Você está na página 1de 8
OS: 0012/9/17-Gil
OS: 0012/9/17-Gil

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO PARA CONCURSOS

| MÓDULO 1 Prof. Adriano Monteiro

PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro CONCURSO : MAPEANDO O DETRAN ASSUNTO: QUESTÕES
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro CONCURSO : MAPEANDO O DETRAN ASSUNTO: QUESTÕES
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro CONCURSO : MAPEANDO O DETRAN ASSUNTO: QUESTÕES

CONCURSO:

MAPEANDO O DETRAN

ASSUNTO:

QUESTÕES DIVERSAS

1. (2016/VUNESP/MPE-SP/Engenheiro de Tráfego)

Conforme Anexo I do Código de Trânsito Brasileiro CTB, acostamento é parte da diferenciada da pista de rolamento destinada a de veículos, em caso de emergência, e à

quando não houver local

circulação de

apropriado para esse fim. Assinale a alternativa que preenche, correta e

,

respectivamente, as lacunas do texto.

a) rodovia … parada … pedestres e bicicletas

b) rodovia ou via de trânsito rápido … parada … pedestres e bicicletas

c) via … parada ou estacionamento … bicicletas

d) via … circulação ou estacionamento … pedestres e bicicletas

e) via … parada ou estacionamento … pedestres e

bicicletas

2. (2016/FUNRIO/Prefeitura de Tanguá/RJ Motorista)

haja sinalização indicativa, a velocidade

Caso

não

máxima em vias arteriais será de:

a) 80 km/h

b) 60 km/h

c) 40 km/h

d) 30 km/h

3. (2016/Prefeitura do Rio de Janeiro/RJ/Prefeitura de Rio de Janeiro/RJ/Fiscal/Nível Superior) De acordo

com o Código Brasileiro de Trânsito, as vias abertas à circulação classificam-se, segundo sua utilização, em vias urbanas e vias rurais. A opção que apresenta todas as tipologias nas quais as vias urbanas podem ser classificadas é:

a) via coletora ou via local

b) via arterial, via coletora ou via local

c) vias de trânsito rápido, via coletora ou via local

d) vias de trânsito rápido, via arterial, via coletora ou via local

4. (2016/IBFC/Emdec/Técnico em Mobilidade Urbana) Leia as afirmações abaixo sobre o código de trânsito brasileiro e assinale a alternativa correta.

I. Considera-se trânsito a utilização das vias por pessoas, veículos e animais, isolados ou em grupos, conduzidos ou não, para fins de circulação, parada, estacionamento e operação de carga ou descarga.

II. O trânsito, em condições seguras, é um direito de todos e dever dos órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito, a estes cabendo, no âmbito das respectivas competências, adotar as medidas destinadas a assegurar esse direito.

a) Somente a afirmação I está correta.

b) Somente a afirmação II está correta.

c) Todas as afirmações estão corretas.

d) Nenhuma das afirmações está correta.

5. (2015/IESAP/EPT/Maricá/Fiscal de Transporte)

o ato de controlar o

cumprimento das normas estabelecidas na legislação

de trânsito, por meio do poder de polícia

administrativa de trânsito, no âmbito de circunscrição dos órgãos e entidades executivos de trânsito e de acordo com as competências definidas no CTB. Complete corretamente a lacuna

a) fiscalização

b) policiamento ostensivo

c) operação de trânsito

d) patrulhamento

Denomina-se

6. (2015/COPESE/UFPI/Prefeitura de Teresina/PI/

Guarda Municipal) As vias abertas à circulação, de acordo com a sua utilização, podem ser classificadas em Urbanas e Rurais. Marque a opção que contenha somente vias urbanas:

a) Estrada e secundária

b) Rodovia e estrada

c) Trânsito rápido e coletora

d) Coletora e secundária

e) Local e Rodovia

7. (2015/IDHTEC/CRQ/1ª Região (PE) Motorista) Sobre vias é INCORRETO afirmar:

a) Vias de trânsito rápido não possuem cruzamentos diretos, semáforos, nem travessia de pedestres.

b) Vias arteriais são vias de ligação entre as regiões da cidade, que possuem cruzamentos e geralmente são controladas por semáforos.

c) Vias coletoras coletam e distribuem o trânsito dentro da cidade, dando acesso às vias de maior porte. Também possuem semáforos.

d) Vias locais destinadas apenas ao acesso local ou a áreas restritas.

e) As vias abertas na zona rural são denominadas vias rurais. São elas: Estradas: são as vias pavimentadas e Rodovias: são as vias não pavimentadas.

8. (2015/UFMT/DETRAN-MT/Auxiliar de serviços gerais) De acordo com a Lei N.º 9.503/1997, Código de Trânsito Brasileiro (CTB), NÃO são vias terrestres:

a) Praias privadas.

b) Vias internas pertencentes aos condomínios.

