Você está na página 1de 43

Autodesk Inventor

Introdução à Análise de Tensão


Módulo de Consulta

© 2009 Autodesk, Inc. Todos os direitos reservados.

VERSÃO PRELIMINAR

1 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
© 2009 Autodesk, Inc. Todos os direitos reservados. Salvo que seja de outra forma permitida por parte da Autodesk, Inc., esta
publicação, ou suas partes, não podem ser reproduzidas em qualquer forma ou por qualquer método, para qualquer finalidade.

Certos materiais apresentados nesta publicação são reproduzidos com a autorização do detentor dos direitos autorais.

Marcas Registradas
As marcas a seguir são marcas registradas ou marcas comerciais da Autodesk, Inc., nos E.U.A. e em outros países: 3DEC
(design/logo), 3December, 3December.com, 3ds Max, ADI, Alias, Alias (swirl design/logo), AliasStudio, Alias|Wavefront (design/logo),
ATC, AUGI, AutoCAD, AutoCAD Learning Assistance, AutoCAD LT, AutoCAD Simulator, AutoCAD SQL Extension, AutoCAD SQL
Interface, Autodesk, Autodesk Envision, Autodesk Insight, Autodesk Intent, Autodesk Inventor, Autodesk Map, Autodesk MapGuide,
Autodesk Streamline, AutoLISP, AutoSnap, AutoSketch, AutoTrack, Backdraft, Built with ObjectARX (logo), Burn, Buzzsaw, CAiCE,
Can You Imagine, Character Studio, Cinestream, Civil 3D, Cleaner, Cleaner Central, ClearScale, Colour Warper, Combustion,
Communication Specification, Constructware, Content Explorer, Create>what's>Next> (design/logo), Dancing Baby (image),
DesignCenter, Design Doctor, Designer's Toolkit, DesignKids, DesignProf, DesignServer, DesignStudio, Design|Studio (design/logo),
Design Web Format, Discreet, DWF, DWG, DWG (logo), DWG Extreme, DWG TrueConvert, DWG TrueView, DXF, Ecotect, Exposure,
Extending the Design Team, Face Robot, FBX, Filmbox, Fire, Flame, Flint, FMDesktop, Freewheel, Frost, GDX Driver, Gmax, Green
Building Studio, Heads-up Design, Heidi, HumanIK, IDEA Server, i-drop, ImageModeler, iMOUT, Incinerator, Inferno, Inventor, Inventor
LT, Kaydara, Kaydara (design/logo), Kynapse, Kynogon, LandXplorer, LocationLogic, Lustre, Matchmover, Maya, Mechanical Desktop,
Moonbox, MotionBuilder, Movimento, Mudbox, NavisWorks, ObjectARX, ObjectDBX, Open Reality, Opticore, Opticore Opus,
PolarSnap, PortfolioWall, Powered with Autodesk Technology, Productstream, ProjectPoint, ProMaterials, RasterDWG, Reactor,
RealDWG, Real-time Roto, REALVIZ, Recognize, Render Queue, Retimer,Reveal, Revit, Showcase, ShowMotion, SketchBook, Smoke,
Softimage, Softimage|XSI (design/logo), SteeringWheels, Stitcher, Stone, StudioTools, Topobase, Toxik, TrustedDWG, ViewCube,
Visual, Visual Construction, Visual Drainage, Visual Landscape, Visual Survey, Visual Toolbox, Visual LISP, Voice Reality, Volo, Vtour,
Wire, Wiretap, WiretapCentral, XSI, and XSI (design/logo).

As marcas a seguir são marcas registradas ou marcas comerciais da Autodesk Canada Co. nos E.U.A. e/ou no Canadá e em outros
países: Backburner,Multi-Master Editing, River, and Sparks.

As marcas a seguir são marcas registradas ou marcas comerciais da MoldflowCorp. nos E.U.A. e/ou em outros países: Moldflow,
MPA, MPA (design/logo),Moldflow Plastics Advisers, MPI, MPI (design/logo), Moldflow Plastics Insight,MPX, MPX (design/logo),
Moldflow Plastics Xpert.

Todos os outros nomes de marcas, nomes de produtos ou marcas comerciais pertencem a seus respectivos detentores.

Termo de Responsabilidade
ESTA PUBLICAÇÃO E AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE DOCUMENTO SÃO DISPONIBILIZADAS PELA AUTODESK, INC. "
EXATAMENTE COMO ESTÃO NESTE MOMENTO". A AUTODESK, INC. RENUNCIA TODAS AS GARANTIAS, EXPRESSAS OU
IMPLÍCITAS, INCLUSIVE, MAS NÃO SE LIMITANDO A QUAISQUER GARANTIAS IMPLÍCITAS DE COMERCIALIZAÇÃO OU
ADEQUAÇÃO PARA UMA FINALIDADE ESPECÍFICA SOBRE ESTES MATERIAIS.

Publicado por: Autodesk, Inc.


111 Mclnnis Parkway
San Rafael, CA 94903, E.U.A.

2 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
Tópicos deste documento

1. Visão Geral da Análise de Tensão ..................................................................................................... 4


Fluxo de trabalho da Análise de Tensão do Inventor ........................................................................... 7
Configurações da Análise de Tensão ................................................................................................... 8

2. Simulações......................................................................................................................................... 10
Browser de Simulação ........................................................................................................................ 11

3. Preparação da Análise ...................................................................................................................... 12


Prepare o modelo para a análise ........................................................................................................ 12
Simplificação o modelo ....................................................................................................................... 12
Adição de Restrições .......................................................................................................................... 14
Adição de Cargas ................................................................................................................................ 15
Aplicação de cargas ............................................................................................................................ 16
Adição de Forças do Corpo................................................................................................................. 18
Especificação de Materiais.................................................................................................................. 18
Especificação das Condições de Contato........................................................................................... 19

4. Malhas................................................................................................................................................. 20
Produção e Refinação de Malhas ....................................................................................................... 20
Ajuste das configurações da malha .................................................................................................... 21
Mesh Settings – Configurações da Malha .......................................................................................... 22

5. Estudos Paramétricos....................................................................................................................... 25
O valor dos estudos paramétricos ...................................................................................................... 25

6. Simulação ........................................................................................................................................... 26
Executando uma Simulação................................................................................................................ 26
Procedimento: Executando uma simulação........................................................................................ 27

7. Visualização dos Resultados ........................................................................................................... 29


Apresentação dos resultados da análise ............................................................................................ 29
Procedimento: Modificação da barra colorida..................................................................................... 32

8. Exibição dos Resultados .................................................................................................................. 33


Gráficos de Volume............................................................................................................................. 33
Gráficos XY ......................................................................................................................................... 34
Gráficos de Convergência................................................................................................................... 35
Gráficos de Deformação ..................................................................................................................... 36
Anime os Resultados .......................................................................................................................... 37
Resultados Máximo e Mínimo............................................................................................................. 37
Etiquetas da Prova .............................................................................................................................. 38
Condições de Contorno....................................................................................................................... 38

9. Compartilhamento dos Resultados e de Dados............................................................................. 39


Relatórios ............................................................................................................................................ 39
Simulação Dinâmica com Cargas de Movimento ............................................................................... 40
Comando para Gerar Relatórios ......................................................................................................... 41

10. Glossário .......................................................................................................................................... 42

3 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

1. Visão Geral da Análise de Tensão


Conceito

No processo de análise de tensões, você define o material, as condições de contorno (composto de


cargas e restrições), especifica as condições de contacto e, opcionalmente, as preferências da
malha. Uma vez que esses critérios sejam inseridos, você pode executar a simulação e visualizar o
comportamento em relação às condições que você definiu.

