Você está na página 1de 11

1.

Depois de jogar um dado em forma de cubo e de faces numeradas de 1 a 6, por 10 vezes consecutivas, e anotar o
numero obtido em cada jogada, construiu-se a seguinte tabela de distribuição de frequências. A média, mediana
e moda dessa distribuição de frequências são respectivamente:
Número obtido Frequência
1 4
2 1
4 2
5 2
6 1
(a) 3, 2 e 1 (b) 3, 3 e 1 (c) 3, 4 e 2 (d) 5, 4 e 2 (e) 6, 2 e 4

Resolução:

• Média:
(1 × 4) + (2 × 1) + (4 × 2) + (5 × 2) + (6 × 1)
X =
4+1+2+2+1
30
=
10
= 3

• Mediana:
– Colocando os dados em ordem:

1−1−1−1−2−4−4−5−5−6

– Calculando a média dos termos centrais:


2+4
Md = =3
2

• Moda: É o dado de maior frequência: Mo = 1.

item (b)

2. Os salários, em reais, dos funcionários de uma empresa são distribuídos conforme o quadro:
Valor do salário (R$) 622, 00 1.244, 00 3.110, 00 6.220, 00
No de funcionários 24 1 20 3
A mediana dos valores dos salários dessa empresa é, em reais:

(a) 622,00 (b) 933,00 (c) 1.244,00 (d) 2.177,00 (e) 2.799,00

Resolução: Há um número par de dados que já estão ordenados. Vamos calcular a frequência acumulada:

Valor do salário (R$) 622, 00 1.244, 00 3.110, 00 6.220, 00


No de funcionários 24 1 20 3
Freq. Acumulada 24 25 45 48

Temos:
48
P os(Md) = = 24
2
Pegaremos os valores da posição 24 e 25. Assim:
622 + 1.244 1.866
Md = = = 933
2 2
item (b)
3. Durante um período de 50 dias, foram analisados em um setor público processos autuados apresentando uma
determinada característica especial. A tabela abaixo apresenta a quantidade destes processos analisados por dia
e o número de dias que isto ocorreu.

Quantidade de processos Números de dias em que foram


analisados no dia (X) analisados X processos
0 5
1 8
2 12
3 16
4 5
5 4
Total 50
Neste caso, sendo Me a média aritmética, Md a mediana e Mo a moda, em quantidade de processos por dia,
verifica-se a relação:
(a) Mo = 3Md - 2Me.
(b) Mo = 4Md - 3Me.
(c) Mo = 5Md - 4Me.
(d) Mo = 6Md - 5Me.
(e) Mo = 7Md - 6Me.

Resolução: Primeiro, devemos calcular as medidas:

• Média: basta fazer o produto entre as colunas e dividir pela quantidade de elementos:

Quantidade de processos Números de dias em que foram Produto Freq. Acumulada


analisados no dia (X) analisados X processos
0 5 0 5
1 8 8 13
2 12 24 25
3 16 48 41
4 5 20 46
5 4 20 50
Total 50 120

Assim:
120
Me = = 2, 4
50
• Moda: é o elemento que tem a maior frequência, logo: Mo = 3
• Mediana: Vamos pegar a frequência acumulada maior ou igual a posição da mediana:
50
Pos(Md) = = 25
2
Assim, a terceira linha é a classe da mediana, pegaremos o 25o e o 26o termo. Como temos um número
par, faremos a média entre os dois termos centrais:
2+3
Md = = 2, 5
2

Temos então:
item Md = 2, 5 Me = 2, 4 Subtração
(a) 3Md = 7, 5 2Me = 4, 8 2, 7
(b) 4Md = 10 3Me = 7, 2 2, 8
(c) 5Md = 12, 5 4Me = 9, 6 2, 9
(d) 6Md = 15 5Me = 12 3
(e) 7Md = 17, 5 6Me = 14, 4 3, 1
Como Mo = 3, então a resposta correta é o item (d).

Page 2
4. Dado o conjunto {1, 2, 9, 4, 2, 6}, a média aritmética entre a moda, a mediana e a variância de seus valores é igual
a:

41 51 61 71 81
(a) (b) (c) (d) (e)
15 15 15 15 15

Resolução:

• Média:
1+2+9+4+2+6 24
X= = =4
6 6
• Variância:
(1 − 4)2 + (2 − 4)2 + (2 − 4)2 + (4 − 4)2 + (6 − 4)2 + (9 − 4)2
s2 =
5
9 + 4 + 4 + 0 + 4 + 25
s2 =
5
46
s2 =
5

• Mediana:

– Colocamos os dados em ordem:


