Você está na página 1de 272

náise e Fourier

Hwei

P.

Hsu

COLECAO

TECNicA

CAPITULO

1

CAPITULO

2

CAPITULO

3

,

CONTEUDO

Série

de

Fourier

 

1.1

Funções

Perdicas,

 

.

1.2

Série

de

Fourier,

 

.

1.3

Propriedades

dos

Senos

e Co-Senos:

Funções

Or toqoneis ,

 

.4

Determinação

dos

Coeficientes

de

Fourier,

.

.5

Aproximação

por

rie

de

Fourier

Finita,

..

1

.6

Condições

 

de

Dirichiet, .....

 

1

.7

Diferenciação

e

Integração

da

Série

de

Fourier,......

 

1.8

Problemas

 

Suplementares, ......................

 

.

Análise

 

das

Formas

Ondulatórias

 

Periódicas

2.

1

Simetria

Ondulatória,.

 
 

2.

1a

Funções

Pares

e

Funções

rmpares,

..

2.1b

Simetria

de

Meia-Onda,

 

.

2.

1c

Simetria

de

Quarto

de

Onda, ...

2.

1d

Simetria

Oculta,

.....

2.2

Coeficientes

de

Fourier

para

as

Formas

"de

Ondas

Si-

métricas,

..

2.3

Desenvolvimento

de

Fourier

de

uma

Função

em

um

Intervalo

Finito,

.

2.3a

Expansões

em

Metade

do

Domínio,

..

2.4

Função

Impulso,

...

2.4a

Derivadas

da

Função

Delta

(Il),.

2.5

ries

de

Fourier

das

Derivadas

de

Funções

Periódicas

Descontínuas,

 

.

2.6

Cálculo

dos

Coeficientes

de

Fourier

por

Diferenciação,

2.7

Problemas

Suplementares,

 

.

Espectros

de

Freqüências

Discretos

 

3.1

Intrcdução,

 

3.2

Forma

Complexa

das

Séries

de

Fourier,

 

.

3.3

Ortogonalidade

das

Funções

Séries

de

Fourier

Com-

4

5

7

13

16

17

21

24

24

27

27

27

28

33

34

37

40

43

45

48

52

52

k

CAPfTULO

4

CAPfTULO

5

CAPfTULO

6

3.4

Espectros

de

Freqüências

 

Complexas,.

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

58

3.5

Determinação

 

dos

 

Coeficientes

 

de

 

Fourier

Complexos

 

Empregando

 

a

Função

 

8,

.........

 

. . . . . .

.

.

.

.

.

.

.

.

.

62

3.6

Potência

Latente

de

 

uma

 

Função

 

Periódica:

 

Teorema

 

de Parseval,....................................

 

65

3.7

Problemas

 

Suplementares,........................

 

68

Integral

de

Fourier

 

e Espectros

 

Contínuos

 

4.

1

Intrcdução,..

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

71

4.2

Da

Série

de

Fourier

à

Imegral

 

de

Fourier,.

 

.

.

.

.

.

.

.

.

71

4.3

Transformadas

 

de

Fourier,.......................

 

74

4'.4

Transformadas

Seno

 

e

Co-Seno

 

de

Fourier,.........

 

79

4.5

Interpretão

 

das

Transformadas

de

 

Fourier,........

81

4.6

Propriedades

 

das

Transformadas

 

de

Fourier,

..

.

.

.

.

.

.

.

82

4.7

Convc.lução,....................................

 

88

4.8

Teorema

de

Parseval

 

e

Espectro

 

de

Energia,.

 

.

.

.

.

.

.

.

.

92

4.9

Fuões

Correlões,

............................

 

94

4.

10

Problemas

Suplementares,

.........................

 

99

Transformada

 

de

Fourier

 

de

 

Funções

 

Especiais

 

5.1

Introdução,

.....................................

 

102

5.2

Transformada

 

de

Fourier

da

Função

 

Impulso,

 

........

 

102

5.3

Transformada

de

Fourier

 

de

uma

Constante,

........

104

5.4

Transformada

de

Fourier

da

Funçãc

 

Degrau

 

Unitário,

 

106

5.5

Transformada

dê

Fourier

 

de

uma

 

Função

 

Periódica,

110

5.6

Transformada

de

Fourier

 

de

Funções

 

Generalizadas,

114

5.7

Problemas

 

Suplementares,

........................

 

118

Aplicações

aos

Sistemas

 

Lineares

 

6.

1

Sistemas

Lineares,...............................

 

121

6.2

Funções

Operacionais

 

dos

 

Sistemas,

...............

