P. 1
Bioética e Interdisciplinaridade

Bioética e Interdisciplinaridade

|Views: 1.360|Likes:
Publicado porJéssica Karla

More info:

Published by: Jéssica Karla on Nov 24, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/06/2014

pdf

text

original

Bioética e Interdisciplinaridade

José Roberto Goldim
http://www.ufrgs.br/bioetica/biosubj.htm A Ética Aplicada surge como uma resposta a problemas, é uma reflexão com base na realidade. A Bioética, atualmente, é considerada como sendo a Ética Aplicada às questões da saúde e da pesquisa em seres humanos. A Bioética aborda estes novos problemas de forma original, secular, interdisciplinar, contemporânea, global e sistemática. Desta forma, estimula novos patamares de discussão e de reflexão, que podem possibilitar soluções adequadas.

Ética, Ética Aplicada e Bioética
A Ética, a Moral e a Lei se referem às ações desenvolvidas pelos seres humanos. Enquanto que a Ética busca as justificativas para as ações, a Moral e a Lei estabelecem regras para as mesmas. A regras morais têm, em geral, caráter universal, enquanto que as leis se aplicam, de forma compulsória, a uma determinada comunidade organizada . As interrelações da Ética com a Moral e a Lei podem, às vezes, gerar confusões ou conflitos, porém todas as três são diferentes visões sobre o comportamento humano.

A Evolução da Definição de Bioética
A palavra Bioética foi utilizada pela primeira vez pelo Prof. Van Rensselaer Potter, Doutor em Bioquímica e pesquisador na área de oncologia da Universidade de Wisconsin/EEUU, em 1970, em um artigo científico, que resumia um capítulo de um livro seu que estava no prelo. A sua caracterização inicial era a seguinte: “Nós temos uma grande necessidade de uma ética da terra, uma ética para a vida selvagem, uma ética de populações, uma ética do consumo, uma ética urbana, uma ética internacional, uma ética geriátrica e assim por diante... Todas elas envolvem a bioética, (...)”. Esta definição era extremamente abrangente, incluindo diferentes campos de conhecimento e ação muito díspares. O Prof. Potter, posteriormente, aplicou esta mesma caracterização para a Ética Global ou Bioética Global. Em 1978, o Prof. Warren Reich, do Instituto Kennedy de Ética, da Universidade Georgetown/EEUU, organizou a primeira versão da Enciclopédia de Bioética . A definição utilizada restringia o significado da Bioética ao “estudo sistemático da conduta humana na área das ciências

médico e bioeticista de Houston/EEUU. pois afirmava que ela é o “estudo interdisciplinar do conjunto das condições exigidas para uma administração responsável da vida humana. Guy Durant. A Bioética não se utiliza simplesmente dos conhecimentos de outras ciências. A Bioética. uma outra característica. com os dilemas oriundos do exercício destes profissionais. ou da pessoa humana. Edgar Morin. Potter já havia afirmado que a bioética era uma ética interdisciplinar. A Bioética inclui os processos de tomada de decisão. de 1995. muito associada às questões morais. caracterizou a Bioética como sendo a “pesquisa de soluções para os conflitos de valores no mundo da intervenção biomédica” . A perspectiva religiosa. O Prof. Reich alterou a sua definição anterior de Bioética. acrescenta uma nova característica à Bioética. sintetizando as principais idéias existentes. pois dela participam as diferentes visões de profissionais de saúde. do Canadá. em 1986. A Bioética surge. é uma abordagem global. sociólogos. Da mesma forma. Na segunda edição da Enciclopédia de Bioética . conduta e políticas das ciências da vida e atenção à saúde. falando a . filósofos. As Múltiplas Abordagens da Bioética A Bioética tem uma abordagem secular e global. decisões. As novas práticas de atenção à saúde são cada vez mais exercidas por equipes de profissionais. pois não considera apenas a relação médico-paciente. economistas. tendo em vista os progressos rápidos e complexos do saber e das tecnologias biomédicas” . Caracterizou a Bioética como o “estudo sistemático das dimensões morais . as relações interpessoais de todos os segmentos e pessoas envolvidas: o paciente. pressupondo a integração dos mesmos em um fazer comum. propondo que a Bioética “funciona como uma lógica do pluralismo. em 1979. teólogos e leigos. mas não a única. constituindo-se em uma ponte entre a ciência e as humanidades. O Prof. os demais profissionais. a comunidade e as demais estruturas sociais e legais. utilizando uma variedade de metodologias éticas em um cenário interdisciplinar”. em 1995. O reconhecimento da Bioética como um campo interdisciplinar foi fundamental. o seu médico.incluindo visão moral. O Prof. administradores. neste contexto. como já foi enfatizado nas definições anteriores. a sua família. de colaboração e interação de diferentes áreas de conhecimento.da vida e a atenção à saúde. o Prof. David Roy. enquanto que esta conduta é examinada a luz dos princípios e valores morais”. ou seja. O próprio Prof. tem uma abordagem interdisciplinar. advogados. acrescentou. Tristan Engelhardt. eticista da Universidade de Montreal/Canadá. mas cria um espaço de diálogo interdisciplinar. é apenas uma das visões possíveis. como um instrumento para a negociação pacífica das instituições morais” .

