

justificada por um forte ideal nacionalista. Identifique pelo menos uma das conseqüências desse

movimento.

(10)

TURMA:

2/2
2/2

8. Faça a associação entre os conceitos e os seus

(10)

significados:

(A)

meios de produção.

(B)

mais valia.

(C)

modos de produção.

(D)

o capitalismo.

(

) significam o objeto de trabalho, como a terra e os instrumentos como as máquinas e as empresas, entre outros.

(

) significam as formas de organizações sócio- econômicas que caracterizam o trabalho na história.

(

) significa a diferença entre o valor do trabalho e o valor do salário, representando o capital acumulado.

(

) representa o sistema de trabalho que cria riquezas, fortalecendo a identidade burguesa.

9.

O Cartismo, movimento operário que surgiu na

déca-da de 1830 foi resumido na Carta do Povo. Tal documento foi assinado por um milhão de ingleses. O que reivindicava esse movimento? (10)

10. Escolha um dos conceitos a seguir e defina

corretamente, com as suas próprias palavras: (10)

Ludismo – Sindicalismo – Comunismo
Ludismo – Sindicalismo – Comunismo
PB DE HISTÓRIA (manhã - gabarito) 1/1 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 2º BIMESTRE/2010 /

PB DE HISTÓRIA (manhã - gabarito)

1/1
1/1

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

2º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

1.

(X) Legitimidade e equilíbrio de poder.

9.

Reivindicava benefícios trabalhistas e eleitorais.

2.

(X) Nacionalismo

10.

3.

Primavera dos Povos

Ludismo – movimento operário (1810) que se organizou a fim de invadir fábricas e quebrar

4.

(X) socialistas utópicos

máquinas por considerá-las “substitutas” da mão de obra operária, provocando o desemprego de muitos.

5.

Sindicalismo - Defesa da união de associações de

a)

(X) A Unificação Italiana, liderada pelo Reino da

trabalhadores em favor dos interesses gerais.

Prússia, foi prontamente reconhecida pela Igreja

Católica.

b) A Unificação Italiana, liderada pelo Reino de

Piemonte-Sardenha, resultou em conflitos com a Igreja Católica, quando o Papa era Pio IX.

OBS. O (a) aluno (a) poderá complementar a resposta, dizendo que esse conflito, ou seja; a Questão Romana, só foi solucionada com o Tratado de Latrão em 1929.

6. Conjunto de idéias que defendem o limite do

poder dos governantes por meios de constituições e a garantia às liberdades individuais. O liberalismo foi o alicerce do Estado-Nação, orientando a sua organização.

7. A ruptura do equilíbrio europeu; o revanchismo

francês; a revolução industrial alemã e a “Política de Alianças”.

8.

(A)

significam o objeto de trabalho, como a terra e os instrumentos como as máquinas e as empresas, entre outros.

(C)

significam as formas de organizações sócio- econômicas que caracterizam o trabalho na história.

(B)

significa a diferença entre o valor do trabalho e o valor do salário, representando o capital acumulado.

(D)

representa o sistema de trabalho que cria riquezas, fortalecendo a identidade burguesa.

Comunismo – Ideologia que defende a construção de uma sociedade igualitária, sem propriedade privada na qual cada um participaria conforme sua capacidade receberia conforme sua necessidade.

sem propriedade privada na qual cada um participaria conforme sua capacidade receberia conforme sua necessidade.
PB DE HISTÓRIA (tarde) 1/2 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 2º BIMESTRE/2010 / /

PB DE HISTÓRIA (tarde)

1/2
1/2

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

2º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

I - Orientações:

Preencha o cabeçalho de todas as páginas de sua prova.

Verifique se o número de questões e a paginação estão corretos.

II - Atenção:

O aluno não poderá estar portando, durante a prova,

aparelho celular, bip ou outros objetos eletrônicos. Esses deverão estar guardados, desligados, dentro das mochilas ou bolsas.

Se o espaço físico permitir, todo o material escolar

deverá ser colocado perto do quadro-negro. Caso isso não seja possível, será colocado embaixo da carteira.

A prova deve ser feita com caneta esferográfica azul ou preta.

Não será aceito rasura nas questões objetivas.

A quadrícula do canto inferior direito é para uso do

professor e, no interior dela, serão colocados os pontos relativos aos acertos da página.

Não utilize qualquer corretivo e máquina de calcular.

Não peça material emprestado durante a prova.

Ao escrever, observe se sua letra está legível.

Faça a prova com calma, pensando bem antes de responder às questões. Boa Prova!

1. (UFRJ) Durante o Congresso de Viena, estabeleceram- se as bases políticas e jurídicas para uma nova ordenação da Europa, destinada a durar cerca de um século redondo. O resultado dos pactos inaugurou uma época na qual os conflitos externos foram poucos; por outro lado, aumentaram as guerras civis e a “revolução” se fez incessante.

(R.Koselleck)

Entre os objetivos e as decisões do Congresso

(8)

de Viena, podemos assinalar:

(

) a discussão das indenizações de guerra e a aprovação do Decreto de Berlim.

(

) o Princípio do Equilíbrio de Poder e o Princípio da Legitimidade.

(

) o reconhecimento da independência das colônias e a extinção da Santa Aliança.

(

) o impedimento ao trono das antigas dinastias e o apoio às novas Repúblicas Americanas.

(

) o apoio incondicional da Inglaterra aos objetivos da Santa Aliança.

2. Conjunto de propostas políticas voltadas à conquista de uma sociedade, em geral, sem propriedade privada. Trata-se das principais ideologias que se opõem ao liberalismo. Ganhou

força com as obras de Karl Max e Friedrich Engels. Eles elaboraram as idéias (marxismo) que mais influenciaram as sociedades atuais. Pregavam um processo revolucionário, capaz de construir uma sociedade sem classes e sem propriedade privada, na qual cada um participaria com sua capacidade e receberia conforme sua necessidade. Tal conceito

(8)

refere-se à ideologia:

sua necessidade. Tal conceito (8) refere-se à ideologia: Marx e Engels ( ) Nacionalista ( )

Marx e Engels

(

) Nacionalista

(

) Fascista

(

) Anarquista

(

) Comunista

3.