 

121

6.3

Respostas

a

Fuões

 

Excitadoras

 

Exponenciais

 

e

Fun-

ções

Sistemas

 

de

Autofunções,

 

:

.......

123

6.4

Respostas

Senoidais

 

em

 

Regime

 

Permanente,.....

.

.

.

.

125

6.5

Aplicações

 

acs

 

Circuitos

 

Elétricos,................

 

127

6.5a

Cálculo

da

 

Potência

Permanente,

...........

 

129

6.6

Aplicações

 

aos

Sistemas

 

Mecânicos,

...............

 

131

6.7

Resposta

de

um

Sistema

 

Linear

 

a

uma

 

Função

 

Sistema

 

Impulso

Unitário,

 

·.

133

6.7a

Função

 

Sistema,

 

·

134

6.7b

Sistema

 

Causal,...........................

 

137

---------------

 

6.8

Resposta

de

um

Sistema

 

Linear

 

a

uma

 

Função

 

Degrau

 
 

Unitário

-

Integral

de

Superposição,

..............

 

138

 

6.9

Transrnis c

sem

Distorções,

......................

 

142

6.10

Filtros

Ideais,

144

6.11

Problemas

Suplementares,

........................

 

147

CAP[TULO

7

Aplicações

à

Teoria

das

 

Comunicações

 
 

7.1

Teoria

da

Amostragem,..........................

 

151

7.2

Modulação

em

Amplitude,

........

 

..

..

..

.

..

..

..

..

.

156

7.3

Modulação

em

Ângulo,.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

160

7.4

Modulão

em

Pulsos,

...........................

 

164

7.5

Função

Correlação

Média,

........................

 

166

7.6

Identificação

do

Sinal

Empregando

 

Correlação,.......

 

169

7.7

Espectros

de

Poténcias

 

Médias:

 

Sinal

 

Aleatório,.....

 

171

7.8

Relação

Excitação-Resposta:

 

Cálculo

 

do

Ruído,.

 

.

.

.

.

.

.

.

175

7.9

Problemas

Suplementares,,,......

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

178

CAP[TULO

8

Aplicações

a

Problemas

 

com

 

Valôres

 

de

Contôrno

 

8.1

Separação

de

Variáveis

 

e

Série

de

Fourier,.

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

183

8.2

Vibração,......................................

 

189

8.3

Condução

de

Calor,

...........

 

199

8.4

Teoria

do

Potencial,.............................

 

205

8.5

Problemas

Suplementares,,,.......................

 

212

CAP[TULO

9

Aplicações

Diversas

da

 

Transformada

 

de

 

Fourier

 
 

9.1

Transfcrmada

de

Fourier

 

na

 

Difração

 

e

For.neção

 

de

 

Imagens,,,.............

 

215

9.1

a

Transformada

de

Fourier

 

a

Duas

 

Dimensões,..

 

219

9.

1b

Transformada

de

Fourier

a

Três

 

Dimensões,..

221

 

9.2

Transformada

de

Fourier

 

na

Teoria

 

das

Probabilidades,

221

 

9.2a

Função

Distribuição

 

de

 

Probabilidades

 

e

Função

 
 

Densidade

de

Probabilidades,

...............

 

221

 

9.2b

Expectativa

e

Momentos,...................

 

223

9.2c

Função

Característica,,,....................

 

224

 

9.3

O

Princípie

da

Incerteza

 

na

Análise

 

de

Fourier,......

 

228

9.4

Fórmula

do

Somatório

 

de

Poisson,

 

'

'236

9.5

Causalidade

e

a

Transformada

 

de

Hilbert,.........

 

239

9.6

Cálculo

de

Algumas

Integrais,

 

:

.

.

.

.

.

243

9.7

Problemas

Suplementares,

........................

 

244

AP~NDICE A

Convergência da Série de Fourier

e Fenômeno de GIBB

A.l

Convergência

da

Série

de

Fourier,

...............

 

247

A.2

Fenômeno

de

GIBB,..

..

..

.

.

.

..

..

..

.

.

.

..

..

..

..

..

.

253

APE:NDICE B

Relação Entre as Transformadas

de Laplace e Fourier

 

B. 1

Definições

e

Básicas

 

da

 

Transformada

 

de

 

Laplace, .

.

.

Propriedades

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

256

 

B . 2

Relação

Entre

. . . . . . . . . . . . a Transformada

 

de Laplace

e

a

de

Fourier,

259

APE:NDICE C

Três

Formas da Série de Fourier,

..

