Você está na página 1de 12

PROVA DE RACIOCÍNIO LÓGICO

(SETEMBRO 2007)

1. Em uma determinada maternidade estavam num mesmo quarto cinco mães: Marta,
Juliana,Vanessa, Giovana e Rosa, e suas filhas: Betina, Clara, Renata, Judite e Lúcia, não
necessariamente nessa ordem. Os enfermeiros do hospital afirmaram o seguinte:

I. Se Betina é filha de Marta, então Clara não é filha de Juliana.


II. Clara é filha de Juliana, ou Renata é filha de Vanessa.
III. Se Judite não é filha de Giovana, então Betina é filha de Marta.
IV. Nem Renata é filha de Vanessa nem Lúcia é filha de Rosa.

Com base nessas afirmações, pode-se concluir que:

A) Renata é filha de Vanessa, ou Betina é filha de Marta.


B) Se Clara é filha de Juliana, Betina é filha de Marta.
C) Judite é filha de Giovana, e Clara é filha de Juliana.
D) Judite não é filha de Giovana, e Clara é filha de Juliana.
E) Judite é filha de Giovana, e Betina é filha de Marta.

2. Quatro colegas - Juca, Josi, Rosângela e Valter - brincavam em casa quando um deles
esbarrou num vaso de flores, que caiu e se quebrou. Quando Maria, a dona da casa, chegou,
perguntou o que havia acontecido, e cada um contou sua história. O mordomo, que
acompanhou o episódio, falou que: "Se Rosângela disse a verdade, então Josi e Valter
mentiram. Por outro lado, se Valter mentiu, Juca falou a verdade. Mas se Juca falou a
verdade, então foi o Bidu que derrubou o vaso". Dona Maria tinha certeza de que o
cachorro Bidu estava trancado no porão no momento do acidente, logo

A) Valter mentiu, ou Juca disse a verdade.


B) Rosângela e Josi disseram a verdade.
C) Valter e Juca mentiram.
D) Valter e Josi mentiram.
E) Rosângela e Juca mentiram.

3. Se o governo aumenta a taxa de juros, então as exportações aumentam. Embora o que se


sabe é que as exportações aumentaram, o que podemos concluir é que

A) A taxa de juros aumentou.


B) A taxa de juros diminuiu.
C) As exportações aumentaram.
D) As exportações diminuíram.
E) As exportações aumentaram, e a taxa de juros também.

CE - Central de Ensino – F.3063 4019 1


R. Prof. Rubião Meira, n. 31 – São Paulo/SP 05409 020
http://www.centraldeensino.com.br
CNPJ: 07275065/0001-99
4. Seja a seqüência de pares de números inteiros: (3, 4), (2, 5), (4, 3), (1, 6). Pode-se
concluir que o próximo par de números inteiros será

A) (6, 1).
B) (5, 2).
C) (3, 3).
D) (2, 5).
E) (1, 6).

5. Nas frases I, II e III, por meio de uma codificação, há a informação "governo de um".

I. É o conjunto de instituições que atendem e apóiam a educação superior e são mantidas


pelo governo federal.
II. Será encaminhado também um manual com informações e orientações para o trabalho
com dicionários em sala de aula.
III. Cada qual contribui de uma forma diferente para o processo de letramento e de
alfabetização de um aluno.

Analise as frases IV, V e VI, observando o mesmo critério de codificação.

IV. É o conjunto formado pelas instituições federais de educação superior e pelas


instituições privadas.
V. As escolas públicas de ensino fundamental estão recebendo dois acervos diferentes de
dicionários de língua portuguesa, que são excelentes.
VI. A União regula o funcionamento das instituições privadas garantindo desta forma a
qualidade da educação evitando falhas adversas.

Logo, pode-se afirmar que nas frases IV, V e VI há a informação


A) "conjunto escolas adversas".
B) "formado diferentes instituições".
C) "instituições públicas privadas".
D) "instituições são falhas".
E) "pelas escolas privadas".