Com a função de Análise de Tensão do Inventor, você realiza de maneira rápida, diversas
simulações utilizando o avanço da tecnologia adaptável de alto desempenho do Autodesk Inventor.
Você pode realizar estudos de cotas paramétrica em modelos para analisar os efeitos das variáveis
geométricas em seus projetos. As simulações ajudam a identificar os problemas de desempenho e
encontrar melhores alternativas de design.

As seguintes funcionalidades importantes estão disponíveis na Análise de Tensão:

 Análise de tensões estrutural estática e modal de um ou mais estudos de simulação.

 Funções adaptativas automáticas para controlar a precisão dos resultados.

 Grande seleção de condições de contorno (cargas e restrições).

 Captura a montagem/peça/features/cotas nos modelos do Inventor para melhor


visualização do modelo e análises paramétricos de análise de dados que verifica o resultado
de mudanças nos valores

 Modelos de uma variedade de condições de contacto (incluindo molas) entre as diferentes


peças da montagem.

 Avalia e compara as alternativas de design. Expõe o impacto das alterações da geometria


sobre o comportamento funcional do produto.

 Usos múltiplos de critérios de otimização e validação dinâmica de alternativas de projeto.

 Define facilmente as várias restrições locais e globais, antes ou após a simulação.

 Controles de malha local e global.

4 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
 Estilos de Material do Inventor, mais você pode definir materiais adicionais usando o Style
Library Manager.

 Funcionalidade extensiva pós-processamento para visualização 3D, sondagem dos


resultados e publicação de relatórios web.

Ambiente de Análise de Tensão


A interface de Análise de Tensão está dividido em três áreas principais: o browser de simulação, a
região gráfica e a tabela paramétrica. Estas áreas mostram os conteúdos associados com a
simulação ativa. As simulações inativas têm um fundo cinza

Browser de Simulação

Exibe as simulações com peça ou montagem e os parâmetros de simulação em uma vista


hierárquica com níveis agrupados de features e informação de atributos. Você pode:

- Copiar todas as simulações ou objetos de simulação entre as simulações.


- Clicar com o botão direito do mouse em um nó para as opções do menu de contexto.
- Expandir as pastas, selecionar os nós, e ver o destaque da seleção transversal na região gráfica.

Região Gráfica

Exibe a geometria do modelo e os resultados da simulação.

- Atualiza-se para mostrar o status atual da simulação.


- Inclui ferramentas de manipulação de visualização

Tabela Paramétrica

Esta tabela tem dois modos para mostrar os critérios de restrição do projeto, como os valores e
limites, e as seqüências de parâmetro. No modo de visualização do modelo, é exibida a lista de
restrições do projeto. Depois de uma simulação, as cores indicam as áreas dentro e fora do
intervalo especificado. Você pode alterar os resultados que são apresentados, ajustando os valores
na tabela.

- Exibe os valores paramétricos e as restrições de projeto, quando exibe um modelo.


- Você pode obter valores otimizados do modelo e das exibições de resultados.

Outros aspectos comuns da interface são:

- Caixas de diálogo não modal para a escolha conveniente da geometria.


- Filtros de Seleção.
- Animação em 3D para pré-visualização do deslocamento do modelo.

5 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
Fluxo de processo da Análise de Tensão

De uma perspectiva de alto nível, o fluxo de processo típico de uma análise de tensão é parecido com o
seguinte:

1. Definir as expectativas: Avaliar o comportamento físico utilizando um modelo conceitual.

2. Pré-processamento: Inserir a física no modelo digital e definir as análises para efetuar.

3. Solucionar: Resolva o modelo matemático.

4. Pós-processamento: Exiba e avaliar os resultados.

5. Revisão das Expectativas: comparar os resultados com as expectativas iniciais.

6. Conclusão (Melhorar os Insumos): Os resultados correspondem às expectativas?

7. Se a resposta for NÃO, revise e altere os insumos para melhorar os resultados. As modificações
podem incluir, mas não estão limitados a: redução da complexidade geométrica, eliminação da
geometria questionável, alteração das cargas nem das restrições, alteração do tipo de análise, e assim
por diante. Há muitos caminhos que você pode explorar para refinar os resultados da análise para
apresentá-los de acordo com as expectativas. A questão é que o refinamento é um processo altamente
iterativo.

8. Se a resposta for SIM, o seu trabalho de análise está concluído. Um resultado provável é que seu
projeto está refinado e melhorado.

A Análise de Tensão do Inventor aborda o Pré-processamento, Resolução, Pós-processamento, Revisão


e fases de Melhoraria dos insumos deste processo.

6 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
Fluxo de trabalho da Análise de Tensão do Inventor

Para iniciar o processo de análise de tensão, selecione um material adequado para a peça. O
material deve atender aos requisitos, como valores positivos não-zero para o módulo de Young,
Densidade e resistência de Yield. Para o coeficiente de Poisson, o valor fica entre 0.0 a 0.5. Vários
materiais são fornecidos no Inventor. Você pode definir materiais adicionais usando o Editor de
Estilos e Padrões.

O seguinte é um exemplo de um fluxo de trabalho comum para a análise de um componente


usando a funcionalidade de Análise de Tensão do Inventor. As etapas não são exaustivas, e não
representam apenas os passos que você pode usar em sua análise.

Nesta lista numerada, é aplicável o seguinte:

 Passo de 1 a 10 são pré-processamento.

 Passo 11 é a etapa de resolução.

 Passo 12 é a etapa pós-processamento.

 Passo 13 a 16 são os passos para melhorar os insumos.

1. Abrir um componente, peça ou montagem.

2. Entrar no ambiente de Análise de Tensão.

3. Clique em Create Simulation para criar uma simulação.

4. Especificar as propriedades de simulação.

5. Exclua os componentes que você não quer na simulação.

6. Especifique os materiais para todas as peças que participam na análise.

7. Especifique e aplique as restrições. Este passo não é obrigatório para análise Modal.

8. Especifique a localização e a magnitude das cargas. Este passo não é obrigatório para análise
Modal.

7 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

9. Avalie os contactos e especifique quando for necessário.

10. Opcional: Especifique a grossura ou finura adequada da malha.

11. Opcional: Pré-visualize a malha para garantir de que ela se adapte a seu projeto.

12. Execute a Simulação.

13. Visualize os resultados.

14. Faça as mudanças necessárias para aperfeiçoar a peça ou montagem. As alterações podem
incluir a adição de features ou supressão dos problemas.

Observação: A supressão de IParts de Sheet Metal não é suportada atualmente.

15. Execute novamente a simulação para atualizar os resultados.

16. Use a convergência de resultados e resolva para garantir que os resultados são tão precisos
quanto possível. O resultado de convergência está bloqueado para suportar vários passos de
tempos e resultados de análises de tensão modais prévios.

17. Repita o processo até que você otimizar o componente.

18. Quando estiver pronto, crie os relatórios com base nos resultados.

Observação: Você não pode entrar no ambiente de análise de tensão enquanto estiver
executando uma edição no lugar em uma peça. A exceção é que você pode criar uma simulação
Motion Loads -cargas de movimento - (análise estática), no contexto de uma montagem. Você
pode analisar uma peça única para a carga de movimento.