de forma pontual. gerando uma nova ordem local. sendo apresentados a todos nós. A interação de diferentes saberes e segmentos profissionais. é constantemente rompida pelos desafios dos novos conhecimentos e inquietudes sociais deles decorrentes . até então estabelecida na prática médica habitual. mas coerente ao solucionar diversos dilemas morais. uma abordagem sistemática. por sua vez. constantemente. Isto tudo é Bioética. A resistência de alguns setores em compartilhar saberes realmente pode provocar tal tipo de posicionamento.respeito da sua postura interdisciplinar afirmava: “Minhas viagens através dos territórios do conhecimento fizeram de mim um contrabandista do saber. e é por isso que os sentinelas atiram em mim” . esta grande área interdisciplinar que busca auxiliar na reflexão dos novos problemas que estão. com o auxílio da Bioética. igualmente. Este caos pouco a pouco foi sendo organizado. provocada pelos novos desafios da atenção à saúde transformaram a ordem. . Esta. Baseia-se para tal na análise rigorosa dos fatos. utilizando como referencial critérios e princípios básicos. não se limitando a solucionar problemas isolados. A Bioética tem. individual e coletivamente. em uma situação de caos.

-409.

 E70.784:08.20390  F . .438/07.:././. . 0892:.2  /0 1472.8 F :2. A9.34. 70104 .08 /0803.  5...9. . 5.  . -:8..078./0 47.04F9. 57207.394 6:0 . . /.3 #03880./..8 /0 1472.. 473.  .20394:2..82082. 5. /0 43.078/.8 9H2  02 07. 4F9.7.7.8 :891.8 08 80 .:8840/070104 6:054/02 5488-9./0   4F9. 08908 34...08 /.9:./06:. 0 .80884-704 .8 5. /090723..  .53...8 5048 80708 :2.7E907 :3. 0 .80 3.2.. 0 089.07 !49907  4:947 02 46:J2. 8 6:08908 /.  089.44.008  07. .9. &3.. :2. 0 80 7010702 8 .8./..425479.42 -.-48:- 92  A9./.574-02. 70. ./..42:3/../.348  36:.3.8 . A9.  8 390770.8   707.485.5. .0134/04F9. A9.8  A9. ./47 3.34  ../.08  .-00. 0 88902E9. ...431948 547F294/..  4-.7  3907/8.  036:./.7  .431:8084:.424 :2. 5086:8. 8:70. 47.-47/./..0 504 !741  '.8 5. A9.. 14 :9. .5. 0 ./0 /0 8.4390254730. 1472. 7085489.42 .  A9.7. 8.348   4F9.708/0/8.8 247./0 0 /. 0 5086:8.4383. 02 80708 :2.4:4/. 47.4. 47. 0 54/02  8 .  80.02 707. 50..  .897H884/10703908.48 574-02.7 .425:8O7..394 6:0 .424 803/4 .

 80:390 O8 90248 :2.4.7703 #0. 07.20394 0 ..4 2:94 /J85..4 6:0708:2.. .345704  8:..../4. :2.3.2548 /0 .2082..4-.078/.. F9.  :2..45.-4F9. &3..  /.:2.. 7.882 547 /. 0 .F9. 80. .43.08 :2. :2.   89.F9.039J1.5.09702.. ..8 0../0545:.3/0 30./.5.907..7.:3/4/10703908.02.30390 3. 07E97. 9077.7.. F9.-7. 39073.4:4F9.794 ...  2   4 !741  .02  :2.088/.&&  02   02 :2 ../0 0470943.7....5J9:4/0:2.430.7480:6:0089.708   !741  !49907  5489074720390  ..4:089..F9./0 /0:2.438:24 :2.F9.390  %4/./013407.8 03.F9./.7.4 3.  /4 3899:94 0330/ /0 A9..907.:7-.A9..4-.20390.

 /0134:9.&&  47. .H3.4 089:/488902E9.43/:9.45F/../04F9. 57207.708973. 3..34: .8.8 .4/../. 4F9..E70.3.3../4/.:2.4831./..0784 /..

