Você está na página 1de 5

Texto complementar 1

MATEMÁTICA 3
PAIVA
Capítulo 2 Geometria analítica: ponto e reta

Texto complementar

Uma aplicação à Estatística: a reta de


tendência
Uma montadora de veículos automotores lançou um novo modelo

CHARLES O'REAR/CORBIS/LATINSTOCK
de automóvel no mercado. O gráfico abaixo apresenta o número de
unidades vendidas desse novo modelo nos cinco primeiros meses de
lançamento, em que y é o número de unidades vendidas, em milhar,
e x é o mês.
y
Número de unidades
vendidas (em milhar)
35

32
30
28

25

1 2 3 4 5 x (mês)

Assumindo que essa tendência de vendas se mantenha para os


próximos meses, é possível estimar o número de unidades que serão
vendidas em cada um desses meses. Para isso, determinamos uma
reta a partir da qual será obtida uma estimativa. Quanto mais próxima
essa reta estiver de todos esses pontos, melhor será a estimativa.
Por exemplo, podemos construir a reta r que passa pelos pontos
(0, 26) e (5, 31):
y

35 r

32
31
30
28
26
25

1 2 3 4 5 x

31 2 26
Com o coeficiente angular m dessa reta, que é m 5 5 1,
520
o ponto (0, 26) e a equação fundamental y 2 y0 5 m (x 2 x0), obtemos
a equação da reta r:
y 2 26 5 1(x 2 0) ] y 5 x 1 26
A partir da equação da reta r, y 5 x 1 26, podemos estimar o
número de unidades que serão vendidas em cada um dos próximos
meses; por exemplo:
• para o mês 6, o número y de milhares de unidades a serem
vendidas é estimado em:
y 5 6 1 26 5 32

R3-001-005-MPM3-C02-TC2-PT1-M.indd 1 18/08/15 10:30


Texto complementar 2

MATEMÁTICA 3
PAIVA
Capítulo 2 Geometria analítica: ponto e reta

• para o mês 7, o número y de milhares de unidades a serem


vendidas é estimado em:
y 5 7 1 26 5 33
É importante destacar que a estimativa é confiável somente em
meses próximos do mês 5, pois para meses distantes a tendência de
vendas pode se modificar. Por isso, para uma estimativa de vendas
para o mês 18, por exemplo, será necessário um estudo de tendência
próximo a esse mês.

A reta de tendência
Na situação anterior, a escolha da reta r foi intuitiva, isto é, não
obedecemos a nenhuma metodologia científica. Há, porém, um mé-
todo estatístico que determina a reta que mais se aproxima daqueles
cinco pontos, sendo assim a escolha mais adequada para o estudo de
tendência. Essa reta é chamada de reta de tendência. Apresentamos,
a seguir, um método para a determinação da reta de tendência. Não
demonstraremos esse método, pois a demonstração está além das
pretensões desta obra.

Teorema da determinação da reta de tendência

Se (x1, y1), (x2, y2), (x3, y3), ..., (xn, yn) são pontos do plano
cartesiano, a reta que mais se aproxima desses n pontos tem
equação y 5 mx 1 q, sendo m e q os valores obtidos pelo
sistema linear:
n n

qn 1 m xi 5 yi
i51 i51
n n n

q xi 1 m (xi)2 5 xi yi
i51 i51 i51

Vamos determinar, como exemplo, a equação y 5 mx 1 q da reta


t de tendência para o gráfico da situação anterior.

35

32
30
28

25

1 2 3 4 5 x

Temos:
5

• xi 5 1 1 2 1 3 1 4 1 5 5 15
i51
5

• yi 5 30 1 25 1 32 1 28 1 35 5 150
i51
5

• (xi)2 5 12 1 22 1 32 1 42 1 52 5 55
i51
5

• xi yi 5 1 3 30 1 2 3 25 1 3 3 32 1 4 3 28  5 3 35 5 463
i51

R3-001-005-MPM3-C02-TC2-PT1-M.indd 2 18/08/15 10:30


Texto complementar 3

MATEMÁTICA 3
PAIVA
Capítulo 2 Geometria analítica: ponto e reta

Assim, o sistema linear que determina m e q é:

5q 1 15m 5 150
] m 5 1,3 e q 5 26,1
15q 1 55m 5 463

Logo, a equação da reta t de tendência é y 5 1,3x  26,1.

t
35
32,6
32
30
28
26,1
25

1 2 3 4 5 x

Assim, a partir da equação da reta de tendência, y 5 1,3x 1 26,1,


obtemos estimativas mais confiáveis do que as obtidas pela equação
da reta r escolhida intuitivamente. Nesse caso:
• para o mês 6, o número y de milhares de unidades a serem
vendidas é estimado em:
y 5 1,3 3 6 1 26,1 5 33,9
• para o mês 7, o número y de milhares de unidades a serem
vendidas é estimado em:
y 5 1,3 3 7 1 26,1 5 35,2