CURSO PRIME ALDEOTA Rua Maria Tomásia, 22 Aldeota Fortaleza/CE Fone: (85) 3208. 2222 CURSO PRIME CENTRO Av. do Imperador, 1068 Centro Fortaleza/CE Fone: (85) 3208.2220

1

OS: 0012/9/17-Gil
OS: 0012/9/17-Gil

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO PARA CONCURSOS

| MÓDULO 1 Prof. Adriano Monteiro

PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro c) Ruas. 13. (2016/EXATUS-PR/CODAR – Motorista) Nas
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro c) Ruas. 13. (2016/EXATUS-PR/CODAR – Motorista) Nas
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro c) Ruas. 13. (2016/EXATUS-PR/CODAR – Motorista) Nas

c) Ruas.

13. (2016/EXATUS-PR/CODAR Motorista) Nas Rodovias (Vias Rurais Pavimentadas) sem sinalização, qual o limite máximo de velocidade que um motorista de caminhão pode desenvolver?

d) Estradas.

9. (2015/CETRO/AMAZUL/Arquiteto urbanista) Assinale

a

alternativa que apresenta o tipo de via classificada,

a) 60 km/h.

segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a partir de suas características funcionais e físicas por acessos

b) 80 km/h.

c) 90 km/h.

especiais com trânsito livre, sem intersecções em nível, sem acessibilidade direta aos lotes lindeiros e sem travessia de pedestres em nível (velocidade máxima =

80km/h).

d) 100 km/h.

14. (2015/FGV/Prefeitura de Paulínia/SP/Guarda Municipal) Em uma ensolarada tarde de verão, Luís

a) Vias secundárias de distribuição.

resolve sair de carro e dar um passeio com sua esposa.

b) Vias arteriais.

O

destino escolhido foi o parque da cidade. Durante o

c) Vias expressas.

percurso, Luís teve a ideia de mudar o trajeto escolhido

d) Vias coletoras.

e

pegar um trecho da avenida principal da cidade.

e) Vias locais.

Quando adentrou a avenida principal, procurou uma placa com a sinalização da velocidade permitida e não

10. (2016/Serctam/Prefeitura de Quixadá/CE Motorista) “A velocidade máxima permitida para a via será indicada por meio de sinalização, obedecidas suas características técnicas e as condições de trânsito”. Segundo o Código de Trânsito Brasileiro, qual a velocidade máxima permitida nas vias urbanas?

a

encontrou. Sabendo-se que essa avenida é uma via

arterial, as velocidades máxima e mínima permitidas

 

são:

a)

sessenta quilômetros por hora como velocidade máxima, sendo a mínima não inferior a quinze quilômetros por hora;

a) Oitenta km/hora nas vias de trânsito rápido.

b)

sessenta quilômetros por hora como velocidade máxima, sendo a mínima não inferior a trinta quilômetros por hora;

b) Setenta e cinco km/hora nas vias de trânsito rápido.

c) Setenta km/hora nas vias de trânsito rápido.

c)

sessenta quilômetros por hora como velocidade máxima, sendo a velocidade mínima qualquer uma, desde que inferior a sessenta quilômetros por hora;

d) Sessenta km/hora nas vias coletoras.

e) Sessenta km/h nas vias locais.

11. (2016/IBFC/Emdec/Controlador de Movimentação e Transporte) Assinale a alternativa incorreta tendo como base o código de trânsito brasileiro. A velocidade

d)

sessenta quilômetros por hora como velocidade máxima e mínima permitida;

e)

máxima permitida para a via será indicada por meio de sinalização, obedecidas suas características técnicas e as condições de trânsito. Nas vias urbanas onde não existir sinalização regulamentadora, a velocidade máxima será de:

quarenta quilômetros por hora como velocidade máxima, sendo a velocidade mínima não inferior a vinte quilômetros por hora.

15. (2015/Instituto Legatus/Prefeitura de Matões/MA/Agente de trânsito) A velocidade máxima

a) Oitenta quilômetros por hora, nas vias de trânsito rápido.

permitida para a via será indicada por meio de sinalização, obedecidas as suas características técnicas e as condições de trânsito. Onde não existir sinalização regulamentadora, a velocidade máxima nas rodovias para ônibus e micro-ônibus é noventa quilômetros por hora (90 km/h). A velocidade mínima, respeitadas as condições operacionais de trânsito e da via, para o exemplo citado é:

a) 70 km/h

b) Sessenta quilômetros por hora, nas vias arteriais.

c) Cinquenta quilômetros por hora, nas vias coletoras.

d) Trinta quilômetros por hora, nas vias locais.