1−2−2−4−6−9
– Como é um número par, temos:
2+4
Md = =3
2
• Assim:
46 61
Variância + Mediana +3 61 1 61
= 5 = 5 = × =
2 2 2 5 3 15
item (c)

5. Considere n números reais não nulos. A variância será nula quando:


(a) Diferença entre cada número e a média for nula
(b) Diferença entre cada número e a mediana for nula
(c) Diferença entre cada número e o desvio padrão for nula
(d) Diferença entre cada número e o coeficiente de variação for nula
(e) Nenhum dos itens anteriores

Resolução: De acordo com a definição de variância, como o numerador é a soma dos quadrados das diferenças
entre cada dado e a média aritmética, a variância será nula se essas diferenças forem nulas.

item (a)

Page 3
6. A distribuição dos salários de uma empresa é dada na tabela a seguir:

Salário (R$) Número de funcionários


1.000, 00 10
2.000, 00 5
3.000, 00 1
4.000, 00 10
10.000, 00 4
21.000, 00 1

A razão entre a mediana e a média é:

1 3 4 2 5
(a) (b) (c) (d) (e)
4 4 3 3 4

Resolução:

• Média:
(1.000 × 10) + (2.000 × 5) + (3.000 × 1) + (4.000 × 10) + (10.000 × 4) + (21.000 × 1)
X =
31
124.000
X =
31
X = 4.000

• Mediana:
Salário (R$) Número de funcionários Freq. Acumulada
1.000, 00 10 10
2.000, 00 5 15
3.000, 00 1 16
4.000, 00 10 26
10.000, 00 4 30
21.000, 00 1 31
Como temos um número ímpar:
31 + 1
P os(Md) = = 16
2
Logo, Md = 3.000. Assim:
Md 3.000 3
= =
X 4.000 4

item (b)

7. Um grupo de cem estudantes tem uma estatura média de 163,8 cm, com um coeficiente de variação de 3,3%. Qual
o desvio padrão desse grupo?

Resolução: Temos que:


s
CV =
X
s
0, 033 =
163, 8

s = 163, 8 × 0, 033

s = 5, 4

Page 4
8. Seja a amostra:
Idade Frequência
10 ` 20 10
20 ` 30 7
300 ` 40 3
Calcule o coeficiente de variação.

Resolução:
Durabilidade em horas Frequência xi fi xi di d2i fi d2i
10 ` 20 10 15 150 −6, 5 42, 25 422, 5
20 ` 30 7 25 175 3, 5 12, 25 85, 75
30 ` 40 3 35 105 13, 5 182, 25 546, 75
20 430 1055

• Média:
430
X= = 21, 5
20
• Variância:
1055
s2 = = 55, 53
19
• Desvio padrão: p
s= 55, 53 = 7, 45

• Coeficiente de variação:
s 7, 45
CV = × 100 = × 100 = 34, 65%
X 21, 5

9. Uma máquina empacota café com média 500g e desvio padrão 12g. O controle de qualidade da empresa rejeita
pacotes cujo peso ultrapasse 2 desvios padrão da média, para mais ou para menos. Qual dos pacotes a seguir serão
rejeitados pelo controle de qualidade?

(a) 477 (b) 490 (c) 500 (d) 515 (e) 525

Resolução: Temos que:

X − 2s = 500 − 24 = 476 e X + 2s = 500 + 24 = 524

Ou seja, serão rejeitados os pacotes menores que 476 e maiores que 524, portanto item (e)

Page 5
10. Considerando as medidas de posição e as medidas de dispersão usadas na bioestatística, relacione adequadamente
as colunas a seguir.

1. Medidas de posição ( ) Desvio padrão


2. Medidas de dispersão ( ) Média
( ) Mediana
( ) Variância
( ) Moda

A sequência está correta em

(a) 1, 2, 2, 1, 2. (b) 1, 1, 2, 1, 2. (c) 2, 1, 1, 2, 1. (d) 2, 2, 1, 2, 1. (e) 1, 1, 2, 2, 1

Resolução: Temos:

1. Medidas de posição (2) Desvio padrão


2. Medidas de dispersão (1) Média
(1) Mediana

(2) Variância
(1) Moda

item (c)

11. Os dois conjuntos P e L, de 12 valores cada, representam, respectivamente, as idades das atletas das equipes de
vôlei feminino da Seleção Brasileira nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008 e nos Jogos Olímpicos de Londres,
em 2012, respectivamente:

P: 21, 23, 24, 25, 25, 25, 26, 28, 28, 31, 32, 38.
L: 21, 22, 23, 24, 25, 26, 27, 27, 27, 30, 30, 32.

Com base nessas informações, analise as seguintes afirmativas.