Configurações da Análise de Tensão


As configurações da análise de tensão são aplicadas em uma base por documento. Estas
configurações definem o padrão para todas as novas simulações. Se você alterar as configurações,
enquanto estiver trabalhando em uma simulação, a simulação não é afetada. São afetadas
somente as simulações que você criar depois de alterar as configurações.

Definições de Material

Quando uma peça nova é iniciada, o material componente é definido com qualquer material que
está sendo empregado pelo template do documento. Os templates de documento do Inventor para
peças e montagem empregam um material chamado Default. O material Default não é definido
para uso no ambiente de simulação. Em conseqüência, se o material para qualquer componente
for atribuído o Default, uma simulação substitui o material. Existem várias maneiras de corrigir a
atribuição de material:

 Editar a peça. No iProperties, especifique um material que está devidamente definido para
a utilização de simulação. Esta é a solução recomendada.

8 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
 Alterar as Configurações da Análise de Tensão para refletir o material que você deseja usar
no lugar do material padrão de origem.

 Substituir o material padrão do Inventor por outro material devidamente definido.

 Modificar o material Default para torná-lo utilizável para as simulações. Tome cuidado se
você modificar o arquivo de template para redefinir o material Default. Outros documentos
podem depender da definição original.

9 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
2. Simulações
Conceito

Um ou mais simulações são mantidas dentro do documento da peça ou da montagem. Cada


documento pode ter qualquer número de simulações. Os arquivos de resultados de simulação,
que podem ser grandes, são mantidos separadamente e ligados ao documento a menos que você
especifique o contrário.

Uma simulação contém:

- Tipo de simulação
- Parâmetros
- Materiais
- Cargas
- Restrições
- Contatos, que pode ser definido manual ou automaticamente.
- Malha

Com a finalidade de:

- Avaliar as condições estruturais de carga e freqüência.


- Comparar os resultados da utilização de diferentes materiais e parâmetros.
- Analisar o comportamento de diferentes configurações geométricas.
- Importar as cargas de movimento da Simulação Dinâmica.

Observação: O Inventor cria um conjunto de pastas e de nós para cada simulação.

Para analisar o desempenho de um modelo, reproduza o ambiente que o modelo pode


experimentar. Comece construindo um modelo de conjunto que contém todos os componentes
pertinentes. Em seguida, crie as simulações para cada condição operacional para examinar.

Na configuração de uma simulação, considere as questões específicas, tais como:

- Qual é o objetivo do projeto para esta simulação?


- Que materiais usar?
- Quais os pontos da geometria eu posso mudar?
- Quais são as forças físicas subjacentes?
- Como é restringido o movimento do modelo?

À medida que você refina um projeto, analise os resultados da simulação para determinar as
relações entre os critérios. Em seguida, avance para o próximo passo ou iteração do projeto.

Tipos de Simulação

- Análise estática avalia as condições de carga estrutural.


- Análise Modal avalia os modos de freqüência natural, incluindo os movimentos de corpo rígido.
- Análise Modal da análise de tensão anterior

10 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Browser de Simulação
Em uma montagem, o Browser Simulation exibe o nome do documento com os nós exclusivo de
simulação abaixo dele. O componente, peça ou montagem, pode ter várias simulações. Cada nó
de simulação contém a montagem e de seus componentes em uma visualização hierárquica com
níveis agrupados de features e informações de atributo (nós). Agrupados abaixo do componente
estão os sub-componentes e ou as informações de features. Além disso, são fornecidas as pastas
de Materiais, Restrições, Cargas, Malha, Contatos, e os Resultados.

O nó de componente exibe os componentes de montagem baseada na Vista de Representação


que você especificar. Você pode selecionar as features no browser e aplicar as cargas e as
restrições para a seleção. Quando você seleciona uma feature no browser, a feature fica
destacada no modelo. Quando, em uma montagem, você pode ocultar as peças para acessar os
insumos.

Cada simulação pode ter um conjunto de materiais diferente, cotas paramétricas, cargas,
restrições e conjuntos de resultados correspondentes. Você pode copiar as cargas e as restrições
entre as simulações. Quando você selecionar um nó de Resultados, abre uma janela de
resultados. Na janela, você pode visualizar os resultados das simulações e comparar as iterações.
A cor do fundo do browser para simulações inativas é cinza para diferenciar entre o estado ativo e
inativo.

Cada nó tem um menu de contexto com comandos disponíveis para esse contexto.

As informações postadas na pasta de resultados são limitadas. O comando Report fornece um


conjunto mais completo de dados.

11 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

3. Preparação da Análise
Conceito

Prepare o modelo para a análise

Quando estiver idealizando uma peça ou uma montagem para a análise, há considerações que
vale a pena fazer. Entre elas está a preparação do modelo. Para preparar um modelo de
montagem para a análise, avalie os tipos de componentes. Em um modelo da peça, avalie as
features da peça. Em seguida você pode remover as peças de baixo impacto ou as features da
análise, e melhorar o desempenho com uma diferença relativamente pequena no resultado da
análise.

As ações que preparam uma peça ou montagem para a análise são:

 Simplificação do modelo
 Adição de Restrições
 Adição de Cargas
 Adição de Forças do Corpo
 Especificação de Materiais
 Especificação de Condições de Contato

Simplificação o modelo

 Por que simplificar uma montagem?

Quando formos analisar as montagens, podemos excluir as peças pequenas, cuja funcionalidade é
simulada pelas restrições ou pelas forças. Simplificar uma montagem, se possível, ajuda a reduzir
os tempos de simulação.

 Por que simplificar as features da peça?

Quando realizamos as análises de simulação, podemos adaptar partes de um modelo para permitir
uma análise mais eficiente. Esta adaptação envolve a supressão geometricamente das pequenas
features que não estão sujeitas as concentrações de tensões, por exemplo, arredondamentos
externos convexos, o que pode complicar a criação de malha, sem efeitos significativos para o
resultado final.

12 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Simplificação de peças e montagens para a análise


A simplificação do modelo ou da peça contribui para acelerar a análise. As peças, cuja finalidade é
simulada por uma restrição e cujo significado estrutural é de qualquer forma pequeno, pode ser
excluída.

As características da peça, como arredondamentos que são estéticos ou usados para quebrar
arestas agudas pode ser suprimida para agilizar a análise.

Simplificação das Montagens

Para excluir uma peça ou montagem da análise:

1. Expanda os nós do browser de montagem ao nível onde você veja o componente que deseja
excluir.

2. Clique com o botão direito do mouse no componente e selecione Exclude from Simulation.
Alternativamente, clique com o botão direito do mouse sobre o componente na região gráfica e
escolha a opção Exclude from Simulation.

A exibição de um componente excluído muda para transparente enquanto no ambiente de


simulação.

Simplificação de Peças

Para uma parte do modelo sólido, a supressão das features para a análise pode acelerar o
processo da criação das malhas. Para suprimir as features para análise:

1. Expanda o nó do browser da peça ao nível onde você pode ver as features que você deseja
excluir.

2. Clique com o botão direito do mouse na feature e selecione a opção Exclude from Simulation.

A feature é suprimida para fins de análise de tensão. A supressão é ignorada quando você retornar
ao ambiente da peça.

Se houver um erro durante a criação de malha de elementos finitos, uma caixa de diálogo de erro
é exibida. O objeto de geometria da possível problemática fica destacado e a criação da malha é
interrompida.

13 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
Adição de Restrições

As restrições estruturais restringem ou limitam o deslocamento do modelo. Para as simulações


estáticas, remova todos os modos de corpo rígido (libere a circulação de translação e rotação do
corpo) através da fixação de uma face, por exemplo, ou da combinação de restrições parciais de
faces, arestas ou vértices.