6. Se os valores lógicos das proposições compostas (P → Q ) ∧ R e (R ∨ Q ) → P são


verdadeiros, então os valores lógicos (V, se verdadeiro; F, se falso) das proposições P, Q e
R são, respectivamente,

A) F F F.
B) V F F.
C) V F V.
D) V V F.
E) V V V.

CE - Central de Ensino – F.3063 4019 2


R. Prof. Rubião Meira, n. 31 – São Paulo/SP 05409 020
http://www.centraldeensino.com.br
CNPJ: 07275065/0001-99
7. Sejam as proposições:

I. Se Carlos trair a esposa, Larissa ficará magoada.


II. Se Larissa ficar magoada, Pedro não irá ao jogo.
III.Se Pedro não for ao jogo, o ingresso não será vendido.
IV. Ora, o ingresso foi vendido.

Portanto, pode-se afirmar que

A) Carlos traiu a esposa, e Pedro não foi ao jogo.


B) Carlos traiu a esposa, e Pedro foi ao jogo.
C) Carlos não traiu a esposa, e Pedro foi ao jogo.
D) Pedro foi ao jogo, e Larissa ficou magoada.
E) Pedro não foi ao jogo, e Larissa não ficou magoada.

8. Considere o tabuleiro de xadrez exposto ao lado onde cada 1


posição é identificada por um par ordenado (a, b), sendo que a 2
primeira coordenada (nesse caso "a") corresponde ao número da 3
linha, e a segunda coordenada (nesse caso "b") corresponde ao 4
número da coluna. Cada posição assume a cor branca ou preta. 5
Baseado nessas informações e considerando uma posição cujas 6
coordenadas correspondem a (x, y), assinale a alternativa 7
CORRETA. 1 2 3 4 5 6 7

A) x é par e y é par se, e somente se, a posição é branca.


B) Se a cor da posição é branca, então x =y.
C) x é ímpar e y é par se, e somente se, a posição é preta.
D) Se a posição é branca, então x é ímpar, e y é ímpar.
E) x é par e y é ímpar somente se a cor da posição é preta.

9. Em uma casa existem três cestos com roupas (A, B e C) e três cestos vazios (D, E e F).
Sabe-se que

I. Os cestos A e B têm em comum somente toalhas;


II. Os cestos A e C têm em comum somente saias;
III. Os cestos B e C têm em comum somente calças;
IV. Se fossem unidos os conteúdos dos cestos A, B e C e colocados no cesto D, este cesto
ficaria com as seguintes variedades de roupas: blusas, calças, jaquetas, meias, saias, toalhas,
vestidos e xales;
V. Se fossem unidos os conteúdos dos cestos A e C e colocados no cesto E, este cesto
ficaria com as seguintes variedades de roupas: calças, jaquetas, meias, saias, toalhas,
vestidos exales; e

CE - Central de Ensino – F.3063 4019 3


R. Prof. Rubião Meira, n. 31 – São Paulo/SP 05409 020
http://www.centraldeensino.com.br
CNPJ: 07275065/0001-99
VI. se fossem unidos os conteúdos dos cestos A e B e colocados no cesto F, este cesto
ficaria com as seguintes variedades de roupas: blusas, calças, saias, toalhas, vestidos e
xales.

Com base nos dados acima, pode-se concluir que o conteúdo do cesto A é formado por

A) Saias, toalhas, vestidos e xales.


B) Jaquetas, saias, toalhas e vestidos.
C) Calças, jaquetas, saias e toalhas.
D) Blusas, saias, toalhas e xales.
E) Blusas, meias, saias e toalhas.

10. Carlos, José, Pedro e Manoel disputaram uma corrida. Sabe-se que:
I. Pedro chegou entre José e Carlos.
II. Não é o caso que José chegou numa posição de número par.
III. Manoel foi o primeiro ou o último; se foi o último, chegou logo após Carlos; e se foi o
primeiro, chegou logo à frente de Carlos. Com base nessas informações, pode-se concluir
que a ordem de chegada, do primeiro para o último, foi

A) Carlos, José, Pedro e Manoel.


