Você está na página 1de 5

1 O que é Networking:

Networking é uma palavra em inglês que indica a capacidade de estabelecer


uma rede de contatos ou uma conexão com algo ou com alguém.

Essa rede de contatos é um sistema de suporte onde existe a partilha de


serviços e informação entre indivíduos ou grupos que têm um interesse em comum.

É uma palavra inevitavelmente relacionada com o contexto empresarial e


indica uma atitude de procura de contatos com a possibilidade de conseguir subir na
carreira. Apesar disso, networking não é uma atividade egoísta, em que você só
quer se aproveitar de uma pessoa para o seu próprio bem. Deve existir um sentido
de reciprocidade, o benefício deve ser mútuo, porque mesmo que uma pessoa seja
mais experiente, ela sempre pode aprender alguma coisa com outra.

Quando uma empresa precisa contratar alguém, frequentemente aborda os


seus funcionários e pergunta se conhecem alguém na sua rede de contatos que
possa desempenhar uma determinada função. Quanto melhor for a capacidade de
networking de uma pessoa, maior é a sua probabilidade de ser indicada para um
cargo quando surge a oportunidade.

Networking não é usar uma cunha, porque a competência da pessoa em


questão não está em causa. Networking é conhecer as pessoas certas, que podem
dar uma referência ou fazer uma indicação.

É importante salientar que networking não é apenas conseguir novos


contatos, mas também é saber manter os contatos que já fez no passado. Além
disso, no networking é mais importante a qualidade do que a quantidade dos seus
contatos.

O networking é uma ferramenta do marketing pessoal que depende muita da


aptidão social de alguém. Para construir uma boa rede de contatos é preciso ser
eficiente no âmbito dos relacionamentos interpessoais, e por isso o networking é
muitas vezes trabalhado no coaching.

Segundo administrador de empresas e palestrante Max Gehringer, networking


é "uma questão de paciência e não urgência", ou seja, não é apropriado conhecer
uma pessoa e imediatamente entregar o seu currículo.
O networking ganha cada vez mais importância no contexto atual do mercado
de trabalho, onde é fácil encontrar pessoas com formação universitária. Ter um bom
currículo ou bastante experiência em uma determinada área é muito importante, mas
muitas vezes isso não é suficiente para conseguir um emprego. É preciso conhecer
uma pessoa que trabalha em uma empresa e que reconhece que você pode ser
uma mais-valia para a organização: isso é networking.

2 Benefícios do Networking

Ter um networking ativo é vital para o crescimento da carreira. Muitas vezes


confundido com a venda, o networking é, na verdade, sobre a construção de
relacionamentos de longo prazo e uma boa reputação ao longo do tempo. Trata-se
de reunião e de conhecer pessoas que você pode ajudar, e que potencialmente
pode ajudá-lo em troca. Sua rede inclui amigos e familiares á colegas de trabalho e
membros de grupos aos quais você pertence.

Aqui estão alguns dos principais benefícios do trabalho em rede:

 Fortalecimento das relações

Networking é sobre a formação de confiança e ajudar uns aos outros em


direção a metas. Regularmente se envolver com seus contatos e encontrar
oportunidades para ajudá-los; ajudar a fortalecer o relacionamento. Ao fazer isso,
você semeia as sementes de assistência recíproca, quando você precisa de ajuda
para conseguir seus objetivos.

 Ideias Frescas

Sua rede pode ser uma excelente fonte de novas perspectivas e ideias para
ajudá-lo em sua função. A troca de informações sobre os desafios, experiências e
objetivos é um dos principais benefícios networking, porque permite-lhe ganhar
novos conhecimentos que você pode não ter pensado. Da mesma forma,
oferecendo ideias úteis para um contato é uma excelente maneira de construir sua
reputação como um pensador inovador.

 Melhore seu Perfil


Ser visível e ser notado é um benefício da network que é essencial na
construção de carreira. Participar regularmente de eventos sociais e profissionais vai
ajudar a se tornar um rosto conhecido. Você pode, então, ajudar a construir sua
reputação como experiente, confiável e de suporte, oferecendo informações úteis ou
dicas para as pessoas que dela necessitam.

 O acesso a oportunidades

Expandir seus contatos pode abrir portas para novas oportunidades de


negócios, progressão na carreira, crescimento pessoal, ou simplesmente novos
conhecimentos. Ter um networking ativo ajuda a mantê-lo “top of mind” quando
surgem oportunidades.