EXERCÍCIOS PROPOSTOS

1 Um novo jornal diário foi lançado no mercado. O gráfico a seguir mostra o número de unidades vendidas em cada
um dos cinco primeiros dias de lançamento.
a) Seguindo apenas a sua intuição, obtenha a equação de uma reta y
Número de unidades
próxima dos cinco pontos desse gráfico (essa reta pode passar por vendidas (em milhar)
um ou mais desses pontos ou não passar por nenhum deles).
29
b) A partir da equação obtida no item a, estime o número de unidades 28
vendidas nos dias 6 e 7 do lançamento.
25
c) Obtenha a equação da reta de tendência desse gráfico.
d) A partir da equação da reta de tendência, estime o número de
unidades vendidas nos dias 6 e 7 do lançamento. 20
18

1 2 3 4 5 x (dia)

R3-001-005-MPM3-C02-TC2-PT1-M.indd 3 18/08/15 10:30


Texto complementar 4

MATEMÁTICA 3
PAIVA
Capítulo 2 Geometria analítica: ponto e reta

2 Após a campanha “Livro para Todos” promovida pela Secretaria da Cultura de uma pequena cidade, o número de
leitores de livros cresceu, de agosto a novembro de 2009, de acordo com a tabela abaixo.

Número de leitores
Mês
(em milhar)
agosto 2
setembro 2,2
outubro 2,8
novembro 3,0

a) Obtenha a equação da reta de tendência do gráfico que expressa o número de leitores em função do tempo,
considerando os meses de agosto a novembro como abscissas naturais de 1 a 4.
b) A partir da equação da reta de tendência, estime o número de leitores no mês de dezembro.

3 O gráfico abaixo mostra o preço, em dólar (US$), do barril de petróleo ao final de cada um dos anos de 2009 a 2014.

Preço do barril
(em US$)

111,1
110,8
107,4

94,7

78,9

57,3

2009 2010 2011 2012 2013 2014 Ano

a) Associe a esse gráfico um sistema cartesiano de eixos ortogonais, de modo que os preços correspondam às
ordenadas e os números dos anos de 2009 a 2014 correspondam às abscissas naturais de 1 a 6. A seguir, em
relação ao plano cartesiano assim construído, determine a equação da reta de tendência do gráfico.
b) Estime o preço do barril de petróleo ao final dos anos 2015 e 2016.

4 O gráfico a seguir descreve a evolução dos índices inflacionários, em porcentagem, de um país, nos primeiros sete
meses de 2014.

Índice de
inflação (%)

3,5
3,0
2,8
2,5
2,0
1,5

jan. fev. mar. abr. maio jun. jul. Meses


de 2014

a) Associe a essa figura um sistema cartesiano de eixos ortogonais, de modo que os índices de inflação correspon-
dam às ordenadas e os meses de janeiro a julho correspondam às abscissas naturais de 1 a 7. Seguindo apenas
a sua intuição, obtenha a equação de uma reta próxima dos sete pontos desse gráfico (essa reta pode passar
por um ou mais desses pontos ou não passar por nenhum deles).
b) A partir da equação obtida no item a, estime os índices inflacionários dos meses de agosto e setembro.
c) Obtenha a equação da reta de tendência desse gráfico.
d) A partir da equação da reta de tendência, estime os índices inflacionários dos meses de agosto e setembro.

R3-001-005-MPM3-C02-TC2-PT1-M.indd 4 18/08/15 10:30


Texto complementar 5

MATEMÁTICA 3
PAIVA
Capítulo 2 Geometria analítica: ponto e reta

5 A evolução do número de eleitores dispostos a votar no candidato A em uma eleição é apresentada na


tabela a seguir.

Número de eleitores
Mês
(em milhão)

jan. 1,5

fev. 1,8

mar. 1,8

abr. 2,2

maio 1,6

jun. 1,8

jul. 2,0

ago. 2,3

a) Obtenha a equação da reta de tendência do gráfico que expressa o número de eleitores em função do tempo,
considerando os meses de janeiro a agosto como abscissas naturais de 1 a 8.
b) A partir da equação da reta de tendência, estime o número de eleitores dispostos a votar no candidato A no mês
de outubro.

6 A tabela a seguir descreve a produção de etanol de uma usina nos anos de 2010 a 2014.

Ano 2010 2011 2012 2013 2014

Volume
(dam3) 25 35 40 48 52

a) Obtenha a equação da reta de tendência do gráfico que expressa o volume de etanol produzido em
função do tempo, considerando os anos de 2010 a 2014 como abscissas naturais de 1 a 5.
b) A partir da equação da reta de tendência, estime o volume de etanol produzido no ano de 2016.

R3-001-005-MPM3-C02-TC2-PT1-M.indd 5 18/08/15 10:30