B) Carlos, Pedro, José e Manoel.
C) Manoel, Carlos, Pedro e José.
D) Manoel, José, Pedro e Carlos.
E) José, Pedro, Carlos e Manoel.

11. Assinale a alternativa que apresenta uma forma de argumento válida.

A) Mateus é administrador somente se ele é bem sucedido, ou Mateus está empregado.


Portanto, se Mateus é administrador, então Mateus está empregado ou é bem sucedido.
B) Mateus não é administrador ou não é bem sucedido. Portanto, não é o caso que Mateus é
administrador ou bem sucedido.
C) Se Mateus é administrador, então Mateus está empregado. Mateus está empregado.
Portanto, Mateus é administrador.
D) Se Mateus é administrador, então Mateus está empregado devido ao fato de ser ele bem
sucedido. Portanto, se Mateus é administrador, então Mateus está empregado.
E) Se Mateus não é administrador, então Mateus não é bem sucedido. Portanto, não é o
caso que Mateus é administrador e bem sucedido.

12. Seja a proposição "A prova está fácil se, e somente se, todos os alunos foram
aprovados". Uma proposição equivalente pode ser dada por

A) "A prova não está fácil se, e somente se, todos os alunos foram reprovados."
B) "A prova está fácil ou não é verdade que todos os alunos foram aprovados; e a prova não
está fácil ou todos os alunos foram aprovados."

CE - Central de Ensino – F.3063 4019 4


R. Prof. Rubião Meira, n. 31 – São Paulo/SP 05409 020
http://www.centraldeensino.com.br
CNPJ: 07275065/0001-99
C) "A prova não está fácil se, e somente se, nenhum aluno foi aprovado."
D) "Ou a prova está fácil e todos os alunos foram aprovados, ou a prova não está fácil e
alguns alunos foram reprovados."
E) "Ou a prova está fácil e todos os alunos foram aprovados, ou a prova não está fácil e
todos os alunos foram reprovados."

13. Sejam as proposições:


I. Para ser aprovado na prova, é suficiente estudar.
II. Para ser aprovado na prova, é necessário estudar.

A respeito da suficiência e necessidade nessas proposições, pode-se reescrevê-las,


respectivamente, da seguinte forma:

A) Se estudar, então será aprovado; e estudar garante a aprovação.


B) Se estudar, então não será aprovado; e estudar não garante a aprovação.
C) Se estudar, então será aprovado; e estudar não garante a aprovação.
D) Se estudar, então não será aprovado; e estudar garante a aprovação.
E) Se estudar, então será aprovado; e não estudar garante a aprovação.

14. Um supermercado comercializa 4 produtos distintos com prazos de validades


diferentes. Sabe-se que

I. O iogurte tem 1 mês de validade a mais que a manteiga;


II. O leite tem 2 meses a menos de validade que a compota de pêssego; e
III. A compota de pêssego tem 3 meses de validade a mais que o iogurte.

A ordem dos produtos, de acordo com a expiração do prazo de validade é

A) Manteiga, leite, iogurte e compota de pêssego.


B) Manteiga, iogurte, leite e compota de pêssego.
C) Leite, iogurte, manteiga e compota de pêssego.
D) Iogurte, manteiga, compota de pêssego e leite.
E) Compota de pêssego, leite, iogurte e manteiga.

15. Um número é escrito com dois algarismos. A soma desses algarismos é 11. Subtraindo
9 unidades desse número obtém-se outro número com os mesmos algarismos em ordem
invertida. Os algarismos que compõem esses dois números

A) São 5 e 6.
B) São 4 e 7.
C) São 3 e 8.
D) São 2 e 9.
E) Não existem.

CE - Central de Ensino – F.3063 4019 5


R. Prof. Rubião Meira, n. 31 – São Paulo/SP 05409 020
http://www.centraldeensino.com.br
CNPJ: 07275065/0001-99
16. Numa determinada região chove ou faz sol. Se chove, há enchente; porém se faz sol, há
seca. Assim, uma conclusão possível é a de que nessa região.