Observação: Restrição em excesso ou pouca restrição pode alterar substancialmente o


comportamento do modelo. Portanto, muita atenção deve ser dada a atribuição de um conjunto
adequado de restrições para refletir o ambiente do modelo real.

Os tipos de restrições estruturais são:

 Fixa
Remove todos os graus de liberdade de translacional.

 Sem Atrito
Impede o movimento normal em relação à superfície.

 Pino
Isola de graus de liberdade para elementos radiais, axiais ou tangenciais.

Para exibir as informações da força de reação, execute a simulação e, em seguida, clique com o
botão direito sobre uma restrição no browser de Simulação, selecione a opção Reaction Forces.

Observação: Podemos aplicar as cargas e as condições de contorno à mesma entidade, desde


que sejam compatíveis. Se a carga incompatível e condições de contorno forem aplicadas por
engano a mesma entidade (como por exemplo, uma face fixa na direção de Z, e aplicar carga na
direção de Z à mesma face), as condições de limite fixas substituem as forças.

14 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Adição de Cargas

As cargas estruturais são forças aplicadas a uma peça ou montagem durante a operação. Essas
cargas causam tensões, deformações e deslocamentos em componentes.

Na concepção do produto, é importante saber como o produto reage em condições normais e em


condições de trabalho excessiva. Saber como determinar a resposta que seu produto tem a essas
cargas, e construir em um fator de segurança adequado. Aspectos importantes de seu projeto
incluem a magnitude da carga, freqüência de ocorrência, distribuição e natureza (estática ou
dinâmica). Se você pode visualizar como o produto responde às cargas, você pode controlar
melhor seus projetos.

Os tipos de cargas estruturais disponíveis são:

 Força (N ou lbforce)
 Pressão (MPa ou psi)
 Carga Cilíndrica (N ou lbforce)
 Momento (N*m ou lbforce in)
 Força Remota Force (N ou lb)

Aplique as cargas estruturais Normal a face quando a força for perpendicular à face. Aplique as
cargas estruturais Direcional a face com uma magnitude especificada em cada direção. Você
pode aplicar momentos às faces sólidas. Usar a força remota para:

 Aplicar uma força em um ponto específico dentro ou fora do modelo.

 Seja transformado como uma força equivalente e momento sobre uma face determinada.

Você pode aplicar carga cilíndrica (bearing load) somente as faces cilíndricas.

Observação: Se você aplicar cargas as faces que estão envolvidas em contactos, use pressão ao
invés de usar força.

15 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Aplicação de cargas
As cargas são parte das condições de limite que você define para a simulação. Há uma variedade
de tipos de carga que pode ser aplicada. Os tipos de carga disponíveis são:

Acesso Tipo de Carga Entradas Utilizado para...

Força Faces, arestas e vértices. Aplicar uma força de magnitude especificada as faces
Ao selecionar mais de uma selecionadas, arestas ou vértices.
entrada, todas as entradas deve Por padrão, a força é aplicada:
ser o mesmo tipo de entidade. • Normal a face selecionada.
• Paralela com a aresta selecionada.
• Usando os componentes do vetor na seção expandida da
caixa de diálogo.

Pressão Face Aplicar uma pressão da magnitude especificada as faces


selecionadas.
• A pressão é uniforme
• Aplicada Normal à face selecionada.

Cargas Cilíndricas Faces cilíndricas Aplicar uma carga de magnitude especificada a face
selecionada. As forças são predominantemente
• Radial (mancal de rolamento)
• Perpendicular ao eixo (momento)

Momento Face Aplicar uma carga de magnitude especificada em torno do eixo


e perpendicular à face.

Cargas do Corpo Linear: Face ou aresta Aplicar aceleração linear ou velocidade angular e a aceleração
Angular: Face ou aresta da magnitude especificada ao modelo.
Localização: Vértice Linear
As cargas são aplicadas perpendicular à face com o valor da
magnitude. Os valores positivos são aplicados na face. As
cargas são aplicadas paralelamente às seleções da aresta.
Use o comando Flip para inverter as direções.
Angular
Aplicar velocidade angular e aceleração da magnitude normal
especificada a face ou paralelo a uma aresta.
Use o comando Flip para inverter as direções.
Local
Especifica um local alternativo para as cargas do corpo. A
posição é compartilhada entre velocidade e aceleração.

Gravidade Face ou Aresta Aplicar a gravidade da amplitude normal especificada à face


selecionada ou paralela com a aresta selecionada.

Use o comando Flip para inverter a direção da gravidade.

Utilize os componentes do vetor para definir a magnitude e a


direção da gravidade.

Força Remota Face Aplicar uma força de magnitude especificada a face


selecionada.
Por padrão, a força é aplicada:
• Normal a face selecionada.
• Mude de direção com o comando flip.
• Use coordenadas para especificar a localização da força.

16 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
Procedimentos para aplicar uma carga:

1. No painel Loads, clique no tipo de carga que pretende aplicar. A carga caixa de diálogo
aplicável exibe.

2. O comando selecionador fica ativo para que você possa começar imediatamente a seleção de
insumos na região gráfica. Com base no tipo de carga, faça a seleção correspondente.

3. A seleção exibe um glifo indicando a direção em que a carga é aplicada. Se a direção da carga
não for a que você precisa, você pode usar os componentes do vetor na seção expandida (para
os tipos de carga aplicável) para descrever a direção.

4. A seção More da caixa de diálogo também lhe dá acesso às configurações do glifo para essa
carga. Ajustar de acordo, caso você tenha necessidade ou vontade.

Quando você atribuir às cargas cilíndricas aos componentes, como um eixo, você pode usar o
comando split para criar faces que se ajustem aos contatos cilíndricos de rolamento.

Utilize o comando split para dividir as faces para que você possa em seguida aplicar as cargas às
diferentes faces do eixo.

17 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
Adição de Forças do Corpo
A força do corpo é a força que age em todo o volume ou massa de um componente. Exemplos
de forças de corpo incluem, mas não estão limitadas a:

 Gravidade
 Força centrífuga
 Força centrípeta
 Aceleração linear

Se o modelo sofrer o efeito das forças externas, defina uma força do corpo. Você pode definir a
força do corpo somente por simulação.

Especificação de Materiais
As propriedades do material definem as características estruturais de cada peça de um modelo
para uma simulação. Cada simulação pode ter um conjunto diferente de materiais para qualquer
componente.

Estilos e Padrões
Os materiais do Inventor são controlados com o Editor de Estilos e Padrões. Você pode
modificar os materiais existentes ou criar novos materiais. Quando você criar ou modificar
materiais, seja cauteloso para atribuir as características corretas do material.

O template do modelo de Peça do Inventor usa um material chamado Default. Há duas maneiras
em que um material pode ser inválido para uma simulação.

 O material atribuído ao modelo da peça não está totalmente definido. É falta de informação
crítica para atender os requisitos da simulação. Neste caso, você receberá uma mensagem de
aviso sobre o material. Você pode substituir o material por um adequado para a análise ou
modificar o material existente antes de executar a simulação.

 A substituição do material não está totalmente definida. A falta desta informação é crítica para
atender os requisitos da simulação. O nó de material substituído no browser fica decorado com o
ícone de informações. Você pode substituir o material por um adequado para a análise ou
modificar o material existente antes de executar a simulação.

