Você está na página 1de 4

An Inconvenient Truth

Direcção: Davis Guggenheim


Escrito por: Al Gore
Elenco: Al Gore
Música: Michael Brook
Género: Documentário
Idioma: Inglês
Duração: 94 minutos
Data de realização: 24 de Maio de 2006

O aquecimento global é o tema fulcral no filme An Inconvenient Truth.


(Wikipédia inglesa, entrada An Incovenient Truth, 2008) Este documentário é
conduzido por Al Gore, antigo vice - presidente dos Estados Unidos da América
que, após a derrota das eleições de 2000, se dedicou ao estudo deste
problema actual, tentando travar a luta do aquecimento global e lançando um
desafio à Humanidade. (Wikipédia inglesa, entrada An Inconvenient Truth,
2008) Assim, uma vez abordado na aula, considerámos importante visualizá-lo
de forma integral e proceder a uma pesquisa sobre o assunto, as suas causas,
efeitos e soluções possíveis.
O aquecimento global é um fenómeno climático de larga extensão que
consiste no aumento da temperatura média da superfície da Terra,
apresentando tendência para agravar-se cada vez mais no futuro. (wikipédia
inglesa, entrada Global Warming, 2009) Para os cépticos este problema parece
bastante distante ou até mesmo incerto para que ocupem o seu tempo a
pensar nele mas, a Terra está a aquecer e isso não é uma previsão mas um
facto real impossível de negar. (National Geographic Portugal, entrada Sinais
da Terra)
Assim sendo, uma das questões que mais se colocam é a seguinte: Será
este problema causado por factores naturais ou então pela acção antrópica,
isto é, da responsabilidade humana? Embora eventos naturais como erupções
vulcânicas também contribuam para intensificar este problema, a maior parte
do aquecimento fica a dever-se aos gases emitidos para a atmosfera
decorrentes das actividades humanas que provocam o chamado efeito de
estufa. (National Geographic, entrada Causes of Global Warming; Wikipédia
inglesa, entrada Global Warming, 2009)
Se, por um lado, o efeito de estufa é favorável para manter o clima da Terra
habitável (uma vez que sem ele a superfície terrestre apresentaria graus
negativos), o aumento das concentrações do dióxido de carbono originam
consequências graves ao nível do equilíbrio térmico e ambiental do planeta.
(Wikipédia inglesa, entrada Global Warming, 2009) A queima de combustíveis
fósseis, os fumos industriais, os aterros sanitários que libertam metano, o óxido
nitroso que se encontra nos fertilizantes utilizados na actividade agrícola, a
utilização de CFC´s (Clorofluorcarbonetos) existentes nos aerossóis são
apenas alguns dos factores responsáveis pelo aumento da poluição
atmosférica devido à emissão de gases nocivos, sobretudo o dióxido de
carbono (CO2 ). (National Geographic, entrada Causes of Global Warming)
O efeito de estufa consiste então na absorção pela atmosfera de emissões
infravermelhas, impedindo que as mesmas escapem para o espaço exterior. A
crescente emissão de dióxido de carbono deixa passar a radiação solar para a
Terra mas retém grande parte da irradiação terrestre (calor) emitida, evitando
que esta se perca nas altas camadas da atmosfera, funcionando, por isso,
como uma barreira que concentra o calor. Este fenómeno acentuou-se após a
Revolução Industrial mas não se pense que se verifica somente nos países
industrializados pois, pelo contrário, actualmente assiste-se ao alargamento
deste problema a regiões menos industrializadas. (Wikipédia inglesa, entrada
Global Warming, 2009)
As mudanças no planeta são bem evidentes: o aumento do número de
furacões de grau 4 e 5, a malária que se espalhou para locais de maiores
altitudes como os Andes colombianos, o deslocamento dos animais dos seus
habitats naturais para áreas mais frias na tentativa de se adaptarem, entre
tantas outras. (Climate Crisis, entrada What is Global Warming?, 2006) Com a
