Você está na página 1de 11

RESSONÂNCIA SÉRIE E PARALELA

Uma das características mais importantes de um circuito Como


RLC é que é possível fazê-lo responder a uma única Xi. = XL - XL =dc(Iluduciu
frequência dada, com maior eficiência. Ao operar nessas
condições, diz-se que o circuito está em ressonância ou 7 = VR2 (X, -- Xe)2 — V1F' —R
ressoa na frequência de operação.
Como a impedância Z é igual a resistência R, a
O RLC série ou paralelo apresenta algumas características impedância é um mínimo, logo a corrente é máxima. O
quando estão em ressonância, ou seja , ele responde ângulo de fase é igual a O°, por isso o fator de potência é
seletivamente a algumas frequências rejeitando outras. igual a 1.
Quando este circuito fornece certa seletividade a As frequências abaixo da frequência de ressonância
determinada frequência ele é chamado de circuito Xc> XL de modo que o circuito é formado por
sintonizado. Além disso esses circuitos são usados no resistência e reatância capacitiva. Acima da frequência de
casamento de impedâncias em filtros de passagem de ressonância XL>Xc e o circuito é formado pela
faixas e osciladores. resistência e indutância.

Ressonância Série Agora veremos o gráfico frequência x Impedância


O RLC série possui impedância série igual a x
,
E = v R 2
+ - ir7 'C — X e > X, ---)k— X L > X,

Para este circuito entrar em ressonância é necessário que a


reatância indutiva seja igual a reatância capacitiva Re8ito Reglio
capacitiva indutiv
XL XL' a
Ponto de ressonância
onde Z=R
Xp 2-rrf f
freqüencia f
2 ,r fc ,
Na frequência de ressonância Z=R
portanto, na ressonância teremos o seguinte
Agora veremos o gráfico frequência x corrente
21111_, =
7rfe
Correm ta rn Á_xleria

Como queremos calcular a frequência de ressonância,


evidenciamos f

f-
f 1 0.159
f =
onde
fregidocia de ressonánda, Hz
L indutancia. H
Observamos no gráfico que a corrente é máxima
C = capacitancda, F na frequência de ressonância.

Exemplol: Calcule a frequência de ressonância de um


circuito de sintonia de um radiorreceptor simples se a
indutância for de 200W-1 e o capacitor for posicionado
em 200pF.

I. = 290 µE1 C 240 p


Para calcular o valor do capacitância ou indutância que faz
o circuito entrar em ressonância temos
0,0254
F. - ______2
4 -a f ,C JTC

1 o 02:S4
C= =
4.71. f ri, ;L.
RESSONÂNCIA SÉRIE E PARALELA
L=200pH=200x10-8H=2x101H C= 200 pF 200x 10 - 1 2 F = 2 x 10 - 'F
0,159
Para a frequéneia f = 1.200 kHz, que está acima da freqiiiineia de ressunáncia:
1../TC
0 , 1 5 9 X, = 6,28fi, = 6,28(!2 x 10)(150 x 1Ô) = 1130f1
= 795.000 Hz = 795 kHz Resp-
V(2 x 10 4)(2 x 1
785 fi
6,28fC 6,2802 x 10')(169
Cotão > Xr, o circuita é indutivo acima da fuça:Mula de renonascia, Reais,
Exemplo 2: Calcule o valor em picofarads de um capacitor Q de um circuito série
de sintonia colocado em série com uma com uma
O grau de seletividade de um circuito sintonizado em série
indutância de 400W-1 a fim de produzir a ressonância para
é proporcional a razão de sua reatância indutiva pela sua
um sinal de 5001(11z.
resistência .
7
440gH = 400 x 10-6H = 4 x 10-S Q =
R
0 0 254
C=
f
onde Q = fator qualidade
0,0254
(5 x 10)2(4 X 10") 2,54 x 10 ffi F = 254 x 10-12F 254 rf Resp. X L = reatánicia indutiva, 52
re$isténei a.g2
R
Exemplo 3: Uma tensão de Quanto mais baixa a resistência mais alto o Q , por
15V ca é aplicada a uma consequência mais estreita e mais seletiva a curva de
bobina de 150µ11, ligada em = 500 kHZ = 500 X 1011z 5 x Hz ressonância.
série com um capacitor de O Q mais alto possível de um circuito corresponde ao Q da
169pF. A resistência total em bobina.
série é de 7,552, o que inclui a resistência do enrolamento O Q pode ser considerado também como fator de
da bobina, a resistência dos cabos conectores e a resistência amplificação que determina de quanto a tensão através de
de fuga do capacitor. Este circuito é ressonante em L ou C aumenta quando aumenta a corrente ressonante
1.0001cHz. Calcule o valor da corrente e as quedas de num circuito série.
tensão em cada elemento v, = V c = Q V r