Browser de Simulação
No browser de simulação, existe uma pasta de Materiais, onde vai encontrar uma lista de todos os
materiais que substituem outros materiais. Por exemplo, se você tiver um componente de cobre, e
substituir o cobre pelo aço, há um nó exclusivo para o aço. O nó de aço contém os nós de cada
peça que está utilizando esse material.

18 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

A seguir, estão as hipóteses sobre o comportamento dos materiais:

Constante
Todas as propriedades dos materiais estruturais não mudam em relação à temperatura e tempo.

Homogêneo
As propriedades dos materiais não mudam em todo o volume da peça.

Estruturais Lineares
A tensão é diretamente proporcional ao esforço.

Se um material de simulação for mais adequado para as necessidades do seu projeto, promova a
transferência de material ao modelo como uma edição de CAD.

Especificação das Condições de Contato

Existem dois métodos para adicionar as condições de contato à simulação:

 Contatos Automáticos

Os contatos são atribuídos pelo software com base nas configurações na caixa de diálogo de
propriedades da simulação Simulation Properties. Os contatos automáticos podem ser editados
a qualquer momento durante o processo.

 Contatos Manuais

Os contatos atribuídos por você através da utilização de comando. Os contatos manuais podem
ser editados a qualquer momento durante o processo.

19 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
4. Malhas

Produção e Refinação de Malhas

O Inventor oferece os comandos para permitir a personalização da malha, em conseqüência disto,


oferece a você controle sobre a qualidade da solução e eficiência. Os comandos de controlam as
configurações globais e locais para a malha.

 Aplicar as Configurações da Malha ao componente em um sentido global.

 As Configurações da Malha são estabelecidas para cada simulação.

 Para as simulações de Cota Paramétrica, uma configuração de malha se aplica a todas as


gamas de parâmetro.

 Configurações da Malha Local se aplica às faces e arestas específicas selecionados por


você. O refinamento da malha local permite que você varie o tamanho da malha para
oferecer uma cobertura mais concisa para características específicas.

 A Visualização da Malha se aplica as configurações da malha para o componente na vista e


produz a representação gráfica da malha. Uma caixa de diálogo que exibe o progresso
comunica o estado do processo da malha.

Exibição da Malha

Quando malhas são geradas no nó e a contagem elemento é exibida no canto superior esquerdo
da região gráfica.

Se os resultados da simulação ficam também visíveis, o nó e a visibilidade da contagem de


elemento são gerenciados com as informações da Barra de Cores. Assim, não com resultados
visíveis, quando a visibilidade da Barra de Cores estiver configurada como desativada, o nó e a
contagem de elemento também não ficam visíveis.

20 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Ajuste das configurações da malha

Para ocasiões onde você vê uma concentração de esforço, você vai querer considerar a definição
da malha um pouco mais fina. As Configurações da Malha especificam os parâmetros de malha
para uso na simulação. Os parâmetros da malha se aplicam a todos os componentes e as features
do modelo.

Para acessar as configurações de malha:

1. No Ribbon, clique na guia Stress Analysis, painel Prepare, Mesh Settings.


Alternativamente, clique com o botão direito do mouse no nó Mesh no browser e selecione a
opção Mesh Settings.

21 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

2. Especifique as configurações desejadas na caixa de diálogo Mesh Settings.

Configuração Uso Default Recomendado (*)

Average Size
Especifica o tamanho do elemento em relação ao
Entre 0.1 e 0.05
tamanho do modelo. 0.1

Minimum Size
Permite o refinamento automático em pequenas
áreas. O valor é relativo ao Tamanho Médio. 0.2 Entre 0.1 e 0.2

Grading Factor
Afeta a uniformidade da transição da malha entre a
malha fina e grossa. 1.5 Entre 1.5 e 3.0

Maximum Turn Angle


Afeta o número de elementos em superfícies curvas.
60 graus. Entre 30 e 60 graus

(*) Recomendado a menos que seja necessário outro valor

3. Clique OK para aplicar as modificações.

Mesh Settings – Configurações da Malha


Os seguintes parâmetros especificam o tamanho e a grossura da malha. Os elementos da malha
menores levam mais tempo para simular.

Acesso ao comando:

Ribbon: Guia Stress Analysis > Painel Prepare > Mesh Settings

22 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Mesh Settings

 Average Size: Especifica a distância média entre os nós do elemento da malha. O valor é uma
fração de maior cota do modelo na direção x-, y-, ou z-. Especificando um valor menor resulta em
pequenos elementos de rede e um aumento de nós da malha.

Geralmente, o número de elementos é inversamente proporcional a:

 O cubo deste parâmetro para os modelos grandes


 O quadrado deste parâmetro para os modelos pequenos

Padrão: 0.100

Recomendado a menos que seja necessário outro valor: 0.100 a 0.050

 Minimum Size: Especifica a distância mínima entre os nós da malha. O valor é uma fração do
valor do Tamanho Médio da malha.

Este é um parâmetro muito sensível. Se você aumentar esse valor, a densidade da malha nodal
irá diminuir, mas a qualidade da malha pode sofrer como resultado. Se você diminuir o valor, a
qualidade da malha vai melhorar, mas o número de elementos pode aumentar dramaticamente.

Padrão: 0.200

Recomendado a menos que seja necessário outro valor: 0.100 a 0.200

 Grading Factor: Especifica a taxa máxima das arestas da malha adjacente para fazer a
transição entre as regiões grossa e fina. Um fator de graduação menor produz uma malha mais
uniforme.

Valores do fator de graduação variam de 1 a 10. Um valor de 1 produz a transição da malha mais
uniforme. Um valor de 10 produz a transição da malha menos uniforme. Aumentando o valor pode
reduzir o número de elementos e a qualidade da malha local. Diminuindo o valor (mínimo é 1)
pode aumentar drasticamente o número de elementos.

Padrão: 1.500

Recomendado a menos que seja necessário outro valor: 1.500 a 3.000

 Maximum Turn Angle: Especifica o ângulo máximo dos arcos, de 1 a 90 graus. Isso pode
aumentar o número de elementos em áreas curvas. Um ângulo menor produz pequenos
elementos de malha.

Padrão: 60 graus

Recomendado a menos que seja necessário outro valor: entre 30 e 60 graus

23 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
 Create Curved Mesh Elements: Cria malhas com as arestas e faces curvas. Se você
desmarcar esta opção, você produzirá malhas com elementos com elementos retos, o que pode
levar a uma representação menos precisa do modelo.

 Use part based measure for Assembly mesh: No contexto de montagem, configura os
tamanhos da malha da peça para que fique como o contexto baseado em peça (peça fora do
contexto de montagem)

Observação: Você pode pré-visualizar as malhas antes de executar a simulação. No menu do


contexto do estudo de simulação, use o comando Mesh View.

Os comandos Mesh também pode ser acessados no menu contextual no nó Mesh do Browser da
simulação.

Procedimento: Trabalhando com as falhas de malha

A malha é aplicada pela primeira vez para a configuração básica. Se houver erros que impeçam o
bom resultado de um modelo de malha, poderemos receber um aviso de advertência. As falhas da
malha podem ocorrer por diferentes motivos. Quando elas ocorrem são relatadas como segue:

 A caixa de diálogo de progresso da Malha informa o erro.

 Um rótulo de erro e uma linha de chamada são colocados no modelo na região gráfica. A linha
de chamada indica o local onde ocorreu a falha. Uma curta recomendação no local específico
para resolver a falha é fornecida.