12. (2016/Prefeitura do Rio de Janeiro/RJ/Prefeitura de Rio de Janeiro/RJ/Fiscal/Nível Superior) De acordo

com o Código Brasileiro de Trânsito, a velocidade máxima permitida para uma via será indicada por meio de sinalização, obedecidas suas características técnicas

b) 60 km/h

c) 55 km/h

d) 45 km/h

as condições de trânsito. Contudo, nas vias urbanas coletoras, onde não existir sinalização regulamentadora, a velocidade máxima será de:

a) 30 km/h

e

e) 30 km/h

16. (2016/IBFC/Emdec/Técnico em Manutenção Eletrônica) Associe as duas colunas tendo como base o Código de Trânsito Brasileiro.

b) 40 km/h

c) 50 km/h

 

d) 60 km/h

I. VIA URBANA

II. VIA LATERAL

CURSO PRIME ALDEOTA Rua Maria Tomásia, 22 Aldeota Fortaleza/CE Fone: (85) 3208. 2222 CURSO PRIME CENTRO Av. do Imperador, 1068 Centro Fortaleza/CE Fone: (85) 3208.2220

2

OS: 0012/9/17-Gil
OS: 0012/9/17-Gil

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO PARA CONCURSOS

| MÓDULO 1 Prof. Adriano Monteiro

PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro III. VIA COLETORA 19. (2013/VUNESP/DETRAN-SP/Agente de
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro III. VIA COLETORA 19. (2013/VUNESP/DETRAN-SP/Agente de
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro III. VIA COLETORA 19. (2013/VUNESP/DETRAN-SP/Agente de

III. VIA COLETORA

19. (2013/VUNESP/DETRAN-SP/Agente

de

trânsito)

De

acordo com o art. 96 do CTB, os veículos se classificam

A. Aquela caracterizada por interseções em nível, geralmente controlada por semáforo, com acessibilidade aos lotes lindeiras e às vias secundárias e locais, possibilitando o trânsito entre as regiões da cidade.

quanto

a) espécie, ao gênero e à finalidade.

à

 

b) tração, ao gênero e à espécie.

à

 

c)

ao gênero, à categoria e à finalidade.

 

d) tração, à espécie e à categoria.

à

 

B. Aquela destinada a coletar e distribuir o trânsito que tenha necessidade de entrar ou sair das vias de trânsito rápido ou arteriais, possibilitando o trânsito dentro das regiões da cidade.

e) espécie, à categoria e à finalidade.

à

 

20. (2013/VUNESP/DETRAN-SP/Agente

de

trânsito)

Quanto à espécie, um ônibus é um veículo

 

C. Ruas, avenidas, vielas, ou caminhos e similares abertos à circulação pública, situados na área urbana, caracterizados principalmente por possuírem imóveis edificados ao longo de sua extensão.

a) de carga.

b) de passageiro.

 

c) especial

d) de tração.

e) misto.

a) l-C; ll-B; lll-A.

21. (2013/CESGRANRIO/LIQUIGÁS/Motorista

de

b) l-A; Il-C; lll-B.

Caminhão)

Segundo

o

CTB, os veículos são

c) l-A; ll-B; lll-C.

classificados quanto à tração, à espécie e à categoria.

d) l-C; Il-A; lll-B.

Corresponde

a

classificação

quanto à categoria o

seguinte tipo de veículo:

 

17. (2017/CONSULPLAN/TRF/2ª REGIÃO/Técnico Judiciário/Segurança e Transporte) De acordo com o CTB, é INCORRETO afirmar que:

a) triciclo

b) elétrico

c) particular

a) Somente poderá transitar pelas vias terrestres o veículo cujo peso e dimensões atenderem aos limites estabelecidos pelo CONTRAN.

d) trator de rodas

 

e) utilitário

b) Nenhum proprietário ou responsável poderá, sem prévia autorização da autoridade competente, fazer ou ordenar que sejam feitas no veículo modificações de suas características de fábrica.

22. (2013/VUNESP/PC-SP/Agente de Polícia) O Código de Trânsito Brasileiro dispõe que “o veículo será identificado externamente por meio de placas dianteira e traseira, sendo esta lacrada em sua

c) Em nenhuma hipótese será tolerado um percentual sobre os limites de peso bruto total e peso bruto transmitido por eixo de veículos à superfície das vias, mesmo quando aferido por equipamento, na forma estabelecida pelo CONTRAN.

estrutura, obedecidas as especificações e modelos estabelecidos pelo CONTRAN.” No entanto, são dispensados da placa dianteira:

a) os veículos especiais de coleção.

 

b) os veículos de propriedade da União, dos Estados

e

do Distrito Federal, devidamente registrados e

d) Nenhum veículo ou combinação de veículos poderá transitar com lotação de passageiros, com peso bruto total, ou com peso bruto total combinado com peso por eixo, superior ao fixado pelo fabricante, nem ultrapassar a capacidade máxima de tração da unidade tratora.

licenciados, quando usados em serviço reservado de caráter policial.

c) os veículos de duas ou três rodas.

 

d) os veículos utilizados por membros do Poder Judiciário e do Ministério Público que exerçam competência ou atribuição criminal.