...

 

..

..

263

APE:NDICE D

Resumo das Condições

 

de Simetria,.

 

.

.

.

.

.

.

..

264

APE:NDICE E

Propriedades

 

da Transformada

 

de Fourier,.

 

.

..

265

APE:NDICE F

Lista

de Símbolos,.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

..

268

rNDICE AlFABnlCO

-

271

CAPíTULO

 

,

1

 
 

SERIE

 

DE

 

FOURIER

 

1.1

Funções Periódicas

 
 

As funções

periódicas

 

podem

ser

definidas

como

aquelas

para

as

quais

 
 

f(t)

= f(t

+ T)

 

(l.l)

para

qualquer

 

t.

A

menor

constante

T

que

satisfaz

 

(l.l)

é chamado

periodo

da

função.

Por

iteração

de

(l.l),

temos:

 

f(t)

= f(t

 

+ nT),

n

=

O,

±

1,

± 2,

....

(1.2)

A

Fig.

1.1 mostra

um

exemplo

de

função

periódica.

 

PROBLEMA

1.1

Ache

o período

da

função

f(t)

= cos

-1- + cos

;

.

Solução:

 

Se

a

função

f(t)

fôr

periódica

 

com

um

período

T,

então,

 

de

(l.l).

Resulta:

 
 

1

T)

 

1

T)

 

t

t

 

cos

-

(t

+

+

cos

-

(t

+

= cos

-

+

cos

-.

 

3

4

3

4

Desde

que

cos

(8 + 2rrm)

 

=

cos

8

para

qualquer

inteiro

m, então:

 
 

1

1

-

T = 27Tm,

 

-

T

=

27Tn,

 

3

4

onde

m

e

n

são

inteiros.

 

Portanto,

T = Sttm

= 8rrn.

 

Quando

m

=

4

e

n

=

3,

obtemos

o menor

T.

(Isto

pode

ser visto

mediante

um

processo

de

ten-

~a).

Então,

valor de T = 24rr.

 
 

Em

geral,

se

a

função

fôr periódica

com

período

T, deverá

ser possível,

então,

achar

dois

inteiros

m

e

n,

tais

que

 

O)IT = 2nm,

 

(1.3)

w2T

= 2nn.

(1.4)

o quociente

de

(1.3)

por

(1.4)

é

 

0)1

 

m

(1.5)

W2

n

isto

é,

a razão

0)1/0)2

deve

ser

um

número

f~'

 

PROBLEMA

 

1.2

A

função

f(t)

= cos

10t

+ cos

(10

+ rr) t

é periódica?

 

Fig.

1.1

Função

peri6dica.

2

S'RIE

DE

FOURIER

CAPo

 

1

Solução:

Neste

caso,

Clh

=

10

e

<02

=

10 + n.

Como

 
 

1

10

2

=

10 + 11

 

não

é um número

racional, é impossível achar um valor

T para

o

qual

(1.1) seja

satisfeita.

Portanto,/(t)

não é periódica.

 

PROBLEMA

 

1.3

Ache o período

da função 1(/)

=; (10 cos t)2.

 

Solução:

Usando

a identidade

trigonométrica

cos 2 ()

=

~

(1 + cos 2(),

 

f(t)

=

(10 COS

t)2 =

100 cos 2 t

=

100 ~ (1 + cos

2t)::

50 + 50

cos

2t.

 

2

Desde que uma constante

é função

periódica

de período

 

T para

 

qualquer

valor

de

T

e

o

período

de

cos 21 é n,

concluímos

que

o período

de 1(/)

é ti,

PROBLEMA

 

1.4

Mostre

que

se 1(1 + T)

= 1(1), então

 
 
  • l a+Tl2

B-TI2

 

lTI2

 

f(t)

dt

=

f(t)

dt,

(1.6)

 

-T12

 

lT+t

f(t)

dt

=

lt f(t)

dto

 

(1. 7)

Solução:

Se I(t

+ T)

= I(t),

fazendo

1=. -

T, teremos

 
 

t(L:'"

T + T) = feL)

= feL

-

T).

 

(1.8)

Considerando

a integral

 

Jf3

f(t)

dto

 

o:

Substituindo

 

1 = . -

f(t)

T, e

usando

(1.8), vem:

 
 

J 13

dt = J_

(13+T

feL

-

T)

dL

=

Jf3+T

feL)

dL.

 

a

a+T

 

a+T

 

Visto que qualquer tuição acima,

símbolo pode representar

a variável de integração

na substi-

 

f f3

a

f(t)