Observação: Se a falha ocorre na peça cuja visibilidade estiver desativada, o rótulo de malha não
aparece na área gráfica.

 No browser, no nó Mesh, uma pasta Failures é preenchida com os nós de erro correspondentes
aos rótulos de erro.

Falhas da Malha

As falhas da malha podem ocorrer:

 Se ocorrer uma falha na configuração de base. O processo da malha é interrompido e você


receberá uma mensagem sobre a falha.

 Se um estudo paramétrico testemunhar uma falha. Você será alertado para a falha especificada.
No entanto, as configurações restantes continuarão a gerar a malha.

Rótulos de Falha da Malha

 Os nós individuais de falha (failure) têm uma opção Visibility do menu de contexto do comando.

24 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

5. Estudos Paramétricos
Conceito

O valor dos estudos paramétricos


À medida que você avança em seu projeto, você pode avaliar o impacto dessa mudança que
certos parâmetros podem ter no projeto. Os parâmetros podem incluir parâmetros dimensionais.
Os estudos paramétricos permitem que você indique os parâmetros para avaliação, definir o
intervalo de parâmetro, especificar as restrições de projeto, e analisar os resultados de cada
variação do parâmetro.

Um estudo paramétrico requer o seguinte:

- Tipo de simulação definido para as Cotas Paramétricas


- Parâmetros indicado para utilização na simulação
- Intervalos de parâmetro identificados
- Critérios de projeto especificados
- Várias configurações geradas

Quando você tiver as configurações geradas então você pode avaliar a sua simulação. Você pode
refinar ainda mais os parâmetros ou restrições de projeto, até ficar satisfeito com os resultados.

Depois de determinar se uma configuração satisfaz as necessidades do seu projeto, você está
habilitado a promover essa configuração novamente ao modelo como um editor de CAD. Você é
solicitado a fazer as alterações.

25 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

6. Simulação
Concept

Executando uma Simulação


Conceito

Depois de criar uma simulação e de estabelecer os parâmetros que você pretende avaliar, em
seguida, execute a simulação. A simulação produz um conjunto de resultados FEA para todas as
combinações de parâmetros que você definiu.

Uma simulação executa as seguintes tarefas:

- Cria os casos.
- Executa a modelagem geométrica.
- Executa a detecção automática do contato.
- Gera as malhas.
- Resolve o modelo para cada ponto de dados.

Após a simulação, avalie os resultados na região gráfica.

As features de montagem e de soldagens são suportadas. Qualquer parâmetro utilizado para essas
features podem ser incluídos em uma simulação de Cota Paramétrica, inclusive os cordões de
soldadura.

Os corpos de soldadura contribuem com a lista do corpo, e são avaliados para contato e malha.
Para as soldaduras onde os contatos de face não são soldados, recomendamos que seja utilizado o
tipo de contato Separation. As face de contato não soldadas não são idealmente ligadas. Para
fazer isso seria necessário editar um contato automático ou adicionar manualmente um contato.

26 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Procedimento: Executando uma simulação

Executando uma simulação produz os resultados FEA para todas as combinações das variáveis
definidas. Antes de executar uma simulação, recomendamos que você conclua as seguintes
tarefas.

- Confirme se todos os componentes usam os materiais corretamente definidos com definição


suficiente para a simulação. Se não estiver em conformidade, as mensagens exibirão esse efeito.

- Para a análise estática, confirme se nenhum corpo foi deixado "suspenso", sem uma relação
declarada a outro corpo.

- As cargas estão determinadas.

- A restrição, se for aplicável, estão aplicadas.

- Para as montagens, excluir as peças ou as sub-montagens que não foram afetados pelas forças
e pelas deformações da simulação:

1. Abra o browser de montagem abaixo do nó de simulação (ver browser Simulation)

2. No menu de contexto, clique em Exclude from simulation.

- Opcionalmente, Pré-visualize a malha antes de executar a simulação. Com o botão direito do


mouse no nó Mesh no browser Simulation e selecione a opção Mesh View.

Para executar uma simulação, clique no comando Simulate no painel Solve. Alternativamente, no
browser Simulation clique com o botão direito do mouse no nó Simulation e escolha a opção
Simulate. A caixa de diálogo Simulate exibe as informações sobre a simulação que está sendo
executada, e tem uma barra de progresso informando o status dos cálculos. A secção More
contém uma caixa onde os avisos são relatados. Os avisos são exibidos antes de executar a
simulação, se necessário.

27 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Para cancelar a simulação em processo, use o botão Cancel ou a tecla ESC. Uma caixa de
diálogo de confirmação é exibida e você pode optar por cancelar ou continuar a simulação.

Durante o curso de produção de simulações, você pode modificar os parâmetros. Quando o fizer,
a malha (Mesh) e os resultados (Results) se tornam obsoletos ou desatualizados. Um ícone de
decoração do browser aparece ao lado dos nós do browser. Isto significa que os resultados estão
fora de sincronia com os dados atuais inseridos. Você atualiza a malha e os resultados, fazendo o
seguinte:

- Clique no comando Simulate no painel Solve.


Ou você pode ...

- Regenerar as malhas existentes para reavaliar todos os pontos de dados existentes. Clique com
o botão direito do mouse no nó Mesh e selecione Mesh View.

- Atualize os resultados. Clique no comando Simulate no painel Solve. Ou, você pode clicar com
o botão direito do mouse o nó Results e selecione Simulate.

- Especifique o método de simulação para a geometria paramétrica:

Conjunto de pontos completo resolve todas as combinações dos parâmetros.

Conjunto de pontos inteligentes resolve o ponto de base e cada mudança de parâmetro para a
base, em seguida, interpola os outros resultados.

Somente ponto de base resolve o parâmetro como uma simulação de um único ponto.

28 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

7. Visualização dos Resultados


Conceito

Apresentação dos resultados da análise


Os deslocamentos físicos e as tensões são calculados para peças ou montagens em relação ao
sistema global de coordenadas para o arquivo. Você visualiza os resultados desses cálculos,
através do nó Results no browser.

Dentro do nó Results do browser estão diversos nós de resultado. Podemos visualizar Tensões,
Esforço, Deslocamento, Fator de Segurança, e os resultados de Pressão de Contato.

Comandos adicionais para avaliar os resultados são os seguintes:

 A capacidade de visualizar a malha sobreposta nos resultados

 O Mínimo e o máximo de exibições que mostram rapidamente os locais de carga extremas

 Uma escala de deformação que lhe permite amplificar os efeitos das cargas para que você
possa facilmente visualizar o impacto das cargas

 Gráficos de volume, sombreados suaves e de contorno

 Animação do deslocamento

Análise Estática

29 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
Quanto a Análise de Tensão Estática, podemos visualizar:

 Resultados do esforço, incluindo o tensor de deformação e os esforços Principais e


Equivalentes

 Contato de pressão (trações)

 Deslocamento

 Tensão

 Fator de Segurança

As propriedades dos materiais completamente definidas devem ser especificadas para que os
gráficos de resultados tenham conteúdo significativo. Podemos usar Editor de Estilos e Padrões
para examinar as propriedades de qualquer material. O Editor de Estilos e Padrões está acessível
a partir da caixa de diálogo Assign Materials.

As restrições do projeto podem ser baseadas na geometria:

 Massa e volume

 Um componente de deslocamento

 Um componente de tensão

 Outro campo de dados aplicável

 Fator de Segurança

O estado de tensão é calculado para uma peça ou conjuntos de peças. A partir da teoria da
elasticidade, o estado de tensão tridimensional em um volume infinitesimal de material em um
local arbitrário contém tensões Normais e tensões de Cisalhamento.