18. (2015/UFMT/DETRAN-MT/Auxiliar de serviços gerais) Mario Aventureiro acaba de adquirir uma bicicleta de

e) os veículos de representação de autoridades dos três poderes da República Federativa brasileira.

corridas. De acordo com a Lei N.º 9.503/1997, Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a bicicleta é classificada como veículo de

23. (2013/FCC/TRT/9ª REGIÃO (PR)/Técnico Judiciário Segurança) Os veículos, quanto à categoria, podem ser classificados em

a) tração animal e de carga.

a) automotor, elétrico, de propulsão humana, de tração animal, reboque ou semirreboque.

b) carga e aprendizagem.

c) reboque e de tração animal.

b) de passageiros, de carga, misto, de competição, de tração, especial e de coleção.

d) propulsão humana e de passageiro.

c) oficial, de representação diplomática, de repartições consulares de carreira ou organismos internacionais acreditados junto ao governo

CURSO PRIME ALDEOTA Rua Maria Tomásia, 22 Aldeota Fortaleza/CE Fone: (85) 3208. 2222 CURSO PRIME CENTRO Av. do Imperador, 1068 Centro Fortaleza/CE Fone: (85) 3208.2220

3

OS: 0012/9/17-Gil
OS: 0012/9/17-Gil

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO PARA CONCURSOS

| MÓDULO 1 Prof. Adriano Monteiro

PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro brasileiro, particular, de aprendizagem. aluguel e de
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro brasileiro, particular, de aprendizagem. aluguel e de
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro brasileiro, particular, de aprendizagem. aluguel e de

brasileiro, particular, de

aprendizagem.

aluguel

e

de

d) categorias A, B, C, D e E.

e) automóvel, motocicleta, ônibus e caminhão.

24. (2013/FUNCAB/DETRAN-PB/Agente de trânsito) Em relação à classificação dos veículos quanto à espécie, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, é correto afirmar:

a) Tanto a camioneta quanto o utilitário são veículos mistos.

b) Tanto a carroça quanto o caminhão-trator são veículos de carga

c) Tanto a bicicleta quanto a caminhonete são veículos de passageiros

d) Tanto o reboque quanto o automóvel são veículos de carga

e) Tanto o caminhão quanto a camioneta são veículos mistos

25. (SARGENTO-PM-DF/2003 Assunto: Disposições Preliminares - ADAPTADA) Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), jugue as afirmações a seguir:

O tráfego de veículos em uma via interna de um condomínio constituído por unidades autônomas é regulamentado pelas normas regimentais do próprio condomínio, por tratar- se de propriedade privada.

Os prejuízos causados a um veículo automotor em razão da existência de grande quantidade de buracos em uma rodovia federal resultantes da falta de manutenção são responsabilidade de órgão(s) ou entidade(s) componente(s) do Sistema Nacional de Trânsito (SNT).

A PMDF, em ação relativa ao trânsito, cuidará prioritariamente da proteção do patrimônio das pessoas, principalmente se veículo oficial estiver envolvido.

26. (CESPE PRF/2002) Roberto solicitou que Helena parasse seu carro em frente ao caixa eletrônico de um determinado banco, para que ele sacasse algum dinheiro. Helena, então, parou em frente a uma placa que proibia o estacionamento e, enquanto Roberto enfrentava a fila do banco, ela esperou dentro do carro, com o pisca-alerta ligado.

Nessa situação, como Helena está esperando dentro do carro com o pisca-alerta ligado, não se configura estacionamento, mas parada, e, portanto, um agente de trânsito não pode multá-la por ter estacionado em local proibido.

(

) Certo

(

) Errado

27. (2017/CONSULPLAN/ TRF - 2ª REGIÃO/Técnico Judiciário - Segurança e Transporte) A velocidade máxima permitida para a via será indicada por meio de sinalização, obedecidas suas características técnicas e

as condições de trânsito. Onde não existir sinalização regulamentadora, a velocidade máxima será de quarenta quilômetros por hora, nas vias urbanas:

a) Vias locais.

b) Vias arteriais.

c) Vias coletoras.

d) Vias de trânsito rápido.

28. (2016/MS CONCURSOS/Prefeitura de Itapema SC/Agente Municipal de Trânsito) Conforme o art. 61, a velocidade máxima permitida para a via será indicada por meio de sinalização, obedecidas suas características técnicas e as condições de trânsito. Nas vias urbanas, onde não existir sinalização regulamentadora, a velocidade máxima será de:

a) Setenta quilômetros por hora, nas vias de trânsito rápido, cinquenta quilômetros por hora, nas vias coletoras e vinte quilômetros por hora, nas vias locais.

b) Cento e dez quilômetros por hora, nas vias de trânsito rápido, sessenta quilômetros por hora, nas vias coletoras e quarenta quilômetros por hora, nas vias locais.

c) Noventa quilômetros por hora, nas vias de trânsito rápido, setenta quilômetros por hora, nas vias coletoras e trinta quilômetros por hora, nas vias locais.

d) Oitenta quilômetros por hora, nas vias de trânsito rápido, quarenta quilômetros por hora, nas vias coletoras e trinta quilômetros por hora, nas vias locais.