Até hoje se sonha com uma sociedade perfeita,

justa e harmoniosa – utópica. No século XIX, o Romantismo produziu muitas utopias, que influenciaram duas correntes ideológicas diferentes:

o socialismo e o nacionalismo. A partir de 1848, tais idéias passaram para o campo concreto das lutas sociais na Europa. Nas novas áreas de domínio colonial, o nascente nacionalismo assumiu o caráter de luta contra a exploração e a presença estrangeira. Cite um dos movimentos que exemplifica o nacionalismo na Europa. (8)

contra a exploração e a presença estrangeira. Cite um dos movimentos que exemplifica o nacionalismo na

PB DE HISTÓRIA - 8º Ano / E - Tarde - Ensino Fundamental - 2º Bimestre / 2010

ALUNO(A):

4. A Europa da primeira metade do século XIX foi sacudida por significativos movimentos revolucionários.

TURMA:

2/2
2/2

7. Faça a associação entre os conceitos e os seus

significados:

(A) Mais valia

(10)

Qual das alternativas abaixo expressa melhor

(B)

Meios de produção

o significado mais geral desse processo

(C)

Proletariado

revolucionário?

(8)

(D)

Cooperativa

(

) Revoluções de caráter exclusivamente liberal.

(

) Revoluções de caráter exclusivamente nacional.

(

) Luta entre monarquistas e republicanos.

(

) Luta entre os partidários do Antigo Regime e os adeptos da nova sociedade capitalista burguesa.

5. (VUNESP/Modificada) a) Assinale a alternativa incorreta sobre o Mundo

(8)

Contemporâneo:

(

) A Unificação Alemã, realizada por Bismarck, deu origem a uma questão solucionada pelo Tratado de Latrão (1929), que criou o Estado do Vaticano.

(

) A queda de Napoleão (1815) acarretou a reação absolutista na Europa, corporificada no Congresso de Viena.

(

) A Santa Aliança foi um pacto conservador de oposição aos movimentos liberais.

(

) A imposição de José Bonaparte como rei da Espanha provocou uma insurreição que repercutiu na América.

b)

Faça a devida correção da opção assinalada

nas linhas abaixo:

(10)

6. Escolha um dos conceitos a seguir e defina corretamente, com as suas próprias palavras: (10)

Cartismo – Sindicalismo – Nacionalismo
Cartismo – Sindicalismo – Nacionalismo

(

) Recursos de trabalho incluindo os instrumentos e os objetos de trabalho.

(

) Associação de produtores ou consumidores, gerenciada em proveito dos sócios.

(

) A diferença entre o valor do que o trabalhador produz e o que ele recebe como pagamento pelo trabalho.

(

) Grupo de pessoas que vivem do seu baixo salário. Também denominado operariado, são em especial, aqueles trabalhadores das fábricas, que exercem trabalho manual ou mecânico.

8. “A gota d’água que provocou os movimentos de 1848 podia ser percebida na Europa havia alguns

anos: uma grave crise econômica tornava drástica

a situação das populações pobres”. Assim,

percebemos a eclosão dos movimentos europeus do ano de 1848.

a) O que mais contribuiu para a derrota desses

(10)

movimentos?

b) Mesmo sem muito sucesso, podemos dizer que

a classe trabalhadora passa a possuir certo destaque

(10)

na História. Você concorda? Explique.

9. O Ludismo, movimento operário que surgiu na

Inglaterra do século XIX, se caracterizou pela reação

às tecnologias industriais.

(10)

Explique a afirmação acima.

Inglaterra do século XIX, se caracterizou pela reação às tecnologias industriais. (10) Explique a afirmação acima.
PB DE HISTÓRIA (tarde - gabarito) 1/1 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 2º BIMESTRE/2010 /

PB DE HISTÓRIA (tarde - gabarito)

1/1
1/1

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

2º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

1.

(X) o Princípio do Equilíbrio de Poder e o Princípio

7.

da Legitimidade.

(B)

Recursos de trabalho incluindo os instrumentos e os objetos de trabalho.

2.

(X) Comunista

(D)

Associação de produtores ou consumidores, gerenciada em proveito dos sócios.

3.

A

Unificação Alemã, a Unificação italiana

(A)

A diferença entre o valor do que o trabalhador

4.

(X) Luta entre os partidários do Antigo Regime e

produz e o que ele recebe como pagamento pelo trabalho.

os adeptos da nova sociedade capitalista burguesa.

(C)

Grupo de pessoas que vivem do seu baixo

5.

salário. Também denominado operariado, são em especial, aqueles trabalhadores das fábricas,

a)

(X) A Unificação Alemã, realizada por Bismarck,

 

que exercem trabalho manual ou mecânico.

deu origem a uma questão solucionada pelo Tratado de Latrão (1929), que criou o Estado do Vaticano.

8.

a)

A radicalização dos movimentos assustou a

b) Propostas de correção:

A Unificação Alemã, realizada por Bismarck, foi

consolidada na Guerra Franco- Prussiana em 1870

Ou

(

)

foi solucionada com o Tratado de

Frankfurt, fundando o Império Alemão / II Reich.

Ou ainda:

A Unificação Italiana, realizada entre outros, por

Garibaldi, deu origem a uma questão solucionada pelo Tratado de Latrão em 1929, que criou o Estado do Vaticano.

6.

Sindicalismo - Defesa da união de associações de

trabalhadores em favor dos interesses gerais.

Cartismo - movimento operário que surgiu na década de 1830 foi resumido na Carta do Povo. Tal documento foi assinado por um milhão de ingleses. Reivindicava benefícios trabalhistas e eleitorais.