Na ressonância, Z= = 7,5

Pela lei de Ohm, 1 VT 15 _ 2 A


Exemplo: Calcule o Q para um circuito ressonante série e o
aumento da tensão através de L ou C devido a ressonância.

=R = 125,6
7,5

Para o cálculo da tensão em L ou C

V, = V,.= QV., = 1125,M1.5) = 11184V

V, = .2" V, = ?

V, = 15V f,
= MOO kHz
Calcule as quedas de tensão na ressonância.
O Q de uma circuito série pode também ser calculado
= Xe = 27ry,L = 6,28(101050 x = 9421-2
medindo-se o aumento Q na tensão através de L ou C,
Vn = IR = 2(7,5) = 13 V Resp.
comparando essa tensão com a tensão de entrada.
V, = = 2(942) = 1884 V Resp.
V,- = IX, = 2(942) =- 1884 V Resp. V o kb. vc
V,
a tensão VL e VC é 125 vezes maior que VT, porém n

como em ressonância elas se anulam, não trazendo


nenhum efeito sobre a carga. Exemplo: Um circuito ressonante série em 4001cHz
Se a frequência da tensão aplicada for modificada para desenvolve 100mV através de uma bobina de 250pH
8001cHz e depois 12001cHz oque acontecerá. com uma entrada de 2mV. Calcule Q e a resistência ca
Descreva o çomportamento de Circuito em funçgo da Czeqüência. Para a freqüdacia f
da bobina
= 800 kHz, que está abaixo da freqüência de ressonância: 100 mV
= — Se Resp_
6,28fL = 6,28(8 x 10 3X150 x io = 754 51 Vaitrada 2 rnv
= 2af L = 6,28(4 5( 10 3)(250 x 10-11 621512
X, - - ii78S1
6,2Rfe 6,28(8 x 10')(169 Xp

Como X> XL, o circuito e osrpacirieo abaixo da freqüência de YeSS011fiffld./1.. Resp.


Xj_ :5
Para a frui:Onda de ressondnera f r = 1.000 kHz: R= 62= 12,6 i2 Resp.
Q 50
= x,. = 942 ft

Portanto, na ressoriancia o circuito é puramente resisti-1'o.


RESSONÂNCIA SÉRIE E PARALELA
Ressonância paralela Se o Q da bobina for alto, digamos malar do 0,510, ou o termo 1ILC>R2IL 2, então, na prática, o
termo R211,2 pode ser desprezado. Chega•se entro à conclusão que a N.(18-6) toma-se a Eq:
Assim como no circuito série, para o paralelo podemos
(18.1), a fórmula da frequência de ressonância para uma ressonância série.
dizer que a ressonância ocorre quando XL = XC
.,- (18-0
A tensão é a mesma em L e C 2TrvI.
0

Vesc A impedância total de um LC paralelo real


V V XL RC
'
XC

Em função de Q temos
Z r = X I .Q
=c
Éo
- r= zi.
Vr, referência
A impedância em um circuito LC paralelo real é
máxima na frequência de ressonância e diminui para
frequências abaixo e acima da frequência de
ressonância.
É fácil observar que IL =IC e que IL está atrasado em xs = xc
relação a VT de 90° e IC está adiante de VT de 90°, logo -E X-, -X, 7 X,

IL e IC estão defasados de 180°.


JR,Ngd-rea Rcgi€Ga
Como o vetor soma é zero IT na ressonância é zero e nessa indutiva capacitiva.

condição a impedância tem valor infinito.

Para cálculo da frequência de ressonância f, L ou C realiza-


se da mesma maneira que um circuito série.
.f
rzen ihRneía. f
1 0 0254 0 0254
L= c
2a1W Lí I re -
rt=fim
E li > 1, > fim

Circuito LC real em paralelo


Nessa condição leva-se em consideração a resistência do
indutor, logo o circuito ressonante paralelo, também
responde para uma resistência pura.