A) Há seca.
B) Há enchente.
C) Há tempos de seca e de enchente.
D) Há tempos de seca ou de enchente.
E) Há apenas enchente.

17. Todo ladrão é desonesto. Alguns desonestos são punidos. Portanto, pode-se afirmar que

A) Alguns punidos são desonestos.


B) Nenhum ladrão é desonesto.
C) Nenhum punido é ladrão.
D) Todo ladrão é punido.
E) Todo punido é ladrão.

18. Manoela vai comprar um computador ou um carro; porém disse ao seu noivo que não é
verdade que, se comprar um computador, retirará o dinheiro da poupança. Assim, pode-se
afirmar que

A) Manoela vai comprar o carro.


B) Manoela vai comprar o computador.
C) Manoela retirou o dinheiro da poupança.
D) Manoela não vai comprar o carro nem o computador.
E) Manoela retirou o dinheiro da poupança e vai comprar o computador.

19. A negação da proposição "Todo homem taxista dirige bem." É

A) "Existem mulheres taxistas que dirigem bem."


B) "Existe um homem taxista que dirige bem."
C) "Existe pelo menos um homem taxista que dirige bem."
D) "Existe pelo menos um homem taxista que não dirige bem."
E) "Todas as mulheres taxistas dirigem bem."

20. Qual das seguintes alternativas apresenta uma sentença verdadeira?

A) ∀x(sen( x ) < cos( x) ).


B) ∀x(sen( x ) − cos( x) = π ).
C) ∀x(sen( x ) − cos( x) = 1).
D) ∀x(π / 2 < x < π → sen( x ). cos( x) < 0).
E) ∀x(sen( x ) < cos( x) → x < π ).

CE - Central de Ensino – F.3063 4019 6


R. Prof. Rubião Meira, n. 31 – São Paulo/SP 05409 020
http://www.centraldeensino.com.br
CNPJ: 07275065/0001-99
Soluções:

R1. Alternativa C.
De IV sabe-se que Renata não é filha de Vanessa. Mas como afirma-se em II que ou Renata
é filha de vanessa, ou Clara é filha de Juliana, pode-se concluir que Clara é filha de Juliana.
Da contrapositiva de I vem que se clara é filha de Juliana, Betina não é filha de Marta. E da
contrapositiva de III deduz-se que Se Betina não é filha de Marta, Judite é filha de Giovana.
Organizando já sabemos que:
Clara é filha de Juliana e Judite é filha de Giovana.

R2. Resposta E.
Como Bidu estava trancado, sabe-se que ele não derrubou o vaso. Conclui-se que Juca não
falou a verdade. Valter portanto não mentiu. Ora, como Valter falou a verdade, conclui-se
que Rosangela mentiu.

R3. Resposta C.
As exportações aumentaram, como é afirmado textualmente. Nada mais se pode concluir.
Para compreender porque não se sabe se necessariamente ocorreu aumento na taxa de juros,
basta pensar na afirmação: “Se dou um tiro no meu vizinho ele morre. Meu vizinho está
morto.” É absurdo concluir que necessariamente eu atirei nele, pois diversas coisas podem
causar a morte, assim como diversas coisas podem causar um aumento de exportações.

R4. Resposta B.
A seqüência até o oitavo par é (3, 4), (2, 5), (4, 3), (1, 6), (5,2), (0,7), (6,1), (-1,8).
Os pares ordenados são formados pela adição e subtração da seqüência 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7...
O segundo par é formado como a seguir:
(3, 4) 3 – 1 = 2 e 4 + 1 = 5 (2, 5) (subtraímos 1 e somamos 1)
(2, 5) 2 + 2 = 4 e 5 - 2 = 3 (4, 3) (somamos 2 e subtraímos 2)
(4, 3) 4 – 3 = 1 e 3 + 3 = 5 (1, 6) (subtraímos 3 e somamos 3)
O próximo será
(1, 6) 1 + 4 = 5 e 6 - 4 = 2 (5, 2) (somamos 4 e subtraímos 4)