Nacionalismo - É uma ideologia que resultou na

reunião de várias comunidades distintas e existentes em um determinado território. Sua difusão provocou

a imposição de uma única língua, cultura e tradição

a essas diferentes comunidades. Foi utilizado para

isso desde a literatura até o poder de fogo dos exércitos. Essa ideologia tornou-se então a principal justificativa para a existência de um Estado independente.

burguesia e as camadas médias que se sentindo ameaçadas pelas idéias socialistas que se firmavam, acabaram por se posicionar contra os movimentos. Sozinhos, os trabalhadores não resistiram à reação das elites.

b) Sim. Apesar da derrota, os trabalhadores saíram

dessas experiências conscientes de que a união seria o único meio de conquistas para a classe.

9. Os ludistas ou quebradores de máquinas organizaram-se a fim de invadir fábricas e quebrar máquinas por considerá-las “substitutas” da mão de obra operária, provocando o desemprego de muitos.

e quebrar máquinas por considerá-las “substitutas” da mão de obra operária, provocando o desemprego de muitos.
PB DE HISTÓRIA (manhã) 1/2 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 3º BIMESTRE/2010 / /

PB DE HISTÓRIA (manhã)

1/2
1/2

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

3º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

I - Orientações:

Preencha o cabeçalho de todas as páginas de sua prova.

Verifique se o número de questões e a paginação estão corretos.

II - Atenção:

O aluno não poderá estar portando, durante a prova,

aparelho celular, bip ou outros objetos eletrônicos. Esses deverão estar guardados, desligados, dentro das mochilas ou bolsas.

Se o espaço físico permitir, todo o material escolar

deverá ser colocado perto do quadro-negro. Caso isso não seja possível, será colocado embaixo da carteira.

A prova deve ser feita com caneta esferográfica azul

ou preta.

Não será aceito rasura nas questões objetivas.

A quadrícula do canto inferior direito é para uso do

professor e, no interior dela, serão colocados os pontos relativos aos acertos da página.

Não utilize qualquer corretivo e máquina de calcular.

Não peça material emprestado durante a prova.

Ao escrever, observe se sua letra está legível.

Faça a prova com calma, pensando bem antes de responder às questões. Boa Prova!

1. Observe que cada caricatura ao redor do continente africano (século XIX), na figura abaixo, se refere a um país europeu (Portugal, Espanha, Itália, França, Bélgica,Alemanha, Holanda, Grã-Bretanha). Que fato histórico é representado na figura? (10)

Portugal Itália Holanda
Portugal
Itália
Holanda

Espanha

França

Alemanha

Bélgica

Grã-Bretanha

2. Entre 1808 e 1810 dois importantes tratados

foram assinados pelo Príncipe Regente, D João:Tratado da Abertura dos Portos em 1808 e Tratado de 1810 com a Inglaterra.

a) Escreva pelo menos um aspecto no Tratado

de Comércio, Aliança e Amizade assinado em 1810

que beneficiava a Inglaterra.

(10)

b) Relacione o Tratado de Abertura dos Portos com

(10)

o processo de independência do Brasil.

3. “O hispano-americanismo principia como uma

justificação da independência, mas se transforma quase imediatamente num projeto: a América é menos uma tradição a seguir que um futuro a realizar. Projeto e sonho são inseparáveis do pensamento hispano-americano, desde o final do século XVIII até nossos dias”.

(Texto adaptado/Paz, Octavio)

Sobre o processo de independência na América

(5)

espanhola, é correto afirmar:

(

) A iniciativa de Simon Bolívar, tinha como objetivo

a

criação de uma confederação pan-americana

e

contava com a simpatia britânica.

(

) A luta pela independência visava à libertação dos criollos da tutela do domínio metropolitano, possibilitando assim a modificação da estrutura social e econômica das colônias.

(

) As guerras de independência, inicialmente lideradas pelas elites nativas, ganharam força com a participação de índios e escravos que concretizaram a emancipação do domínio espanhol.

(

) Bolívar, chamado de o “libertador”, era um político conservador, defensor de uma monarquia pan- americana.

era um político conservador, defensor de uma monarquia pan- americana. prova.pb.historia.8ano.manha.especial.3bim-CA

prova.pb.historia.8ano.manha.especial.3bim-CA

PB DE HISTÓRIA - 8º Ano / E - Manhã - Ensino Fundamental - 3º Bimestre / 2010

ALUNO(A):

4. Em 1831 D. Pedro I declara a sua renúncia do

trono brasileiro, em favor de seu filho Pedro de Alcântara. a)Identifique uma causa externa para a abdicação

do imperador.

(10)

b)

O que a constituição determinava neste caso?(10)

5.

A abdicação do imperador D. Pedro I

dos diferentes

problemas que caracterizam o Primeiro Reinado,a

representou a culminância

exemplo do(a):

(5)

(

) confronto entre políticos liberais e o governo centralizado e com tendências autoritárias do Imperador.

(

) apoio inglês à política platina do Império.

(

) conflito entre os interesses dos produtores tradicionais de açúcar e os novos mineradores.

(

) crescente participação popular nas manifestações políticas favorecidas pela abolição dos escravos.

6.

A industrialização acelerada de diversos países,

ao longo do século XIX, alterou o equilíbrio e a dinâmica das relações internacionais. Com a Segunda Revolução Industrial surgiu o imperialismo. O que pretendiam esses países? (10)

surgiu o imperialismo. O que pretendiam esses países? (10) 7. A seguir encontra-se uma afirmativa errada.

7. A seguir encontra-se uma afirmativa errada.

TURMA:

2/2
2/2

a)

Assinale-a com um (X).

(5)

(

) A concretização da emancipação política do Brasil, em 1822, foi seguida de acordos entre os diversos setores da sociedade, em torno do projeto constitucional, que culminou na votação democrática da Constituição, pelo Imperador D. Pedro I. O Poder Moderador limitava o poder do Imperador, já que havia equilíbrio dos poderes.