I. A moda do conjunto P tem duas unidades a menos que a moda do conjunto L.


II. A mediana do conjunto L é igual a 25,5 anos.
III. A média aritmética do conjunto P é maior do que a média aritmética do conjunto L.
Está correto o que se afirma, apenas, em:

(a) I (b) II (c) III (d) I e II (e) I e III

Resolução:

I. A moda do conjunto P é o 25, pois aparece mais vezes. A moda do conjunto L é o 27, pois aparece mais
vezes. Assim, a afirmação I está correta.
II. Como o conjunto L possui 12 elementos, temos que a mediana será a média entre os dois elementos
centrais. Como o conjunto já está ordenado, a mediana será:
26 + 27
= 26, 5
2
Logo, a afirmação II está incorreta.
III. A média aritmética do conjunto P é 27,16. A média aritmética do conjunto L é 26,16. Portanto, a
afirmação III está correta.

item (e)

Page 6
12. Numa classe, as notas de uma prova ficaram assim distribuídas: 1 aluno tirou 10, 13 tiraram 8, 6 tiraram 6, 4
tiraram 5, 10 tiraram 1 e 6 tiraram zero. A média, a mediana e a moda desta classe foram, respectivamente:

(a) 5,3; 5,5 e 8. (b) 5,3; 6 e 5. (c) 5,3; 5 e 8. (d) 4,5; 5,5 e 1. (e) 4,5; 5,5 e 8

Resolução:

• Média:
(1 × 10) + (13 × 8) + (6 × 6) + (4 × 5) + (10 × 1) + (6 × 0)
X =
1 + 13 + 6 + 4 + 10 + 6
10 + 104 + 36 + 20 + 10 + 0
X =
1 + 13 + 6 + 4 + 10 + 6
180
X =
40

X = 4, 5

• Mediana:
Notas Alunos Freq. Acumulada
10 1 1
8 13 14
6 6 20
5 4 24
1 10 34
0 6 40
A posição da mediana é:
40
P os(Md) = = 20
2
Ou seja, pegaremos os números da 20a e 21a posição. Assim:
6+5
Md = = 5, 5
2

• Moda: é o valor que tem a maior frequência. Portanto Mo = 8

item (e)

13. Para cada conjunto de dados numéricos a seguir, classifique em contínuo ou discreto:

I. O número de degraus de escadas de incêndio em prédios de apartamentos.


II. O números de folhas em árvores.
III. Os pesos de reboque de tratos completamente carregados.
IV. As áreas de várias fazendas.
Assinale a alternativa correta:

(a) Contínuo; Contínuo; Discreto; Discreto


(b) Discreto; Contínuo; Discreto; Discreto
(c) Discreto; Contínuo; Discreto; Contínuo
(d) Contínuo; Contínuo; Contínuo; Discreto
(e) Discreto; Discreto; Contínuo; Contínuo;

Resolução:

I. Discreto

Page 7
II. Discreto
III. Contínuo
IV. Contínuo

item (e)

14. A tabela indica a distribuição de frequência de uma amostra aleatória de pessoas com relação à preferência de
cidades visitadas.
Cidade Frequência Freq. Relativa
Maceió 40
Natal 25 0, 125
Salvador 32
João Pessoa 0, 110
Recife 25
Fortaleza 0, 280
Total 1, 000

Qual é o tamanho da amostra?

(a) 100 (b) 150 (c) 200 (d) 250 (e) 300

Qual é a cidade preferida pelas pessoas nessa pesquisa?

(a) Maceió (b) João Pessoa (c) Salvador (d) Fortaleza (e) Recife

15. Analise as afirmativas a seguir sobre o coeficiente de variação.


I. O coeficiente de variação é uma medida de variação.
II. Se uma distribuição é bimodal, então seu coeficiente de variação é zero.
III. O coeficiente de variação tem a mesma unidade que o desvio padrão.

O item correto é:

(a) I (b) II (c) III (d) I e II (e) I e III

Resolução:

I. Verdade.

II. Falso. Para que uma classe tenha coeficiente de variação zero, seria necessário que:
1. Todas as classes tivessem exatamente a mesma amplitude entre limite inferior e superior.
2. Todas tivessem a mesma frequência por classe.

III. Falso. O coeficiente de variação é a relação do desvio padrão com a média. Se existe uma relação é
porque não tem a mesma unidade.

item (a)

Page 8
16. Analise as afirmativas a seguir sobre sobre a moda:
I. para toda variável existe uma e apenas uma moda.
II. a moda é uma medida de dispersão.
III. a moda é uma medida não afetada por valores extremos.
IV. o valor da moda encontra-se sempre entre o valor da média e o da mediana.