29. (2016/MS CONCURSOS/Prefeitura de Itapema SC/Agente Municipal de Trânsito) Qual é a definição do Freio Motor ou de Segurança?

a) Dispositivo destinado a diminuir a marcha do veículo no caso de falha do freio de serviço.

b) Dispositivo destinado a manter o veículo imóvel na ausência do condutor ou, no caso de um reboque, se este se encontra desengatado.

c) Dispositivo destinado a provocar a diminuição da marcha do veículo ou pará-lo.

d) Imobilização do veículo para atender circunstância momentânea do trânsito.

30. (FUNRIO PRF/2009) O trânsito de qualquer natureza nas vias terrestres do território nacional, abertas à circulação, rege-se pelo Código de Trânsito Brasileiro instituído pela lei n º 9.503, de 23 de setembro de 1997. Assim, é correto afirmar que:

a)

O trânsito, em condições seguras, é um direito

de todos e dever dos órgãos e entidades

componentes do Sistema Estadual de Trânsito,

a estes cabendo, no âmbito das respectivas

CURSO PRIME ALDEOTA Rua Maria Tomásia, 22 Aldeota Fortaleza/CE Fone: (85) 3208. 2222 CURSO PRIME CENTRO Av. do Imperador, 1068 Centro Fortaleza/CE Fone: (85) 3208.2220

4

OS: 0012/9/17-Gil
OS: 0012/9/17-Gil

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO PARA CONCURSOS

| MÓDULO 1 Prof. Adriano Monteiro

PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro competências, adotar as medidas destinadas a assegurar
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro competências, adotar as medidas destinadas a assegurar
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro competências, adotar as medidas destinadas a assegurar

competências, adotar as medidas destinadas a assegurar esse direito.

b) Os órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito respondem, no âmbito das respectivas competências, objetivamente, sendo necessária a comprovação de culpa, por danos causados aos cidadãos em virtude de ação, omissão ou erro na execução e manutenção de programas, projetos e serviços que garantam o exercício do direito do trânsito seguro.

c) Os órgãos e entidades de trânsito pertencentes ao Sistema Nacional de Trânsito darão prioridade em suas ações à defesa da vida, não incluindo neste caso a preservação da saúde e do meio-ambiente.

d) Considera-se trânsito a utilização das vias por pessoas, veículos e animais, isolados ou em grupos, conduzidos ou não, para fins de circulação, parada, estacionamento e operação de carga ou descarga.

e) As disposições deste Código são aplicáveis a qualquer veículo, bem como aos proprietários, condutores dos veículos nacionais ressalvados os veículos estrangeiros e as pessoas nele expressamente mencionadas.

31. (2008/CESPE/PRF) Julgue os itens a seguir, relativos a conceitos utilizados para a interpretação do CTB.

I. Caminhonete - veículo misto destinado ao transporte de passageiros e carga no mesmo compartimento.

II. Ilha - obstáculo físico, colocado na pista de rolamento, destinado à ordenação dos fluxos de trânsito em uma interseção.

III. Tara - peso próprio do veículo, acrescido dos pesos da carroçaria e equipamento, do combustível, das ferramentas e acessórios, da roda sobressalente, do extintor de incêndio e do fluido de arrefecimento, expresso em quilogramas.

IV. Veículo de grande porte - veículo automotor destinado ao transporte de carga com peso bruto total máximo superior a 10.000 kg e de passageiros, superior a vinte passageiros.

A quantidade de itens certos é igual a

a) 0.

b) 1.

c) 2.

d) 3.

e) 4.

32. (2015/FCC/MPE-PB/Técnico Ministerial - Diligências e Apoio Administrativo) Classificam-se os veículos quanto à categoria, entre outras, em:

a) elétrico e de reboque.

b) de passageiros e de carga.

c) oficial e de representação diplomática e organismos internacionais acreditados junto ao Governo brasileiro.

d) de coleção e de competição.

e) de propulsão humana e de tração animal.

33. (2012/OBJETIVA/EPTC/Agente de Serviços Gerais) Em conformidade com a Lei nº 9.503/97 - Código de Trânsito Brasileiro - e alterações, responder a questão. O veículo automotor de transporte coletivo com capacidade para até 20 passageiros é denominado:

a) Ônibus.

b) Utilitário.

c) Micro-ônibus.

d) Camioneta.

34. (2009/FUNRIO/PRFProva: Policial Rodoviário Federal) As características dos veículos, suas especificações básicas, configuração e condições essenciais para registro, licenciamento e circulação serão estabelecidas pelo CONTRAN, em função de suas aplicações. Os veículos classificam-se em:

a) Quanto à categoria como: caminhão-trator; trator de rodas; trator de esteiras; trator misto; especial; de coleção.

b) Quanto à espécie como de passageiros:

motoneta; motocicleta; triciclo; quadriciclo; caminhonete; caminhão; reboque ou semirreboque; carroça; carro de mão.

c) Quanto à espécie como de carga: bicicleta; ciclomotor; motoneta; motocicleta; triciclo; quadriciclo; automóvel; micro-ônibus; ônibus; bonde; reboque ou semirreboque; charrete.

d) Quanto à espécie como misto: oficial; de representação diplomática, de repartições consulares de carreira ou organismos internacionais acreditados junto ao Governo brasileiro; particular; de aluguel; de aprendizagem.

e) Quanto à tração como: automotor; elétrico; de propulsão humana; de tração animal; reboque ou semirreboque.