(

) No início do século XIX, a independência da América Espanhola ocorreu num contexto político internacional marcado por fatos.Dentre os fatos que favoreceram o processo podemos apontar as guerras napoleônicas.

(

) O Haiti foi o segundo país a proclamar a independência na América.O seu processo de independência teve uma característica bastante diferente do restante da América já que foi liderado por escravos.Mesmo vivenciando diversos problemas, a notícia da independência no Haiti inspirou a revolta de escravos em diferentes regiões do continente americano

b)

Faça a devida correção:

(8)

8. “Em 1824, na província de Pernambuco é proclamada a Confederação do Equador. O movimento contra a monarquia, contou com a adesão de outras províncias nordestinas”.

a) Identifique duas das províncias que se uniram a

(7)

Pernambuco nesse movimento.

b) Qual a relação que pode ser feita entre o

enfraquecimento de D. Pedro I e a Confederação do

(10)

Equador?

entre o enfraquecimento de D. Pedro I e a Confederação do (10) Equador? prova.pb.historia.8ano.manha.especial.3bim-CA

prova.pb.historia.8ano.manha.especial.3bim-CA

PB DE HISTÓRIA (manhã - gabarito) 1/1 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 3º BIMESTRE/2010 /

PB DE HISTÓRIA (manhã - gabarito)

1/1
1/1

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

3º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

1. A Partilha da África.

OBS. Podemos aceitar também, o Neocolonialismo ou Imperialismo Europeu na África.

2.

a)

Os cidadãos ingleses podiam professar sua fé

anglicana livremente no Brasil; Não podiam, caso fossem acusados de crimes, ser julgados por um tribunal que não fosse inglês. O Tratado de Comércio concedia aos produtos ingleses importados uma alíquota de 15%, enquanto produtos provenientes de Portugal eram taxados em 16% e de outros países em 24%.

b) Esse tratado deu à colônia a liberdade de fazer

comércio com outras nações, desde que essas nações fossem aliadas de Portugal. Essa liberdade comercial põe fim ao Pacto Colonial, o que favoreceu o processo de independência. Assim, esta foi a principal conseqüência desse tratado.

3. (X) A luta pela independência visava à libertação

dos criollos da tutela do domínio metropolitano,

possibilitando assim a modificação da estrutura social e econômica das colônias.

4.

a)

A questão sucessória em Portugal; a Guerra da

Cisplatina,

b) A Constituição determinava que o Brasil deveria

ser governado por uma regência composta de três membros escolhidos pelo voto censitário.

5. (X) confronto entre políticos liberais e o governo

centralizado e com tendências autoritárias do Imperador.

6. Busca de novos mercados consumidores para

as manufaturas e os capitais excedentes dos países industrializados.

7.

a)

(X) A concretização da emancipação política do

Brasil, em 1822, foi seguida de acordos entre os diversos setores da sociedade, em torno do projeto constitucional, que culminou na votação democrática da Constituição, pelo Imperador D. Pedro I. O Poder Moderador limitava o poder do Imperador, já que havia equilíbrio dos poderes.

b) Correção: O aluno poderá reescrever de forma

pessoal, desde que coloque as discordâncias entre os setores sociais em torno do projeto constitucional, que a constituição foi outorgada e que o poder moderador dava amplos poderes ao Imperador e assim, não havia equilíbrio dos poderes.

8.

a)

Rio Grande do Norte, Ceará, Paraíba e Piauí

b)

A repressão à Confederação do Equador pode

ser apontada como uma das causas da abdicação de D. Pedro I.

pode ser apontada como uma das causas da abdicação de D. Pedro I. gab.prova.pb.historia.8ano.manha.especial.3bim-CA

gab.prova.pb.historia.8ano.manha.especial.3bim-CA

PB DE HISTÓRIA (tarde) 1/2 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 3º BIMESTRE/2010 / /

PB DE HISTÓRIA (tarde)

1/2
1/2

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

3º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

I - Orientações:

Preencha o cabeçalho de todas as páginas de sua

prova.

Verifique se o número de questões e a paginação estão corretos.

II - Atenção:

O aluno não poderá estar portando, durante a prova,

aparelho celular, bip ou outros objetos eletrônicos.

Esses deverão estar guardados, desligados, dentro das mochilas ou bolsas.

Se o espaço físico permitir, todo o material escolar deverá ser colocado perto do quadro-negro. Caso isso não seja possível, será colocado embaixo da carteira.

A prova deve ser feita com caneta esferográfica azul

ou preta.

Não será aceito rasura nas questões objetivas.

A quadrícula do canto inferior direito é para uso do

professor e, no interior dela, serão colocados os pontos relativos aos acertos da página.

Não utilize qualquer corretivo e máquina de calcular.

Não peça material emprestado durante a prova.

Ao escrever, observe se sua letra está legível.

Faça a prova com calma, pensando bem antes de responder às questões. Boa Prova!

1.

(PUC/RIO-Adaptação) A expansão neocolonialista do século XIX foi

(6)

acelerada, essencialmente:

do século XIX foi (6) acelerada, essencialmente: ( ) pela disputa de mercados consumidores para produtos

(

) pela disputa de mercados consumidores para produtos industrializados e de investimentos de capitais para novos projetos, além da busca de matérias-primas.

(

) pelo crescimento incontrolado da população européia, gerando a necessidade de migração para África , Ásia e América.

(

) pela necessidade de negar a superioridade da cultura européia pelo mundo.

(

) pelo desenvolvimento do capitalismo comercial e das práticas do mercantilismo.

(

) pela distribuição igualitária dos monopólios de capitais e pela diminuição da produção industrial.

2. Observe que cada caricatura ao redor do

continente africano (século XIX), na figura abaixo, se refere a um país europeu (Portugal, Espanha, Itália, França, Bélgica,Alemanha, Holanda, Grã-Bretanha).

Portugal Itália Holanda
Portugal
Itália
Holanda

Espanha

França

Bélgica

Alemanha

Grã-Bretanha

A figura nos remete a qual fato, dentro do

(10)

processo histórico?