(a) I (b) II (c) III (d) IV (e) Nenhum dos


itens

Resolução:

I. Errado! Algumas distribuições têm mais de uma moda, são chamadas de multimodais.
II. Não, é uma medida de posição e não dispersão.

III. Certo! Os valores extremos não afetam o valor da moda.


IV. Errado.

item (c)

17. As medidas citadas abaixo descrevem uma amostra obtida em um experimento aleatório. A única que mede a
dispersão da amostra é:

(a) Média (b) Mediana (c) Moda (d) Todas (e) Nenhuma

Resolução: Nenhuma, todas são de posição.

item (e)

18. Assinale a afirmação correta:


(a) a variância é uma medida de posição de um conjunto de dados
(b) o desvio padrão é a raiz quadrada positiva da variância
(c) a mediana de um conjunto de dados é o valor que ocorre com maior frequência
(d) a amplitude de um conjunto de dados é coincidente com seu desvio padrão
(e) amostra aleatória é o nome dado ao universo que se quer estudar

Resolução: item (b)

19. (2 Pontos) Um estudo sobre o desempenho dos vendedores de uma grande cadeia de lojas de varejo está sendo
planejado. Para tanto, deve ser colhida uma amostra probabilística dos vendedores. Tomamos a lista de todos os
vendedores (que atuam em todas as lojas da rede). Selecionei todos vendedores que ocupavam posições múltiplas
de 15 (15a posição, 30a posição, 45a posição, 60a posição, 75a posição, 90a posição, 105a posição, etc). Esse é um
exemplo de:

(a) Amostragem Aleatória simples (c) Amostragem Estratificada


(b) Amostragem Sistemática (d) Amostragem por meio de conglomerados

Resolução: A amostra é sistemática, já que a retirada dos elementos da amostra é periódica, ou seja, um
vendedor é retirado a cada 15 presentes na lista

item (b)

20. (2 Pontos) A proporção de eleitores favoráveis a determinado candidato é de 40%. Determinar o tamanho da
amostra para investigar a tendência de voto desta população ao nível de confiança de 99% e erro amostral de 3%.

Page 9
Nível de Confiança 99% 95% 90% 80%
Escore 2,57 1,96 1,64 1,28

(a) 1.761 (b) 1.834 (c) 2.400 (d) 2.500

Resolução:
Z2 × P × Q 2, 572 × 40 × 60
n= = = 1.761
E2 32
item (a)

21. (2 Pontos) Uma empresa de laticínios produz diferentes produtos entre leites, iogurtes, requeijões e queijos. Foi
solicitado ao setor de segurança que avaliasse o custo médio de acidentes de cada setor nos meses de abril e maio.
Mês: Abril
Setores Custo de acidentes Número de acidentes
Leite R$1.030, 00 2
Iogurtes R$4.333, 00 1
Queijos R$669, 00 3
Requeijão R$143, 00 4

Mês: Maio
Setores Custo de acidentes Número de acidentes
Leite R$230, 00 4
Iogurtes R$1.273, 00 1
Queijos R$1.129, 00 2
Requeijão R$322, 00 3
Considerando os dados apresentados nas tabelas, podemos afirmar que:
(a) A média do mês de abril é duas vezes maior que a média do mês de maio.
(b) A mediana do mês de abril é duas vezes maior que a mediana do mês de maio.
(c) A moda do mês de abril é duas vezes maior que a moda do mês de maio.
(d) A amplitude do mês de abril é três vezes maior que a amplitude do mês de maio.

Resolução:
(a) Temos:

(1.030 × 2) + (4.333 × 1) + (669 × 3) + (143 × 4)


X abril =
1+2+3+4
2.060 + 4.333 + 2.007 + 572
=
10
8.972
=
10
= 897, 2

(230 × 4) + (1.273 × 1) + (1.129 × 2) + (322 × 3)


X maio =
1+2+3+4
920 + 1.273 + 2.258 + 966
=
10
5.417
=
10
= 541, 7

Portanto, é falso.
(b) Colocando em ordem, temos:

Abril: 143 − 143 − 143 − 143 − 669 − 669 − 669 − 1.030 − 1.030 − 4.333
Maio: 230 − 230 − 230 − 230 − 322 − 322 − 322 − 1.129 − 1.129 − 1.273

Page 10
Assim:
669 + 669 322 + 322
M dabril = = 669 e M dmaio = = 322
2 2
Logo, é verdade.
(c) Temos:
M oabril = 143 e M omaio = 230
Portanto, é falso.

(d) Temos:

Aabril = 4.333 − 143 = 4190


Amaio = 1.273 − 230 = 1043

Portanto, é falso.

item (b)

Page 11