35. (2014/IPAD/Prefeitura de Recife PE/Agente de Segurança Municipal - Guarda Municipal) Para fins de correta compreensão do Código de Trânsito Brasileiro, temos as seguintes definições:

I

-

ACOSTAMENTO - parte da via diferenciada da pista de rolamento destinada à parada ou

CURSO PRIME ALDEOTA Rua Maria Tomásia, 22 Aldeota Fortaleza/CE Fone: (85) 3208. 2222 CURSO PRIME CENTRO Av. do Imperador, 1068 Centro Fortaleza/CE Fone: (85) 3208.2220

5

OS: 0012/9/17-Gil
OS: 0012/9/17-Gil

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO PARA CONCURSOS

| MÓDULO 1 Prof. Adriano Monteiro

PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro estacionamento de veículos, em caso de emergência,
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro estacionamento de veículos, em caso de emergência,
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro estacionamento de veículos, em caso de emergência,

estacionamento de veículos, em caso de emergência, e a circulação de pedestres e bicicletas, quando não houver local apropriado

para esse fim. II - FAIXAS DE DOMÍNIO - superfície lindeira ás vias rurais, delimitada por lei especifica e sob responsabilidade do órgão ou entidade de trânsito competente com circunscrição sobre a via.

III - ILHA - obstáculo físico, colocado na pista de

rolamento, destinado à ordenação dos fluxos de trânsito em uma interseção.

36.

37.

Acerca dos conceitos acima:

a)

b)

c)

d)

e)

Todas as alternativas estão erradas. As alternativas I e II estão corretas, apenas. As alternativas II e III estão erradas, apenas. As alternativas I e III estão corretas, apenas. Todas alternativas estão corretas.

(2014/CONSULPAM/SURG/Motorista de Caminhão) Aponte o item que indica a parte da via destinada exclusivamente a parada ou estacionamento de veículos em caso de emergência e circulação de pedestres e ciclistas na ausência de calçadas ou ciclovias.

a)

b)

c)

d)

Bordo da Pista. Acostamento. Ciclofaixa. Pista.

(2014/CONSULPAM/SURG/Agente de Trânsito) Julgue assertivas abaixo segundo as disposições da Lei n°. 9.503, de 23 de setembro de 1997, para, ao final, escolher a sequência CORRETA:

as

I - Considera-se trânsito a utilização das vias por

pessoas, veículos e animais, isolados ou em grupos, conduzidos ou não, para fins de circulação, parada, estacionamento e operação de carga ou descarga. Consideram-se vias terrestres urbanas e rurais as ruas, as avenidas, os logradouros, os caminhos, as passagens, as estradas e as rodovias, que terão seu uso regulamentado pelo órgão ou entidade com circunscrição sobre elas, de acordo com as peculiaridades locais e as circunstâncias especiais.

II

III - Para os efeitos do Código de Trânsito Brasileiro,

são consideradas vias terrestres as praias abertas à circulação pública, excluídas as vias internas pertencentes aos condomínios constituídos por unidades autônomas.

IV - As disposições deste Código são aplicáveis a

qualquer veículo, bem como aos proprietários, condutores dos veículos nacionais ou estrangeiros

e às pessoas nele expressamente mencionadas.

38.

39.

40.

41.

a)

b)

c)

d)

V, V, F, V F, F, F, F V, F, V, F F, F, V, F

(2014/FADESP/CREA-PA/Auxiliar Administrativo

em condições

todos e

órgãos e entidades componentes do

Sistema Nacional de Trânsito. Os órgãos e entidades

componentes do Sistema Nacional de Trânsito respondem, no âmbito das respectivas competências, objetivamente, por danos causados aos cidadãos em virtude de ação, omissão ou erro na execução e manutenção de programas, projetos e serviços que

garantam o exercício do

Os termos que completam as lacunas do enunciado

são, respectivamente,

a)

b)

c)

d)

Motorista) ADAPTADA O seguras, é um

,

de

dos

do trânsito seguro.

trânsito direito dever direito. trânsito dever direito direito.

automóvel direito dever dever. ambiente dever direito direito.

(2013/VUNESP/DETRAN-SP/Agente de Trânsito) Espaço livre destinado pela municipalidade à circulação, parada ou estacionamento de veículos, ou à circulação de pedestres, é

a)

b)

c)

d)

e)

passagem.

rua.

caminho.

avenida.

logradouro público.