3. Comparando-se o processo de independência

das colônias da América espanhola com o do Brasil, no início do século XIX, é correto afirmar que: (6)

(

) em ambos, a ideologia predominante foi o liberalismo, que influenciou a organização dos novos Estados sob governos republicanos com três poderes.

(

) no primeiro, os 'criollos' conduziram a emancipação política, mas no segundo, as camadas médias conseguiram controlar o aparelho de Estado.

(

) em ambos, o domínio econômico das respectivas metrópoles foi encerrado e desenvolveu-se o caudilhismo, forma de dominação local das elites de origem nativa.

(

) no primeiro, ocorreu a fragmentação do território em vários países, já o Brasil manteve-se politicamente unido e governado pelo herdeiro português.

Brasil manteve-se politicamente unido e governado pelo herdeiro português. prova.pb.historia.8ano.tarde.especial.3bim-CA

prova.pb.historia.8ano.tarde.especial.3bim-CA

PB DE HISTÓRIA - 8º Ano / E - Tarde - Ensino Fundamental - 3º Bimestre / 2010

ALUNO(A):

4. "A cidade do Rio de Janeiro provocou grande

impacto na família real portuguesa assim que eles desembarcaram no porto da cidade. A cidade do Rio de Janeiro apresentava uma precária infra-estrutura. A ausência de atividades de lazer as quais os nobres europeus estavam habituados, como ir ao teatro e passeios em jardins, por exemplo, eram costumes desconhecidos dos moradores da cidade".

Escreva duas mudanças pelas quais passou a cidade durante a permanência da Família Real. (10)

5. A seguir, encontram-se duas afirmativas

corretas sobre o processo de independência na América. Explique cada uma com as suas próprias palavras.

a) Interessava muito a Inglaterra apoiar os

movimentos de independência das colônias luso-

espanholas (ibéricas).

(10)

b) A independência do Haiti se fez por caminhos

diferentes das colônias espanholas da América. (10)

6. Entre 1808 e 1810 importantes tratados foram assinados pelo Príncipe Regente, D João. Sobre esses tratados, responda:

a) Qual foi a principal conseqüência do Tratado de

Abertura dos Portos assinado em 1808?

(10)

b) Qual o país que assinou com D. João os

Tratados de 1810?

(5)

TURMA:

2/2
2/2

7. Uma das afirmativas citadas abaixo está errada.

a) Assinale-a com um (X).

(5)

(

) A Confederação do Equador, movimento revolucionário pernambucano, criticou o centralismo político imposto pela Constituição de 1824 e pretendia reunir as províncias do Nordeste num governo republicano.

(

) Já que a situação na Europa, era de muito equilíbrio político,não existiu nenhum fato que justificasse a transferência da Corte Portuguesa para o Brasil na primeira década do século XIX.

(

) Simon Bolívar, um dos líderes da Independência da América espanhola defendia a liberdade e independência das nações colonizadas pelas potências da época.Ele queria que a América Latina se unisse para se desenvolver e libertar- se da opressão das potências européias da época.

b)

Faça a devida correção.

(8)

8.

Em 1831 D. Pedro I declara a sua renúncia do

trono brasileiro, em favor de seu filho Pedro de

Alcântara.

a) Identifique uma causa interna para a abdicação

do imperador.

(10)

b) Como que ficou a situação político-administrativa

do Brasil depois desse fato?

(10)

a situação político-administrativa do Brasil depois desse fato? (10) prova.pb.historia.8ano.tarde.especial.3bim-CA

prova.pb.historia.8ano.tarde.especial.3bim-CA

PB DE HISTÓRIA (tarde - gabarito) 1/1 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 3º BIMESTRE/2010 /

PB DE HISTÓRIA (tarde - gabarito)

1/1
1/1

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

3º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

1.

(X) pela disputa de mercados consumidores para

7.

produtos industrializados e de investimentos de

a)

(X) Já que a situação na Europa, era de muito

capitais para

matérias-primas.

novos projetos, além da busca de

equilíbrio político, não existiu nenhum fato que justificasse a transferência da Corte Portuguesa para o Brasil na primeira década do século XIX.

2.

A figura nos remete a Partilha da África,no século

XIX.

OBS. Podemos aceitar também, o Neocolonialismo ou Imperialismo Europeu na África.

Correção: A transferência da Corte portuguesa

está relacionada ao bloqueio Continental imposto por Napoleão Bonaparte à Inglaterra e a situação de submissão de Portugal a economia britânica.

b)

3. (X) no primeiro, ocorreu a fragmentação do

8.

território em vários países, já o Brasil manteve-se

a)

O autoritarismo do Imperador D. Pedro I; a

politicamente unido e governado pelo herdeiro

outorga da Constituição de 1824; a crise econômica

português.

4. A presença da corte portuguesa na cidade

provoca uma grande melhoria na infra-estrutura, o Príncipe Regente determina a criação da academia real de Belas Artes, do Teatro Real, da Imprensa Régia, de escolas de medicina, do Banco do Brasil e da Casa da Moeda; do Jardim Botânico e etc.

5.

a)

A Necessidade de assegurar novos mercados

para seus produtos.

b) O Haiti foi o segundo país a proclamar a

independência na América.O seu processo de independência teve uma característica bastante diferente do restante da América pois radicalizou, já que foi liderado por escravos e observou-se o desaparecimento das elites coloniais de origem européia e foi abolida a escravidão, com governos nas mãos de descendentes de escravos africanos.