89. .7 14 1:3/... .039.6:00.53.J5480./08   !741  %789.8 -42F/./4 6:0 .172./0  036:./. -4F9. 0 .0 . 07..H3..89.8   !741  .F9./23897.8:2. . ..43:394/.4708247.43/080/. :2.5439003970.344.394 6:0 089.3907/8.. .53.2039. 48 574708848 7E5/48 0 .7 ./.3 30.425048 /4 8.. F 0.254 3907/8. :/48573.-07 0 /.8.3.8    70.47085438E.3.3. 548.0 /.   57O574 !741  !49907 E . 34.907J89...43/:9.  4: /.430.4F9.43899:3/4 8002:2..20394 /.23..7.3/../. :2.4 0 -409. ./E  02   . :2.... 4F9.8 90.424 :2 .172...7/9  2F/. :2. .53..85.708. 50884.  903/4 02 ./. /0 4:8943.F4 089:/43907/8.7..9034  8.:2.. ./ #4  /4 .7 /4.

 304.&&  .. /.0394: 02 :2.. /4 5:7.45.424 :2.43.. O. 574543/46:0.4F9.8    !741  : :7.824  .39  09.. .907J89. 1:3.424 :2 3897:20394 5.J1..7../0 /0 43970./..7.078/...4:97.708...89.83899:08247. &3. .

4/0890857418843..3/4 ./0 /0 2094/44.. 2:94.8 573.7.845.4  48 /02.0390   4F9.7.07.024-.8  2.53./0  :9. /0 84:08 5.:..  F :2.: 48 574. 2082. 5.8:70 30890.84  .9074:. 0/4 /.8 3.7... 3.4 /0 /10703908 E70.. 3./0 84 .84247.  83909. .08848 /0 942.8 57E9.  4F9. /0 4F9.7  4: 80.438/07.4244 089:/488902E9.:3/4.  ..430.-47.8  8 34./4 3.9074: .4708342:3/4/...7 473  1.7.. .08 390750884./23897..8 34 .8 70. 54834./.8-47/.8  .7  /.4F9.34 80:9..8 F.20394   4F9.8 007. 1. 8250820390 /48 .431948/0..7048.  548/0.7  895.802:2.. 902:2. /0.038/.4 5.2J./.4 0 3907.7 04-. 1472.424 E 14 031.8 /0 8.42:2 4F9./0  1O84148  . .8 /01308 .803.3.4 /0 /E44 3907/8.8 57088:543/4. 8:.808 5488J.8  /..45F/.4.J./.  .  /0 .42:3/..4/..4F9.9.808 ./0 0 . /./48  84.8. /0134 .8:2..   .8 /02.70...884. /0 /0.5. 48.H3.53.9074: .034-42F/.  .. 5086:8.434289.-47/.4248/02./E  02   .0390 4 80: 2F/..80897:9:7.8 . ...8/094/484880203948050884.02 80.. :2 085.8 /10703908 ./.4. 4F9..800. 80:3/.808903908 .054J9.847:3/48 /4007.808 /0 57418843.203948 /0 4:97.86:08908247..8 /0 . ./. .9.8 547 06:508 /057418843.O448  .3907.42F/..H3.8  90O448 0 048   507850.39074708  902 :2.08  2.3/4 ./.8F9./. 3907. .8 57418843.03E743907/8.430.5.43/:9.0 2.-47/. 8:.  /0   4 !741  #0.424 803/4 .503.8 .9034  8..8 /.9034  8.70/.503.4 /48 20824802 :2 1.-47/.439094 . .79.02 3907/8.2 . 0 ..8   4F9./4708  0...8 /203808247.. . 3.53.8 ..8 . .3/4 :2.8 /0 .884.4.390747 /0 4F9.8 /F.

348029. 34.-070870..20222   70889H3.48  890. 7.948 2././0.7/.-07 0F5478846:048803930.8247. 5048 34...20390    .  547 8:....7.2F/.  07.7 .4/0.4389..0  F .42 4 ..J548-E8. 80 5../48. 3907/8.4.78./48..3/4 :2.7.89:. 8:./.902 :.203948 0 36:09:/0884.9034  8.0.484:.48 574-02.954/0548..4.430.8 84... /481. .. 4F9.20394 107.381472.79F7480573.8.3/0 E70.0288902E9.4389.4247010703.. 47/02  .F8 /48 90779O748 /4 .8 .172./0 97.7 6:0 -:8.4.-00.20390 :2./48  .54:.409.4397.3.-9:.39020390 7425/.8 :9.48   3907..5439:.97.48 /08.-47/.48 .3E80 74748.7 574-02. 9../4 /01472..4070390.4 /0 /10703908 8.-.430.5708039.3/89.148 /.2039054/0 574..4 14803/447.20394  4F9.8/008/0. .43.2 /0 22 :2 .7 3.3.79.80.425.148 /48 34. .8  574.43.94/483O8 3/.53. 3. . . 02:2. 3...3/4 .53. 70104 /48 34.-0708 0 80203948 57418843. 5048 /08.  089.  89.8 6:0 0894  .8.:38809470802.:J4 /. 5489:7.39020390  803/4 ..038 .07848/02.3/4 .57E9.47703908  894 9:/4 F 4F9.2 .79. 84:.9F 0394089..7085094 /.:. 3907/8.97. 47/02 4.43.4854:./:..

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->