Você está na página 1de 4

(Karvonen e col.

, 1957)

Frequência Cardíaca Máxima (FCmáx) = 220 – idade da pessoa


(Karvonen e col., 1957) – margem de abrangência ± 10 até 25 anos
e a partir de 25 permite-se uma abrangência maior de + ou – 12.
Exemplo: FCmáx = 200, abrangência de 210 limite superior e 190
limite inferior. *Conclusão = FCmáx pode oscilar de 190 a 210.

Frequência Cardíaca de Reserva = FCmáx – FC Repouso

Frequência Cardíaca Máxima (FCmáx para indivíduos destreinados –


Sheffield e col, 1965) = 205 – (0,42 x idade)

Frequência Cardíaca Máxima (FCmáx para indivíduos treinados –


Sheffield e col, 1965) = 198 – (0,42 x idade)

Frequência Cardíaca Máxima (FCmáx – Jones e col, 1965) = 210 – (0,65


x idade)

Segundo a fórmula nova apresentada por Renato Lotufo e Turíbio


Leite de Barros: 208 – (0,7 x idade)

Zona Alvo de Treinamento

(Karvonen e col., 1957)

(o indivíduo deve procurar controlar seus batimentos


entre a faixa mínima e máxima durante o exercício)
FCmáx x 0,60 = frequência cardíaca mínima

FCmáx x 0,70 = frequência ideal na atividade aeróbica


FCmáx x 0,85 = frequência cardíaca máxima
FCT = (FCmáx – FR) x INTENSIDADE (40%, 50%, 60%, 70%, 80%, 85%,90%
ou 95% de acordo com o objetivo)+ FCR (medida 5 minutos após
repouso)

ou

Zona Alvo de Treinamento


(o indivíduo deve procurar controlar seus batimentos dentro
dos limites inferior e superior, durante o exercício)

(ACSM - fonte: Filho, José Fernandes, 1999 )

FCmáx = 210- (0,65 x idade) (Jones e col, 1975)


FCmáx = FCbasal + 0,6 (FCmáx – FCbasal) = Limite inferior (LI)
FCmáx = LI + 0,675 (FCmáx – LI) = Limite superior (LS)
FC Recuperação = FCbasal + 0,56 (FCmáx - FCbasal)
Legenda:

FC basal = média da medida ao acordar, ainda na cama, durante 3


dias consecutivos

Existem 6 zonas diferentes de treinamento que correspondem a


diferença de níveis de intensidade de exercício e que correspondem
a vários mecanismos de transporte metabólico e respiratório no
organismo:

(ACSM - fonte: Filho, José Fernandes, 1999)

Zona de FC Duraçã Sistema de Ritmo Ritmo de


VO²máx
Frequência máx o trabalho Máximo Trabalho
Atividade
reabilitação
Regenerativ
40– até aprox. cardiorespiratóri ritmo do
a –
60% 40% 20 min a ou paciente
(reabilitação
osteomuscular
)
Zona de
50– até + de 30 queima caminhad ritmo
atividade
60% 50% min metabólica a rápida fácil
moderada
Zona de até
60– + de 60 cardiorespiratóri trabalho
controle de 50% a maratona
70% min a base
Peso 60%
até
Zona 70– 8–30
60% a aeróbica 10 km longo
aeróbica 80% min
75%
Zona de
80– 75% a absorção de 3 km a 5
limiar 5–6 min tempo
90% 85% lactato km
anaeróbico
Zona de 800m a
90– 85% a
esforço 1–5 min anaeróbico curto
100% 100%
máximo 1500 m

A medição da pulsação deve ser tomada com os dedos indicador e


médio abaixo da orelha (qualquer lado) antes, durante e após os
exercícios. Contando em 10 seg. e multiplicando-se em seguida por
6, obtendo o resultado para comparação em sua tabela individual de
Zona Alvo de Treinamento.

Freqüência cardíaca máxima

Ao longo da historia, diversos autores desenvolveral


diferentes formas de se encontrar a freqüência
cardíaca máxima de um individuo

Segundo Karvonen e col., 1957, a freqüência cardíaca


máxima é calculada através do resultado obtido da
seguinte equação FCmax=220-idade da pessoa, para
pessoas de 10 à 25 anos e para pessoas acima desta
idade a permite-se uma abrangência maior de +/- 12. E
a freqüência cardíaca de reserva é calculada da
seguinte maneira: FCmax-FCrepouso.

Para Sheffield e col., 1965, resultados mais confiáveis


seriam obtidos utilizando os seguintes cálculos:para
indivíduos destreinados deve ser obtido através da
seguinte formula: FCmax=205 - (0,42 x idade) e para
indivíduos treinados: FCmax=198 - (0,42 x idade)
Jones e col., 1965, defendiam que seria calculada da
seguinte maneira: FCmax= 210 – (0,65 x idade)

Renato Lutofo e Turíbio Leite de Barros apresentavam:


FCmax= 208 – (0,7 x idade)

Zona Alvo de Treinamento