6 .

a)

Esse tratado deu à colônia a liberdade de fazer

comércio com outras nações, desde que essas nações fossem aliadas de Portugal. Essa liberdade comercial põe fim ao Pacto Colonial, sendo esta a principal conseqüência desse tratado.

b) Foi a Inglaterra.

dentro do Brasil; a Confederação do Equador;

b) Ficou muito instável, já que pela Constituição o

herdeiro deveria assumir o trono, porém, como era menor de idade, a Constituição determinava nesse caso, um governo de regentes.Tem início um período bastante conturbado: O Período Regencial.

início um período bastante conturbado: O Período Regencial. gab.prova.pb.historia.8ano.tarde.especial.3bim-CA

gab.prova.pb.historia.8ano.tarde.especial.3bim-CA

PB DE HISTÓRIA (manhã) 1/2 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 4º BIMESTRE/2010 / /

PB DE HISTÓRIA (manhã)

1/2
1/2

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

4º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

I - Orientações:

Preencha o cabeçalho de todas as páginas de sua prova.

Verifique se o número de questões e a paginação estão corretos.

II - Atenção:

O aluno não poderá estar portando, durante a prova,

aparelho celular, bip ou outros objetos eletrônicos.

Esses deverão estar guardados, desligados, dentro das mochilas ou bolsas.

Se o espaço físico permitir, todo o material escolar deverá ser colocado perto do quadro-negro. Caso isso não seja possível, será colocado embaixo da carteira.

A prova deve ser feita com caneta esferográfica azul ou preta.

Não será aceito rasura nas questões objetivas.

A quadrícula do canto inferior direito é para uso do

professor e, no interior dela, serão colocados os pontos relativos aos acertos da página.

Não utilize qualquer corretivo e máquina de calcular.

Não peça material emprestado durante a prova.

Ao escrever, observe se sua letra está legível.

Faça a prova com calma, pensando bem antes de responder às questões. Boa Prova!

1. As diferenças de interesses existentes entre as

elites do sul agrário e as do norte industrial foram as causas da guerra civil norte-americana, entre 1861 e 1865.

a) Qual a denominação dada a essa guerra civil? (8)

b) Cite pelo menos um dos fatores que

caracterizavam o sul agrário, a ponto de ter criado divergências com o norte industrial, causando a

(10)

guerra.

2. No contexto da independência das colônias

latino-americanas o governo norte- americano declarou em 1823 a Doutrina Monroe. Qual era a proposta dessa medida? (10)

3. (UERJ/Adaptação)

Na ilustração abaixo, o imperador Pedro II está recebendo buquês de camélias. Segundo Eduardo Silva, essa flor é vista como um emblema do movimento abolicionista radical, que reivindicava o fim da escravidão de forma imediata e incondicional.

o fim da escravidão de forma imediata e incondicional. a) Cite e explique uma das leis

a) Cite e explique uma das leis do governo imperial,

anteriores à “Lei Áurea”, que tenham contribuído para a libertação dos escravos no Brasil. (10)

b) Apesar da abolição da escravidão em 1888, o

escritor Lima Barreto comentava, em 1919: “ninguém quer ser negro no Brasil”. Indique um motivo que confirme o comentário do autor. (10)

comentava, em 1919: “ninguém quer ser negro no Brasil”. Indique um motivo que confirme o comentário

PB DE HISTÓRIA - 8º Ano / E - Manhã - Ensino Fundamental - 4º Bimestre / 2010

ALUNO(A):

4. Após a expansão para oeste e desenvolvendo

de maneira integrada todos os setores de produção, os Estados Unidos puderam, em fins do século XIX, atingir uma etapa avançada do desenvolvimento capitalista: o imperialismo.

Dentro da política imperialista, explique a questão

do Canal do Panamá, já no século XX.

(10)

5. A queda da monarquia brasileira está relacionada

às mudanças estruturais que ocorreram no Brasil ao longo do século XIX. Cite e explique um dos fatos que favoreceram a queda de D. Pedro II. (10)

6. Das opções que se seguem, assinale aquela que

se refere às consequências da Guerra Civil

Americana ocorrida entre 1861 e 1865. (8)

(

) Significou o triunfo de um modelo econômico baseado na atividade industrial, na mão de obra livre e no incentivo ao mercado interno, com a vitória do norte.

(

) Contribuiu para a expansão territorial dos Estados Unidos.

(

) A vitória do sul significou o sucesso dos altos impostos para as importações.

(

) Incentivou muito mais o trabalho escravo.

7.

Marque com um (X) a única alternativa que não

caracteriza motivos para a chamada marcha para o oeste norte americano, no século XIX: (8)

(

) A escassez de terras na faixa atlântica;

(

) A possibilidade de as famílias de colonos tornarem-se proprietárias, o que também atraiu imigrantes europeus;

(

) A necessidade do Norte, em incentivar a industrialização, de conseguir matérias-primas e alimentos;

(

) A preocupação de se criar reservas indígenas, para preservar a cultura nativa.

TURMA:

2/2
2/2

8. (FESP) Assinale a alternativa que não contém uma

característica referente ao período do Segundo

(8)

Reinado (1845 - 1889):

(

) fim do tráfico negreiro;

(

) elaboração da primeira Constituição brasileira;

(

) domínio do café no quadro das exportações brasileiras;

(

) início da propaganda republicana;

(

) participação na Guerra do Paraguai.

9.

(UFRJ-Adaptação)

Em 4 de setembro de 1850, foi sancionada no Brasil a Lei Eusébio de Queirós (ministro da Justiça), que abolia o tráfico negreiro em nosso país. Em

decorrência dessa lei, o governo imperial brasileiro aprovou outra, “a Lei de Terras”.

Dentre as alternativas a seguir, assinale a

correta.

(8)

(

) A Lei de Terras facilitava a ocupação de propriedades pelos imigrantes que passaram a chegar ao Brasil.

(

) A Lei de Terras dificultou a posse das terras pelos imigrantes, mas facilitou aos negros libertos o acesso a elas.

(

) A Lei de Terras visava a aumentar o valor das terras e assim impedir os posseiros mais pobres de obterem a propriedade da terra

(

) O governo imperial, temendo o controle das terras pelos latifundiários, realizou uma distribuição de terras aos camponeses mais pobres.

temendo o controle das terras pelos latifundiários, realizou uma distribuição de terras aos camponeses mais pobres.
PB DE HISTÓRIA (manhã - gabarito) 1/1 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 4º BIMESTRE/2010 /

PB DE HISTÓRIA (manhã - gabarito)

1/1
1/1

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

4º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

1.

a)

Guerra de Secessão

b)

Os sulistas defendiam a manutenção de seus

privilégios aristocráticos. Acreditavam que, sem a escravidão, as suas bases econômicas desmoronariam.