R5. Resposta D.
A mensagem do código é formada pelas penúltimas palavras das sentenças.
Usando o mesmo critério obtemos:
IV. É o conjunto formado pelas instituições federais de educação superior e pelas
instituições privadas.
V. As escolas públicas de ensino fundamental estão recebendo dois acervos diferentes de
dicionários de língua portuguesa, que são excelentes.
VI. A União regula o funcionamento das instituições privadas garantindo desta forma a
qualidade da educação evitando falhas adversas

CE - Central de Ensino – F.3063 4019 7


R. Prof. Rubião Meira, n. 31 – São Paulo/SP 05409 020
http://www.centraldeensino.com.br
CNPJ: 07275065/0001-99
R6. Resposta E.
Se os valores lógicos das proposições compostas (P → Q ) ∧ R e (R ∨ Q ) → P são
verdadeiros:
(P → Q ) ∧ R é verdadeiro, assim necessariamente R é verdadeiro, e (P → Q ) também.
Sabemos que R é verdadeiro, e que (R ∨ Q ) → P é verdadeiro, desenvolvendo temos:
(Verdade ∨ Q ) → P ≡ Verdade
Verdade → P ≡ Verdade
P ≡ Verdade
Sabendo que P é verdadeiro e (P → Q ) é verdade, conclui-se que Q é verdade.

R7. Resposta C.
Como o ingresso foi vendido, aplicando a contrapositiva em III conclui-se que Pedro foi ao
jogo. Aplicando a contrapositiva em II, sabe-se que se Pedro foi ao jogo, Larissa não ficou
magoada. Assim sabemos que Larissa não ficou magoada. Aplicando a contrapositiva em I
temos, Se Larrissa não ficar magoada, Carlos não traiu a esposa. Sabemos que Larissa não
ficou magoada. Conclui-se que Carlos não traiu a esposa. Já sabíamos que Pedro foi ao
jogo.

R8. Alternativa correta E.


Avaliando as alternativas:
A posição (1,1) mostra uma casa branca, assim a alternativa A está incorreta.
A alternativa B está incorreta, pois a posição (3,1) mostra uma casa branca, em que x é
diferente de y (3≠1).
No par (2,1) a posição é preta, mas x é par (2) e y é impar (1). Alternativa C incorreta.
A posição (2,2) é branca, mas nem x nem y são impares. Alternativa D incorreta.
Em todas as casas em que x é par e y é impar, a cor é preta.

R9. Resposta A.
Trata-se de um exercício de conjuntos, em que são fornecidos os seguintes conjuntos:
I A ∩ B ≡ toalhas
II A ∩ C ≡ saias
III B ∩ C ≡ calças
IV A ∪ B ∪ C ≡ blusas, calças, jaquetas, meias, saias, toalhas, vestidos e xales;
V A ∪ B ≡ blusas, calças, saias, toalhas, vestidos e xales;
VI A ∪ C ≡ calças, jaquetas, meias, saias, toalhas, vestidos e xales;
O conteúdo do cesto A pode ser determinado pela expressão:
A≡ A∪ B ∪C − B ∪C + A∩ B + A∩C
Como o conjunto B ∪ C não foi fornecido, temos que descobrir os elementos de B e de C,
tal que:
B ≡ A∪ B ∪C − A∪C + B∩ A+ B ∩C
C ≡ A∪ B∪C − A∪ B +C ∩ A+C ∩ B

CE - Central de Ensino – F.3063 4019 8


R. Prof. Rubião Meira, n. 31 – São Paulo/SP 05409 020
http://www.centraldeensino.com.br
CNPJ: 07275065/0001-99
B contém: {blusas, calças, jaquetas, meias, saias, toalhas, vestidos e xales} – {calças,
jaquetas, meias, saias, toalhas, vestidos e xales} +{toalhas} + {calças} = blusas, calças,
toalhas.
C contém {blusas, calças, jaquetas, meias, saias, toalhas, vestidos e xales} – {blusas,
calças, saias, toalhas, vestidos e xales} +{saias} + {calças} = calças, jaquetas, meias e saias

Agora podemos afirmar que B ∪ C contém: blusas, calças, jaquetas, toalhas, meias e saias.
Para descobrir o conjunto A ≡ A ∪ B ∪ C − B ∪ C + A ∩ B + A ∩ C
A contém: {blusas, calças, jaquetas, meias, saias, toalhas, vestidos e xales} – {blusas,
calças, jaquetas, toalhas, meias e saias} +{toalhas} + {saias} = vestidos, xales, toalhas e
saias.