As três tensões normais, Tensão XX, Tensão YY, e Tensão ZZ, e três tensões de cisalhamento,
Tensão XY, Tensão YZ, e Tensão XZ, define o estado da tensão. As tensões de tração normal
são positivas; as tensões normais de compressão são negativas. As tensões de cisalhamento são
positivas quando os seus dois eixos positivos definidores giram um em direção ao outro (utilizando
a regra da mão direita).

30 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Análise Modal

A criação de uma análise modal oferece os meios para calcular as freqüências naturais de
vibração para o número especificado de freqüências. Isto inclui as freqüências que correspondem
aos movimentos do corpo rígido. Em uma simulação sem restrições, por exemplo, os seis
primeiros modos ocorrem a 0Hz correspondentes aos seis movimentos de corpo rígido. As
restrições de projeto podem ser baseadas na geometria ou em uma freqüência.

Podemos animar a forma deformada para mostrar a forma modal associada a uma determinada
freqüência. Os contornos representam o deslocamento relativo da peça à medida que ela vibra.
As imagens do perfil modal são úteis na compreensão de como uma peça ou uma montagem
vibra, mas não representam os deslocamentos reais. Para encontrar todos os perfis modais
abaixo de uma determinada freqüência, não deixe de determinar os próximos dois ou três perfis
modais.

A opção Compute Preloaded Modes executa primeiro uma simulação estrutural estática e
determina as tensões e depois calcula os modos, dada a condição da tensão prévia. Sem a opção
selecionada, o programa ignora quaisquer cargas estruturais definidas para a simulação de
freqüência.

31 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
Procedimento: Modificação da barra colorida

A barra de cores exibe o intervalo do resultado a ser mostrado. O intervalo padrão da barra está
definido como Automático. O Inventor atribui o intervalo de valor para exibição. A barra de cores
é lançada na região gráfica e pode ser deslocada dentro da região gráfica ativando o comando
Color Bar. As modificações de exibição da barra de cores são baseadas na sessão e não
persistem entre sessões.

Você pode modificar o limite superior, limite inferior, tipo de cor, e alterar a visibilidade, posição e
tamanho da barra de cores.

Para modificar o intervalo ou a posição da barra de cores, faça o seguinte:

1. No ribbon, clique no comando Color Bar para exibir a caixa de diálogo.

2. Desmarque a opção de configuração de limites Maximum e/ou Minimum.

3. Nos campos de Edição, especifique um valor diferente como o valor Máximo/Mínimo para o
intervalo.

4. Se você não gosta da posição padrão da Barra de Cores, especifique outro local usando uma
das opções de posição.

5. Quando terminar de modificar os parâmetros de exibição, clique em OK para invocar as


alterações e fechar a caixa de diálogo.

32 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
8. Exibição dos Resultados

Depois que uma simulação for executada, a região gráfica se atualiza para mostrar os resultados
para o tipo de análise, sob a forma de um gráfico de volume (visualização padrão). Os vários tipos
de resultados preenchem a pasta do browser Results. Para ver a variedade de resultados que
você pode visualizar, expandir a pasta de resultados (Results).

Tipo de Simulação Resultado exibido


Análise Estática Exibe o gráfico de Tensão de Von Mises
Análise Modal Exibe o primeiro modo de freqüência.

Para visualizar um resultado diferente, clique com o botão direito do mouse no nó do browser
correspondente aos resultados que você deseja visualizar e selecione Activate ou, clique duas
vezes no nó Result do browser. A região gráfica se atualiza para mostrar o tipo de resultados
selecionados.

Existem várias opções de visualização disponíveis para interpretação dos resultados da simulação.

Gráficos de Volume
A região gráfica mostra um gráfico de volume e uma barra de cores exibe o intervalo de variável
mostrando na região gráfica. A ordem das cores é como se segue, a partir dos valores altos para
os valores baixos: vermelho, laranja, amarelo, verde, turquesa e azul.

33 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Configurações do Estudo Paramétrico

Para Estudos Paramétricos, você pode mover os cursores na Tabela Paramétrica para mostrar as
diferentes configurações. Se a configuração não foi gerada, a mensagem "Não Disponível" exibe
na região gráfica. Você pode clicar com o botão direito do mouse na linha de parâmetro e
selecione Generate Single Configuration, ou execute a simulação para resolver a configuração.

Gráfico Suave

O sombreamento suave é a apresentação de gráfico padrão para todos os tipos de resultado, seja
simulação de análise Estática ou Modal. As cores se misturam de uma para a outra.

Gráfico de Contorno

O gráfico de contorno apresenta as cores usando um método de bandagem estrita. A separação


de cores é vista claramente.

Para alterar a exibição sombreada:

1. No painel Display, clique no comando Shaded Display para exibir a lista de opções.

2. Selecione a partir de Smooth Shading, Contour Shading, e No Shading. A região gráfica se


atualiza.

Malha

A qualquer momento, você pode clicar em Mesh View para sobrepor a malha sobre o gráfico de
volume. O comando Mesh View é um comando de ativação/desativação de exibição uma vez que
a malha foi definida.

Gráficos XY

34 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
Com os estudos paramétricos, você pode visualizar os resultados como um gráfico XY
bidimensional.

1. No browser, selecione o tipo de Resultados (Von Mises Stress, Displacement, e assim por
diante) que você está interessado em ver em um lote.

2. Clique com o botão direito do mouse na linha de parâmetro e clique em XY Plot. Uma janela
com o gráfico XY é mostrada sobre a região gráfica. A janela é redimensionável.

A imagem seguinte é a mesma da simulação anterior conforme a imagem precedente. No entanto,


o gráfico XY é para resultados de Deslocamento ao invés Tensão de Von Mises.

Gráficos de Convergência

35 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor
Você define os critérios de convergência que é usado para chegar a uma solução. Você pode em
seguida visualizar o gráfico da convergência resultante que mostra o número de refinamentos
utilizados e os valores dos parâmetros associados a cada refinamento.

Para visualizar um gráfico XY do resultado da convergência, você deve ter editado as


Configurações de Convergência e definido o número Máximo de refinamentos para h maior que
zero. Clique com o botão direito do mouse no nó da pasta Results no browser, e selecione
Convergence Plot. Os critérios de convergência são configurados na caixa de diálogo
Convergence Settings.

1. No painel Results, clique em Convergence Settings. A caixa de diálogo se exibe.

2. Especifique a percentagem de Stop Criteria da convergência exigidos.

3. Especifique o tipo de resultados em que convergir.

4. Especifique quaisquer Seleções Geométricas

5. Especifique o Número Máximo de refinamentos h para usar.

6. Especifique o h de Refinement Threshold (valor mínimo do refinamento).

7. No painel Solve, clique em Simulate. Deixe a simulação completa.

8. No painel Results, clique em Convergence Plot. O gráfico é exibido em uma janela sobre a
região gráfica.

Gráficos de Deformação
Na maioria das vezes, a deformação verdadeira da geometria é pequena em comparação com o
tamanho do modelo global. A fim de entender onde está ocorrendo uma deformação um efeito de
exagero automatizado é fornecido. O comando Escala de Deslocamento escala oferece as
seguintes opções de visualização:

 Sem deformação
 Atual
 Escala 0.5:1
 Escala 1:1
 Escala 2:1
 Escala 5:1

Quando o gráfico de volume é exibido, selecione uma dessas opções de exibição para exagerar a
deformação.

