Você está na página 1de 3

Agrupamento de Escolas

Professor Reynaldo dos Santos

ANO LETIVO 2017/2018


ÁREA DE INTEGRAÇÃO – 11º F

FICHA DE TRABALHO: TEMA-PROBLEMA 9.1 - OS FINS E OS MEIOS: QUE ÉTICA PARA A VIDA HUMANA?

NOME: ______________________________________________ Nº _________ TURMA: ______

ÉTICA
1. Define o conceito de ética.

____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

2. Distingue ética de moral.

____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

3. Distingue acontecimento de ação.

____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

4. Completa o quadro seguinte:

Responsabilidade Moral VS Culpabilidade


Um agente é responsável moralmente Um agente é culpado quando:
quando:

Condições

.
Exemplo:

5. Define “dilema moral”. Dá um exemplo.


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

6. Distingue ética consequencialista de ética deontológica.


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

7. Caracteriza os tipos de ação (Segundo Kant)


1. Ações contrárias ao dever 2- Ações em conformidade ao 3- Ações realizadas por dever
dever
Exemplo: Exemplo: Exemplo:

8. Apresenta uma objeção à ética deontológica de Kant.


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

9. Análise de um caso prático aplicando as perspetivas éticas de Kant e de Mill.


Exemplo de resposta:
Alberto sabe que Vicente é infiel à mulher. Mulherengo aparentemente incorrigível, Vicente gaba-se junto
dos amigos das suas várias incursões extramatrimoniais. Esta ausência de escrúpulos morais é para
Alberto extremamente indecente. A mulher de Vicente é uma amiga de longa data que Alberto julga estar
a ser humilhada sem disso se aperceber. Debate-se então com um problema: se conta a verdade à
amiga, poderá causar-lhe um enorme desgosto; se decide não intervir, torna-se conivente com as
mentiras de Vicente. Alberto acaba por revelar a verdade. Julga ser esse o seu dever, considerando que
dizer a verdade é mais importante do que causar um desgosto.
Qual pensas que seria a avaliação moral do ato de Alberto por parte de Mill? Porquê?
A resposta de Mill seria que a ação foi moralmente incorreta. Por quê? Porque segundo a sua perspetiva
consequencialista um ato deve ser julgado pelas suas consequências. Se as consequências forem boas
a ação é boa, se forem más a ação é má. Ora uma ação tem boas consequências se, dadas as
alternativas disponíveis, dela resultar a maior felicidade, prazer (ou pelo menos mais felicidade do que
infelicidade) para o maior número possível de pessoas que por essa ação são afetadas. No exemplo
dado o ato praticado por Alberto de dizer a verdade à mulher do Vicente provocou sofrimento a um
grande número de pessoas, nomeadamente à mulher de Vicente, a Vicente e ao próprio Alberto (más
consequências).
A resposta de kant seria a de que a ação de Alberto de dizer a verdade é correta do ponto de vista moral.
Porquê? Porque existem valores morais absolutos e incondicionais, ou seja, normas morais a que temos
de obedecer sem exceções. Neste caso, a norma moral a que temos de obedecer (independentemente
das consequências) é a de dizer a verdade. A intenção de Alberto é a de dizer a verdade porque
considerar que esse é o seu dever, isto é, o cumprimento do dever é um fim em si mesmo.

Caso a analisar: Manuel passeia pela margem de um rio que na altura apresenta um grande caudal
embora as águas não estejam agitadas. Subitamente ouve alguém gritar por socorro: uma jovem rapariga
debate-se desesperadamente para não se afogar. Manuel não sabe nadar. Após um momento de
desorientação procura ajuda. Felizmente é bem-sucedido e encontra alguém que, embora com grande
dificuldade, salva a vida da rapariga.

a) Como seria avaliado este ato numa perspetiva utilitarista? E deontológica?


____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________

B) Como seria avaliado por Mill e Kant o ato do Manuel se não tivesse conseguido encontrar ajuda
e salvar a rapariga?
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________

10. Caracteriza a ética utilitarista de Mill.

____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________

____________________________________________________________________________________