R10. Alternativa E.
I - Pedro ocupa a posição 2 ou 3.
II – José ocupa a posição 1 ou 3.
III – Manuel ocupa a posição 1 ou 4.
Também de III pode-se saber que Carlos ocupa a posição 2 ou 3.
Desta forma, apenas Manuel pode ocupar a última posição, conclui-se então que foi o
último. Portanto Carlos foi o terceiro. Como Carlos foi o terceiro, José foi o primeiro, e
assim Pedro foi o segundo.

CE - Central de Ensino – F.3063 4019 9


R. Prof. Rubião Meira, n. 31 – São Paulo/SP 05409 020
http://www.centraldeensino.com.br
CNPJ: 07275065/0001-99
R11. Reposta A.
Chamaremos as sentenças conforme a nomeação:
p: Mateus é administrador.
q: Mateus é bem sucedido.
r: Mateus está empregado.

p ↔ (q ∨ r ) ≡ Verdadeiro
Em A temos . Raciocínio válido (quaisquer valores de p, q e r
∴ p → (r ∨ q ) ≡ Verdadeiro
que tornem a primeira sentença verdadeira, também tornarão a segunda verdadeira).
Em B temos (~ p ∨ ~ q ) ≡ ~ ( p ∨ q ) Inválido (comparar com a Lei de Morgan).
Em C temos
( p → r)
r ≡ Verdade ∴ Raciocínio inválido, pois p tanto pode ser verdadeiro como falso!
p ≡ verdade
( p ∧ q) → r ≡ V
Em D temos raciocínio válido.
p → r ≡V
Em E temos ~ p →~ q ≡ ~ ( p ∧ q ) inválido. (aplicar contrapositiva e definição da
condicional).

R12. Resposta B. A questão deveria ser anulada, já que a resposta D também pode ser
considerada equivalente à proposta.
Vamos nomear as sentenças. p: A prova está fácil e q: todos os alunos foram aprovados.
Temos p ↔ q , cuja tabela verdade é VFFV.
Na alternativa A, apesar de a estrutura apresentada aparentar a expressão: ~ p ↔ ~ q (que
seria equivalente), deve-se notar que a negação de todos os alunos foram aprovados não é
“todos os alunos foram reprovados”, mas sim, “alguns alunos foram reprovados”. Não são
portanto equivalentes.
Na alternativa B não há essa confusão ao negar a sentença “todos foram aprovados”, e
temos:
( p ∨ ~ q ) ∧ (~ p ∨ q ) ≡ (~ p →~ q ) ∧ ( p → q ) ≡ (q → p ) ∧ ( p → q ) ≡ p ↔ q
Aplicando a definição da condicional e em seguida a contrapositiva, podemos provar que as
sentenças são equivalentes, conforme o desenvolvido acima.
A alternativa C é igual a alternativa A e está incorreta pela mesma razão.
A alternativa E também está incorreta pois a negação de “todos os alunos foram aprovados”
é “alguns alunos foram reprovados” e não “todos foram reprovados”
A alternativa D declara: ( p ∧ q ) ∨ (~ p ∧ ~ q ) ≡ ( p ∧ q )∨ ~ ( p ∨ q ) , sua tabela verdade é
equivalente a da sentença proposta, e assim podem ser consideradas sentenças equivalentes,
a menos que a ANPAD esteja considerando o “ou” A “ou” B, como um ou exclusivo.
CE - Central de Ensino – F.3063 4019 10
R. Prof. Rubião Meira, n. 31 – São Paulo/SP 05409 020
http://www.centraldeensino.com.br
CNPJ: 07275065/0001-99
R13. Resposta C. A primeira sentença declara que o estudo vai garantir a aprovação na
prova (já que não existe a possibilidade de estudar e não ser aprovado) ou dito de outra
forma: “Se estudar, você será aprovado”. A segunda sentença difere da primeira no
seguinte, ela declara que estudar é uma das condições para ser aprovado (ninguém passa
sem estudar), mas não é “suficiente”, ou seja, há quem estude e mesmo assim não seja
aprovado.