36 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Anime os Resultados
Podemos animar os Resultados da simulação e reter a animação para seus registros produzindo
um resultado em vídeo.

Resultados Máximo e Mínimo

Os comandos para localizar facilmente o resultado valores máximos e mínimos estão localizados no
painel Display.

Clique no comando Resultado Máximo para mostrar uma anotação no ponto em que essa
condição ocorre.

Clique no comando Resultado Mínimo para mostrar uma anotação no ponto em que essa
condição ocorre.

37 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Etiquetas da Prova

Você usa o comando Probe para identificar os pontos de interesse com uma etiqueta
especificando o tipo de resultado e valor nesse ponto. Você pode anotar tantos pontos quantos

você quiser. O comando Probe Labels é uma alternância de visibilidade para esses rótulos.

Condições de Contorno

O comando Boundary Conditions alterna a exibição do indicador de carga que aponta


para onde a carga está sendo aplicada.

38 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

9. Compartilhamento dos Resultados e de Dados

Podemos compartilhar os resultados da análise em mais de uma das diferentes maneiras,


publicação de relatórios, e publicação do modelo em formato DWF.

Relatórios

É possível criar relatórios para todo o projeto, um modelo, ou um único estudo de simulação. O
relatório é em HTML baseado com imagens PNG e é um snapshot estático dos itens. Podemos
imprimir um relatório, e transferir os resultados para outro programa, como o Word ou PowerPoint.

O relatório produzido pode ser personalizado para exibir somente as informações pertinentes. Os
estudos paramétricos contem um resumo além dos resultados que você determinou. Esta
informação é fornecida para cada configuração que você selecionar.

39 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Simulação Dinâmica com Cargas de Movimento

Você pode realizar estudos de análise em um componente no contexto de uma montagem


principal e dos componentes membros do grupo. Para fazer isso, transfira de nível superior ou
cargas de movimento de sub-montagem flexível a partir da Simulação Dinâmica.

O processo começa na Simulação Dinâmica onde você Exporta as informações de ocorrência


FEA e passo de tempo. Em seguida, no ambiente de Análise de Tensões, você define as
Propriedades da Simulação para indicar se as cargas de movimento são consideradas.

Ao clicar em OK todas as sub-montagens de nível superior e as ocorrências são automaticamente


excluídas, exceto a ocorrência selecionada.

Várias simulações utilizando a mesma ocorrência e tempo de passo são permitidos. Além disso,
devido a este ambiente isolado, a análise de tensão pode ser feita em ocorrências que afetam as
features de montagem.

40 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

Comando para Gerar Relatórios

Generate Report

O Relatório de Análise de Tensão documenta as informações do projeto e da análise que você


produziu. Ele está dividido nas seções que correspondem aos objetos no Browser. Cada cenário
no relatório representa uma simulação de engenharia completa. A definição de uma simulação
inclui os fatores conhecidos sobre um projeto como propriedades do material da peça, e os tipos e
magnitudes das cargas e restrições. Para gerar um relatório para a peça analisada:

Criação de relatórios

Durante o processo de criação dos relatórios, as informações do relatório devem ser especificadas
na guia General. Na guia Properties, determine as informações do iProperty que devem ser
incluídas. Na guia Simulations, selecione as simulações que devem ser incluídas no relatório.

Uma vez que você tenha executado uma ou mais simulações você pode gerar um relatório dos
resultados da simulação.

Procedimentos para criar um relatório

1. No Ribbon, clique na guia Stress Analysis > painel Report > Report. A caixa de diálogo
Report é exibida.

2. Na guia General, especifique o título, autor, caminho para um logotipo, sumário, e tamanho da
imagem conforme o caso.

3. Na secção Report Location, digite o nome do arquivo e navegue para uma pasta existente.
Como alternativa, especifique o caminho. Qualquer caminho UFC válido é aceito. O caminho
padrão é o mesmo local do arquivo da peça ou montagem que está sendo analisado.

4. Na guia Properties, todos iProperties com um valor são incluídos no relatório. Para selecionar
apenas as propriedades específicas, selecione a opção Custom e especifique as propriedades
para o relatório.

5. Na guia Simulations, especifique a simulação e os atributos associados e os resultados a


serem incluídos no relatório. Quando várias simulações são executadas, você pode criar um
relatório para uma ou mais simulações de uma vez.

6. Clique em OK para criar o relatório.

No local especificado, é criada uma pasta contendo um documento .html e imagens PNG para os
resultados e valores Mínimo e Máximo.

41 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

10. Glossário

Os termos seguintes são empregados nos estudos de simulação e análise do Autodesk Inventor

aceleração
Uma quantidade vetorial definida como a taxa na qual um objeto muda sua velocidade.

análise
No Autodesk Inventor, qualquer forma de avaliação física do mundo real. As avaliações
geralmente envolvem materiais reais, massa, densidade, inércia, forças e reações. Incluídos estão
os estudos de movimento de corpo rígido, material de estudos de tensão e resposta de
freqüência.

carga cilindrica
É a força de compressão na interface

carga do corpo
A carga aplicada a peça toda. As entidades individuais, como uma face, aresta ou vértice não são
seleções válidas.

Edições de CAD
Uma edição do modelo, como por exemplo, uma feature geométrica, que afeta diretamente o
modelo. Assim, qualquer consumidor regular do modelo, como uma montagem principal ou um
desenho, vai testemunhar a edição.

CAE
Engenharia Auxiliada por Computador (& Analise). Na prática, este termo equivale a um software
que auxilia na análise de engenharia.

restrição de projeto
Um valor de saída da simulação.

gravidade padrão da Terra


Aplica-se ao efeito de aceleração gravitacional na direção selecionada.

FEA
Analise de Elemento Finito. Atualmente, o método mais comum para realizar vários tipos de
tensões, freqüência, térmica, e as análises de choque. O termo elementos finitos referem-se a
refinamento da geometria em uma série de pequenas formas simples, chamados coletivamente de
uma malha

restrição fixa
Restrição fixa que impede que a face, aresta ou vértice se mova ou de se deformar.

limite
Um valor delimitador por um resultado.

malha
A coleção de elementos finitos usados para dividir o corpo em elementos discretos. O valor que
você define para malha divide o corpo em vários elementos para análise.

42 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque


Autodesk Inventor

momento
O momento é calculado pela multiplicação da força pela distância perpendicular até o local em
que os momentos estão.

normal
A carga que é aplicada na direção perpendicular à face selecionada.

pressão
A pressão quando aplicada em uma face é a força medida por unidade de área.

forças de reação
A força acrescentado gerada pela falta de movimento quando uma força é aplicada em uma peça.

momentos de reação
A reação gerada por uma carga que gera uma carga de momento.

velocidade rotacional
Velocidade rotacional é uma expressão quantitativa da quantidade de rotação que um objeto em
rotação submeter-se por unidade de tempo. É uma quantidade vetorial, consistindo de um
componente da velocidade angular e uma das duas direções ou sentidos definidos.

simulação
No contexto do Autodesk Inventor, o termo Simulação tem se desenvolvido para se tornar um
termo equivalente a análise. Note que o ambiente de Simulação Dinâmica refere-se estritamente
aos estudos de movimento do corpo rígido.

análise de tensões
Uma análise que mostra que o modelo é estática e dinamicamente estável e livre de divergência
na aplicação de cargas externas e freqüências.

43 | Autodesk Inventor – Análise de Tensão Maurijones J. de Albuquerque