 Novas Informações

O networking é uma grande oportunidade para a troca de conhecimento de


melhores práticas, aprender sobre as técnicas de negócios de seus pares e ficar a
par dos últimos acontecimentos da indústria. Uma ampla rede de contatos
informados, interligados significa acesso mais amplo a informações novas e
valiosas.

 Orientação e Apoio

Ganhando o conselho de colegas experientes é um benefício importante da


network. Discutir desafios e oportunidades comuns abre a porta para sugestões e
orientações valiosas. Oferecer assistência para seus contatos também estabelece
uma base sólida para receber apoio em troca quando você precisar dele.

3 80% das Oportunidades de Fazer Networking Pode Estar Na Sua


Rede de Relacionamentos

No Brasil, cerca de 25 milhões de pessoas possuem perfis no Linkedin.


Somos o terceiro maior país do mundo em número de usuários dessa rede social
profissional, atrás apenas dos Estados Unidos, que têm 128 milhões de profissionais
cadastrados, e da Índia, com 35 milhões, mas à frente de Inglaterra e China, ambas
com cerca de 20 milhões de usuários. Esses números ajudam a dimensionar a
importância dos relacionamentos para a conquista de posições no mercado de
trabalho brasileiro ou para o fechamento de negócios. Isso não significa, entretanto,
que os brasileiros sejam mestres na arte de fazer networking. “Muita gente
abandona o perfil na rede quando não precisa de nada. Isso é um erro”, diz
Fernanda Brunsizian, gerente de comunicação do Linkedin Brasil. Numa época de
corte de postos de trabalho, uma boa parte de contatos pode ser a diferença entre a
recolocação ou o desemprego.

Segundo especialistas em recrutamento, como as empresas não estão


contratando, mas apenas fazendo substituições nos times, entre 80% e 90% das
oportunidades de relacionamentos. “A maior parte dessas posições está invisível –
não está nos grandes jornais nem nas mídias sociais. Elas circulam de boca em
boca e é preciso estar conectado às pessoas certas para ficar sabendo delas e
conseguir indicações”, afirma José Augusto Minarelli, presidente da consultoria Lens
& Minarelli, especializada em transição de carreira e aconselhamento para
executivos e autor do livro Super Dicas de Networking para Sua Vida Pessoal e
Profissional (Ed. Saraiva).

Quem conhece outras pessoas e estabelece com elas vínculos de confiança


possui um capital social precioso, capaz de abrir portas no mundo dos negócios ou
nas empresas onde se deseja trabalhar. Um dos que se deram conta de que o valor
desse capital não é mera metáfora foi o empresário Sérgio Waib, apresentador do
programa Giro Business, do canal Band News.

Dono de uma rede que inclui 400 executivos de grandes empresas brasileiras,
nos últimos anos Sergio começou a ser abordado por pessoas interessadas em
realizar negócios com seus contatos. A princípio, ele se surpreendeu em saber que
os relacionamentos que cultivava naturalmente eram considerados tão valiosos pelo
mercado. Hoje, ele apresenta as duas partes e, se o negócio é fechado, recebe uma
comissão por ter intermediado a aproximação. Mesmo colhendo os frutos de seu
bom networking, ele alerta que uma rede jamais deve ser cultivada visando apenas
ao dinheiro. “Assim que seus contatos percebem que não existe foco e consistência
no que você oferece, deixam de te atender e considerar”, afirma o empresário. “Para
mim, o networking é uma corrente do bem que acontece quase naturalmente, seja
para coisas pequenas, como gentilezas e favores, ou para a realização de
negócios”, diz Sergio.

4 Como montar sua rede de contatos


A network, também conhecida como rede de contatos, é hoje uma das formas
mais eficientes de relacionamento profissional. Ela é usada para conhecer pessoas,
firmar relações e facilitar a colocação no mercado de trabalho. Segundo recentes
pesquisas americanas, essa rede de relacionamento realmente dá resultado. Cerca
de 70% das oportunidades de emprego são preenchidas graças às indicações que
surgem a partir de conhecidos que compõem essa mesma rede.

Por meio das pessoas que fazem parte da sua agenda, é possível ter acesso
a vagas não divulgadas na mídia e também chegar até as pessoas que realmente
decidem sobre a contratação – diretores, gerentes ou responsáveis pelo futuro
contratado. A network, apesar das dificuldades que o mercado enfrenta, tem se
revelado como um eficiente instrumento de integração entre pessoas das mais
variadas áreas, o que possibilita também novas amizades, criação de novos
negócios e novas parcerias. Através da rede, você se apresenta para o mundo e
expõe suas habilidades.