R14. Resposta B. Se o prazo de validade do iogurte é maior, ele expira depois da manteiga.
Assim, temos Manteiga, iogurte. Como o pêssego expira três meses após o iogurte temos:
Manteiga, Iogurte, Pêssego. O leite expira antes do pêssego, mas após o iogurte, assim:
Manteiga, Iogurte, Leite e Pêssego.

R15. Resposta A. Um número de dois algarismos XY. Temos também soma 11, ou seja, X
+ Y = 11. Subtraindo 9 unidades desse número obtemos o número YX.
Os números que somam 11 são: 2 + 9 ou 3 + 8 ou 4 + 7 ou 5 + 6 ou os inversos.
Assim o número pode ser: 29, 38, 47, 56, 65, 74, 83, 92. Facilmente pode-se perceber que a
operação “92 – 9” resultará em um número bem distante de 29. O mesmo pode-se dizer de
83 e 74. O número procurado é 65. Basta conferir com 65-9=56.

R16. Resposta D.
Não há como afirmar que apenas faça sol, ou apenas chova, pois o enunciado apenas afirma
que chove ou faz sol. Assim, pode ser que chova e não faça sol, pode ser que faça sol e não
chova e pode ser que ambos ocorram. Desta forma seus conseqüentes também não podem
ser afirmados certamente, assim as alternativas A, B e E estão incorretas. A única hipótese
é que ocorra ao menos um dos conseqüentes, assim, pode-se dizer que Há tempos de seca
ou de enchente.

R17.A alternativa A está correta.


Se alguns desonestos são punidos, alguns punidos são desonestos. A alternativa B contradiz
a premissa “todo ladrão é desonesto”. Não se pode afirmar que algum ladrão seja ou não
punido (pode ser que apenas quem não é ladrão e é desonesto seja punido, ou pode ser que
apenas ladrões sejam punidos, entre outras hipóteses). Assim não se pode concluir por C, D
ou E.

R18. Resposta B. O exercício “soa estranho” a quem não está habituado aos operadores
lógicos, vamos definir como:
p: Manoela vai comprar um computador.
q: Manoela vai comprar um carro.
r: retirará o dinheiro da poupança.
Considerando as premissas verdadeiras, (afim de termos uma conclusão válida), temos:

CE - Central de Ensino – F.3063 4019 11


R. Prof. Rubião Meira, n. 31 – São Paulo/SP 05409 020
http://www.centraldeensino.com.br
CNPJ: 07275065/0001-99
 p ∨ q ≡ Verdadeiro

~ ( p → r ) ≡ Verdadeiro ⇒ ~ (~ p ∨ r ) ≡ Verd .
⇒ p ∧ ~ r ≡ Verdadeiro.
⇒ p ≡ Verdadeiro, r ≡ Falso q ≡ ?
Conclui-se p, Manoela vai comprar o computador.
NOTA:Exercícios assim não são recomendáveis, pois sua operação em “português” soa
absurda.

R19. Resposta D.
Basta que um homem taxista não dirija bem para negar a proposição.

R20. Resposta D.
A sentença afirma que ∀x(π / 2 < x < π → sen( x ). cos( x) < 0). corretamente, pois no
intervalo que vai de 90 graus (π/2) até 180 graus (π), todos os senos são positivos, e todos
os co-senos são negativos. A figura a seguir pode auxiliar na compreensão.

Nota, em (π/2) o co-seno é 0 e em (π) o seno é 0.

CE - Central de Ensino – F.3063 4019 12


R. Prof. Rubião Meira, n. 31 – São Paulo/SP 05409 020
http://www.centraldeensino.com.br
CNPJ: 07275065/0001-99