OBS. Aqui cabem outras colocações. Ficará a critério do (a) professor (a).

2. A grande meta da Doutrina Monroe era impedir

a expansão européia na América. Dessa forma,

percebemos as verdadeiras intenções dos EUA, cuja

grande preocupação era substituir o domínio europeu

5. Os setores que davam sustentação a monarquia

deixaram de apoiar o Imperador: Exército, Igreja e

Aristocracia;

O envolvimento do Brasil nas questões platinas,

principalmente na Guerra do Paraguai, que incentivou a campanha republicana e abolicionista,

a modernização da economia, o surto industrial, a

substituição do trabalho escravo pelo trabalho livre e assalariado.

6. (X) Significou o triunfo de um modelo econômico

baseado na atividade industrial, na mão de obra livre

e no incentivo ao mercado interno, com a vitória do norte.

na

América.

 

7.

(X) A preocupação de se criar reservas indígenas,

3.

para preservar a cultura nativa.

a)

“Lei do Ventre Livre” emancipação dos filhos dos

escravos - proibição da separação entre as crianças escravas menores de 8 anos e suas mães - estabelecimento de normas para a libertação gradual de todos os escravos, mediante indenização – “Lei dos Sexagenários” libertação dos escravos com mais de sessenta anos de idade, embora estes devessem trabalhar mais cinco anos gratuitamente, a título de indenização.

b) marginalização dos libertos no seio da sociedade

- situação miserável de sobrevivência do ex-escravo no campo - ausência de um projeto de educação básica para o ex-escravos - inexistência de um projeto político de inclusão social do ex-escravo - formação de uma mão-de-obra marginalizada pela concorrência do imigrante - limitação de um mercado de trabalho para absorver essa mão-de- obra excedente

4. Canal do Panamá - Os EUA em troca de apoio

ao Panamá contra a Colômbia apossaram-se do canal do Panamá.

O Panamá era território da Colômbia, com grande

importância estratégica: local ideal para a construção de um canal ligando o Atlântico ao Pacífico. Essa questão só se resolve em fins do século XX, quando os EUA devolvem a concessão aos panamenhos.

OBS. Talvez o (a) aluno (a) não coloque dessa forma, porém podemos levar em conta o seu entendimento sobre o imperialismo dos EUA, na América Latina.

8. (X) elaboração da primeira Constituição

brasileira;

9. (X) A Lei de Terras visava a aumentar o valor das

terras e assim impedir os posseiros mais pobres de obterem a propriedade da terra.

de Terras visava a aumentar o valor das terras e assim impedir os posseiros mais pobres
PB DE HISTÓRIA (tarde) 1/2 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 4º BIMESTRE/2010 / /

PB DE HISTÓRIA (tarde)

1/2
1/2

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

4º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

I - Orientações:

Preencha o cabeçalho de todas as páginas de sua prova.

Verifique se o número de questões e a paginação estão corretos.

II - Atenção:

O aluno não poderá estar portando, durante a prova,

aparelho celular, bip ou outros objetos eletrônicos. Esses deverão estar guardados, desligados, dentro das mochilas ou bolsas.

Se o espaço físico permitir, todo o material escolar

deverá ser colocado perto do quadro-negro. Caso isso não seja possível, será colocado embaixo da carteira.

A prova deve ser feita com caneta esferográfica azul

ou preta.

Não será aceito rasura nas questões objetivas.

A quadrícula do canto inferior direito é para uso do

professor e, no interior dela, serão colocados os pontos relativos aos acertos da página.

Não utilize qualquer corretivo e máquina de calcular.

Não peça material emprestado durante a prova.

Ao escrever, observe se sua letra está legível.

Faça a prova com calma, pensando bem antes de responder às questões. Boa Prova!

1. “A existência de uma área de terras livres, sua

contínua diminuição e o avanço da colonização em direção ao Oeste explicam o desenvolvimento americano.”

(Frederick Jackson TURNER, A Fronteira na História Americana)

A citação anterior descreve: (8)

(

) a marcha para o Leste nos Estados Unidos, no século XVI;

(

) a colonização do Meio-Oeste dos Estados Unidos e a conseqüente implantação da indústria automobilística na região dos Grandes Lagos;

(

) a expansão, à medida que não havia indígenas, dos ingleses rumo ao Oeste do Canadá;

(

) a corrida dos puritanos, perseguidos na Inglaterra no século XVII, para o Oeste americano;

(

) a marcha americana, rumo ao Oeste, depois da proclamação da independência dos Estados Unidos.

2. ( UFRJ-Adaptação)

Em 4 de setembro de 1850, foi sancionada no Brasil a Lei Eusébio de Queirós (ministro da Justiça), que abolia o tráfico negreiro em nosso país. Em decorrência dessa lei, o governo imperial brasileiro aprovou outra, “a Lei de Terras”.

Dentre as alternativas a seguir, assinale a

correta.

(8)

(

) O objetivo do governo imperial, com esta lei, era proteger e regularizar a situação das dezenas de quilombos que existiam no Brasil.

(

) A Lei de Terras facilitava a ocupação de propriedades pelos imigrantes que passaram a chegar ao Brasil.

(

) A Lei de Terras dificultou a posse das terras pelos imigrantes, já que representavam uma ameaça ao latifúndio. Assim, facilitou a posse das terras pela aristocracia agrária

(

) O governo imperial, temendo o controle das terras pelos latifundiários, realizou uma distribuição de terras aos camponeses mais pobres.

3.