(2013/FCC/MPE-AM/Agente de Apoio - Motorista Segurança) De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, o peso próprio do veículo, acrescido dos pesos da carroçaria e equipamento, do combustível, das ferramentas e acessórios, da roda sobressalente, do extintor de incêndio e do fluido de arrefecimento, expresso em quilogramas, é

a)

b)

c)

d)

e)

a Tara. o Peso Bruto Total. o Peso Bruto Total Combinado. a Lotação. a Capacidade Máxima de Tração.

(2013/FUNCAB/DETRAN-PB/Agente de Trânsito) De acordo com o Anexo I do Código de Trânsito Brasileiro, assinale a alternativa em que o conceito apresentado está corretamente definido.

a)

b)

Freio de estacionamento dispositivo destinado a provocar a diminuição da marcha do veículo ou pará-lo. Motoneta veículo automotor de duas rodas dirigido por condutor em posição montada.

CURSO PRIME ALDEOTA Rua Maria Tomásia, 22 Aldeota Fortaleza/CE Fone: (85) 3208. 2222 CURSO PRIME CENTRO Av. do Imperador, 1068 Centro Fortaleza/CE Fone: (85) 3208.2220

6

OS: 0012/9/17-Gil
OS: 0012/9/17-Gil

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO PARA CONCURSOS

| MÓDULO 1 Prof. Adriano Monteiro

PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro c) Refúgio – parte da via, devidamente
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro c) Refúgio – parte da via, devidamente
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro c) Refúgio – parte da via, devidamente

c) Refúgio parte da via, devidamente sinalizada e protegida, destinada ao uso dos veículos durante a manobra de retorno.

 

S - Acessos especiais com trânsito livre, sem interseções em nível, sem acessibilidade direta aos lotes lindeiros e sem travessia de pedestres em nível.

As associações corretas são:

d) Veículo de carga veículo destinado ao transporte de carga, podendo transportar dois passageiros, exclusive o condutor.

e) Canteiro obstáculo físico colocado na pista de rolamento, destinado à ordenação dos fluxos de trânsito em uma interseção.

a) I - P , II - Q , III - R

 

b) I

- P , II

- S , III - S

 

c) I - Q , II - R , III - P

42. (2012/FUNDATEC/Prefeitura de Cachoeirinha RS/Guarda Municipal) Segundo os conceitos e definições arrolados no Anexo I do referido Código, a

d) I

- R ,

II

- S , III

- P

e) I - S , II - P , III R

 

via urbana caracterizada por interseções em nível, geralmente controlada por semáforo, com acessibilidade aos lotes lindeiros e às vias secundárias

45. (2010/FGV/DETRAN-RN/Analista de Suporte Informática) Sobre conceitos e definições utilizados pelo Código de Trânsito Brasileiro, analise:

locais, possibilitando o trânsito entre as regiões da cidade, se denomina via

e

 

I. Luz de freio: luz do veículo destinada a indicar aos demais usuários da via, que se encontram atrás do veículo, que o condutor está aplicando o freio de serviço.

a) restrita.

b) de trânsito rápido.

c) coletora.

II. Luz indicadora de direção (pisca-pisca): luz intermitente do veículo, utilizada em caráter de advertência, destinada a indicar aos demais usuários da via que o veículo está imobilizado ou em situação de emergência.

III. Luz de marcha a ré: luz do veículo destinada a iluminar atrás do veículo e advertir aos demais usuários da via que o veículo está efetuando ou a ponto de efetuar uma manobra de marcha à ré.

d) central.

e) arterial.

43. (2012/FCC/TRT - 6ª Região/Técnico Judiciário Segurança) Via caracterizada por acessos especiais com trânsito livre, sem interseções em nível, sem acessibilidade direta aos lotes lindeiros e sem travessia de pedestres em nível é caracterizada como

a) via arterial.

IV. Pisca-alerta: luz do veículo destinada a indicar aos demais usuários da via que o condutor tem o propósito de mudar de direção para a direita ou para a esquerda.

b) via de trânsito rápido.

c) estrada.

d) via local.

 

e) passarela.

 

Estão corretas apenas as afirmativas:

a) I, II, III

 

44. (2012/CESGRANRIO/LIQUIGÁS/Motorista de

b) I, IV

Caminhão) O CTB fornece e estabelece normas de conduta para a Engenharia de Tráfego e todas as infrações e penalidades para os motoristas.

c) I, II

d) I, III

e) II, IV

O

Anexo I do CTB contém os conceitos e as definições

 

dos termos utilizados no trânsito em geral. Relacione os conceitos a seguir às suas definições.

46.

(2015/CESPE/STJ/Analista Judiciário Administrativa- Segurança) Um servidor do STJ, ocupante do cargo de segurança, foi designado para conduzir veículo utilizado para o transporte de dez magistrados da sede em Brasília DF para uma cidade X, distantes 500 km uma da outra, em uma rodovia.

I

-

Interseção

II

-

Bordo da pista

III

 

-

Canteiro central

P

- Obstáculo físico construído como separador de duas pistas de rolamento, eventualmente substituído por marcas viárias.