Frefi ~LEN f

vT Largura de faixa e potência de circuitos ressonantes A


largura de faixa ressonante de frequências, centralizadas
em torno de fr, é chamado de largura de faixa do circuito
sintonizado.
Considera-se o grupo de frequências com uma resposta de
70,7 por cento do máximo.
IT = IR A largura de faixa para uma resposta de 70.7% na corrente
ou na tensão é também a largura de faixa nos pontos de
O cálculo da frequência de ressonância meia potência.
1 l R7
,
fi = .) Fr 1f LC
A largura da faixa (LF) em frança° de Q é
f p , = f re q ü ê n c i a d e re s so r i ãn i c i a
, H z L in d u t in c i a3 i C = LE= -
c ap ac it A n c ia , F R - = r e á sté ri c i a,
SZ
RESSONÂNCIA SÉRIE E PARALELA

Amplitude e frequência
Vr 100
Laica da faixa Naressonância: = — —
= -
J, R 2fi
A poténcia na ressonância fica: 2 1
P. = 1 R = 5 (20) = 500 W Resp.
1•

Resposta cFu P, VAI = 100(5) = 500 W Resp.


em = ,- = = = 250 W Resp
70.7%
Potencia em fi Ou f2' I y PR 52(20
V 2 2
ou, como f, e f2 são pontos de meia potência.
, 500
Pf I = = T = 250 W

Preqiiancia f

Resumo
Corrente e frequência
70,7% da Ressonância Série Resxmincia Pard1r1a (Q 10)
cm:rente máxima

1 1
.VU 27r1j1.0
Ir máximo pau fr em e = ern 1T mínimo em fr cama =
Imp:dincia 1 mínima em f. trapcdância 2T míltima era 4.

ri XE
""". R
Aumento áe Q na terisSo = QV- Aumento de Q na impedi:o-teia =
Wtf.
".1
2 1-Largura de faixa ,if Lanuma de faixa 4f•-
Freqtdència 0
Abaixo de ff, çapaoltire. Abaixo- de 4, indutivo
Acima de fr, indutrm Acima de fp, caPaciti'02
Impedância e frequência
70,7% da
impadincia máxima Exercícios
1 - Qual o fator qualidade de uma bobina de 30 m11, com
uma resistência interna de 3 S2 , trabalhando em uma
freqüência de 50 Hz?

a) 3
,
1
1'2
P•dx,dilliencis• f
4
b) 9
Exemplo 1: Um circuito LC ressonante em 1.0001cHz
2 - circuito mostrado abaixo está em ressonância. Qual o
tem um Q de 100. Calcule a largura de faixa total Af e as valor de sua largura de banda?
frequências-limitefl e fl
XL= SOOS2 R=40 Sd

=
x 10 = .1=5 kHz
— 10 10' = 10kHL
100

f = I, — = 1,000x 10' — (5 1.0) = 995 X 14'- 995 kHz


a) 400
KHz
f.+ — ILIXK) x 10' + 5 x 14f = ifi05 .
x 1.00.5 kHz b) 50
Exemplo 2: Para o circuito abaixo determine a potência real KHz
consumida na ressonância e para uma frequência-limite? c) 1000
X
L 3 - Considerando que o circuito abaixo está em
ressonância, calcule o valor da tensão em L1

vr 100 V
a) 282,6
V
b) 1413,
[mo
a 0V
c) 1884,
RESSONÂNCIA SÉRIE E PARALELA
4 — Indique a alternativa correta sobre a impedância z, de
um circuito LC real paralelo e de um circuito
RLC real em série, respectivamente, sintonizados na sua
frequência de ressonância
a) ZT é máxima e Zr é mínima.
b) ZT é mínima e ZT é máxima.
e) ZT é mínima e ZT é mínima, d)
ZT é máxima e ZT é máxima.

5 — Determine a frequência de ressonância de um circuito


RLC série formado por um resistor de 10052, um indutor de
9mH e um capacitor de 16nF.

a)563Hz.
b)13,21(Hz.
c)69,4kHz.
d)1,1MHz.