(UFOP-MG-Adaptação)

Dentre os fatores que determinaram a passagem da monarquia à república, no Brasil, não

se inclui:

(8)

(

) a luta entre o partido Conservador, que defendia República, e o Partido Liberal, que desejava a Monarquia;

(

) a abolição da escravidão e a consolidação do trabalho assalariado;

(

) a tomada de consciência por parte do Exército, após a guerra do Paraguai, de sua situação e papel na vida nacional;

(

) o combate à descentralização administrativa pela implantação do federalismo;

4.

Marque com um (X) a única alternativa que não

caracteriza motivos para a chamada marcha para o oeste norte americano, no século XIX: (8)

(

) A conquista de áreas de pastagens para os rebanhos;

(

) A grande preocupação com a preservação da cultura nativa e a criação de reservas indígena.

(

) A corrida do ouro;

PB DE HISTÓRIA - 8º Ano / E - Tarde - Ensino Fundamental - 4º Bimestre / 2010

ALUNO(A):

5. A Marcha para o Oeste norte americano, foi a

incorporação de territórios interioranos pelos colonos pioneiros e desbravadores, que faziam a fronteira mover-se sempre um passo além. Relacione a marcha para o oeste com a doutrina do Destino

Manifesto.

(10)

6. As diferenças de interesses existentes entre as elites do sul agrário e as do norte industrial foram as causas da guerra civil norte-americana, entre 1861 e 1865.

a) Qual a denominação dada a essa guerra civil? (8)

b) Cite pelo menos um dos fatores que

caracterizavam o norte industrial, a ponto de ter

criado divergências com o sul agrário, causando a

guerra.

(10)

7. Após a expansão para oeste e desenvolvendo

de maneira integrada todos os setores de produção, os Estados Unidos puderam, em fins do século XIX, atingir uma etapa avançada do desenvolvimento capitalista: o imperialismo.

Dentro dessa política imperialista, explique a

Emenda Platt.

(10)

8. Na política externa do Segundo Reinado, o Brasil desenvolveu intervenções na região Platina, onde destacamos o maior conflito armado da América do Sul: a Guerra do Paraguai (1865/1870).

a) Dentro do contexto dessa guerra, o que foi a

Tríplice Aliança?

(10)

TURMA:

2/2
2/2

b)

guerra para o Brasil.

Cite pelo menos uma conseqüência dessa

(10)

9.

(UDESC/Adaptada) Leia o trecho com atenção.

Lei Áurea - Em 13 de maio de 1888, o

governo imperial rende-se às pressões, e a Princesa Isabel, substituindo o imperador, que estava em viagem à Europa, assina a Lei Áurea, que extingue a escravidão no Brasil. A decisão desagrada aos fazendeiros, que exigem indenizações pela perda de seus “bens”. Como não as conseguem, aderem ao movimento republicano como forma de pressão. Ao abandonar o regime escravista e os proprietários de escravos, o Império perde a última coluna de sustentação política “(

“(

)

A partir da leitura do texto anterior, analise a

(10)

seguinte afirmação:

O fim da escravatura, não melhorou a condição social e econômica dos ex-escravos.

a (10) seguinte afirmação: O fim da escravatura, não melhorou a condição social e econômica dos
PB DE HISTÓRIA (tarde - gabarito) 1/1 Nota UNIDADE: PROFESSOR(A): Ensino Fundamental 4º BIMESTRE/2010 /

PB DE HISTÓRIA (tarde - gabarito)

1/1
1/1

Nota

UNIDADE:

PROFESSOR(A):

Ensino Fundamental

4º BIMESTRE/2010

/

/

ALUNO(A):

TURMA:

8º Ano / E

DATA:

1.

(X) a marcha americana, rumo ao Oeste, depois

8.

da proclamação da independência dos

a)

A Tríplice Aliança foi um tratado assinado entre

Estados Unidos.

o

Brasil, a Argentina e o Uruguai para combater o

2. (X) A Lei de Terras dificultou a posse das terras

pelos imigrantes, já que representavam uma ameaça ao latifúndio. Assim, facilitou a posse das terras pela aristocracia agrária

3. (X) a luta entre o partido Conservador, que

defendia República, e o Partido Liberal, que desejava

a Monarquia;

4. (X) A grande preocupação com a preservação

da cultura nativa e a criação de reservas indígena.

5. A expansão para o Oeste foi justificada pela

doutrina do “Destino Manifesto”, que pregava serem os norte-americanos destinados por Deus a conquistar e ocupar os territórios situados entre o Atlântico e o Pacífico.

6.

a)

Guerra de Secessão

b)

A burguesia industrial nortista, em ascensão,

estava ansiosa por garantir para si os novos mercados que estavam se formando com aumento da imigração e com as altas taxas de natalidade. Contudo, dois empecilhos impossibilitavam seus planos expansionistas: a escravidão e a resistência sulista às tarifas protecionistas. Os nortistas eram fracamente contrários à escravidão porque ela impossibilitava o crescimento do mercado interno.

OBS. Aqui cabem outras colocações. Ficará a critério do (a) professor (a).

7. Emenda Platt – em troca do apoio norte- americano no seu processo de independência, os cubanos cediam aos EUA o direito de intervir nos assuntos do país, o que afetava a soberania de Cuba. Essa questão só foi resolvida no século XX.

OBS. Talvez o (a) aluno (a) não coloque dessa forma, porém podemos levar em conta o seu entendimento sobre o imperialismo dos EUA na América Latina.

exército paraguaio.

b) O Fortalecimento do Exército que passou a

defender o abolicionismo e o movimento republicano,

o que gerou o enfraquecimento da monarquia no Brasil.

9. Sem formação escolar nem profissão definida,

para a maioria deles a simples emancipação jurídica

não muda sua condição subalterna, muito menos ajuda a promover sua cidadania ou ascensão social.

OBS. Talvez o (a) aluno (a) não coloque dessa forma, porém podemos levar em conta o seu entendimento sobre a situação do negro depois da “liberdade”.

dessa forma, porém podemos levar em conta o seu entendimento sobre a situação do negro depois