Considerando essa situação hipotética, julgue o item a seguir de acordo com os dispositivos do CTB. Nos trechos da rodovia em que inexista sinalização regulamentando a velocidade máxima permitida, o condutor do veículo utilizado na viagem deverá observar os limites máximo de 90 km/h e mínimo de 45 km/h.

Q

- Todo cruzamento em nível, entroncamento ou bifurcação, incluindo as áreas formadas por tais cruzamentos, entroncamentos ou bifurcações.

R

- Margem, podendo ser demarcada por linhas longitudinais que delineiam a parte da via destinada à circulação de veículos.

(

) Certo

 

(

) Errado

CURSO PRIME ALDEOTA Rua Maria Tomásia, 22 Aldeota Fortaleza/CE Fone: (85) 3208. 2222 CURSO PRIME CENTRO Av. do Imperador, 1068 Centro Fortaleza/CE Fone: (85) 3208.2220

7

OS: 0012/9/17-Gil
OS: 0012/9/17-Gil

LEGISLAÇÃO DE TRÂNSITO PARA CONCURSOS

| MÓDULO 1 Prof. Adriano Monteiro

PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro 47. (2015/CESPE/MPU/Técnico do MPU - Segurança
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro 47. (2015/CESPE/MPU/Técnico do MPU - Segurança
PARA CONCURSOS | MÓDULO 1 – Prof. Adriano Monteiro 47. (2015/CESPE/MPU/Técnico do MPU - Segurança

47. (2015/CESPE/MPU/Técnico do MPU - Segurança Institucional e Transporte) De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), Lei n.º 9.503/1997, e as resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN), julgue o item a seguir Considerando a classificação dada pelo CTB às vias abertas à circulação e aos respectivos limites de velocidade, a velocidade máxima em estradas desprovidas de sinalização regulamentadora é de 110 km/h para automóveis, de 90 km/h para ônibus e de 80 km/h para caminhões.

(

) Certo

(

) Errado

48. (2014/CESPE/Câmara dos Deputados/Analista Legislativo) Conforme a terminologia adotada pelo CTB, em seu Anexo I (Dos conceitos e definições), micro-ônibus é o veículo automotor de transporte

coletivo com capacidade para até vinte passageiros; ao passo que ônibus é o veículo automotor de transporte coletivo com capacidade para mais de vinte passageiros, ainda que, em virtude de adaptações destinadas à maior comodidade destes, transporte número menor. Para ambos, de acordo com o CTB, a velocidade máxima, nas rodovias, onde não houver sinalização regulamentadora, será de 90 km por hora.

(

) Certo

(

) Errado

49. (2009/FUNRIO/PRF - Policial Rodoviário Federal) O trânsito de qualquer natureza nas vias terrestres do território nacional, abertas à circulação, rege-se pelo Código de Trânsito Brasileiro instituído pela lei n º 9.503, de 23 de setembro de 1997. Assim, é correto afirmar que:

a) O trânsito, em condições seguras, é um direito de todos e dever dos órgãos e entidades componentes do Sistema Estadual de Trânsito, a estes cabendo, no âmbito das respectivas competências, adotar as medidas destinadas a assegurar esse direito.

b) Os órgãos e entidades componentes do Sistema Nacional de Trânsito respondem, no âmbito das respectivas competências, objetivamente, sendo necessária a comprovação de culpa, por danos causados aos cidadãos em virtude de ação, omissão ou erro na execução e manutenção de programas, projetos e serviços que garantam o exercício do direito do trânsito seguro.

c) Os órgãos e entidades de trânsito pertencentes ao Sistema Nacional de Trânsito darão prioridade em suas ações à defesa da vida, não incluindo neste caso a preservação da saúde e do meio- ambiente.

d) Considera-se trânsito a utilização das vias por pessoas, veículos e animais, isolados ou em grupos, conduzidos ou não, para fins de circulação, parada, estacionamento e operação de carga ou descarga.

e) As disposições deste Código são aplicáveis a qualquer veículo, bem como aos proprietários, condutores dos veículos nacionais ressalvados os veículos estrangeiros e as pessoas nele expressamente mencionadas.

50. (2013/VUNES/DETRAN-SP/Oficial de Trânsito) Os órgãos ou entidades do Sistema Nacional de Trânsito respondem por danos causados aos cidadãos, no âmbito de suas respectivas competências,

a) subjetivamente, por ação, omissão ou erro na execução de suas ações.

b) objetivamente, apenas por ação ou omissão em suas ações.

c) subjetivamente, por ação ou omissão em suas ações.

d) objetivamente, por ação, omissão ou erro na execução de suas ações.

e) nem objetiva nem subjetivamente em suas ações.

CURSO PRIME ALDEOTA Rua Maria Tomásia, 22 Aldeota Fortaleza/CE Fone: (85) 3208. 2222 CURSO PRIME CENTRO Av. do Imperador, 1068 Centro Fortaleza/CE Fone: (85) 3208.2220

8