intensificação do aquecimento global poderemos assistir ao degelo dos
glaciares que levarão à subida do nível médio das águas do mar em mais de
20 pés o que conduzirá à perda da plataforma de gelo da Gronelândia e da
Antárctica, devastando as zonas costeiras de todo o mundo; às ondas de calor
que serão mais intensas e frequentes, assim como as secas e os incêndios
florestais; à extinção de espécies animais, como por exemplo, os pinguins na
Antárctida, os ursos polares; à mudança na quantidade e padrão de
precipitação, podendo conduzir à desertificação; à intensidade de fenómenos
meteorológicos extremos, sendo algumas destas consequências focadas no
filme inicialmente referido. (Climate Crisis, entrada What Is Global Warming?,
2006; National Geographic, entrada Effects of Global Warming)
Como solução fundamental pode-se apontar a diminuição das emissões de
dióxido de carbono para a atmosfera. Esta pode ser feita através da aposta nas
energias renováveis que não poluem, como a solar e a eólica, da utilização de
filtros nas chaminés das fábricas, da eliminação da utilização de CFCs, da
melhoria da eficiência energética, da economia do combustível dos veículos
entre muitas outras medidas que podem ser introduzidas no quotidiano de cada
um para ajudar a resolver este problema que põe em risco o desenvolvimento
sustentável das gerações futuras. Importante será também referir a florestação,
isto é, a plantação de árvores que absorvem o dióxido de carbono da
atmosfera. (National Geographic, entrada Global Warming Solutions)
Sendo este um assunto de extrema importância que afecta todo o mundo
constata-se a preocupação de alguns políticos no que diz respeito a este
problema ambiental e, assim sendo, muitos países assinaram e ratificaram o
Protocolo de Quioto. Este entrou em vigor em 16 de Fevereiro de 2005 e visa
reduzir as emissões de gases de estufa. Os Estados Unidos da América sendo
o maior emissor de gases não o ratificou pois considera-o prejudicial para a sua
economia. No entanto, alguns estados estão a procurar formas de reduzir estes
gases poluentes de forma a não diminuir a sua margem de lucro, facto este que
é referido no filme. (wikipédia inglesa, entrada Global Warming, 2009;
Wikipédia inglesa, entrada Kyoto Protocol, 2009)
O título do filme aponta para uma verdade inconveniente que muitos não
querem ver, preferindo adoptar uma atitude céptica mas até quando o farão?
Será impossível fechar os olhos a esta situação uma vez que as mudanças são
visíveis aos olhos de todos. Este filme faz-nos reflectir e tal como Al Gore
espalhou a sua mensagem pelo mundo, cada um poderá também fazer algo
para salvar o planeta de modo a que este possa ser habitado pelas gerações
futuras.
Sítiografia consultada:

→ Climate Crisis, entrada What Is Global Warming?, 2006 (site official do


filme An Incovenient Truth)
http://www.climatecrisis.net/thescience/

→ National Geographic Portugal, entrada Sinais da Terra


http://www.nationalgeographic.pt/articulo.jsp?id=1212437

→National Geographic, entrada Causes of Global Warming


http://environment.nationalgeographic.com/environment/global-warming/gw-
causes.html

→ National Geographic, entrada Effects of Global Warming


http://environment.nationalgeographic.com/environment/global-warming/gw-
effects.html

→ National Geographic, entrada Global Warming Solutions


http://environment.nationalgeographic.com/environment/global-warming/gw-
solutions.html
→ Wikipédia inglesa, entrada An Inconvenient Truth, 2008
http://en.wikipedia.org/wiki/An_Inconvenient_Truth

→ Wikipédia inglesa, entrada Global Warming, 2009


http://en.wikipedia.org/wiki/Global_Warming

→ Wikipédia inglesa, entrada Kyoto Protocol, 2009


http://en.wikipedia.org/wiki/Kyoto_Protocol